Família apresentação

798 visualizações

Publicada em

Apresenta a visão Espírita da família. Enfoca a família espiritual, o papel dos pais, quem são nossos filhos e outros temas, baseados nas obras da Codificação de Allan Kardec e em outros grandes autores, como o Espírito
Camilo, na obra Desafios da Vida Familiar.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
798
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Família apresentação

  1. 1. A FAMÍLIA NA VISÃO ESPÍRITA
  2. 2. POETAS CONDOREIROS
  3. 3. FAMÍLIA  LE 775. Qual seria, para a sociedade, o resultado do relaxamento dos laços de família?  Uma recrudescência do egoísmo. EGOÍSMO - Vício de onde deriva todo mal. (LE.913)
  4. 4. PLANOS DO CRIADOR “Nos planos do Criador para o ser humano, a formação e a manutenção do grupo familiar são de soberba grandeza.” (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  5. 5. Tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo. Q. 540
  6. 6. Haverá um só rebanho e um só Pastor (João.10:16)
  7. 7. ENGRENAGEM FAMILIAR É através da engrenagem familiar que cada filho de Deus, matriculado no educandário do renascimento, vai se preparando para aprender a conviver, a conhecer e a respeitar a humanidade. (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  8. 8. INSTITUTO DOMÉSTICO  Temos, dessa forma, no instituto doméstico uma organização de origem divina, em cujo seio encontramos os instrumentos necessários ao nosso aprimoramento para a edificação do Mundo Melhor. Emmanuel, Vida e Sexo
  9. 9. PLANEJAMENTO PARA A REENCARNAÇÃO
  10. 10. NA ERRATICIDADE  Antes do renascimento, roga o espírito ao Senhor a chance de poder estar no seio de uma família que disponha de elementos que lhe permitam avançar:  a pobreza, a riqueza, pais enérgicos. Exora também a oportunidade da cultura intelectual ou da sombra do analfabetismo, o brilho acadêmico ou a “touca cirúrgica” da deficiência cerebral. (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  11. 11. PLANEJAMENTO FAMILIAR • Os mentores agem como numa reunião de sérias decisões. • Colocam sobre a mesa todos os porquês, senões, conquistas, débitos e virtudes trazidos das reencarnações anteriores. (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  12. 12. NOVOS COMPROMISSOS  Os filhos chegam aos pais, conforme acordado com os Mentores Espirituais.  Salvo os inúmeros casos em que a invigilância e a promiscuidade sexual atraem diversas entidades, acarretando compromissos que muitas vezes não lhes caberia. (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  13. 13. PAP E L DOS PAI S
  14. 14. PAPEL DOS PAIS  LE. 208. Que influência exercem os Espíritos dos pais sobre o filho?  Os Espíritos dos pais têm por missão desenvolver os de seus filhos pela educação.  Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho.
  15. 15. NA INFÂNCIA  LE. 385. Os Espíritos só entram na vida corporal para se aperfeiçoarem. A delicadeza da idade infantil os torna brandos, acessíveis aos conselhos da experiência.  Nessa fase é que se lhes pode reformar os caracteres e reprimir os maus pendores. Tal o dever que Deus impôs aos pais, missão sagrada de que terão de dar contas.
  16. 16. FAMÍLIA - ABRIGO  LE.209 - Por que é que de pais bons e virtuosos nascem filhos de natureza perversa?  Não é raro que um mau Espírito peça lhe sejam dados bons pais, na esperança de que seus conselhos o encaminhem por melhor senda e muitas vezes Deus lhe concede o que deseja.
  17. 17. Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? ESE, CAP XIV
  18. 18. QUEM É MEU FILHO? LE. 385. O que motiva a mudança no caráter do indivíduo em certa idade, especialmente a da adolescência? É que o Espírito retoma a natureza que lhe é própria e se mostra qual era. Não conheceis o que a inocência das crianças oculta. Não sabeis o que elas são, nem o que foram, nem o que serão.
  19. 19. FAMÍLIA – onde se aprende amar “Apesar de os laços de sangue, no trato familiar ocorrem querelas, embates fortes, nos quais aqueles que se sentem oprimidos gritam por liberdade, os que se acreditam desrespeitados evocam respeito.” Camilo, Desafios da vida familiar
  20. 20. CASAMENTO
  21. 21. FAMÍLIA ESPIRITUAL  Os que encarnam numa família são, as mais das vezes, Espíritos simpáticos. Mas, também pode acontecer sejam completamente estranhos.  Não são os da consanguinidade os verdadeiros laços de família e sim os da simpatia e da comunhão de ideias, os quais prendem os Espíritos antes, durante e depois de suas encarnações. ESE,Cap. XIV
  22. 22. Alimento espiritual Muitos indivíduos possuem as características visadas. (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  23. 23. FILHOS CUPIDOS  Quase sempre, Espíritos vinculados ao casal, ora mais fortemente ao pai, ora à mãe, interessavam-se na Vida Maior pela constituição da família, à face das próprias necessidades de aprimoramento e resgate.  Em vista disso, cooperaram, em ação decisiva, na aproximação dos futuros pais. Emmanuel, Vida e Sexo
  24. 24. CONFLITOS  Estabelecido o desequilíbrio, irrompem os conflitos de ciúme, rebeldia e crueldade, que asfixiam as plantas da compreensão.  Daí a importância dos conhecimentos alusivos à reencarnação, nas bases da família, para que o lar não se converta, de bendita escola que é, em pouso neurótico, albergando moléstias mentais dificilmente reversíveis. Emmanuel, Vida e Sexo
  25. 25. CASAMENTO  Em muitos lances da experiência, é a própria individualidade, antes da reencarnação, que assinala a si mesma o casamento difícil que faceará na estância física.  Chama a si o parceiro de existências pretéritas para os ajustes que lhe pacificarão a consciência, à vista de erros perpetrados em outras épocas. Emmanuel, Vida e Sexo
  26. 26. EVANGELHO NO LAR  Orar em família, estudar a Doutrina Espírita com os afetos, revestem-se de imensa importância, pelo fato de se levar Jesus à intimidade do lar. (Camilo, Desafios da Vida Familiar)
  27. 27.  — Rogaste ao Senhor a minha presença, implorei igualmente a Jesus me permitisse reorganizar as tuas possibilidades de trabalho no orbe terrestre.  Não terás a beleza física de outros tempos, nem a liberdade plena de movimentos, mesmo porque regressarás ao mundo para um esforço de cura.
  28. 28.  — Deus tem numerosos meios de aproximar as almas. Quem poderá saber de onde vem esta pobre criança tão penosamente assinalada do berço?  Estejamos preparados para cumprir os celestiais desígnios e agradeçamos sinceramente a emotividade maternal que bafejou seu coração!
  29. 29. FAMÍLIA – verdadeiro mastro

×