Marketing Político nas Mídias Sociais

265 visualizações

Publicada em

Apresentação durante o encontro do grupo Social Media Maceió, para discutir o marketing político inserido nas mídias sociais. Perspectiva, opiniões e experiências compartilhadas para uma boa campanha nas eleições estaduais de 2014.

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marketing Político nas Mídias Sociais

  1. 1. Marketing Político e as Mídias Sociais
  2. 2. “Há um aumento da importância da internet no cenário eleitoral.” Ruan Carlos Brito, especialista em Comunicação e Política pela Universidade Federal da Bahia.
  3. 3. 2010
  4. 4. site marinasilva.org
  5. 5. - Mais convidativo; - Instrutivo; - Elaboração de “kits”;
  6. 6. 2012
  7. 7. - Mais acalorado; As menções, feitas pelos próprios pré-candidatos, aos opositores passaram a ser mais agressivas e diretas. - Redes de apoiadores e comunidades; - Uso de outras plataformas; - Conteúdo exclusivo para web.
  8. 8. Como será 2014 para o profissional de comunicação?
  9. 9. Perfil do Eleitor Digital
  10. 10. Conteúdo, Monitoramento e Relatórios
  11. 11. CONTEÚDO Já conheceu e analisou o público? Hora de analisar bem o que for publicar!
  12. 12. Em uma campanha você está se comunicando pessoas que ocupam diferentes papeis sociais. PROMOVA EXPERIÊNCIAS E NÃO DISCURSOS.
  13. 13. - Monitore conversações; - Monitore as mídias sociais; - Monitore a imprensa; - Monitore a concorrência. MONITORAMENTO E RELATÓRIO Faça as análises em quantidade e qualidade.
  14. 14. 43% 40% 17% ZÉ FULANO Comentários negativos Comentários positivos Neutros 8% 39%53% CHIQUINHO CICRANO Comentários negativos Comentários positivos Neutros
  15. 15. 0 1 2 3 4 5 6 Site x Grupo x no Facebook Grupo y no Facebook Twitter ZÉ FULANO - ORIGEM DOS SENTIMENTOS DAS CONVERSAS Neutro Positivo Negativo
  16. 16. O candidato e equipe devem estar dispostos e preparados para responderem os questionamentos do canal. Interação entre as partes envolvidas é essencial. SÓ FAZ SENTIDO SE ESTIVER PREPARADO PARA O SAC.
  17. 17. Legislação
  18. 18. 1º O QUE É PROPAGANDA ELEITORAL?
  19. 19. Entende-se como ato de propaganda eleitoral aquele que leva ao conhecimento geral, ainda que de forma dissimulada, a sua candidatura. 1º O QUE É PROPAGANDA ELEITORAL?
  20. 20. Especificamente sobre redes sociais, a legislação apenas as refere como uma das formas de propaganda eleitoral permitidas na internet, nas quais também, em princípio, são proibidas de veicular o tema antes do dia 6 de julho (art. 57-B, inciso IV, incluído na Lei das Eleições apenas em 2009).
  21. 21. Sim, mas Mídia Social dá voto?
  22. 22. 2014
  23. 23. 2014
  24. 24. O que vem por aí: - Boatos; Na maioria das vezes, nascem de sites de notícias e migram para redes sociais. - Perfis influentes e de grande alcance sendo utilizados; Com a mesma função de sites de notícias, vão focar em conteúdos de política. - “Fakes”; Perfis nas redes sociais, sites, blogs etc. - Rede de detratores; Grupos, comunidades etc.
  25. 25. A Eleição da Desinformação. Cuidado com isso!
  26. 26. Valeu!

×