Manual de orientações para atuação em redes sociais

600 visualizações

Publicada em

Orientações gerais constantes do MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA ATUAÇÃO EM REDES SOCIAIS da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de orientações para atuação em redes sociais

  1. 1. MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA ATUAÇÃO EM REDES SOCIAIS Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República 2012
  2. 2. Conceitos e discussão teórica • Ferramentas de mídias sociais; • Interação, discussão e integração; • “O maior perdedor desse novo cenário é a própria informação”; • Ecossistema de Redes do Palácio do Planalto: Facebook, Twitter, YouTube, Flickr, Blog, Google+, SlideShare, SoundCloud, Instagram e Tumblr.
  3. 3. 3 dogmas das redes sociais • A verdade é algo repetido diversas vezes por diversas pessoas; • Grandes corporações estão erradas até que se prove o contrário; • O usuário só entende quem fala a mesma língua que ele.
  4. 4. Diretrizes • Linguagem: – Conteúdos simples, fáceis, diretos e com a menor extensão possível; – Insistir em postagens longas e complexas é se colocar como alvo de crises em potencial; – Tonalidade Oficial – credibilidade, solidez, verdade; – Proximidade – deve aproximar pessoas, dar bom uso ao conhecimento, colocando-o à disposição do cidadão.
  5. 5. • Melhores práticas para as principais redes: • Facebook “Palácio do Planalto” (lançamento: nov/2013) Vol. de post. Tonalidade Deve incluir Facebook 1 a 3 por dia • 1a pessoa do plural • Informal, direta • Convite à interação • Teor emocional, envolvente • Máximo de 110 caracteres Ao menos uma imagem por postagem
  6. 6. • Melhores práticas para as principais redes: Vol. de post. Tonalidade Deve incluir Twitter 1 a 3 por dia, no mínimo • 1a pessoa do plural • Informal, direta • Convite à interação • Teor emocional, envolvente • Máximo de 110 caracteres Link para que o usuário se aprofunde na informação
  7. 7. • Melhores práticas para as principais redes: Vol. de post. Tonalidade Deve incluir YouTube Mínimo de 2 por mês • Descritivo completo do vídeo e teor mais formal • Divisão dos vídeos em playlists por assunto Embed liberada para usuários
  8. 8. • Melhores práticas para as principais redes: Vol. de post. Tonalidade Deve incluir Flickr Mínimo de 2 “levas” de imagens por mês • Descritivo completo da foto e teor mais formal • Divisão das fotos em “canais” por assunto Possibilidade de utilização das imagens liberadas
  9. 9. • Melhores práticas para as principais redes: Vol. de post. Tonalidade Deve incluir Blog 2 a 5 posts por semana • 3a pessoa do singular • Teor mais formal, oficial – mas sem o uso de linguagens técnicas de dificil compreensão • Convite à interação • Teor informativo Links para conteúdo s em outras redes ou no site – acessos cruzados
  10. 10. • Retroalimentação do próprio ecossitema de redes – geração de acessos cruzados e ampliação da audiência em todos os canais;
  11. 11. • Relacionamento com o usuário: – Modere comentários negativos de usuários quando as críticas contiverem insultos pessoais a funcionários ou clientes – caso contrário, mantenha os comentários visíveis e, na medida do possível, responda-os. Deixar visível a política de moderação; – Convide usuários com problemas a conversas privadas, buscando resolver cada uma de suas questões fora de ambientes públicos; – Seja sempre agradecido pela participação, com postura educada e evitando utilizar qualquer tipo de tonalidade jurídica; – Se estiver errado, peça desculpas; – Sempre agradeça críticas, sugestões ou comentários.
  12. 12. • Relacionamento com o usuário: – Estar nas redes sociais não significa apenas construir perfis e nutri-los de dados periodicamente - uma rede é pautada principalmente pela troca de informação. • Todas as perguntas feitas diretamente pelos usuários devem ser respondidas na mesma rede; • É recomendado que alguns dos comentários recebam réplicas da instituição, deixando claro que ela está presente e efetivamente envolvida em um relacionamento concreto; • Avaliar a possibilidade e a infraestrutura necessárias para promover e estimular esse modelo de interação.
  13. 13. • Guia de Imagens: – Imagens que mostrem bastidores devem ser publicadas sem muito trabalho artístico – priorizar o conteúdo e o imediatismo da postagem; – Imagens que apresentarem cenas ou regiões devem ser trabalhadas em um nível mais artístico.
  14. 14. • Réguas de compartilhamento: – Todo conteúdo em seu site oficial deve ser passível de socialização; – Ferramenta fundamental para entender a demanda por informações da massa de usuários.
  15. 15. • Pautas: Demanda gerando oferta
  16. 16. • Monitoramento de Redes Sociais: – Palavras-chave; – Time de mapeadores de redes sociais; – Monitoramento; – Relatórios online, diários e mensais.
  17. 17. • Gerenciamento de Crises:
  18. 18. • Como reagir: – Monitoramento: considerar que um dos efeitos colaterais de reagir publicamente a qualquer crise é divulgar sua existência e ampliar seu potencial viral; – SEO reativo: contratação de serviços especializados que utilizam técnicas de otimização para forçar conteúdos danosos a perderem relevância perante os algoritmos de busca; – Transparências: utilizar seus canais para explicar a situação aos usuários, expondo as causas e as medidas tomadas para a solução.

×