Publicação de Maio

141 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
141
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Publicação de Maio

  1. 1. Leigos Dehonianos P ROV ÍN CIA BSP - DE HO NIA NO S Publicaçã o Me nsal - Ano 01 - n. 12 01 de Maio de 2012MENSAGEM INICIAL Nesta EdiçãoCaros Leigos Dehonianos, Também temos a oportuni- ensina Padre Dehon, pense- dade de ler, dos escritos de mos...Chegamos ao mês de maio, Padre Dehon, o comentário Peço que os grupos prepa-já estamos no número 12 de sobre Leão XIII e a Rerum rem com amor e dedicaçãonossa Publicação, uma opor- Novarum, bem como O Dom suas reuniões e as realizetunidade especial de forma- da Sabedoria, para que pos- com alegria. O DIA A DIA DA 2ção está nas mãos de cada samos beber na fonte do Lembro que a Província BSP REPARAÇÃOum de nós, cabe-nos guardá- ensinamento de Padre De- realizará o seu Capítulo Pro- PARTIR DE CRISTO 2la para nós mesmos ou colo- hon. Vamos aproveitar... vincial, uma reunião muitocá-la em comum, vai depen- Desejo que o mês de maio, importante, nos dias 14 a 18der do interesse que nutre mês de Maria, nos inspire a de maio, em Lavras. Pedi-nosso coração na partilha do acolher no coração a Palavra mos a sintonia de todos os LEÃO XIII PUBLI- 3que somos e temos. da Vida e a colocá-la em Leigos, para que acompa- CA A RERUM NO-Em nossa Publicação de prática, procurando viver o nhem com suas orações o VARUMmaio, poderemos ler o arti- espírito da reparação onde desenvolvimento do Capítu- O DOM DA SABE- 3go do Pe. Francisco, dehoni- quer que vivamos. lo. DORIAano da Província BRM, sobre Um abraço carinhoso às Nossa Senhora, Mãe e Mes-“O dia a dia da Reparação” mães, felicitações pelo sole- tra, nos ajude no seguimen-chamando nossa atenção ne dia e a oferta de minhas to de Jesus e, como discípu- FOTOS 4para descobrirmos como orações. los missionários, possamosfazer reparação na prática. A Saudação especial aos traba- testemunhar seu amor atra-coluna “Partir de Cristo” nos lhadores: “O trabalho tem vés da solidariedade entrediz que Jesus é o missionário um valor criativo, redentor, nós e com os irmãos e irmãs.do Pai e fechar-se à missão é libertador, expiatório, pre-fechar-se ao Espírito. ventivo, social e moral”, nos Pe. José Luís de Gouvêa O SIGNIFICADO DA PRÁTICA DA REPARAÇÃO o amor de Deus por nós, tem outro desejo senão ver justiça divina, mas pede- revelado e simbolizado no nossas almas ardendo no nos uma reparação de a- coração de Cristo, então, fogo do mesmo amor que mor que a retribuição do precisamos perguntar qual consome seu próprio Cora- amor pelo amor (OSp, III, é nosso papel, nossa parte? ção. Portanto, aproximemo 623). É assim que ele en- A resposta mais simples é: -nos daquele que nos pede tende a reparação, no mes- reparação. Numa medita- somente uma resposta de mo sentido em que ele em- ção intitulada “O ato carac- amor como preço por seu prega a palavra latina terístico da devoção ao Sa- amor”. Ele acrescenta que “redamatio”, a retribuição grado Coração é o amor a nosso Senhor não nos pede do amor pelo amor”.“Segundo Padre Dehon, nosso Senhor”, ele cita o satisfação pelos danos cau- [A espiritualidade do coração -esta devoção começa com Papa Leão XIII: “Jesus não sados pelo pecado à sua P. Paul McGuire (US)]
  2. 2. Leigos Dehonianos O DIA A DIA DA REPARAÇÃO PARTIR DE CRISTOMuitas vezes, corremos o risco de gastar-se pelos outros, pelo bem,fazer belos discursos e nos pela restauração da imagem de “Ide pelo mundo inteiroatrapalhamos um pouco, quando Deus nas pessoas. e anunciai a Boa-Nova a toda criatura”se trata de descer ao dia-a-dia de Reparar é também trabalhar pela Quem crer e for batizado será salvo!”nossa vida. Mas, vale a pena fazer comunhão, pela construção da (Mc 16,15)uma tentativa. Precisamos convivência e das dinâmicasdescobrir como se faz reparação humanas que refletem o mistériona prática. da comunhão trinitária. Toda a história da salvação se orientaTrês palavras poderiam resumir a para a comunhão entre os seresprática reparadora, em chave humanos. Essa comunhão abrangeantropocêntrica: solidariedade, todas as dimensões humanas,comunhão, disponibilidade. também a econômica, a social e aJoão Paulo II define a política. Lutar contra tudo o quesolidariedade como obstaculiza essa comunhão, como“determinação firme e a divisão entre indivíduos, grupos,perseverante de se empenhar classes sociais e povos; lutarpelo bem comum, ou seja, pelo contra a corrupção, o hedonismo,bem de todos e de cada um, a exaltação exagerada do sexo, aporque somos todos superficialidade noverdadeiramente responsáveis por relacionamento mútuo...Tudo isto “Jesus Cristo, o grande missionário dotodos”. é ser reparador. Pai, envia, pela força do Espírito, seusPela solidariedade, adere-se à Disponibilidade é ter discípulos em constante atitude decausa dos que sofrem; é um predisposição a aceitar as missão (Mc 16,15). Quem se apaixonacompromisso efetivo com o ser solicitações dos outros. Expressão por Jesus Cristo deve igualmentehumano, diminuído pelo pecado. em obras e verdade de nosso transbordar Jesus Cristo, no testemu-Participa-se da obra redentora de amor para com todos, nho e no anúncio explícito de sua Pes-Cristo. A solidariedade passa a ser, especialmente para com os soa e Mensagem. A Igreja é indispen-uma forma de reparação, que pequenos e os que sofrem, a savelmente missionária (DAp. 347).permite ao ser humano conseguir disponibilidade é viver nossa união Existe para anunciar, por gestos e pa-o seu fim último, dirigir a sua com Cristo, união em seu amor ao lavras, a pessoa e a mensagem de Je-existência e realizar a sua imagem Pai e pelos irmãos. Ela torna real,divina presente potencialmente concreta e verdadeira a nossa sus Cristo.nele. reparação, numa vida de oblação Fechar-se à dimensão missionária im-Essa solidariedade com os irmãos por amor; mostra como se vive a plica fechar-se ao Espírito Santo, sem-passa pela solidariedade com o oblação e a reparação “em obras e pre presente, atuante, impulsionadorCristo, único capaz de realizar a em verdade”. e defensor (Jo 14,16; Mt 10,19-20). Emrestauração do ser humano. Ser Pe. toda a sua história, a Igreja nunca dei-solidário é ser reparador; é Francisco xou de ser missionária. Em cada tem- Sehnem, scj po e lugar, esta missão assume pers- Publicação da Assessoria pectivas distintas, nunca, porém, deixa dos Leigos Dehonianos da Província BSP de acontecer. Se hoje partilhamos a experiência cristã, é porque alguém Responsável: Pe. José Luís de Gouvêa, scj nos transmitiu a beleza da fé, apresen- Colaboração: tou-nos Jesus Cristo, acolheu-nos na Leigos Dehonianos comunidade eclesial e nos fascinou E-mail: pelo serviço ao Reino de Deus”. leigosdehonianosbsp@gmail.com Rua Carolina Santos, 143 - Méier 20720-310 Rio de Janeiro - RJ Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da (21) 2595.5212 Igreja no Brasil (2011-2015) documento 94,30 Página 2
  3. 3. Publicação Mensal - Ano 01 - n. 12 LEÃO XIII PUBLICA A ENCÍCLICA "RERUM NOVARUM" como é seu direito, a direção deste salvaguardar os direitos dos regresso do mundo do trabalho a trabalhadores, mas as suas Jesus Cristo. Diz-se que está a intervenções devem limitar-se a preparar uma Encíclica, que traçará reprimir os abusos e a conjurar os as leis da organização cristã do perigos. trabalho. Vislumbramos nestes fatos 3. Os operários têm direito a uma um dos meios providenciais para a estrita justiça e a um salário que lhes chegada do reino social do Sagrado assegure um nível de vida humana. Coração". 4. Condena a luta de classes, mas os A Encíclica, intitulada "Rerum operários têm o direito de formar Novarum", apareceu a 15 de Maio de sindicatos para defender os seus 1891. direitos, e até têm direito à greve. O Pe. Dehon resumiu-a na revista "Le O Pe. Dehon que recebera de Leão Règne du Coeur de Jèsus" do mês de XIII a missão de pregar as suas Julho desse mesmo ano. encíclicas, foi um grande defensor A Encíclica trata 4 pontos essenciais: das orientações políticas e sociais do 1. O Papa afirma contra o socialismo pontífice. Propagou-as em revistas, que a propriedade privada é um congressos sociais, nas suasNo mês de Dezembro de 1889, o Pe. direito natural, mas que também tem conferências romanas e em váriasDehon escre-veu na revista "Le uma função social. Os patrões e os publicações".Règne du Coeur de Jésus", funda-da operários têm direitos e obrigações Studia dehoniana 33por ele: "O nosso bem amado pon- recíprocas. Agenda dehoniana, p. 76 Edições Noviciadotífice Leão XIII, a voz autorizada do 2. O Estado deve promover a Aveiro 2000Sagrado Coração entre nós, toma, prosperidade pública e privada e DO DOM DA SABEDORIA representa-nos Deus, a sua São Bernardo diz-nos que o doria é o amor da virtude e grandeza, a sua beleza, as nome de Jesus é um mel o sabor do bem. Desde que suas perfeições, os seus nos seus lábios, uma alguém lhe dê entrada mistérios como infini- harmonia nas suas orelhas, numa alma, ela amortece tamente adoráveis e uma doce fruição no seu os sentimentos da carne, amáveis: e deste conhe- coração. – É ao dom da purifica o entendimento, cimento resulta um gosto sabedoria que pertencem cura o gos-to corrompido delicioso que se estende particularmente as doçuras do coração, dá à alma uma mesmo algumas vezes até e as consolações espirituais perfeita santidade, que a ao corpo, e que é maior ou e as graças sensíveis. coloca em estado de menor conforme o estado No começo da vida espi- apreciar o sabor do bem e de perfeição e de pureza ritual, as coisas divinas são o da sabedoria mesma, em que a alma se encontra. insípidas e temos dificul- que, de todos os bens, é o“O dom de sabedoria é um São Francisco estava tão dade em saboreá-las; mas mais excelente e o maisconhecimento saboroso de cheio deste gosto de depois elas tornam-se doce (P. Lallemant).Deus, dos seus atributos, sabedoria que, ao pronun- doces e tão saborosas quede Jesus Cristo, do seu ciar o nome de Deus ou o saboreamo-las com prazer,Coração e dos seus nome de Jesus, sentia na até não termos senão Pe. João Leão Dehon Edições Noviciado Sagradomistérios. A inteligência sua boca e nos seus lábios desgosto por tudo o resto. Coração de Jesusajuda-nos somente a um sabor mais doce mil São Bernardo diz: A Sabe- Barretos – SPconceber a Deus e os seus vezes que o mel e que o Página 3 2009atributos; mas a sabedoria açúcar. p. 73-74
  4. 4. Leigos Dehonianos "Maria é o nosso modelo na vida oculta, na sua vida de silêncio e de recolhimento, em Nazaré. Ela é, realmente, o jardim fechado acessível só a Jesus, a S. José e aos Anjos. A visita do Anjo a deixa perturbada, até que reconhece o mensageiro divino. É fonte selada, cujas águas permanecem puras e não são contaminadas por nenhum contato. Maria dispensa um cuidado sem igual à vida interior. É uma vida de amor, de união e de imolação”. (Diretório Espiritual, p. 61)REUNIÃO DA ASSESSORIA E COORDENAÇÃO GERAL COM OS ANIMADORES E COORDENADORES DOS LEIGOS DEHONIANOS EM SÃO PAULO (SÃO JUDAS) NO DIA 10/03/2012. Página 4

×