SlideShare uma empresa Scribd logo
Congregação dos Irmãos de São Vicente de
                                                   Paulo

                                    TRÍDUO VOCACIONAL EM PREPARAÇÃO À
                                            PROFISSÃO PERPÉTUA

                                         A profissão religiosa significa que uma pessoa faz
                                pública «profissão» de que quer viver os conselhos evangélicos
                                (pobreza, obediência e castidade) numa comunidade religiosa,
                                comprometendo-se por toda a vida, e é aceito pelos superiores
                                da mesma, em nome da Igreja.
                                         O rito da profissão perpétua tem o seu lugar dentro da
                                Missa, depois da Liturgia da Palavra. Se a categoria do dia o
                                permite, usam-se os textos da Missa própria da profissão
                                perpétua.

   1. Saudação
      3º dia: UM CORAÇÃO QUE ANUNCIA

Dirigente: Reunimo-nos hoje para celebrar,       interesses seus, é o mais puro amor, o
com muita alegria e disposição, o terceiro dia   amor de Deus!
do tríduo vocacional em preparação aos           D/: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito
Votos Perpétuos dos religiosos de São Vicente    Santo. Amém.
de Paulo: Irmão Gilson Feliciano, s.v. e Irmão
João Maria Paulo da Silva, s.v.                     3. Oração
Sem dúvida, a função que estes jovens irão       D./ Oremos: Ó Deus, sem o vosso Santo
assumir é muito exigente e de singular           Espírito, todo o nosso esforço para a
importância para uma verdadeira experiência      construção do Reino de Deus é inútil, mas
da comunidade. Sabemos que não só de rosas       com Ele tudo se transforma, recebe vida e
é a vida de quem assume o projeto de Deus:       emana Caridade. Que as luzes e força do
há também muitos espinhos que aparecem e         Espírito Santo, que é o guia de todo bom
querem atrapalhar. Daí percebe-se a              caminho e manancial de toda a graça, os
necessidade de que, a cada dia haja uma          conduzam nesta caminhada. Por nosso
renovação do compromisso firmado e da            Senhor Jesus Cristo, vosso Filho na unidade
fidelidade na missão. E, para tanto, é           do Espírito Santo. Amém.
indispensável a oração de todos nós que             4. Palavra de Deus
participamos de suas vidas e que respeitam a     Salmo de Meditação Sl 95(96)
bela caminhada por eles realizada. Assim,        Evangelho Lc 4, 14-19
para bem iniciarmos esta celebração, unidos
pela filiação divina, cantemos:                     5. Aclamação ao Evangelho
                                                       ESCUTA ISRAEL, JAVÉ, TEU DEUS
   2. Canto                                            QUER FALAR (2X)
1. Venho Senhor me ofertar, a minha vida               FALA SENHOR JAVÉ: ISRAEL QUER TE
consagrar, quero renovar o meu sim, que tua            ESCUTAR (2X)
vontade se faça em mim, renova Senhor
minha vocação (2x).                                 6. Partilha da Palavra de Deus com
Um consagrado para amar, um consagrado                 Pe. Le Prevost
                                                 Texto de Le Prevost do Regulamento Provisório dos
pra se doar, um amor que tudo suporta,
                                                 Irmãos de São Vicente de Paulo (1847)
um amor que não dá pra improvisar. Um
                                                 “Nossa vocação não é outra senão a de todas as
consagrado para amar, um consagrado pra
se doar, um amor que não busca                   almas dedicadas que, desde o advento do
                                                 Salvador, quiseram segui-lo. Elas tenderam a
acolher em si seu divino Espírito, espalhá-lo ao   a escuta da tua Palavra, e dai-nos sempre
redor e continuar sua missão na Terra.             mais a certeza de teu carinho e atenção. Por
Estas duas coisas então compõem toda a nossa       Nosso Senhor Jesus Cristo vosso filho, na
tarefa: Formar JESUS CRISTO em nós e atrair-lhe    unidade do Espírito Santo. Amém.
                                                                              (PAUSA)
o mundo por nossas obras. (Co 1874)
                                                D./ Maria, serva fiel, totalmente consagrada
    7. Preces                                   ao serviço de Deus, apressa-se em cumprir os
D./ Roguemos, irmãos e irmãs, a Deus nosso desígnios divinos da salvação: Ela glorifica a
Pai, que derrame a abundância da sua bênção Deus, e, no serviço da caridade, é reconhecida
sobre seus servos que logo mais consagrarão como Mãe do Senhor, pois quer anunciar que
suas vidas em definitivo.                       os tempos messiânicos se cumpriram.
        T./ Senhor, ensinai-nos a amar.             1. Canto à Maria
1. A comunidade é chamada a manifestar a        1-Uma entre todas foi a escolhida/foste tu
imagem de Deus e a ser transformada na Maria, serva preferida/Mãe do meu
imagem de Cristo. Para que esta comunidade Senhor/Mãe do meu Salvador.
aqui presente seja fonte de conforto, alegria e Maria, cheia de graça e consolo, venha
oração para seus membros, rezemos.              caminhar com seu povo, nossa mãe
2. Para que os religiosos, mesmo abatidos sempre serás (bis)
pela fraqueza humana, busquem através da 2-Roga pelos pecadores desta terra/Roga
seriedade, do comprometimento e da pelo povo que em teu Deus espera/Mãe do
autenticidade, somente as situações de amor meu Senhor/Mãe do meu Salvador.
e entrega total a Deus, rezemos.                    2. Intercessão de Maria
3. Para que estes nossos irmãos perseverem e D./ “Maria é o tipo e o modelo de todas as
progridam no espírito de oração, celebrando almas que querem generosamente se oferecer
fielmente a Liturgia das Horas com o povo de a Deus.” (Pe. Le Prevost). Portanto, peçamos
Deus, em seu favor e pelo mundo inteiro, que a Virgem Maria, modelo de pureza,
rezemos ao Senhor.                              proteja a vocação destes nossos irmãos:
4. Para que estes nossos irmãos, fortalecidos À vossa proteção recorremos, Santa Mãe
pela Eucaristia, imitem sempre o exemplo de de Deus; não desprezeis as nossas súplicas
doação do Cristo, rezemos ao Senhor.            em nossas necessidades, mas livrai-nos
8. Oração pelas Vocações                        sempre de todos os perigos, ó Virgem
Senhor da messe, Vós que chamais os gloriosa e bendita!
operários do Evangelho, nós vos rogamos: Pres.: O Senhor esteja conosco.
Abri os corações dos vossos jovens à Fé e à Ass.: Eles está no meio de nós.
Caridade, inspirai-lhes o desejo de consagrar- Pres.: Que Cristo, Rei do Universo, nos dê
vos a sua vida. Que, no seguimento de Jean- ouvidos atentos para a escuta dos conselhos
Léon Le Prevost, muitos se empenhem em evangélicos.
fazer conhecer o vosso nome aos pequenos e Ass.: Amém.
pobres. Aumentai em nós o espírito de zelo e Pres.: Abençoe-nos Deus todo-poderoso, Pai
de Caridade, a fim de que, pelo dom total de e Filho + e Espírito Santo.
nós      mesmos,      sejamos     verdadeiras Ass.: Amém.
testemunhas do vosso amor. Nós vos
suplicamos, Pai: suscitai corações generosos Pres.: Glorifiquemos o Senhor com a nossa
para torná-los, nas vossas mãos, dóceis vida. Vamos em paz e o Senhor nos
instrumentos de misericórdia. Por Jesus acompanhe.
Cristo, nosso Senhor.                           Ass.: Graças a Deus.
Amém.
                                                    É uma coisa tão doce dar-nos a Deus que,
Pai nosso...                                       depois de ter-nos dado, queremos dar-nos de
                                                   novo, sem retomar-nos, mas dar-nos sempre
D D./ Deus Onipotente, atendei nossos                            mais plenamente.
pedidos, abrindo, assim, nossos ouvidos para                  (Pe. Jean-Léon Le Prevost)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Missa em homenagem aos professores (SEMEC)
Missa em homenagem aos professores (SEMEC)Missa em homenagem aos professores (SEMEC)
Missa em homenagem aos professores (SEMEC)
guest94b84c
 
Folheto 1746 18º Dom Tc
Folheto 1746 18º Dom TcFolheto 1746 18º Dom Tc
Folheto 1746 18º Dom Tc
Antonio de Lima
 
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de DeusOficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Bernadetecebs .
 
Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012
Rogenia
 
Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012
Catequese são sebastião
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
Bernadetecebs .
 
Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)
Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)
Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)
Jornal Santuário de Aparecida
 
Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014
Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014
Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014
Bernadetecebs .
 
Adoração Eucarisitica - Semeadores da boa nova
Adoração Eucarisitica - Semeadores da boa novaAdoração Eucarisitica - Semeadores da boa nova
Adoração Eucarisitica - Semeadores da boa nova
Larissacaroline
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Bernadetecebs .
 
2006 03 26 luiza biazotto maia
2006 03 26   luiza biazotto maia2006 03 26   luiza biazotto maia
2006 03 26 luiza biazotto maia
Paulo Dias Nogueira
 
Boletim155
Boletim155Boletim155
Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2
Fabrício Tarles
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
José Vieira Dos Santos
 
Dia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e OraçãoDia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e Oração
nsaparecida
 
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de LivretoCelebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
nsaparecida
 
15 01 12
15 01 1215 01 12

Mais procurados (17)

Missa em homenagem aos professores (SEMEC)
Missa em homenagem aos professores (SEMEC)Missa em homenagem aos professores (SEMEC)
Missa em homenagem aos professores (SEMEC)
 
Folheto 1746 18º Dom Tc
Folheto 1746 18º Dom TcFolheto 1746 18º Dom Tc
Folheto 1746 18º Dom Tc
 
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de DeusOficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
 
Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012Folheto 1° comunhao 2012
Folheto 1° comunhao 2012
 
Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
 
Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)
Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)
Mensagem aos Presbíteros do Brasil – “Santificado seja o vosso nome” (Mt 6,9)
 
Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014
Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014
Ofício Divino das Comunidades, 28 de maio 2014
 
Adoração Eucarisitica - Semeadores da boa nova
Adoração Eucarisitica - Semeadores da boa novaAdoração Eucarisitica - Semeadores da boa nova
Adoração Eucarisitica - Semeadores da boa nova
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
 
2006 03 26 luiza biazotto maia
2006 03 26   luiza biazotto maia2006 03 26   luiza biazotto maia
2006 03 26 luiza biazotto maia
 
Boletim155
Boletim155Boletim155
Boletim155
 
Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
 
Dia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e OraçãoDia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e Oração
 
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de LivretoCelebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
 
15 01 12
15 01 1215 01 12
15 01 12
 

Semelhante a 3º dia um coração que anuncia

1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
Irmão Feliciano Sv
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
Irmão Feliciano Sv
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
Livro Orações Vocacionais
Livro Orações VocacionaisLivro Orações Vocacionais
Livro Orações Vocacionais
Nilson Almeida
 
Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19
Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19
Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19
Bernadetecebs .
 
Livro Orações Vocacionais
Livro Orações VocacionaisLivro Orações Vocacionais
Livro Orações Vocacionais
Nilson Almeida
 
2006 03 26 culto matutino - batismo da luísa
2006 03 26   culto matutino - batismo da luísa2006 03 26   culto matutino - batismo da luísa
2006 03 26 culto matutino - batismo da luísa
Paulo Dias Nogueira
 
Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008
Paulo Dias Nogueira
 
Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008
Paulo Dias Nogueira
 
Jornal junho
Jornal junhoJornal junho
Jornal junho
PNS Aparecida
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
José Vieira Dos Santos
 
13 11 11
13 11 1113 11 11
19 02 12
19 02 1219 02 12
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
Paulo Dias Nogueira
 
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
Paulo Dias Nogueira
 
Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
Nuno Melo
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
Mãos que servem
Mãos que servemMãos que servem
Mãos que servem
Armin Andreas Hollas
 
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
IEE Wilcam
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
José Vieira Dos Santos
 

Semelhante a 3º dia um coração que anuncia (20)

1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
Livro Orações Vocacionais
Livro Orações VocacionaisLivro Orações Vocacionais
Livro Orações Vocacionais
 
Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19
Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19
Mês vocacional 2013 - Ide e fazei discípulos entre todas as nações! Mt 28, 19
 
Livro Orações Vocacionais
Livro Orações VocacionaisLivro Orações Vocacionais
Livro Orações Vocacionais
 
2006 03 26 culto matutino - batismo da luísa
2006 03 26   culto matutino - batismo da luísa2006 03 26   culto matutino - batismo da luísa
2006 03 26 culto matutino - batismo da luísa
 
Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008
 
Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008Culto especial 127anos. 2008
Culto especial 127anos. 2008
 
Jornal junho
Jornal junhoJornal junho
Jornal junho
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
 
13 11 11
13 11 1113 11 11
13 11 11
 
19 02 12
19 02 1219 02 12
19 02 12
 
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
 
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba2006 06 25   culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
2006 06 25 culto de reconhecimento da catedral metodista de piracicaba
 
Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
07 08 11
 
Mãos que servem
Mãos que servemMãos que servem
Mãos que servem
 
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
 

Último

DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 

Último (18)

DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 

3º dia um coração que anuncia

  • 1. Congregação dos Irmãos de São Vicente de Paulo TRÍDUO VOCACIONAL EM PREPARAÇÃO À PROFISSÃO PERPÉTUA A profissão religiosa significa que uma pessoa faz pública «profissão» de que quer viver os conselhos evangélicos (pobreza, obediência e castidade) numa comunidade religiosa, comprometendo-se por toda a vida, e é aceito pelos superiores da mesma, em nome da Igreja. O rito da profissão perpétua tem o seu lugar dentro da Missa, depois da Liturgia da Palavra. Se a categoria do dia o permite, usam-se os textos da Missa própria da profissão perpétua. 1. Saudação 3º dia: UM CORAÇÃO QUE ANUNCIA Dirigente: Reunimo-nos hoje para celebrar, interesses seus, é o mais puro amor, o com muita alegria e disposição, o terceiro dia amor de Deus! do tríduo vocacional em preparação aos D/: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Votos Perpétuos dos religiosos de São Vicente Santo. Amém. de Paulo: Irmão Gilson Feliciano, s.v. e Irmão João Maria Paulo da Silva, s.v. 3. Oração Sem dúvida, a função que estes jovens irão D./ Oremos: Ó Deus, sem o vosso Santo assumir é muito exigente e de singular Espírito, todo o nosso esforço para a importância para uma verdadeira experiência construção do Reino de Deus é inútil, mas da comunidade. Sabemos que não só de rosas com Ele tudo se transforma, recebe vida e é a vida de quem assume o projeto de Deus: emana Caridade. Que as luzes e força do há também muitos espinhos que aparecem e Espírito Santo, que é o guia de todo bom querem atrapalhar. Daí percebe-se a caminho e manancial de toda a graça, os necessidade de que, a cada dia haja uma conduzam nesta caminhada. Por nosso renovação do compromisso firmado e da Senhor Jesus Cristo, vosso Filho na unidade fidelidade na missão. E, para tanto, é do Espírito Santo. Amém. indispensável a oração de todos nós que 4. Palavra de Deus participamos de suas vidas e que respeitam a Salmo de Meditação Sl 95(96) bela caminhada por eles realizada. Assim, Evangelho Lc 4, 14-19 para bem iniciarmos esta celebração, unidos pela filiação divina, cantemos: 5. Aclamação ao Evangelho ESCUTA ISRAEL, JAVÉ, TEU DEUS 2. Canto QUER FALAR (2X) 1. Venho Senhor me ofertar, a minha vida FALA SENHOR JAVÉ: ISRAEL QUER TE consagrar, quero renovar o meu sim, que tua ESCUTAR (2X) vontade se faça em mim, renova Senhor minha vocação (2x). 6. Partilha da Palavra de Deus com Um consagrado para amar, um consagrado Pe. Le Prevost Texto de Le Prevost do Regulamento Provisório dos pra se doar, um amor que tudo suporta, Irmãos de São Vicente de Paulo (1847) um amor que não dá pra improvisar. Um “Nossa vocação não é outra senão a de todas as consagrado para amar, um consagrado pra se doar, um amor que não busca almas dedicadas que, desde o advento do Salvador, quiseram segui-lo. Elas tenderam a
  • 2. acolher em si seu divino Espírito, espalhá-lo ao a escuta da tua Palavra, e dai-nos sempre redor e continuar sua missão na Terra. mais a certeza de teu carinho e atenção. Por Estas duas coisas então compõem toda a nossa Nosso Senhor Jesus Cristo vosso filho, na tarefa: Formar JESUS CRISTO em nós e atrair-lhe unidade do Espírito Santo. Amém. (PAUSA) o mundo por nossas obras. (Co 1874) D./ Maria, serva fiel, totalmente consagrada 7. Preces ao serviço de Deus, apressa-se em cumprir os D./ Roguemos, irmãos e irmãs, a Deus nosso desígnios divinos da salvação: Ela glorifica a Pai, que derrame a abundância da sua bênção Deus, e, no serviço da caridade, é reconhecida sobre seus servos que logo mais consagrarão como Mãe do Senhor, pois quer anunciar que suas vidas em definitivo. os tempos messiânicos se cumpriram. T./ Senhor, ensinai-nos a amar. 1. Canto à Maria 1. A comunidade é chamada a manifestar a 1-Uma entre todas foi a escolhida/foste tu imagem de Deus e a ser transformada na Maria, serva preferida/Mãe do meu imagem de Cristo. Para que esta comunidade Senhor/Mãe do meu Salvador. aqui presente seja fonte de conforto, alegria e Maria, cheia de graça e consolo, venha oração para seus membros, rezemos. caminhar com seu povo, nossa mãe 2. Para que os religiosos, mesmo abatidos sempre serás (bis) pela fraqueza humana, busquem através da 2-Roga pelos pecadores desta terra/Roga seriedade, do comprometimento e da pelo povo que em teu Deus espera/Mãe do autenticidade, somente as situações de amor meu Senhor/Mãe do meu Salvador. e entrega total a Deus, rezemos. 2. Intercessão de Maria 3. Para que estes nossos irmãos perseverem e D./ “Maria é o tipo e o modelo de todas as progridam no espírito de oração, celebrando almas que querem generosamente se oferecer fielmente a Liturgia das Horas com o povo de a Deus.” (Pe. Le Prevost). Portanto, peçamos Deus, em seu favor e pelo mundo inteiro, que a Virgem Maria, modelo de pureza, rezemos ao Senhor. proteja a vocação destes nossos irmãos: 4. Para que estes nossos irmãos, fortalecidos À vossa proteção recorremos, Santa Mãe pela Eucaristia, imitem sempre o exemplo de de Deus; não desprezeis as nossas súplicas doação do Cristo, rezemos ao Senhor. em nossas necessidades, mas livrai-nos 8. Oração pelas Vocações sempre de todos os perigos, ó Virgem Senhor da messe, Vós que chamais os gloriosa e bendita! operários do Evangelho, nós vos rogamos: Pres.: O Senhor esteja conosco. Abri os corações dos vossos jovens à Fé e à Ass.: Eles está no meio de nós. Caridade, inspirai-lhes o desejo de consagrar- Pres.: Que Cristo, Rei do Universo, nos dê vos a sua vida. Que, no seguimento de Jean- ouvidos atentos para a escuta dos conselhos Léon Le Prevost, muitos se empenhem em evangélicos. fazer conhecer o vosso nome aos pequenos e Ass.: Amém. pobres. Aumentai em nós o espírito de zelo e Pres.: Abençoe-nos Deus todo-poderoso, Pai de Caridade, a fim de que, pelo dom total de e Filho + e Espírito Santo. nós mesmos, sejamos verdadeiras Ass.: Amém. testemunhas do vosso amor. Nós vos suplicamos, Pai: suscitai corações generosos Pres.: Glorifiquemos o Senhor com a nossa para torná-los, nas vossas mãos, dóceis vida. Vamos em paz e o Senhor nos instrumentos de misericórdia. Por Jesus acompanhe. Cristo, nosso Senhor. Ass.: Graças a Deus. Amém. É uma coisa tão doce dar-nos a Deus que, Pai nosso... depois de ter-nos dado, queremos dar-nos de novo, sem retomar-nos, mas dar-nos sempre D D./ Deus Onipotente, atendei nossos mais plenamente. pedidos, abrindo, assim, nossos ouvidos para (Pe. Jean-Léon Le Prevost)