Produção de vídeo I
              Instituto Superior Miguel Torga – ISMT
                  2º Ano Comunicação empresarial
...
1. CONTEXTUALIZAÇAO:

       Primeiramente gostaria de fazer uma observação previa, essa observação
prende- -se no facto d...
essa exposição. Existe sim muitos planos americanos e médios, planos
apertados de peito de modo a haver o “efeito de socia...
Ela por varias vezes durante fomenta a discussão entre os intervenientes
sobre o suposto assunto fazendo com que a verdade...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sociedade Civil prod video - Part2

764 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
764
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociedade Civil prod video - Part2

  1. 1. Produção de vídeo I Instituto Superior Miguel Torga – ISMT 2º Ano Comunicação empresarial Nuno Miguel Gomes Granada Programa: Sociedade Civil Apresentadora: Fernanda Freitas Género: Magazine Tema: Energias renováveis Subtema: É possível viver sem petróleo? Intervenientes: André Veríssimo – Jornalista no Jornal de Negócios Manuel Santos – Consultor em ambiente Luísa Schimidt – Socióloga do Ambiente do instituto de Ciências sociais da Universidade de Lisboa
  2. 2. 1. CONTEXTUALIZAÇAO: Primeiramente gostaria de fazer uma observação previa, essa observação prende- -se no facto do programa que estou a trabalhar ser um magazine (informação do site: http://ww1.rtp.pt/programas-rtp/index.php? p_id=20544&e_id=&c_id=8&dif=tv ), porem denoto varias semelhanças a um debate, tais como a presença de especialistas sobre o tema do programa, os temas tratados são cidadania, educação, saúde, alimentação, justiça, sociedade, entre outros. Os assuntos tratados nos debates são semelhantes tal como está referenciado no livro “A Palavra Confiscada” de P. Charaudeau e R. Ghiglione onde referenciam: “Esta pode ser dividida em cinco tipos: actualidade política, vida dos artistas, cultura, sociedade, ciência” (1997:57). As semelhanças não ficam só por aqui. Existe também uma certa procura de verdade, baseado nas declarações dos especialistas a moderadora tenta fazer com que a problemática do programa seja respondida. Embora não exista um claro confronto entre duas pessoas ou mais com ideias ou ideais opostos penso que este programa se assemelha muito a um debate televisivo. Mas vou-me cingir a descrição feita no site do programa e identificar magazine como género. 2. ENCENAÇÃO VERBAL: O programa Sociedade Civil e um magazine em formato de debate, logo traz-nos um debate com traços mais leves logo não existe uma guerra serrada para ficar com a posse da palavra ou para ter a influência entre os participantes. Consigo identificar porém uma busca da verdade que os leva a posicionarem-se em relação ao que eles pensam ser o verdadeiro e o falso, a tomar partido, a impor mesmo o seu modelo de pensamento, os seus valores, as suas opiniões. 3. ENCENAÇÃO VISUAL: Iluminação: A iluminação e feita com uma luz branca, uma cor fria de modo a trazer a verdade ao de cima. Transmite seriedade e credibilidade aos intervenientes. Visibilidade: O sociedade civil traz nos uma abordagem dos assuntos mais relaxada, logo os planos que são feitos durante o programa tentam passar isso mesmo. Ou seja, não existem grandes planos de nenhum dos intervenientes, não existe
  3. 3. essa exposição. Existe sim muitos planos americanos e médios, planos apertados de peito de modo a haver o “efeito de sociabilidade” existem também muitos planos de pormenor e planos gerais. Também e feito com frequência campo e contra campo. Em relação à presença dos intervenientes, penso que de maneira geral eles aparecem em tempos e numero de vezes semelhantes dando assim relevâncias iguais. Sendo este um programa mais leve e normal que não exista elevado protagonismo de nenhuma das partes. Eixos de visão ou pontos de vista: Os três convidados encontram se lado a lado formando uma linha de frente para o moderadorapresenador, ambos encontram-se frente a frente. Sequencialização: Ao visualizarmos o programa podemos encontrar uma sincronia com a palavra, isto é: a quando a intervenção de algum interveniente a câmara encontra-se a filmar essa mesma pessoa, porém também existe uma assincronia com a palavra que sucede por exemplo quando a apresentadora esta a falar para algum dos convidados e esse mesmo convidado aparece na imagem. (por exemplo na apresentação). Outra da sequencialização que também acontece bastante e quando alguém faz referencia a algum livro ou gráfico esse mesmo gráfico aparece no ecrã, chama se a isto sincronia com o conteúdo dos propósitos. Existe também um encadeamento homogéneo, seguindo a linha do programa, pois este programa passa por ser um programa calmo e leve onde as dúvidas da sociedade em geral estão a ser debatidas. 4. GESTÃO DO DEBATE: Papel do apresentador: O papel do apresentador e bastante importante neste tipo de programas, ele tem grande influência no rumo do programa pois sem ele o programa seria desregulado, não seria moderado logo facilmente se tornaria uma anarquia total entre os intervenientes. Portanto seguindo a mesma linha que o sociedade civil adopta, a apresentadora não poderia adoptar uma postura dura, provocadora pois isso acabaria por não condizer com os ideais do programa e portanto cair em incoerência. Identifiquei alguns papéis que Fernanda Freitas desempenha durante o “show”.
  4. 4. Ela por varias vezes durante fomenta a discussão entre os intervenientes sobre o suposto assunto fazendo com que a verdade seja lentamente exposta (Ampulheta) (ex: parte 1; 5.30min) São feitas quase sempre perguntas bastante directas, logo deixa pouco espaço para os convidados fugirem ao tema, o que faz com que não seja preciso encarar o papel de distraidor. Outros papeis como o de provocador ou parteiro também não são assumidos por parte da apresentadora porque mais uma cairiam na incoerência devido aos traços do programa. Existem outros papéis que se enquadram neste programa como o de coordenação que sucede em quase todo o programa, o de entrevistador que encarna no público e expõe problemáticas que o publico gostava de ver resolvidas (ex: parte 1; 2.00min). Ou mesmo o papel de professor que tenta introduzir ele mesmo conteúdo ao programa ou sintetizando ideia já ditas no programa. (ex: parte 1; inicio do programa ate aos 2.00min)

×