Aula 3 membranas celulares

347 visualizações

Publicada em

AV1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3 membranas celulares

  1. 1. Biologia Celular Profa. Dra. Ivina Brito
  2. 2. As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a célula, mas sim estruturas que exercem atividades complexas • Constituem barreiras permeáveis seletivas que controlam a passagem de solutos
  3. 3. As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a célula, mas sim estruturas que exercem atividades complexas • Fornecem o suporte físico • Formam vesículas transportadoras
  4. 4. As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a célula, mas sim estruturas que exercem atividades complexas • Participa dos processos de endocitose e de exocitose
  5. 5. As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a célula, mas sim estruturas que exercem atividades complexas • Promove a adesão entre as células
  6. 6. As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a célula, mas sim estruturas que exercem atividades complexas • Possui receptores que interagem com hormônios, neurotransmissores, etc
  7. 7. ESTRUTURA DAS MEMBRANAS CELULARES • Bicamada lipídica • Unidade estrutural básica de todas as membranas biológicas • Principais tipos de lipídios: • Fosfolipídeos, Colesterol e Glicolipídeos
  8. 8. • Bicamada lipídica • Proteínas de membranas • Carboidratos ESTRUTURA DAS MEMBRANAS CELULARES
  9. 9. • Mosaico fluido • Modelo de estrutura de membrana As moléculas de proteínas não estão fixas e sim mergulhadas entre as moléculas de fosfolipidios ESTRUTURA DAS MEMBRANAS CELULARES
  10. 10. FLUIDEZ DAS MEMBRANAS • Movimento dos lipídios: • Podem girar em torno de seu próprio eixo • Podem difundir-se lateralmente na monocamada • Podem migrar de uma monocamada para outra (flip-flop) Significa que os seus componentes não ocupam posições definidas
  11. 11. FLUIDEZ DAS MEMBRANAS • Colesterol: • Quanto mais colesterol, menos fluida é a membrana • Interage fortemente com os lipídios, impedindo sua movimentação
  12. 12. PROTEÍNAS DE MEMBRANAS • Cada tipo de membrana tem suas proteínas características, principais responsáveis pelas funções da membrana • Divididas em 2 grupos: • Proteínas integrais • Proteínas Periféricas
  13. 13. • Proteínas integrais • Fortemente associadas aos lipídios • Constituem 70% das proteínas de membrana • Exemplos: enzimas, proteínas transportadoras, receptores PROTEÍNAS DE MEMBRANAS
  14. 14. • Proteínas integrais • Podem atravessar completamente a membrana, uma ou mais vezes PROTEÍNAS DE MEMBRANAS PROTEÍNAS TRANSMEMBRANA
  15. 15. • Proteínas Periféricas • Podem ser facilmente separadas dos lipídios • Não interagem com a região hidrofóbica • Se ligam à membrana por interação com as proteínas integrais ou com a região polar dos lipídios PROTEÍNAS DE MEMBRANAS
  16. 16. • As membranas celulares contêm entre 2 e 10% de carboidratos • Estes se encontram ligados a lipídios e a proteínas da membrana CARBOIDRATOS Glicolipídios e Glicoproteínas
  17. 17. Os carboidratos dos glicolipídios e das glicoproteínas que se localizam na face externa da membrana plasmática formam uma cobertura chamada GLICOCÁLICE CARBOIDRATOS
  18. 18. • GLICOCÁLICE • Protegem a superfície da célula de agressões mecânicas e químicas •Ex: proteção da mucosa intestinal contra alimentos e enzimas digestivas • Reconhecimento e adesão celular • Determinam a especificidade dos grupos sanguíneos • Estão envolvidos com o surgimento do câncer • São utilizados por vírus e bactérias durante o reconhecimento celular CARBOIDRATOS
  19. 19. MEMBRANA PLASMÁTICA Determina quais substâncias irão entrar ou sair das células Delimita o limite externo das células eucariontes animais
  20. 20. PERMEABILIDADE SELETIVA DAS MEMBRANAS CELULARES • Permite que a célula controle e mantenha sua composição interna
  21. 21. • Passagem sem gasto de energia • Passagem com gasto de energia TRANSPORTE PASSIVO TRANSPORTE ATIVO PERMEABILIDADE SELETIVA DAS MEMBRANAS CELULARES
  22. 22. • Difusão - Movimento do soluto do local em que está mais concentrado para os de menor concentração Esta diferença é denominada gradiente de concentração A difusão a favor do gradiente de concentração é um processo que ocorre espontaneamente, sem gasto de energia TRANSPORTE PASSIVO
  23. 23. TRANSPORTE PASSIVO • Difusão simples • Ocorre através da dupla camada lipídica • Difusão facilitada • Ocorre através dos canais iônicos e das permeases
  24. 24. TRANSPORTE PASSIVO • Difusão facilitada • Algumas substâncias são insolúveis em lipídios e precisam do auxílio dos carreadores (proteínas) •Ex.: moléculas maiores como aminoácidos, monossacarídeos
  25. 25. TRANSPORTE PASSIVO • Difusão facilitada • Transporte de glicose para dentro das células Insulina Receptor de insulina Glicose Glicogênio Piruvato Ácidos graxos
  26. 26. TRANSPORTE PASSIVO • Osmose • É a passagem do solvente (líquido) do meio de menor concentração (hipotônico) para o meio de maior concentração (hipertônico) até a igualdade de concentrações (isotonia)
  27. 27. Hipo Perde Hiper Ganha TRANSPORTE PASSIVO • Osmose ISOTONIA SOLVENTE
  28. 28. • É realizado no sentido contrário de seu gradiente de concentração • O transporte ativo ocorre por meio das permeases, chamadas bombas TRANSPORTE ATIVO Há gasto de energia
  29. 29. • Bomba Na+K+ •É responsável pela manutenção do potencial elétrico da membrana plasmática • Expulsa Na+ para o espaço extracelular e introduz K+ no citosol TRANSPORTE ATIVO
  30. 30. TRANSPORTE DE GRANDES MOLÉCULAS ENDOCITOSE Englobamento EXOCITOSE Eliminação Pinocitose Líquidos Fagocitose Sólidos
  31. 31. TRANSPORTE DE GRANDES MOLÉCULAS ENDOCITOSE Englobamento • Pinocitose • A célula ingere moléculas solúveis • Envolve gasto de energia • É muito seletivo
  32. 32. TRANSPORTE DE GRANDES MOLÉCULAS ENDOCITOSE Englobamento • Fagocitose • A célula engloba partículas sólidas e microorganismos • Realizado por células específicas (sistema imunológico) • Degradam o material utilizando enzimas
  33. 33. TRANSPORTE DE GRANDES MOLÉCULAS • Excreção e secreção de substâncias • Três fases: migração, fusão e lançamento EXOCITOSE Eliminação
  34. 34. 1) Quais as funções das membranas celulares? 2) Qual o papel do colesterol na fluidez da membrana? 3) Classifique e descreva as proteínas de membrana? 4) O que é e quais são as funções do glicocálice? 5) Defina os tipos de transporte passivo e ativo. 6) Descreva os tipos de transporte de grandes moléculas.

×