TEÓRIA E PRÁTICA DATEÓRIA E PRÁTICA DA
RECREAÇÃO E LAZERRECREAÇÃO E LAZER
Professora Patrícia Cavalcanti
DIMENSÃO CONCEITUAL
DA RECREAÇÃO
• LÚDICO (conceito)
 Tem origem no latim, ludos que remete para jogos e divertimento.
 ...
DIMENSÃO CONCEITUAL
DA RECREAÇÃO
• LUDICIDADE (conceito)
 Forma de desenvolver a criatividade, os conhecimentos, através ...
DIMENSÃO CONCEITUAL
DA RECREAÇÃO
• A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR
 Brincar ajuda a criança no seu desenvolvimento:
- Físico - A...
DIMENSÃO CONCEITUAL
DA RECREAÇÃO
• ÁREA DO CONHECIMENTO
 Contexto Educacional
 Contexto Social
 Contexto Cultural
CONTEXTO EDUCACIONAL
 Recrear-se representa um importante limite de espaço e
tempo em que a criança se coloca a brincar o...
CONTEXTO SOCIAL
 Quando um individuo está em recreação, significa que está
sentindo prazer em realizar alguma coisa;
 Co...
CONTEXTO SOCIAL
Vygotsky (1991) defende uma relação de constituição recíproca,
pois a criança se desenvolve no contexto da...
CONTEXTO CULTURAL
 Educandos oriundos de meios sociais desiguais possuem heranças
culturais diferenciadas e tendem a agir...
PILARES DA RECREAÇÃO
 A recreação, nessa perspectiva, deve ser pautada em três pilares básicos
desenvolvendo o indivíduo ...
PILAR BIOFISIOLÓGICO
- Contribuição externa, ou seja, novas alternativas na busca
de melhor qualidade de vida. Através de ...
PILAR SOCIAL
- Permitir que diferentes grupos de pessoas, principalmente
crianças, se integrem, esquecendo o preconceito d...
PILAR CULTURAL
- Deve-se procurar desenvolver no estudante meio para que
ele possa utilizar suas experiências, sua realida...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

3ª aula recreação - conceitos e pilares

508 visualizações

Publicada em

AV1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
508
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3ª aula recreação - conceitos e pilares

  1. 1. TEÓRIA E PRÁTICA DATEÓRIA E PRÁTICA DA RECREAÇÃO E LAZERRECREAÇÃO E LAZER Professora Patrícia Cavalcanti
  2. 2. DIMENSÃO CONCEITUAL DA RECREAÇÃO • LÚDICO (conceito)  Tem origem no latim, ludos que remete para jogos e divertimento.  Faz referência a jogos ou brinquedos: brincadeiras lúdicas. Que tem o divertimento acima de qualquer outro propósito. Que faz alguma coisa simplesmente pelo prazer em fazê-la.
  3. 3. DIMENSÃO CONCEITUAL DA RECREAÇÃO • LUDICIDADE (conceito)  Forma de desenvolver a criatividade, os conhecimentos, através de jogos, música e dança. O intuito é educar, ensinar, se divertindo e interagindo com os outros.
  4. 4. DIMENSÃO CONCEITUAL DA RECREAÇÃO • A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR  Brincar ajuda a criança no seu desenvolvimento: - Físico - Afetivo - Intelectual - Social  Através das atividades lúdicas a criança forma conceitos, relaciona ideias, estabelece relações lógicas, desenvolve a expressão oral e corporal, reforça habilidades sociais, reduz a agressividade, integra- se na sociedade e constrói seu próprio conhecimento.
  5. 5. DIMENSÃO CONCEITUAL DA RECREAÇÃO • ÁREA DO CONHECIMENTO  Contexto Educacional  Contexto Social  Contexto Cultural
  6. 6. CONTEXTO EDUCACIONAL  Recrear-se representa um importante limite de espaço e tempo em que a criança se coloca a brincar ou a jogar, investindo grande prazer na construção de novos saberes. Dessa forma, pode-se dizer que a recreação produz aprendizagem e, consequentemente, efeito educativo.
  7. 7. CONTEXTO SOCIAL  Quando um individuo está em recreação, significa que está sentindo prazer em realizar alguma coisa;  Com crianças é importante desenvolver e estimular atividades diferentes da vida cotidiana, mas que façam parte da natureza humana, já que é na infância o período de aprendizado e da assimilação do que julgamos necessário para a vida adulta.
  8. 8. CONTEXTO SOCIAL Vygotsky (1991) defende uma relação de constituição recíproca, pois a criança se desenvolve no contexto das interações sociais e quando as informações ou experiências são internalizadas; reestrutura a organização das ações sobre os objetos, reorganizando o plano do desenvolvimento interno e, consequentemente obtendo transformações nos processos mentais.
  9. 9. CONTEXTO CULTURAL  Educandos oriundos de meios sociais desiguais possuem heranças culturais diferenciadas e tendem a agir de acordo com essa cultura já interiorizada. (Bourdieu -1979)  Uma reestruturação do habitus do individuo, procurando ampliar o seu capital cultural, proporciona uma reorganização de conhecimentos, uma reformulação de conteúdos que deverão estar em consonância com a realidade do educando.
  10. 10. PILARES DA RECREAÇÃO  A recreação, nessa perspectiva, deve ser pautada em três pilares básicos desenvolvendo o indivíduo com harmonia na realidade do seu cotidiano.
  11. 11. PILAR BIOFISIOLÓGICO - Contribuição externa, ou seja, novas alternativas na busca de melhor qualidade de vida. Através de uma atividade no âmbito desse pilar, é possível conscientizar os participantes da necessidade de melhores hábitos em relação à qualidade de vida.
  12. 12. PILAR SOCIAL - Permitir que diferentes grupos de pessoas, principalmente crianças, se integrem, esquecendo o preconceito de valores, distinção de raça, estrutura familiar, e que ao contrário, possibilite estruturar todos esses tópicos, possibilitando a convivência harmoniosa entre grupos sociais distintos.
  13. 13. PILAR CULTURAL - Deve-se procurar desenvolver no estudante meio para que ele possa utilizar suas experiências, sua realidade e o seu cotidiano para, enfim, ampliar suas informações e sua formação cultural. Por exemplo, as brincadeiras regionais, datas comemorativas etc.

×