Projeto quem sou eu

327 visualizações

Publicada em

Projeto que fala sobre identidade e diferença.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
327
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto quem sou eu

  1. 1. Escola Municipal de Educação Infantil Florência Vurlod Sócias Projeto: Quem sou eu? Maternal I A Porto Alegre Abril de 2012 Educadoras Claudia Regina Krauthein Gomes Nadir Prado de Oliveira Maria Elena da Silva Niederauer 1
  2. 2. Projeto: Quem sou eu? Maternal I A Objetivos: Fazer com que os alunos descubram, através da experimentação e da observação de si mesmos e do grupo, que são seres individuais, inseridos dentro de uma coletividade e que uma pessoa é diferente da outra. Estimular a oralidade, através da roda de conversas, propiciando a interação entre eles e desenvolver uma atmosfera de compartilhamento e cooperação. Ao final do projeto os alunos deverão ser capazes de: • Reconhecer o seu desenho, seu auto-retrato que ficará exposto em sala de aula. • Estimular o raciocínio e a percepção visual; • Desenvolver a imaginação, a oralidade e a criatividade; • Saber maior número de palavras e expressões antes desconhecidas (aumento e enriquecimento do vocabulário ); • Identificar suas preferências em relação a tudo que o cerca, a sua realidade; • Formar os próprios conceitos através de descobertas e experimentações. Culminância: Construção de um Mural coletivo com os desenhos pintados dos rostos das crianças, com nomes e fotos e as mãos carimbadas a tinta. (Material papel pardo) Algumas atividades: 1. Caixa do Tesouro • Em “rodinha” iniciarei me maneira descontraída e atrativa uma dinâmica apresentarei uma caixa, com tampa, decorada da maneira que achar mais atraente aos alunos . • Apresentarei a caixa dizendo que dentro dela tem o que existe de mais precioso, de mais importante, um verdadeiro tesouro. (guardar esta caixa para a dinâmica do dia das mães) • Proporei então, uma brincadeira onde cada um terá que olhar o que tem dentro da caixa, ver qual é este tesouro e manter segredo – Um a um devem olhar e voltar ao lugar sem poder contar o que viu – Esta é a regra da brincadeira: Manter segredo! • Dentro da caixa deve conter um espelho, bem no fundo. No momento em que a criança for olhar o tesouro verá refletida sua própria imagem. 2
  3. 3. • Devemos ficar atentas a cada reação individual ao deparar-se com a própria imagem. É fundamental criar um clima de muito interesse provocando sempre: Qual será este tesouro? • Após todos terem visto sua imagem refletida dentro da caixa e terem tido as mais diferentes reações, cuidando sempre para que não falem enquanto todos não olharem, abrir então o debate, a conversa informal. • O que vocês viram dentro da caixa? Descobriram o tesouro? • Aproveitar cada resposta dos alunos, orientando-os quando necessário, mas propiciando que se expressem, instigar a oralidade e a socialização. • A conversa deve fluir até o ponto em que o professor perceber que os alunos perceberam que eles são o tesouro – cada um deles – por isso não poderiam contar o segredo – pois todos somos únicos – Ninguém é igual a ninguém. 2. Meu auto-retrato: Em seguida completar fazendo seu auto-retrato. As nomes em cada desenho podem ser anotadas por escrito pelas educadoras. É fundamental que sejam todas discutidas individualmente e em grupo. Chegando nesta etapa iniciarei um trabalho criando uma identidade entre a criança e a escrita de seu nome. Para isso vamos fazer um trabalho de reconhecimento do nome através da foto de cada criança que será colocada junto a seu nome e com as conversas desenvolvidas na rodinha. A construção da escrita do nome, na Educação Infantil, é vista como um grande caminho a ser percorrido pela criança. O sujeito é um construtor dos seus conhecimentos e nesse processo passa por etapas importantes que vão da visualização até o reconhecimento da escrita em diferentes lugares e formas. O objetivo maior do trabalho com a escrita do nome na Educação Infantil é fazer com que a criança se reconheça como um sujeito importante que possui um nome que é só seu. 3
  4. 4. 3. Colagem no bolo do número de velinhas correspondentes a sua idade: (Material cópias impressas e pauzinhos) 4. Exploração com argila e palitos Como as crianças pequenas observam e atuam no mundo com curiosidade, sem os padrões pré-determinados é fundamental que nas propostas de Arte valorizemos essa atitude investigativa da criança para que ela descubra o mundo e recrie-o a sua maneira. A proposta com argila tem o objetivo de explorar as possibilidades de uso da argila e observar que ela pode ser modificada, manuseada de acordo com a criatividade de cada um. 5. Pintura com têmpera, usando as mãos e barbante ao ritmo de uma música. Sugestão de histórias: Tudo bem ser diferente e O Livro da Famíla do autor Todd Parr. Sugestões de trabalho com músicas no projeto: • Serão ouvidas, cantadas e dançadas pela turma as músicas preferidas de cada um. • Música da chamada em rodinha Quem chegou na aula hoje foi? • Música O relógio do Betto Hermann para estimular a motricidade de forma lúdica através dos movimentos imitados dos ponteiros do relógio Ao final do Projeto Quem sou eu seja iniciado o Projeto sobre Afetividade e Boas maneiras, conforme combinamos em reunião com equipe no dia 04/05/2012. 4

×