IluminaçAo

5.639 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.639
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
153
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IluminaçAo

  1. 1. Iluminaçao Auriene Cardozo Fotografia
  2. 2. Fotografia é a linguagem da luz <ul><li>Na fotografia, a luz vem de várias fontes e tem muitas qualidades e características que afetam todo o processo. </li></ul><ul><li>Ouso eficiente da luz pode ser a diferença entre uma fotografia medíocre e uma grandiosa. </li></ul>
  3. 3. Qualidades de luz <ul><li>Intensidade: </li></ul><ul><li>é a quantidade de luz que alcança o objeto. </li></ul><ul><li>É aquilo que seu fotômetro mede. </li></ul><ul><li>Se você fizer medições cuidadosas, a intensidade da luz não deve afetar o brilho ou nitidez da cópia final, porque a velocidade do obturador e a abertura da lente serão ajustadas de acordo com os níveis de luz. </li></ul><ul><li>Mas a intensidade da luz influencia a escolha do filme. </li></ul><ul><li>A intensidade da luz e velocidade do filme determinam as velocidades do obturador e aberturas de lente que você pode usar. </li></ul>
  4. 4. Velocidade do obturador
  5. 5. Qualidades de luz <ul><li>Contraste: </li></ul><ul><li>Contraste de iluminação é a diferença nos níveis de iluminação entre áreas do objeto totalmente iluminadas (altas-luzes) e as indiretamente iluminadas (baixas-luzes). </li></ul><ul><li>Cenas sem realce na iluminação mostrarão diferenças muito menores entre os níveis de iluminação nas altas-luzes e nas baixas-luzes </li></ul><ul><li>Contraste de iluminação refere-se geralmente ao nível de luz, proporção matemática dos níveis de iluminação entre as altas-luzes e as baixas-luzes. </li></ul><ul><li>Como fotógrafo, você pode influenciar ou controlar o contraste de iluminação, introduzindo fontes de luz adicionais, refletores e rebatedores, alterando dessa forma o contraste de iluminação. </li></ul>
  6. 6. Efeito da intensidade da luz
  7. 7. Qualidades de luz <ul><li>Especularidade: </li></ul><ul><li>A luz pode ser concentrada e muito penetrante ou, no outro extremo, muito suave e difusa. </li></ul><ul><li>Luz penetrante, ou especular, geralmente produz sombras duras e bem definidas. </li></ul><ul><li>Em geral, vem de um único ponto, como um flash ou o sol em um céu sem nuvens. </li></ul><ul><li>A luz difusa, por sua vez, produz sombras indistintas e mal-definidas ou nenhuma sombra </li></ul>
  8. 8. Luz difusa x especular
  9. 9. Qualidades de luz <ul><li>Direcao: </li></ul><ul><li>É o ângulo por meio do qual a luz atinge o objeto. Ela afeta o modo que textura e forma sao mostrados na fotografia. </li></ul><ul><li>Luz lateral, que cobre o objeto de certos angulos, tende a acentuar a textura. </li></ul><ul><li>A luz frontal minimiza a textura e cria poucas sombras. Como resultado, o objeto parece sem profundidade. </li></ul><ul><li>A luz de fundo cria sombras à frente do objeto e dá profundidade à fotografia. Quase sempre dá um aspecto enevoado à foto e pode resultar em silhuetas. A luz que vem de cima do objeto parece “natural” porque é dai que vem a luz do sol. </li></ul><ul><li>A luz que vem debaixo do objeto parece não natural e sinistra; os fotógrafos se referem a ela : “luz fantasmagórica”. </li></ul>
  10. 10. Luz frontal x lateral
  11. 11. Tipos de luz <ul><li>Luz natural natural é a luz do Sol, geralmente em exteriores. Pode ter muitas formas, desde a luz suave, difusa, de um dia nublado, à luz dura e contrastada direta do Sol. </li></ul><ul><li>Com a luz natural, podemos não ter sombra ou ter sombras suaves ou duras. As sombras podem ser longas curtas, dependendo da hora do dia e da estacao do ano. </li></ul><ul><li>A especularidade da luz natural é quase sempre influenciada pelo tempo. A luz do Sol é rica em possibilidades, algumas vezes imprevisíveis, e sempre impossíveis controlar. Ainda assim, é possível antecipar ou ao menos, amenizar as condições de iluminacao externa. </li></ul>
  12. 12. Tipos de luz <ul><li>Luz existente </li></ul><ul><li>(ou disponível) é a luz encontrada no local de sua fotografia, geralmente interna para distinguir da luz natural do Sol, mas tambem externa, noturna, quando a luz do Sol da lugar a outras fontes de luz externas. A luz existente é criada por uma variedade de fontes, isto é, uma mistura de luz da janela, pontos de luz e reflexos. Quase sempre é irregular. </li></ul><ul><li>O problema mais comum com a luz existente é que sua intensidade geralmente é baixa. Mesmo com filmes rápidos, você terá de fotografar com velocidade de obturador muito baixa e diafragma totalmente aberto. Precisará firmar a câmera ou usar um tripé e focalizar com cuidado se quiser fotos razoavelmente nítidas. </li></ul>
  13. 13. Tipos de luz <ul><li>Luz artificial : </li></ul><ul><li>Luz artificial refere-se à luz adicionada além da luz existente na cena. </li></ul><ul><li>Pode ser simples como um flash ou complexa como as luzes de estúdio. </li></ul><ul><li>Você pode criar qualquer efeito de iluminação que desejar com um equipamento apropriado. No entanto, os fotógrafos tentam adicionar luzes da forma mais natural possível. Dessa maneira, a atenção fica no objeto e não na iluminação. </li></ul>
  14. 14. Luz artificial <ul><li>Luz contínua: é uma luz estável e ininterrupta, de uma fonte elétrica. </li></ul><ul><li>A lâmpada doméstica de tungstênio está incluída nas fontes de luz contínua. </li></ul><ul><li>A fotografia, no entanto, requer uma fonte de luz mais poderosa. Os holofotes são fortes lâmpadas de tungstênio, de vidro fosco, geralmente de 250 ou 500 watts. </li></ul><ul><li>Os spotlights são similares, porém a lâmpada não é fosca e em geral focalizam pequenas áreas. Ambos são intensos, mas de vida útil menor que a lâmpada caseira. Os holofotes quase sempre se queimam após poucas horas de uso. </li></ul>
  15. 15. Luz artificial <ul><li>Luz do Flash: </li></ul><ul><li>É uma breve e intensa explosao de luz. A maioria dos flashes sao portateis e potentes para o seu tamanho. </li></ul><ul><li>Quase todas as fontes de flashes utilizadas hoje em dia sao eletronicos ou com bateria . </li></ul>
  16. 16. Usando a luz contínua <ul><li>Os holofotes são raramente usados fora estúdio ou ambiente fechado, porque exigem uma fonte de eletricidade. </li></ul><ul><li>Você pode escolher entre equipamentos que ficam presos em suportes por meio de garras ou algum que seja colocado em cima de algum suporte de lâmpada. </li></ul><ul><li>Suportes de lâmpadas dão flexibilidade porque podem ser colocados em qualquer lugar e sua altura pode ser ajustada. </li></ul>
  17. 17. Holofote
  18. 18. Iluminaçao de estudio <ul><li>Pelo fato de o modelo poder ficar parado por algum tempo, você pode usar velocidade de obturador relativamente baixa; na verdade, você pode ser forçado a usar velocidades baixas porque a luz contínua não é muito forte. </li></ul><ul><li>A abertura do diafragma será determinada usando-se um fotômetro convencional para ler a luz que incide no rosto da pessoa, depois que as luzes tenham sido posicionadas. </li></ul><ul><li>Quando for ajustar a iluminação para um retrato, deve olhar as características da pessoa. </li></ul><ul><li>Você pode conseguir efeitos diferentes mudando o ângulo, a altura e as qualidade da luz, como também usando mais de una fonte de luz. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Iluminação frontal, em que a câmera e a luz estão lado a lado de frente para o fotografado, é algumas vezes denominada luz chapada”. O rosto do modelo tende a ficar achatado, ou em duas dimensões, pois não existem sombras significativas. </li></ul><ul><li>A iluminação lateral, em que a câmera fica posicionada diante do modelo e a luz fica em ângulo reto com relação a ele, resulta em muitas sombras fortes por causa da iluminação cruzada. Enquanto as texturas do cabelo e das roupas são realçadas, o rosto é dividido ao meio. </li></ul><ul><li>A luz de fundo, quando está atrás do modelo, mas posicionada para não ofuscar a lente, cria o chamado “efeito halo”. </li></ul><ul><li>A iluminação de fundo sozinha pode ser usada com muita eficiência para a criação de silhuetas, porém, no caso de retratos, é mais utilizada em conjunto com outras luzes, quando o efeito do halo ajuda a separar cabeça e ombros do fundo dando, por conseqüência, dimensão ao retrato. </li></ul>Modifique o ângulo entre a luz, o objeto e a câmera
  20. 21. Mude a altura da luz <ul><li>Iluminação baixa, em que a luz é colocada abaixo, a frente do modelo e direcionada para cima, é chamada “iluminação fantasmagórica”. </li></ul><ul><li>As sombras são exageradas e não naturais, e dão aspecto sinistro ou diabólico à face. </li></ul><ul><li>A luz alta pode ser muito útil para realçar os cabelos, mas pode ser desfavorável ao rosto, já que cria sombras profundas na região dos olhos, enquanto o nariz e queixo ficam mais proeminentes. </li></ul><ul><li>Iluminação alta lateral, em que a luz é posicionada alta ao lado do modelo e dirigida para baixo a um angulo de 45 graus é denominada iluminação “classica”. Produz sombras de aparência natural e cria um aspecto tridimensional agradável. </li></ul>
  21. 23. Mude a especularidade da luz <ul><li>Uma única luz concentrada produz sombras duras e fortes e uma aparência muito contrastada. Você pode difundir a luz para uma aparência mais suave; isso pode ser feito rebatendo-a em uma parede, no teto, em um pedaço de cartolina branca ou em uma sombrinha com interior prateado ou branco. </li></ul><ul><li>Também pode comprar difusores, feitos de vidro repuxado, que são presos na frente do refletor. </li></ul><ul><li>Você pode alterar a intensidade relativa da luz simplesmente movendo a luz para mais perto ou tais afastada do objeto </li></ul><ul><li>Pode também variar a posição da luz para mudar sua direção e criar padrões de sombras. </li></ul>
  22. 25. Use mais de uma luz. <ul><li>Uma forma comum de iluminar retratos é usar uma única luz, chamada de luz principal ou “luz-chave”, para criar as sombras principais e outra luz menos intensa, luz de preenchimento, para tornar as sombas menos duras. </li></ul><ul><li>Nessa configuração de duas luzes, a luz principal fica colocada acima e ao lado . </li></ul><ul><li>A luz de preenchimento fica posicionada abaixo e afastada do objeto, mas perto da camera, do lado oposto da luz principal. </li></ul><ul><li>Por ser menos intensa que a luz principal, a luz de preenchimento não elimina as sombras criadas por ela; simplesmente as preenche. </li></ul>
  23. 26. <ul><li>Em uma configuração de três luzes, outra luz é posicionada para iluminar o fundo. </li></ul><ul><li>O propósito da luz de fundo é separar o objeto do fundo, aumentando o contraste entre os dois. </li></ul><ul><li>Fotógrafos profissionais de estúdio geralmente adicionam uma quarta luz, a luz de destaque, que é um spot colocado bem acima e atrás do modelo, para realçar os cabelos. </li></ul>

×