SlideShare uma empresa Scribd logo
Filtros: diversidade e funções
Etapas da aula
   Definição;
   Tipos de filtros;
       Filtros de contraste;
       Filtros de conversão da temperatura de cor;
       Filtros de efeito;
       Filtros com funções especializadas;
       Filtros de iluminação.
   Funcionamento;
   Exemplificações e aplicações.
Definição
   Peças de vidro, acrílico, gelatina ou acetato;


         Sãoferramentas fotográficas
    versáteis que permitem mudanças no
     resultado da imagem (tons, efeitos,
                   ajustes);
Filtros de contraste
   Aplicados em filmes preto e branco, visto que
    alteram a intensidade dos cinzas;
   Certos comprimentos de onda de luz são
    absorvidos, enquanto outros passam livremente;
   Permite utilizar somente o tipo de luz que se adequa
    ao tema e ao filme fotográfico;
   Exemplo: filtro vermelho, faz com que as partes
    vermelhas da foto pareçam mais pálidas e que as
    áreas azuis ou verdes apareçam mais escuras.
   Ou seja: o filtro deixa passar a própria cor e barra a
    complementar (azul e verde);
Filtros de conversão da
     temperatura de cor
Conversão da Temperatura
   Converte a luz para as condições do filme utilizado;
   Cada filme tem seu balanceamento cromático,
    devendo ser respeitada a fonte de luz a que será
    sujeitado;
   Cada fonte de luz terá a sua temperatura de cor;
    (medida na escala Kelvin – k);
   Devem ser feitos ajustes para se obter imagens com
    fidelidade de cores próxima àquelas que o assunto
    se apresenta sob iluminação ideal.
   Exemplo 1: o uso de um
    filme do tipo “luz do dia”
    com a fonte de luz em
    tungstênio irá produzir
    imagens amareladas;
   Para corrigir o problema,
    pode-se usar um filtro de
    conversão 80A;
       Causa a perda na
        luminosidade da imagem,
        sendo necessário compensar
        a fotometria.
   Exemplo 2: Se o filme é para tungstênio e a fonte
    de iluminação é a luz do dia, a imagem será
    azulada.
Na fotografia digital

   Predefinições disponíveis pelas câmeras, possível
    através do WB
   Pode também ser ajustado também através de softwares de
    edição
Filtros de efeito
Cross Screen
   Produzem "estrelas" nos pontos
    de grande luminosidade do
    assunto;
Center-spot
   Permite fazer fotos somente com o centro do
    assunto nítido, ficando o restante fora de foco.
Multi-imagem
   Produz a mesma imagem várias vezes na mesma
    foto (a depender do modelo do filtro).
Fog
   Gera uma imagem difusa, com cores pálidas,
    contraste ameno e uma aura leve ao redor das
    fontes de luz.
Close up
   Permitem fotografar a curta distância
   Existem nos graus +1, +2, +3, +4 e +10 (dioptrias)
   Quanto maior o número, maior a aproximação.
   Permite que as objetivas possam obter foco
    mais próximas do que a distância mínima de
    foco para a qual foram projetadas
       Usados para a macrofotografia
       Podem ser usados sobrepostos,
        para possibilitar uma maior
        aproximação
Filtros com função especializada
Ultravioleta (UV)
   Absorve os raios ultra-violetas existentes na
    atmosfera não interferindo em nenhuma outra
    característica da fotografia.
   Evita que paisagens distantes saiam azuladas;
   Filtro UV como proteção da lente
       Contra pó, riscos e choques
Polarizador
   Elimina reflexos indesejáveis; aumenta a
    intensidade de tons azuis; bloqueiam de 1 a 2
    pontos a entrada de luz
   Efeito do polarizador em relação aos reflexos.
   Sky light: reduz o azulado de fotos feitas sobre
    luz forte e também serve para proteger a
    objetiva
   Warm-up ou aquecimento – Elimina os tons
    azulados em fotos feitas em locais à sombra ou
    em dias nublados
   Degradé: metade do filtro tem uma cor, que
    perde intensidade até meio do filtro, até ficar
    transparente
       Bastante úteis na fotografia de paisagem a cores
       Várias cores para os filtros dégradé e são utilizados
        para dar cor e reduzir o contraste da fotografia
Filtros para iluminação
   Se a iluminação do tema for mista (tungstênio e luz
    do dia, por exemplo), pode ser usado um filtro de
    acetato na frente de uma fonte de luz para adequá-
    la à outra.
   O uso de polarizadores também na fonte de luz.
Referências
   BANKS, Adam. O guia completo da cor. São Paulo:
    Editora Senão São Paulo, 2007.
   LANGFORD, Michael. Fotografia básica de Langford:
    guia completo para fotógrafo. Tradução Michael
    Furmankiewicz. 8 ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.
   SALLES, Filipe. Apostila de cinematografia. Capítulo 11,
    Filtros. Disponível em:
    http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=apostila%20
    de%20cinematografia.%20cap%C3%ADtulo%2011%2C
    %20filtros.&source=web&cd=1&ved=0CCgQFjAA&url=htt
    p%3A%2F%2Fwww.mnemocine.art.br%2Findex.php%3F
    option%3Dcom_docman%26task%3Ddoc_download%26
    gid%3D14%26Itemid%3D72&ei=XpVST-
    K4LojJtgeOyKCjDQ&usg=AFQjCNG_73RyiUMkuSn64G
    TQ09mAVEggGA.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O negativo
O negativo O negativo
O negativo
Alice Lindorfer
 
O negativo ansel adams
O negativo   ansel adamsO negativo   ansel adams
O negativo ansel adams
Mariana Limberger
 
O obturador
O obturadorO obturador
Princípios da fotografia
Princípios da fotografiaPrincípios da fotografia
Princípios da fotografia
Cid Costa Neto
 
LAB_O Negativo_BrunaFlores
LAB_O Negativo_BrunaFloresLAB_O Negativo_BrunaFlores
LAB_O Negativo_BrunaFlores
Bruna Flores
 
FOTOGRAFIA - Fotografia com luz Externa
FOTOGRAFIA - Fotografia com luz ExternaFOTOGRAFIA - Fotografia com luz Externa
FOTOGRAFIA - Fotografia com luz Externa
Campus Party Brasil
 
Fotografia av, tv, a, p
Fotografia av, tv, a, pFotografia av, tv, a, p
Fotografia av, tv, a, p
Ipsun
 
IluminaçAo
IluminaçAoIluminaçAo
IluminaçAo
Auriene
 
Diafragma
DiafragmaDiafragma
03 fotog-modo-a
03 fotog-modo-a03 fotog-modo-a
03 fotog-modo-a
3deoculos
 
Conceitos básicos: Planos, Exposição e Edição
Conceitos básicos: Planos, Exposição e EdiçãoConceitos básicos: Planos, Exposição e Edição
Conceitos básicos: Planos, Exposição e Edição
Helder Miguel Delgado
 
Aula 02 - Curso Fotografia Básica
Aula 02 - Curso Fotografia BásicaAula 02 - Curso Fotografia Básica
Aula 02 - Curso Fotografia Básica
tiago.ufc
 
Aula 6 fotografia digital
Aula 6   fotografia digitalAula 6   fotografia digital
Aula 6 fotografia digital
Vitor Braga
 
Aula fotografia - iluminação em estúdio ppt
Aula   fotografia - iluminação em estúdio pptAula   fotografia - iluminação em estúdio ppt
Aula fotografia - iluminação em estúdio ppt
André Teixeira
 
Diafragma e Obturador
Diafragma e ObturadorDiafragma e Obturador
Diafragma e Obturador
diogofgarcia
 
Iluminação
Iluminação Iluminação
Iluminação
Dorneles Neves
 
Aula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentosAula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentos
Rafael Serra
 
02 principios da fotografia (2012)
02 principios da fotografia (2012)02 principios da fotografia (2012)
02 principios da fotografia (2012)
Marcio Duarte
 
Técnicas fotográficas
Técnicas fotográficasTécnicas fotográficas
Técnicas fotográficas
Marcio Duarte
 
Iluminao profissional de estdio
Iluminao profissional de estdioIluminao profissional de estdio
Iluminao profissional de estdio
Liliane Ennes
 

Mais procurados (20)

O negativo
O negativo O negativo
O negativo
 
O negativo ansel adams
O negativo   ansel adamsO negativo   ansel adams
O negativo ansel adams
 
O obturador
O obturadorO obturador
O obturador
 
Princípios da fotografia
Princípios da fotografiaPrincípios da fotografia
Princípios da fotografia
 
LAB_O Negativo_BrunaFlores
LAB_O Negativo_BrunaFloresLAB_O Negativo_BrunaFlores
LAB_O Negativo_BrunaFlores
 
FOTOGRAFIA - Fotografia com luz Externa
FOTOGRAFIA - Fotografia com luz ExternaFOTOGRAFIA - Fotografia com luz Externa
FOTOGRAFIA - Fotografia com luz Externa
 
Fotografia av, tv, a, p
Fotografia av, tv, a, pFotografia av, tv, a, p
Fotografia av, tv, a, p
 
IluminaçAo
IluminaçAoIluminaçAo
IluminaçAo
 
Diafragma
DiafragmaDiafragma
Diafragma
 
03 fotog-modo-a
03 fotog-modo-a03 fotog-modo-a
03 fotog-modo-a
 
Conceitos básicos: Planos, Exposição e Edição
Conceitos básicos: Planos, Exposição e EdiçãoConceitos básicos: Planos, Exposição e Edição
Conceitos básicos: Planos, Exposição e Edição
 
Aula 02 - Curso Fotografia Básica
Aula 02 - Curso Fotografia BásicaAula 02 - Curso Fotografia Básica
Aula 02 - Curso Fotografia Básica
 
Aula 6 fotografia digital
Aula 6   fotografia digitalAula 6   fotografia digital
Aula 6 fotografia digital
 
Aula fotografia - iluminação em estúdio ppt
Aula   fotografia - iluminação em estúdio pptAula   fotografia - iluminação em estúdio ppt
Aula fotografia - iluminação em estúdio ppt
 
Diafragma e Obturador
Diafragma e ObturadorDiafragma e Obturador
Diafragma e Obturador
 
Iluminação
Iluminação Iluminação
Iluminação
 
Aula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentosAula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentos
 
02 principios da fotografia (2012)
02 principios da fotografia (2012)02 principios da fotografia (2012)
02 principios da fotografia (2012)
 
Técnicas fotográficas
Técnicas fotográficasTécnicas fotográficas
Técnicas fotográficas
 
Iluminao profissional de estdio
Iluminao profissional de estdioIluminao profissional de estdio
Iluminao profissional de estdio
 

Destaque

TEM versatile tool (small version)
TEM versatile tool (small version)TEM versatile tool (small version)
TEM versatile tool (small version)
Mohit Rajput
 
Diferenças entre maquinas digitais e analógicas
Diferenças entre maquinas digitais e analógicasDiferenças entre maquinas digitais e analógicas
Diferenças entre maquinas digitais e analógicas
DiiGomes
 
Equipamentos de captura câmaras fotográficas digitais
Equipamentos de captura câmaras fotográficas digitaisEquipamentos de captura câmaras fotográficas digitais
Equipamentos de captura câmaras fotográficas digitais
Gonçalo Soares
 
Tudo sobre a reflex NIKON
Tudo sobre a reflex NIKONTudo sobre a reflex NIKON
Tudo sobre a reflex NIKON
SuperSGaming
 
Máquina ou câmera fotográfica digital e analógica
Máquina ou câmera fotográfica digital e analógicaMáquina ou câmera fotográfica digital e analógica
Máquina ou câmera fotográfica digital e analógica
bloblogcom
 
Aula 005 - Fotografia digital e equipamentos
Aula 005 - Fotografia digital e equipamentosAula 005 - Fotografia digital e equipamentos
Aula 005 - Fotografia digital e equipamentos
Osmar Rios
 
Tipos de câmeras fotográficas
Tipos de câmeras fotográficasTipos de câmeras fotográficas
Tipos de câmeras fotográficas
Danieltf12
 
O Projeto Audiovisual 2[1]
O Projeto Audiovisual 2[1]O Projeto Audiovisual 2[1]
O Projeto Audiovisual 2[1]
videoparatodos
 

Destaque (8)

TEM versatile tool (small version)
TEM versatile tool (small version)TEM versatile tool (small version)
TEM versatile tool (small version)
 
Diferenças entre maquinas digitais e analógicas
Diferenças entre maquinas digitais e analógicasDiferenças entre maquinas digitais e analógicas
Diferenças entre maquinas digitais e analógicas
 
Equipamentos de captura câmaras fotográficas digitais
Equipamentos de captura câmaras fotográficas digitaisEquipamentos de captura câmaras fotográficas digitais
Equipamentos de captura câmaras fotográficas digitais
 
Tudo sobre a reflex NIKON
Tudo sobre a reflex NIKONTudo sobre a reflex NIKON
Tudo sobre a reflex NIKON
 
Máquina ou câmera fotográfica digital e analógica
Máquina ou câmera fotográfica digital e analógicaMáquina ou câmera fotográfica digital e analógica
Máquina ou câmera fotográfica digital e analógica
 
Aula 005 - Fotografia digital e equipamentos
Aula 005 - Fotografia digital e equipamentosAula 005 - Fotografia digital e equipamentos
Aula 005 - Fotografia digital e equipamentos
 
Tipos de câmeras fotográficas
Tipos de câmeras fotográficasTipos de câmeras fotográficas
Tipos de câmeras fotográficas
 
O Projeto Audiovisual 2[1]
O Projeto Audiovisual 2[1]O Projeto Audiovisual 2[1]
O Projeto Audiovisual 2[1]
 

Semelhante a Aula 006 - Filtros

Obetivas Fotografia
Obetivas FotografiaObetivas Fotografia
Obetivas Fotografia
Lorredana Pereira
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
Liliane Ennes
 
O negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e Branco
O negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e BrancoO negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e Branco
O negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e Branco
Daniela Pires
 
O negativo Ansel Adams
O negativo Ansel Adams O negativo Ansel Adams
O negativo Ansel Adams
Daniela Pires
 
O NEGATIVO - ANSEL ADAMS
O NEGATIVO - ANSEL ADAMSO NEGATIVO - ANSEL ADAMS
O NEGATIVO - ANSEL ADAMS
Nicoli Lopes
 
IluminaçAo
IluminaçAoIluminaçAo
IluminaçAo
Auriene
 
Resenha-técnica - "O Negativo" - Ansel Adams
Resenha-técnica - "O Negativo" - Ansel AdamsResenha-técnica - "O Negativo" - Ansel Adams
Resenha-técnica - "O Negativo" - Ansel Adams
Paola de Medeiros
 
Luz e hd
Luz e hdLuz e hd
Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1
Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1
Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1
Daniel Amaro
 
Workshop Fotografia Principiantes
Workshop Fotografia PrincipiantesWorkshop Fotografia Principiantes
Workshop Fotografia Principiantes
Fanequita
 
A cópia Ansel Adams
A cópia Ansel AdamsA cópia Ansel Adams
A cópia Ansel Adams
Mariana Limberger
 
A Cópia ansel adams
A Cópia   ansel adamsA Cópia   ansel adams
A Cópia ansel adams
Mariana Limberger
 
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoesAprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
anapaulacot
 
O negativo luana alflen
O negativo luana alflenO negativo luana alflen
O negativo luana alflen
Luana Alflen
 
O negativo luana alflen
O negativo luana alflenO negativo luana alflen
O negativo luana alflen
Luana Alflen
 
Câmera fotografica
Câmera fotograficaCâmera fotografica
Câmera fotografica
sergioborgato
 
Exposição fotográfica
Exposição fotográficaExposição fotográfica
Exposição fotográfica
Júlio Rocha
 
Apresentação aula basica 3 alterada
Apresentação aula basica 3 alteradaApresentação aula basica 3 alterada
Apresentação aula basica 3 alterada
Jacqueline
 
Workshop Direção de Programas de TV parte 3
Workshop Direção de Programas de TV parte 3Workshop Direção de Programas de TV parte 3
Workshop Direção de Programas de TV parte 3
RICARDO BARROS DE MIRANDA
 
Iluminação em televisão
Iluminação em televisãoIluminação em televisão
Iluminação em televisão
SP LINS STUDIO
 

Semelhante a Aula 006 - Filtros (20)

Obetivas Fotografia
Obetivas FotografiaObetivas Fotografia
Obetivas Fotografia
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
 
O negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e Branco
O negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e BrancoO negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e Branco
O negativo Ansel Adams. Laboratorio Preto e Branco
 
O negativo Ansel Adams
O negativo Ansel Adams O negativo Ansel Adams
O negativo Ansel Adams
 
O NEGATIVO - ANSEL ADAMS
O NEGATIVO - ANSEL ADAMSO NEGATIVO - ANSEL ADAMS
O NEGATIVO - ANSEL ADAMS
 
IluminaçAo
IluminaçAoIluminaçAo
IluminaçAo
 
Resenha-técnica - "O Negativo" - Ansel Adams
Resenha-técnica - "O Negativo" - Ansel AdamsResenha-técnica - "O Negativo" - Ansel Adams
Resenha-técnica - "O Negativo" - Ansel Adams
 
Luz e hd
Luz e hdLuz e hd
Luz e hd
 
Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1
Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1
Conceitos t cnicos_para_come_ar_a_fotografar_1
 
Workshop Fotografia Principiantes
Workshop Fotografia PrincipiantesWorkshop Fotografia Principiantes
Workshop Fotografia Principiantes
 
A cópia Ansel Adams
A cópia Ansel AdamsA cópia Ansel Adams
A cópia Ansel Adams
 
A Cópia ansel adams
A Cópia   ansel adamsA Cópia   ansel adams
A Cópia ansel adams
 
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoesAprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
 
O negativo luana alflen
O negativo luana alflenO negativo luana alflen
O negativo luana alflen
 
O negativo luana alflen
O negativo luana alflenO negativo luana alflen
O negativo luana alflen
 
Câmera fotografica
Câmera fotograficaCâmera fotografica
Câmera fotografica
 
Exposição fotográfica
Exposição fotográficaExposição fotográfica
Exposição fotográfica
 
Apresentação aula basica 3 alterada
Apresentação aula basica 3 alteradaApresentação aula basica 3 alterada
Apresentação aula basica 3 alterada
 
Workshop Direção de Programas de TV parte 3
Workshop Direção de Programas de TV parte 3Workshop Direção de Programas de TV parte 3
Workshop Direção de Programas de TV parte 3
 
Iluminação em televisão
Iluminação em televisãoIluminação em televisão
Iluminação em televisão
 

Último

Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
alphabarros2
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 

Último (20)

Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 

Aula 006 - Filtros

  • 2. Etapas da aula  Definição;  Tipos de filtros;  Filtros de contraste;  Filtros de conversão da temperatura de cor;  Filtros de efeito;  Filtros com funções especializadas;  Filtros de iluminação.  Funcionamento;  Exemplificações e aplicações.
  • 3. Definição  Peças de vidro, acrílico, gelatina ou acetato;  Sãoferramentas fotográficas versáteis que permitem mudanças no resultado da imagem (tons, efeitos, ajustes);
  • 5. Aplicados em filmes preto e branco, visto que alteram a intensidade dos cinzas;  Certos comprimentos de onda de luz são absorvidos, enquanto outros passam livremente;  Permite utilizar somente o tipo de luz que se adequa ao tema e ao filme fotográfico;
  • 6. Exemplo: filtro vermelho, faz com que as partes vermelhas da foto pareçam mais pálidas e que as áreas azuis ou verdes apareçam mais escuras.  Ou seja: o filtro deixa passar a própria cor e barra a complementar (azul e verde);
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Filtros de conversão da temperatura de cor
  • 11. Conversão da Temperatura  Converte a luz para as condições do filme utilizado;  Cada filme tem seu balanceamento cromático, devendo ser respeitada a fonte de luz a que será sujeitado;  Cada fonte de luz terá a sua temperatura de cor; (medida na escala Kelvin – k);  Devem ser feitos ajustes para se obter imagens com fidelidade de cores próxima àquelas que o assunto se apresenta sob iluminação ideal.
  • 12. Exemplo 1: o uso de um filme do tipo “luz do dia” com a fonte de luz em tungstênio irá produzir imagens amareladas;  Para corrigir o problema, pode-se usar um filtro de conversão 80A;  Causa a perda na luminosidade da imagem, sendo necessário compensar a fotometria.
  • 13. Exemplo 2: Se o filme é para tungstênio e a fonte de iluminação é a luz do dia, a imagem será azulada.
  • 14.
  • 15. Na fotografia digital  Predefinições disponíveis pelas câmeras, possível através do WB
  • 16. Pode também ser ajustado também através de softwares de edição
  • 18. Cross Screen  Produzem "estrelas" nos pontos de grande luminosidade do assunto;
  • 19.
  • 20. Center-spot  Permite fazer fotos somente com o centro do assunto nítido, ficando o restante fora de foco.
  • 21.
  • 22. Multi-imagem  Produz a mesma imagem várias vezes na mesma foto (a depender do modelo do filtro).
  • 23. Fog  Gera uma imagem difusa, com cores pálidas, contraste ameno e uma aura leve ao redor das fontes de luz.
  • 24.
  • 25. Close up  Permitem fotografar a curta distância  Existem nos graus +1, +2, +3, +4 e +10 (dioptrias)  Quanto maior o número, maior a aproximação.
  • 26. Permite que as objetivas possam obter foco mais próximas do que a distância mínima de foco para a qual foram projetadas  Usados para a macrofotografia  Podem ser usados sobrepostos, para possibilitar uma maior aproximação
  • 27.
  • 28. Filtros com função especializada
  • 29. Ultravioleta (UV)  Absorve os raios ultra-violetas existentes na atmosfera não interferindo em nenhuma outra característica da fotografia.  Evita que paisagens distantes saiam azuladas;
  • 30. Filtro UV como proteção da lente  Contra pó, riscos e choques
  • 31. Polarizador  Elimina reflexos indesejáveis; aumenta a intensidade de tons azuis; bloqueiam de 1 a 2 pontos a entrada de luz
  • 32. Efeito do polarizador em relação aos reflexos.
  • 33. Sky light: reduz o azulado de fotos feitas sobre luz forte e também serve para proteger a objetiva
  • 34. Warm-up ou aquecimento – Elimina os tons azulados em fotos feitas em locais à sombra ou em dias nublados
  • 35. Degradé: metade do filtro tem uma cor, que perde intensidade até meio do filtro, até ficar transparente  Bastante úteis na fotografia de paisagem a cores  Várias cores para os filtros dégradé e são utilizados para dar cor e reduzir o contraste da fotografia
  • 37. Se a iluminação do tema for mista (tungstênio e luz do dia, por exemplo), pode ser usado um filtro de acetato na frente de uma fonte de luz para adequá- la à outra.  O uso de polarizadores também na fonte de luz.
  • 38. Referências  BANKS, Adam. O guia completo da cor. São Paulo: Editora Senão São Paulo, 2007.  LANGFORD, Michael. Fotografia básica de Langford: guia completo para fotógrafo. Tradução Michael Furmankiewicz. 8 ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.  SALLES, Filipe. Apostila de cinematografia. Capítulo 11, Filtros. Disponível em: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=apostila%20 de%20cinematografia.%20cap%C3%ADtulo%2011%2C %20filtros.&source=web&cd=1&ved=0CCgQFjAA&url=htt p%3A%2F%2Fwww.mnemocine.art.br%2Findex.php%3F option%3Dcom_docman%26task%3Ddoc_download%26 gid%3D14%26Itemid%3D72&ei=XpVST- K4LojJtgeOyKCjDQ&usg=AFQjCNG_73RyiUMkuSn64G TQ09mAVEggGA.