Odontologia - Fotografia e flash

1.520 visualizações

Publicada em

Fotografia voltada para odontolgia.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Odontologia - Fotografia e flash

  1. 1. FLASH Bruna Torres Tainara Lima Gian Lucas Raurício Vital Emanuel Lima Thauanna Lima Lorena Hentges Gabriela Hentges Rayssa Alencar Lorena Samelyne
  2. 2. Introdução • Flash é um dispositivo que proporciona um relâmpago de luz branca e intensa • Facilita a reprodução e a padronização das cores • Dura frações de segundos • Simultâneo com a abertura do obturador
  3. 3. Situações de Uso • Flash como luz principal: – É usado como principal fonte de luz, como em interiores escuros e fotos noturnas.
  4. 4. Situações de Uso • Flash de preenchimento: – É usado para iluminar áreas sombreadas e para equilibrar a exposição da cena
  5. 5. Flash - Classificação • Flash Embutido – Flash Embutido de Ponto • Flash Externo – Flash Externo de Ponto – Flash Circular – Twin Flash – Hot Shoe
  6. 6. Flash Embutido de Ponto Para fotografia clínica: • Potência deve ser baixa • Localização próxima a objetiva
  7. 7. Flash Embutido de Ponto Modo automático: flash é disparado dependendo da luminosidade do ambiente Flash Desligado: flash fica desligado independente da luminosidade do ambiente Flash Ligado: flash será disparado independentemente da luminosidade do ambiente
  8. 8. Flash Externo de ponto Assim como todos os equipamentos de fotografia, é fundamental saber usar bem o Flash para ter resultados positivos. O mau uso dele pode acabar com suas fotografias!
  9. 9. Quando e onde usar o Flash externo ? SINCRONISMO DO FLASH Para qualquer flash (externo, portátil, incorporado à câmera...), deve-se observar a velocidade de sincronismo, que se refere ao intervalo de tempo entre a abertura do obturador e o disparo do flash.
  10. 10. FLASH DIRETO Muitas pessoas reclamam do Flash direto, ou seja, com a 'cabeça' virada para o objeto, pois ele causa sombras muito duras. As extremidades ficaram mais escuras que o centro.
  11. 11. FLASH REBATIDO Essa é a maneira mais bacana de se obter uma boa iluminação, mais delicada, e sem sombras. Para fazer o Flash Rebatido em lugares fechados, você pode usar o próprio teto. Basta posicionar a cabeça do flash em direção ao teto e bater a foto. É importante que o teto seja branco, pois se for de outra cor, o flash acaba rebatendo esta cor.
  12. 12. FLASH DIFUSO • Em alguns flashes, os difusores já vêm com eles, ele espalha melhor a luz, levando a iluminação para todos os cantos da foto. A iluminação da foto ficou completa. Todas as extremidades da fotografia estão iluminadas.
  13. 13. Sem Flash externo Extremidades escuras, e maior quantidade de luz em apenas uma parte do objeto iluminado.
  14. 14. Flash Circular (Ring Flash) • Flash externo para fotografias macro • Tem forma circular • É feito para encaixar em volta da lente da sua câmera. • Principal característica: – Fotos com ausência de sombras – Redução de volume no tema da foto
  15. 15. Flash Circular (Ring Flash) • Esse tipo de flash é mais indicado em cavidades intraorais
  16. 16. Twin Flash • É um flash com dois pontos reguláveis de disparo – Localização: próximo da porção anterior da objetiva
  17. 17. Twin Flash • Função: - Iluminação em macrofotografia - Close-up - Graduação regulável de luz entre um lado e outro - Acendimento de apenas um dos lados
  18. 18. Hot Shoe (Sapata quente) Denominação dada ao ponto de conexão situado normalmente no topo da câmera.
  19. 19. Iluminadores Contínuos • Proporcionam iluminação uniforme em torno da objetiva • Não é visto como flash, e sim acessório luminoso • Usado para macrofotografia
  20. 20. Fotômetro • Instrumento que mede a intensidade da luz ambiente. • Utilizado para fotografias sem flash • Indica se a regulagem escolhida para a condição de luz presente no ambiente proporcionará uma fotografia com: – Boa exposição, – Subexposta ( com pouco luz, escura) – Superexposta (muito iluminada, clara)
  21. 21. Fotômetro
  22. 22. Tempo de obturação X Sincronismo com o flash • A luz ambiente influencia para uma boa tomada fotográfica; • O flash, quando acionado, produz um “relâmpago”; • Velocidade de sincronismo;
  23. 23. Tempo de obturação X Sincronismo com o flash • Cada equipamento possui uma velocidade de sincronismo; • Câmeras compactas X Câmeras profissionais
  24. 24. Fotografias Intraorais • Flash como fonte de luz preferencial – Grande profundidade de campo – Imagem nítida – Reprodução de cores de modo fiel – Congela a imagem, evitando saírem tremidas
  25. 25. Uso de Flash com Cautela
  26. 26. Foto sem Flash? • Configurar o ISO • Sensibilidade do sensor a luz
  27. 27. Referências • MASIOLI, Marco. Fotografia Odontológica. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010. • Fotografia Online. Disponível em: http://www.fotografiaonline.xpg.com.br/bflas h.html. Acesso em: abr 2013. • Dicas em Geral. Disponível em: http://dicasemgeral.xpg.uol.com.br. Acesso em: abr 2013.
  28. 28. FLASH Bruna Torres Tainara Lima Gian Lucas Raurício Vital Emanuel Lima Thauanna Lima Lorena Hentges Gabriela Hentges Rayssa Alencar Lorena Samelyne

×