Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição

1.291 visualizações

Publicada em

Aula de Pós - Graduação na Universidade Estácio de Sá (São Paulo - 07/11/2015)

Publicada em: Esportes
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
146
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição

  1. 1. Jogo dos Pares
  2. 2. Zagueiro da Sobra
  3. 3. Marcação Individual Marcação por Zona Referência adversário direto posição da bola / espaço Princípio anular o adversário ocupar racionalmente o espaço Deslocamentos > < Concentração < > Autonomia de Jogo < > Complexidade < >
  4. 4. Conjunto de elementos interconectados, de modo a formar um todo organizado. Significa "combinar", "ajustar", "formar um conjunto" Todo sistema possui um objetivo São representações gráficas sintéticas de idéias, fatos, conceitos, princípios, modelos, processos, entre outros conhecimentos
  5. 5. Benfica: 1-4-4-1-1 ou 1-4-2-1-3 ?
  6. 6. Júlio Garganta
  7. 7. Princípios Estruturais de Defesa Princípios Estruturais de Ataque Temporização (Retardamento) Amplitude (Abertura) Cobertura Penetração Equilíbrio Profundidade Compactação Mobilidade Basculação ou Flutuação Apoio Recuperação Ultrapassagem Bloco Direcionamento Rodrigo Leitão (2009)
  8. 8. Rodrigo Leitão (2009)
  9. 9. G G
  10. 10. G G Linha de Cobertura
  11. 11.  1-4-4-1-1
  12. 12. G G Manutenção do Equilíbrio Horizontal
  13. 13. Muitos jogadores entre a bola e o gol
  14. 14. G G
  15. 15. Barcelona - Compactação
  16. 16. Rodrigo Leitão 2008
  17. 17. Málaga - Flutuação
  18. 18. G G
  19. 19. Málaga - Recuperação
  20. 20. G G
  21. 21. G G
  22. 22.  Equilíbrio Horizontal
  23. 23. Rodrigo Leitão (2009)
  24. 24. G G
  25. 25. Barcelona – Grande Amplitude
  26. 26.  Grande amplitude
  27. 27. G G
  28. 28. G G
  29. 29. Profundidade / Equilíbrio
  30. 30. At: Abertura / Profundidade Def: Compactação
  31. 31. Profundidade Espaço entre as linhas
  32. 32. Amplitude
  33. 33. G G
  34. 34. Barcelona – Mobilidade
  35. 35.  Circulação apoiada
  36. 36. G G
  37. 37.  Padrão de circulação
  38. 38. G G
  39. 39.  Campo grande com variação na circulação
  40. 40. G G
  41. 41. “O <<Jogar>> é uma organização construída pelo processo de treinamento, frente a um futuro que se pretende alcançar.” Vitor Frade (2004) “não há nada mais construído que o jogar. O jogar não é um fenômeno natural, mas construído” Vítor Frade (2002)
  42. 42. Princípios Estruturais de Defesa Princípios Estruturais de Ataque Temporização (Retardamento) Amplitude (Abertura) Cobertura Penetração Equilíbrio Profundidade Compactação Mobilidade Basculação ou Flutuação Apoio Recuperação Ultrapassagem Bloco Direcionamento Rodrigo Leitão (2009)
  43. 43. Rodrigo Leitão (2009)
  44. 44. G G
  45. 45. Barcelona – Grande Amplitude
  46. 46.  Grande amplitude
  47. 47. G G
  48. 48. Profundidade / Equilíbrio
  49. 49. At: Abertura / Profundidade Def: Compactação
  50. 50.  Campo grande com variação na circulação
  51. 51. Rodrigo Leitão (2009)
  52. 52. G G
  53. 53. Barcelona - Compactação
  54. 54. Rodrigo Leitão 2008
  55. 55. Málaga - Flutuação
  56. 56.  Linha 4
  57. 57. G G
  58. 58.  Equilíbrio Horizontal
  59. 59. G G G G
  60. 60. G G G G
  61. 61. G G G G Passe Errado !!!
  62. 62. “ O futebol não é um esporte de posse de bola. É um jogo de gestão de constantes perdas da bola.” Posse Completa (finalização ou ao menos 2 passes) Sequências Ofensivas Finalizações Gol(s) 100 10 1,30 Posse Flexível (toda e qualquer troca de posse) Sequências Ofensivas Finalizações Gol(s) 100 06 0,74 Média por Jogo: 200 Posses de Bola Média por Jogo: 380 Posses de Bola Dados: Premier League
  63. 63. G G ME MA AT AT VC MD LE LD ZEZD LeandroZago Balanço Defensivo G G ME MA AT AT VC MD LE LD ZEZD Balanço Defensivo
  64. 64. G G G ME MCMD AT VE VD LE LD ZEZD G ME MC MD AT VE VD LE LD ZEZD LeandroZago
  65. 65. G G G G ME AT MD AT MA VC LELD ZEZD MA LELD ZEZD LeandroZago VC ME AT MD AT
  66. 66. G G G G ME MC MD AT VEVD LELD ZEZD VE LELD ZEZD LeandroZago VD ME MC MD AT
  67. 67. Recuperação da Bola Progredir com a bola em direção ao gol Tirar a bola da Zona de Pressão Ataque Combinado Ataque Rápido Manutenção da posse Progressão apoiada 1º Momento 2º Momento
  68. 68.  Expansão rápida da equipe
  69. 69.  Retirada da pressão
  70. 70.  Saída vertical em velocidade
  71. 71.  Retirada da pressão para a frente
  72. 72. Perda da Bola Recompor-se atrás da linha da bola Pressionar o portador da bola Proteger Campo Proteger Alvo Temporizar Recuperar 1º Momento 2º Momento
  73. 73.  Ataque à bola após a perda
  74. 74.  Recuperação rápida da bola
  75. 75.  Reação após perda
  76. 76.  Ataque à bola + recomposição
  77. 77.  Recuperação atrás da linha da bola
  78. 78.  Ocupação do Campo de Ataque
  79. 79.  Recuperação + Contra – Ataque + Balanço Defensivo
  80. 80.  Balanço Ofensivo
  81. 81.  Campo Pequeno vs Campo Grande
  82. 82.  Pressão Pós – Perda da Bola
  83. 83.  Ataque à Bola
  84. 84.  Estruturação do Espaço
  85. 85.  Seleção da Pressão
  86. 86.  Pressão no Campo todo
  87. 87.  Controle da Transição

×