Microeconomia março 2010

1.922 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Microeconomia março 2010

  1. 1. Microeconomia<br />Analisa a formação dos preços no mercado, ou seja, como a empresa e consumidor interagem e decidem qual o preço e a quantidade de determinado bem ou serviços em mercado específico. <br />
  2. 2. <ul><li> Análise Microeconômica</li></ul>O foco do estudo é dirigido apenas ao mercado, analisando-se o papel que a oferta e demanda nele exercem supondo outras variáveis interfiram muito pouco, ou que não interfiram de maneira absoluta.<br />
  3. 3. <ul><li>Preços relativos- preços de um bem em relação aos demais.
  4. 4. Objetivos da empresa
  5. 5. Análise supõe princípio da racionalidade – maximização do lucro total, otimizando a utilização dos recursos de que dispõe.
  6. 6. Receita marginal – custo marginal e produtividade marginal .
  7. 7. Maximização da margem sobre os custos de produção, independente da demanda do mercado.</li></li></ul><li><ul><li> Aplicações da análise microeconômica</li></ul>A teoria microeconômica não é manual de técnicas para tomada de decisões , representa uma ferramenta útil para estabelecer políticas e estratégias, dentro de um horizonte do planejamento tanto empresas como para políticas econômicas.<br />Para as empresas, a análise, microeconômica pode subsidiar as seguintes decisões:<br />-política de preços da empresa;<br />- previsões da demanda e faturamento;<br />- previsões do custo de produção;<br />- decisões ótimas de produção, combinação fatores de produção;<br />-avaliação e elaboração de projetos de investimento;<br />- diferenciação de mercados.<br />- localização da empresa;<br />- política de propaganda e publicidade<br />
  8. 8. Em relação política econômica, a teoria microeconômica pode contribuir na análise a tomada de decisões das questões:<br />Avaliação de projetos de investimentos públicos;<br /> efeitos de impostos sobre mercados específicos;<br />Política de subsídios;<br />Fixação de preços mínimos ;<br />Controle de preços;<br />Política salarial;<br />Política de tarifas públicas;<br />Política de preços;<br />Leis antitruste(controle de lucros, monopólios e oligopólios<br />
  9. 9. <ul><li> Divisão do estudo microeconômico
  10. 10. Análise da demanda</li></ul> Teoria da demanda ou procura em teoria do consumidor (demanda individual ) e teoria da demanda do mercado.<br /><ul><li>análise de oferta </li></ul> Teoria da produção analisa as relações entre quantidades físicas do produto e os fatores de produção, e a teoria dos custos de produção incorporou preços dos insumos e quantidades físicas;<br />
  11. 11. <ul><li>Análise das estruturas de mercado</li></ul>A partir da demanda e oferta são determinados o preço e a quantidade do equilíbrio de um dado bem ou serviço;<br />Na análise das estruturas de mercado, avaliam-se os efeitos da oferta e da demanda, tanto no mercado de bens e serviços, como no mercado de fatores de produção . A estrutura do mercado de bens com serviços são:<br />Concorrência perfeita;<br />Concorrência imperfeita ou monopolista;<br />
  12. 12. As estruturas do mercado de fatores de produção <br />. Concorrência perfeita;<br />Concorrência imperfeita;<br />Monopsônio;<br />Oligopsônio.<br />A procura de fatores de produção é chamada demanda derivada, uma vez que a demanda por insumos , está condicionada à procura pelo produto final da empresa no mercado de bens e serviços.<br />
  13. 13. <ul><li> Teoria do equilíbrio geral</li></ul>Análise do equilíbrio geral leva em conta as inter-relações entre todos os mercados. Procura-se analisar se o comportamento independente de cada agente econômico , conduz todos a uma posição de equilíbrio global, embora todos sejam uma realidade interdependente.<br />Teoria do bem-estar – estuda como alcançar soluções socialmente eficiente para o problema da alocação e distribuição dos recursos, ou seja a encontrar a alocação ótima dos recursos.<br />
  14. 14. Estudo microeconômico um dos tópicos há análise das imperfeições do mercado , em que analisam situações nas quais os preços não são determinados isoladamente em cada mercado.<br />
  15. 15. Evolução do Sistema Econômico <br />Desde o descobrimento o descobrimento até 1822- vida econômica baseou-se em ciclos econômicos- cana-de-açucar, mineração e café<br />Atividade econômica – ciclo do café 1850/1930;<br />Industrialização, modernização da economia brasileira , crescimento das atividades industriais.<br />
  16. 16. Evolução da composição do sistema econômico do Brasil – 1950/85 (em bilhões de Cr$ -1985)<br />
  17. 17. Análise da contribuição de cada setor<br />Em 1950 – o setor primário contribuiu com o valor de Cr$ 24,4 bi em um total de Cr$ 91,8 bi, o que equivale a 26,6% ;<br />O setor secundário contribuiu com Cr$ 21,6bi<br />Equivalentes a 23,5%, e o setor terciário contribuiu com 45,8 bi, que significaram 49,9% da produção total de bens e serviços naquele ano.<br />
  18. 18. Situação apresentada em 1980<br /> Situação muda consideravelmente em termos de importância de cada setor. O setor primário<br />Contribui, com 9% da produção total de bens e serviços, o setor secundário elevou sua contribuição para 38,7% , o setor terciário não apresentou alteração substancial, contribuindo com 52,3%<br />

×