SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
III - ESTRUTURA DE MERCADO.
Prof. Mestre Peter Wilhelms Aula de 22 de Agosto de 2013
Bibliografia:
Introdução ao Direito Econômico – Luiz Carlos Barnabé de Almeida
Ed. Saraiva – Cap. 7 Microeconomia.
Os mercados de bens e serviços estão estruturados de formas diferentes. As várias
estruturas são resultantes da influência de alguns fatores que, combinados, definem as
mesmas. Dentre os fatores que determinam as estruturas de mercado, destacamos:
I - o número de firmas;
II - o tamanho ou dimensão das firmas;
III - a extensão da interdependência das firmas;
IV - a homogeneidade ou o grau de heterogeneidade do produto das firmas.
Concorrência perfeita.
A estrutura de mercado caracterizada por concorrência perfeita é uma concepção
ideal, porque os mercados altamente concorrenciais existentes, na realidade, são apenas
aproximações desse modelo, posto que, em condições normais, sempre parece existir
algum grau de imperfeição que distorce o seu funcionamento.
As hipóteses básicas de um mercado em regime de concorrência perfeita são:
I - existe um grande número de compradores e vendedores. Um grande número
de compradores e vendedores se refere não a um valor acima de uma determinada
quantidade, mas sim ao fato de que nenhuma firma e consumidor ter o poder de
manipular preços.
II - os produtos são homogêneos, isto é, são substitutos perfeitos entre si; dessa
forma não pode haver preços diferentes do mercado;
III - existe completa informação e conhecimento sobre preços do produto; esta
hipótese também é conhecida como transparência do mercado;
IV - a entrada e saída de firmas no mercado são livres. Não há barreiras na
entrada ou na saída. Esta hipótese também é conhecida como livre mobilidade. Isso
permite que as firmas menos eficientes saiam do mercado e que as firmas eficientes
entrem no mesmo.
Concorrência monopolística.
Embora apresente, como na concorrência perfeita, uma estrutura de mercado em
que existe um número elevado de empresas, a concorrência monopolística caracteriza-se
pelo fato de que as empresas produzem produtos diferenciados, embora substitutos
próximos.
Por exemplo, diferentes marcas de cigarros, perfumes, sabonetes, refrigerantes
etc. trata-se assim, de uma estrutura mais próxima da realidade que a concorrência
perfeita, onde se supõe um produto homogêneo, produzido por todas as empresas.
Oligopólio.
O oligopólio é uma estrutura de mercado que prevalece no mundo ocidental,
inclusive no Brasil, como, por exemplo, na indústria do transporte aéreo, rodoviário,
química, siderúrgica, de certos tipos de serviços etc. Esta estrutura de mercados
caracteriza-se pela existência de um reduzido número de produtores e vendedores,
produzindo produtos que são substitutos próximos entre si. Então, se todos os
produtores são importantes, ou possuem uma faixa significativa do mercado, as decisões
sobre o preço e a produção de equilíbrio são interdependentes, porque a decisão de um
vendedor influi no comportamento econômico de outros vendedores.
Monopólio.
Na estrutura de um mercado denominado monopólio, o setor é a própria firma,
porque existe um único produtor que realiza toda produção. Desta forma, a oferta da
firma é a oferta do setor, e a demanda da firma é a demanda do setor. É importante
ressaltar que o monopólio “puro” é uma construção teórica porque, na prática ele não
existe.
Uma estrutura de mercado caracterizada como de monopólio pode ser imaginada
como sendo gerada a partir do seguinte conjunto de hipóteses:
I - o setor é constituído de uma única firma;
II - a firma produz um produto para o qual não existe substituto ou concorrente
próximo;
III - existe concorrência entre os consumidores.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução ao Monopólio
Introdução ao MonopólioIntrodução ao Monopólio
Introdução ao MonopólioFilipe Lima
 
Concorrência imperfeita
Concorrência imperfeitaConcorrência imperfeita
Concorrência imperfeitaturma10ig
 
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeitaMercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeitaturmainformaticadegestao
 
Oligopsónio do mercado de trabalho
Oligopsónio do mercado de trabalho Oligopsónio do mercado de trabalho
Oligopsónio do mercado de trabalho Pedro Tomé
 
Mercados de concorrência imperfeita
Mercados de concorrência imperfeitaMercados de concorrência imperfeita
Mercados de concorrência imperfeitaturma10ig
 
Mercado de concorrência imperfeita
Mercado de concorrência imperfeitaMercado de concorrência imperfeita
Mercado de concorrência imperfeitaturma10ig
 
Concorrência imperfeita
Concorrência imperfeitaConcorrência imperfeita
Concorrência imperfeitaturma10ig
 
Estruturas de mercado - Macroeconomia e Microeconomia
Estruturas de mercado -  Macroeconomia e Microeconomia Estruturas de mercado -  Macroeconomia e Microeconomia
Estruturas de mercado - Macroeconomia e Microeconomia Na Silva
 
Oligopólio caracteristicas
Oligopólio caracteristicasOligopólio caracteristicas
Oligopólio caracteristicasLuiz Junior
 
Estruturas de mercado
Estruturas de mercadoEstruturas de mercado
Estruturas de mercadoEliz Evan
 
Estrutura de mercados
Estrutura de mercadosEstrutura de mercados
Estrutura de mercadosPMM/SEMED
 
Mercado de Concorrência Monopolística
Mercado de Concorrência MonopolísticaMercado de Concorrência Monopolística
Mercado de Concorrência MonopolísticaMarta Jorge
 
Mercado de concorrência perfeita
Mercado de concorrência perfeitaMercado de concorrência perfeita
Mercado de concorrência perfeitaturmaec11a
 

Mais procurados (20)

Vicente
VicenteVicente
Vicente
 
Introdução ao Monopólio
Introdução ao MonopólioIntrodução ao Monopólio
Introdução ao Monopólio
 
Concorrência imperfeita
Concorrência imperfeitaConcorrência imperfeita
Concorrência imperfeita
 
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeitaMercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
 
Oligopsónio do mercado de trabalho
Oligopsónio do mercado de trabalho Oligopsónio do mercado de trabalho
Oligopsónio do mercado de trabalho
 
Mercados de concorrência perfeita 1
Mercados de concorrência perfeita 1Mercados de concorrência perfeita 1
Mercados de concorrência perfeita 1
 
Mercados de concorrência imperfeita
Mercados de concorrência imperfeitaMercados de concorrência imperfeita
Mercados de concorrência imperfeita
 
Mercado de concorrência imperfeita
Mercado de concorrência imperfeitaMercado de concorrência imperfeita
Mercado de concorrência imperfeita
 
Concorrência imperfeita
Concorrência imperfeitaConcorrência imperfeita
Concorrência imperfeita
 
Mercados de concorrência perfeita
Mercados de concorrência perfeitaMercados de concorrência perfeita
Mercados de concorrência perfeita
 
Estruturas de mercado - Macroeconomia e Microeconomia
Estruturas de mercado -  Macroeconomia e Microeconomia Estruturas de mercado -  Macroeconomia e Microeconomia
Estruturas de mercado - Macroeconomia e Microeconomia
 
Microeconimia
MicroeconimiaMicroeconimia
Microeconimia
 
Mercados de concorrência imperfeita
Mercados de concorrência imperfeitaMercados de concorrência imperfeita
Mercados de concorrência imperfeita
 
Oligopólio caracteristicas
Oligopólio caracteristicasOligopólio caracteristicas
Oligopólio caracteristicas
 
3estruturasdemercado
3estruturasdemercado3estruturasdemercado
3estruturasdemercado
 
Estruturas de mercado
Estruturas de mercadoEstruturas de mercado
Estruturas de mercado
 
Estrutura de mercados
Estrutura de mercadosEstrutura de mercados
Estrutura de mercados
 
Concorrencia imperfeita
Concorrencia imperfeitaConcorrencia imperfeita
Concorrencia imperfeita
 
Mercado de Concorrência Monopolística
Mercado de Concorrência MonopolísticaMercado de Concorrência Monopolística
Mercado de Concorrência Monopolística
 
Mercado de concorrência perfeita
Mercado de concorrência perfeitaMercado de concorrência perfeita
Mercado de concorrência perfeita
 

Destaque

Mercados e políticas do governo
Mercados e políticas do governoMercados e políticas do governo
Mercados e políticas do governoLuciano Pires
 
Respostas mankiw - capítulo 6 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 6 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 6 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 6 (superior)Luciano Pires
 
Economia aula 6 - a moeda e o sistema bancário
Economia   aula 6 - a moeda e o sistema bancárioEconomia   aula 6 - a moeda e o sistema bancário
Economia aula 6 - a moeda e o sistema bancárioFelipe Leo
 
Respostas mankiw - capítulo 5 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 5 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 5 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 5 (superior)Luciano Pires
 
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)Luciano Pires
 
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)Luciano Pires
 
Economia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exerciciosEconomia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exercicioszeramento contabil
 
Fundamentos de economia
Fundamentos de economiaFundamentos de economia
Fundamentos de economiaLuciano Pires
 
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
I  lista de exercícios microeconomica -2011-1 I  lista de exercícios microeconomica -2011-1
I lista de exercícios microeconomica -2011-1 jucielima
 

Destaque (10)

Demanda E Oferta De Moeda
Demanda E Oferta De MoedaDemanda E Oferta De Moeda
Demanda E Oferta De Moeda
 
Mercados e políticas do governo
Mercados e políticas do governoMercados e políticas do governo
Mercados e políticas do governo
 
Respostas mankiw - capítulo 6 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 6 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 6 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 6 (superior)
 
Economia aula 6 - a moeda e o sistema bancário
Economia   aula 6 - a moeda e o sistema bancárioEconomia   aula 6 - a moeda e o sistema bancário
Economia aula 6 - a moeda e o sistema bancário
 
Respostas mankiw - capítulo 5 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 5 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 5 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 5 (superior)
 
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
 
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
 
Economia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exerciciosEconomia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exercicios
 
Fundamentos de economia
Fundamentos de economiaFundamentos de economia
Fundamentos de economia
 
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
I  lista de exercícios microeconomica -2011-1 I  lista de exercícios microeconomica -2011-1
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
 

Semelhante a Estruturas de mercado

Semelhante a Estruturas de mercado (20)

4304 11204-1-pb
4304 11204-1-pb4304 11204-1-pb
4304 11204-1-pb
 
16840.PPT
16840.PPT16840.PPT
16840.PPT
 
Estruturas de mercado-1. Economia e finanças
Estruturas de mercado-1. Economia e finançasEstruturas de mercado-1. Economia e finanças
Estruturas de mercado-1. Economia e finanças
 
As Estruturas de Mercado e os Fatores de Produção
As Estruturas de Mercado e os Fatores de ProduçãoAs Estruturas de Mercado e os Fatores de Produção
As Estruturas de Mercado e os Fatores de Produção
 
Aula_ Estrutura de Mercado_Concorrência, Monopolio e Oligopolio (1).pptx
Aula_ Estrutura de Mercado_Concorrência, Monopolio e Oligopolio (1).pptxAula_ Estrutura de Mercado_Concorrência, Monopolio e Oligopolio (1).pptx
Aula_ Estrutura de Mercado_Concorrência, Monopolio e Oligopolio (1).pptx
 
Mercados de concorrência perfeita 1
Mercados de concorrência perfeita 1Mercados de concorrência perfeita 1
Mercados de concorrência perfeita 1
 
EstruturaS de Mercado
EstruturaS de MercadoEstruturaS de Mercado
EstruturaS de Mercado
 
AULA ESTRUTURAS DE MERCADO (1).ppt
AULA ESTRUTURAS DE MERCADO (1).pptAULA ESTRUTURAS DE MERCADO (1).ppt
AULA ESTRUTURAS DE MERCADO (1).ppt
 
Eco5
Eco5Eco5
Eco5
 
Vicente (shin chan)
Vicente (shin chan)Vicente (shin chan)
Vicente (shin chan)
 
Mercados
MercadosMercados
Mercados
 
Janice
JaniceJanice
Janice
 
Júlio melo
Júlio meloJúlio melo
Júlio melo
 
Aula 5 - Estrutura do Mercado.pptx
Aula 5 - Estrutura do Mercado.pptxAula 5 - Estrutura do Mercado.pptx
Aula 5 - Estrutura do Mercado.pptx
 
Janice
JaniceJanice
Janice
 
As estruturas de mercado
As estruturas de mercadoAs estruturas de mercado
As estruturas de mercado
 
Mercado de concorrência perfeita
Mercado de concorrência perfeitaMercado de concorrência perfeita
Mercado de concorrência perfeita
 
Slides economia e mercado módulo v
Slides economia e mercado  módulo vSlides economia e mercado  módulo v
Slides economia e mercado módulo v
 
Economia e Mercado - Oligopólio
Economia e Mercado - OligopólioEconomia e Mercado - Oligopólio
Economia e Mercado - Oligopólio
 
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeitaMercados de concorrência perfeita e imperfeita
Mercados de concorrência perfeita e imperfeita
 

Mais de Agassis Rodrigues

O que significa ter um direito
O que significa ter um direitoO que significa ter um direito
O que significa ter um direitoAgassis Rodrigues
 
Estatuto criança adolescente_comentado
Estatuto criança adolescente_comentadoEstatuto criança adolescente_comentado
Estatuto criança adolescente_comentadoAgassis Rodrigues
 
Defesa da defensoria do para
Defesa da defensoria do paraDefesa da defensoria do para
Defesa da defensoria do paraAgassis Rodrigues
 
Constituição federal anotada - stf
Constituição federal   anotada - stfConstituição federal   anotada - stf
Constituição federal anotada - stfAgassis Rodrigues
 
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaComo fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaAgassis Rodrigues
 
44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada
44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada
44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentadaAgassis Rodrigues
 
Vale transporte como funciona
Vale transporte como funcionaVale transporte como funciona
Vale transporte como funcionaAgassis Rodrigues
 
Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...
Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...
Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...Agassis Rodrigues
 
Aula iv fluxos reais e monetários
Aula iv fluxos reais e monetáriosAula iv fluxos reais e monetários
Aula iv fluxos reais e monetáriosAgassis Rodrigues
 

Mais de Agassis Rodrigues (20)

Termo ciência fabiola
Termo ciência fabiolaTermo ciência fabiola
Termo ciência fabiola
 
Reunião 13 08
Reunião 13 08Reunião 13 08
Reunião 13 08
 
Resumo acesso a justiça
Resumo acesso a justiçaResumo acesso a justiça
Resumo acesso a justiça
 
O que significa ter um direito
O que significa ter um direitoO que significa ter um direito
O que significa ter um direito
 
Manual tecnicas redacao
Manual tecnicas redacaoManual tecnicas redacao
Manual tecnicas redacao
 
Guia trabalho acadêmico
Guia trabalho acadêmicoGuia trabalho acadêmico
Guia trabalho acadêmico
 
Estatuto criança adolescente_comentado
Estatuto criança adolescente_comentadoEstatuto criança adolescente_comentado
Estatuto criança adolescente_comentado
 
Defesa da defensoria do para
Defesa da defensoria do paraDefesa da defensoria do para
Defesa da defensoria do para
 
Constituição federal anotada - stf
Constituição federal   anotada - stfConstituição federal   anotada - stf
Constituição federal anotada - stf
 
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaComo fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
 
C digo penal comentado
C digo penal comentadoC digo penal comentado
C digo penal comentado
 
44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada
44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada
44361736 lei-11-340-lei-maria-da-penha-comentada
 
0027 primeiro aditamento
0027 primeiro aditamento0027 primeiro aditamento
0027 primeiro aditamento
 
Vale transporte como funciona
Vale transporte como funcionaVale transporte como funciona
Vale transporte como funciona
 
Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...
Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...
Ada pelegrini-grinover-antonio-carlos-de-araujo-cintra-candido-rangel-dinamar...
 
Trabalho tgp
Trabalho tgpTrabalho tgp
Trabalho tgp
 
Mercado e concorrência
Mercado e concorrênciaMercado e concorrência
Mercado e concorrência
 
Aula iv fluxos reais e monetários
Aula iv fluxos reais e monetáriosAula iv fluxos reais e monetários
Aula iv fluxos reais e monetários
 
Aula ii economia tópicos
Aula ii economia tópicosAula ii economia tópicos
Aula ii economia tópicos
 
Aula v moeda
Aula v moedaAula v moeda
Aula v moeda
 

Estruturas de mercado

  • 1. III - ESTRUTURA DE MERCADO. Prof. Mestre Peter Wilhelms Aula de 22 de Agosto de 2013 Bibliografia: Introdução ao Direito Econômico – Luiz Carlos Barnabé de Almeida Ed. Saraiva – Cap. 7 Microeconomia. Os mercados de bens e serviços estão estruturados de formas diferentes. As várias estruturas são resultantes da influência de alguns fatores que, combinados, definem as mesmas. Dentre os fatores que determinam as estruturas de mercado, destacamos: I - o número de firmas; II - o tamanho ou dimensão das firmas; III - a extensão da interdependência das firmas; IV - a homogeneidade ou o grau de heterogeneidade do produto das firmas. Concorrência perfeita. A estrutura de mercado caracterizada por concorrência perfeita é uma concepção ideal, porque os mercados altamente concorrenciais existentes, na realidade, são apenas aproximações desse modelo, posto que, em condições normais, sempre parece existir algum grau de imperfeição que distorce o seu funcionamento. As hipóteses básicas de um mercado em regime de concorrência perfeita são: I - existe um grande número de compradores e vendedores. Um grande número de compradores e vendedores se refere não a um valor acima de uma determinada quantidade, mas sim ao fato de que nenhuma firma e consumidor ter o poder de manipular preços. II - os produtos são homogêneos, isto é, são substitutos perfeitos entre si; dessa forma não pode haver preços diferentes do mercado; III - existe completa informação e conhecimento sobre preços do produto; esta hipótese também é conhecida como transparência do mercado; IV - a entrada e saída de firmas no mercado são livres. Não há barreiras na entrada ou na saída. Esta hipótese também é conhecida como livre mobilidade. Isso permite que as firmas menos eficientes saiam do mercado e que as firmas eficientes entrem no mesmo. Concorrência monopolística. Embora apresente, como na concorrência perfeita, uma estrutura de mercado em que existe um número elevado de empresas, a concorrência monopolística caracteriza-se pelo fato de que as empresas produzem produtos diferenciados, embora substitutos próximos. Por exemplo, diferentes marcas de cigarros, perfumes, sabonetes, refrigerantes etc. trata-se assim, de uma estrutura mais próxima da realidade que a concorrência perfeita, onde se supõe um produto homogêneo, produzido por todas as empresas. Oligopólio. O oligopólio é uma estrutura de mercado que prevalece no mundo ocidental, inclusive no Brasil, como, por exemplo, na indústria do transporte aéreo, rodoviário, química, siderúrgica, de certos tipos de serviços etc. Esta estrutura de mercados caracteriza-se pela existência de um reduzido número de produtores e vendedores,
  • 2. produzindo produtos que são substitutos próximos entre si. Então, se todos os produtores são importantes, ou possuem uma faixa significativa do mercado, as decisões sobre o preço e a produção de equilíbrio são interdependentes, porque a decisão de um vendedor influi no comportamento econômico de outros vendedores. Monopólio. Na estrutura de um mercado denominado monopólio, o setor é a própria firma, porque existe um único produtor que realiza toda produção. Desta forma, a oferta da firma é a oferta do setor, e a demanda da firma é a demanda do setor. É importante ressaltar que o monopólio “puro” é uma construção teórica porque, na prática ele não existe. Uma estrutura de mercado caracterizada como de monopólio pode ser imaginada como sendo gerada a partir do seguinte conjunto de hipóteses: I - o setor é constituído de uma única firma; II - a firma produz um produto para o qual não existe substituto ou concorrente próximo; III - existe concorrência entre os consumidores.