SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
Comentários Judaicos do Novo Testamento David H. Stern
As boas-novas sobre Yeshua, o Messias, contadas por
MATTITYAHU
1. 1- “Yeshua, o Messias”, é chamado de “Jesus Cristo” em
outras versões em português, como se o primeiro nome do
homem fosse “Jesus” e seu sobrenome “Cristo”.
Nenhum dos dois é o caso.
“Yeshua” é o nome de Jesus em hebraico e aramaico, os
idiomas que ele falava; em seus 30 e poucos anos na Terra
as pessoas o chamavam de Yeshua.
A palavra “Jesus” representa o esforço das pessoas que
falam português ao tentar pronunciar o nome do Messias
como aparece nos manuscritos gregos do Novo
Testamento, “Iêsous” - iee-sus em grego moderno, talvez
Iaisus no antigo grego koinê, que substituiu o aramaico como
o principal idioma do Oriente Próximo depois das conquistas
de Alexandre (331-323 a.E.C). Assim, a palavra “Iêsous”
representa a tentativa das pessoas que antigamente
falavam grego de pronunciar “Yeshua”.
O Messias.
A palavra grega aqui é “Christos”, que tem o mesmo
significado que a hebraica “Mashiach”, a saber, “ungido” ou
“aquele sobre o qual foi derramado”. O significado de ser
conhecido como “O Ungido” é que tanto os reis quanto os
kohanim (sacerdotes) eram investidos de sua autoridade
numa cerimônia de unção com óleo de oliva.
Assim, inerente ao conceito de “Messias” é a ideia de
receber autoridade sacerdotal e real da parte de Deus.
A palavra grega “Christos” é usualmente traduzida para o
português como “Cristo”.
Em dois versículos do Novo Testamento (Yohannan 1:41,
4:25) “Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe:
Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo). “ João 1:41,
“A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias (que se chama o
Cristo) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo.”
João 4:25 o texto grego era “Messias”, obviamente como no
português “Messias”, uma transliteração da palavra
hebraica; ali usamos “Mashiach” (veja Yohannan 1:4 e sua
nota). “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. “
João 1:4
Esse Novo Testamento chama “Christos” de “Mashiach” em
duas narrativas onde o seu significado judaico específico
está em destaque: em 16:15 “Disse-lhes ele: E vós, quem
dizeis que eu sou? “ Mateus 16:15 e em 26:63 “Jesus,
porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote,
disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és
o Cristo, o Filho de Deus. “ Mateus 26:63 (e, esse critério
para introduzir “Mashiach” em outras passagens, como se
pode ver em Atos 2:31, 36, 38.
“Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua
alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a
corrupção. “ Atos 2:31
“Saiba, pois, com certeza toda a casa de Israel que a esse
Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e
Cristo. “ Atos 2:36
“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja
batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos
pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; “ Atos 2:38
A decisão do tradutor de usar “Cristo”, “Messias” ou
“Mashiach” depende do propósito de sua tradução. No final
das contas, vai depender de sua intuição ou de sua
preferência pessoal. Entretanto nessa obra frequentemente
o termo Christos é traduzido como “Messias”; “Cristo” não
aparece nem sequer uma vez. Isso ocorre porque “Messias”
tem significado na religião judaica, em sua tradição e cultura;
enquanto a palavra “Cristo” tem um tom estrangeiro e uma
conotação negativa devido à perseguição sofrida pelos
judeus por parte daqueles que alegavam ser seus
seguidores.
Além disso, a utilização da palavra “Messias” em mais de
380 vezes no texto desta obra é uma lembrança contínua de
que o Novo Testamento alega que Yeshua fez simplesmente
o que foi feito pelo Mashiach que o povo judeu tanto espera.
A palavra em português “Cristo” não aponta o cumprimento
por Yeshua das esperanças judaicas e da profecia bíblica.
Filho de.
A palavra hebraica “ben” (“filho”, “filho de”) é comumente
usada em três diferentes modos na Bíblia e no judaísmo:
(1). Tanto na bíblia quanto no judaísmo, um homem é
normalmente identificado como um filho de seu pai. Por
exemplo, se o filho de Sam Levine, Joseph Levine é
chamado para ler um rolo da Torá na sinagoga, ele será
anunciado não como Joseph Levine, mas como Yosef ben
Shmuel (“Joseph, filho de Samuel”).
(2). “Ben” também pode significar não o filho de fato, mas
um descendente mais distante, como era o caso neste
versículo: David e Avraham eram ancestrais distantes de
Yeshua (também versículos 8; Yoram não era o pai, mas o
tataravô de Uziyahu).
(3) Em terceiro lugar, “ben” pode ser utilizado mais
amplamente para significar “tendo as características de”, e
isso também se aplica aqui:
Yeshua tinha as qualidades encontradas tanto em Avraham
quanto no rei David.
Filho de David.
Avraham e David são destacados porque têm uma
importância única na linhagem do Messias. O termo “Filho
de David” é, na verdade, um dos títulos do Messias, tendo
como base as profecias do Tanakh de que o Messias seria
um descendente de David e se sentaria do trono de David
para sempre (para as referências do Tanakh, veja Atos
13:23 e sua nota). “ Da descendência deste, conforme a
promessa, levantou Deus a Jesus para Salvador de Israel;
“ Atos 13:23
Enquanto “Filho de David” não aparece como um título
messiânico no Tanakh e é visto pela primeira vez como tal
na pseudoepígrafe Salmos de Salomão 17:23, 36, escrito no
século 1 a.E.C, o Novo Testamento registra o uso desse
termo de quinze a vinte vezes, e ele tem sido continuamente
utilizado no judaísmo até os dias de hoje.
Filho de Avraham. Este termo é significado em pelo menos
quatro maneiras:
(1) Tanto o rei David quanto o rei Yeshua seguem seus
ancestrais até o indivíduo escolhido por Deus como o pai do
povo judeu (Gênesis 12:1-3). “Ora, o SENHOR disse a
Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu
pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande
nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu
serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem, e
amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão
benditas todas as famílias da terra. “ Gênesis 12:1-3
(2) Yeshua é a prometida “Semente de Avraham” (Gênesis
3:15, “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua
semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe
ferirás o calcanhar. “ Gênesis 3:15 explicado por Gálatas
3:16). “Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua
descendência. Não diz: E às descendências, como falando
de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que
é Cristo. “ Gálatas 3:16
(3) A identidade mística do Messias com o povo judeu (veja
a nota para 2:15) aqui é sugerida. Uma vez que todo judeu
é um filho de Avraham (3:9).
(4) Yeshua também tem uma identidade mística com todos
aqueles que acreditam nele, sejam judeus ou gentios
(Romanos 4:1, 11, 17-20; Gálatas 3:29).
“Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai
segundo a carne? “ Romanos 4:1
“E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé
quando estava na incircuncisão, para que fosse pai de
todos os que creem, estando eles também na incircuncisão;
a fim de que também a justiça lhes seja imputada; “
Romanos 4:11
“(Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí)
perante aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica
os mortos, e chama as coisas que não são como se já
fossem.
O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que
ele tornou-se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora
dito: Assim será a tua descendência. E não enfraquecendo
na fé, não atentou para o seu próprio corpo já amortecido,
pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o
amortecimento do ventre de Sara.
E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas
foi fortificado na fé, dando glória a Deus, “ Romanos 4:17-
20
O Novo Testamento começa com a genealogia de Yeshua
para mostrar que cumpre todas as exigências estabelecidas
pelo Tanakh com relação ao Messias – um descendente de
Avraham (Gênesis 22:18), ”E em tua descendência serão
benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à
minha voz. “ Gênesis 22:18 Ya’akov (Números 24:17), “Vê-
lo-ei, mas não agora, contemplá-lo-ei, mas não de perto;
uma estrela procederá de Jacó e um cetro subirá de Israel,
que ferirá os termos dos moabitas, e destruirá todos os
filhos de Sete. “ Números 24:17 Y’hudah (Gênesis 49:10),
“O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre
seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os
povos. “ Gênesis 49:10 Yishai (Isaías 11), “Porque brotará
um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um
renovo frutificará.
E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de
sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de
fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.
E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo
a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir
dos seus ouvidos.
Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com
equidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara
de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao
ímpio,
E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o
cinto dos seus rins.
E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito
se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado
andarão juntos, e um menino pequeno os guiará.
A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão
juntos, e o leão comerá palha como o boi.
E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a
desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco.
Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo
monte, porque a terra se encherá do conhecimento do
Senhor, como as águas cobrem o mar.
E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará
posta por estandarte dos povos, será buscada pelos
gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso.
E há de ser que naquele dia o Senhor tornará a pôr a sua
mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo,
que for deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da
Etiópia, e de Elã, e de Sinar, e de Hamate, e das ilhas do
mar.
E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os
desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará
desde os quatro confins da terra.
E afastar-se-á a inveja de Efraim, e os adversários de Judá
serão desarraigados; Efraim não invejará a Judá, e Judá
não oprimirá a Efraim.
Antes voarão sobre os ombros dos filisteus ao ocidente;
juntos despojarão aos do oriente; em Edom e Moabe porão
as suas mãos, e os filhos de Amom lhes obedecerão.
E o Senhor destruirá totalmente a língua do mar do Egito, e
moverá a sua mão contra o rio com a força do seu vento e,
ferindo-o, dividi-lo-á em sete correntes e fará que por ele
passem com sapatos secos.
E haverá caminho plano para o remanescente do seu povo,
que for deixado da Assíria, como sucedeu a Israel no dia
em que subiu da terra do Egito. “ Isaías 11:1-16 David (2
Samuel 7:13) “Este edificará uma casa ao meu nome, e
confirmarei o trono do seu reino para sempre. “ 2 Samuel
7:13 e Z’rubavel (Haggai 2:22-23).
Todos esses nomes aparecem nos versículos 1-16. Essa
genealogia lembra o padrão das suas similares no Tanakh
(Gênesis 5, 10; 1 Crônicas 1-9 etc.).
A genealogia do Messias como registrado por Lucas é
diferente da que aqui está; veja Lucas 3:23-38 e sua nota.
Tamar… Rachav… Rut… a esposa de Uriyah (Bat-she-
va)… Miryam.
Mulheres, especialmente aquelas nascidas gentias,
raramente eram incluídas nas genealogias bíblicas. As
primeiras quatro eram mulheres gentias a quem Deus havia
honrado incluindo as entre os ancestrais registrados de
Yeshua, o Messias judeu – por meio de quem os gentios, as
mulheres e os escravos tinham a salvação igualmente com
os judeus, os homens e os livres (veja Gálatas 3:28 e sua
nota).
Sobre se essas mulheres se tornaram judias ou continuaram
a ser gentias veja Atos 16:1 e sua nota.
Yosef, marido de Miryam, da qual nasceu Yeshua. A
mudança de linguagem da ladainha “X gerou Y” assinala que
Yeshua não foi concebido de modo usual; outras passagens
estabelecem que o Espírito Santo de Deus desceu sobre
Miryam, levando-a a engravidar sem união sexual
(versículos 18, 20; Lucas 1:27, 31, 34-38; veja também
versículos 18-25 e suas notas, Lucas 3:23-38 e suas notas).
Yeshua, chamado o Messias. Esta frase um tanto peculiar
chama a atenção pelo fato de que a genealogia leva até essa
pessoa em particular chamada Yeshua, o Yeshua que era
conhecido como o Messias. Não existe nenhuma implicação
de que ele não era o Messias; ele se chama de Messias
porque ele era e é.
Sobre a concepção e o nascimento de Yeshua compare com
Lucas 1:26-38, 2:1-7; Yohannan 1:1-2:14

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRLição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRGerson G. Ramos
 
Quem é Mashiach ben yossef
Quem é Mashiach ben yossefQuem é Mashiach ben yossef
Quem é Mashiach ben yossefEfraim Ben Tzion
 
A fé de abrãao contra paulo
A fé de abrãao contra pauloA fé de abrãao contra paulo
A fé de abrãao contra pauloEfraim Ben Tzion
 
Melquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de JustiçaMelquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de JustiçaMárcio Martins
 
Lição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráter
Lição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráterLição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráter
Lição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráterÉder Tomé
 
“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”JUERP
 
Respostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGR
Respostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGRRespostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGR
Respostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiçaLição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiçaErberson Pinheiro
 
04 a interpretação tipológica
04   a interpretação tipológica04   a interpretação tipológica
04 a interpretação tipológicaDiego Fortunatto
 
O Reino Messiânico 7 - Excelência Espiritual
O Reino Messiânico 7 - Excelência EspiritualO Reino Messiânico 7 - Excelência Espiritual
O Reino Messiânico 7 - Excelência EspiritualCarlos Almeida
 
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 

Mais procurados (20)

Atos 2
Atos 2Atos 2
Atos 2
 
O fariseu e o publicano
O fariseu e o publicanoO fariseu e o publicano
O fariseu e o publicano
 
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRLição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
 
Quem é Mashiach ben yossef
Quem é Mashiach ben yossefQuem é Mashiach ben yossef
Quem é Mashiach ben yossef
 
A fé de abrãao contra paulo
A fé de abrãao contra pauloA fé de abrãao contra paulo
A fé de abrãao contra paulo
 
Lição 13 o legado de moisés
Lição 13   o legado de moisésLição 13   o legado de moisés
Lição 13 o legado de moisés
 
020 pedro 1º
020 pedro 1º020 pedro 1º
020 pedro 1º
 
Melquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de JustiçaMelquisedeque, o Rei de Justiça
Melquisedeque, o Rei de Justiça
 
O rico e o mendigo
O rico e o mendigoO rico e o mendigo
O rico e o mendigo
 
Miqueias
Miqueias Miqueias
Miqueias
 
Lição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráter
Lição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráterLição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráter
Lição 13 - Jesus Cristo, o Modelo Supremo de caráter
 
“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”
 
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de Justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de JustiçaLição 3 - Melquisedeque, o Rei de Justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de Justiça
 
Respostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGR
Respostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGRRespostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGR
Respostas_1022016_Jesus em Jerusalém_GGR
 
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiçaLição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
Lição 3 - Melquisedeque, o Rei de justiça
 
04 a interpretação tipológica
04   a interpretação tipológica04   a interpretação tipológica
04 a interpretação tipológica
 
O Reino Messiânico 7 - Excelência Espiritual
O Reino Messiânico 7 - Excelência EspiritualO Reino Messiânico 7 - Excelência Espiritual
O Reino Messiânico 7 - Excelência Espiritual
 
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 7 As bodas do Cordeiro.
 
Explicando mateus 28
Explicando mateus 28Explicando mateus 28
Explicando mateus 28
 
Belem galileia (1)
Belem galileia (1)Belem galileia (1)
Belem galileia (1)
 

Semelhante a Comentarios judaicos do novo testamento david h

panorama velho testamento o inico de tudo.pptx
panorama velho testamento o inico de tudo.pptxpanorama velho testamento o inico de tudo.pptx
panorama velho testamento o inico de tudo.pptxMárcio Azevedo
 
panoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdf
panoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdfpanoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdf
panoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdfbpclaudio11
 
O Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - IntroduçãoO Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - IntroduçãoCarlos Almeida
 
Dízimo: Obreiros da iniquidade
Dízimo: Obreiros da iniquidadeDízimo: Obreiros da iniquidade
Dízimo: Obreiros da iniquidade130180
 
O Filho_Lição_original com textos_232014
O Filho_Lição_original com textos_232014O Filho_Lição_original com textos_232014
O Filho_Lição_original com textos_232014Gerson G. Ramos
 
Estudo - 5 sementes da Adoração.pdf
Estudo - 5 sementes da Adoração.pdfEstudo - 5 sementes da Adoração.pdf
Estudo - 5 sementes da Adoração.pdfministeriobaruk
 
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaTeologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaJose Ventura
 
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano AComentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano AJosé Lima
 

Semelhante a Comentarios judaicos do novo testamento david h (20)

Genealogias
GenealogiasGenealogias
Genealogias
 
Apocalipse Capitulo 1
Apocalipse Capitulo 1Apocalipse Capitulo 1
Apocalipse Capitulo 1
 
01 Pre Messianismo
01   Pre Messianismo01   Pre Messianismo
01 Pre Messianismo
 
Isaias 53
Isaias 53Isaias 53
Isaias 53
 
panorama velho testamento o inico de tudo.pptx
panorama velho testamento o inico de tudo.pptxpanorama velho testamento o inico de tudo.pptx
panorama velho testamento o inico de tudo.pptx
 
Panorama-do-antigo-testamento_parte-2.pptx
Panorama-do-antigo-testamento_parte-2.pptxPanorama-do-antigo-testamento_parte-2.pptx
Panorama-do-antigo-testamento_parte-2.pptx
 
panoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdf
panoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdfpanoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdf
panoramavelhotestamentooinicodetudo-221023024210-914436a2.pdf
 
O Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - IntroduçãoO Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - Introdução
 
Josue seminario 2
Josue seminario 2Josue seminario 2
Josue seminario 2
 
12 a dispensacao_milenio
12 a dispensacao_milenio12 a dispensacao_milenio
12 a dispensacao_milenio
 
Aula 13 o legado de moisés em slides
Aula 13   o legado de moisés em slidesAula 13   o legado de moisés em slides
Aula 13 o legado de moisés em slides
 
Dízimo: Obreiros da iniquidade
Dízimo: Obreiros da iniquidadeDízimo: Obreiros da iniquidade
Dízimo: Obreiros da iniquidade
 
Salm textprovprt6
Salm textprovprt6Salm textprovprt6
Salm textprovprt6
 
O Filho_Lição_original com textos_232014
O Filho_Lição_original com textos_232014O Filho_Lição_original com textos_232014
O Filho_Lição_original com textos_232014
 
Estudo - 5 sementes da Adoração.pdf
Estudo - 5 sementes da Adoração.pdfEstudo - 5 sementes da Adoração.pdf
Estudo - 5 sementes da Adoração.pdf
 
EM NOME DE JESUS
EM NOME DE JESUSEM NOME DE JESUS
EM NOME DE JESUS
 
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaTeologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
 
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano AComentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
Comentário: 2° Domingo da Quaresma - Ano A
 
Genesis3:15
Genesis3:15Genesis3:15
Genesis3:15
 
Explicações de alguns vocábulos
Explicações de alguns vocábulosExplicações de alguns vocábulos
Explicações de alguns vocábulos
 

Mais de Vilma Longuini

Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]Vilma Longuini
 
Deveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiaisDeveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiaisVilma Longuini
 
O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13Vilma Longuini
 
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do temploLicao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do temploVilma Longuini
 
Slide da licao 2 3 trim 2020
Slide da licao 2   3 trim 2020Slide da licao 2   3 trim 2020
Slide da licao 2 3 trim 2020Vilma Longuini
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020Vilma Longuini
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020Vilma Longuini
 
Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020Vilma Longuini
 
Quando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editadoQuando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editadoVilma Longuini
 
Sabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdfSabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdfVilma Longuini
 
A historia e a promessa
A historia e a promessaA historia e a promessa
A historia e a promessaVilma Longuini
 
Nao basta ser namorado
Nao basta ser namoradoNao basta ser namorado
Nao basta ser namoradoVilma Longuini
 
Passando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdfPassando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdfVilma Longuini
 
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32Vilma Longuini
 
Vamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascaraVamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascaraVilma Longuini
 
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharFortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharVilma Longuini
 
As 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesAs 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesVilma Longuini
 

Mais de Vilma Longuini (20)

Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
 
Deveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiaisDeveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiais
 
O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13
 
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do temploLicao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
 
Slide da licao 2 3 trim 2020
Slide da licao 2   3 trim 2020Slide da licao 2   3 trim 2020
Slide da licao 2 3 trim 2020
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020
 
Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020
 
Quando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editadoQuando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editado
 
Sabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdfSabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdf
 
A historia e a promessa
A historia e a promessaA historia e a promessa
A historia e a promessa
 
Nao basta ser namorado
Nao basta ser namoradoNao basta ser namorado
Nao basta ser namorado
 
Passando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdfPassando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdf
 
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
 
Ate quando daniel 12
Ate quando   daniel 12Ate quando   daniel 12
Ate quando daniel 12
 
Vamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascaraVamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascara
 
Mascaras tecido e uso
Mascaras   tecido e usoMascaras   tecido e uso
Mascaras tecido e uso
 
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharFortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marchar
 
As 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesAs 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidades
 
Tomada de decisoes
Tomada de decisoesTomada de decisoes
Tomada de decisoes
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasnarayaskara215
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 

Último (20)

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 

Comentarios judaicos do novo testamento david h

  • 1. Comentários Judaicos do Novo Testamento David H. Stern As boas-novas sobre Yeshua, o Messias, contadas por MATTITYAHU 1. 1- “Yeshua, o Messias”, é chamado de “Jesus Cristo” em outras versões em português, como se o primeiro nome do homem fosse “Jesus” e seu sobrenome “Cristo”. Nenhum dos dois é o caso. “Yeshua” é o nome de Jesus em hebraico e aramaico, os idiomas que ele falava; em seus 30 e poucos anos na Terra as pessoas o chamavam de Yeshua. A palavra “Jesus” representa o esforço das pessoas que falam português ao tentar pronunciar o nome do Messias como aparece nos manuscritos gregos do Novo Testamento, “Iêsous” - iee-sus em grego moderno, talvez Iaisus no antigo grego koinê, que substituiu o aramaico como o principal idioma do Oriente Próximo depois das conquistas de Alexandre (331-323 a.E.C). Assim, a palavra “Iêsous” representa a tentativa das pessoas que antigamente falavam grego de pronunciar “Yeshua”. O Messias. A palavra grega aqui é “Christos”, que tem o mesmo significado que a hebraica “Mashiach”, a saber, “ungido” ou “aquele sobre o qual foi derramado”. O significado de ser conhecido como “O Ungido” é que tanto os reis quanto os kohanim (sacerdotes) eram investidos de sua autoridade numa cerimônia de unção com óleo de oliva. Assim, inerente ao conceito de “Messias” é a ideia de receber autoridade sacerdotal e real da parte de Deus.
  • 2. A palavra grega “Christos” é usualmente traduzida para o português como “Cristo”. Em dois versículos do Novo Testamento (Yohannan 1:41, 4:25) “Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo). “ João 1:41, “A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias (que se chama o Cristo) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo.” João 4:25 o texto grego era “Messias”, obviamente como no português “Messias”, uma transliteração da palavra hebraica; ali usamos “Mashiach” (veja Yohannan 1:4 e sua nota). “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. “ João 1:4 Esse Novo Testamento chama “Christos” de “Mashiach” em duas narrativas onde o seu significado judaico específico está em destaque: em 16:15 “Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? “ Mateus 16:15 e em 26:63 “Jesus, porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. “ Mateus 26:63 (e, esse critério para introduzir “Mashiach” em outras passagens, como se pode ver em Atos 2:31, 36, 38. “Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a corrupção. “ Atos 2:31 “Saiba, pois, com certeza toda a casa de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo. “ Atos 2:36 “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; “ Atos 2:38 A decisão do tradutor de usar “Cristo”, “Messias” ou “Mashiach” depende do propósito de sua tradução. No final
  • 3. das contas, vai depender de sua intuição ou de sua preferência pessoal. Entretanto nessa obra frequentemente o termo Christos é traduzido como “Messias”; “Cristo” não aparece nem sequer uma vez. Isso ocorre porque “Messias” tem significado na religião judaica, em sua tradição e cultura; enquanto a palavra “Cristo” tem um tom estrangeiro e uma conotação negativa devido à perseguição sofrida pelos judeus por parte daqueles que alegavam ser seus seguidores. Além disso, a utilização da palavra “Messias” em mais de 380 vezes no texto desta obra é uma lembrança contínua de que o Novo Testamento alega que Yeshua fez simplesmente o que foi feito pelo Mashiach que o povo judeu tanto espera. A palavra em português “Cristo” não aponta o cumprimento por Yeshua das esperanças judaicas e da profecia bíblica. Filho de. A palavra hebraica “ben” (“filho”, “filho de”) é comumente usada em três diferentes modos na Bíblia e no judaísmo: (1). Tanto na bíblia quanto no judaísmo, um homem é normalmente identificado como um filho de seu pai. Por exemplo, se o filho de Sam Levine, Joseph Levine é chamado para ler um rolo da Torá na sinagoga, ele será anunciado não como Joseph Levine, mas como Yosef ben Shmuel (“Joseph, filho de Samuel”). (2). “Ben” também pode significar não o filho de fato, mas um descendente mais distante, como era o caso neste versículo: David e Avraham eram ancestrais distantes de Yeshua (também versículos 8; Yoram não era o pai, mas o tataravô de Uziyahu).
  • 4. (3) Em terceiro lugar, “ben” pode ser utilizado mais amplamente para significar “tendo as características de”, e isso também se aplica aqui: Yeshua tinha as qualidades encontradas tanto em Avraham quanto no rei David. Filho de David. Avraham e David são destacados porque têm uma importância única na linhagem do Messias. O termo “Filho de David” é, na verdade, um dos títulos do Messias, tendo como base as profecias do Tanakh de que o Messias seria um descendente de David e se sentaria do trono de David para sempre (para as referências do Tanakh, veja Atos 13:23 e sua nota). “ Da descendência deste, conforme a promessa, levantou Deus a Jesus para Salvador de Israel; “ Atos 13:23 Enquanto “Filho de David” não aparece como um título messiânico no Tanakh e é visto pela primeira vez como tal na pseudoepígrafe Salmos de Salomão 17:23, 36, escrito no século 1 a.E.C, o Novo Testamento registra o uso desse termo de quinze a vinte vezes, e ele tem sido continuamente utilizado no judaísmo até os dias de hoje. Filho de Avraham. Este termo é significado em pelo menos quatro maneiras: (1) Tanto o rei David quanto o rei Yeshua seguem seus ancestrais até o indivíduo escolhido por Deus como o pai do povo judeu (Gênesis 12:1-3). “Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. “ Gênesis 12:1-3
  • 5. (2) Yeshua é a prometida “Semente de Avraham” (Gênesis 3:15, “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. “ Gênesis 3:15 explicado por Gálatas 3:16). “Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo. “ Gálatas 3:16 (3) A identidade mística do Messias com o povo judeu (veja a nota para 2:15) aqui é sugerida. Uma vez que todo judeu é um filho de Avraham (3:9). (4) Yeshua também tem uma identidade mística com todos aqueles que acreditam nele, sejam judeus ou gentios (Romanos 4:1, 11, 17-20; Gálatas 3:29). “Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne? “ Romanos 4:1 “E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé quando estava na incircuncisão, para que fosse pai de todos os que creem, estando eles também na incircuncisão; a fim de que também a justiça lhes seja imputada; “ Romanos 4:11 “(Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem. O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que ele tornou-se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência. E não enfraquecendo na fé, não atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara.
  • 6. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, “ Romanos 4:17- 20 O Novo Testamento começa com a genealogia de Yeshua para mostrar que cumpre todas as exigências estabelecidas pelo Tanakh com relação ao Messias – um descendente de Avraham (Gênesis 22:18), ”E em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz. “ Gênesis 22:18 Ya’akov (Números 24:17), “Vê- lo-ei, mas não agora, contemplá-lo-ei, mas não de perto; uma estrela procederá de Jacó e um cetro subirá de Israel, que ferirá os termos dos moabitas, e destruirá todos os filhos de Sete. “ Números 24:17 Y’hudah (Gênesis 49:10), “O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos. “ Gênesis 49:10 Yishai (Isaías 11), “Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor. E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos. Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com equidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio, E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins. E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado
  • 7. andarão juntos, e um menino pequeno os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco. Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar. E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte dos povos, será buscada pelos gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso. E há de ser que naquele dia o Senhor tornará a pôr a sua mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo, que for deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elã, e de Sinar, e de Hamate, e das ilhas do mar. E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra. E afastar-se-á a inveja de Efraim, e os adversários de Judá serão desarraigados; Efraim não invejará a Judá, e Judá não oprimirá a Efraim. Antes voarão sobre os ombros dos filisteus ao ocidente; juntos despojarão aos do oriente; em Edom e Moabe porão as suas mãos, e os filhos de Amom lhes obedecerão. E o Senhor destruirá totalmente a língua do mar do Egito, e moverá a sua mão contra o rio com a força do seu vento e, ferindo-o, dividi-lo-á em sete correntes e fará que por ele passem com sapatos secos. E haverá caminho plano para o remanescente do seu povo, que for deixado da Assíria, como sucedeu a Israel no dia em que subiu da terra do Egito. “ Isaías 11:1-16 David (2
  • 8. Samuel 7:13) “Este edificará uma casa ao meu nome, e confirmarei o trono do seu reino para sempre. “ 2 Samuel 7:13 e Z’rubavel (Haggai 2:22-23). Todos esses nomes aparecem nos versículos 1-16. Essa genealogia lembra o padrão das suas similares no Tanakh (Gênesis 5, 10; 1 Crônicas 1-9 etc.). A genealogia do Messias como registrado por Lucas é diferente da que aqui está; veja Lucas 3:23-38 e sua nota. Tamar… Rachav… Rut… a esposa de Uriyah (Bat-she- va)… Miryam. Mulheres, especialmente aquelas nascidas gentias, raramente eram incluídas nas genealogias bíblicas. As primeiras quatro eram mulheres gentias a quem Deus havia honrado incluindo as entre os ancestrais registrados de Yeshua, o Messias judeu – por meio de quem os gentios, as mulheres e os escravos tinham a salvação igualmente com os judeus, os homens e os livres (veja Gálatas 3:28 e sua nota). Sobre se essas mulheres se tornaram judias ou continuaram a ser gentias veja Atos 16:1 e sua nota. Yosef, marido de Miryam, da qual nasceu Yeshua. A mudança de linguagem da ladainha “X gerou Y” assinala que Yeshua não foi concebido de modo usual; outras passagens estabelecem que o Espírito Santo de Deus desceu sobre Miryam, levando-a a engravidar sem união sexual (versículos 18, 20; Lucas 1:27, 31, 34-38; veja também versículos 18-25 e suas notas, Lucas 3:23-38 e suas notas). Yeshua, chamado o Messias. Esta frase um tanto peculiar chama a atenção pelo fato de que a genealogia leva até essa pessoa em particular chamada Yeshua, o Yeshua que era conhecido como o Messias. Não existe nenhuma implicação
  • 9. de que ele não era o Messias; ele se chama de Messias porque ele era e é. Sobre a concepção e o nascimento de Yeshua compare com Lucas 1:26-38, 2:1-7; Yohannan 1:1-2:14