Pop. mundial

1.179 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.179
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pop. mundial

  1. 1. População absoluta – Número totalde habitantesDensidade demográfica oupopulação relativa – número dehabitantes por Km², povoado oupouco povoadoBrasil – 190 milhões, 5º mais populosoporém pouco povoado (22 hab./Km²)Holanda – 16 milhões hab. 429 hab./km²
  2. 2. Taxa de natalidade – Número de pessoasque nascem por 1000 hab. Durante um ano.Taxa de natalidade: n/p x 1000Taxa de mortalidade – divisão do nº deóbitos (ano) por habitantes e multiplicado pormil
  3. 3. Crescimento vegetativo ou natural –Refere-se ao aumento da populaçãolocal, é a diferença entre as taxas denatalidade e mortalidade no períodoconsiderado. Leva em consideraçãotambém emigrantes e imigrantes.Esperança ou expectativa de vida – É amédia de vida dos habitantes de umadeterminada área (Brasil – 72,4 anos)
  4. 4. População mal distribuídaFATORES:Clima, localização, guerras, antiguidadede povoamento, situação social, áreasmais atrativas ou repulsivas pela suadinâmicaeconômica, políticos, religiosos)ZONA TEMPERADA NORTE: 51%ZONA INTERTROPICAL: 46%ZONAS POLARES E ALTAS LATITUDESSUL: 3%
  5. 5. PRIMEIRA FASE (pré-industrial): Crescimentolento, altas taxas de natalidade emortalidade, baixa expectativa de vida.Vai da revolução Agrária (8000 a.C até o inicioda revolução industrial (sec. XVIII)
  6. 6. SEGUNDA FASE: Tem iníciocom a revolução industrial(XVIII) e vai até a revoluçãosexual (1970), métodoscontraceptivos, avanços naárea médica-sanitária, houve reduçãoda mortalidade eaumentou a expectativa devida.Baby Boom.
  7. 7. TERCEIRA FASE OU EVOLUÍDA– Transição demográfica secompleta, equilíbriodemográfico, baixas taxas denatalidade e mortalidade.Atualmente os paísesdesenvolvidos ( crescimentomenos de 1% ao ano e aténegativos)
  8. 8. A marca de 6 bilhões foi alcançada em outubro de 19991/5 da população nos países mais desenvolvidos80% (4,8 bi) países em desenvolvimentos37,7% China e Índia2040 a Índia ultrapassara a China (1,501 x 1,496)2016 haverá mais Indianos que habitantes dos países maisdesenvolvidos da Europa, Oceania, Ásia e América JUNTOS
  9. 9. 1 a cada 10 pessoas no mundotem mais de 60 anosIDOSOS – 646 milhões, cresce maisde 11 milhões por anoAté 2050 – jovens (menos de 15)reduza 30% para 20%, idososdeverá subir para 22% dapopulação, 2 bilhões
  10. 10. O crescimento populacionalpoderia diminuir das seguintesformas: guerra, fome, epidemias...
  11. 11. Teorias neomalthusianasO subdesenvolvimento comodecorrência do excessivonumero de habitantes, daagricultura manual de baixaprodutividade.O problema da fome acabariase houvesse controle danatalidade, o aumento dapopulação requer maisinvestimentos sociais.
  12. 12. Teoria reformistaDe acordo com a teoria reformista, se nãohouvesse pobreza as pessoas teriam acesso aeducação, saúde, higiene, etc., o queregularia, naturalmente, o crescimentopopulacional.Portanto, é exatamente a falta dessascondições o que acarreta o crescimentodesenfreado da população.
  13. 13. A diminuição da população teve inicio apartir do século XX, nos paísesindustrializados, em conseqüência daqueda das taxas de natalidade.As causas são decorrentes da rendamédia da população, do acesso amétodos contraceptivos e da mudançado perfil da mulher no mercado detrabalho.
  14. 14. Na Índia programas de controle denatalidade iniciado em 1975 fezvasectomia em série. Milhares dehomens foram operados em trocade uma pequena quantia emdinheiro.Apesar disso os índices denascimento na índia são elevados.
  15. 15. China: métodos não democráticos, durante certoperíodo era proibido ter mais de um filho, fato quegerou a matança de recém-nascidos do sexo feminino, amulher poderia ter mais um filho homem, mantendoassim as tradições chinesas.( o homem na tradiçãochinesa é responsável pelo nome e tradição da família)
  16. 16. Pirâmides etáriasDividida em três partes:Base, parte inferior – quantidade dejovensCorpo, parte intermediária – populaçãoadultaTopo, ápice, cume, parte superior -idosos
  17. 17. Países em desenvolvimentoTriangular, base larga, crescimento de natalidadeTopo estreito, pequeno número de idosos, baixaexpectativa de vida
  18. 18. Países desenvolvidosRelação proporcional entre base e topo, baixanatalidade e alta expectativa de vida
  19. 19. Migração– fenômeno que explica o movimento populacionalpelo espaçoPode ser temporário ou definitivoRazões: religiosas, naturais, políticas, guerras, econômica
  20. 20. Movimentospopulacionais internosPendularSão comuns nas grandes regiõesmetropolitanas, ocorrem do localda residência até o seu trabalho
  21. 21. TransumânciaMovimento periódicoCausado por fatores climáticos ou atividades econômicasSertão e zona da mata
  22. 22. Êxodo ruralSaída da população do campo rumo as cidadesA melhoria das condições não ocorre com todos ostrabalhadoresConsequências negativas: desemprego esubemprego, falta de habitações, formação defavelas, deficiência nos serviços públicos
  23. 23. POPULAÇÃONATURAL XPOPULAÇÃOMIGRANTEO centro-Oeste é aregião brasileira hojecom o maior número demigrantes (% em relaçãoà população total)
  24. 24. Deslocamentos internacionaisPrincipais motivosConflitos em diversas regiões domundo, desenvolvimento econômico desigual América latina Estados unidos África Europa ocidental Europa oriental Japão Oceania
  25. 25. Europa incentivou a imigração após a 2º guerra mundial até oinicio dos anos 1970, para a reconstrução dos paísesÚltimas décadas o imigrante passa a ser visto comointruso, tarefas de baixa qualidade passam a ser disputadas pelapopulação européia
  26. 26. A POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA E ASUA DISTRIBUIÇÃO PELOS SETORES DEATIVIDADES ECONÔMICA
  27. 27. Quem move um país esua economia?A PEA (Populaçãoeconomicamente ativa)Corresponde a parcelada população com omínimo de 10 anos, queesteja empregada e aque estejadesempregadatemporariamente
  28. 28. A População economicamente inativa (PEI) écomposta pela parcela da população que nãoexecuta atividade de trabalho (estudantes eaposentados)
  29. 29. A PEA está distribuída entre três setores deatividades econômicas: PRIMÁRIO Composto pelas atividades agropecuárias e extrativistas SECUNDÁRIO Composto pelas atividades industriais TERCIÁRIO Composto pelas atividades de comércio, de prestação de serviços e da administração pública
  30. 30. A diminuição da PEA no setor primário significa um atrofiamento desse setor? O que justifica o crescimento nos setores secundário e terciário?
  31. 31. DISTRIBUIÇÃO DE RENDA NO BRASIL
  32. 32. É a forma pela quala riqueza geradaem umpaís, estado, município ouregião, encontra-sedistribuída entre osintegrantes da suapopulação.
  33. 33. 25% da PEA Até um salário mínimo Mais de 20 salários2% da PEA mínimos
  34. 34. O DESEMPREGO NO BRASIL
  35. 35. Fatores do desemprego estruturalNão qualificação da mão de obra para exercer astarefas exigidas pelo tipo de emprego que estãoofertando vagasAdvento da tecnologia, da mecanização e darobóticaNeoliberalismo
  36. 36. Porcentagem de renda Porcentagem de renda por faixa, em 1977 por faixa, em 200510% mais ricos 52 45,3140% intermediários 36 40,6250% mais pobres 12 14,07
  37. 37. Migração da PEA para as atividades informais dosetor terciário, geralmente autônomos

×