SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
PRIMEIROS ANOS DO SÉCULO XX VANGUARDAS EUROPÉIAS
Os precursores...	 Eduard  Manet
pintura ao ar livre e temas da vida cotidiana  representação espontânea e direta do mundo. efeitos da luz natural sobre os cenários e modelos. Edouard Manet,  Almoço na Relva – 1863
Edouard Manet. Olympia.
Qual o valor  da mulher hoje?
“Um bar nas Folies-Bergères” – Manet
Os precursores...	 IMPRESSIONISMO – Séc. XIX
primeiros pintores modernos 	escolhiam cenas de exteriores como temas: paisagens, pessoas humildes, etc.
Impressão: Sol Nascente - Monet
Esta tela apareceu em 1874, na primeira exposição do Grupo Impressionista.  Pintada de manhã bem cedo no porto do Havre Seu título deu origem ao nome do movimento impressionista. Claude Monet,  Impressão do Sol Nascente – 1872.
	Almoço Campestre Monet
Tudo se mistura. Nós é que devemos colocar limites.  A folhagem se mistura com o céu O vestido de Alice se funde com a grama.  As roseiras-trepadeiras unem-se à cerca A cadeira parece não existir. Alice Hoschedé no Jardim Claude Monet
O Almoço dos Remadores, de Auguste Renoir. 
CUBISMO1907
"A Arte não é a verdade. A Arte é uma mentira que nos ensina a compreender a verdade".  						Pablo Picasso
LesDemoiselles d''Avignon (1907)  Pablo Picasso Marco inicial do Cubismo  nudez feminina de uma forma inusitada figuras geométricas em lugar de formas reais, naturalmente arredondadas
Picasso Mulher Chorando, 1937 nova forma de expressão um único objeto pode ser visto por diferentes ângulos ao mesmo tempo
“Mulher em frente ao espelho” Pablo Picasso
Picasso, Guernica, 1937
EXPRESSIONISMO1910
Oposição ao Impressionismo ressaltam a subjetividade recriar o mundo e não apenas a de absorvê-lo da mesma forma que é visto.  objetividade da imagem subjetivismo da expressão.  X VAN GOGH
VAN GOGH – AUTO RETRATO O principal precursor deste movimento foi o pintor holandês Vincent Van Gogh, que, com seu estilo único, já manifestava, através de sua arte, os primeiros sinais do expressionismo.
Van Gogh Os Comedores de Batata –  Cores tristes e sombrias. Denúncia da dureza da vida dos pobres.
“Campo de trigo com corvos”
	“Auto-retrato com chapéu de palha”
As obras de arte expressionistas mostram o estado psicológico e as denúncias sociais de uma sociedade que se considerava doente e na carência de um mundo melhor. O GRITO de MUNCH
EXPRESSIONISMO NO BRASIL
“A mulher boba” Anita Malfatti
Anita Malfatti  O HOMEM AMARELO
O Expressionismo uma atitude em prol dos valores humanos num momento em que politicamente isto era o que menos interessava.   Interior de Pobres, 1921 - Lasar Segall
Cândido Portinari mostra em suas telas a migração do povo nordestino para as grandes cidades.
DADAÍSMO1916
Todos vocês estão acusados: Levantem-se!De pé, como fariam para ouvir aMarselhesa ou Deus Salve o Rei...Dadá, sozinho, não cheira a nada;Não é nada, nada.É como as suas esperanças: Nada.Como o seu paraíso: NadaComo os seus ídolos: NadaComo os seus poíticos: NadaComo os seus heróis: NadaComo os seus artistas: Nada Como as suas religiões: Nada Vaiem, gritem, esmurrem meus dentes, e daí ?Continuarei dizendo que vocês são uns Débeis-mentais. Daqui a três meses, meus amigosE eu lhes estarei vendendo os seus retratos,por uns poucos francos."Manifesto Canibal Dadá (Francis Picabia), lido na noite DadáThéatre de la Maison de L'Oeuvre, Paris, 27 de março de 1920
MARCEL DUCHAMP
MARCEL DUCHAMP
FUTURISMO1907
TEMAS QUE ENGRANDECEM A VIDA MODERNA:  o automóvel a eletricidade a velocidade a máquina.
Manifesto Futurista 	“Olhe-nos! Nós não estamos esfalfados...Nosso coração não tem a menor fadiga. Porque ele está nutrido pelo fogo, pelo ódio e pela velocidade!... Isso o espanta?” “Nós queremos glorificar a guerra – única higiene do mundo -, o militarismo, o patriotismo, o gesto destrutor dos anarquistas, as belas idéias que matam, e o menosprezo à mulher.” 					(FillipoTomaso Marinetti)
GINO SEVERINI ricordi di viaggio
O SURREALISMO1926
SURREALISMO "Automatismo psíquico pelo qual alguém se propõe a exprimir, seja verbalmente, seja por escrito, seja de qualquer outra maneira, o funcionamento real do pensamento".  					André Breton
SURREALISMO Salvador Dali Rejeição aos valores ditados pela burguesia Obras repletas de humor, sonhos, utopias e contrárias à lógica.
“Sonho causado pelo vôo de uma abelha em torno de uma romã um segundo antes de acordar” Salvador Dali
Década de 1930  expansão surrealista pelo mundo. Salvador Dali – A Persistência da Memória
Salvador Dali Jovem virgem autosodomizada pelos cornos da sua Memória
Surrealismo  no Brasil
O Modernismo Brasileiro absorveu as idéias do surrealismo  Abaporu (Tarsila do Amaral)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Vanguardas imagens
Vanguardas   imagensVanguardas   imagens
Vanguardas imagens
CrisBiagio
 
As principais vanguardas artísticas
As principais vanguardas artísticasAs principais vanguardas artísticas
As principais vanguardas artísticas
npjorgecosta
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
whybells
 
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
Elsa Minck
 
Literatura aula 20 - vanguarda européia
Literatura   aula 20 - vanguarda européiaLiteratura   aula 20 - vanguarda européia
Literatura aula 20 - vanguarda européia
Juliana Oliveira
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
martinsramon
 

Mais procurados (20)

Vanguardas
VanguardasVanguardas
Vanguardas
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas imagens
Vanguardas   imagensVanguardas   imagens
Vanguardas imagens
 
As principais vanguardas artísticas
As principais vanguardas artísticasAs principais vanguardas artísticas
As principais vanguardas artísticas
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
movimentos de vanguarda
movimentos de vanguardamovimentos de vanguarda
movimentos de vanguarda
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
 
Vanguardas europeias simplificado
Vanguardas europeias simplificadoVanguardas europeias simplificado
Vanguardas europeias simplificado
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.Vanguardas artísticas   cubismo   abst. futur., dadaismo e surre.
Vanguardas artísticas cubismo abst. futur., dadaismo e surre.
 
Vanguardas 2.0
Vanguardas 2.0Vanguardas 2.0
Vanguardas 2.0
 
Literatura aula 20 - vanguarda européia
Literatura   aula 20 - vanguarda européiaLiteratura   aula 20 - vanguarda européia
Literatura aula 20 - vanguarda européia
 
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 

Destaque (7)

Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
 
Vanguardas europeias - Surrealismo
Vanguardas europeias - Surrealismo Vanguardas europeias - Surrealismo
Vanguardas europeias - Surrealismo
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas  EuropeiasVanguardas  Europeias
Vanguardas Europeias
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
 
Aula vanguardas europeias
Aula vanguardas europeiasAula vanguardas europeias
Aula vanguardas europeias
 
Revisional de vanguardas europeias e de modernismo
Revisional de vanguardas europeias e de modernismoRevisional de vanguardas europeias e de modernismo
Revisional de vanguardas europeias e de modernismo
 

Semelhante a Vanguardas Européias

PORTUGUES - Modernismo - 3ºC
PORTUGUES - Modernismo - 3ºCPORTUGUES - Modernismo - 3ºC
PORTUGUES - Modernismo - 3ºC
liceuterceiroc
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
claudia murta
 

Semelhante a Vanguardas Européias (20)

Vanguardas Europeias convertido
Vanguardas Europeias convertidoVanguardas Europeias convertido
Vanguardas Europeias convertido
 
Vanguardas CBG
Vanguardas CBGVanguardas CBG
Vanguardas CBG
 
Tabela "Vanguardas Europeias"
Tabela "Vanguardas Europeias"Tabela "Vanguardas Europeias"
Tabela "Vanguardas Europeias"
 
RESUMO DAS VANGUARDAS EUROPEIAS.pdf
RESUMO DAS VANGUARDAS EUROPEIAS.pdfRESUMO DAS VANGUARDAS EUROPEIAS.pdf
RESUMO DAS VANGUARDAS EUROPEIAS.pdf
 
PORTUGUES - Modernismo - 3ºC
PORTUGUES - Modernismo - 3ºCPORTUGUES - Modernismo - 3ºC
PORTUGUES - Modernismo - 3ºC
 
Vanguardas europeias 2018
Vanguardas europeias 2018Vanguardas europeias 2018
Vanguardas europeias 2018
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeias Vanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
 
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
274723639-Vanguardas-Europeias.ppt
 
Vanguardas européias revistas[1]
Vanguardas européias revistas[1]Vanguardas européias revistas[1]
Vanguardas européias revistas[1]
 
Vanguardas-Europeias.pdf
Vanguardas-Europeias.pdfVanguardas-Europeias.pdf
Vanguardas-Europeias.pdf
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Vanguardas2017 .
Vanguardas2017 .Vanguardas2017 .
Vanguardas2017 .
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
A Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XXA Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XX
 
Dadaismo
DadaismoDadaismo
Dadaismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 

Mais de Andre Guerra

Mais de Andre Guerra (20)

Barroco I guia
Barroco I guiaBarroco I guia
Barroco I guia
 
Capitães da Areia
Capitães da AreiaCapitães da Areia
Capitães da Areia
 
Morangos mofados
Morangos mofadosMorangos mofados
Morangos mofados
 
Quinhentismo no brasil
Quinhentismo no brasilQuinhentismo no brasil
Quinhentismo no brasil
 
Modernismo de 45
Modernismo de 45Modernismo de 45
Modernismo de 45
 
Naturalismo
NaturalismoNaturalismo
Naturalismo
 
Modernismo de 30
Modernismo de 30Modernismo de 30
Modernismo de 30
 
Invenção de orfeu
Invenção de orfeuInvenção de orfeu
Invenção de orfeu
 
As vítimas algozes
As vítimas algozesAs vítimas algozes
As vítimas algozes
 
Cadernos negros
Cadernos negrosCadernos negros
Cadernos negros
 
Vidas secas
Vidas secasVidas secas
Vidas secas
 
História da arte 1
História da arte 1História da arte 1
História da arte 1
 
Modernismo de 30
Modernismo de 30Modernismo de 30
Modernismo de 30
 
Modernismo de 30
Modernismo de 30Modernismo de 30
Modernismo de 30
 
Modernismo 1922
Modernismo   1922Modernismo   1922
Modernismo 1922
 
Senhora
SenhoraSenhora
Senhora
 
Gerações poéticas
Gerações poéticasGerações poéticas
Gerações poéticas
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
Leitura 2011
Leitura 2011Leitura 2011
Leitura 2011
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 

Vanguardas Européias

  • 1. PRIMEIROS ANOS DO SÉCULO XX VANGUARDAS EUROPÉIAS
  • 3. pintura ao ar livre e temas da vida cotidiana representação espontânea e direta do mundo. efeitos da luz natural sobre os cenários e modelos. Edouard Manet, Almoço na Relva – 1863
  • 5. Qual o valor da mulher hoje?
  • 6. “Um bar nas Folies-Bergères” – Manet
  • 8. primeiros pintores modernos escolhiam cenas de exteriores como temas: paisagens, pessoas humildes, etc.
  • 10. Esta tela apareceu em 1874, na primeira exposição do Grupo Impressionista. Pintada de manhã bem cedo no porto do Havre Seu título deu origem ao nome do movimento impressionista. Claude Monet, Impressão do Sol Nascente – 1872.
  • 12.
  • 13. Tudo se mistura. Nós é que devemos colocar limites. A folhagem se mistura com o céu O vestido de Alice se funde com a grama. As roseiras-trepadeiras unem-se à cerca A cadeira parece não existir. Alice Hoschedé no Jardim Claude Monet
  • 14. O Almoço dos Remadores, de Auguste Renoir. 
  • 16. "A Arte não é a verdade. A Arte é uma mentira que nos ensina a compreender a verdade". Pablo Picasso
  • 17.
  • 18. LesDemoiselles d''Avignon (1907) Pablo Picasso Marco inicial do Cubismo nudez feminina de uma forma inusitada figuras geométricas em lugar de formas reais, naturalmente arredondadas
  • 19. Picasso Mulher Chorando, 1937 nova forma de expressão um único objeto pode ser visto por diferentes ângulos ao mesmo tempo
  • 20. “Mulher em frente ao espelho” Pablo Picasso
  • 23.
  • 24. Oposição ao Impressionismo ressaltam a subjetividade recriar o mundo e não apenas a de absorvê-lo da mesma forma que é visto. objetividade da imagem subjetivismo da expressão. X VAN GOGH
  • 25. VAN GOGH – AUTO RETRATO O principal precursor deste movimento foi o pintor holandês Vincent Van Gogh, que, com seu estilo único, já manifestava, através de sua arte, os primeiros sinais do expressionismo.
  • 26. Van Gogh Os Comedores de Batata – Cores tristes e sombrias. Denúncia da dureza da vida dos pobres.
  • 27. “Campo de trigo com corvos”
  • 29.
  • 30. As obras de arte expressionistas mostram o estado psicológico e as denúncias sociais de uma sociedade que se considerava doente e na carência de um mundo melhor. O GRITO de MUNCH
  • 32. “A mulher boba” Anita Malfatti
  • 33. Anita Malfatti O HOMEM AMARELO
  • 34. O Expressionismo uma atitude em prol dos valores humanos num momento em que politicamente isto era o que menos interessava.  Interior de Pobres, 1921 - Lasar Segall
  • 35. Cândido Portinari mostra em suas telas a migração do povo nordestino para as grandes cidades.
  • 37. Todos vocês estão acusados: Levantem-se!De pé, como fariam para ouvir aMarselhesa ou Deus Salve o Rei...Dadá, sozinho, não cheira a nada;Não é nada, nada.É como as suas esperanças: Nada.Como o seu paraíso: NadaComo os seus ídolos: NadaComo os seus poíticos: NadaComo os seus heróis: NadaComo os seus artistas: Nada Como as suas religiões: Nada Vaiem, gritem, esmurrem meus dentes, e daí ?Continuarei dizendo que vocês são uns Débeis-mentais. Daqui a três meses, meus amigosE eu lhes estarei vendendo os seus retratos,por uns poucos francos."Manifesto Canibal Dadá (Francis Picabia), lido na noite DadáThéatre de la Maison de L'Oeuvre, Paris, 27 de março de 1920
  • 41. TEMAS QUE ENGRANDECEM A VIDA MODERNA: o automóvel a eletricidade a velocidade a máquina.
  • 42. Manifesto Futurista “Olhe-nos! Nós não estamos esfalfados...Nosso coração não tem a menor fadiga. Porque ele está nutrido pelo fogo, pelo ódio e pela velocidade!... Isso o espanta?” “Nós queremos glorificar a guerra – única higiene do mundo -, o militarismo, o patriotismo, o gesto destrutor dos anarquistas, as belas idéias que matam, e o menosprezo à mulher.” (FillipoTomaso Marinetti)
  • 43.
  • 44. GINO SEVERINI ricordi di viaggio
  • 46. SURREALISMO "Automatismo psíquico pelo qual alguém se propõe a exprimir, seja verbalmente, seja por escrito, seja de qualquer outra maneira, o funcionamento real do pensamento". André Breton
  • 47. SURREALISMO Salvador Dali Rejeição aos valores ditados pela burguesia Obras repletas de humor, sonhos, utopias e contrárias à lógica.
  • 48. “Sonho causado pelo vôo de uma abelha em torno de uma romã um segundo antes de acordar” Salvador Dali
  • 49. Década de 1930 expansão surrealista pelo mundo. Salvador Dali – A Persistência da Memória
  • 50. Salvador Dali Jovem virgem autosodomizada pelos cornos da sua Memória
  • 51.
  • 52. Surrealismo no Brasil
  • 53.
  • 54. O Modernismo Brasileiro absorveu as idéias do surrealismo Abaporu (Tarsila do Amaral)