SlideShare uma empresa Scribd logo
Transitividade Verbal
 Chama-se predicação verbal o resultado da ligação
que se estabelece entre o sujeito e o verbo e entre os
verbos e os complementos. Quanto à predicação, os
verbos podem ser intransitivos, transitivos ou
de ligação.
Verbo Intransitivo
É aquele que traz em si a ideia completa da ação, sem necessitar,
portanto, de um outro termo para completar o seu sentido. Sua
ação não transita.
Por Exemplo:
O avião caiu.
O verbo cair é intransitivo, pois encerra um significado completo. Se
desejar, o falante pode acrescentar outras informações, como:
local: O avião caiu sobre as casas da periferia.
modo: O avião caiu lentamente.
tempo: O avião caiu no mês passado.
Essas informações ampliam o significado do verbo, mas não são
necessárias para que se compreenda a informação básica.
Exemplos de verbos intransitivos:
 Meu irmão nasceu.
 Meu cachorro morreu.
 Minha avó caiu.
 O bebê dormiu.
 Eu chorei.
 Ela não sofreu.
Verbo Transitivo
É o verbo que vem acompanhado por complemento: quem
sente, sente algo; quem revela, revela algo a alguém. O
sentido desse verbo transita, isto é, segue adiante,
integrando-se aos complementos, para adquirir sentido
completo. Veja:
S. Simples Predicado
As crianças precisam de carinho.
1 2
1= Verbo Transitivo
2= Complemento Verbal (Objeto)
Verbo Transitivo Direto
 É o verbo que vem acompanhado por complemento:
quem sente, sente algo; quem revela, revela algo a
alguém. O sentido desse verbo transita, isto é, segue
adiante, integrando-se aos complementos, para
adquirir sentido completo.
 Indicam o quê ou quem.
Ex: Eu ouvi...
O quê? – Eu ouvi um barulho alto.
Quem? – Eu ouvi minha mãe.
Exemplos de V.T.D.:
 O lenhador cortou a árvore.
Sujeito: o lenhador
Predicado: cortou a árvore
Verbo transitivo direto: cortou (o quê?)
Objeto direto: a árvore
 A máquina destruiu os documentos.
Sujeito: a máquina
Predicado: destruiu os documentos
Verbo transitivo direto: destruiu (o quê?)
Objeto direto: os documentos
 A mãe ouviu o filho.
Sujeito: a mãe
Predicado: ouviu o filho
Verbo transitivo direto: ouviu (quem?)
Objeto direto: o filho
Verbo Transitivo Indireto
 É quando o complemento vem ligado ao
verbo indiretamente, com preposição obrigatória.
 Indicam de quê, para quê, de quem, para quem, em
quem,...
Ex: Eu preciso…
De quê? - Eu preciso de ajuda.
De quem? - Eu preciso de ti.
Eu acredito…
Em quê? - Eu acredito em vida extraterrestre.
Em quem? - Eu acredito em você.
Exemplos de V.T.I.:
 O filho desobedeceu ao pai.
Sujeito: o filho
Predicado: desobedeceu ao pai
Verbo transitivo indireto: desobedeceu (a quem?)
Objeto indireto: ao pai
 Eu necessito de ajuda imediata.
Sujeito: eu
Predicado: necessito de ajuda imediata.
Verbo transitivo indireto: necessito (de quê?)
Objeto indireto: de ajuda imediata
 A diretora conversou com o cliente.
Sujeito: a diretora
Predicado: conversou com o cliente
Verbo transitivo indireto: conversou (com quem?)
Objeto indireto: com o cliente
Verbo Transitivo Direto e Indireto
 É quando a ação contida no verbo transita para o complemento
direta e indiretamente, ao mesmo tempo.
 Indicam o quê ou quem, bem como de quê, para quê, de
quem, para quem, em quem,...
Ex: Eu emprestei…
O quê? - Eu emprestei um vestido.
A quem? - Eu emprestei um vestido à minha irmã.
Eu agradeci…
O quê? - Eu agradeci as doações.
A quem? - Eu agradeci as doações aos meus vizinhos.
Exemplos de V.T.D.I. (bitransitivos):
 Você já pagou a conta ao funcionário?
Sujeito: você
Predicado: pagou a conta ao funcionário
Verbo transitivo direto e indireto: pagou (o quê? a quem?)
Objeto direto: a conta
Objeto indireto: ao funcionário
 Ontem emprestei minha saia preferida à minha irmã.
Sujeito: eu (implícito)
Predicado: emprestei minha saia preferida à minha irmã.
Verbo transitivo direto e indireto: emprestei (o quê? a quem?)
Objeto direto: minha saia preferida
Objeto indireto: à minha irmã
 Eles agradeceram a atenção à secretária.
Sujeito: eles
Predicado: agradeceram a atenção à secretária.
Verbo transitivo direto e indireto: agradeceram (o quê? a quem?)
Objeto direto: a atenção
Objeto indireto: à secretária
1. Assinale as alternativas que contém verbos
bitransitivos.
( ) Paguei o débito ao cobrador.
( ) Felipe caiu no bueiro.
( ) Obedeço a meus pais.
( ) Cristo ensina que é preciso perdoar o pecado ao
pecador.
( ) Maria comprou o livro certo.
( ) Nós escutamos nossa música favorita.
( ) Ela contou tudo ao namorado.
( ) Agradeço aos ouvintes a audiência.
2. Classifique os complementos verbais destacados nas
frases abaixo:
a) O cachorro matou o rato.
____________________________
b) A menina trouxe água gelada.
____________________________
c) A cozinheira precisava de ajuda.
____________________________
d) Não desobedeço a meus pais.
____________________________
3. Analise a transitividade verbal das frases abaixo,
sublinhando o verbo e classificando-o:
a) A bruxa bebeu de sua poção mágica.
____________________
b) Os filhos devem obedecer aos pais.
____________________
c) O jornal dedicou uma página ao episódio.
___________________
d) A criança dorme confortavelmente.
_____________________
Verbos de Ligação
Verbos de ligação não indicam uma ação. Indicam
um estado, ligando uma característica ao sujeito.
Exemplos:
 Meus filhos são felizes.
 O diretor parece ansioso.
 Aquele aluno anda desatento.
 Eu estou extremamente chateada!
Principais verbos de ligação:
 Estar. Exemplo: Estou exausta!
 Parecer. Exemplo: Ela parece feliz com os resultados.
 Andar. Exemplo: Desde aquele episódio, andamos sempre
contentes.
 Ser. Exemplo: Eles são capazes de finalizar tudo até
amanhã?
 Viver. Exemplo: Vivem doentes.
 Ficar. Exemplo: Fico feliz com a notícia!
 Tornar-se. Exemplo: Ela se tornou um exemplo de vida.
 Virar. Exemplo: Depois de tudo, virou um santo...
 Permanecer. Exemplo: Ele permaneceu calado.
 Continuar. Exemplo: Ela continuou atenta ao trabalho.
4. Assinale as alternativas que possuem verbos de
ligação:
( ) O homem anda preocupado.
( ) A Terra gira.
( ) João está feliz.
( ) Manuela comeu todo o sorvete.
( ) Joice parece cansada.
( ) Nicole ficou triste.
Tipos de Sujeito
 O sujeito é alguém ou algo de quem/do que se fala. Os
sujeitos são classificados
em sujeito determinado (quando o sujeito é
identificado na
oração): simples, composto, oculto e sujeito indet
erminado (quando o sujeito não é identificado na
oração).
Sujeito Simples
 O sujeito será simples quando apresentar apenas um
núcleo, ou seja, quando for composto por uma única
palavra.
Exemplo: O dia está ensolarado.
Sujeito Composto
 O sujeito será composto quando possuir dois ou mais
núcleos, ou seja, quando apresentar duas ou mais
palavras responsáveis por constituir o sujeito.
Exemplo: Clarice Lispector e Caio Fernando Abreu
são populares nas redes sociais.
Sujeito Oculto
 O sujeito assim será classificado quando ele não for
explicitamente citado na oração. Mesmo que ele não
seja um elemento óbvio na construção frasal, será
possível identificá-lo por meio da análise do contexto
da oração e da desinência verbal.
Exemplo: (nós) Faremos uma visita aos nossos
amigos no final de semana.
Sujeito Indeterminado
 Ele é indeterminado, e isso não significa que ele não
exista na oração. Muitas vezes o enunciador não sabe
de quem se trata ou simplesmente não quer ou não
pode revelá-lo.
Exemplo: Roubaram minha carteira ontem.
Oração sem sujeito
 Nas orações sem sujeito, o sujeito é inexistente uma vez que são constituídas
por verbos impessoais, ou seja, que não admitem agentes da ação, como é o
caso de:
1) verbos que indicam fenômenos da natureza (amanheceu, anoiteceu, choveu,
nevou, ventou, trovejou, etc.).
2) verbo haver, quando empregado com sentido de existir, acontecer e
indicando tempo passado.
3) os verbos ser, fazer, haver, estar, ir e passar indicando tempo ou distância.
Exemplos:
 Trovejou durante a noite.
 Há boas palestras no congresso.
 Está na hora do intervalo.
Tipos de Predicado
 Para compreendermos os tipos de predicado existentes
na Língua Portuguesa, temos, primeiramente, que
saber a definição de predicado. Predicado é tudo o
que se declara acerca do sujeito, ou seja, é tudo que há
na frase que não é o sujeito.
Predicado Verbal
O predicado verbal possui obrigatoriamente um verbo, o
qual é o núcleo do predicado. O verbo é núcleo do
predicado quando é nocional, ou seja, que demonstra uma
ação.
Ex: Os alunos estudam todos os dias para o concurso.
Observe na frase que o verbo “estudam” evidencia uma
ação: o ato de estudar, e diz respeito ao sujeito “os alunos”
ao mesmo tempo que é complementado pelo restante do
predicado “todos os dias para o concurso”. Porém, como o
núcleo do predicado é o verbo “estudam”, chamamos o
predicado de verbal.
Predicado Nominal
No predicado nominal o núcleo do predicado é um nome, o qual exerce a
função de predicativo do sujeito.
Predicativo do sujeito é um termo que dá significado, atributo, característica ao
sujeito ou, ainda, exprime seu estado ou modo de ser. O predicativo é
conectado ao sujeito sempre através de um verbo de ligação.
1ª. Ela está cansada.
2ª. As taxas de juros continuam elevadas.
Observe na primeira oração que “cansada” é um atributo dado ao sujeito “Ela”.
O sujeito “Ela” e o predicado nominal “cansada” estão conectados pelo verbo de
ligação “está”.
Na segunda frase, observamos o mesmo processo anterior de análise:
perguntamos quem continua? e continua o quê? E temos as respostas: “as taxas
de juros” (sujeito) e “elevadas” (predicado nominal), ou seja, o predicativo
nominal só atribui significado ao sujeito quando ligado pelo verbo de ligação
(continuam). A oração só tem sentido pelo complemento (predicado)
“elevadas”, o qual é, portanto, o núcleo do predicado nominal.
1. Crie Sujeitos para os Predicados abaixo:
a) _____________ gostam de mim.
b) _____________ é muito forte.
c) _____________ é verde, amarela, azul e branca.
d) _____________ quer que eu seja feliz.
e) _____________ é muito sapeca.
f) _____________ roeu todo o meu sapato!
2. Crie Predicados para os Sujeitos abaixo:
a) Dona Rita __________________________
b) Minha mãe __________________________
c) Rebeca __________________________
d) Meu amigo tatuador __________________________
e) O cachorro da vizinha
__________________________
f) Aquela moça morena __________________________
3. Identifique e classifique os sujeitos e os predicados
nas frases abaixo:
a) Os alunos reclamaram da prova bimestral.
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________
b) Comemos batata-frita com refrigerante.
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________
c) O seu telefonema foi especial.
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________
d) Os alunos da Escola Monteiro Lobato ganharam medalha de
ouro nas olimpíadas de Matemática.
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
e) Fumar faz mal a saúde.
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
f) Aquela mulher parece uma criança.
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, Polissemia
Sinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, PolissemiaSinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, Polissemia
Sinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, Polissemia
efcamargo1968
 
Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
Tati Borlote Varanda
 
Substantivo slide
Substantivo slideSubstantivo slide
Substantivo slide
Andreia Berto
 
Sintaxe sintaxe
Sintaxe   sintaxeSintaxe   sintaxe
Sintaxe sintaxe
Colégio Santa Luzia
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
Julianne Rodrigues Pita
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
Vivian gusm?
 
Princípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométricaPrincípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométrica
O mundo da FÍSICA
 
Tipos e formas de frases
Tipos e formas de frasesTipos e formas de frases
Tipos e formas de frases
Paula Oliveira Cruz
 
Resistores
ResistoresResistores
Resistores
jessica Nogueira
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
Bruno Souza de Oliveira
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
whybells
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
Marco Antonio Sanches
 
Fórmulas de Eletrostática
Fórmulas de EletrostáticaFórmulas de Eletrostática
Fórmulas de Eletrostática
O mundo da FÍSICA
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
O mundo da FÍSICA
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
Vlamir Gama Rocha
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Flávio Ferreira
 
Simple past
Simple pastSimple past
Simple past
Scheyla Lima
 
Aula 02 Cálculo de limites - Conceitos Básicos
Aula 02   Cálculo de limites - Conceitos BásicosAula 02   Cálculo de limites - Conceitos Básicos
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Radiciação
www.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Radiciaçãowww.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Radiciação
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Radiciação
Aulas De Matemática Apoio
 

Mais procurados (20)

Sinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, Polissemia
Sinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, PolissemiaSinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, Polissemia
Sinônimos, Antônimos, Honônimos, Parônimos, Polissemia
 
Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
 
Substantivo slide
Substantivo slideSubstantivo slide
Substantivo slide
 
Sintaxe sintaxe
Sintaxe   sintaxeSintaxe   sintaxe
Sintaxe sintaxe
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
Princípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométricaPrincípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométrica
 
Tipos e formas de frases
Tipos e formas de frasesTipos e formas de frases
Tipos e formas de frases
 
Resistores
ResistoresResistores
Resistores
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
 
Fórmulas de Eletrostática
Fórmulas de EletrostáticaFórmulas de Eletrostática
Fórmulas de Eletrostática
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Simple past
Simple pastSimple past
Simple past
 
Aula 02 Cálculo de limites - Conceitos Básicos
Aula 02   Cálculo de limites - Conceitos BásicosAula 02   Cálculo de limites - Conceitos Básicos
Aula 02 Cálculo de limites - Conceitos Básicos
 
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Radiciação
www.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Radiciaçãowww.AulasDeMatematicaApoio.com  - Matemática - Radiciação
www.AulasDeMatematicaApoio.com - Matemática - Radiciação
 

Semelhante a transitividade.pdf

Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptxSlide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
ssuserf54fa01
 
PORTUGUES
PORTUGUESPORTUGUES
PORTUGUES
EDILENE CABRAL
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
Márcia De Bianci
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
Anna Paula
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
Lucia Silveira
 
4 apostila analise sintatico
4 apostila analise sintatico4 apostila analise sintatico
4 apostila analise sintatico
maria edineuma marreira
 
14ª lista de exercícios português
14ª lista de exercícios   português14ª lista de exercícios   português
14ª lista de exercícios português
José M Lourenço
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
Videoaulas De Português Apoio
 
Tipos de predicados
Tipos de predicadosTipos de predicados
Tipos de predicados
Dany Pimentel
 
Tipos de predicados
Tipos de predicadosTipos de predicados
Tipos de predicados
Dany Pimentel
 
Período simples.pptx
Período simples.pptxPeríodo simples.pptx
Período simples.pptx
GabrielVictor4010
 
Oracoes Subordinadas
Oracoes SubordinadasOracoes Subordinadas
Oracoes Subordinadas
Sebastião Herodes
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
gsbq
 
SINTAXE
SINTAXESINTAXE
Tempos verbais dicas
Tempos verbais dicasTempos verbais dicas
Tempos verbais dicas
Fabiana Arthur
 
7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt
7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt
7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt
Profa Denise Gonçalves
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
Andriane Cursino
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
AJFG1
 
Regenência completo
Regenência  completoRegenência  completo
Regenência completo
sandra
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracao
Sandra Paula
 

Semelhante a transitividade.pdf (20)

Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptxSlide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
 
PORTUGUES
PORTUGUESPORTUGUES
PORTUGUES
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
 
4 apostila analise sintatico
4 apostila analise sintatico4 apostila analise sintatico
4 apostila analise sintatico
 
14ª lista de exercícios português
14ª lista de exercícios   português14ª lista de exercícios   português
14ª lista de exercícios português
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
 
Tipos de predicados
Tipos de predicadosTipos de predicados
Tipos de predicados
 
Tipos de predicados
Tipos de predicadosTipos de predicados
Tipos de predicados
 
Período simples.pptx
Período simples.pptxPeríodo simples.pptx
Período simples.pptx
 
Oracoes Subordinadas
Oracoes SubordinadasOracoes Subordinadas
Oracoes Subordinadas
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
 
SINTAXE
SINTAXESINTAXE
SINTAXE
 
Tempos verbais dicas
Tempos verbais dicasTempos verbais dicas
Tempos verbais dicas
 
7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt
7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt
7º ano_transitividade verbal e vozes verbais_CEAG.ppt
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Regenência completo
Regenência  completoRegenência  completo
Regenência completo
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracao
 

Último

Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

transitividade.pdf

  • 1. Transitividade Verbal  Chama-se predicação verbal o resultado da ligação que se estabelece entre o sujeito e o verbo e entre os verbos e os complementos. Quanto à predicação, os verbos podem ser intransitivos, transitivos ou de ligação.
  • 2. Verbo Intransitivo É aquele que traz em si a ideia completa da ação, sem necessitar, portanto, de um outro termo para completar o seu sentido. Sua ação não transita. Por Exemplo: O avião caiu. O verbo cair é intransitivo, pois encerra um significado completo. Se desejar, o falante pode acrescentar outras informações, como: local: O avião caiu sobre as casas da periferia. modo: O avião caiu lentamente. tempo: O avião caiu no mês passado. Essas informações ampliam o significado do verbo, mas não são necessárias para que se compreenda a informação básica.
  • 3. Exemplos de verbos intransitivos:  Meu irmão nasceu.  Meu cachorro morreu.  Minha avó caiu.  O bebê dormiu.  Eu chorei.  Ela não sofreu.
  • 4. Verbo Transitivo É o verbo que vem acompanhado por complemento: quem sente, sente algo; quem revela, revela algo a alguém. O sentido desse verbo transita, isto é, segue adiante, integrando-se aos complementos, para adquirir sentido completo. Veja: S. Simples Predicado As crianças precisam de carinho. 1 2 1= Verbo Transitivo 2= Complemento Verbal (Objeto)
  • 5. Verbo Transitivo Direto  É o verbo que vem acompanhado por complemento: quem sente, sente algo; quem revela, revela algo a alguém. O sentido desse verbo transita, isto é, segue adiante, integrando-se aos complementos, para adquirir sentido completo.  Indicam o quê ou quem. Ex: Eu ouvi... O quê? – Eu ouvi um barulho alto. Quem? – Eu ouvi minha mãe.
  • 6. Exemplos de V.T.D.:  O lenhador cortou a árvore. Sujeito: o lenhador Predicado: cortou a árvore Verbo transitivo direto: cortou (o quê?) Objeto direto: a árvore  A máquina destruiu os documentos. Sujeito: a máquina Predicado: destruiu os documentos Verbo transitivo direto: destruiu (o quê?) Objeto direto: os documentos  A mãe ouviu o filho. Sujeito: a mãe Predicado: ouviu o filho Verbo transitivo direto: ouviu (quem?) Objeto direto: o filho
  • 7. Verbo Transitivo Indireto  É quando o complemento vem ligado ao verbo indiretamente, com preposição obrigatória.  Indicam de quê, para quê, de quem, para quem, em quem,... Ex: Eu preciso… De quê? - Eu preciso de ajuda. De quem? - Eu preciso de ti. Eu acredito… Em quê? - Eu acredito em vida extraterrestre. Em quem? - Eu acredito em você.
  • 8. Exemplos de V.T.I.:  O filho desobedeceu ao pai. Sujeito: o filho Predicado: desobedeceu ao pai Verbo transitivo indireto: desobedeceu (a quem?) Objeto indireto: ao pai  Eu necessito de ajuda imediata. Sujeito: eu Predicado: necessito de ajuda imediata. Verbo transitivo indireto: necessito (de quê?) Objeto indireto: de ajuda imediata  A diretora conversou com o cliente. Sujeito: a diretora Predicado: conversou com o cliente Verbo transitivo indireto: conversou (com quem?) Objeto indireto: com o cliente
  • 9. Verbo Transitivo Direto e Indireto  É quando a ação contida no verbo transita para o complemento direta e indiretamente, ao mesmo tempo.  Indicam o quê ou quem, bem como de quê, para quê, de quem, para quem, em quem,... Ex: Eu emprestei… O quê? - Eu emprestei um vestido. A quem? - Eu emprestei um vestido à minha irmã. Eu agradeci… O quê? - Eu agradeci as doações. A quem? - Eu agradeci as doações aos meus vizinhos.
  • 10. Exemplos de V.T.D.I. (bitransitivos):  Você já pagou a conta ao funcionário? Sujeito: você Predicado: pagou a conta ao funcionário Verbo transitivo direto e indireto: pagou (o quê? a quem?) Objeto direto: a conta Objeto indireto: ao funcionário  Ontem emprestei minha saia preferida à minha irmã. Sujeito: eu (implícito) Predicado: emprestei minha saia preferida à minha irmã. Verbo transitivo direto e indireto: emprestei (o quê? a quem?) Objeto direto: minha saia preferida Objeto indireto: à minha irmã  Eles agradeceram a atenção à secretária. Sujeito: eles Predicado: agradeceram a atenção à secretária. Verbo transitivo direto e indireto: agradeceram (o quê? a quem?) Objeto direto: a atenção Objeto indireto: à secretária
  • 11. 1. Assinale as alternativas que contém verbos bitransitivos. ( ) Paguei o débito ao cobrador. ( ) Felipe caiu no bueiro. ( ) Obedeço a meus pais. ( ) Cristo ensina que é preciso perdoar o pecado ao pecador. ( ) Maria comprou o livro certo. ( ) Nós escutamos nossa música favorita. ( ) Ela contou tudo ao namorado. ( ) Agradeço aos ouvintes a audiência.
  • 12. 2. Classifique os complementos verbais destacados nas frases abaixo: a) O cachorro matou o rato. ____________________________ b) A menina trouxe água gelada. ____________________________ c) A cozinheira precisava de ajuda. ____________________________ d) Não desobedeço a meus pais. ____________________________
  • 13. 3. Analise a transitividade verbal das frases abaixo, sublinhando o verbo e classificando-o: a) A bruxa bebeu de sua poção mágica. ____________________ b) Os filhos devem obedecer aos pais. ____________________ c) O jornal dedicou uma página ao episódio. ___________________ d) A criança dorme confortavelmente. _____________________
  • 14. Verbos de Ligação Verbos de ligação não indicam uma ação. Indicam um estado, ligando uma característica ao sujeito. Exemplos:  Meus filhos são felizes.  O diretor parece ansioso.  Aquele aluno anda desatento.  Eu estou extremamente chateada!
  • 15. Principais verbos de ligação:  Estar. Exemplo: Estou exausta!  Parecer. Exemplo: Ela parece feliz com os resultados.  Andar. Exemplo: Desde aquele episódio, andamos sempre contentes.  Ser. Exemplo: Eles são capazes de finalizar tudo até amanhã?  Viver. Exemplo: Vivem doentes.  Ficar. Exemplo: Fico feliz com a notícia!  Tornar-se. Exemplo: Ela se tornou um exemplo de vida.  Virar. Exemplo: Depois de tudo, virou um santo...  Permanecer. Exemplo: Ele permaneceu calado.  Continuar. Exemplo: Ela continuou atenta ao trabalho.
  • 16. 4. Assinale as alternativas que possuem verbos de ligação: ( ) O homem anda preocupado. ( ) A Terra gira. ( ) João está feliz. ( ) Manuela comeu todo o sorvete. ( ) Joice parece cansada. ( ) Nicole ficou triste.
  • 17. Tipos de Sujeito  O sujeito é alguém ou algo de quem/do que se fala. Os sujeitos são classificados em sujeito determinado (quando o sujeito é identificado na oração): simples, composto, oculto e sujeito indet erminado (quando o sujeito não é identificado na oração).
  • 18. Sujeito Simples  O sujeito será simples quando apresentar apenas um núcleo, ou seja, quando for composto por uma única palavra. Exemplo: O dia está ensolarado.
  • 19. Sujeito Composto  O sujeito será composto quando possuir dois ou mais núcleos, ou seja, quando apresentar duas ou mais palavras responsáveis por constituir o sujeito. Exemplo: Clarice Lispector e Caio Fernando Abreu são populares nas redes sociais.
  • 20. Sujeito Oculto  O sujeito assim será classificado quando ele não for explicitamente citado na oração. Mesmo que ele não seja um elemento óbvio na construção frasal, será possível identificá-lo por meio da análise do contexto da oração e da desinência verbal. Exemplo: (nós) Faremos uma visita aos nossos amigos no final de semana.
  • 21. Sujeito Indeterminado  Ele é indeterminado, e isso não significa que ele não exista na oração. Muitas vezes o enunciador não sabe de quem se trata ou simplesmente não quer ou não pode revelá-lo. Exemplo: Roubaram minha carteira ontem.
  • 22. Oração sem sujeito  Nas orações sem sujeito, o sujeito é inexistente uma vez que são constituídas por verbos impessoais, ou seja, que não admitem agentes da ação, como é o caso de: 1) verbos que indicam fenômenos da natureza (amanheceu, anoiteceu, choveu, nevou, ventou, trovejou, etc.). 2) verbo haver, quando empregado com sentido de existir, acontecer e indicando tempo passado. 3) os verbos ser, fazer, haver, estar, ir e passar indicando tempo ou distância. Exemplos:  Trovejou durante a noite.  Há boas palestras no congresso.  Está na hora do intervalo.
  • 23. Tipos de Predicado  Para compreendermos os tipos de predicado existentes na Língua Portuguesa, temos, primeiramente, que saber a definição de predicado. Predicado é tudo o que se declara acerca do sujeito, ou seja, é tudo que há na frase que não é o sujeito.
  • 24. Predicado Verbal O predicado verbal possui obrigatoriamente um verbo, o qual é o núcleo do predicado. O verbo é núcleo do predicado quando é nocional, ou seja, que demonstra uma ação. Ex: Os alunos estudam todos os dias para o concurso. Observe na frase que o verbo “estudam” evidencia uma ação: o ato de estudar, e diz respeito ao sujeito “os alunos” ao mesmo tempo que é complementado pelo restante do predicado “todos os dias para o concurso”. Porém, como o núcleo do predicado é o verbo “estudam”, chamamos o predicado de verbal.
  • 25. Predicado Nominal No predicado nominal o núcleo do predicado é um nome, o qual exerce a função de predicativo do sujeito. Predicativo do sujeito é um termo que dá significado, atributo, característica ao sujeito ou, ainda, exprime seu estado ou modo de ser. O predicativo é conectado ao sujeito sempre através de um verbo de ligação. 1ª. Ela está cansada. 2ª. As taxas de juros continuam elevadas. Observe na primeira oração que “cansada” é um atributo dado ao sujeito “Ela”. O sujeito “Ela” e o predicado nominal “cansada” estão conectados pelo verbo de ligação “está”. Na segunda frase, observamos o mesmo processo anterior de análise: perguntamos quem continua? e continua o quê? E temos as respostas: “as taxas de juros” (sujeito) e “elevadas” (predicado nominal), ou seja, o predicativo nominal só atribui significado ao sujeito quando ligado pelo verbo de ligação (continuam). A oração só tem sentido pelo complemento (predicado) “elevadas”, o qual é, portanto, o núcleo do predicado nominal.
  • 26. 1. Crie Sujeitos para os Predicados abaixo: a) _____________ gostam de mim. b) _____________ é muito forte. c) _____________ é verde, amarela, azul e branca. d) _____________ quer que eu seja feliz. e) _____________ é muito sapeca. f) _____________ roeu todo o meu sapato!
  • 27. 2. Crie Predicados para os Sujeitos abaixo: a) Dona Rita __________________________ b) Minha mãe __________________________ c) Rebeca __________________________ d) Meu amigo tatuador __________________________ e) O cachorro da vizinha __________________________ f) Aquela moça morena __________________________
  • 28. 3. Identifique e classifique os sujeitos e os predicados nas frases abaixo: a) Os alunos reclamaram da prova bimestral. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________ b) Comemos batata-frita com refrigerante. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________ c) O seu telefonema foi especial. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________
  • 29. d) Os alunos da Escola Monteiro Lobato ganharam medalha de ouro nas olimpíadas de Matemática. _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ e) Fumar faz mal a saúde. _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ f) Aquela mulher parece uma criança. _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________