SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
 
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
Efeitos do Bullying: •  Quando praticado de forma persistente pode ter um ou vários efeitos no sujeito como em casos mais graves, o sentimento de rejeição pode evoluir para algum tipo de transtorno ou chegar ao suicídio, como vimos a pouco tempo o caso do Wellington Menezes, que sofreu de Bullying quando criança, e essa magoa de ser descriminado pelos colegas foi crescendo dentro dele, o que  acabou fazendo com que ele se revoltasse de tudo isso e matasse crianças inocentes e cometendo seu próprio suicídio.
Agora vamos apresentar um texto para que todos que estão aqui assistindo a esse vídeo possam refletir sobre o mau em que fazemos quando rejeitamos, agredimos,desrespeitamos, e judiamos de um colega!
Se você se acha o valentão.  Cuidado!  Quem é o valentão acaba no chão.  Se você bate nos pequenos.  Cuidado!  Eles crescerão.  Se você xinga ou ofende alguém.  Cuidado!  Alguém pode ofender você.  Olhe-se no espelho!  O espelho não mente você é um Ser humano.  Então, não haja como se fosse um animal.  Todos nós fomos feitos à imagem e semelhança de Deus.  Deus não quer ver a sua imagem e semelhança brigando,  xingando e apelidando o próximo.  Somos Iguais!  Seja uma pessoa civilizada.
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

O Bullying Nas Escolas
O Bullying Nas EscolasO Bullying Nas Escolas
O Bullying Nas Escolas
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying school work
Bullying school workBullying school work
Bullying school work
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
 
Bullyng slides
Bullyng slidesBullyng slides
Bullyng slides
 
Bullying para se usar em reuniões na escola
Bullying para se usar em reuniões na escola Bullying para se usar em reuniões na escola
Bullying para se usar em reuniões na escola
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
 
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
 
Bullying cartoon
Bullying   cartoonBullying   cartoon
Bullying cartoon
 
Quebrando o Silêncio - Abaixo o Bullying
Quebrando o Silêncio - Abaixo o BullyingQuebrando o Silêncio - Abaixo o Bullying
Quebrando o Silêncio - Abaixo o Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bulling power
Bulling powerBulling power
Bulling power
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Gabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7CGabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7C
 
Power point o bully
Power point o bullyPower point o bully
Power point o bully
 
Vídeo aula 28
Vídeo aula 28Vídeo aula 28
Vídeo aula 28
 

Semelhante a Trab port juliano

Semelhante a Trab port juliano (20)

Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying2
Bullying2Bullying2
Bullying2
 
Bullying2
Bullying2Bullying2
Bullying2
 
Ed. física bullying
Ed. física  bullyingEd. física  bullying
Ed. física bullying
 
Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança ! Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança !
 
O que é bullying
O que é bullyingO que é bullying
O que é bullying
 
Aula 04 Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
Aula 04  Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017 Aula 04  Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
Aula 04 Adolescentes I Bullying um problema social I EBD 2017
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Bullying nas escolas, como evita-lo.pptx
Bullying nas escolas, como evita-lo.pptxBullying nas escolas, como evita-lo.pptx
Bullying nas escolas, como evita-lo.pptx
 

Mais de cedhc

Trab 1
Trab 1Trab 1
Trab 1cedhc
 
Artes
ArtesArtes
Artescedhc
 
Projeto meu rio silvana
Projeto meu rio silvanaProjeto meu rio silvana
Projeto meu rio silvanacedhc
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1cedhc
 
Olhos coloridos
Olhos coloridosOlhos coloridos
Olhos coloridoscedhc
 
Olhos coloridos
Olhos coloridosOlhos coloridos
Olhos coloridoscedhc
 
Mensagem estudante
Mensagem estudanteMensagem estudante
Mensagem estudantecedhc
 

Mais de cedhc (7)

Trab 1
Trab 1Trab 1
Trab 1
 
Artes
ArtesArtes
Artes
 
Projeto meu rio silvana
Projeto meu rio silvanaProjeto meu rio silvana
Projeto meu rio silvana
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Olhos coloridos
Olhos coloridosOlhos coloridos
Olhos coloridos
 
Olhos coloridos
Olhos coloridosOlhos coloridos
Olhos coloridos
 
Mensagem estudante
Mensagem estudanteMensagem estudante
Mensagem estudante
 

Último

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 

Último (20)

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 

Trab port juliano

  • 1.  
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8. Efeitos do Bullying: • Quando praticado de forma persistente pode ter um ou vários efeitos no sujeito como em casos mais graves, o sentimento de rejeição pode evoluir para algum tipo de transtorno ou chegar ao suicídio, como vimos a pouco tempo o caso do Wellington Menezes, que sofreu de Bullying quando criança, e essa magoa de ser descriminado pelos colegas foi crescendo dentro dele, o que acabou fazendo com que ele se revoltasse de tudo isso e matasse crianças inocentes e cometendo seu próprio suicídio.
  • 9. Agora vamos apresentar um texto para que todos que estão aqui assistindo a esse vídeo possam refletir sobre o mau em que fazemos quando rejeitamos, agredimos,desrespeitamos, e judiamos de um colega!
  • 10. Se você se acha o valentão. Cuidado! Quem é o valentão acaba no chão. Se você bate nos pequenos. Cuidado! Eles crescerão. Se você xinga ou ofende alguém. Cuidado! Alguém pode ofender você. Olhe-se no espelho! O espelho não mente você é um Ser humano. Então, não haja como se fosse um animal. Todos nós fomos feitos à imagem e semelhança de Deus. Deus não quer ver a sua imagem e semelhança brigando, xingando e apelidando o próximo. Somos Iguais! Seja uma pessoa civilizada.
  • 11. Fim