SlideShare uma empresa Scribd logo
Bullying Uma brincadeira que não tem graça
O que é Bullying? Bullying  é uma situação caracterizada por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de um ou mais alunos contra um ou mais colegas.
Bullying  é um termo utilizado para  descrever atos de violência física  ou psicológica, intencionais e repetidos,  praticados por um indivíduo ou grupo de  indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa incapaz de se defender.
Quando a agressividade passa a ser Bullying ?   É comum que as crianças passem por situações na vida, em que se sintam fragilizadas e em decorrência disso tornem-se temporariamente agressivas.    Mas, há casos em que se observa algo diferente: algumas crianças apresentam uma agressividade não apenas transitória, mas permanente. Parecem estar sempre provocando situações de briga.
Eis alguns motivos para que essas crianças se tornem agressores crônicos, possíveis autores de Bullying. · Porque foram mal acostumadas e por isso esperam que todo mundo faça todas as suas vontades e atenda sempre às suas ordens. · Gostam de experimentar a sensação de poder. · Não se sentem bem com outras crianças, tendo dificuldade de relacionamento. · Sentem-se inseguras e inadequadas. · Sofrem intimidações ou são tratados como bodes expiatórios em suas casas.
· São freqüentemente humilhadas pelos adultos.    · Vivem sob constante e intensa pressão para que  tenham sucesso em suas atividades. ·  Evidentemente, essas crianças precisam de ajuda, mais do que de punição. Torna-se urgente dar assistência a elas, para que se possa interromper esse ciclo de violência que vai se  instalando em suas vidas.
Muitas vezes, a criança não sabe a quem recorrer quando é vítima de agressão. Isso ocorre por diversos motivos: por medo de maiores agressões; vergonha de se expor a situação; por achar que é merecedora das agressões; por falta de oportunidade de conversar, e etc.  Por isso, é importante para os pais acompanharem a rotina de seus filhos e nunca dizerem a eles para  "deixarem pra lá " , porque eles podem não querer mais recorrer aos pais, já que nada é feito e apenas " deixa-se pra lá" !    Ensine formas de se defender, formas de como procurar ajuda, e se a criança for muito tímida e tiver dificuldades de interagir com outros, procure por ajuda de psicólogos para orientá-los.
Quais são as conseqüências do bullying?   A criança   poderá crescer com sentimentos negativos, especialmente com baixa auto-estima, tornando-se um adulto com sérios problemas de relacionamento.   Poderá assumir, também, um comportamento agressivo, ou tender à depressão. No trabalho, poderá sofrer ou praticar o bullying.
ATENÇÃO !  O BULLYING É RUIM PARA TODOS!   Para que pratica:   Pode tornar-se um adulto violento, inclusive com a família;  Pode envolver-se em atos criminosos;  Para quem testemunha: Tem medo de vir a sofrer bullying; Sente-se intimidado, indefeso e inseguro;  Sente medo de ir à escola;   Para quem sofre:   Sente-se humilhado  Seu aprendizado é prejudicado;  Pode ter reações violentas; Tem medo de ir à escola;   Pode tentar ou cometer suicídio
Conclusão: É melhor pensar antes de maltratar seu colega, de fazer brincadeiras. Uma simples brincadeira não até não acaba em dor, não acaba em morte, mais em cicatrizes e cicatrizes pra vida toda.   Já que não podemos acabar com o bullying, vamos ajudar a combater, a diminuir, pois o seu colega pode estar sofrendo com essa “simples brincadeira” !
Izabella Isadora Mirella Karolaine Alunos:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bullying
BullyingBullying
Bulling trabalho de stc 7
Bulling trabalho de stc 7Bulling trabalho de stc 7
Bulling trabalho de stc 7
sonia
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
Diana Cancela
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Folder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVBFolder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVB
Reginauro Ortega
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
osorioramos
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
luadeouro
 
Tudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o CyberbullyingTudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o Cyberbullying
aevelynrocha
 
Ed. física bullying
Ed. física  bullyingEd. física  bullying
Ed. física bullying
Walkiria Zanuncio
 
Bruna bullying 8 c
Bruna bullying 8 cBruna bullying 8 c
Bruna bullying 8 c
navegananet
 
Bulling
BullingBulling
Oquefazer
OquefazerOquefazer
Oquefazer
fc7c0809
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Alziany Mello
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
monikardozo
 

Mais procurados (16)

Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bulling trabalho de stc 7
Bulling trabalho de stc 7Bulling trabalho de stc 7
Bulling trabalho de stc 7
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Folder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVBFolder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVB
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
 
Tudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o CyberbullyingTudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o Cyberbullying
 
Ed. física bullying
Ed. física  bullyingEd. física  bullying
Ed. física bullying
 
Bruna bullying 8 c
Bruna bullying 8 cBruna bullying 8 c
Bruna bullying 8 c
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
 
Oquefazer
OquefazerOquefazer
Oquefazer
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 

Destaque

Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
jackzeus
 
Cartadeamericano
CartadeamericanoCartadeamericano
Cartadeamericano
guest1edc15c
 
Claudio diniz alves 7 dgn apresentação revisão histórica do design editorial
Claudio diniz alves 7 dgn    apresentação revisão histórica do design editorialClaudio diniz alves 7 dgn    apresentação revisão histórica do design editorial
Claudio diniz alves 7 dgn apresentação revisão histórica do design editorial
Claudio Diniz - Designer Gráfico
 
Eduquemos a los niños para ser emprendedores
Eduquemos a los niños para ser emprendedoresEduquemos a los niños para ser emprendedores
Eduquemos a los niños para ser emprendedores
Jannett Hoo
 
Mini curso aula 04
Mini curso aula 04Mini curso aula 04
Mini curso aula 04
Victor Maia Senna Delgado
 
Ord.incendio zgoza
Ord.incendio zgozaOrd.incendio zgoza
Ord.incendio zgoza
Noelia Leciñena López
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
Instituto Faça Parte
 
Fé e esperança
Fé e esperançaFé e esperança
Fé e esperança
Luis Eduardo
 
Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...
Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...
Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...
Anderson Pinho
 
Lubango lindo...
Lubango lindo...Lubango lindo...
Lubango lindo...
guestddb2e5ba
 
Prosperidade
ProsperidadeProsperidade
Prosperidade
Luis Eduardo
 
Confie
ConfieConfie
Pára quedas
Pára quedasPára quedas
Pára quedas
guest1edc15c
 
Aeroporto em portugal
Aeroporto em portugalAeroporto em portugal
Aeroporto em portugal
guest1edc15c
 
Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02
Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02
Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02
Isabel Santos
 
Como se hizo el fraude paso a paso
Como se hizo el fraude paso a pasoComo se hizo el fraude paso a paso
Como se hizo el fraude paso a paso
FRAUDEVENEZUELA
 
óBidos 2 sérgio
óBidos 2 sérgioóBidos 2 sérgio
óBidos 2 sérgio
DianaROliveira
 
Mídia em transformação
Mídia em transformaçãoMídia em transformação
Mídia em transformação
Content Stuff
 
Inova Whirlpool
Inova WhirlpoolInova Whirlpool
Instalación de windows 7
Instalación de windows 7Instalación de windows 7
Instalación de windows 7
Juan Krlos
 

Destaque (20)

Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Cartadeamericano
CartadeamericanoCartadeamericano
Cartadeamericano
 
Claudio diniz alves 7 dgn apresentação revisão histórica do design editorial
Claudio diniz alves 7 dgn    apresentação revisão histórica do design editorialClaudio diniz alves 7 dgn    apresentação revisão histórica do design editorial
Claudio diniz alves 7 dgn apresentação revisão histórica do design editorial
 
Eduquemos a los niños para ser emprendedores
Eduquemos a los niños para ser emprendedoresEduquemos a los niños para ser emprendedores
Eduquemos a los niños para ser emprendedores
 
Mini curso aula 04
Mini curso aula 04Mini curso aula 04
Mini curso aula 04
 
Ord.incendio zgoza
Ord.incendio zgozaOrd.incendio zgoza
Ord.incendio zgoza
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
 
Fé e esperança
Fé e esperançaFé e esperança
Fé e esperança
 
Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...
Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...
Algoritmos Genéticos com Inspiração Quântica e Representação Mista Aplicados ...
 
Lubango lindo...
Lubango lindo...Lubango lindo...
Lubango lindo...
 
Prosperidade
ProsperidadeProsperidade
Prosperidade
 
Confie
ConfieConfie
Confie
 
Pára quedas
Pára quedasPára quedas
Pára quedas
 
Aeroporto em portugal
Aeroporto em portugalAeroporto em portugal
Aeroporto em portugal
 
Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02
Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02
Adisoncitelle1 100628120047-phpapp02
 
Como se hizo el fraude paso a paso
Como se hizo el fraude paso a pasoComo se hizo el fraude paso a paso
Como se hizo el fraude paso a paso
 
óBidos 2 sérgio
óBidos 2 sérgioóBidos 2 sérgio
óBidos 2 sérgio
 
Mídia em transformação
Mídia em transformaçãoMídia em transformação
Mídia em transformação
 
Inova Whirlpool
Inova WhirlpoolInova Whirlpool
Inova Whirlpool
 
Instalación de windows 7
Instalación de windows 7Instalación de windows 7
Instalación de windows 7
 

Semelhante a O que é bullying

C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
Sonia Galves
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
Sonia Galves
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
Flávia Cunha Lima
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
Flávia Cunha Lima
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
Flávia Cunha Lima
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Livres.art.br
 
Bullying marcelo
Bullying marceloBullying marcelo
Bullying marcelo
Marcelo da Rocha Carvalho
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
Fabio Cruz
 
Esteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolarEsteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolar
Licínia Simões
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
Isabel Cabral
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
Isabel Cabral
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança ! Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança !
Fidel Casttro
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
Antonio Reali
 
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
Antonio Reali
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
francisleide
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
francisleide
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
francisleide
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
veronicasilva
 
Bullying
BullyingBullying

Semelhante a O que é bullying (20)

C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying marcelo
Bullying marceloBullying marcelo
Bullying marcelo
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
 
Esteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolarEsteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolar
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança ! Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança !
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
 
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 

Mais de Escola Dom Inácio

Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
BullyngBullyng
O que é bullying
O que é bullyingO que é bullying
O que é bullying
Escola Dom Inácio
 
Século xv navegações- versão simples para blog
Século xv  navegações- versão simples para blogSéculo xv  navegações- versão simples para blog
Século xv navegações- versão simples para blog
Escola Dom Inácio
 
Século xv navegações
Século xv  navegaçõesSéculo xv  navegações
Século xv navegações
Escola Dom Inácio
 
Educar o olhar (2)
Educar o olhar (2)Educar o olhar (2)
Educar o olhar (2)
Escola Dom Inácio
 

Mais de Escola Dom Inácio (6)

Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
O que é bullying
O que é bullyingO que é bullying
O que é bullying
 
Século xv navegações- versão simples para blog
Século xv  navegações- versão simples para blogSéculo xv  navegações- versão simples para blog
Século xv navegações- versão simples para blog
 
Século xv navegações
Século xv  navegaçõesSéculo xv  navegações
Século xv navegações
 
Educar o olhar (2)
Educar o olhar (2)Educar o olhar (2)
Educar o olhar (2)
 

Último

Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 

O que é bullying

  • 1. Bullying Uma brincadeira que não tem graça
  • 2. O que é Bullying? Bullying é uma situação caracterizada por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de um ou mais alunos contra um ou mais colegas.
  • 3. Bullying  é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa incapaz de se defender.
  • 4. Quando a agressividade passa a ser Bullying ? É comum que as crianças passem por situações na vida, em que se sintam fragilizadas e em decorrência disso tornem-se temporariamente agressivas. Mas, há casos em que se observa algo diferente: algumas crianças apresentam uma agressividade não apenas transitória, mas permanente. Parecem estar sempre provocando situações de briga.
  • 5. Eis alguns motivos para que essas crianças se tornem agressores crônicos, possíveis autores de Bullying. · Porque foram mal acostumadas e por isso esperam que todo mundo faça todas as suas vontades e atenda sempre às suas ordens. · Gostam de experimentar a sensação de poder. · Não se sentem bem com outras crianças, tendo dificuldade de relacionamento. · Sentem-se inseguras e inadequadas. · Sofrem intimidações ou são tratados como bodes expiatórios em suas casas.
  • 6. · São freqüentemente humilhadas pelos adultos.   · Vivem sob constante e intensa pressão para que tenham sucesso em suas atividades. · Evidentemente, essas crianças precisam de ajuda, mais do que de punição. Torna-se urgente dar assistência a elas, para que se possa interromper esse ciclo de violência que vai se instalando em suas vidas.
  • 7. Muitas vezes, a criança não sabe a quem recorrer quando é vítima de agressão. Isso ocorre por diversos motivos: por medo de maiores agressões; vergonha de se expor a situação; por achar que é merecedora das agressões; por falta de oportunidade de conversar, e etc. Por isso, é importante para os pais acompanharem a rotina de seus filhos e nunca dizerem a eles para  "deixarem pra lá " , porque eles podem não querer mais recorrer aos pais, já que nada é feito e apenas " deixa-se pra lá" ! Ensine formas de se defender, formas de como procurar ajuda, e se a criança for muito tímida e tiver dificuldades de interagir com outros, procure por ajuda de psicólogos para orientá-los.
  • 8. Quais são as conseqüências do bullying? A criança poderá crescer com sentimentos negativos, especialmente com baixa auto-estima, tornando-se um adulto com sérios problemas de relacionamento. Poderá assumir, também, um comportamento agressivo, ou tender à depressão. No trabalho, poderá sofrer ou praticar o bullying.
  • 9. ATENÇÃO ! O BULLYING É RUIM PARA TODOS! Para que pratica: Pode tornar-se um adulto violento, inclusive com a família; Pode envolver-se em atos criminosos; Para quem testemunha: Tem medo de vir a sofrer bullying; Sente-se intimidado, indefeso e inseguro; Sente medo de ir à escola; Para quem sofre: Sente-se humilhado Seu aprendizado é prejudicado; Pode ter reações violentas; Tem medo de ir à escola; Pode tentar ou cometer suicídio
  • 10. Conclusão: É melhor pensar antes de maltratar seu colega, de fazer brincadeiras. Uma simples brincadeira não até não acaba em dor, não acaba em morte, mais em cicatrizes e cicatrizes pra vida toda. Já que não podemos acabar com o bullying, vamos ajudar a combater, a diminuir, pois o seu colega pode estar sofrendo com essa “simples brincadeira” !
  • 11. Izabella Isadora Mirella Karolaine Alunos: