SlideShare uma empresa Scribd logo
Seja uma pessoa civilizada. Diga não ao Bullying! Diga não à violência! Bullying
O que éBullying é caracterizado por agressões intencionais, verbais ou físicas, de maneira repetitiva, por alunos contra alunos. Ex: apelidos, humilhações racistas, difamatórias, etc.
Ele pode ocorrer em vários lugares como escolas, universidades, famílias e locais de trabalho.
A pessoa que sofre bullying fica com um estado emocional tão abalado que em alguns casos chega a optar por soluções trágicas, como o suicídio.
O que não é Discussões, brigas ou conflitos entre professor e aluno ou aluno com aluno.
Para se considerar bullying a violência precisa apresentar intenção de ferir o alvo, a repetição da agressão e a presença de um público espectador.Porque ocorreO que leva uma pessoa a praticar o bullying é que ela não consegue controlar sua raiva e transformá-la em dialogo, então começa a descontar nas pessoas que estão ao seu redor e utiliza essas humilhações para se tornar popular.
Muitas vezes o praticante do bullying não tem uma boa relação com sua família, onde tudo é resolvido na base da violência física ou verbal.
Pessoas que são diferentes uma da outras como no modo de falar, de se vestir, na altura, no peso, entre outros, são um grande alvo para o bullying.ConsequênciasO aluno que sofre bullying começa a ter medo e vergonha de ir à escola, pode abandonar seus estudos, só por se sentir “diferente” dos outros. Bullying com agressão física ou moral?As duas formas de agressões são graves, mais a agressão física é pior que a agressão moral, pois a moral só fica em xingamentos e fofocas já a agressão física a pessoa é agredida fisicamente podendo causar grandes ferimentos e lesões.
Existe uma grande diferença entre o bullying praticado por meninos e por meninas, pois os meninos são agressivos, portanto é mais fácil de identificar a agressão. Já as meninas ficam em olhares, fofocas, sussurros e exclusão, dificultando a identificação da agressão.O que fazer para evitar o bullyingTodo ambiente escolar pode apresentar esse tipo de problema, então o primeiro passo para evitar o bullying é a própria escola admitir que está  propícia a ter problemas com ele, além de informar os professores e os alunos sobre o que é bullying e que sua prática não será permitida.Como agir Em relação ao autor da agressão, a escola deve se voltar à recuperação de valores essenciais, como o respeito aos sentimentos do alvo ao sofrer a agressão.
Já o alvo deve receber acompanhamento para o fortalecimento de sua auto-estima e se sentir seguro para conversar sobre o ocorrido.
É também essencial que um trabalho de conscientização seja feito com os outros alunos que assistiram ao bullying, para que a violência não se repita em outras ocasiões.CyberbullyingO bullying também ocorre em rede virtual, como em e-mail, Orkut, facebook, twitter e muito mais com mensagens difamatórias ou até mesmo ameaças.
Com isso, as coisas podem piorar, pois como as pessoas não vão estar de frente uma com a outra, as mensagens poderão continuar e ainda os efeitos podem ser piores e mais graves.
ConsequênciasAs pessoas prejudicadas se sentem inseguras em qualquer lugar, e dependendo do ato difamatório, sentem-se envergonhadas  até na própria cidade, com os amigos, família etc.
Muitos passam por isso por não terem conhecimento de que algumas redes sociais são falsas e só querem o  mal de pessoas ingênuas ou com falta de conhecimento sobre tal assunto.Como evitarO que muitos chamam de brincadeira pode destruir a vida de pessoas, principalmente seu futuro.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bullying virtual
Bullying virtualBullying virtual
Bullying virtual
Suely Santos
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
ap3bmachado
 
Cartaz bullying
Cartaz   bullyingCartaz   bullying
Cartaz bullying
PeroVaz
 
Folheto (alunos e enc. educ.
Folheto (alunos e enc. educ.Folheto (alunos e enc. educ.
Folheto (alunos e enc. educ.
PeroVaz
 
Panfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullyingPanfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullying
Faculdade União de Goyazes
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
MarshmallowAzul
 
Informativo Bullying
Informativo BullyingInformativo Bullying
Informativo Bullying
navarrolins
 
Tudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o CyberbullyingTudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o Cyberbullying
aevelynrocha
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Livres.art.br
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
Anderson Hipolito Albuquerque Sousa
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
adajosem
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
Thais Santos
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
rose Nascimento
 
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullyingCartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
LIVIA L.LAGE
 
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Elisabete Guedes
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
eeiefjas
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
Branadenses
 

Mais procurados (19)

Bullying virtual
Bullying virtualBullying virtual
Bullying virtual
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Cartaz bullying
Cartaz   bullyingCartaz   bullying
Cartaz bullying
 
Folheto (alunos e enc. educ.
Folheto (alunos e enc. educ.Folheto (alunos e enc. educ.
Folheto (alunos e enc. educ.
 
Panfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullyingPanfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Informativo Bullying
Informativo BullyingInformativo Bullying
Informativo Bullying
 
Tudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o CyberbullyingTudo sobre o Cyberbullying
Tudo sobre o Cyberbullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
 
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
ApresentaçãO Do Bullying Palestra 2007
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullyingCartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
Cartilha 2010 justiça nas escolas -bullying
 
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 

Semelhante a Bullying

Bullying
BullyingBullying
Bullying
Matheus Fellipe
 
Bullyng no ambiente escolar
Bullyng no ambiente escolarBullyng no ambiente escolar
Bullyng no ambiente escolar
Israel Deus
 
Jonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolar
Jonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolarJonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolar
Jonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolar
Israel Deus
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
veronicasilva
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
jackzeus
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
jackzeus
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
Fabio Cruz
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
luadeouro
 
Bullying trabalho
Bullying trabalhoBullying trabalho
Bullying trabalho
Branadenses2
 
BullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdfBullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdf
ssuser7869761
 
Projeto Bullying
Projeto BullyingProjeto Bullying
Projeto Bullying
barreto coelho
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
rfzamith
 
Projeto bullyng
Projeto bullyngProjeto bullyng
Projeto bullyng
Escola
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
sonaraBol
 
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Maria DO Carmo Mendonça
 
Bullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutraBullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutra
Belucci Bernardino
 
Bullying
BullyingBullying
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
Antonio Reali
 
Gabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7CGabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7C
Julio Mesquita
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
Antonio Reali
 

Semelhante a Bullying (20)

Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullyng no ambiente escolar
Bullyng no ambiente escolarBullyng no ambiente escolar
Bullyng no ambiente escolar
 
Jonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolar
Jonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolarJonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolar
Jonathan arruda dione_soares_bullyng no ambiente escolar
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Trabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullyingTrabalho sobre bullying
Trabalho sobre bullying
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
 
Bullying trabalho
Bullying trabalhoBullying trabalho
Bullying trabalho
 
BullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdfBullyWebPageAE.pdf
BullyWebPageAE.pdf
 
Projeto Bullying
Projeto BullyingProjeto Bullying
Projeto Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Projeto bullyng
Projeto bullyngProjeto bullyng
Projeto bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
Bullyingassedio 121127083910-phpapp01
 
Bullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutraBullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutra
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
 
Gabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7CGabriel e Jessica 7C
Gabriel e Jessica 7C
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
 

Último

Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 

Bullying

  • 1. Seja uma pessoa civilizada. Diga não ao Bullying! Diga não à violência! Bullying
  • 2. O que éBullying é caracterizado por agressões intencionais, verbais ou físicas, de maneira repetitiva, por alunos contra alunos. Ex: apelidos, humilhações racistas, difamatórias, etc.
  • 3. Ele pode ocorrer em vários lugares como escolas, universidades, famílias e locais de trabalho.
  • 4. A pessoa que sofre bullying fica com um estado emocional tão abalado que em alguns casos chega a optar por soluções trágicas, como o suicídio.
  • 5. O que não é Discussões, brigas ou conflitos entre professor e aluno ou aluno com aluno.
  • 6. Para se considerar bullying a violência precisa apresentar intenção de ferir o alvo, a repetição da agressão e a presença de um público espectador.Porque ocorreO que leva uma pessoa a praticar o bullying é que ela não consegue controlar sua raiva e transformá-la em dialogo, então começa a descontar nas pessoas que estão ao seu redor e utiliza essas humilhações para se tornar popular.
  • 7. Muitas vezes o praticante do bullying não tem uma boa relação com sua família, onde tudo é resolvido na base da violência física ou verbal.
  • 8. Pessoas que são diferentes uma da outras como no modo de falar, de se vestir, na altura, no peso, entre outros, são um grande alvo para o bullying.ConsequênciasO aluno que sofre bullying começa a ter medo e vergonha de ir à escola, pode abandonar seus estudos, só por se sentir “diferente” dos outros. Bullying com agressão física ou moral?As duas formas de agressões são graves, mais a agressão física é pior que a agressão moral, pois a moral só fica em xingamentos e fofocas já a agressão física a pessoa é agredida fisicamente podendo causar grandes ferimentos e lesões.
  • 9. Existe uma grande diferença entre o bullying praticado por meninos e por meninas, pois os meninos são agressivos, portanto é mais fácil de identificar a agressão. Já as meninas ficam em olhares, fofocas, sussurros e exclusão, dificultando a identificação da agressão.O que fazer para evitar o bullyingTodo ambiente escolar pode apresentar esse tipo de problema, então o primeiro passo para evitar o bullying é a própria escola admitir que está propícia a ter problemas com ele, além de informar os professores e os alunos sobre o que é bullying e que sua prática não será permitida.Como agir Em relação ao autor da agressão, a escola deve se voltar à recuperação de valores essenciais, como o respeito aos sentimentos do alvo ao sofrer a agressão.
  • 10. Já o alvo deve receber acompanhamento para o fortalecimento de sua auto-estima e se sentir seguro para conversar sobre o ocorrido.
  • 11. É também essencial que um trabalho de conscientização seja feito com os outros alunos que assistiram ao bullying, para que a violência não se repita em outras ocasiões.CyberbullyingO bullying também ocorre em rede virtual, como em e-mail, Orkut, facebook, twitter e muito mais com mensagens difamatórias ou até mesmo ameaças.
  • 12. Com isso, as coisas podem piorar, pois como as pessoas não vão estar de frente uma com a outra, as mensagens poderão continuar e ainda os efeitos podem ser piores e mais graves.
  • 13. ConsequênciasAs pessoas prejudicadas se sentem inseguras em qualquer lugar, e dependendo do ato difamatório, sentem-se envergonhadas  até na própria cidade, com os amigos, família etc.
  • 14. Muitos passam por isso por não terem conhecimento de que algumas redes sociais são falsas e só querem o  mal de pessoas ingênuas ou com falta de conhecimento sobre tal assunto.Como evitarO que muitos chamam de brincadeira pode destruir a vida de pessoas, principalmente seu futuro.
  • 15. Evitar o cyberbulling é fácil. Você, pai ou mãe, certifique-se onde seu filho(a) se conecta atualmente, estando a par do que ele faz. Procure saber também, como é a relação dele na escola, e se há algo que o desconforta, como brincadeiras de mau gosto, agressão física e insultamentos.Produzido porBruna Karolyne
  • 18. Maira