BULLYING
ASSÉDIO MORAL ENTRE ALUNOS
Luciano Marques
Psicólogo
Conceituação:
Algumas vezes envolve bater,
empurrar ou chutar. Mas ameaças,
gozações e zombarias são mais
comuns e podem c...
Bullying é uma violência
continuada, física ou mental,
praticada por um indivíduo ou
grupo, diretamente contra um
outro in...
Atitudes parecidas:
•Assediar
•Oprimir
•Dominar
•Vexar
•Constranger
•Injuriar
•Desmoralizar
•Desvalorizar
•Depreciar
•Host...
•Intimidar
•Provocar
•Ameaçar
•Ofender
•Atormentar
•Tiranizar
•Abusar
•Excluir
•Ridicularizar
•Fragilizar
•Estigmatizar
•A...
A Escola, os Professores.
“É nas escolas que dizem,
aqui não há bullying, que
você provavelmente
encontrará bullying.”
A escola, os professores.
Controlar o bullying nas escolas não é fácil!!!
Professores precisam de tempo,
paciência e habil...
A Escola, os Professores, os pais
•Bullying na escola é muito mais
comum do que pensam professores e
pais.
•Bullying não é...
Fatores ligados à escola que
merecem mais destaque:
1) A escola com uma política de
“não bullying” faz a diferença.
2) A p...
3) Três níveis de prevenção: Alunos,
Professores/funcionários e Família.
4) Enfocar as vítimas, as testemunhas
silenciosas...
5) Pais, alunos e toda a escola devem
sempre estar envolvidos nessa
prática.
6) A qualidade da relação professor-
aluno, b...
Outros fatores ligados à escola:
• Escolas menores desfavorecem a
ocorrência do bullying.
• Escolas fisicamente bem tratad...
•Escolas em que há maior
interação de professores com
os pais, desfavorecem o
bullying.
•A qualidade de vida dos
alunos de...
Mitos e Equívocos:
•O bullying é implicância de
criança.
•O bullying não afeta as crianças.
•O bullying não traz conseqüên...
Mitos e Equívocos:
•O agressor agride porque foi
abusado na infância.
•O bullying termina quando os
alunos saem do fundame...
•Passar pelo bullying torna a
criança mais forte e preparada
para a vida.
•A criança que conta que está
sofrendo com o bul...
Implantar política anti-
bullying nas escolas,
envolvendo professores,
funcionários, alunos e
pais.
Informar
Sensibilizar
...
• Qualquer forma de bullying é
inaceitável.
• Adultos não são testemunhas de
bullying. Alunos sim.
• Se seu filho disser q...
O que fazer para combater o
bullying nas escolas.
•Não sofra em silêncio.
•Não permita que seus anos de escola
sejam rouba...
Como terminou a semana de uma vítima de
bullyng:
2ª feira – Tiraram meu dinheiro
3ª feira – Me xingaram
4ª feira – Rasgara...
BOA NOITE...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bullyng

149 visualizações

Publicada em

Bullying

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
149
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bullyng

  1. 1. BULLYING ASSÉDIO MORAL ENTRE ALUNOS Luciano Marques Psicólogo
  2. 2. Conceituação: Algumas vezes envolve bater, empurrar ou chutar. Mas ameaças, gozações e zombarias são mais comuns e podem causar grandes danos.
  3. 3. Bullying é uma violência continuada, física ou mental, praticada por um indivíduo ou grupo, diretamente contra um outro indivíduo que não é capaz de se defender por si só, na situação atual.
  4. 4. Atitudes parecidas: •Assediar •Oprimir •Dominar •Vexar •Constranger •Injuriar •Desmoralizar •Desvalorizar •Depreciar •Hostilizar •Atormentar •Perseguir
  5. 5. •Intimidar •Provocar •Ameaçar •Ofender •Atormentar •Tiranizar •Abusar •Excluir •Ridicularizar •Fragilizar •Estigmatizar •Aterrorizar
  6. 6. A Escola, os Professores. “É nas escolas que dizem, aqui não há bullying, que você provavelmente encontrará bullying.”
  7. 7. A escola, os professores. Controlar o bullying nas escolas não é fácil!!! Professores precisam de tempo, paciência e habilidade para lidar com crianças envolvidas em bullying e sua famílias. Neste contexto, é fundamental que haja suporte adequado para os professores, especialmente aqueles novos na profissão.
  8. 8. A Escola, os Professores, os pais •Bullying na escola é muito mais comum do que pensam professores e pais. •Bullying não é um problema novo, mas a sua extensão só começou a ser pesquisada e divulgado nos últimos anos.
  9. 9. Fatores ligados à escola que merecem mais destaque: 1) A escola com uma política de “não bullying” faz a diferença. 2) A política da escola deve ser para prevenir e não apenas para controlar o bullying.
  10. 10. 3) Três níveis de prevenção: Alunos, Professores/funcionários e Família. 4) Enfocar as vítimas, as testemunhas silenciosas (que também sofrem) e os agressores.
  11. 11. 5) Pais, alunos e toda a escola devem sempre estar envolvidos nessa prática. 6) A qualidade da relação professor- aluno, baseada no respeito e confiança mútuos, é importante.
  12. 12. Outros fatores ligados à escola: • Escolas menores desfavorecem a ocorrência do bullying. • Escolas fisicamente bem tratadas desencorajam o bullying. • O bullying ocorre onde não há supervisão/vigilância/punição.
  13. 13. •Escolas em que há maior interação de professores com os pais, desfavorecem o bullying. •A qualidade de vida dos alunos de cada escola e o tipo de relação intrafamiliar influenciam na incidência do bullying Outros fatores ligados à escola:
  14. 14. Mitos e Equívocos: •O bullying é implicância de criança. •O bullying não afeta as crianças. •O bullying não traz conseqüências para a vida das crianças. •Os casos de bullying vêm aumentando em todos os países.
  15. 15. Mitos e Equívocos: •O agressor agride porque foi abusado na infância. •O bullying termina quando os alunos saem do fundamental ou do segundo grau (Assédio moral no trabalho).
  16. 16. •Passar pelo bullying torna a criança mais forte e preparada para a vida. •A criança que conta que está sofrendo com o bullying é fofoqueiro - “Esqueça, isso passa! Não vá sair falando por aí!” Alguém diz...
  17. 17. Implantar política anti- bullying nas escolas, envolvendo professores, funcionários, alunos e pais. Informar Sensibilizar Conscientizar Mobilizar O que fazer para combater o bullying nas escolas.
  18. 18. • Qualquer forma de bullying é inaceitável. • Adultos não são testemunhas de bullying. Alunos sim. • Se seu filho disser que está sofrendo na escola não ignore. • Defenda seu filho. Lute por seu filho. Vá à escola e fale. O que fazer para combater o bullying nas escolas.
  19. 19. O que fazer para combater o bullying nas escolas. •Não sofra em silêncio. •Não permita que seus anos de escola sejam roubados por um bully. Fale. •Aquele que sofre em silêncio pode sofrer a vida toda. •O bullying se alimenta do silêncio das vítimas.
  20. 20. Como terminou a semana de uma vítima de bullyng: 2ª feira – Tiraram meu dinheiro 3ª feira – Me xingaram 4ª feira – Rasgaram meu uniforme 5ª feira – Meu corpo está coberto de sangue. 6ª feira – Terminou a semana. Sábado – Liberdade Sábado foi o dia em que Vijay Singh de 13 anos foi encontrado morto, enforcado em casa, em Manchester – Inglaterra, em 1997.
  21. 21. BOA NOITE...

×