SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Salazar e o Estado Novo Trabalho realizado por: António  nº1 Daniel nº5 David nº6 Lionel  nº11 Rafael nº14
Neste trabalho vamos falar sobre Salazar, que foi um dos Portugueses mais importantes, pois conseguiu tirar o estado português da ruína. Também vamos falar sobre o Estado Novo, que foi implementado por Salazar.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Registo de nascimento de Salazar
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
1889 : Nasce em Vimieiro, Santa Comba Dão.  1914 : Em Coimbra, conclui o curso de Direito.  1918 : Professor de Ciência Económica.  1926 : Após o golpe de 28 de Maio é convidado para Ministro das Finanças; ao fim de 13 dias renuncia ao cargo.  1928 : É novamente convidado para Ministro das Finanças; nunca mais abandonará o poder.  1930 : Nasce a União Nacional.  1932 : Presidente do Conselho de Ministros.  1933 : É plebiscitada uma nova Constituição que dá início ao Estado Novo. Fim da ditadura militar.  1936 : Na Guerra Civil de Espanha apoia Franco; cria a Legião Portuguesa e a Mocidade Portuguesa; abre as colónias penais do Tarrafal e de Peniche . 1937 : Escapa a um atentado dos comunistas.  1939 : Iniciada a Segunda Guerra Mundial, Salazar conseguirá manter a neutralidade do país.  1940 : Exposição do Mundo Português.  1943 : Cede aos Aliados uma base militar nos Açores.  1945 : A PIDE substitui a PVDE.
1949 : Contra Norton de Matos, Carmona é reeleito Presidente da República; Portugal é admitido como membro da NATO.  1951 : Contra Quintão Meireles, Craveiro Lopes é eleito Presidente da República.  1958 : Contra Humberto Delgado, Américo Tomás é eleito Presidente da República; o Bispo do Porto, António Ferreira Gomes critica a política salazarista . 1961 :  22/01 , Ataque ao navio Santa Maria por anti-salazaristas, que se exilam no Brasil logo após a posse de Janio Quadros; 04/02, assalto às prisões de Luanda;  11/03 , tentativa de golpe de Botelho Moniz; 21/04, resolução da ONU condenando a política africana de Portugal; 19/12, a União Indiana invade Goa, Damão e Diu; 31 de Dezembro de 1961 para 1 de Janeiro de 1962, revolta de Beja.  1963 : O PAIGC abre nova frente de batalha na Guiné.  1964 : A FRELIMO inicia a luta pela independência, em Moçambique.  1965 : Crise académica; a PIDE assassina Humberto Delgado.  1966 : Salazar inaugura a ponte sobre o Tejo.  1968 : Na sequência de um acidente (queda de uma cadeira), Salazar fica fisicamente incapacitado para governar.  1970 : Morte de Salazar.  2007 : Foi eleito o maior Português de todos os tempos, através de um concurso realizado na R.T.P.
 
O Estado Novo é o nome do regime político autoritário, este esteve presente em Portugal durante 41 anos, desde 1933 (aprovação de uma nova Constituição), até 1974 (revolução de 25 de Abril). António de Oliveira Salazar foi quem criou o Estado Novo.
Salazar ao chegar ao cargo de Ministro das Finanças ficou com poder de supervisionar os orçamentos de todos os ministérios e de ter direito de veto sobre os respectivos aumentos de despesas. Assim impôs uma forte austeridade e um rigoroso controlo de contas, conseguindo assim um saldo orçamental positivo logo no primeiro ano de exercício.
Após 1930 Salazar criou a União Nacional, que dava o apoio necessário à construção de um novo regime, feito completamente por Salazar. Em 1933 foi aprovada uma nova Constituição que fez então com que Salazar cria-se um novo regime, o Estado Novo.
O estado Novo foi um regime autoritário, conservador, nacionalista, corporativo e era parcialmente católico e tradicionalista. Este regime era anti-parlamentarista, anti-comunista, e colonialista. Este regime tinha um aparelho repressivo a PIDE, também tinha organizações militares, como a Legião Portuguesa, organizações jovens como a Mocidade Portuguesa.
“ Deus, Pátria e Família.” “ Tudo pela Nação, nada contra a Nação.”
“ Persistentemente, teimosamente, não somos demais para continuar Portugal.” “ Enquanto   houver   um   Português   sem   trabalho   e   sem   pão   a   Revolução   continua.” “ Temos   uma   doutrina .  Somos   uma   força.” “ Orgulhosamente sós.”
Após 41 anos de Estado Novo, este é derrubado no dia 25 de Abril de 1974 por um golpe militar efectuado pelo Movimento das Forças Armadas ,MFA. O golpe militar contou também com a ajuda da população que estava revoltada com tudo o que se estava a passar. Militares marcharam sobre Lisboa revoltados. Esta revolução ficou conhecida como a Revolução dos Cravos. Com este acontecimento Marcello Caetano rendeu-se no Quartel do Carmo. Foi uma revolução considerada “não-sangrenta”, só se presenciou-se 4 mortes, devido a disparos da polícia política.
Com este trabalho ficámos a conhecer melhor o tempo em que Salazar esteve no poder. Ficámos a saber mais sobre como é que Salazar governava e como  ele mandava em todo. Ninguém podia virar-se contra ele, pois ele era o chefe máximo.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B3nio_de_Oliveira_Salazar http://pt.wikipedia.org/wiki/Estado_Novo_(Portugal)
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novo
Jorge Almeida
 
Salazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- NovoSalazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- Novo
bandeirolas
 
Regime salazarista
Regime salazaristaRegime salazarista
Regime salazarista
josepinho
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Susana Simões
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Rainha Maga
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
Tocestudar
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
Rui Nobre
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Rui Neto
 
Estado Novo Resumo
Estado Novo ResumoEstado Novo Resumo
Estado Novo Resumo
Escoladocs
 
Estado novo portugal
Estado novo portugalEstado novo portugal
Estado novo portugal
Teresa Maia
 
Trabalho 25 de abril 2
Trabalho 25 de abril   2 Trabalho 25 de abril   2
Trabalho 25 de abril 2
Joana Algodão Doce
 
O estado novo versao simplificada
O estado novo versao simplificadaO estado novo versao simplificada
O estado novo versao simplificada
Maria da Graça A. M. Ventura
 
O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@
O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@
O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@
bestclass6c2011
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
A construção da democracia em portugal
A construção da democracia em portugalA construção da democracia em portugal
A construção da democracia em portugal
Alberto Correira
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
nanasimao
 
Biografia De AntóNio De Oliveira Salazar
Biografia De AntóNio De Oliveira SalazarBiografia De AntóNio De Oliveira Salazar
Biografia De AntóNio De Oliveira Salazar
Sílvia Mendonça
 
O papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novoO papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novo
010693
 
O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974
diuguitofelgas
 

Mais procurados (20)

Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novo
 
Salazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- NovoSalazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- Novo
 
Regime salazarista
Regime salazaristaRegime salazarista
Regime salazarista
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Estado Novo Resumo
Estado Novo ResumoEstado Novo Resumo
Estado Novo Resumo
 
Estado novo portugal
Estado novo portugalEstado novo portugal
Estado novo portugal
 
Trabalho 25 de abril 2
Trabalho 25 de abril   2 Trabalho 25 de abril   2
Trabalho 25 de abril 2
 
O estado novo versao simplificada
O estado novo versao simplificadaO estado novo versao simplificada
O estado novo versao simplificada
 
O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@
O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@
O Golpe Militar De 28 De Maio De 1926 @@
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
A construção da democracia em portugal
A construção da democracia em portugalA construção da democracia em portugal
A construção da democracia em portugal
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Biografia De AntóNio De Oliveira Salazar
Biografia De AntóNio De Oliveira SalazarBiografia De AntóNio De Oliveira Salazar
Biografia De AntóNio De Oliveira Salazar
 
O papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novoO papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novo
 
O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974
 

Destaque

Ditadura Salazarista
Ditadura SalazaristaDitadura Salazarista
Ditadura Salazarista
Luciano André
 
Biografia De Salazar
Biografia De SalazarBiografia De Salazar
Biografia De Salazar
Sílvia Mendonça
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
Escoladocs
 
Biografia de salazar sara
Biografia de salazar saraBiografia de salazar sara
Biografia de salazar sara
Ana Barreiros
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
Alexandre Vilão
 
Salazar
SalazarSalazar
Do salazarismo ao 25 de abril
Do salazarismo ao 25 de abrilDo salazarismo ao 25 de abril
Do salazarismo ao 25 de abril
Maria Isabel Sousa
 
SALAZARISMO
SALAZARISMOSALAZARISMO
SALAZARISMO
Maria Gomes
 
Hgp salazar 6º f
Hgp salazar 6º fHgp salazar 6º f
Hgp salazar 6º fRui Pinto
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
andreaires
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
Ana Lod Ferreira
 
Módulo 7 portugal do pós-guerra ao estado novo
Módulo 7   portugal do pós-guerra ao estado novoMódulo 7   portugal do pós-guerra ao estado novo
Módulo 7 portugal do pós-guerra ao estado novo
Escoladocs
 
A ditadura salazarista
A ditadura salazaristaA ditadura salazarista
A ditadura salazarista
Maria Milheiro
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazarLuís Reguengo
 
O mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundialO mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundial
Daniel Coelho
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
kyzinha
 
Difusão do totalitarismo - Franquismo e Salazarismo
Difusão do totalitarismo - Franquismo e SalazarismoDifusão do totalitarismo - Franquismo e Salazarismo
Difusão do totalitarismo - Franquismo e Salazarismo
Elton Zanoni
 
Biografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazarBiografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazar
Anabela Sobral
 
Mocidade Portuguesa
Mocidade PortuguesaMocidade Portuguesa
Mocidade Portuguesa
Sílvia Mendonça
 

Destaque (19)

Ditadura Salazarista
Ditadura SalazaristaDitadura Salazarista
Ditadura Salazarista
 
Biografia De Salazar
Biografia De SalazarBiografia De Salazar
Biografia De Salazar
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
 
Biografia de salazar sara
Biografia de salazar saraBiografia de salazar sara
Biografia de salazar sara
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
 
Salazar
SalazarSalazar
Salazar
 
Do salazarismo ao 25 de abril
Do salazarismo ao 25 de abrilDo salazarismo ao 25 de abril
Do salazarismo ao 25 de abril
 
SALAZARISMO
SALAZARISMOSALAZARISMO
SALAZARISMO
 
Hgp salazar 6º f
Hgp salazar 6º fHgp salazar 6º f
Hgp salazar 6º f
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
 
Módulo 7 portugal do pós-guerra ao estado novo
Módulo 7   portugal do pós-guerra ao estado novoMódulo 7   portugal do pós-guerra ao estado novo
Módulo 7 portugal do pós-guerra ao estado novo
 
A ditadura salazarista
A ditadura salazaristaA ditadura salazarista
A ditadura salazarista
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
 
O mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundialO mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundial
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
 
Difusão do totalitarismo - Franquismo e Salazarismo
Difusão do totalitarismo - Franquismo e SalazarismoDifusão do totalitarismo - Franquismo e Salazarismo
Difusão do totalitarismo - Franquismo e Salazarismo
 
Biografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazarBiografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazar
 
Mocidade Portuguesa
Mocidade PortuguesaMocidade Portuguesa
Mocidade Portuguesa
 

Semelhante a Salazar e o Estado Novo

Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
iosi2012
 
Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
iosi2012
 
1159
11591159
1159
Pelo Siro
 
Como surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novoComo surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novo
gdfsabc
 
Quem Foi Salazar?
Quem Foi Salazar?Quem Foi Salazar?
Quem Foi Salazar?
José Trigo
 
.
..
O Estado novo
O Estado novoO Estado novo
O Estado novo
carol slides
 
A implantação da república- 5 de Outubro
A implantação da república- 5 de OutubroA implantação da república- 5 de Outubro
A implantação da república- 5 de Outubro
André Santos
 
Estado Novo
Estado NovoEstado Novo
Estado Novo
sylvialuzo
 
14 estadonovo
14 estadonovo14 estadonovo
14 estadonovo
R C
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
Sandra Costa
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
Sandra Costa
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
Inês Oliveira
 
Salazarismo.pptx
Salazarismo.pptxSalazarismo.pptx
Salazarismo.pptx
FabricioGomes66
 
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre HistoriaFicha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
PhilippeP3
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
cruchinho
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
Armin Caldas
 
1270635509 salazar e_o_estado_novo
1270635509 salazar e_o_estado_novo1270635509 salazar e_o_estado_novo
1270635509 salazar e_o_estado_novo
Pelo Siro
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
jdlimaaear
 
1007
10071007
1007
Pelo Siro
 

Semelhante a Salazar e o Estado Novo (20)

Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
 
Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
 
1159
11591159
1159
 
Como surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novoComo surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novo
 
Quem Foi Salazar?
Quem Foi Salazar?Quem Foi Salazar?
Quem Foi Salazar?
 
.
..
.
 
O Estado novo
O Estado novoO Estado novo
O Estado novo
 
A implantação da república- 5 de Outubro
A implantação da república- 5 de OutubroA implantação da república- 5 de Outubro
A implantação da república- 5 de Outubro
 
Estado Novo
Estado NovoEstado Novo
Estado Novo
 
14 estadonovo
14 estadonovo14 estadonovo
14 estadonovo
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
 
Salazarismo.pptx
Salazarismo.pptxSalazarismo.pptx
Salazarismo.pptx
 
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre HistoriaFicha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
 
1270635509 salazar e_o_estado_novo
1270635509 salazar e_o_estado_novo1270635509 salazar e_o_estado_novo
1270635509 salazar e_o_estado_novo
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
 
1007
10071007
1007
 

Mais de Jorge Almeida

Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
Jorge Almeida
 
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Jorge Almeida
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Jorge Almeida
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseu
Jorge Almeida
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Jorge Almeida
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abril
Jorge Almeida
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
Jorge Almeida
 
O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]
Jorge Almeida
 
Iª república
Iª repúblicaIª república
Iª república
Jorge Almeida
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevista
Jorge Almeida
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
Jorge Almeida
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
Jorge Almeida
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgp
Jorge Almeida
 
25 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 325 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 3
Jorge Almeida
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
Jorge Almeida
 
Salamanca
SalamancaSalamanca
Salamanca
Jorge Almeida
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Jorge Almeida
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
Jorge Almeida
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
Jorge Almeida
 
Visita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a LisboaVisita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a Lisboa
Jorge Almeida
 

Mais de Jorge Almeida (20)

Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
 
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseu
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abril
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
 
O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]
 
Iª república
Iª repúblicaIª república
Iª república
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevista
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgp
 
25 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 325 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 3
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
 
Salamanca
SalamancaSalamanca
Salamanca
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
 
Visita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a LisboaVisita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a Lisboa
 

Último

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 

Último (20)

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 

Salazar e o Estado Novo

  • 1. Escola Salazar e o Estado Novo Trabalho realizado por: António nº1 Daniel nº5 David nº6 Lionel nº11 Rafael nº14
  • 2. Neste trabalho vamos falar sobre Salazar, que foi um dos Portugueses mais importantes, pois conseguiu tirar o estado português da ruína. Também vamos falar sobre o Estado Novo, que foi implementado por Salazar.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8. 1889 : Nasce em Vimieiro, Santa Comba Dão. 1914 : Em Coimbra, conclui o curso de Direito. 1918 : Professor de Ciência Económica. 1926 : Após o golpe de 28 de Maio é convidado para Ministro das Finanças; ao fim de 13 dias renuncia ao cargo. 1928 : É novamente convidado para Ministro das Finanças; nunca mais abandonará o poder. 1930 : Nasce a União Nacional. 1932 : Presidente do Conselho de Ministros. 1933 : É plebiscitada uma nova Constituição que dá início ao Estado Novo. Fim da ditadura militar. 1936 : Na Guerra Civil de Espanha apoia Franco; cria a Legião Portuguesa e a Mocidade Portuguesa; abre as colónias penais do Tarrafal e de Peniche . 1937 : Escapa a um atentado dos comunistas. 1939 : Iniciada a Segunda Guerra Mundial, Salazar conseguirá manter a neutralidade do país. 1940 : Exposição do Mundo Português. 1943 : Cede aos Aliados uma base militar nos Açores. 1945 : A PIDE substitui a PVDE.
  • 9. 1949 : Contra Norton de Matos, Carmona é reeleito Presidente da República; Portugal é admitido como membro da NATO. 1951 : Contra Quintão Meireles, Craveiro Lopes é eleito Presidente da República. 1958 : Contra Humberto Delgado, Américo Tomás é eleito Presidente da República; o Bispo do Porto, António Ferreira Gomes critica a política salazarista . 1961 : 22/01 , Ataque ao navio Santa Maria por anti-salazaristas, que se exilam no Brasil logo após a posse de Janio Quadros; 04/02, assalto às prisões de Luanda; 11/03 , tentativa de golpe de Botelho Moniz; 21/04, resolução da ONU condenando a política africana de Portugal; 19/12, a União Indiana invade Goa, Damão e Diu; 31 de Dezembro de 1961 para 1 de Janeiro de 1962, revolta de Beja. 1963 : O PAIGC abre nova frente de batalha na Guiné. 1964 : A FRELIMO inicia a luta pela independência, em Moçambique. 1965 : Crise académica; a PIDE assassina Humberto Delgado. 1966 : Salazar inaugura a ponte sobre o Tejo. 1968 : Na sequência de um acidente (queda de uma cadeira), Salazar fica fisicamente incapacitado para governar. 1970 : Morte de Salazar. 2007 : Foi eleito o maior Português de todos os tempos, através de um concurso realizado na R.T.P.
  • 10.  
  • 11. O Estado Novo é o nome do regime político autoritário, este esteve presente em Portugal durante 41 anos, desde 1933 (aprovação de uma nova Constituição), até 1974 (revolução de 25 de Abril). António de Oliveira Salazar foi quem criou o Estado Novo.
  • 12. Salazar ao chegar ao cargo de Ministro das Finanças ficou com poder de supervisionar os orçamentos de todos os ministérios e de ter direito de veto sobre os respectivos aumentos de despesas. Assim impôs uma forte austeridade e um rigoroso controlo de contas, conseguindo assim um saldo orçamental positivo logo no primeiro ano de exercício.
  • 13. Após 1930 Salazar criou a União Nacional, que dava o apoio necessário à construção de um novo regime, feito completamente por Salazar. Em 1933 foi aprovada uma nova Constituição que fez então com que Salazar cria-se um novo regime, o Estado Novo.
  • 14. O estado Novo foi um regime autoritário, conservador, nacionalista, corporativo e era parcialmente católico e tradicionalista. Este regime era anti-parlamentarista, anti-comunista, e colonialista. Este regime tinha um aparelho repressivo a PIDE, também tinha organizações militares, como a Legião Portuguesa, organizações jovens como a Mocidade Portuguesa.
  • 15. “ Deus, Pátria e Família.” “ Tudo pela Nação, nada contra a Nação.”
  • 16. “ Persistentemente, teimosamente, não somos demais para continuar Portugal.” “ Enquanto houver um Português sem trabalho e sem pão a Revolução continua.” “ Temos uma doutrina . Somos uma força.” “ Orgulhosamente sós.”
  • 17. Após 41 anos de Estado Novo, este é derrubado no dia 25 de Abril de 1974 por um golpe militar efectuado pelo Movimento das Forças Armadas ,MFA. O golpe militar contou também com a ajuda da população que estava revoltada com tudo o que se estava a passar. Militares marcharam sobre Lisboa revoltados. Esta revolução ficou conhecida como a Revolução dos Cravos. Com este acontecimento Marcello Caetano rendeu-se no Quartel do Carmo. Foi uma revolução considerada “não-sangrenta”, só se presenciou-se 4 mortes, devido a disparos da polícia política.
  • 18. Com este trabalho ficámos a conhecer melhor o tempo em que Salazar esteve no poder. Ficámos a saber mais sobre como é que Salazar governava e como ele mandava em todo. Ninguém podia virar-se contra ele, pois ele era o chefe máximo.
  • 20.