SlideShare uma empresa Scribd logo
Escrutínios
Fortalecimento na
caminhada
Escrutínios - Fortalecimento dos que
caminham para a iniciação cristã
Escrutínios (do Latim scrutari – Visitar, Buscar) são celebrações muito
densas em termos espirituais. Eles mostram o sentido da luta, as
renúncias e as rupturas a qual somos chamados.
São ritos de discernimento com relação ao processo na caminhada do
discípulo e de purificação interior. Os escrutínios estão orientados para
libertar do pecado e confirmar a adesão confiante a Cristo.
Os escrutínios são realizados nas celebrações eucarísticas do 3º, 4º e 5º
domingos da Quaresma. Para cada escrutínio é oferecido um texto
evangélico, relacionado com a conversão. Por motivos pastorais os
escrutínios podem ocorrer em outros domingos ou nos dias de
semana, porém, mantendo-se sempre os evangelhos do ano A,
relativos ao 3º, 4º e 5º domingos da Quaresma.
Exorcismos
São orações com imposição de mãos, pedindo de Deus a libertação das
consequências do pecado e da influência maligna, para que os
catecúmenos ou catequizandos sejam fortalecidos em seu caminho
espiritual e abram seu coração para os dons do Senhor. Não se trata de
exorcismo que expulsa demônios, como a primeira vista pode parecer.
• Proclamação da Palavra e homilia
• Oração em silêncio – Os eleitos e seus padrinhos ficam de pé diante do
presidente da celebração, e ele convida a assembleia para orar pelos eleitos e
depois volta-se para os eleitos, para que orem em silêncio e manifestem uma
atitude de penitência (inclinar-se ou ajoelhar-se). Ele diz: “Eleitos de Deus,
inclinem-se ( ou ajoelhem-se) para a oração”. Depois de um momento de oração
em silêncio, se for oportuno erguem-se em seguida.
• Preces pelos eleitos- Durante as preces os padrinhos e madrinhas colocam a
mão direita sobre o ombro de cada eleito.
• Exorcismo – O presidente profere a primeira parte da oração e depois
imporá as mãos sobre cada eleito e estendo as mãos sobre todos
continua a oração.
• Liturgia eucarística
• Água, sede, dar de
beber
• Mulher, Samaritana
• Falar
• Dizer ao povo
• Ir ao encontro
• Testemunhava
Senhor, dá-me dessa
água, para que eu não
tenha mais
sede e nem tenha de
vir aqui para tirá-la.
“Já não cremos por
causa das tuas
palavras,
pois nós mesmos
ouvimos e sabemos,
que este é
verdadeiramente o
salvador do mundo”.
A água viva
Jo 4,5-42
Exorcismo
Pai de misericórdia, por vosso Filho vos
compadecestes da samaritana
e, com a mesma ternura de Pai, oferecestes
perdão a todo povo pecador.
Olhai em vosso amor estes eleitos que
desejam receber pelos sacramentos a adoção
de filhos: que eles, livres da servidão do
pecado e pesado julgo do demônio, recebam
o suave julgo de Cristo.
Protegei-os em todos os perigos a fim de que
vos sirvam fielmente na paz e na alegria e vos
renda, graças para sempre. Por Cristo, nosso
Senhor.
Senhor Jesus, que em vossa admirável misericórdia
Convertestes a samaritana,
para que adorasse o Pai em espírito e verdade,
libertai agora das ciladas do demônio
estes eleitos que se aproximam das fontes da água
viva;
convertei seus corações pela força do Espírito Santo,
a fim de conhecerem o vosso Pai,
pela fé sincera que se manifesta na caridade.
Vós que viveis e reinais para sempre.
Luz
Lavar
Enviado
Ver/ Enxergar
Testemunho
Discípulo
Ensinar
Cego
A luz do mundo
Jo 9,1-41
Por que quereis ouvir
de novo?
Por acaso quereis
tornar-vos discípulos
dele?
Eu vim a este mundo para
exercer um julgamento,
a fim de que os que não
veem, vejam,
e os que veem se tornem
cegos
Exorcismo
Pai de bondade,
Que deste ao cego de nascença
a graça de crer em vosso Filho,
e alcançar pela fé o vosso reino de luz,
libertai esses eleitos dos erros que cegam
e concedei-lhes de olhos fixos na verdade,
tornarem-se para sempre filhos da luz.
Por Cristo nosso Senhor.
Senhor Jesus, luz verdadeira,
que iluminastes toda a humanidade,
libertai, pelo Espírito da verdade,
os que se encontram oprimidos pelo pai da
mentira,
e despertai a boa vontade dos que chamastes
aos vossos sacramentos para que na alegria da
vossa luz,
tornem–se, como o cego outrora iluminado,
audazes testemunhas da fé.
Vós que viveis e reinais para sempre.
• Amigo
• Dorme
• Morte
• Ressurreição e a
vida
• Amor
• Pedra
• Deixai-o caminhar
Vida
Jo 11,1-45
Esta doença não leva à
morte;
ela serve para a glória
de Deus,
para que o Filho de Deus
seja glorificado por ela
Sim, Senhor, eu
creio firmemente
que tu és o Messias,
o Filho de Deus,
que devia vir ao
mundo.
Exorcismo
Deus Pai, fonte da vida,
vossa glória está na vida feliz dos seres humanos
e o vosso poder se revela na ressureição dos mortos.
Arrancai da morte os que escolhestes e desejaram
receber a vida pelo Batismo.
Livrai-os da escravidão do demônio,
que pelo pecado deu origem à morte
e quis corromper o mundo que criastes bom.
Submetei-os ao poder de vosso Filho amado,
para receberem dele a força da ressureição
e testemunharem diante de todos a vossa glória.
Por Cristo nosso Senhor.
Senhor Jesus Cristo,
ordenastes a Lázaro sair vivo do túmulo
e pela vossa ressurreição
libertastes da morte toda a humanidade,
nós vos imploramos em favor de vossos
servos e servas,
que acorrem às águas do novo nascimento
e à ceia da vida;
não permitais que o poder da morte
retenha aqueles que, por sua fé,
vão participar da vitória da vossa
ressurreição.
Vós que viveis e reinais para sempre.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Missa parte por parte
Missa parte por parteMissa parte por parte
Missa parte por parte
Nahor Lopes de Souza Junior
 
Os sacramentos - 1ª reunião de crismandos e padrinhos
Os sacramentos  -  1ª reunião de crismandos e padrinhosOs sacramentos  -  1ª reunião de crismandos e padrinhos
Os sacramentos - 1ª reunião de crismandos e padrinhos
Catequese Panatis
 
Curso de liturgia
Curso de liturgiaCurso de liturgia
Curso de liturgia
mbsilva1971
 
Missa parte por_parte
Missa parte por_parteMissa parte por_parte
Missa parte por_parte
Presentepravoce SOS
 
Retiro com catequistas
Retiro com catequistasRetiro com catequistas
Retiro com catequistas
José Vieira Dos Santos
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
Melonita
 
Quaresma
QuaresmaQuaresma
Quaresma
cacaesteves
 
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Rubens Júnior
 
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
25  Os Setes Sacramentos Da Igreja25  Os Setes Sacramentos Da Igreja
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
p1guarei
 
Missa parte a parte
Missa parte a parteMissa parte a parte
Missa parte a parte
paroquianogueira
 
Quaresma momento de estender as mãos ao próximo
Quaresma momento de estender as mãos ao próximoQuaresma momento de estender as mãos ao próximo
Quaresma momento de estender as mãos ao próximo
Bernadetecebs .
 
Preparação para batismo
Preparação para batismoPreparação para batismo
Preparação para batismo
Luciane tonete
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Rodrigo F Menegatti
 
Metologia na catequese
Metologia na catequeseMetologia na catequese
Metologia na catequese
Jorge Felliphe
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
Francisco Rodrigues
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
Wesley Mallbross
 
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosOs sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Presentepravoce SOS
 
O sacramento do Crisma
O sacramento do CrismaO sacramento do Crisma
O sacramento do Crisma
António José Fonseca
 
Leitura orante dos discípulos de emaús
Leitura orante dos discípulos de emaúsLeitura orante dos discípulos de emaús
Leitura orante dos discípulos de emaús
Liana Plentz
 

Mais procurados (20)

Missa parte por parte
Missa parte por parteMissa parte por parte
Missa parte por parte
 
Os sacramentos - 1ª reunião de crismandos e padrinhos
Os sacramentos  -  1ª reunião de crismandos e padrinhosOs sacramentos  -  1ª reunião de crismandos e padrinhos
Os sacramentos - 1ª reunião de crismandos e padrinhos
 
Curso de liturgia
Curso de liturgiaCurso de liturgia
Curso de liturgia
 
Missa parte por_parte
Missa parte por_parteMissa parte por_parte
Missa parte por_parte
 
Retiro com catequistas
Retiro com catequistasRetiro com catequistas
Retiro com catequistas
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
 
Quaresma
QuaresmaQuaresma
Quaresma
 
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01
 
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
25  Os Setes Sacramentos Da Igreja25  Os Setes Sacramentos Da Igreja
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
 
Missa parte a parte
Missa parte a parteMissa parte a parte
Missa parte a parte
 
Quaresma momento de estender as mãos ao próximo
Quaresma momento de estender as mãos ao próximoQuaresma momento de estender as mãos ao próximo
Quaresma momento de estender as mãos ao próximo
 
Preparação para batismo
Preparação para batismoPreparação para batismo
Preparação para batismo
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
 
Metologia na catequese
Metologia na catequeseMetologia na catequese
Metologia na catequese
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
A Santa Missa
 
Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
 
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosOs sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
 
O sacramento do Crisma
O sacramento do CrismaO sacramento do Crisma
O sacramento do Crisma
 
Leitura orante dos discípulos de emaús
Leitura orante dos discípulos de emaúsLeitura orante dos discípulos de emaús
Leitura orante dos discípulos de emaús
 

Semelhante a RICA: Escrutínios e Exorcismos

Catecismo maior de sao pio x
Catecismo maior de sao pio xCatecismo maior de sao pio x
Catecismo maior de sao pio x
Suely SS
 
Catecismo de são pio x
Catecismo de são pio xCatecismo de são pio x
Catecismo de são pio x
Tradição Católica
 
Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1
rooseveltdecastro
 
Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1
rooseveltdecastro
 
Catecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio XCatecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio X
qgdaimaculada
 
Catecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio XCatecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio X
Marcos Antonio da Silva
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs Diárias
Nilson Almeida
 
Vigilia Seminarios
Vigilia SeminariosVigilia Seminarios
Vigilia Seminarios
Catequese Barra
 
Missa perseverança 2012
Missa perseverança 2012  Missa perseverança 2012
Missa perseverança 2012
Catequese são sebastião
 
Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
Nuno Melo
 
Missa 30.05.10 Santíssima Trindade
Missa 30.05.10 Santíssima Trindade  Missa 30.05.10 Santíssima Trindade
Missa 30.05.10 Santíssima Trindade
Rosiane Paes
 
As orações
As oraçõesAs orações
Novo compêndio de orações
Novo compêndio de oraçõesNovo compêndio de orações
Novo compêndio de orações
João Pereira
 
celebração do credo.pdf
celebração do credo.pdfcelebração do credo.pdf
celebração do credo.pdf
MariaZenaidePereira1
 
Livro Orações Para Todas As Horas
Livro Orações Para Todas As HorasLivro Orações Para Todas As Horas
Livro Orações Para Todas As Horas
Nilson Almeida
 
Vigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionárioVigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionário
guest61eb32c
 
5º Domingo da Páscoa
5º Domingo da Páscoa5º Domingo da Páscoa
5º Domingo da Páscoa
Rosiane Paes
 
4º culto sábado - segundo culto jovem
4º culto   sábado - segundo culto jovem4º culto   sábado - segundo culto jovem
4º culto sábado - segundo culto jovem
wendelberg
 
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação MissionáriaOração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Bernadetecebs .
 
Nonena a são pio de pietrelcina
Nonena a são pio de pietrelcinaNonena a são pio de pietrelcina
Nonena a são pio de pietrelcina
Fonte Nova
 

Semelhante a RICA: Escrutínios e Exorcismos (20)

Catecismo maior de sao pio x
Catecismo maior de sao pio xCatecismo maior de sao pio x
Catecismo maior de sao pio x
 
Catecismo de são pio x
Catecismo de são pio xCatecismo de são pio x
Catecismo de são pio x
 
Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1
 
Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1Catecismo de sao_pio_x_1
Catecismo de sao_pio_x_1
 
Catecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio XCatecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio X
 
Catecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio XCatecismo de São Pio X
Catecismo de São Pio X
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs Diárias
 
Vigilia Seminarios
Vigilia SeminariosVigilia Seminarios
Vigilia Seminarios
 
Missa perseverança 2012
Missa perseverança 2012  Missa perseverança 2012
Missa perseverança 2012
 
Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
 
Missa 30.05.10 Santíssima Trindade
Missa 30.05.10 Santíssima Trindade  Missa 30.05.10 Santíssima Trindade
Missa 30.05.10 Santíssima Trindade
 
As orações
As oraçõesAs orações
As orações
 
Novo compêndio de orações
Novo compêndio de oraçõesNovo compêndio de orações
Novo compêndio de orações
 
celebração do credo.pdf
celebração do credo.pdfcelebração do credo.pdf
celebração do credo.pdf
 
Livro Orações Para Todas As Horas
Livro Orações Para Todas As HorasLivro Orações Para Todas As Horas
Livro Orações Para Todas As Horas
 
Vigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionárioVigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionário
 
5º Domingo da Páscoa
5º Domingo da Páscoa5º Domingo da Páscoa
5º Domingo da Páscoa
 
4º culto sábado - segundo culto jovem
4º culto   sábado - segundo culto jovem4º culto   sábado - segundo culto jovem
4º culto sábado - segundo culto jovem
 
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação MissionáriaOração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
Oração inicial e acolhida - Encontro de Formação Missionária
 
Nonena a são pio de pietrelcina
Nonena a são pio de pietrelcinaNonena a são pio de pietrelcina
Nonena a são pio de pietrelcina
 

Mais de Fábio Vasconcelos

Habermas linguagem
Habermas linguagemHabermas linguagem
Habermas linguagem
Fábio Vasconcelos
 
Youcat: como celebramos os mistérios cristãos
Youcat: como celebramos os mistérios cristãosYoucat: como celebramos os mistérios cristãos
Youcat: como celebramos os mistérios cristãos
Fábio Vasconcelos
 
Advento: tempo de espera
Advento: tempo de esperaAdvento: tempo de espera
Advento: tempo de espera
Fábio Vasconcelos
 
Mistagogia da eucaristia vi
Mistagogia da eucaristia viMistagogia da eucaristia vi
Mistagogia da eucaristia vi
Fábio Vasconcelos
 
Mistagogia da eucaristia iv
Mistagogia da eucaristia ivMistagogia da eucaristia iv
Mistagogia da eucaristia iv
Fábio Vasconcelos
 
Mistagogia da eucaristia iii
Mistagogia da eucaristia iiiMistagogia da eucaristia iii
Mistagogia da eucaristia iii
Fábio Vasconcelos
 
Mistagogia da Eucaristia II
Mistagogia da Eucaristia IIMistagogia da Eucaristia II
Mistagogia da Eucaristia II
Fábio Vasconcelos
 
Mistagogia da eucaristia
Mistagogia da eucaristiaMistagogia da eucaristia
Mistagogia da eucaristia
Fábio Vasconcelos
 
Onde celebrar
Onde celebrarOnde celebrar
Onde celebrar
Fábio Vasconcelos
 
A missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa franciscoA missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa francisco
Fábio Vasconcelos
 
Catequistas: missão na comunidade
Catequistas: missão na comunidadeCatequistas: missão na comunidade
Catequistas: missão na comunidade
Fábio Vasconcelos
 
Teilhard Chardin e o ser amazônico
Teilhard Chardin e o ser amazônicoTeilhard Chardin e o ser amazônico
Teilhard Chardin e o ser amazônico
Fábio Vasconcelos
 
Mistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistérioMistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistério
Fábio Vasconcelos
 
Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia.
Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia. Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia.
Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia.
Fábio Vasconcelos
 
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorEntregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Fábio Vasconcelos
 
Ética e relações de gênero
Ética e relações de gêneroÉtica e relações de gênero
Ética e relações de gênero
Fábio Vasconcelos
 
Tendência pedagógica histórico crítica
Tendência pedagógica histórico críticaTendência pedagógica histórico crítica
Tendência pedagógica histórico crítica
Fábio Vasconcelos
 
Ética epicurista
Ética epicuristaÉtica epicurista
Ética epicurista
Fábio Vasconcelos
 
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovensCatequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Fábio Vasconcelos
 
Ofício de romaria ao círio de nazaré
Ofício de romaria ao círio de nazaréOfício de romaria ao círio de nazaré
Ofício de romaria ao círio de nazaré
Fábio Vasconcelos
 

Mais de Fábio Vasconcelos (20)

Habermas linguagem
Habermas linguagemHabermas linguagem
Habermas linguagem
 
Youcat: como celebramos os mistérios cristãos
Youcat: como celebramos os mistérios cristãosYoucat: como celebramos os mistérios cristãos
Youcat: como celebramos os mistérios cristãos
 
Advento: tempo de espera
Advento: tempo de esperaAdvento: tempo de espera
Advento: tempo de espera
 
Mistagogia da eucaristia vi
Mistagogia da eucaristia viMistagogia da eucaristia vi
Mistagogia da eucaristia vi
 
Mistagogia da eucaristia iv
Mistagogia da eucaristia ivMistagogia da eucaristia iv
Mistagogia da eucaristia iv
 
Mistagogia da eucaristia iii
Mistagogia da eucaristia iiiMistagogia da eucaristia iii
Mistagogia da eucaristia iii
 
Mistagogia da Eucaristia II
Mistagogia da Eucaristia IIMistagogia da Eucaristia II
Mistagogia da Eucaristia II
 
Mistagogia da eucaristia
Mistagogia da eucaristiaMistagogia da eucaristia
Mistagogia da eucaristia
 
Onde celebrar
Onde celebrarOnde celebrar
Onde celebrar
 
A missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa franciscoA missa segundo o papa francisco
A missa segundo o papa francisco
 
Catequistas: missão na comunidade
Catequistas: missão na comunidadeCatequistas: missão na comunidade
Catequistas: missão na comunidade
 
Teilhard Chardin e o ser amazônico
Teilhard Chardin e o ser amazônicoTeilhard Chardin e o ser amazônico
Teilhard Chardin e o ser amazônico
 
Mistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistérioMistagogia: caminho para o mistério
Mistagogia: caminho para o mistério
 
Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia.
Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia. Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia.
Filosofia e crise: Crise do racionalismo e crise européia.
 
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorEntregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
 
Ética e relações de gênero
Ética e relações de gêneroÉtica e relações de gênero
Ética e relações de gênero
 
Tendência pedagógica histórico crítica
Tendência pedagógica histórico críticaTendência pedagógica histórico crítica
Tendência pedagógica histórico crítica
 
Ética epicurista
Ética epicuristaÉtica epicurista
Ética epicurista
 
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovensCatequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
Catequese IVC - Reflexão para Retiro com jovens
 
Ofício de romaria ao círio de nazaré
Ofício de romaria ao círio de nazaréOfício de romaria ao círio de nazaré
Ofício de romaria ao círio de nazaré
 

Último

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 

RICA: Escrutínios e Exorcismos

  • 2. Escrutínios - Fortalecimento dos que caminham para a iniciação cristã Escrutínios (do Latim scrutari – Visitar, Buscar) são celebrações muito densas em termos espirituais. Eles mostram o sentido da luta, as renúncias e as rupturas a qual somos chamados. São ritos de discernimento com relação ao processo na caminhada do discípulo e de purificação interior. Os escrutínios estão orientados para libertar do pecado e confirmar a adesão confiante a Cristo.
  • 3. Os escrutínios são realizados nas celebrações eucarísticas do 3º, 4º e 5º domingos da Quaresma. Para cada escrutínio é oferecido um texto evangélico, relacionado com a conversão. Por motivos pastorais os escrutínios podem ocorrer em outros domingos ou nos dias de semana, porém, mantendo-se sempre os evangelhos do ano A, relativos ao 3º, 4º e 5º domingos da Quaresma.
  • 4. Exorcismos São orações com imposição de mãos, pedindo de Deus a libertação das consequências do pecado e da influência maligna, para que os catecúmenos ou catequizandos sejam fortalecidos em seu caminho espiritual e abram seu coração para os dons do Senhor. Não se trata de exorcismo que expulsa demônios, como a primeira vista pode parecer.
  • 5. • Proclamação da Palavra e homilia • Oração em silêncio – Os eleitos e seus padrinhos ficam de pé diante do presidente da celebração, e ele convida a assembleia para orar pelos eleitos e depois volta-se para os eleitos, para que orem em silêncio e manifestem uma atitude de penitência (inclinar-se ou ajoelhar-se). Ele diz: “Eleitos de Deus, inclinem-se ( ou ajoelhem-se) para a oração”. Depois de um momento de oração em silêncio, se for oportuno erguem-se em seguida. • Preces pelos eleitos- Durante as preces os padrinhos e madrinhas colocam a mão direita sobre o ombro de cada eleito. • Exorcismo – O presidente profere a primeira parte da oração e depois imporá as mãos sobre cada eleito e estendo as mãos sobre todos continua a oração. • Liturgia eucarística
  • 6. • Água, sede, dar de beber • Mulher, Samaritana • Falar • Dizer ao povo • Ir ao encontro • Testemunhava Senhor, dá-me dessa água, para que eu não tenha mais sede e nem tenha de vir aqui para tirá-la. “Já não cremos por causa das tuas palavras, pois nós mesmos ouvimos e sabemos, que este é verdadeiramente o salvador do mundo”. A água viva Jo 4,5-42
  • 7. Exorcismo Pai de misericórdia, por vosso Filho vos compadecestes da samaritana e, com a mesma ternura de Pai, oferecestes perdão a todo povo pecador. Olhai em vosso amor estes eleitos que desejam receber pelos sacramentos a adoção de filhos: que eles, livres da servidão do pecado e pesado julgo do demônio, recebam o suave julgo de Cristo. Protegei-os em todos os perigos a fim de que vos sirvam fielmente na paz e na alegria e vos renda, graças para sempre. Por Cristo, nosso Senhor.
  • 8. Senhor Jesus, que em vossa admirável misericórdia Convertestes a samaritana, para que adorasse o Pai em espírito e verdade, libertai agora das ciladas do demônio estes eleitos que se aproximam das fontes da água viva; convertei seus corações pela força do Espírito Santo, a fim de conhecerem o vosso Pai, pela fé sincera que se manifesta na caridade. Vós que viveis e reinais para sempre.
  • 9. Luz Lavar Enviado Ver/ Enxergar Testemunho Discípulo Ensinar Cego A luz do mundo Jo 9,1-41 Por que quereis ouvir de novo? Por acaso quereis tornar-vos discípulos dele? Eu vim a este mundo para exercer um julgamento, a fim de que os que não veem, vejam, e os que veem se tornem cegos
  • 10. Exorcismo Pai de bondade, Que deste ao cego de nascença a graça de crer em vosso Filho, e alcançar pela fé o vosso reino de luz, libertai esses eleitos dos erros que cegam e concedei-lhes de olhos fixos na verdade, tornarem-se para sempre filhos da luz. Por Cristo nosso Senhor.
  • 11. Senhor Jesus, luz verdadeira, que iluminastes toda a humanidade, libertai, pelo Espírito da verdade, os que se encontram oprimidos pelo pai da mentira, e despertai a boa vontade dos que chamastes aos vossos sacramentos para que na alegria da vossa luz, tornem–se, como o cego outrora iluminado, audazes testemunhas da fé. Vós que viveis e reinais para sempre.
  • 12. • Amigo • Dorme • Morte • Ressurreição e a vida • Amor • Pedra • Deixai-o caminhar Vida Jo 11,1-45 Esta doença não leva à morte; ela serve para a glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo.
  • 13. Exorcismo Deus Pai, fonte da vida, vossa glória está na vida feliz dos seres humanos e o vosso poder se revela na ressureição dos mortos. Arrancai da morte os que escolhestes e desejaram receber a vida pelo Batismo. Livrai-os da escravidão do demônio, que pelo pecado deu origem à morte e quis corromper o mundo que criastes bom. Submetei-os ao poder de vosso Filho amado, para receberem dele a força da ressureição e testemunharem diante de todos a vossa glória. Por Cristo nosso Senhor.
  • 14. Senhor Jesus Cristo, ordenastes a Lázaro sair vivo do túmulo e pela vossa ressurreição libertastes da morte toda a humanidade, nós vos imploramos em favor de vossos servos e servas, que acorrem às águas do novo nascimento e à ceia da vida; não permitais que o poder da morte retenha aqueles que, por sua fé, vão participar da vitória da vossa ressurreição. Vós que viveis e reinais para sempre.