SlideShare uma empresa Scribd logo
Proteja seus lucros! 
Para repor o valor de cada item furtado é necessário vender até 
50 itens do mesmo produto. Conheça as soluções feitas sob 
medida para sua empresa se prevenir contra esse prejuízo. 
| | www.gateway-security.com.br
Sumário 
Páginas 
6 Novo padrão em proteção contra furtos 
Líder na Europa, Gateway representa 245 anos de tradição em segurança em todas as 
áreas corporativas 
8 
9 
Sozinhos, equipamentos não resolvem 
Avaliação e escolha do fornecedor é fundamental para garantir soluções sob medida, 
com o melhor custo-benefício e agilidade na assistência técnica 
Opinião de quem entende 
Empresas e especialistas explicam porque escolheram a Gateway Security como sua 
principal fornecedora 
Sede América do Sul: 
Rua Ari Aps, 80 | Jd Bonfiglioli 
Cep 05594-010 | São Paulo | SP 
R$ 322 milhões em prejuízos 
Valor supera a margem de lucro do setor e é equivalente 
ao faturamento de todo o mercado de lãs de aço ou de 
bebidas energéticas e isotônicas 
Furtos respondem por quase 40% das perdas 
Supermercado precisa vender até 50 itens iguais para 
recuperar o valor de cada produto furtado 
4 
5 
Soluções sob medida 
Conheça os equipamentos utilizados pelas principais 
redes de varejo do Brasil e do mundo para proteger suas 
mercadorias 
Mapa das perdas 
Identifique as áreas de risco da sua loja e a melhor solução 
para prevenir perdas 
12 
14 
Atendimento: (11) 3732-6626 
info@gateway-security.com.br 
www.gateway-security.com.br 
Publicação Interna Gateway Security 
Edição: Versátil Comunicação Estratégica 
www.versatilcomunicacao.com.br 
Textos: Silvio Tanabe 
Secretária de Redação: Marta Alcarde 
Fotos: Orlando Mourão, Padovani Prado 
Propaganda e Sylvia Masini 
Projeto gráfico, ilustrações e diagramação: 
Cyan Studio - www.cyan.com.br 
Agradecimento: 
A Gateway agradece aos clientes e parceiros que colaboraram com esta publicação 
através de depoimentos e imagens. 
| | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
Agora sim! 
Respeitar a concorrência, ter nela os parâmetros que norteiam e definem os nossos desa-fios 
na busca da excelência e na conquista de novos clientes é nossa rotina. Quem faz parte 
de um grupo como a Gunnebo, que há 245 anos atende aos vários segmentos, sempre 
com novas e criativas soluções, entende que o segundo pedido é muito mais importante 
que o primeiro. Esta filosofia, aplicada em apenas sete anos no mercado brasileiro, nos 
levou à liderança em diversos segmentos de varejo. 
Para dar o próximo passo da Gateway Security, o de conquistar os supermercados brasilei-ros, 
passamos os últimos três anos aperfeiçoando uma nova estrutura, criada especialmen-te 
para o auto-serviço. Acumulamos conhecimento participando dos principais eventos do 
setor como a APAS; desenvolvemos e testamos novos conceitos, produtos e acessórios; 
implementamos vários programas-piloto e acertamos inúmeras e respeitáveis parcerias. 
Ao mesmo tempo, formamos e treinamos uma equipe de profissionais qualificados e com 
experiência no segmento para entender e atender às necessidades do auto-serviço com 
soluções sob medida. 
O resultado de todo este trabalho, esforço e investimento nos dá segurança para afirmar que: 
Agora sim, o mercado de auto-serviço tem uma alternativa superior às atuais exis-tentes 
Agora sim, o pequeno e médio supermercadista terá o tratamento adequado e 
respeitoso que merece! 
Agora sim, as fraudes nos PDVs estão com os dias contados! 
Agora sim, o supermercadista de médio porte pode proteger seus ativos com solu-ções 
feitas de acordo com o tamanho da sua loja! 
Agora sim, a operadora do caixa pode ter a tranqüilidade e a certeza de que o de-sativador 
realmente desativa! 
Agora sim, a modernidade e a ambientação da área de vendas está garantida com 
equipamentos que seguem as mais modernas tendências de design! 
Agora sim, você varejista que nos lê, pode ter a certeza de que suas reclamações 
serão consideradas, sua opinião será sempre solicitada e que os problemas que sur-girem 
e surgirão serão tratados com a devida competência e com a reciprocidade 
necessária à formatação de uma sólida e duradoura parceria. 
Nas próximas páginas você poderá conhecer melhor nossa empresa e porque nos preo-cupamos 
tanto no desenvolvimento de soluções que efetivamente contribuam para os 
resultados da sua empresa. Boa leitura e ótimos negócios! 
Luiz Fernando Sambugaro 
Diretor de Marketing 
Gateway Security 
“ Profissionais 
qualificados e 
com experiência 
no segmento 
para entender 
e atender às 
necessidades 
do auto-serviço 
com soluções 
sob medida ” 
“ Agora sim, o 
mercado de 
auto-serviço 
tem uma 
alternativa 
superior às 
atuais ” 
no mercado! 
| | www.gateway-security.com.br
PERDAS NO VAREJO 
Supermercados amargam 
prejuízo de R$ 322 milhões 
provocados por perdas 
Valor supera a margem de lucro 
do setor e é equivalente ao 
faturamento de todo o mercado 
de lãs de aço ou de bebidas 
energéticas e isotônicas 
Em 2008, as perdas nos supermercados 
brasileiros chegaram a 2,15% do fatura-mento 
bruto do setor, ou R$ 322 milhões. 
É como se as empresas perdessem no ano 
o correspondente ao mercado inteiro de 
lãs de aço ou o de bebidas energéticas e 
isotônicas. A cifra, inclusive, chega a su-perar 
a margem de lucro histórica, que de 
acordo com a Associação Brasileira dos Su-permercados 
(ABRAS) em pesquisa anual 
conduzida pela Nielsen, não ultrapassa os 
2% do faturamento. 
“Em um momento de incertezas como o 
atual, em que o desaquecimento da eco-nomia 
e o aumento do desemprego ame-açam 
reduzir as vendas, não há como ser 
competitivo com taxas de perdas tão ele-vadas”, 
considera o diretor da Gateway Se-curity, 
Luiz Fernando Sambugaro. Por esse 
motivo, na sua avaliação, a prevenção de 
perdas é um dos principais recursos para o 
supermercado evitar os efeitos da crise. “É 
a única forma de converter o prejuízo em 
recursos que podem ser reaplicados na loja 
ou utilizados na recom-posição 
das margens.” 
Ele alerta, entretanto, 
que a prevenção de 
perdas só vai gerar re-sultados 
se for encara-da 
como um processo 
que exige investimento 
contínuo em normas e 
procedimentos, profis-sionalização 
e treina-mento 
de funcionários, 
tecnologia e parceiros 
qualificados. “Se a área 
não estiver estruturada 
e as perdas forem com-batidas 
apenas pontu-almente, 
os resultados 
podem até aparecer, 
mas não se sustentarão ao longo do tem-po”, 
considera Sambugaro. “É como con-trolar 
o seu peso. Uma dieta pode até surtir 
efeito imediato, mas se você pára o efeito 
pode ser ainda pior.” 
“ Prevenção de 
perdas é forma 
de converter 
os prejuízos 
em lucros ” 
“ É praticamente 
impossível 
combater furtos 
sem o auxílio 
da tecnologia ” 
| | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
Furtos respondem por 
quase 40% das perdas 
Supermercado precisa vender 50 itens iguais para 
recuperar o valor de cada produto furtado 
De acordo com estudo 
recente do Programa 
de Administração 
de Varejo (Provar), 
37,7% das per-das 
são causadas 
por furtos, sendo 
20% provocados 
por funcionários e 
17,7% por pesso-as 
mal intencionadas 
circulando pela loja. Sig-nifica 
que, a cada R$ 1 de 
prejuízo provocado por perdas, R$ 
0,38 foram literalmente subtraídos dos bol-sos 
do supermercadista. Acrescente-se que, 
com uma margem de 2% para cada item 
furtado, é preciso vender 50 dos mesmos 
itens e com a mesma margem para repor o 
valor equivalente ao produto faltante. 
Os furtos ocorrem das 
mais variadas for-mas 
possíveis, indo 
desde pessoas que 
se aproveitam da 
falta de vigilân-cia 
escondendo 
a mercadoria sob 
as roupas ou na 
bolsa, até quadri-lhas 
organizadas com 
esquemas sofisticados, 
agindo em associação com 
funcionários. Na maior parte dos 
casos, os itens visados são os mais caros, 
fáceis de ser carregados e revendidos. Pro-tetores 
solares, aparelhos e lâminas de bar-bear, 
pilhas, bebidas alcoólicas destiladas e 
DVDs são considerados produtos de alto 
risco (PAR) pelo Provar. 
Aparelhos e lâminas de barbear lideram 
os produtos de alto risco nas lojas 
Diante desse cenário e em redes em que 
o fluxo de pessoas, o sortimento e o ta-manho 
das lojas gira na casa dos milha-res, 
fica praticamente impossível prevenir 
perdas sem o auxílio da tecnologia, prin-cipalmente 
etiquetas, antenas antifurto e 
circuito fechado de TV (CFTV). Não é exa-gero 
dizer que eles são os olhos e ouvidos 
do supermercado em relação à prevenção 
de perdas. 
Os modernos equipamentos de proteção 
eletrônica reúnem uma ampla gama de re-cursos 
com alto desempenho e custo-bene-fício 
acessível para supermercados de todos 
os portes. Além da tecnologia, os melhores 
fabricantes se preocupam também em de-senvolver 
produtos com design capaz de ser 
facilmente integrado ao ambiente e decora-ção 
da loja (veja página 12). 
Passos para transformar prejuízos em lucros 
O supermercado pode transformar os 
prejuízos dos furtos em lucros com um 
programa bem gerenciado de prevenção, 
pois deixar de perder um produto signifi-ca 
reduzir despesas e, conseqüentemen-te, 
melhorar o seu resultado financeiro. O 
programa, porém, precisa estar muito bem 
fundamentado para que o prejuízo não 
aumente. O alerta é do advogado e es-pecialista 
em prevenção de perdas Carlos 
Eduardo Santos. Autor do livro “Preven-ção 
de Perdas e Gestão de Riscos” e cria-dor 
do portal www.prevenirperdas.com.br, 
ele considera que o combate aos furtos 
envolve quatro componentes principais: 
políticas de segurança e contingência, 
gestão de processos, treinamento e tec-nologia. 
“Eles pautam todas as ações 
contra as perdas, independentemente 
de quais os alvos”, explica Santos. Como 
exemplo, ele lista os passos a serem to-mados 
para evitar: 
Furtos Externos: 
política de segurança e de contingên-cia, 
implantação de antenas de alarme 
e CFTV, treinamento dos funcionários e 
inventários (rotativos e gerais) 
Furtos Internos: 
controle de acesso, estoques segrega-dos, 
CFTV, auditoria e inventários. 
Fraude de Terceiros: 
auditorias, controle de acesso e imple-mentação 
de controles de conferência. 
“Para sustentar todo o programa também 
é necessário criar indicadores, relatórios de 
exceção e gerenciais”, acrescenta. 
Na área de tecnologia em particular, Carlos 
Santos reforça a importância da escolha de 
parceiros de confiança para evitar “surpre-sas” 
com problemas em equipamentos. 
“Neste aspecto, a Gateway Security se 
destaca, sempre buscando as melhores 
opções de serviços e produtos para seus 
clientes. Sua forma diferenciada no tra-to, 
desde a negociação até o pós-venda, 
a qualifica como uma empresa parceira, 
preocupada com os resultados dos seus 
clientes através do retorno dos investi-mentos 
realizados.” 
Carlos 
Santos: 
escolha 
correta do 
parceiro de 
tecnologia 
pode evitar 
“surpresas” 
| | www.gateway-security.com.br
Sobre a Gateway Security 
O novo desafio 
de uma empresa 
acostumada 
a desafios 
Rubens Bulgarelli Filho: foco no atendimento 
e espírito empreendedor levaram a empresa à 
liderança em tempo recorde 
O desafio de conquistar um novo mercado 
faz parte da trajetória da Gateway Security e 
de seus executivos. Afinal, logo que a empre-sa 
surgiu em 2002, enfrentou o desafio de 
conquistar seu espaço no segmento de pro-teção 
de mercadorias no Brasil, dominado 
então por empresas de porte internacional. 
Aliando a filosofia e a estratégia da matriz 
sueca (qualidade de produtos, soluções 
adequadas aos diferentes perfis de cliente, 
excelência no atendimento pós-venda) com 
o entusiasmo do empreendedor brasileiro, 
em tempo recorde a Gateway tornou-se 
líder no varejo de moda e não alimentos. 
“Tanto que, quando o representante de uma 
empresa quer conhecer nossos produtos, o 
levamos para visitar um shopping center, 
pois a grande maioria das suas principais lo-jas 
está equipada com soluções Gateway”, 
conta o sócio-diretor da empresa, Rubens 
Bulgarelli Filho. “Os shopping centers hoje 
são nossos grandes show-rooms.” 
Como forma de atender os supermercados 
com o mesmo padrão de produtos e servi-ços 
oferecido ao varejo de não alimentos, 
a nova divisão de auto-serviço se valeu da 
tecnologia e soluções do grupo Gunnebo 
(veja página 7). Nos últimos três anos, a fi-lial 
brasileira investiu na ampliação da infra-estrutura, 
trouxe e adaptou às condições 
brasileiras uma série de novas soluções de 
alarmes, controles de acesso, contadores de 
fluxo e CFTV. 
Para formar a equipe comercial e de aten-dimento 
foram recrutados dois executivos 
Gateway traz ao Brasil tecnologia 
utilizada pelas principais redes 
de varejo da Europa 
com grande experiência e credibilidade na 
área, principalmente em super e hipermer-cados: 
Alexandre Passos e Luciano Raposo. 
“Em um mercado com carência de profis-sionais 
qualificados, integrar os dois à nova 
equipe por si só foi uma importante con-quista 
para transformar a Gateway Securi-ty 
em uma empresa de múltiplas soluções, 
cuja meta é liderar não em participação de 
mercado, mas em atendimento, pós-venda, 
criatividade e inovação”, considera Rubens 
Bulgarelli Filho. 
Mesmo recém-inaugurada, a divisão de 
auto-serviço já acumula conquistas. Entre 
as redes em que a empresa já se encontra 
instalando seus equipamentos estão Coop 
(SP), Sonda (SP), Xande/Especiale (SC), Ex-trabom 
(ES), Roldão (SP), Guanabara (RJ), 
Covabra (SP), Casa e Vídeo (RJ), Supermerca-do 
Farinha Pura (RJ), Lagos Supermercados 
(RJ), Mercado Batista (RJ), Itamaracá Auto 
Peças (RJ), Nova Peças (RJ), Supermercado 
Guarani (SP) e Supermercado Barão (SP). 
“Em minha última visita ao país fiquei im-pressionado 
com o trabalho desenvolvido 
pela equipe da Gateway Brasil. A sólida 
infra-estrutura da empresa construída ao 
longo dos últimos anos e os resultados 
obtidos no varejo brasileiro com certeza 
foram um forte aval para a Gunnebo dar 
todo o apoio à entrada da sua subsidiá-ria 
no segmento de auto-serviço”, ressal-ta 
Kent Schölin, diretor geral da Gunnebo 
Gateway. “Temos grande confiança no rá-pido 
crescimento e no sucesso deste novo 
empreendimento.” 
Luciano Raposo 
(esq.) e Alexandre 
Passos: Nova 
divisão recrutou 
profissionais com 
experiência e 
credibilidade no 
mercado. 
| | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
Sinônimo de segurança e 
proteção para empresas 
Líder no varejo europeu, empresa representa grupo 
com 245 anos de tradição na área de segurança 
Uma das principais fornecedoras de 
sistemas de proteção para o varejo europeu, 
a Gateway Security foi criada na Suécia em 
1994 para desenvolver antenas e etiquetas 
antifurto, em regime de OEM, para outros 
fornecedores que atuavam no mercado 
de proteção eletrônica. Com o know-how 
adquirido a empresa lançou sua própria 
linha para o varejo europeu poucos anos 
depois, composta por soluções totalmente 
customizáveis que permitiam atender 
desde as grandes redes internacionais até 
as pequenas lojas de vizinhança, de acordo 
com as necessidades de cada uma e o 
melhor custo-benefício. 
Desde 2004 a Gateway faz parte da sueca 
Gunnebo AB, maior e mais tradicional 
empresa de segurança da Europa, com 
245 anos de existência, faturamento de 
US$ 1,1 bilhão e com presença em 138 
paises. Com a aquisição, o grupo passou 
a atuar em todas as áreas de segurança 
corporativa: bancária, patrimonial, 
documentação e antifurto. 
Os maiores beneficiados foram as dezenas 
de clientes da Gateway, entre eles as redes 
de supermercados Tesco, Ahold, Auchan e 
Wal-Mart; grifes de moda como Hugo Boss, 
Empório Armani, Ermenegildo Zegna e Victor 
Hugo; e redes especializadas (Fnac, C&A). A 
empresa ampliou a linha de equipamentos 
de proteção contra furtos com a inclusão de 
CFTV, safers e alarmes e passou a oferecer 
também soluções integradas de segurança 
em transferências bancárias, controle de 
acesso e proteção de documentos. 
Por seu lado, a Gateway contribuiu para 
agregar valor aos serviços dos clientes do 
grupo pelo atendimento de pós-venda, um 
de seus maiores e mais reconhecidos dife-renciais. 
Todas as soluções são instaladas 
por profissionais certificados da empresa, 
que também fazem o acompanhamento 
posterior para solucionar e corrigir proble-mas 
ou falhas ocasionais. Outro ponto forte 
do suporte ao cliente é o treinamento dado 
aos funcionários do varejo na correta utili-zação 
dos equipamentos. 
“ Temos grande 
confiança no rápido 
crescimento e no 
sucesso deste novo 
empreendimento ” Kent Schölin, diretor geral Gunnebo Gateway 
De acordo com o diretor geral da Gunne-bo 
Gateway, Kent Schölin, apesar do clima 
de cautela do varejo, a empresa está oti-mista 
em relação à retomada da economia 
e manteve o investimento no desenvolvi-mento 
de novos produtos. “Estão previs-tos 
20 lançamentos em antenas e etique-tas 
antifurto e o aumento dos pedidos 
em grandes clientes nos fazem prever que 
2009 será mais um ano positivo”, afirma. 
“E é claro que contamos com a contribui-ção 
dos resultados de nossas operações na 
América do Sul, incluindo o Brasil.” 
Presença internacional 
com ampla linha de 
soluções, Gunnebo 
Gateway atende 
necessidades dos mais 
diversos clientes 
Grupo Sonae: Antena Designergate MDG Rede Auchan: Antena Stargate XL 
E.Leclerc: Antena Exert Intermarché: Antena Powergate Sodimac: Antena Stargate Classic 
| | www.gateway-security.com.br
Soluções em Prevenção de Perdas 
Sozinhos, equipamentos de 
segurança não resolvem os problemas 
Avaliação e escolha do fornecedor é fundamental para garantir soluções 
sob medida, com o melhor custo-benefício e agilidade na assistência técnica 
Ao contrário do que pensam muitos vare-jistas, 
não basta adquirir e instalar os equi-pamentos 
para acabar com os furtos. Eles 
só vão funcionar com a eficiência necessária 
se forem corretamente dimensionados de 
acordo com as características e necessida-des 
de cada loja, geridos por meio de nor-mas 
e procedimentos para garantir sempre 
o seu correto funcionamento. 
São estas características que vão proporcio-nar 
a confiança necessária para os profis-sionais 
de segurança e prevenção de perdas 
impedirem os furtos internos e a intervir 
imediatamente em caso de disparo do alar-me, 
com a total certeza de real tentativa de 
furto. De acordo com o diretor da Gateway, 
Luiz Fernando Sambugaro, é comum em 
inúmeras instalações não monitoradas tec-nicamente 
assistir a cenas em que o segu-rança 
deixa a pessoa que provocou o alarme 
ir embora sem nenhuma verificação. “Ele 
simplesmente não confia mais nos constan-tes 
alarmes falsos e não quer envolver a loja 
em uma situação de constrangimento ao 
cliente”, explica. 
Daí a importância do fornecedor. Mais do 
que simplesmente vender equipamentos, 
a empresa precisa atuar como parceira do 
cliente, desenvolvendo a solução que en-volva 
o melhor custo-benefício em termos 
de recursos, qualidade e assistência técnica. 
“Muitos varejistas só levam em conta o pre-ço 
final na hora de escolher o seu fornece-dor, 
sem noção de que futuros problemas 
técnicos podem causar tantos prejuízos 
quanto os próprios furtos”, afirma Luiz Fer-nando. 
“Afinal, qual o custo de uma antena 
quebrada esperando manutenção, ou de 
uma câmera de circuito fechado incapaz de 
detectar pontos de risco na área de vendas 
por ter sido instalada em local incorreto?” 
Como forma de evitar problemas como 
estes, capazes de comprometer inclusive a 
operação de uma loja, a escolha do forne-cedor 
envolve alguns critérios. Em primeiro 
lugar, avaliar a qualidade do equipamento 
como custo-benefício. Quanto melhor for a 
qualidade, menor o risco da câmera, antena 
ou etiqueta apresentar defeitos e necessitar 
assistência, gerando custos e interrupções. 
Em segundo lugar, se a preocupação do 
fornecedor é vender equipamentos ou de-senvolver 
uma solução que esteja de acordo 
com as características e necessidades da sua 
loja. Por fim, mas não menos importante, 
se a empresa fornece assistência técnica ágil 
para resolver os problemas quando estes 
surgirem. 
RPanelli & Consultores Associados 
Parcerias são fundamentais 
para prevenção de perdas 
“Dentro de um cenário competitivo bastan-te 
acirrado, onde as operações varejistas 
estão cada vez mais buscando alternativas 
para criar valor ao seu negócio e também 
melhorar sua relação custo-benefício, a 
criação de um programa eficaz de preven-ção 
de perdas certamente contribuirá para 
o atingimento destas metas. Constatamos 
em nossos últimos trabalhos de consulto-ria 
que as perdas provocadas por furtos de 
funcionários, clientes e durante o transpor-te 
dos produtos atingem algo de 1,5% das 
vendas anuais das empresas. 
Sem dúvida as ferramentas tecnológi-cas 
contribuem de forma extremamente 
eficaz nos programas de prevenção de 
perdas. Através de soluções utilizando as 
tecnologias de RFID para rastreamento e 
controle de ativos até os sistemas de se-gurança 
dentro do ponto de vendas que 
inibem o furto de clientes. A Gateway 
possui soluções para todas estas neces-sidades. 
Fornecedores confiáveis, com conheci-mento 
e “expertise” em prevenções de 
perdas, são fundamentais para o su-cesso 
destes programas, e sem dúvida a 
Gateway reúne todas estas qualidades de 
um grande fornecedor deste tipo de tec-nologia.” 
Rubens Panelli, diretor da 
RPanelli & Consultores Associados 
Panelli: Gateway reúne todas as qualidades de um 
grande fornecedor de tecnologia 
| | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
Lojas Riachuelo 
Atendimento ágil e rápido 
A Riachuelo, uma das maiores redes de con-fecções 
do Brasil, foi recentemente alvo de 
uma decisão histórica da justiça. Por meio 
das filmagens realizadas pelo sistema de 
CFTV, a empresa provou serem falsas as 
acusações de uma cliente que a processou 
por alegar ter sido constrangida na abor-dagem 
de funcionários, após suposto dis-paro 
da antena. Depois de assistir a grava-ção 
que mostrou exatamente o momento 
em que ela era atendida normalmente na 
loja, o juiz não só isentou a rede varejista de 
qualquer culpa como reverteu a acusação 
e obrigou a cliente a pagar uma indeniza-ção 
por difamação. Para o coordenador 
de gestão de risco da Riachuelo, Wilson 
Ferreira Jalles, este é um dos principais mo-tivos 
pelos quais a área de prevenção de 
perdas é imprescindível para o varejo hoje. 
“Precisamos estar muito bem preparados 
e equipados para evitar a ação de pessoas 
mal intencionadas, que inventam as mais 
diversas formas de furtar mercadorias ou, 
como neste caso, criar situações que lhes 
favoreçam”, destaca. 
Por este motivo, todas as 101 lojas da rede 
estão equipadas com antenas antifurto. Já 
os sistemas de CFTV da empresa estão ins-talados 
em 50% das unidades, justamente 
as que concentram maior fluxo de pesso-as. 
“Antenas e CFTV são complementares. 
Atuando em conjunto, conseguem detectar 
todas as situações de risco da loja”, consi-dera 
Jalles. 
“Uma coisa é ter equipamento de segu-rança 
e outra coisa é dispor de soluções de 
segurança. É fácil conseguir equipamentos 
hoje em dia, temos hoje alguns parceiros 
alinhados na solução destas operações, 
afirma o coordenador de gestão de risco da 
Riachuelo. “Neste aspecto, nossa parceria 
com a Gateway tem sido muito proveitosa. 
A empresa não poupa esforços para atender 
nossas necessidades, buscando soluções no 
Brasil e exterior. Os equipamentos são de 
excelente qualidade e raramente necessi-tam 
de manutenção. E, quando necessário, 
o atendimento é sempre ágil e rápido.” 
Jalles, da 
Riachuelo: 
Empresa 
não poupa 
esforços para 
atender nossas 
necessidades 
Supermercados Covabra 
Ótimo parceiro com 
preços competitivos 
Com dez lojas em sete cidades, a Covabra é 
uma das principais redes de supermercados 
do interior paulista. Com sede em Campinas, 
a empresa conta hoje com 1,7 mil funcioná-rios 
e planeja abrir mais duas lojas em 2009. 
De acordo com o diretor financeiro, Ro-naldo 
dos Santos, a prevenção de perdas 
é uma das principais preocupações da Co-vabra, 
que constantemente está em busca 
de parceiros que contribuam com novas 
soluções. Na empresa, os furtos externos 
são um dos grandes problemas devido a 
quadrilhas que se especializaram em fur-tar 
produtos para revenda, principalmente 
os de alto valor agregado. Este é um dos 
motivos pelos quais a empresa escolheu a 
Gateway Security como fornecedora de so-luções 
para prevenção de furtos. 
“De forma geral, creditamos a redução dos 
índices de furtos devido à adoção de novos 
processos e parcerias, do qual fazem parte 
os equipamentos da Gateway. É um parcei-ro 
com ótima assistência e preços competi-tivos”, 
destaca o diretor da Covabra. 
Santos, da Covabra: parceiro com ótima assistência e 
preços competitivos 
| | www.gateway-security.com.br
FNAC 
Tolerância zero reduziu perdas 
de 4,6% para 0,36% 
Há sete anos, ao assumir a Diretoria de 
Organização de Sistemas e Informações 
(DOSI), área responsável pela prevenção de 
perdas da Fnac no Brasil, Marco Moschella 
teve uma clara noção do desafio que tinha 
pela frente ao receber a dica de um ami-go 
sobre o site de relacionamentos Orkut. 
“Disse a ele que esse negócio de redes so-ciais 
não era minha praia, mas ele insistiu”, 
recorda-se. Esse com certeza vai te interes-sar, 
retrucou o amigo. Ele se chama “Fui na 
Fnac e roubei!” 
Esse grupo de discussão, em que as pes-soas 
se gabavam da facilidade em furtar 
as lojas da rede, mostrava a fragilidade e a 
vulnerabilidade da empresa em relação ao 
problema. Nessa época, o índice de per-das 
auditado pelos inventários chegava 
a impressionantes 4,6%. Para se ter uma 
idéia dos prejuízos, destaque-se que um 
dos pontos fortes da Fnac é o sortimen-to 
de produtos eletrônicos de alto valor 
agregado, como DVDs, computadores, 
câmeras, filmadoras, celulares, aparelhos 
de MP3 e demais equipamentos de áudio 
e vídeo. Ou seja, um prato cheio para pes-soas 
mal intencionadas atuando interna 
ou externamente. 
“Para cada DVD furtado é necessário ven-der 
outros 20. Se forem furtados cem DVDs 
em toda a rede, teremos de vender 2 mil 
unidades, sendo que o tempo necessário 
para comercializar tudo isso em muitos ca-sos 
supera o próprio ciclo de vida do produ-to”, 
compara Marco Moschella. “Ou seja, 
o prejuízo com as perdas era tão alto que 
chegava a comprometer a própria venda do 
item.” 
Reverter esta situação exigia medidas de 
impacto, e foi o que Moschella fez ao im-plementar 
a política de ‘tolerância zero’ em 
relação a furtos. “Não existe pessoa que fur-ta 
mais ou menos, existe quem furta. Não 
interessa o que ela pegou, se uma borracha 
ou um notebook. Se for pega fazendo isso 
em nossas lojas, vai para a delegacia!” 
Para dar suporte às novas medidas, a em-presa 
investiu maciçamente em tecnologia, 
adequando os equipamentos e buscando 
novas soluções para as necessidades das 
lojas. Neste aspecto, a parceria mantida 
com a Gateway Security se mostrou efeti-va. 
“Quando definimos que as câmeras do 
mostruário seriam protegidas por cabos de 
aço para permitir o manuseio, a empresa 
foi atrás do modelo mais adequado em re-lação 
ao acabamento e resistência”, expli-ca 
o diretor da Fnac. “A Gateway também 
desenvolveu um modelo especial de safer 
para nossas lojas, assim como um sistema 
de CFTV com excelente custo-benefício, agi-lidade 
e facilidade de uso, o que nos permi-tiu 
instalar câmeras em 
todos os pontos de ris-co. 
Com isso, 96% da 
área das lojas hoje está 
coberta por câmeras.” 
Como resultado, prati-camente 
todos os pro-dutos 
de alto risco en-contram- 
se protegidos 
ou monitorados por 
algum equipamento 
da Gateway. Toda esta 
tecnologia, aliada a 
auditorias contínuas 
Moschella, da 
Fnac: ótimo 
atendimento 
no pós-venda 
e um forte programa de conscientização 
e treinamento em prevenção de perdas, 
conseguiu reduzir o índice de 4,6% para 
0,36%, número que se mantém já pelo se-gundo 
ano consecutivo. Grupos de discus-são 
no Orkut sobre como furtar nas suas 
lojas viraram coisa do passado. 
Diante da expansão da rede (atualmente 
com oito lojas em diversas cidades do país, 
com previsão de inauguração de duas no-vas 
unidades até o final do ano), aumento 
da circulação (passam pelas lojas mais de 
300 mil pessoas por mês) e evolução das 
técnicas de furto, o novo desafio da área 
de prevenção de perdas da Fnac é manter 
os índices de furtos baixos. “Temos de ser 
rápidos em detectar e combater os proble-mas 
antes que se espalhem e para isso sem-pre 
vamos precisar de fornecedores como a 
Gateway, capazes de oferecer soluções de 
qualidade com rapidez e, o que é mais im-portante 
em uma parceria, um ótimo aten-dimento 
no pós-venda. 
Gateway 
desenvolveu 
para nós CFTV 
com excelente 
custo-benefício, 
agilidade e 
facilidade de uso 
|10| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
C & A 
Parceria para os momentos difíceis 
Presente no país desde 1976, a C&A possui atualmente 170 lojas espalhadas por quase todo o 
território nacional. Para consolidar este porte no país, a empresa buscou parceiros de confiança 
ao longo dos anos, caso da Gateway Security. 
“A Gateway é um ótimo fornecedor na busca de soluções em prevenção de perdas”, afirma 
Devanir Benetti, gerente de prevenção de perdas da C&A. “Eles sempre estiveram presentes nos 
momentos mais difíceis. Quando precisávamos de produtos que não existiam no mercado, a 
Gateway pesquisava e desenvolvia soluções sob medida para a empresa. E, o mais importante, 
com eficácia.” 
Benetti destaca como um dos pontos fortes da Gateway o atendimento no pós-venda. “Sempre 
recebemos acompanhamento para saber como a situação estava, além de apoio para treinamen-to 
dos funcionários”, destaca. 
Center Castilho 
Benetti: sempre recebemos 
acompanhamento e apoio para 
treinamento dos funcionários 
Soluções reduziram perdas em 90% 
Por mais de dez anos a Center Castilho, rede 
de material de construção de São Paulo, 
tentava implementar junto aos fornecedo-res 
o processo de etiquetagem na origem 
como forma de reduzir os furtos em suas 
12 lojas. 
“Mas a dificuldade de mudar todo o pro-cesso 
de fabricação dos produtos, somada 
ao custo da etiqueta antifurto, praticamen-te 
inviabilizou todas as tentativas”, conta 
o gerente financeiro da empresa, Gerson 
Kühn. Como forma de resolver o problema, 
foi adotada uma nova abordagem com a 
parceria da Gateway Security. Após estudo 
do perfil das áreas de risco e dos proble-mas 
encontrados, as lojas foram equipadas 
com a linha acusto-magnética de antenas 
Phenom Master e Phenom Slave, desativa-dores 
por proximidade, etiquetas adesivas, 
etiquetas rígidas, protetores de policarbo-nato 
e acessórios como o Multigrip - cabo 
de aço que envolve a embalagem evitando 
a sua abertura. 
“Ficamos muito satisfeitos com a perfor-mance 
dos equipamentos. Os desativado-res 
quando acionados garantem efetiva-mente 
a desmagnetização das 
etiquetas, evitando aborda-gens 
indevidas causadas pelas 
constantes falhas na desativa-ção”, 
explica Khün. “A instala-ção 
destes novos desativadores 
geraram maior produtividade e 
confiança 100% no processo.” 
Os resultados foram imediatos. 
Os produtos de alto risco passa-ram 
Kühn, da Center 
Castilho, elogia 
qualidade e 
pontualidade 
na prestação de 
serviços 
a ser efetivamente protegidos, fazendo 
com que as perdas fossem reduzidas em 
90%. 
“A Gateway é realmente uma parceira na 
prevenção de perdas. Além de fornecer 
soluções inovadoras com design moder-no 
possui outro grande diferencial, que é 
a prestação dos serviços com qualidade e 
pontualidade”, elogia. “Optamos por uma 
parceria em que todos ganharam!” 
|1| www.gateway-security.com.br
Soluções sob medida 
para as necessidades 
dos supermercados 
Líder em diversos segmentos do varejo nacional e internacional, Gateway 
Security oferece linha completa de antenas e etiquetas antifurto, cadeados, 
protetores, CFTV e monitoramento de PDV 
Gatecash — Solução inédita que possibilita 
gerenciar e monitorar à distância todas as ope-rações 
efetuadas no PDV, inclusive conferência 
simultânea do tíquete 
de compra, de forma 
totalmente integrada ao 
software de automação 
comercial da sua loja. 
1 2 3 
A Gateway oferece soluções com eficiência e o melhor custo-benefício para proteger qualquer tipo de 
produto. Acima, três exemplos: 
[1] Etiqueta especial para garrafas. Protege as bebidas sem a necessidade de confinamento. 
[2] Etiqueta Galaxy: a mais eficiente do mercado pois dificulta o acesso ao pino, local em que geralmente 
ocorre a violação. Seu uso tem reduzido em até 70% o furto gerado pelo ataque às etiquetas. 
[3] Linha de Protetores Aranha: lacram as caixas e impedem subtração ou troca do conteúdo interno. 
Desativadores — Tecnologia exclusiva desen-volvida 
pela Gateway proporciona total garantia 
de que a etiqueta foi devidamente desativada. 
Isso proporciona mais confiança aos operadores 
e agilidade nos processos do caixa. 
Tecnologia RFID — A Gateway, em parceria 
com a Vip Systems, é pioneira no desenvolvi-mento 
de soluções de RFID 
(Radio Frequency Identifica-tion) 
que reúnem proteção 
e controle de estoques com 
simplicidade e eficácia. 
Para vender não basta só expor. Os Cadea-dos 
Eletrônicos permitem que o cliente ma-nuseie 
os produtos à vontade, estimulando o 
impulso de compra, com total segurança para 
o varejista. 
|12| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
Uma das líderes no desenvolvimento 
de soluções técnicas e de design para 
proteção eletrônica de mercadorias no 
varejo, a Gateway Security integra o grupo 
sueco Gunnebo AB, fundada em 1764 e 
hoje uma das maiores empresas na área de 
segurança da Europa e com atuação em 
138 países. Entre seus clientes estão as 
principais redes de varejo e grifes mundiais, 
como Emporio Armani, Fnac, Ahold, Tesco, 
Hugo Boss, The Body Shop e Victor Hugo. 
No Brasil, a empresa desenvolve soluções 
sob medida em prevenção de perdas 
(antenas e etiquetas antifurto, CFTV e 
monitoramento de PDV) para grandes 
redes de varejo e grifes de moda, 
entre elas: Besni, C&A, Daslu, Emporio 
Armani, Fnac, Hering, Marisa, Riachuelo, 
Drogarias Farto, Panvel, Supermercados 
Batista, Covabra, Farinha Pura, 
Guanabara, Lagos, Russi, Y. Yamada, 
Casa & Vídeo, Center Castilho, Ransons, 
Roldão, TIM, VIVO, OI e CLARO. 
Conforme destaca o diretor de marketing 
da empresa, Luiz Fernando Sambugaro, a 
posição de liderança do mercado de se-gurança 
eletrônica não se deve apenas à 
qualidade e tecnologia dos equipamen-tos, 
mas em atender o que o cliente real-mente 
necessita. 
“Estudamos a loja, os problemas e os 
riscos que ela enfrenta para então de-senvolver 
uma solução com o melhor 
custo-benefício”, explica. “Depois, pres-tamos 
assistência ágil e rápida para re-solver 
eventuais problemas, evitando que 
a operação da loja seja prejudicada.” 
Protetores Acrílicos — Os modelos de pro-tetores 
da Gateway são confeccionados em po-licarbonato 
(mesmo material usado na fabrica-ção 
das janelas dos aviões), o que lhes confere 
grande resistência e durabilidade. Além disso, as 
travas podem ser adequadas ao modelo de de-sacoplador 
da loja. 
Nossas soluções de CFTV aliam qualidade de 
equipamentos para garantir o correto funciona-mento, 
qualidade de imagem e gravação e facili-dade 
de manuseio, sem-pre 
de olho na melhor 
relação custo-benefício 
para os clientes. 
Além de proteger, as antenas devem estar em 
harmonia com o ambiente da loja. A Antena 
Phenom Trademark, personalizada com a 
logomarca do cliente, e a exclusiva Antena Gladius 
são alguns exemplos. 
Treinamento — Até mesmo a melhor tecnolo-gia 
é inútil sem pessoas preparadas para utilizá-la. 
A Gateway tem o compromisso de treinar os 
funcionários dos clientes para que possam efe-tivamente 
fazer uso de seus equipamentos para 
reduzir os furtos. 
Assistência Técnica — Todos os equipa-mentos 
da Gateway são produzidos com os 
mais altos critérios de qualidade, reduzindo a 
necessidade de assistência técnica. Caso seja 
preciso, a manutenção pode ser feita por pro-fissionais 
qualificados, capazes de executar os 
reparos sem interferir no funcionamento da 
loja. No exemplo acima, técnico checa e faz 
ajustes por meio de seu PDA de forma prática 
e rápida. 
|13| www.gateway-security.com.br
O Mapa da Prevenção 
Identifique as áreas de risco da sua loja e a melhor solução para prevenir perdas 
ALARMES 
Alarmes em pontos 
estratégicos e botões de 
pânico remoto 
CIRCUITO FECHADO DE TV 
Ampla linha de Câmeras 
CFTV para cobertura 
completa de áreas 
internas e externas 
PERÍMETRO EXTERNO 
Monitoramento local ou 
remoto de áreas de risco 
como docas, recebimento, 
estoque, confinados, câme-ras 
frigoríficas, chegada do 
carro forte, etc 
AÇOUGUE E OUTROS 
Etiquetas Adesivas Label 
ou Protetores Acrílicos 
para proteção de carnes 
e outros produtos de alto 
risco 
BEBIDAS 
Etiquetas Especiais 
para proteção de bebidas 
e outros produtos em 
formatos diferenciados 
PERFUMARIA 
Etiquetas Adesivas Label 
e Protetores Acrílicos 
garantem a proteção sem 
deixar produtos confinados. 
CDs e DVDs 
Protetores Acrílicos 
permitem auto-serviço com 
total segurança 
EVITE VIOLAÇÃO DE 
EMBALAGENS 
Linha de Etiquetas 
Aranha permite a 
exposição sem violação 
das embalagens 
|14| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
ÁREAS EXTERNAS 
Câmeras CFTV posicionadas 
em áreas externas, 
como estacionamentos 
complementam a 
segurança da loja 
PDV SEM FRAUDES 
Gatecash monitora à distância 
todas as operações efetuadas, 
conferindo o tíquete com os 
produtos comprados, entre 
outros recursos 
ANTIFURTO NO PDV 
Antena Gladius, a menor 
antena do mercado permite a 
proteção no PDV e abordagem 
direta pelo operador de caixa, 
evitando constrangimentos 
RETIRADA DE ETIQUETAS 
RÍGIDAS 
Desacoplador utilizado pela 
operadora para retirada das 
etiquetas rígidas de forma 
rápida e prática 
DESATIVAÇÃO GARANTIDA 
Desativador de Etiquetas 
Label por aproximação - com 
a qualidade Gateway evita 
falhas e agiliza a operação 
do check-out 
SISTEMA ANTIFURTOS 
Antenas EAS posicionadas 
nos acessos de entradas e 
saídas da loja 
MONITORAMENTO 
Monitoramento por 
CFTV, local e/ou remoto via 
internet. Armazenamento 
de imagens com qualidade e 
confiabilidade 
ÁREAS RESTRITAS 
Controle de Acesso contra 
intrusão de pessoas não 
autorizadas em áreas restritas 
SETOR TÊXTIL 
EAS - Etiquetas Rígidas 
posicionadas estrategicamente 
nas peças para protegê-las 
sem comprometer a exposição 
ELETROPORTÁTEIS 
O uso de Cadeados 
Eletrônicos para exposição 
e degustação de produtos 
aumentam as vendas por 
impulso 
|15| www.gateway-security.com.br
www.gateway-security.com.br 
|16| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Brasil
 
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011) Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011)
Gunnebo Brasil
 
Glossário do Varejo
Glossário do VarejoGlossário do Varejo
Glossário do Varejo
Gunnebo Brasil
 
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejoComo transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Gunnebo Brasil
 
CARDINALIS - Prevenção de Perdas - Inventários
CARDINALIS - Prevenção de Perdas - InventáriosCARDINALIS - Prevenção de Perdas - Inventários
CARDINALIS - Prevenção de Perdas - Inventários
Frederico Amorim
 
Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014
Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014
Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014
Gunnebo Brasil
 
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo BrasileiroComentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Gunnebo Brasil
 
Conceitos de Prevenção de Perdas
Conceitos de Prevenção de PerdasConceitos de Prevenção de Perdas
Conceitos de Prevenção de Perdas
Fabricio Rufin
 
Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados
Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados
Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados
José Eduardo Marra
 
Gestão e Prevenção de Perdas - Serviço de Inventários
Gestão e Prevenção de Perdas - Serviço de InventáriosGestão e Prevenção de Perdas - Serviço de Inventários
Gestão e Prevenção de Perdas - Serviço de Inventários
Cardinalis Consultoria
 
Prevenção de perdas
Prevenção de perdasPrevenção de perdas
Prevenção de perdas
Abelardo Borges Rodrigues Neto
 
Slides prevenção de perdas no varejo
Slides prevenção de perdas no varejoSlides prevenção de perdas no varejo
Slides prevenção de perdas no varejo
Valter Santos
 
Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...
Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...
Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...
Gunnebo Brasil
 
Qualivar apresentação institucional
Qualivar   apresentação institucionalQualivar   apresentação institucional
Qualivar apresentação institucional
Ricardo Bicov
 
Tectrade empresa
Tectrade empresaTectrade empresa
Tectrade empresa
José Eduardo Marra
 
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
Global Brasil  2013: Gestao de NumerárioGlobal Brasil  2013: Gestao de Numerário
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
Gunnebo Brasil
 
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1
Instrutores CGL
 
Conectividade no-varejo
Conectividade no-varejoConectividade no-varejo
Conectividade no-varejo
Gunnebo Brasil
 
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no MundoPerdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Gunnebo Brasil
 
Serviços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOS
Serviços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOSServiços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOS
Serviços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOS
Cardinalis Consultoria
 

Mais procurados (20)

Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
 
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011) Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 3 - Ano 2011)
 
Glossário do Varejo
Glossário do VarejoGlossário do Varejo
Glossário do Varejo
 
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejoComo transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
 
CARDINALIS - Prevenção de Perdas - Inventários
CARDINALIS - Prevenção de Perdas - InventáriosCARDINALIS - Prevenção de Perdas - Inventários
CARDINALIS - Prevenção de Perdas - Inventários
 
Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014
Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014
Webinar "Reduzindo Perdas No Canal Farma" - 18 set 2014
 
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo BrasileiroComentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
 
Conceitos de Prevenção de Perdas
Conceitos de Prevenção de PerdasConceitos de Prevenção de Perdas
Conceitos de Prevenção de Perdas
 
Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados
Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados
Apresentação programa de Prevenção de Perdas para supermercados
 
Gestão e Prevenção de Perdas - Serviço de Inventários
Gestão e Prevenção de Perdas - Serviço de InventáriosGestão e Prevenção de Perdas - Serviço de Inventários
Gestão e Prevenção de Perdas - Serviço de Inventários
 
Prevenção de perdas
Prevenção de perdasPrevenção de perdas
Prevenção de perdas
 
Slides prevenção de perdas no varejo
Slides prevenção de perdas no varejoSlides prevenção de perdas no varejo
Slides prevenção de perdas no varejo
 
Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...
Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...
Palestra apresentada na Econofarma SP 2014 pelo consultor convidado Anderson ...
 
Qualivar apresentação institucional
Qualivar   apresentação institucionalQualivar   apresentação institucional
Qualivar apresentação institucional
 
Tectrade empresa
Tectrade empresaTectrade empresa
Tectrade empresa
 
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
Global Brasil  2013: Gestao de NumerárioGlobal Brasil  2013: Gestao de Numerário
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
 
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula1
 
Conectividade no-varejo
Conectividade no-varejoConectividade no-varejo
Conectividade no-varejo
 
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no MundoPerdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
 
Serviços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOS
Serviços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOSServiços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOS
Serviços de Gestão de Perdas para SUPERMERCADOS
 

Destaque

Manual mxt150 151
Manual mxt150 151Manual mxt150 151
Manual mxt150 151
Roberto Waiantt
 
E uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 pts
E uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 ptsE uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 pts
E uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 pts
Saxbee Consultants
 
Fabutech Presentation
Fabutech PresentationFabutech Presentation
Fabutech Presentation
Azmina Vakharia
 
SMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conference
SMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conferenceSMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conference
SMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conference
Dale Butler
 
Abogada dayana maldonado
Abogada dayana maldonadoAbogada dayana maldonado
Abogada dayana maldonado
Dayana Maldonado
 
Congreso Agrotech 2009
Congreso Agrotech 2009Congreso Agrotech 2009
Congreso Agrotech 2009
cnicchile
 
Guia del participante
Guia del participanteGuia del participante
Guia del participante
OTEC VIO EIRL in Santiago, Chile
 
Programa de las fiestas de sardina 2013
Programa de las fiestas de sardina 2013Programa de las fiestas de sardina 2013
Programa de las fiestas de sardina 2013
Nuestras Islas Canarias
 
Mejora continua 2
Mejora continua 2Mejora continua 2
Mejora continua 2
Rolando Edgar Rodríguez
 
Tics innovadoras
Tics innovadorasTics innovadoras
Tics innovadoras
ferlandivillatoro
 
The Quantified Self - My 'Little' hobby
The Quantified Self - My 'Little' hobby The Quantified Self - My 'Little' hobby
The Quantified Self - My 'Little' hobby
Ian Adams
 
Revisión exceso hídrico d torres 2002
Revisión exceso hídrico  d torres  2002Revisión exceso hídrico  d torres  2002
Revisión exceso hídrico d torres 2002
Danioteca Surco
 
Fertighäuser Markenmonitor 2014
Fertighäuser Markenmonitor 2014Fertighäuser Markenmonitor 2014
Fertighäuser Markenmonitor 2014
Wohnnet Medien GmbH
 
6) Fisica-nuclear
6) Fisica-nuclear6) Fisica-nuclear
6) Fisica-nuclear
Diego De la Cruz
 
Upa jilid 8 no2 2012 belia di era media sosial
Upa jilid 8 no2 2012   belia di era media sosialUpa jilid 8 no2 2012   belia di era media sosial
Upa jilid 8 no2 2012 belia di era media sosial
Mark Nyambang
 
HiPanel catalog
HiPanel catalogHiPanel catalog
HiPanel catalog
Justin Zhou
 
Manualde gastronomia
Manualde gastronomiaManualde gastronomia
Manualde gastronomia
Leonardo Vera López
 
A challenging metaphor of business performance
A challenging metaphor of business performanceA challenging metaphor of business performance
A challenging metaphor of business performance
Ali Anani, PhD
 
Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)
Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)
Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)Christopher Kälin
 

Destaque (20)

Manual mxt150 151
Manual mxt150 151Manual mxt150 151
Manual mxt150 151
 
E uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 pts
E uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 ptsE uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 pts
E uwrecker moment, re slides 72 paise, sensex 605 pts
 
Fabutech Presentation
Fabutech PresentationFabutech Presentation
Fabutech Presentation
 
SMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conference
SMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conferenceSMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conference
SMi Group's 8th annual Energy from Waste 2015 conference
 
Abogada dayana maldonado
Abogada dayana maldonadoAbogada dayana maldonado
Abogada dayana maldonado
 
Congreso Agrotech 2009
Congreso Agrotech 2009Congreso Agrotech 2009
Congreso Agrotech 2009
 
Guia del participante
Guia del participanteGuia del participante
Guia del participante
 
Programa de las fiestas de sardina 2013
Programa de las fiestas de sardina 2013Programa de las fiestas de sardina 2013
Programa de las fiestas de sardina 2013
 
Mejora continua 2
Mejora continua 2Mejora continua 2
Mejora continua 2
 
Tics innovadoras
Tics innovadorasTics innovadoras
Tics innovadoras
 
The Quantified Self - My 'Little' hobby
The Quantified Self - My 'Little' hobby The Quantified Self - My 'Little' hobby
The Quantified Self - My 'Little' hobby
 
Costa magica
Costa magicaCosta magica
Costa magica
 
Revisión exceso hídrico d torres 2002
Revisión exceso hídrico  d torres  2002Revisión exceso hídrico  d torres  2002
Revisión exceso hídrico d torres 2002
 
Fertighäuser Markenmonitor 2014
Fertighäuser Markenmonitor 2014Fertighäuser Markenmonitor 2014
Fertighäuser Markenmonitor 2014
 
6) Fisica-nuclear
6) Fisica-nuclear6) Fisica-nuclear
6) Fisica-nuclear
 
Upa jilid 8 no2 2012 belia di era media sosial
Upa jilid 8 no2 2012   belia di era media sosialUpa jilid 8 no2 2012   belia di era media sosial
Upa jilid 8 no2 2012 belia di era media sosial
 
HiPanel catalog
HiPanel catalogHiPanel catalog
HiPanel catalog
 
Manualde gastronomia
Manualde gastronomiaManualde gastronomia
Manualde gastronomia
 
A challenging metaphor of business performance
A challenging metaphor of business performanceA challenging metaphor of business performance
A challenging metaphor of business performance
 
Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)
Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)
Best Practice Bid Management - Ein CSK White Paper (2012)
 

Semelhante a Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 1 - Ano 2009)

Tyco Inova, edição 2
Tyco Inova, edição 2Tyco Inova, edição 2
Tyco Inova, edição 2
Felipe Albuquerque
 
Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01
Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01
Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01
EDUARDOGONALVESDOSSA2
 
Proposta valor perfumaria e cosméticos
Proposta valor perfumaria e cosméticosProposta valor perfumaria e cosméticos
Proposta valor perfumaria e cosméticos
ScanSource Brasil
 
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2
Instrutores CGL
 
Sensor Varejo, edição 02
Sensor Varejo, edição  02Sensor Varejo, edição  02
Sensor Varejo, edição 02
Felipe Albuquerque
 
Porque ID6
Porque ID6Porque ID6
Sensor Varejo, edição 05
Sensor Varejo, edição 05Sensor Varejo, edição 05
Sensor Varejo, edição 05
Felipe Albuquerque
 
Vendas 2.0
Vendas 2.0Vendas 2.0
eBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em Supermercados
eBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em SupermercadoseBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em Supermercados
eBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em Supermercados
Lothar Zorn
 
Sensor varejo edição 1 e
Sensor varejo edição 1   eSensor varejo edição 1   e
Sensor varejo edição 1 e
Felipe Albuquerque
 
SPDV - Frente de Caixa Megasul Sistemas
SPDV - Frente de Caixa Megasul SistemasSPDV - Frente de Caixa Megasul Sistemas
SPDV - Frente de Caixa Megasul Sistemas
Megasul Sistemas
 
Sensor Varejo, edição 08
Sensor Varejo, edição 08Sensor Varejo, edição 08
Sensor Varejo, edição 08
Felipe Albuquerque
 
Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016
Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016
Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016
Felipe Albuquerque
 
Empresa de assistência técnica em informática
Empresa de assistência técnica em informáticaEmpresa de assistência técnica em informática
Empresa de assistência técnica em informática
Clebson Romano Cardozo
 
Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023
Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023
Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023
VANUCCI | Inteligência de Mercado
 
Guia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projeto
Guia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projetoGuia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projeto
Guia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projeto
leopaiva217101
 
Inovação em vendas
Inovação em vendasInovação em vendas
Inovação em vendas
Sandro Magaldi
 
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printingBrazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brice Barberon
 
MJV Trends - Tendências em Varejo 2020
MJV Trends - Tendências em Varejo 2020MJV Trends - Tendências em Varejo 2020
MJV Trends - Tendências em Varejo 2020
MJV Technology & Innovation Brasil
 
20_08_2012
20_08_201220_08_2012
20_08_2012
Ricardo Pastore
 

Semelhante a Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 1 - Ano 2009) (20)

Tyco Inova, edição 2
Tyco Inova, edição 2Tyco Inova, edição 2
Tyco Inova, edição 2
 
Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01
Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01
Prevenodeperdas 131014134109-phpapp01
 
Proposta valor perfumaria e cosméticos
Proposta valor perfumaria e cosméticosProposta valor perfumaria e cosméticos
Proposta valor perfumaria e cosméticos
 
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2
Apresentacao modulo3 gestaode_processos_setembro2015_aula2
 
Sensor Varejo, edição 02
Sensor Varejo, edição  02Sensor Varejo, edição  02
Sensor Varejo, edição 02
 
Porque ID6
Porque ID6Porque ID6
Porque ID6
 
Sensor Varejo, edição 05
Sensor Varejo, edição 05Sensor Varejo, edição 05
Sensor Varejo, edição 05
 
Vendas 2.0
Vendas 2.0Vendas 2.0
Vendas 2.0
 
eBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em Supermercados
eBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em SupermercadoseBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em Supermercados
eBook Totvs - Guia da Prevenção de Perdas em Supermercados
 
Sensor varejo edição 1 e
Sensor varejo edição 1   eSensor varejo edição 1   e
Sensor varejo edição 1 e
 
SPDV - Frente de Caixa Megasul Sistemas
SPDV - Frente de Caixa Megasul SistemasSPDV - Frente de Caixa Megasul Sistemas
SPDV - Frente de Caixa Megasul Sistemas
 
Sensor Varejo, edição 08
Sensor Varejo, edição 08Sensor Varejo, edição 08
Sensor Varejo, edição 08
 
Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016
Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016
Tyco Inova, edição 3 especial APAS 2016
 
Empresa de assistência técnica em informática
Empresa de assistência técnica em informáticaEmpresa de assistência técnica em informática
Empresa de assistência técnica em informática
 
Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023
Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023
Têndencias, Tecnologias e inovações da Euroshop 2023
 
Guia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projeto
Guia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projetoGuia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projeto
Guia de orientacao_para_varejo_contratacao_de_projeto
 
Inovação em vendas
Inovação em vendasInovação em vendas
Inovação em vendas
 
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printingBrazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
 
MJV Trends - Tendências em Varejo 2020
MJV Trends - Tendências em Varejo 2020MJV Trends - Tendências em Varejo 2020
MJV Trends - Tendências em Varejo 2020
 
20_08_2012
20_08_201220_08_2012
20_08_2012
 

Mais de Gunnebo Brasil

Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivoPesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Gunnebo Brasil
 
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Gunnebo Brasil
 
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Gunnebo Brasil
 
Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters
Gunnebo Brasil
 
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no ComércioRevista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
Gunnebo Brasil
 
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoasAPAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
Gunnebo Brasil
 
Cofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente LiteCofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente Lite
Gunnebo Brasil
 
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
Gunnebo Brasil
 
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24hIII Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
Gunnebo Brasil
 
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorarPerdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Gunnebo Brasil
 
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
Gunnebo Brasil
 
Relatório Anual Gunnebo 2014
Relatório Anual Gunnebo 2014Relatório Anual Gunnebo 2014
Relatório Anual Gunnebo 2014
Gunnebo Brasil
 
Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)
Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)
Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)
Gunnebo Brasil
 
Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer
Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer
Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer
Gunnebo Brasil
 
Webinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de ano
Webinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de anoWebinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de ano
Webinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de ano
Gunnebo Brasil
 
Linha Praxis de Cadeados Eletrônicos
Linha Praxis de Cadeados EletrônicosLinha Praxis de Cadeados Eletrônicos
Linha Praxis de Cadeados Eletrônicos
Gunnebo Brasil
 
Conheça o cofre inteligente: Intelisafe
Conheça o cofre inteligente: IntelisafeConheça o cofre inteligente: Intelisafe
Conheça o cofre inteligente: Intelisafe
Gunnebo Brasil
 

Mais de Gunnebo Brasil (17)

Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivoPesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
 
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
 
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
 
Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters
 
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no ComércioRevista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
 
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoasAPAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
 
Cofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente LiteCofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente Lite
 
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
 
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24hIII Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
 
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorarPerdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
 
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
 
Relatório Anual Gunnebo 2014
Relatório Anual Gunnebo 2014Relatório Anual Gunnebo 2014
Relatório Anual Gunnebo 2014
 
Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)
Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)
Gunnebo - Revista Global Versão em Português (Edição 2 - Ano 2014)
 
Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer
Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer
Varejo Omni-channel - Gustavo Carrer
 
Webinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de ano
Webinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de anoWebinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de ano
Webinar: Como prevenir perdas durante as festas de fim de ano
 
Linha Praxis de Cadeados Eletrônicos
Linha Praxis de Cadeados EletrônicosLinha Praxis de Cadeados Eletrônicos
Linha Praxis de Cadeados Eletrônicos
 
Conheça o cofre inteligente: Intelisafe
Conheça o cofre inteligente: IntelisafeConheça o cofre inteligente: Intelisafe
Conheça o cofre inteligente: Intelisafe
 

Último

Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
anpproferick
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
tnrlucas
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Rafael Santos
 
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Ian Oliveira
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Annelise Gripp
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
anpproferick
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
EliakimArajo2
 

Último (7)

Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
 
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
 

Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 1 - Ano 2009)

  • 1. Proteja seus lucros! Para repor o valor de cada item furtado é necessário vender até 50 itens do mesmo produto. Conheça as soluções feitas sob medida para sua empresa se prevenir contra esse prejuízo. | | www.gateway-security.com.br
  • 2. Sumário Páginas 6 Novo padrão em proteção contra furtos Líder na Europa, Gateway representa 245 anos de tradição em segurança em todas as áreas corporativas 8 9 Sozinhos, equipamentos não resolvem Avaliação e escolha do fornecedor é fundamental para garantir soluções sob medida, com o melhor custo-benefício e agilidade na assistência técnica Opinião de quem entende Empresas e especialistas explicam porque escolheram a Gateway Security como sua principal fornecedora Sede América do Sul: Rua Ari Aps, 80 | Jd Bonfiglioli Cep 05594-010 | São Paulo | SP R$ 322 milhões em prejuízos Valor supera a margem de lucro do setor e é equivalente ao faturamento de todo o mercado de lãs de aço ou de bebidas energéticas e isotônicas Furtos respondem por quase 40% das perdas Supermercado precisa vender até 50 itens iguais para recuperar o valor de cada produto furtado 4 5 Soluções sob medida Conheça os equipamentos utilizados pelas principais redes de varejo do Brasil e do mundo para proteger suas mercadorias Mapa das perdas Identifique as áreas de risco da sua loja e a melhor solução para prevenir perdas 12 14 Atendimento: (11) 3732-6626 info@gateway-security.com.br www.gateway-security.com.br Publicação Interna Gateway Security Edição: Versátil Comunicação Estratégica www.versatilcomunicacao.com.br Textos: Silvio Tanabe Secretária de Redação: Marta Alcarde Fotos: Orlando Mourão, Padovani Prado Propaganda e Sylvia Masini Projeto gráfico, ilustrações e diagramação: Cyan Studio - www.cyan.com.br Agradecimento: A Gateway agradece aos clientes e parceiros que colaboraram com esta publicação através de depoimentos e imagens. | | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 3. Agora sim! Respeitar a concorrência, ter nela os parâmetros que norteiam e definem os nossos desa-fios na busca da excelência e na conquista de novos clientes é nossa rotina. Quem faz parte de um grupo como a Gunnebo, que há 245 anos atende aos vários segmentos, sempre com novas e criativas soluções, entende que o segundo pedido é muito mais importante que o primeiro. Esta filosofia, aplicada em apenas sete anos no mercado brasileiro, nos levou à liderança em diversos segmentos de varejo. Para dar o próximo passo da Gateway Security, o de conquistar os supermercados brasilei-ros, passamos os últimos três anos aperfeiçoando uma nova estrutura, criada especialmen-te para o auto-serviço. Acumulamos conhecimento participando dos principais eventos do setor como a APAS; desenvolvemos e testamos novos conceitos, produtos e acessórios; implementamos vários programas-piloto e acertamos inúmeras e respeitáveis parcerias. Ao mesmo tempo, formamos e treinamos uma equipe de profissionais qualificados e com experiência no segmento para entender e atender às necessidades do auto-serviço com soluções sob medida. O resultado de todo este trabalho, esforço e investimento nos dá segurança para afirmar que: Agora sim, o mercado de auto-serviço tem uma alternativa superior às atuais exis-tentes Agora sim, o pequeno e médio supermercadista terá o tratamento adequado e respeitoso que merece! Agora sim, as fraudes nos PDVs estão com os dias contados! Agora sim, o supermercadista de médio porte pode proteger seus ativos com solu-ções feitas de acordo com o tamanho da sua loja! Agora sim, a operadora do caixa pode ter a tranqüilidade e a certeza de que o de-sativador realmente desativa! Agora sim, a modernidade e a ambientação da área de vendas está garantida com equipamentos que seguem as mais modernas tendências de design! Agora sim, você varejista que nos lê, pode ter a certeza de que suas reclamações serão consideradas, sua opinião será sempre solicitada e que os problemas que sur-girem e surgirão serão tratados com a devida competência e com a reciprocidade necessária à formatação de uma sólida e duradoura parceria. Nas próximas páginas você poderá conhecer melhor nossa empresa e porque nos preo-cupamos tanto no desenvolvimento de soluções que efetivamente contribuam para os resultados da sua empresa. Boa leitura e ótimos negócios! Luiz Fernando Sambugaro Diretor de Marketing Gateway Security “ Profissionais qualificados e com experiência no segmento para entender e atender às necessidades do auto-serviço com soluções sob medida ” “ Agora sim, o mercado de auto-serviço tem uma alternativa superior às atuais ” no mercado! | | www.gateway-security.com.br
  • 4. PERDAS NO VAREJO Supermercados amargam prejuízo de R$ 322 milhões provocados por perdas Valor supera a margem de lucro do setor e é equivalente ao faturamento de todo o mercado de lãs de aço ou de bebidas energéticas e isotônicas Em 2008, as perdas nos supermercados brasileiros chegaram a 2,15% do fatura-mento bruto do setor, ou R$ 322 milhões. É como se as empresas perdessem no ano o correspondente ao mercado inteiro de lãs de aço ou o de bebidas energéticas e isotônicas. A cifra, inclusive, chega a su-perar a margem de lucro histórica, que de acordo com a Associação Brasileira dos Su-permercados (ABRAS) em pesquisa anual conduzida pela Nielsen, não ultrapassa os 2% do faturamento. “Em um momento de incertezas como o atual, em que o desaquecimento da eco-nomia e o aumento do desemprego ame-açam reduzir as vendas, não há como ser competitivo com taxas de perdas tão ele-vadas”, considera o diretor da Gateway Se-curity, Luiz Fernando Sambugaro. Por esse motivo, na sua avaliação, a prevenção de perdas é um dos principais recursos para o supermercado evitar os efeitos da crise. “É a única forma de converter o prejuízo em recursos que podem ser reaplicados na loja ou utilizados na recom-posição das margens.” Ele alerta, entretanto, que a prevenção de perdas só vai gerar re-sultados se for encara-da como um processo que exige investimento contínuo em normas e procedimentos, profis-sionalização e treina-mento de funcionários, tecnologia e parceiros qualificados. “Se a área não estiver estruturada e as perdas forem com-batidas apenas pontu-almente, os resultados podem até aparecer, mas não se sustentarão ao longo do tem-po”, considera Sambugaro. “É como con-trolar o seu peso. Uma dieta pode até surtir efeito imediato, mas se você pára o efeito pode ser ainda pior.” “ Prevenção de perdas é forma de converter os prejuízos em lucros ” “ É praticamente impossível combater furtos sem o auxílio da tecnologia ” | | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 5. Furtos respondem por quase 40% das perdas Supermercado precisa vender 50 itens iguais para recuperar o valor de cada produto furtado De acordo com estudo recente do Programa de Administração de Varejo (Provar), 37,7% das per-das são causadas por furtos, sendo 20% provocados por funcionários e 17,7% por pesso-as mal intencionadas circulando pela loja. Sig-nifica que, a cada R$ 1 de prejuízo provocado por perdas, R$ 0,38 foram literalmente subtraídos dos bol-sos do supermercadista. Acrescente-se que, com uma margem de 2% para cada item furtado, é preciso vender 50 dos mesmos itens e com a mesma margem para repor o valor equivalente ao produto faltante. Os furtos ocorrem das mais variadas for-mas possíveis, indo desde pessoas que se aproveitam da falta de vigilân-cia escondendo a mercadoria sob as roupas ou na bolsa, até quadri-lhas organizadas com esquemas sofisticados, agindo em associação com funcionários. Na maior parte dos casos, os itens visados são os mais caros, fáceis de ser carregados e revendidos. Pro-tetores solares, aparelhos e lâminas de bar-bear, pilhas, bebidas alcoólicas destiladas e DVDs são considerados produtos de alto risco (PAR) pelo Provar. Aparelhos e lâminas de barbear lideram os produtos de alto risco nas lojas Diante desse cenário e em redes em que o fluxo de pessoas, o sortimento e o ta-manho das lojas gira na casa dos milha-res, fica praticamente impossível prevenir perdas sem o auxílio da tecnologia, prin-cipalmente etiquetas, antenas antifurto e circuito fechado de TV (CFTV). Não é exa-gero dizer que eles são os olhos e ouvidos do supermercado em relação à prevenção de perdas. Os modernos equipamentos de proteção eletrônica reúnem uma ampla gama de re-cursos com alto desempenho e custo-bene-fício acessível para supermercados de todos os portes. Além da tecnologia, os melhores fabricantes se preocupam também em de-senvolver produtos com design capaz de ser facilmente integrado ao ambiente e decora-ção da loja (veja página 12). Passos para transformar prejuízos em lucros O supermercado pode transformar os prejuízos dos furtos em lucros com um programa bem gerenciado de prevenção, pois deixar de perder um produto signifi-ca reduzir despesas e, conseqüentemen-te, melhorar o seu resultado financeiro. O programa, porém, precisa estar muito bem fundamentado para que o prejuízo não aumente. O alerta é do advogado e es-pecialista em prevenção de perdas Carlos Eduardo Santos. Autor do livro “Preven-ção de Perdas e Gestão de Riscos” e cria-dor do portal www.prevenirperdas.com.br, ele considera que o combate aos furtos envolve quatro componentes principais: políticas de segurança e contingência, gestão de processos, treinamento e tec-nologia. “Eles pautam todas as ações contra as perdas, independentemente de quais os alvos”, explica Santos. Como exemplo, ele lista os passos a serem to-mados para evitar: Furtos Externos: política de segurança e de contingên-cia, implantação de antenas de alarme e CFTV, treinamento dos funcionários e inventários (rotativos e gerais) Furtos Internos: controle de acesso, estoques segrega-dos, CFTV, auditoria e inventários. Fraude de Terceiros: auditorias, controle de acesso e imple-mentação de controles de conferência. “Para sustentar todo o programa também é necessário criar indicadores, relatórios de exceção e gerenciais”, acrescenta. Na área de tecnologia em particular, Carlos Santos reforça a importância da escolha de parceiros de confiança para evitar “surpre-sas” com problemas em equipamentos. “Neste aspecto, a Gateway Security se destaca, sempre buscando as melhores opções de serviços e produtos para seus clientes. Sua forma diferenciada no tra-to, desde a negociação até o pós-venda, a qualifica como uma empresa parceira, preocupada com os resultados dos seus clientes através do retorno dos investi-mentos realizados.” Carlos Santos: escolha correta do parceiro de tecnologia pode evitar “surpresas” | | www.gateway-security.com.br
  • 6. Sobre a Gateway Security O novo desafio de uma empresa acostumada a desafios Rubens Bulgarelli Filho: foco no atendimento e espírito empreendedor levaram a empresa à liderança em tempo recorde O desafio de conquistar um novo mercado faz parte da trajetória da Gateway Security e de seus executivos. Afinal, logo que a empre-sa surgiu em 2002, enfrentou o desafio de conquistar seu espaço no segmento de pro-teção de mercadorias no Brasil, dominado então por empresas de porte internacional. Aliando a filosofia e a estratégia da matriz sueca (qualidade de produtos, soluções adequadas aos diferentes perfis de cliente, excelência no atendimento pós-venda) com o entusiasmo do empreendedor brasileiro, em tempo recorde a Gateway tornou-se líder no varejo de moda e não alimentos. “Tanto que, quando o representante de uma empresa quer conhecer nossos produtos, o levamos para visitar um shopping center, pois a grande maioria das suas principais lo-jas está equipada com soluções Gateway”, conta o sócio-diretor da empresa, Rubens Bulgarelli Filho. “Os shopping centers hoje são nossos grandes show-rooms.” Como forma de atender os supermercados com o mesmo padrão de produtos e servi-ços oferecido ao varejo de não alimentos, a nova divisão de auto-serviço se valeu da tecnologia e soluções do grupo Gunnebo (veja página 7). Nos últimos três anos, a fi-lial brasileira investiu na ampliação da infra-estrutura, trouxe e adaptou às condições brasileiras uma série de novas soluções de alarmes, controles de acesso, contadores de fluxo e CFTV. Para formar a equipe comercial e de aten-dimento foram recrutados dois executivos Gateway traz ao Brasil tecnologia utilizada pelas principais redes de varejo da Europa com grande experiência e credibilidade na área, principalmente em super e hipermer-cados: Alexandre Passos e Luciano Raposo. “Em um mercado com carência de profis-sionais qualificados, integrar os dois à nova equipe por si só foi uma importante con-quista para transformar a Gateway Securi-ty em uma empresa de múltiplas soluções, cuja meta é liderar não em participação de mercado, mas em atendimento, pós-venda, criatividade e inovação”, considera Rubens Bulgarelli Filho. Mesmo recém-inaugurada, a divisão de auto-serviço já acumula conquistas. Entre as redes em que a empresa já se encontra instalando seus equipamentos estão Coop (SP), Sonda (SP), Xande/Especiale (SC), Ex-trabom (ES), Roldão (SP), Guanabara (RJ), Covabra (SP), Casa e Vídeo (RJ), Supermerca-do Farinha Pura (RJ), Lagos Supermercados (RJ), Mercado Batista (RJ), Itamaracá Auto Peças (RJ), Nova Peças (RJ), Supermercado Guarani (SP) e Supermercado Barão (SP). “Em minha última visita ao país fiquei im-pressionado com o trabalho desenvolvido pela equipe da Gateway Brasil. A sólida infra-estrutura da empresa construída ao longo dos últimos anos e os resultados obtidos no varejo brasileiro com certeza foram um forte aval para a Gunnebo dar todo o apoio à entrada da sua subsidiá-ria no segmento de auto-serviço”, ressal-ta Kent Schölin, diretor geral da Gunnebo Gateway. “Temos grande confiança no rá-pido crescimento e no sucesso deste novo empreendimento.” Luciano Raposo (esq.) e Alexandre Passos: Nova divisão recrutou profissionais com experiência e credibilidade no mercado. | | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 7. Sinônimo de segurança e proteção para empresas Líder no varejo europeu, empresa representa grupo com 245 anos de tradição na área de segurança Uma das principais fornecedoras de sistemas de proteção para o varejo europeu, a Gateway Security foi criada na Suécia em 1994 para desenvolver antenas e etiquetas antifurto, em regime de OEM, para outros fornecedores que atuavam no mercado de proteção eletrônica. Com o know-how adquirido a empresa lançou sua própria linha para o varejo europeu poucos anos depois, composta por soluções totalmente customizáveis que permitiam atender desde as grandes redes internacionais até as pequenas lojas de vizinhança, de acordo com as necessidades de cada uma e o melhor custo-benefício. Desde 2004 a Gateway faz parte da sueca Gunnebo AB, maior e mais tradicional empresa de segurança da Europa, com 245 anos de existência, faturamento de US$ 1,1 bilhão e com presença em 138 paises. Com a aquisição, o grupo passou a atuar em todas as áreas de segurança corporativa: bancária, patrimonial, documentação e antifurto. Os maiores beneficiados foram as dezenas de clientes da Gateway, entre eles as redes de supermercados Tesco, Ahold, Auchan e Wal-Mart; grifes de moda como Hugo Boss, Empório Armani, Ermenegildo Zegna e Victor Hugo; e redes especializadas (Fnac, C&A). A empresa ampliou a linha de equipamentos de proteção contra furtos com a inclusão de CFTV, safers e alarmes e passou a oferecer também soluções integradas de segurança em transferências bancárias, controle de acesso e proteção de documentos. Por seu lado, a Gateway contribuiu para agregar valor aos serviços dos clientes do grupo pelo atendimento de pós-venda, um de seus maiores e mais reconhecidos dife-renciais. Todas as soluções são instaladas por profissionais certificados da empresa, que também fazem o acompanhamento posterior para solucionar e corrigir proble-mas ou falhas ocasionais. Outro ponto forte do suporte ao cliente é o treinamento dado aos funcionários do varejo na correta utili-zação dos equipamentos. “ Temos grande confiança no rápido crescimento e no sucesso deste novo empreendimento ” Kent Schölin, diretor geral Gunnebo Gateway De acordo com o diretor geral da Gunne-bo Gateway, Kent Schölin, apesar do clima de cautela do varejo, a empresa está oti-mista em relação à retomada da economia e manteve o investimento no desenvolvi-mento de novos produtos. “Estão previs-tos 20 lançamentos em antenas e etique-tas antifurto e o aumento dos pedidos em grandes clientes nos fazem prever que 2009 será mais um ano positivo”, afirma. “E é claro que contamos com a contribui-ção dos resultados de nossas operações na América do Sul, incluindo o Brasil.” Presença internacional com ampla linha de soluções, Gunnebo Gateway atende necessidades dos mais diversos clientes Grupo Sonae: Antena Designergate MDG Rede Auchan: Antena Stargate XL E.Leclerc: Antena Exert Intermarché: Antena Powergate Sodimac: Antena Stargate Classic | | www.gateway-security.com.br
  • 8. Soluções em Prevenção de Perdas Sozinhos, equipamentos de segurança não resolvem os problemas Avaliação e escolha do fornecedor é fundamental para garantir soluções sob medida, com o melhor custo-benefício e agilidade na assistência técnica Ao contrário do que pensam muitos vare-jistas, não basta adquirir e instalar os equi-pamentos para acabar com os furtos. Eles só vão funcionar com a eficiência necessária se forem corretamente dimensionados de acordo com as características e necessida-des de cada loja, geridos por meio de nor-mas e procedimentos para garantir sempre o seu correto funcionamento. São estas características que vão proporcio-nar a confiança necessária para os profis-sionais de segurança e prevenção de perdas impedirem os furtos internos e a intervir imediatamente em caso de disparo do alar-me, com a total certeza de real tentativa de furto. De acordo com o diretor da Gateway, Luiz Fernando Sambugaro, é comum em inúmeras instalações não monitoradas tec-nicamente assistir a cenas em que o segu-rança deixa a pessoa que provocou o alarme ir embora sem nenhuma verificação. “Ele simplesmente não confia mais nos constan-tes alarmes falsos e não quer envolver a loja em uma situação de constrangimento ao cliente”, explica. Daí a importância do fornecedor. Mais do que simplesmente vender equipamentos, a empresa precisa atuar como parceira do cliente, desenvolvendo a solução que en-volva o melhor custo-benefício em termos de recursos, qualidade e assistência técnica. “Muitos varejistas só levam em conta o pre-ço final na hora de escolher o seu fornece-dor, sem noção de que futuros problemas técnicos podem causar tantos prejuízos quanto os próprios furtos”, afirma Luiz Fer-nando. “Afinal, qual o custo de uma antena quebrada esperando manutenção, ou de uma câmera de circuito fechado incapaz de detectar pontos de risco na área de vendas por ter sido instalada em local incorreto?” Como forma de evitar problemas como estes, capazes de comprometer inclusive a operação de uma loja, a escolha do forne-cedor envolve alguns critérios. Em primeiro lugar, avaliar a qualidade do equipamento como custo-benefício. Quanto melhor for a qualidade, menor o risco da câmera, antena ou etiqueta apresentar defeitos e necessitar assistência, gerando custos e interrupções. Em segundo lugar, se a preocupação do fornecedor é vender equipamentos ou de-senvolver uma solução que esteja de acordo com as características e necessidades da sua loja. Por fim, mas não menos importante, se a empresa fornece assistência técnica ágil para resolver os problemas quando estes surgirem. RPanelli & Consultores Associados Parcerias são fundamentais para prevenção de perdas “Dentro de um cenário competitivo bastan-te acirrado, onde as operações varejistas estão cada vez mais buscando alternativas para criar valor ao seu negócio e também melhorar sua relação custo-benefício, a criação de um programa eficaz de preven-ção de perdas certamente contribuirá para o atingimento destas metas. Constatamos em nossos últimos trabalhos de consulto-ria que as perdas provocadas por furtos de funcionários, clientes e durante o transpor-te dos produtos atingem algo de 1,5% das vendas anuais das empresas. Sem dúvida as ferramentas tecnológi-cas contribuem de forma extremamente eficaz nos programas de prevenção de perdas. Através de soluções utilizando as tecnologias de RFID para rastreamento e controle de ativos até os sistemas de se-gurança dentro do ponto de vendas que inibem o furto de clientes. A Gateway possui soluções para todas estas neces-sidades. Fornecedores confiáveis, com conheci-mento e “expertise” em prevenções de perdas, são fundamentais para o su-cesso destes programas, e sem dúvida a Gateway reúne todas estas qualidades de um grande fornecedor deste tipo de tec-nologia.” Rubens Panelli, diretor da RPanelli & Consultores Associados Panelli: Gateway reúne todas as qualidades de um grande fornecedor de tecnologia | | Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 9. Lojas Riachuelo Atendimento ágil e rápido A Riachuelo, uma das maiores redes de con-fecções do Brasil, foi recentemente alvo de uma decisão histórica da justiça. Por meio das filmagens realizadas pelo sistema de CFTV, a empresa provou serem falsas as acusações de uma cliente que a processou por alegar ter sido constrangida na abor-dagem de funcionários, após suposto dis-paro da antena. Depois de assistir a grava-ção que mostrou exatamente o momento em que ela era atendida normalmente na loja, o juiz não só isentou a rede varejista de qualquer culpa como reverteu a acusação e obrigou a cliente a pagar uma indeniza-ção por difamação. Para o coordenador de gestão de risco da Riachuelo, Wilson Ferreira Jalles, este é um dos principais mo-tivos pelos quais a área de prevenção de perdas é imprescindível para o varejo hoje. “Precisamos estar muito bem preparados e equipados para evitar a ação de pessoas mal intencionadas, que inventam as mais diversas formas de furtar mercadorias ou, como neste caso, criar situações que lhes favoreçam”, destaca. Por este motivo, todas as 101 lojas da rede estão equipadas com antenas antifurto. Já os sistemas de CFTV da empresa estão ins-talados em 50% das unidades, justamente as que concentram maior fluxo de pesso-as. “Antenas e CFTV são complementares. Atuando em conjunto, conseguem detectar todas as situações de risco da loja”, consi-dera Jalles. “Uma coisa é ter equipamento de segu-rança e outra coisa é dispor de soluções de segurança. É fácil conseguir equipamentos hoje em dia, temos hoje alguns parceiros alinhados na solução destas operações, afirma o coordenador de gestão de risco da Riachuelo. “Neste aspecto, nossa parceria com a Gateway tem sido muito proveitosa. A empresa não poupa esforços para atender nossas necessidades, buscando soluções no Brasil e exterior. Os equipamentos são de excelente qualidade e raramente necessi-tam de manutenção. E, quando necessário, o atendimento é sempre ágil e rápido.” Jalles, da Riachuelo: Empresa não poupa esforços para atender nossas necessidades Supermercados Covabra Ótimo parceiro com preços competitivos Com dez lojas em sete cidades, a Covabra é uma das principais redes de supermercados do interior paulista. Com sede em Campinas, a empresa conta hoje com 1,7 mil funcioná-rios e planeja abrir mais duas lojas em 2009. De acordo com o diretor financeiro, Ro-naldo dos Santos, a prevenção de perdas é uma das principais preocupações da Co-vabra, que constantemente está em busca de parceiros que contribuam com novas soluções. Na empresa, os furtos externos são um dos grandes problemas devido a quadrilhas que se especializaram em fur-tar produtos para revenda, principalmente os de alto valor agregado. Este é um dos motivos pelos quais a empresa escolheu a Gateway Security como fornecedora de so-luções para prevenção de furtos. “De forma geral, creditamos a redução dos índices de furtos devido à adoção de novos processos e parcerias, do qual fazem parte os equipamentos da Gateway. É um parcei-ro com ótima assistência e preços competi-tivos”, destaca o diretor da Covabra. Santos, da Covabra: parceiro com ótima assistência e preços competitivos | | www.gateway-security.com.br
  • 10. FNAC Tolerância zero reduziu perdas de 4,6% para 0,36% Há sete anos, ao assumir a Diretoria de Organização de Sistemas e Informações (DOSI), área responsável pela prevenção de perdas da Fnac no Brasil, Marco Moschella teve uma clara noção do desafio que tinha pela frente ao receber a dica de um ami-go sobre o site de relacionamentos Orkut. “Disse a ele que esse negócio de redes so-ciais não era minha praia, mas ele insistiu”, recorda-se. Esse com certeza vai te interes-sar, retrucou o amigo. Ele se chama “Fui na Fnac e roubei!” Esse grupo de discussão, em que as pes-soas se gabavam da facilidade em furtar as lojas da rede, mostrava a fragilidade e a vulnerabilidade da empresa em relação ao problema. Nessa época, o índice de per-das auditado pelos inventários chegava a impressionantes 4,6%. Para se ter uma idéia dos prejuízos, destaque-se que um dos pontos fortes da Fnac é o sortimen-to de produtos eletrônicos de alto valor agregado, como DVDs, computadores, câmeras, filmadoras, celulares, aparelhos de MP3 e demais equipamentos de áudio e vídeo. Ou seja, um prato cheio para pes-soas mal intencionadas atuando interna ou externamente. “Para cada DVD furtado é necessário ven-der outros 20. Se forem furtados cem DVDs em toda a rede, teremos de vender 2 mil unidades, sendo que o tempo necessário para comercializar tudo isso em muitos ca-sos supera o próprio ciclo de vida do produ-to”, compara Marco Moschella. “Ou seja, o prejuízo com as perdas era tão alto que chegava a comprometer a própria venda do item.” Reverter esta situação exigia medidas de impacto, e foi o que Moschella fez ao im-plementar a política de ‘tolerância zero’ em relação a furtos. “Não existe pessoa que fur-ta mais ou menos, existe quem furta. Não interessa o que ela pegou, se uma borracha ou um notebook. Se for pega fazendo isso em nossas lojas, vai para a delegacia!” Para dar suporte às novas medidas, a em-presa investiu maciçamente em tecnologia, adequando os equipamentos e buscando novas soluções para as necessidades das lojas. Neste aspecto, a parceria mantida com a Gateway Security se mostrou efeti-va. “Quando definimos que as câmeras do mostruário seriam protegidas por cabos de aço para permitir o manuseio, a empresa foi atrás do modelo mais adequado em re-lação ao acabamento e resistência”, expli-ca o diretor da Fnac. “A Gateway também desenvolveu um modelo especial de safer para nossas lojas, assim como um sistema de CFTV com excelente custo-benefício, agi-lidade e facilidade de uso, o que nos permi-tiu instalar câmeras em todos os pontos de ris-co. Com isso, 96% da área das lojas hoje está coberta por câmeras.” Como resultado, prati-camente todos os pro-dutos de alto risco en-contram- se protegidos ou monitorados por algum equipamento da Gateway. Toda esta tecnologia, aliada a auditorias contínuas Moschella, da Fnac: ótimo atendimento no pós-venda e um forte programa de conscientização e treinamento em prevenção de perdas, conseguiu reduzir o índice de 4,6% para 0,36%, número que se mantém já pelo se-gundo ano consecutivo. Grupos de discus-são no Orkut sobre como furtar nas suas lojas viraram coisa do passado. Diante da expansão da rede (atualmente com oito lojas em diversas cidades do país, com previsão de inauguração de duas no-vas unidades até o final do ano), aumento da circulação (passam pelas lojas mais de 300 mil pessoas por mês) e evolução das técnicas de furto, o novo desafio da área de prevenção de perdas da Fnac é manter os índices de furtos baixos. “Temos de ser rápidos em detectar e combater os proble-mas antes que se espalhem e para isso sem-pre vamos precisar de fornecedores como a Gateway, capazes de oferecer soluções de qualidade com rapidez e, o que é mais im-portante em uma parceria, um ótimo aten-dimento no pós-venda. Gateway desenvolveu para nós CFTV com excelente custo-benefício, agilidade e facilidade de uso |10| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 11. C & A Parceria para os momentos difíceis Presente no país desde 1976, a C&A possui atualmente 170 lojas espalhadas por quase todo o território nacional. Para consolidar este porte no país, a empresa buscou parceiros de confiança ao longo dos anos, caso da Gateway Security. “A Gateway é um ótimo fornecedor na busca de soluções em prevenção de perdas”, afirma Devanir Benetti, gerente de prevenção de perdas da C&A. “Eles sempre estiveram presentes nos momentos mais difíceis. Quando precisávamos de produtos que não existiam no mercado, a Gateway pesquisava e desenvolvia soluções sob medida para a empresa. E, o mais importante, com eficácia.” Benetti destaca como um dos pontos fortes da Gateway o atendimento no pós-venda. “Sempre recebemos acompanhamento para saber como a situação estava, além de apoio para treinamen-to dos funcionários”, destaca. Center Castilho Benetti: sempre recebemos acompanhamento e apoio para treinamento dos funcionários Soluções reduziram perdas em 90% Por mais de dez anos a Center Castilho, rede de material de construção de São Paulo, tentava implementar junto aos fornecedo-res o processo de etiquetagem na origem como forma de reduzir os furtos em suas 12 lojas. “Mas a dificuldade de mudar todo o pro-cesso de fabricação dos produtos, somada ao custo da etiqueta antifurto, praticamen-te inviabilizou todas as tentativas”, conta o gerente financeiro da empresa, Gerson Kühn. Como forma de resolver o problema, foi adotada uma nova abordagem com a parceria da Gateway Security. Após estudo do perfil das áreas de risco e dos proble-mas encontrados, as lojas foram equipadas com a linha acusto-magnética de antenas Phenom Master e Phenom Slave, desativa-dores por proximidade, etiquetas adesivas, etiquetas rígidas, protetores de policarbo-nato e acessórios como o Multigrip - cabo de aço que envolve a embalagem evitando a sua abertura. “Ficamos muito satisfeitos com a perfor-mance dos equipamentos. Os desativado-res quando acionados garantem efetiva-mente a desmagnetização das etiquetas, evitando aborda-gens indevidas causadas pelas constantes falhas na desativa-ção”, explica Khün. “A instala-ção destes novos desativadores geraram maior produtividade e confiança 100% no processo.” Os resultados foram imediatos. Os produtos de alto risco passa-ram Kühn, da Center Castilho, elogia qualidade e pontualidade na prestação de serviços a ser efetivamente protegidos, fazendo com que as perdas fossem reduzidas em 90%. “A Gateway é realmente uma parceira na prevenção de perdas. Além de fornecer soluções inovadoras com design moder-no possui outro grande diferencial, que é a prestação dos serviços com qualidade e pontualidade”, elogia. “Optamos por uma parceria em que todos ganharam!” |1| www.gateway-security.com.br
  • 12. Soluções sob medida para as necessidades dos supermercados Líder em diversos segmentos do varejo nacional e internacional, Gateway Security oferece linha completa de antenas e etiquetas antifurto, cadeados, protetores, CFTV e monitoramento de PDV Gatecash — Solução inédita que possibilita gerenciar e monitorar à distância todas as ope-rações efetuadas no PDV, inclusive conferência simultânea do tíquete de compra, de forma totalmente integrada ao software de automação comercial da sua loja. 1 2 3 A Gateway oferece soluções com eficiência e o melhor custo-benefício para proteger qualquer tipo de produto. Acima, três exemplos: [1] Etiqueta especial para garrafas. Protege as bebidas sem a necessidade de confinamento. [2] Etiqueta Galaxy: a mais eficiente do mercado pois dificulta o acesso ao pino, local em que geralmente ocorre a violação. Seu uso tem reduzido em até 70% o furto gerado pelo ataque às etiquetas. [3] Linha de Protetores Aranha: lacram as caixas e impedem subtração ou troca do conteúdo interno. Desativadores — Tecnologia exclusiva desen-volvida pela Gateway proporciona total garantia de que a etiqueta foi devidamente desativada. Isso proporciona mais confiança aos operadores e agilidade nos processos do caixa. Tecnologia RFID — A Gateway, em parceria com a Vip Systems, é pioneira no desenvolvi-mento de soluções de RFID (Radio Frequency Identifica-tion) que reúnem proteção e controle de estoques com simplicidade e eficácia. Para vender não basta só expor. Os Cadea-dos Eletrônicos permitem que o cliente ma-nuseie os produtos à vontade, estimulando o impulso de compra, com total segurança para o varejista. |12| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 13. Uma das líderes no desenvolvimento de soluções técnicas e de design para proteção eletrônica de mercadorias no varejo, a Gateway Security integra o grupo sueco Gunnebo AB, fundada em 1764 e hoje uma das maiores empresas na área de segurança da Europa e com atuação em 138 países. Entre seus clientes estão as principais redes de varejo e grifes mundiais, como Emporio Armani, Fnac, Ahold, Tesco, Hugo Boss, The Body Shop e Victor Hugo. No Brasil, a empresa desenvolve soluções sob medida em prevenção de perdas (antenas e etiquetas antifurto, CFTV e monitoramento de PDV) para grandes redes de varejo e grifes de moda, entre elas: Besni, C&A, Daslu, Emporio Armani, Fnac, Hering, Marisa, Riachuelo, Drogarias Farto, Panvel, Supermercados Batista, Covabra, Farinha Pura, Guanabara, Lagos, Russi, Y. Yamada, Casa & Vídeo, Center Castilho, Ransons, Roldão, TIM, VIVO, OI e CLARO. Conforme destaca o diretor de marketing da empresa, Luiz Fernando Sambugaro, a posição de liderança do mercado de se-gurança eletrônica não se deve apenas à qualidade e tecnologia dos equipamen-tos, mas em atender o que o cliente real-mente necessita. “Estudamos a loja, os problemas e os riscos que ela enfrenta para então de-senvolver uma solução com o melhor custo-benefício”, explica. “Depois, pres-tamos assistência ágil e rápida para re-solver eventuais problemas, evitando que a operação da loja seja prejudicada.” Protetores Acrílicos — Os modelos de pro-tetores da Gateway são confeccionados em po-licarbonato (mesmo material usado na fabrica-ção das janelas dos aviões), o que lhes confere grande resistência e durabilidade. Além disso, as travas podem ser adequadas ao modelo de de-sacoplador da loja. Nossas soluções de CFTV aliam qualidade de equipamentos para garantir o correto funciona-mento, qualidade de imagem e gravação e facili-dade de manuseio, sem-pre de olho na melhor relação custo-benefício para os clientes. Além de proteger, as antenas devem estar em harmonia com o ambiente da loja. A Antena Phenom Trademark, personalizada com a logomarca do cliente, e a exclusiva Antena Gladius são alguns exemplos. Treinamento — Até mesmo a melhor tecnolo-gia é inútil sem pessoas preparadas para utilizá-la. A Gateway tem o compromisso de treinar os funcionários dos clientes para que possam efe-tivamente fazer uso de seus equipamentos para reduzir os furtos. Assistência Técnica — Todos os equipa-mentos da Gateway são produzidos com os mais altos critérios de qualidade, reduzindo a necessidade de assistência técnica. Caso seja preciso, a manutenção pode ser feita por pro-fissionais qualificados, capazes de executar os reparos sem interferir no funcionamento da loja. No exemplo acima, técnico checa e faz ajustes por meio de seu PDA de forma prática e rápida. |13| www.gateway-security.com.br
  • 14. O Mapa da Prevenção Identifique as áreas de risco da sua loja e a melhor solução para prevenir perdas ALARMES Alarmes em pontos estratégicos e botões de pânico remoto CIRCUITO FECHADO DE TV Ampla linha de Câmeras CFTV para cobertura completa de áreas internas e externas PERÍMETRO EXTERNO Monitoramento local ou remoto de áreas de risco como docas, recebimento, estoque, confinados, câme-ras frigoríficas, chegada do carro forte, etc AÇOUGUE E OUTROS Etiquetas Adesivas Label ou Protetores Acrílicos para proteção de carnes e outros produtos de alto risco BEBIDAS Etiquetas Especiais para proteção de bebidas e outros produtos em formatos diferenciados PERFUMARIA Etiquetas Adesivas Label e Protetores Acrílicos garantem a proteção sem deixar produtos confinados. CDs e DVDs Protetores Acrílicos permitem auto-serviço com total segurança EVITE VIOLAÇÃO DE EMBALAGENS Linha de Etiquetas Aranha permite a exposição sem violação das embalagens |14| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas
  • 15. ÁREAS EXTERNAS Câmeras CFTV posicionadas em áreas externas, como estacionamentos complementam a segurança da loja PDV SEM FRAUDES Gatecash monitora à distância todas as operações efetuadas, conferindo o tíquete com os produtos comprados, entre outros recursos ANTIFURTO NO PDV Antena Gladius, a menor antena do mercado permite a proteção no PDV e abordagem direta pelo operador de caixa, evitando constrangimentos RETIRADA DE ETIQUETAS RÍGIDAS Desacoplador utilizado pela operadora para retirada das etiquetas rígidas de forma rápida e prática DESATIVAÇÃO GARANTIDA Desativador de Etiquetas Label por aproximação - com a qualidade Gateway evita falhas e agiliza a operação do check-out SISTEMA ANTIFURTOS Antenas EAS posicionadas nos acessos de entradas e saídas da loja MONITORAMENTO Monitoramento por CFTV, local e/ou remoto via internet. Armazenamento de imagens com qualidade e confiabilidade ÁREAS RESTRITAS Controle de Acesso contra intrusão de pessoas não autorizadas em áreas restritas SETOR TÊXTIL EAS - Etiquetas Rígidas posicionadas estrategicamente nas peças para protegê-las sem comprometer a exposição ELETROPORTÁTEIS O uso de Cadeados Eletrônicos para exposição e degustação de produtos aumentam as vendas por impulso |15| www.gateway-security.com.br
  • 16. www.gateway-security.com.br |16| Soluções sob medida em Prevenção de Perdas