SlideShare uma empresa Scribd logo
QUANTITATIVO CORRETO? QUANTITATIVO CORRETO? QUANTITATIVO CORRETO?
DATA DE VALIDADE? DATA DE VALIDADE? DATA DE VALIDADE?
VALIDAÇÃO DE ITENS? INFLUÊNCIA DO MOTORISTA?
VALORES CORRETOS?
INFLUÊNCIA DO MOTORISTA?
MÉDIA PADRONIZAÇÃO
ALTA PADRONIZAÇÃO
AUDITORIA DE PROCESSOS
INTEGR. DADOS E IMAGENSINTEGRAÇÃO DE DADOS
FASE 1:
CONFERÊNCIA MANUAL
FASE 2:
COLETOR DE DADOS
FASE 3:
GATETRANSFER
Motorista entrega a
NF ao conferente,
que acessa os itens,
quantidades e
valores. Depois
recebe as
mercadorias e valida
as quantidades.
Motorista entrega a NF ao
escritório, que recebe os
dados de forma eletrônica,
disponibiliza o “espelho
cego”para o conferente.
Via coletor de dados, ele
registra a mercadoria e
insere a quantidade e data
de validade.
Motorista entrega a NF
ao escritório, descarre-
ga a mercadoria e se
desloca para local
isolado (sala de
espera). O conferente
realiza o processo e o
motorista acompanha
de forma remota.
BAIXA PADRONIZAÇÃO PRODUTIVIDADEPRODUTIVIDADE
AVANÇO DA TECNOLOGIA NA GESTÃO
DE TRANSFERÊNCIA DE MERCADORIAS
PONTOS CRÍTICOS
INFLUÊNCIA
DAS PESSOAS
DIMINUI
INFLUÊNCIA
DOS PROCESSOS
AUMENTA
GATETRANSFER® é uma solução exclusiva Gunnebo.
Solicite mais informações: info.br@gunnebo.com
Como anda o processo
de recebimento de
mercadorias no varejo?
Pessoas são
responsáveis
pela conferência
e inclusão de
produtos na
empresa
Interferência de
diversas áreas:
logística,
comercial,
expedição,
financeiro,
prevenção, etc
Necessidade de
informações
precisas sobre os
itens, alimentando
todo o processo de
controle de
estoque e de
vendas
Os principais
indicadores, em
especial a ruptura,
podem ser
prejudicados pelo
mau funcionamento
do processo de
recebimento
Alto impacto em
caso de perdas,
devido ao
grande volume
de itens
envolvidos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula Compras
Aula ComprasAula Compras
Aula Compras
Wilian Gatti Jr
 
Gestão de compras
Gestão de comprasGestão de compras
Gestão de compras
HealthMinds Academy
 
Armazenagem de Materiais
Armazenagem de MateriaisArmazenagem de Materiais
Armazenagem de Materiais
Robson Costa
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoques
Moises Ribeiro
 
Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)
Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)
Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)
Luciano Nicoletti Junior
 
01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística
Homero Alves de Lima
 
Tecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaTecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logística
Joaz Souza
 
Gestão de compras
Gestão de comprasGestão de compras
Gestão de compras
Danilo Pires
 
Inventários
InventáriosInventários
Inventários
Jeverson Perin
 
Gestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoGestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentação
Charles Rebouças
 
Logística e distribuição
Logística e distribuiçãoLogística e distribuição
Logística e distribuição
Gilberto Freitas
 
Gestão de estoque
Gestão de estoqueGestão de estoque
Gestão de estoque
Ângelo Xavier
 
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifadoOperações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Benjamim Garcia Netto
 
Logística Empresarial
Logística EmpresarialLogística Empresarial
Logística Empresarial
Adeildo Caboclo
 
Distribuição e armazenagem
Distribuição e armazenagemDistribuição e armazenagem
Distribuição e armazenagem
Consultor SAP MM
 
Logística - Fundamentos
Logística - FundamentosLogística - Fundamentos
Movimentacao de Materiais
Movimentacao de MateriaisMovimentacao de Materiais
Movimentacao de Materiais
azevedoac
 
Aula 1 conceitos básicos
Aula 1   conceitos básicosAula 1   conceitos básicos
Aula 1 conceitos básicos
Adilson Paradella
 
Prevenção de perdas
Prevenção de perdasPrevenção de perdas
Prevenção de perdas
Abelardo Borges Rodrigues Neto
 
03 aula armazenagem
03 aula armazenagem03 aula armazenagem
03 aula armazenagem
Homero Alves de Lima
 

Mais procurados (20)

Aula Compras
Aula ComprasAula Compras
Aula Compras
 
Gestão de compras
Gestão de comprasGestão de compras
Gestão de compras
 
Armazenagem de Materiais
Armazenagem de MateriaisArmazenagem de Materiais
Armazenagem de Materiais
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoques
 
Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)
Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)
Logslides Processos de Armazenagem aula 1 de 14 (2015)
 
01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística01 aula introdução a logística
01 aula introdução a logística
 
Tecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaTecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logística
 
Gestão de compras
Gestão de comprasGestão de compras
Gestão de compras
 
Inventários
InventáriosInventários
Inventários
 
Gestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoGestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentação
 
Logística e distribuição
Logística e distribuiçãoLogística e distribuição
Logística e distribuição
 
Gestão de estoque
Gestão de estoqueGestão de estoque
Gestão de estoque
 
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifadoOperações e rotinas de trabalho do almoxarifado
Operações e rotinas de trabalho do almoxarifado
 
Logística Empresarial
Logística EmpresarialLogística Empresarial
Logística Empresarial
 
Distribuição e armazenagem
Distribuição e armazenagemDistribuição e armazenagem
Distribuição e armazenagem
 
Logística - Fundamentos
Logística - FundamentosLogística - Fundamentos
Logística - Fundamentos
 
Movimentacao de Materiais
Movimentacao de MateriaisMovimentacao de Materiais
Movimentacao de Materiais
 
Aula 1 conceitos básicos
Aula 1   conceitos básicosAula 1   conceitos básicos
Aula 1 conceitos básicos
 
Prevenção de perdas
Prevenção de perdasPrevenção de perdas
Prevenção de perdas
 
03 aula armazenagem
03 aula armazenagem03 aula armazenagem
03 aula armazenagem
 

Semelhante a Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?

Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...
Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...
Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
EDI Supply Chain
EDI Supply ChainEDI Supply Chain
EDI Supply Chain
comercial2013esales
 
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
Roberto Dias Duarte
 
NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
Roberto Dias Duarte
 
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud FiscalNota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Secretaria de Fazenda do Estado da Bahia
 
NF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOS
NF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOSNF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOS
NF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOS
Roberto Dias Duarte
 
Os Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração TributáriaOs Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração Tributária
Roberto Dias Duarte
 

Semelhante a Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo? (7)

Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...
Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...
Reunião da Diretoria de Especialidade de Tecnologia da Informação. Palestra: ...
 
EDI Supply Chain
EDI Supply ChainEDI Supply Chain
EDI Supply Chain
 
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
NF-e 2.0 para Escritórios Contábeis 2.0
 
NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
NF-e 2.0 para a Cadeia Produtiva 2.0
 
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud FiscalNota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
Nota Fiscal Eletrônica e a Revolução da Cloud Fiscal
 
NF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOS
NF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOSNF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOS
NF-e 2.0 para Cadeia Produtiva 2.0 - UNISINOS
 
Os Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração TributáriaOs Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração Tributária
 

Mais de Gunnebo Brasil

Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivoPesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Gunnebo Brasil
 
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)
Gunnebo Brasil
 
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Gunnebo Brasil
 
Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters
Gunnebo Brasil
 
Glossário do Varejo
Glossário do VarejoGlossário do Varejo
Glossário do Varejo
Gunnebo Brasil
 
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)
Gunnebo Brasil
 
Conectividade no-varejo
Conectividade no-varejoConectividade no-varejo
Conectividade no-varejo
Gunnebo Brasil
 
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no ComércioRevista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
Gunnebo Brasil
 
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoasAPAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
Gunnebo Brasil
 
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no MundoPerdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Gunnebo Brasil
 
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejoComo transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Gunnebo Brasil
 
Cofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente LiteCofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente Lite
Gunnebo Brasil
 
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Brasil
 
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo BrasileiroComentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Gunnebo Brasil
 
21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas
21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas
21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas
Gunnebo Brasil
 
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
Gunnebo Brasil
 
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24hIII Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
Gunnebo Brasil
 
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorarPerdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Gunnebo Brasil
 
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
Gunnebo Brasil
 
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
Global Brasil  2013: Gestao de NumerárioGlobal Brasil  2013: Gestao de Numerário
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
Gunnebo Brasil
 

Mais de Gunnebo Brasil (20)

Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivoPesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
Pesquisa revela que brasileiro prefere dinheiro vivo
 
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 9 - Ano 2017)
 
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
Como anda a gestão da frente de caixa nas lojas de varejo?
 
Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters Revista Global #7 - Security Matters
Revista Global #7 - Security Matters
 
Glossário do Varejo
Glossário do VarejoGlossário do Varejo
Glossário do Varejo
 
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)
Gunnebo | Revista Prevenção de Perdas (Edição 8 - Ano 2016)
 
Conectividade no-varejo
Conectividade no-varejoConectividade no-varejo
Conectividade no-varejo
 
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no ComércioRevista Global #5 - Segurança no Comércio
Revista Global #5 - Segurança no Comércio
 
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoasAPAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
APAS 2017 | Os ingredientes da moderna gestão de pessoas
 
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no MundoPerdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
Perdas no Varejo: índices no Brasil e no Mundo
 
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejoComo transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
Como transformar dados de inventário em indicadores de perdas no varejo
 
Cofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente LiteCofre Inteligente Lite
Cofre Inteligente Lite
 
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
Gunnebo Gateway - Prevenção de Perdas (Edição 7 - Ano 2015)
 
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo BrasileiroComentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
Comentários sobre a 15a Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro
 
21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas
21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas
21 Conselhos de Especialistas para Prevenir Perdas
 
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
50 dicas de Segurança e Prevenção de Perdas em Centros de Distribuição
 
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24hIII Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
III Fórum ABRAS de Perdas - Monitoramento Integrado 24h
 
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorarPerdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
Perdas: 7 fatos que o Varejo Brasileiro não pode ignorar
 
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
16 ações que um varejista pode fazer quando conhece o fluxo de pessoas na sua...
 
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
Global Brasil  2013: Gestao de NumerárioGlobal Brasil  2013: Gestao de Numerário
Global Brasil 2013: Gestao de Numerário
 

Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?

  • 1. QUANTITATIVO CORRETO? QUANTITATIVO CORRETO? QUANTITATIVO CORRETO? DATA DE VALIDADE? DATA DE VALIDADE? DATA DE VALIDADE? VALIDAÇÃO DE ITENS? INFLUÊNCIA DO MOTORISTA? VALORES CORRETOS? INFLUÊNCIA DO MOTORISTA? MÉDIA PADRONIZAÇÃO ALTA PADRONIZAÇÃO AUDITORIA DE PROCESSOS INTEGR. DADOS E IMAGENSINTEGRAÇÃO DE DADOS FASE 1: CONFERÊNCIA MANUAL FASE 2: COLETOR DE DADOS FASE 3: GATETRANSFER Motorista entrega a NF ao conferente, que acessa os itens, quantidades e valores. Depois recebe as mercadorias e valida as quantidades. Motorista entrega a NF ao escritório, que recebe os dados de forma eletrônica, disponibiliza o “espelho cego”para o conferente. Via coletor de dados, ele registra a mercadoria e insere a quantidade e data de validade. Motorista entrega a NF ao escritório, descarre- ga a mercadoria e se desloca para local isolado (sala de espera). O conferente realiza o processo e o motorista acompanha de forma remota. BAIXA PADRONIZAÇÃO PRODUTIVIDADEPRODUTIVIDADE AVANÇO DA TECNOLOGIA NA GESTÃO DE TRANSFERÊNCIA DE MERCADORIAS PONTOS CRÍTICOS INFLUÊNCIA DAS PESSOAS DIMINUI INFLUÊNCIA DOS PROCESSOS AUMENTA GATETRANSFER® é uma solução exclusiva Gunnebo. Solicite mais informações: info.br@gunnebo.com Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo? Pessoas são responsáveis pela conferência e inclusão de produtos na empresa Interferência de diversas áreas: logística, comercial, expedição, financeiro, prevenção, etc Necessidade de informações precisas sobre os itens, alimentando todo o processo de controle de estoque e de vendas Os principais indicadores, em especial a ruptura, podem ser prejudicados pelo mau funcionamento do processo de recebimento Alto impacto em caso de perdas, devido ao grande volume de itens envolvidos.