SlideShare uma empresa Scribd logo
1
voltar ao menu
Resultados
imprensa@inep.gov.br
(61) 2022-3660 | 3630 | 3626 | 3639
(61) 99346-0760
Atendimento
à imprensa
Enem
Enem 20 anos
clique para navegar
menu interativo
Atendimento
à imprensa
Enem 20 anos
Enem
Abstenção
Resultados
Cronograma
02
03
04
07
08
23
2
voltar ao menu
Prezado jornalista,
Para auxiliá-lo na divulgação dos resultados
do Exame Nacional do Ensino Médio
(Enem) 2018, a Assessoria de Comunicação
(Ascom) do Instituto Nacional de Estudos e
Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
(Inep) preparou este Press Kit com informa-
ções essenciais sobre o Exame.
Se a informação que você procura não
estiver neste material, acesse nossos canais
de comunicação:
Portal
Redes Sociais
Você também pode formalizar sua
demanda pelo nosso e-mail:
imprensa@inep.gov.br
portal.inep.gov.br
enem.inep.gov.br
Site do Enem
Atendimento
à imprensa
3
voltar ao menu
Enem
Uso dos Resultados
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
é realizado anualmente pelo Instituto Na-
cional de Estudos e Pesquisas Educacionais
Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério
da Educação (MEC).
O Enem avalia o desempenho do estudante
e ajuda em:
Acesso à Educação Superior
•	 Sisu
•	 Prouni
•	 Instituições Portuguesas
Financiamento Estudantil
•	 Fies
Desenvolvimento Pessoal
•	 Autoavaliação
•	 Inserção no mundo do trabalho
Melhorias na Educação
•	 Estudos e Indicadores
•	 Aperfeiçoamento do Ensino
Público Alvo
Qualquer pessoa pode fazer o Enem, entre-
tanto, participantes com menos de 18 anos
no primeiro dia de realização do Exame e
que concluirão o Ensino Médio após o ano
letivo de 2018, os chamados treineiros, po-
dem usar o resultado somente para autoava-
liação de conhecimentos.
Estrutura do Exame
4 Provas Objetivas, sendo 45 questões para
cada área do conhecimento:
•	 Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
•	 Ciências Humanas e suas Tecnologias;
•	 Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
•	 Matemática e suas Tecnologias.
1 Redação
•	 Texto dissertativo-argumentativo a partir
de uma situação-problema (política, social
ou cultural);
•	 30 linhas no máximo.
Novidades de 2018
•	 Solicitação de isenção antes do período de
inscrição;
•	 Justificativa de ausência para isentos que
não compareceram aos dois dias de prova
do Enem 2017 e queriam isenção no Enem
2018;
•	 Isenção para quem atingiu nota mínima
para certificação do ensino médio nas
áreas para as quais se inscreveu no Encceja
2017;
•	 Ampliação de 30 minutos na duração das
provas do segundo dia de aplicação.
•	 Possibilidade de recurso relacionado à
isenção e justificativa de ausência.
•	 Mais documentos aceitos na identificação.
•	 Critérios de eliminação atualizados e am-
pliados.
•	 Redação que desrespeitar os Direitos Hu-
manos perde 200 pontos.
•	 Ampliação, em cinco vezes, do número de
detectores de ponto eletrônico.
•	 Registro de ocorrências de aplicação, ape-
nas em casos excepcionais, via Página do
Participante.
4
voltar ao menu
Há 20 anos, 115 mil estudantes brasileiros
trocaram a tarde de domingo por um pro-
grama no mínimo desconhecido. Era 30 de
agosto de 1998 e o Enem foi aplicado pela
primeira vez. O Inep, já reconhecido pe-
los censos educacionais, pela avaliação da
educação básica e superior e por suas publi-
cações, focava-se, de forma inédita, em uma
avaliação do indivíduo.
Vinte anos depois, quase 100 milhões de
brasileiros já se inscreveram dispostos a
fazer o mesmo movimento: dedicar algumas
horas de um fim de semana pelo sonho de
uma transformação de vida permitida pela
educação.
O Enem foi uma proposta inovadora pelo
caráter transdisciplinar e pela ênfase na
avaliação de cinco competências e 21 habi-
lidades do cidadão ao término da educação
básica. Já em sua concepção, propunha-se a
oferecer parâmetros para o prosseguimento
dos estudos ou para o ingresso no mundo
do trabalho.
Tinha participação voluntária e permitia que
os resultados individuais fossem utilizados
como modalidade alternativa ou comple-
mentar aos tradicionais exames de acesso ao
ensino superior.
Desde a primeira edição a maioria dos par-
ticipantes teve direito a isenção da taxa de
inscrição, prática que permanece até os dias
atuais. Muitas outras coisas mudaram.
Vinte anos depois da primeira aplicação,
o Enem de hoje tem muitas diferenças. A
experiência na produção de itens e provas, e
na logística de aplicação, e mesmo a trans-
formação da sociedade, foram conduzindo
mudanças ao longo de duas décadas.
Enem 20 anos
Pioneiros na implantação do Exame, espe-
cialistas em avaliação e os próprios partici-
pantes dividem opiniões sobre esses rumos.
Para resgatar essa história o Inep está apli-
cando o Enem 2018, pensando nas próximas
edições e relembrando os grandes marcos
do passado.
Em 20 de novembro, o Instituto promoverá
uma série de atividades para resgatar a me-
mória do Enem, homenagear os profissionais
que contribuíram para sua história de suces-
so e anunciar mais aprimoramentos.
5
voltar ao menu
Enem 20 anos
1999
•	 Instituições de ensino superior passam
a utilizar o Enem como critério de aces-
so aos cursos de graduação. A PUC-RJ
e a Universidade Federal de Ouro Preto
(UFOP) foram as primeiras.
2000
•	 Exame se operacionaliza para atender
pessoas com necessidades especiais,
passando a oferecer prova em braile,
prova ampliada, auxílio para leitura e
transcrição e tradutor/intérprete em
Libras.
2001
•	 Começa a política de inscrição gratuita
para concluintes do ensino médio no
ano da edição.
2004
•	 Resultado individual do Enem passa a
ser critério de participação dos candi-
datos a bolsas de estudo integral ou
parcial em cursos de graduação de ins-
tituições privadas por meio do Progra-
ma Universidade para Todos (ProUni),
lançado naquele ano, por Medida Provi-
sória, e transformado em Lei em 2005.
2009
•	 Com a criação do Sistema de Seleção
Unificada (Sisu), que utiliza as notas do
Enem na seleção de alunos para os seus
cursos de graduação das instituições
federais de ensino superior, a Teoria de
Resposta ao Item (TRI) passa a ser ado-
tada para a correção das provas. Além
de estimar as dificuldades dos itens e
Principais fatos
a proficiência dos participantes, a meto-
dologia permite que os itens de diferentes
edições do exame sejam posicionados em
uma mesma escala.
•	 Matriz de Referência passa a ter quatro
grandes áreas: Ciência Humanas e suas
Tecnologias; Ciências da Natureza e suas
Tecnologias; Matemática e suas Tecnolo-
gias; Linguagens, Códigos e suas Tecnolo-
gias.
•	 Exame passa a ter 180 questões objetivas,
além da redação. A aplicação que antes
era em um domingo passa a ocupar o sá-
bado e o domingo.
•	 Exame passa a ser usado também para
certificação de conclusão do Ensino
Médio, com o mínimo de 400 pontos em
cada área e 500 pontos na redação.
2010
•	 Exame começa a ser aplicado para pesso-
as privadas de liberdade (Enem PPL).
2012
•	 Integrantes de família de baixa renda que
tem Número de Identificação Social (NIS)
e renda familiar por pessoa de até meio
salário mínimo ou renda familiar mensal
de até três salários mínimos (Decreto
6135/2007) passam a ter direito à isenção
da taxa de inscrição.
6
voltar ao menu
Enem 20 anos
2013
•	 Pela primeira vez, todas as instituições
federais de ensino superior passaram a
utilizar o Enem como critério de seleção
para novos alunos.
•	 Nota do Enem passa a ser utilizada na
concessão de bolsas de estudos do pro-
grama Ciência sem Fronteiras.
2014
•	 Assinado o primeiro acordo interinstitu-
cional com uma Instituição de Educação
Superior Portuguesa, a Universidade de
Coimbra, para uso das notas do Enem
no acesso a vagas.
2015
•	 Começa a política de atendimento por
nome social. Já no primeiro ano 286 tra-
vestis e transexuais usaram o benefício.
2016
•	 Estreia a coleta de dado biométrico e o
uso de detectores de metal na entrada e
saída dos banheiros.
2017
•	 Após Consulta Pública, Exame passa a
ser aplicado em dois domingos conse-
cutivos, evitando o “confinamento” de
participantes que “guardam o sábado”
por motivos religiosos.
•	 Enem deixa de certificar o Ensino Médio,
função que retorna ao Exame Nacional
de Certificação de Jovens e Adultos
Principais fatos
(Encceja), criado com esse objetivo, e de
divulgar as notas de escolas, o chamado
“Enem por Escolas”.
•	 Estreia a prova personalizada com o nome
do participante e outros recursos de segu-
rança, como o detector de ponto eletrônico.
•	 Participantes surdos e deficientes auditivos
passam a ter novo auxílio de acessibilidade,
a videoprova em Libras.
2018
•	 Concluindo uma série de mudanças inicia-
das em 2016 para conter o desperdício do
dinheiro público, e após estudo que revelou
prejuízo de R$ 1 bilhão com participantes
isentos faltantes, é implantada etapa de jus-
tificativa de ausência e solicitação de isen-
ção em período anterior à inscrição.
7
voltar ao menu
AUSENTES
Inscritos
Confirmados
%
Ausentes
1º Dia*
%
Ausentes
2º Dia**
%
Ausentes
Dois Dias
%
Pagantes 1.992.564 36,1% 4.166 0,21% 85.414 4,29% 351.113 17,62%
Isentos 3.521.183 63,9% 7.048 0,20% 170.152 4,83% 1.001.453 28,44%
Total 5.513.747 100% 11.214 0,20% 255.566 4,64% 1.352.566 24,53%
PERFILAUSENTES
Inscritos
Confirmados
%
Ausentes
1º Dia*
%
Ausentes
2º Dia**
%
Ausentes
Dois Dias
%
Concluintes
Ensino Médio
1.374.776 39,04% 2.974 0,22% 67.344 4,90% 285.891 20,80%
Lei e Decreto 2.146.407 60,96% 4.074 0,19% 102.808 4,79% 715.562 33,34%
Total 3.521.183 63,9% 7.048 0,20% 170.152 4,83% 1.001.453 28,44%
Isentos
ParƟcipantes
*Ausentes exclusivamenteno primeiro dia.
** Ausentes exclusivamenteno segundo dia.
Abstenção
8
voltar ao menu
RESULTADOS-LINGUAGENSECÓDIGOS
2017 2018*
QuanƟdade de ParƟcipantes 4.721.444 4.141.793
Proficiência Média dos ParƟcipantes 510,2 526,9
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Concluintes
506,5 520,8
Proficiência Média dos ParƟcipantes Egressos 513,84 529,1
Proficiência Média dos ParƟcipantes Treineiros 516,86 538,9
Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos
que optaram por videoprova em Libras
404,5 448,6
Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos
que optaram por intérprete de Libras
400,3 422,3
Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 788,8 816,9
Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 299,6 318,8
QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência
Máxima
1 1
QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência
Mínima
224 195
QuanƟdade de Provas em branco 3803 3729
Resultados
Linguagens e Códigos
*Dados gerados apenas comresultados da prova regular
9
voltar ao menu
RESULTADOS-LINGUAGENSECÓDIGOS
1.270.679
(30,7%)
2.025.985
(48,9%)
648.086
(15,6%)
10.554
(0,3%)
5
(0,0%)
186.484
300 400 500 600 700 800 900
(4,5%)
Resultados
Linguagens e Códigos
10
voltar ao menu
PROFICIÊNCIAMÉDIADOSPARTICIPANTES-LINGUAGENSECÓDIGOS(2009-2018)
Resultados
Linguagens e Códigos
11
voltar ao menu
RESULTADOS-REDAÇÃO
2017 2018*
QuanƟdade de Redações Corrigidas 4.725.330 4.122.423
QuanƟdade de ParƟcipantes com
Redações sem problemas
4.416.173 4.035.694
QuanƟdade de ParƟcipantes com Redação
Nota Zero
309.157 112.559
QuanƟdade de ParƟcipantes com Redação
Nota 1000
53 55
Proficiência Média dos ParƟcipantes 558 522,8
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Concluintes
560,6 523,4
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Egressos
556,9 520,9
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Treineiros
570,6 541,2
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Surdos que optaram por videoprova em
Libras
367,4 322,9
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Surdos que optaram por intérprete de
Libras
369,1 325,6
Redação
Resultados
*Dados gerados apenas comresultados da prova regular
12
voltar ao menu
RESULTADOS-REDAÇÃO
973.860
(24,1%)
557.216
(13,8%)
1.022.049
(25,3%)
561.235
(13,9%)
316.212
(7,8%)
180.761
(4,5%) 81.442
(2,0%)342.919
3000 400 500 600 700 800 900 1000
(8,5%)
522,8
Resultados
Redação
13
voltar ao menu
Redação
Resultados
RESULTADOS-REDAÇÃO
Motivos para Nota Zero 2017 2018*
Fuga ao tema 5,01% 0,77%
Cópia do texto moƟvador 0,09% 0,36%
Texto insuficiente 0,33% 0,18%
Não atendimento ao Ɵpo textual 0,11% 0,06%
Parte desconectada 0,17% 0,12%
Redações em branco 0,80% 1,12%
Outros moƟvos 0,03% 0,12%
Total de Redações com nota zero 6,54% 2,73%
*Dados gerados apenas comresultados da prova regular
14
voltar ao menu
RESULTADOS-CIÊNCIASHUMANAS
2017 2018*
QuanƟdade de ParƟcipantes 4.716.883 4.137.812
Proficiência Média dos ParƟcipantes 519,3 569,2
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Concluintes
517,4 561,7
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Egressos
522,24 573,4
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Treineiros
526,68 575,2
Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos
que optaram por videoprova em Libras
414,9 509,7
Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos
que optaram por intérprete de Libras
416,6 480,4
Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 868,3 850,4
Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 307,7 387,2
QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência
Máxima
2 15
QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência
Mínima
30 1
QuanƟdade de Provas em branco 8364 7710
Resultados
Ciências Humanas
*Dados gerados apenas comresultados da prova regular
15
voltar ao menu
RESULTADOS-CIÊNCIASHUMANAS
900.223
(21,8%)
1.512.399
(36,6%)
1.622.556
(39,2%)
87.238
(2,1%)
240
(0,0%)
15.156
300 400 500 600 700 800 900
(0,4%)
519,3
Proficiência média geral 2017
569,2
Proficiência média geral 2018
Resultados
Ciências Humanas
16
voltar ao menu
PROFICIÊNCIAMÉDIADOSPARTICIPANTES-CIÊNCIAHUMANAS(2009-2018)
Resultados
Ciências Humanas
17
voltar ao menu
RESULTADOS-MATEMÁTICA
2017 2018*
QuanƟdade de ParƟcipantes 4.458.382 3.901.774
Proficiência Média dos ParƟcipantes 518,5 535,5
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Concluintes
522,3 533,4
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Egressos
516,62 533,9
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Treineiros
538,77 553,4
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Surdos que optaram por videoprova em
Libras
399,9 448,2
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Surdos que optaram por intérprete de
Libras
413,2 441,2
Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 993,9 996,1
Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 310,4 360
QuanƟdade de ParƟcipantes com
Proficiência Máxima
16 27
QuanƟdade de ParƟcipantes com
Proficiência Mínima
1 1
QuanƟdade de Provas em branco 959 872
*Dados gerados apenas com resultados da prova regular
Resultados
Matemática
18
voltar ao menu
RESULTADOS-MATEMÁTICA
1.464.388
(37,5%)
1.224.098
(31,4%)
650.898
(16,7%)
291.481
(7,5%)
35.143
3.187
(0,1%)
(0,9%)
232.579
300 400 500 600 700 800 900 1000
(6,0%)
518,5
Proficiência média geral 2017
535,5
Proficiência média geral 2018
Resultados
Matemática
19
voltar ao menu
PROFICIÊNCIAMÉDIADOSPARTICIPANTES-MATEMÁTICA(2009-2018)
Resultados
Matemática
20
voltar ao menu
RESULTADOS-CIÊNCIASDANATUREZA
2017 2018*
QuanƟdade de ParƟcipantes 4.458.665 3.901.929
Proficiência Média dos ParƟcipantes 510,6 493,8
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Concluintes
508,4 490,8
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Egressos
512,48 495,7
Proficiência Média dos ParƟcipantes
Treineiros
519,36 497,2
Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos
que optaram por videoprova em Libras
371,9 448,9
Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos
que optaram por intérprete de Libras
388 435,5
Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 885,6 869,6
Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 298,0 362,5
QuanƟdade de ParƟcipantes com
Proficiência Máxima
1 13
QuanƟdade de ParƟcipantes com
Proficiência Mínima
1 256
QuanƟdade de Provas em branco 676 717
*Dados gerados apenas com resultados da prova regular
Ausentes
Resultados
Ciências da Natureza
21
voltar ao menu
RESULTADOS-CIÊNCIASDANATUREZA
1.952.271
(50,0%)
1.288.279
(33,0%)
328.405
(8,4%)
29.442
(0,8%)
324
(0,0%)
303.208
300 400 500 600 700 800 900
(7,8%)
Resultados
Ciências da Natureza
22
voltar ao menu
RPROFICIÊNCIAMÉDIADOSPARTICIPANTES-CIÊNCIASDANATUREZA(2009-2018)
Resultados
Ciências da Natureza
23
voltar ao menu
Cronograma
Página do Participante
18 de Março
Resultados Treineiros
Vista Pedagógica das Redações
Resultados Treineiros
Vista Pedagógica das Redações
22 a 25 de Janeiro
Inscrições Sisu 1°/2019
5 a 12 de Fevereiro
Inscrições Fies 2019
29 de Janeiro a
1º de Fevereiro
Inscrições Pro Uni 2019

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

FGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana Monteiro
FGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana MonteiroFGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana Monteiro
FGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana Monteiro
FGV | Fundação Getulio Vargas
 
Versão 4 situação do aluno 2012 j risomar
Versão 4 situação do aluno 2012 j risomarVersão 4 situação do aluno 2012 j risomar
Versão 4 situação do aluno 2012 j risomar
Rafael Maximino Dos Santos
 
Situação do aluno 2013
Situação do aluno 2013Situação do aluno 2013
Situação do aluno 2013
Todos Pela Escola
 
Educacenso 2015 orientações
Educacenso 2015   orientaçõesEducacenso 2015   orientações
Educacenso 2015 orientações
Escola Estadual Deputado Emílio Justo
 
RelatóRio EducaçãO 2009.3
RelatóRio EducaçãO 2009.3RelatóRio EducaçãO 2009.3
RelatóRio EducaçãO 2009.3
guest8c6fe
 
Treinamento do censo escolar 2014
Treinamento do censo escolar 2014Treinamento do censo escolar 2014
Treinamento do censo escolar 2014
Todos Pela Escola
 
Treinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMI
Treinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMITreinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMI
Treinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMI
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Boas vindas_Calouros UNIFEMM
Boas vindas_Calouros UNIFEMMBoas vindas_Calouros UNIFEMM
Boas vindas_Calouros UNIFEMM
Carolina da Silva
 
Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04
Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04
Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04
FUNDETEC - Fundação para o Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico de Cascavel
 
Programa olimpiadas mat
Programa olimpiadas matPrograma olimpiadas mat
Programa olimpiadas mat
Marcelo Gouveia Gouveia
 
Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)
Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)
Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)
Jornal do Commercio
 
Apres Co Abril 22008 Vf[1]
Apres Co Abril 22008 Vf[1]Apres Co Abril 22008 Vf[1]
Apres Co Abril 22008 Vf[1]
Luna
 

Mais procurados (12)

FGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana Monteiro
FGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana MonteiroFGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana Monteiro
FGV / IBRE – Gasto público em educação e desempenho escolar – Joana Monteiro
 
Versão 4 situação do aluno 2012 j risomar
Versão 4 situação do aluno 2012 j risomarVersão 4 situação do aluno 2012 j risomar
Versão 4 situação do aluno 2012 j risomar
 
Situação do aluno 2013
Situação do aluno 2013Situação do aluno 2013
Situação do aluno 2013
 
Educacenso 2015 orientações
Educacenso 2015   orientaçõesEducacenso 2015   orientações
Educacenso 2015 orientações
 
RelatóRio EducaçãO 2009.3
RelatóRio EducaçãO 2009.3RelatóRio EducaçãO 2009.3
RelatóRio EducaçãO 2009.3
 
Treinamento do censo escolar 2014
Treinamento do censo escolar 2014Treinamento do censo escolar 2014
Treinamento do censo escolar 2014
 
Treinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMI
Treinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMITreinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMI
Treinamento Censo Escolar 2014- Mais Educacao e PROEMI
 
Boas vindas_Calouros UNIFEMM
Boas vindas_Calouros UNIFEMMBoas vindas_Calouros UNIFEMM
Boas vindas_Calouros UNIFEMM
 
Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04
Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04
Encontro Regional Oeste - Programa Formação Pela Escola - 04
 
Programa olimpiadas mat
Programa olimpiadas matPrograma olimpiadas mat
Programa olimpiadas mat
 
Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)
Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)
Apresentação coletiva de imprensa (prouni recife)
 
Apres Co Abril 22008 Vf[1]
Apres Co Abril 22008 Vf[1]Apres Co Abril 22008 Vf[1]
Apres Co Abril 22008 Vf[1]
 

Semelhante a RESULTADOS ENEM 2018

Como funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptx
Como funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptxComo funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptx
Como funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptx
PauloMatheusCruzMasc
 
Preparação acadêmica
Preparação acadêmicaPreparação acadêmica
Preparação acadêmica
Luiz Antonio Souza
 
Manual enem-2014
Manual enem-2014Manual enem-2014
Manual enem-2014
Alexandre Tomaz
 
A educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão Reis
A educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão ReisA educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão Reis
A educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão Reis
José Moura Carvalho
 
Reunião 3 colegiais
Reunião 3 colegiaisReunião 3 colegiais
Reunião 3 colegiais
robertaoliva
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Informações sobre o ENEM 2013
Informações sobre o ENEM 2013Informações sobre o ENEM 2013
Informações sobre o ENEM 2013
preuniversitarioitab
 
Slide alunos 2015 revisado-1
Slide alunos 2015 revisado-1Slide alunos 2015 revisado-1
Slide alunos 2015 revisado-1
NTERJ12 Nilópolis
 
Obmep 2016
Obmep 2016Obmep 2016
Caderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdf
Caderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdfCaderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdf
Caderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdf
EDCARLOS31
 
I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
I Colóquio “Sintonizados no ENEM” I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
EEEP Edson Queiroz
 
Processos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdf
Processos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdfProcessos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdf
Processos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdf
ARRTHR
 
PROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESB
PROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESBPROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESB
PROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESB
ARRTHR
 
VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...
VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...
VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...
Antônio Fernandes
 
Enem apresentacao cd final
Enem apresentacao cd finalEnem apresentacao cd final
Enem apresentacao cd final
FranciscoRoqueMagalh
 
Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12
Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12
Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12
Governo do Estado de Pernambuco - Secretaria de Educação
 
Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009
Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009
Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009
Luzani
 
Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015
Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015 Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015
Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015
Adriano Moitinho Pinto
 
ENEM 2016 - EDITAL
ENEM 2016 - EDITALENEM 2016 - EDITAL
ENEM 2016 - EDITAL
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
Presskit enade2017 e_indicadores_de_qualidade
Presskit enade2017 e_indicadores_de_qualidadePresskit enade2017 e_indicadores_de_qualidade
Presskit enade2017 e_indicadores_de_qualidade
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 

Semelhante a RESULTADOS ENEM 2018 (20)

Como funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptx
Como funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptxComo funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptx
Como funciona o ENEM, PROUNI e FIES.pptx
 
Preparação acadêmica
Preparação acadêmicaPreparação acadêmica
Preparação acadêmica
 
Manual enem-2014
Manual enem-2014Manual enem-2014
Manual enem-2014
 
A educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão Reis
A educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão ReisA educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão Reis
A educação à luz do digital: o olhar da economia da educação - Ana Balcão Reis
 
Reunião 3 colegiais
Reunião 3 colegiaisReunião 3 colegiais
Reunião 3 colegiais
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Informações sobre o ENEM 2013
Informações sobre o ENEM 2013Informações sobre o ENEM 2013
Informações sobre o ENEM 2013
 
Slide alunos 2015 revisado-1
Slide alunos 2015 revisado-1Slide alunos 2015 revisado-1
Slide alunos 2015 revisado-1
 
Obmep 2016
Obmep 2016Obmep 2016
Obmep 2016
 
Caderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdf
Caderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdfCaderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdf
Caderno_de_Conceitos_e_Orientacoes_do_Censo_Escolar_2020.pdf
 
I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
I Colóquio “Sintonizados no ENEM” I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
 
Processos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdf
Processos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdfProcessos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdf
Processos para o Ingresso dos discentes na UESB.pdf
 
PROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESB
PROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESBPROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESB
PROCESSOS PARA O IINGRESSO NA UESB
 
VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...
VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...
VEJA O QUE VOCÊ DEVE FAZER DEPOIS DO ENEM PARA ENTRAR EM UMA FACULDADE/UNIVER...
 
Enem apresentacao cd final
Enem apresentacao cd finalEnem apresentacao cd final
Enem apresentacao cd final
 
Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12
Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12
Informativo GRE Mata Sul - Abril de 2020 - nº12
 
Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009
Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009
Ações do NTE de Dianópolis no I semestre de 2009
 
Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015
Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015 Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015
Apresentação SINAES para que fazer ENADE 2015
 
ENEM 2016 - EDITAL
ENEM 2016 - EDITALENEM 2016 - EDITAL
ENEM 2016 - EDITAL
 
Presskit enade2017 e_indicadores_de_qualidade
Presskit enade2017 e_indicadores_de_qualidadePresskit enade2017 e_indicadores_de_qualidade
Presskit enade2017 e_indicadores_de_qualidade
 

Mais de SOL MARKETING EDUCACIONAL

Advogado 4.0
Advogado 4.0Advogado 4.0
DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO
DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO
DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
COMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEIS
COMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEISCOMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEIS
COMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEIS
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS
PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS
PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
EDITAL PROUNI - 2020.1
EDITAL PROUNI - 2020.1EDITAL PROUNI - 2020.1
EDITAL PROUNI - 2020.1
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
TREINAMENTO INGRESSO
TREINAMENTO INGRESSO TREINAMENTO INGRESSO
TREINAMENTO INGRESSO
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
ENEM 2020 DIGITAL
ENEM 2020 DIGITAL ENEM 2020 DIGITAL
ENEM 2020 DIGITAL
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
ENEM 2020 - EDITAL
ENEM 2020 - EDITAL ENEM 2020 - EDITAL
ENEM 2020 - EDITAL
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
Programa bolsa de estudos aprendiz
Programa bolsa de estudos aprendizPrograma bolsa de estudos aprendiz
Programa bolsa de estudos aprendiz
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
Portaria MEC 40%
Portaria MEC  40%Portaria MEC  40%
Portaria MEC 40%
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
PROJETO MATURIDADE
PROJETO MATURIDADE PROJETO MATURIDADE
PROJETO MATURIDADE
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
Operacao ENEM 2019
Operacao ENEM 2019Operacao ENEM 2019
Operacao ENEM 2019
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
Caderno Política Nacional de Alfabetização
Caderno Política Nacional de Alfabetização Caderno Política Nacional de Alfabetização
Caderno Política Nacional de Alfabetização
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
EDITAL ENADE 2019
EDITAL ENADE 2019EDITAL ENADE 2019
EDITAL ENADE 2019
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
EXPOCIEE SP 2018
EXPOCIEE SP 2018EXPOCIEE SP 2018
EXPOCIEE SP 2018
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
P-FIES - PRIMEIRO EDITAL DE 2019
P-FIES -  PRIMEIRO EDITAL DE 2019P-FIES -  PRIMEIRO EDITAL DE 2019
P-FIES - PRIMEIRO EDITAL DE 2019
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017
RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017
RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
EDITAL ENADE 2018
EDITAL ENADE 2018EDITAL ENADE 2018
EDITAL ENADE 2018
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
OPERAÇÃO ENEM
OPERAÇÃO ENEM OPERAÇÃO ENEM
OPERAÇÃO ENEM
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 
ENEM 2018 -CONFIRA!
ENEM 2018 -CONFIRA!ENEM 2018 -CONFIRA!
ENEM 2018 -CONFIRA!
SOL MARKETING EDUCACIONAL
 

Mais de SOL MARKETING EDUCACIONAL (20)

Advogado 4.0
Advogado 4.0Advogado 4.0
Advogado 4.0
 
DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO
DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO
DIREITO DIGITAL INFOGRÁFICO
 
COMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEIS
COMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEISCOMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEIS
COMO ADVOGAR NA ERA DIGITAL? 30 FERRAMENTAS INCRÍVEIS
 
PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS
PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS
PROGRAMA EXCLUSIVO EMPRESAS PARCEIRAS
 
EDITAL PROUNI - 2020.1
EDITAL PROUNI - 2020.1EDITAL PROUNI - 2020.1
EDITAL PROUNI - 2020.1
 
TREINAMENTO INGRESSO
TREINAMENTO INGRESSO TREINAMENTO INGRESSO
TREINAMENTO INGRESSO
 
ENEM 2020 DIGITAL
ENEM 2020 DIGITAL ENEM 2020 DIGITAL
ENEM 2020 DIGITAL
 
ENEM 2020 - EDITAL
ENEM 2020 - EDITAL ENEM 2020 - EDITAL
ENEM 2020 - EDITAL
 
Programa bolsa de estudos aprendiz
Programa bolsa de estudos aprendizPrograma bolsa de estudos aprendiz
Programa bolsa de estudos aprendiz
 
Portaria MEC 40%
Portaria MEC  40%Portaria MEC  40%
Portaria MEC 40%
 
PROJETO MATURIDADE
PROJETO MATURIDADE PROJETO MATURIDADE
PROJETO MATURIDADE
 
Operacao ENEM 2019
Operacao ENEM 2019Operacao ENEM 2019
Operacao ENEM 2019
 
Caderno Política Nacional de Alfabetização
Caderno Política Nacional de Alfabetização Caderno Política Nacional de Alfabetização
Caderno Política Nacional de Alfabetização
 
EDITAL ENADE 2019
EDITAL ENADE 2019EDITAL ENADE 2019
EDITAL ENADE 2019
 
EXPOCIEE SP 2018
EXPOCIEE SP 2018EXPOCIEE SP 2018
EXPOCIEE SP 2018
 
P-FIES - PRIMEIRO EDITAL DE 2019
P-FIES -  PRIMEIRO EDITAL DE 2019P-FIES -  PRIMEIRO EDITAL DE 2019
P-FIES - PRIMEIRO EDITAL DE 2019
 
RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017
RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017
RESULTADOS DOS INDICADORES - CPC E IGC 2017
 
EDITAL ENADE 2018
EDITAL ENADE 2018EDITAL ENADE 2018
EDITAL ENADE 2018
 
OPERAÇÃO ENEM
OPERAÇÃO ENEM OPERAÇÃO ENEM
OPERAÇÃO ENEM
 
ENEM 2018 -CONFIRA!
ENEM 2018 -CONFIRA!ENEM 2018 -CONFIRA!
ENEM 2018 -CONFIRA!
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 

RESULTADOS ENEM 2018

  • 1. 1 voltar ao menu Resultados imprensa@inep.gov.br (61) 2022-3660 | 3630 | 3626 | 3639 (61) 99346-0760 Atendimento à imprensa Enem Enem 20 anos clique para navegar menu interativo Atendimento à imprensa Enem 20 anos Enem Abstenção Resultados Cronograma 02 03 04 07 08 23
  • 2. 2 voltar ao menu Prezado jornalista, Para auxiliá-lo na divulgação dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, a Assessoria de Comunicação (Ascom) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) preparou este Press Kit com informa- ções essenciais sobre o Exame. Se a informação que você procura não estiver neste material, acesse nossos canais de comunicação: Portal Redes Sociais Você também pode formalizar sua demanda pelo nosso e-mail: imprensa@inep.gov.br portal.inep.gov.br enem.inep.gov.br Site do Enem Atendimento à imprensa
  • 3. 3 voltar ao menu Enem Uso dos Resultados O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é realizado anualmente pelo Instituto Na- cional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC). O Enem avalia o desempenho do estudante e ajuda em: Acesso à Educação Superior • Sisu • Prouni • Instituições Portuguesas Financiamento Estudantil • Fies Desenvolvimento Pessoal • Autoavaliação • Inserção no mundo do trabalho Melhorias na Educação • Estudos e Indicadores • Aperfeiçoamento do Ensino Público Alvo Qualquer pessoa pode fazer o Enem, entre- tanto, participantes com menos de 18 anos no primeiro dia de realização do Exame e que concluirão o Ensino Médio após o ano letivo de 2018, os chamados treineiros, po- dem usar o resultado somente para autoava- liação de conhecimentos. Estrutura do Exame 4 Provas Objetivas, sendo 45 questões para cada área do conhecimento: • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; • Ciências Humanas e suas Tecnologias; • Ciências da Natureza e suas Tecnologias; • Matemática e suas Tecnologias. 1 Redação • Texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema (política, social ou cultural); • 30 linhas no máximo. Novidades de 2018 • Solicitação de isenção antes do período de inscrição; • Justificativa de ausência para isentos que não compareceram aos dois dias de prova do Enem 2017 e queriam isenção no Enem 2018; • Isenção para quem atingiu nota mínima para certificação do ensino médio nas áreas para as quais se inscreveu no Encceja 2017; • Ampliação de 30 minutos na duração das provas do segundo dia de aplicação. • Possibilidade de recurso relacionado à isenção e justificativa de ausência. • Mais documentos aceitos na identificação. • Critérios de eliminação atualizados e am- pliados. • Redação que desrespeitar os Direitos Hu- manos perde 200 pontos. • Ampliação, em cinco vezes, do número de detectores de ponto eletrônico. • Registro de ocorrências de aplicação, ape- nas em casos excepcionais, via Página do Participante.
  • 4. 4 voltar ao menu Há 20 anos, 115 mil estudantes brasileiros trocaram a tarde de domingo por um pro- grama no mínimo desconhecido. Era 30 de agosto de 1998 e o Enem foi aplicado pela primeira vez. O Inep, já reconhecido pe- los censos educacionais, pela avaliação da educação básica e superior e por suas publi- cações, focava-se, de forma inédita, em uma avaliação do indivíduo. Vinte anos depois, quase 100 milhões de brasileiros já se inscreveram dispostos a fazer o mesmo movimento: dedicar algumas horas de um fim de semana pelo sonho de uma transformação de vida permitida pela educação. O Enem foi uma proposta inovadora pelo caráter transdisciplinar e pela ênfase na avaliação de cinco competências e 21 habi- lidades do cidadão ao término da educação básica. Já em sua concepção, propunha-se a oferecer parâmetros para o prosseguimento dos estudos ou para o ingresso no mundo do trabalho. Tinha participação voluntária e permitia que os resultados individuais fossem utilizados como modalidade alternativa ou comple- mentar aos tradicionais exames de acesso ao ensino superior. Desde a primeira edição a maioria dos par- ticipantes teve direito a isenção da taxa de inscrição, prática que permanece até os dias atuais. Muitas outras coisas mudaram. Vinte anos depois da primeira aplicação, o Enem de hoje tem muitas diferenças. A experiência na produção de itens e provas, e na logística de aplicação, e mesmo a trans- formação da sociedade, foram conduzindo mudanças ao longo de duas décadas. Enem 20 anos Pioneiros na implantação do Exame, espe- cialistas em avaliação e os próprios partici- pantes dividem opiniões sobre esses rumos. Para resgatar essa história o Inep está apli- cando o Enem 2018, pensando nas próximas edições e relembrando os grandes marcos do passado. Em 20 de novembro, o Instituto promoverá uma série de atividades para resgatar a me- mória do Enem, homenagear os profissionais que contribuíram para sua história de suces- so e anunciar mais aprimoramentos.
  • 5. 5 voltar ao menu Enem 20 anos 1999 • Instituições de ensino superior passam a utilizar o Enem como critério de aces- so aos cursos de graduação. A PUC-RJ e a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) foram as primeiras. 2000 • Exame se operacionaliza para atender pessoas com necessidades especiais, passando a oferecer prova em braile, prova ampliada, auxílio para leitura e transcrição e tradutor/intérprete em Libras. 2001 • Começa a política de inscrição gratuita para concluintes do ensino médio no ano da edição. 2004 • Resultado individual do Enem passa a ser critério de participação dos candi- datos a bolsas de estudo integral ou parcial em cursos de graduação de ins- tituições privadas por meio do Progra- ma Universidade para Todos (ProUni), lançado naquele ano, por Medida Provi- sória, e transformado em Lei em 2005. 2009 • Com a criação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que utiliza as notas do Enem na seleção de alunos para os seus cursos de graduação das instituições federais de ensino superior, a Teoria de Resposta ao Item (TRI) passa a ser ado- tada para a correção das provas. Além de estimar as dificuldades dos itens e Principais fatos a proficiência dos participantes, a meto- dologia permite que os itens de diferentes edições do exame sejam posicionados em uma mesma escala. • Matriz de Referência passa a ter quatro grandes áreas: Ciência Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnolo- gias; Linguagens, Códigos e suas Tecnolo- gias. • Exame passa a ter 180 questões objetivas, além da redação. A aplicação que antes era em um domingo passa a ocupar o sá- bado e o domingo. • Exame passa a ser usado também para certificação de conclusão do Ensino Médio, com o mínimo de 400 pontos em cada área e 500 pontos na redação. 2010 • Exame começa a ser aplicado para pesso- as privadas de liberdade (Enem PPL). 2012 • Integrantes de família de baixa renda que tem Número de Identificação Social (NIS) e renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (Decreto 6135/2007) passam a ter direito à isenção da taxa de inscrição.
  • 6. 6 voltar ao menu Enem 20 anos 2013 • Pela primeira vez, todas as instituições federais de ensino superior passaram a utilizar o Enem como critério de seleção para novos alunos. • Nota do Enem passa a ser utilizada na concessão de bolsas de estudos do pro- grama Ciência sem Fronteiras. 2014 • Assinado o primeiro acordo interinstitu- cional com uma Instituição de Educação Superior Portuguesa, a Universidade de Coimbra, para uso das notas do Enem no acesso a vagas. 2015 • Começa a política de atendimento por nome social. Já no primeiro ano 286 tra- vestis e transexuais usaram o benefício. 2016 • Estreia a coleta de dado biométrico e o uso de detectores de metal na entrada e saída dos banheiros. 2017 • Após Consulta Pública, Exame passa a ser aplicado em dois domingos conse- cutivos, evitando o “confinamento” de participantes que “guardam o sábado” por motivos religiosos. • Enem deixa de certificar o Ensino Médio, função que retorna ao Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos Principais fatos (Encceja), criado com esse objetivo, e de divulgar as notas de escolas, o chamado “Enem por Escolas”. • Estreia a prova personalizada com o nome do participante e outros recursos de segu- rança, como o detector de ponto eletrônico. • Participantes surdos e deficientes auditivos passam a ter novo auxílio de acessibilidade, a videoprova em Libras. 2018 • Concluindo uma série de mudanças inicia- das em 2016 para conter o desperdício do dinheiro público, e após estudo que revelou prejuízo de R$ 1 bilhão com participantes isentos faltantes, é implantada etapa de jus- tificativa de ausência e solicitação de isen- ção em período anterior à inscrição.
  • 7. 7 voltar ao menu AUSENTES Inscritos Confirmados % Ausentes 1º Dia* % Ausentes 2º Dia** % Ausentes Dois Dias % Pagantes 1.992.564 36,1% 4.166 0,21% 85.414 4,29% 351.113 17,62% Isentos 3.521.183 63,9% 7.048 0,20% 170.152 4,83% 1.001.453 28,44% Total 5.513.747 100% 11.214 0,20% 255.566 4,64% 1.352.566 24,53% PERFILAUSENTES Inscritos Confirmados % Ausentes 1º Dia* % Ausentes 2º Dia** % Ausentes Dois Dias % Concluintes Ensino Médio 1.374.776 39,04% 2.974 0,22% 67.344 4,90% 285.891 20,80% Lei e Decreto 2.146.407 60,96% 4.074 0,19% 102.808 4,79% 715.562 33,34% Total 3.521.183 63,9% 7.048 0,20% 170.152 4,83% 1.001.453 28,44% Isentos ParƟcipantes *Ausentes exclusivamenteno primeiro dia. ** Ausentes exclusivamenteno segundo dia. Abstenção
  • 8. 8 voltar ao menu RESULTADOS-LINGUAGENSECÓDIGOS 2017 2018* QuanƟdade de ParƟcipantes 4.721.444 4.141.793 Proficiência Média dos ParƟcipantes 510,2 526,9 Proficiência Média dos ParƟcipantes Concluintes 506,5 520,8 Proficiência Média dos ParƟcipantes Egressos 513,84 529,1 Proficiência Média dos ParƟcipantes Treineiros 516,86 538,9 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por videoprova em Libras 404,5 448,6 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por intérprete de Libras 400,3 422,3 Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 788,8 816,9 Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 299,6 318,8 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Máxima 1 1 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Mínima 224 195 QuanƟdade de Provas em branco 3803 3729 Resultados Linguagens e Códigos *Dados gerados apenas comresultados da prova regular
  • 11. 11 voltar ao menu RESULTADOS-REDAÇÃO 2017 2018* QuanƟdade de Redações Corrigidas 4.725.330 4.122.423 QuanƟdade de ParƟcipantes com Redações sem problemas 4.416.173 4.035.694 QuanƟdade de ParƟcipantes com Redação Nota Zero 309.157 112.559 QuanƟdade de ParƟcipantes com Redação Nota 1000 53 55 Proficiência Média dos ParƟcipantes 558 522,8 Proficiência Média dos ParƟcipantes Concluintes 560,6 523,4 Proficiência Média dos ParƟcipantes Egressos 556,9 520,9 Proficiência Média dos ParƟcipantes Treineiros 570,6 541,2 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por videoprova em Libras 367,4 322,9 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por intérprete de Libras 369,1 325,6 Redação Resultados *Dados gerados apenas comresultados da prova regular
  • 12. 12 voltar ao menu RESULTADOS-REDAÇÃO 973.860 (24,1%) 557.216 (13,8%) 1.022.049 (25,3%) 561.235 (13,9%) 316.212 (7,8%) 180.761 (4,5%) 81.442 (2,0%)342.919 3000 400 500 600 700 800 900 1000 (8,5%) 522,8 Resultados Redação
  • 13. 13 voltar ao menu Redação Resultados RESULTADOS-REDAÇÃO Motivos para Nota Zero 2017 2018* Fuga ao tema 5,01% 0,77% Cópia do texto moƟvador 0,09% 0,36% Texto insuficiente 0,33% 0,18% Não atendimento ao Ɵpo textual 0,11% 0,06% Parte desconectada 0,17% 0,12% Redações em branco 0,80% 1,12% Outros moƟvos 0,03% 0,12% Total de Redações com nota zero 6,54% 2,73% *Dados gerados apenas comresultados da prova regular
  • 14. 14 voltar ao menu RESULTADOS-CIÊNCIASHUMANAS 2017 2018* QuanƟdade de ParƟcipantes 4.716.883 4.137.812 Proficiência Média dos ParƟcipantes 519,3 569,2 Proficiência Média dos ParƟcipantes Concluintes 517,4 561,7 Proficiência Média dos ParƟcipantes Egressos 522,24 573,4 Proficiência Média dos ParƟcipantes Treineiros 526,68 575,2 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por videoprova em Libras 414,9 509,7 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por intérprete de Libras 416,6 480,4 Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 868,3 850,4 Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 307,7 387,2 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Máxima 2 15 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Mínima 30 1 QuanƟdade de Provas em branco 8364 7710 Resultados Ciências Humanas *Dados gerados apenas comresultados da prova regular
  • 15. 15 voltar ao menu RESULTADOS-CIÊNCIASHUMANAS 900.223 (21,8%) 1.512.399 (36,6%) 1.622.556 (39,2%) 87.238 (2,1%) 240 (0,0%) 15.156 300 400 500 600 700 800 900 (0,4%) 519,3 Proficiência média geral 2017 569,2 Proficiência média geral 2018 Resultados Ciências Humanas
  • 17. 17 voltar ao menu RESULTADOS-MATEMÁTICA 2017 2018* QuanƟdade de ParƟcipantes 4.458.382 3.901.774 Proficiência Média dos ParƟcipantes 518,5 535,5 Proficiência Média dos ParƟcipantes Concluintes 522,3 533,4 Proficiência Média dos ParƟcipantes Egressos 516,62 533,9 Proficiência Média dos ParƟcipantes Treineiros 538,77 553,4 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por videoprova em Libras 399,9 448,2 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por intérprete de Libras 413,2 441,2 Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 993,9 996,1 Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 310,4 360 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Máxima 16 27 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Mínima 1 1 QuanƟdade de Provas em branco 959 872 *Dados gerados apenas com resultados da prova regular Resultados Matemática
  • 18. 18 voltar ao menu RESULTADOS-MATEMÁTICA 1.464.388 (37,5%) 1.224.098 (31,4%) 650.898 (16,7%) 291.481 (7,5%) 35.143 3.187 (0,1%) (0,9%) 232.579 300 400 500 600 700 800 900 1000 (6,0%) 518,5 Proficiência média geral 2017 535,5 Proficiência média geral 2018 Resultados Matemática
  • 20. 20 voltar ao menu RESULTADOS-CIÊNCIASDANATUREZA 2017 2018* QuanƟdade de ParƟcipantes 4.458.665 3.901.929 Proficiência Média dos ParƟcipantes 510,6 493,8 Proficiência Média dos ParƟcipantes Concluintes 508,4 490,8 Proficiência Média dos ParƟcipantes Egressos 512,48 495,7 Proficiência Média dos ParƟcipantes Treineiros 519,36 497,2 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por videoprova em Libras 371,9 448,9 Proficiência Média dos ParƟcipantes Surdos que optaram por intérprete de Libras 388 435,5 Proficiência Máxima dos ParƟcipantes 885,6 869,6 Proficiência Mínima dos ParƟcipantes 298,0 362,5 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Máxima 1 13 QuanƟdade de ParƟcipantes com Proficiência Mínima 1 256 QuanƟdade de Provas em branco 676 717 *Dados gerados apenas com resultados da prova regular Ausentes Resultados Ciências da Natureza
  • 23. 23 voltar ao menu Cronograma Página do Participante 18 de Março Resultados Treineiros Vista Pedagógica das Redações Resultados Treineiros Vista Pedagógica das Redações 22 a 25 de Janeiro Inscrições Sisu 1°/2019 5 a 12 de Fevereiro Inscrições Fies 2019 29 de Janeiro a 1º de Fevereiro Inscrições Pro Uni 2019