SlideShare uma empresa Scribd logo
PROCESSOS FÍSICOS E
NOTAÇOES QUÍMICAS
E.E.ESTADUAL EWALDO MEYER
RODERJAN
ALUNOS; THALLITA,YASMIM,WILHA
1ª SÉRIE ENSINO MÉDIO
MATÉRIA; QUIMICA
PROFESSORA;ALESSANDRA DE OLIVEIRA
ÍNDICE
 O QUE E DESTILAÇÃO SIMPLES.
 O QUE DESTILAÇÃO FRACIONADA.
 O QUE E UM ÁTOMO.
 O QUE SÃO ELEMENTOS FÍSICOS E QUÍMICOS.
 ATIVIDADES PARA EXERCITAR A MEMÓRIA
DESTILAÇÃO SIMPLES
A destilação simples nada mais é do que um método de separação de misturas, utilizado
especificamente quando temos uma mistura homogênea formada por um sólido dissolvido em
um líquido, como o cloreto de sódio (NaCl) em água.
"Bico de Bunsen ou chapa de aquecimento
(1): equipamento que é utilizado para
realizar o aquecimento da mistura.
Balão de destilação (2): recipiente onde a
mistura é acondicionada para receber o
aquecimento.
Suporte universal (3): equipamento
utilizado para prender a garra.
Garra (4): equipamento utilizado para
segurar o balão de destilação
Termômetro (5): equipamento utilizado
para aferir a temperatura durante o
experimento.
"Saída de água (6): caminho por onde
sai a água aquecida.
Entrada de água (7): caminho por
onde entra a água fria.
Condensador(8): equipamento onde
ocorre a condensação durante o
experimento.
Erlenmeyer ou béquer(9): recipiente
onde o líquido destilado será
recolhido.
DESTILAÇÃO FRACIONADA
Destilação fracionada é o processo de separação onde se utiliza uma coluna de
fracionamento na qual é possível realizar a separação de diferentes componentes
que apresentam propriedades físicas distintas, como o ponto de ebulição.
"Coluna de fracionamento: tubo de vidro recheado de
bolinhas de vidro ou de porcelana.
"Condensador: equipamento onde o vapor é
transformado em líquido.
"Erlenmeyer ou qualquer outro tubo coletor:
equipamento de vidro que recebe o líquido que foi
condensado no condensador.
"Termômetro: equipamento que permite o
acompanhamento da temperatura durante o processo de
destilação.
"Balão de vidro: equipamento de vidro que recebe a
mistura homogênea composta por líquidos.
"Tripé de ferro: serve de apoio para a tela de amianto e
balão de vidro.
Bico de bunsen: equipamento que realiza o aquecimento
da mistura.
"Tela de amianto: equipamento que é posicionado no
tripé para que absorva parte do calor vindo do bico de
bunsen, evitando que o balão de destilação estoure.
ÁTOMOS
O átomo é a partícula fundamental que compõe a matéria. Possui duas
estruturas: o núcleo, no qual ficam os prótons e nêutrons, e a
eletrosfera, na qual estão os elétrons. Os átomos são as partículas
constituintes da matéria.
ELEMENTOS QUÍMICOS
Elemento químico é o conjunto dos átomos que possuem o mesmo
número de prótons no núcleo atômico. Sendo assim, cada elemento
químico é diferenciado de acordo com o número atômico do átomo
analisado.
FENOMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS.
Fenômenos físicos alteram a estrutura da
matéria, mas não sua composição
química. Fenômenos químicos alteram a
composição química da matéria por meio
de reações químicas. Fenômenos químicos
e físicos apenas se diferem na forma como
a matéria se apresenta antes e após o
processo. Eles podem ocorrer
simultaneamente.
EXEMPLO.
A queima da madeira é um fenômeno químico, que ocorre por meio de
uma reação de combustão enquanto a madeira (combustível) inflama.
Portanto, podemos distinguir um fenômeno químico de um fenômeno
físico basicamente pela composição.
EXEMPLO.
o ato de se temperar um alimento, ou de se rasgar uma folha
de papel, ou de se dissolver um sal.
VAMOS VER, SE PRESTARAM A ATENCÃO
MESMO ?
ATIVIDADES
 1)O QUE E DESTILAÇÃO SIMPLES ?
 2)O QUE SÃO ELEMENTOS QUÍMICOS ?
 3)COMO E CHAMADO O RECIPIENTE QUE CAI O LÍQUIDO DESTILADO ?
 4)COMO E CHANADO O RECIPIENTE QUE CAI DESTILÃO ?
 5)CITE UM ELEMENTO DA TABELA PERIÓDICA ?
OBRIGADO PELA
ANTEÇÃO DE
TODOS.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a QUIMICA (1).pdfQUIMICAQUIMICAQUIMICAQUIMICA

Módulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológica
Módulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológicaMódulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológica
Módulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológica
Raquel Rodrigues
 
Radiação Ionizante - 129987685 cnem
Radiação Ionizante - 129987685 cnemRadiação Ionizante - 129987685 cnem
Radiação Ionizante - 129987685 cnem
Mércia Regina da Silva
 
Radiacoes ionizantes
Radiacoes ionizantesRadiacoes ionizantes
Radiacoes ionizantes
Samantha Monteiro
 
129987685 cnem
129987685 cnem129987685 cnem
129987685 cnem
Mércia Regina da Silva
 
Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Andrea Marli Dos Santos
 
Aula
Aula  Aula
Química substâncias prof Ivanise Meyer
Química substâncias  prof Ivanise MeyerQuímica substâncias  prof Ivanise Meyer
Química substâncias prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
Constituição básica da matéria
Constituição básica da matériaConstituição básica da matéria
Constituição básica da matéria
Vitor Caetano
 
Resumo Físico-Química
Resumo Físico-QuímicaResumo Físico-Química
Resumo Físico-Química
Maria Catarina Santos
 
Módulo 1 de Química Geral (UEVA)
Módulo 1 de Química Geral (UEVA)Módulo 1 de Química Geral (UEVA)
Módulo 1 de Química Geral (UEVA)
Kaires Braga
 
Estudo do átomo
Estudo do átomoEstudo do átomo
Estudo do átomo
cmdantasba
 

Semelhante a QUIMICA (1).pdfQUIMICAQUIMICAQUIMICAQUIMICA (11)

Módulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológica
Módulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológicaMódulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológica
Módulo 1 - biologia - Diversidade e unidade biológica
 
Radiação Ionizante - 129987685 cnem
Radiação Ionizante - 129987685 cnemRadiação Ionizante - 129987685 cnem
Radiação Ionizante - 129987685 cnem
 
Radiacoes ionizantes
Radiacoes ionizantesRadiacoes ionizantes
Radiacoes ionizantes
 
129987685 cnem
129987685 cnem129987685 cnem
129987685 cnem
 
Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1Substacncias puras-e-misturas-parte-1
Substacncias puras-e-misturas-parte-1
 
Aula
Aula  Aula
Aula
 
Química substâncias prof Ivanise Meyer
Química substâncias  prof Ivanise MeyerQuímica substâncias  prof Ivanise Meyer
Química substâncias prof Ivanise Meyer
 
Constituição básica da matéria
Constituição básica da matériaConstituição básica da matéria
Constituição básica da matéria
 
Resumo Físico-Química
Resumo Físico-QuímicaResumo Físico-Química
Resumo Físico-Química
 
Módulo 1 de Química Geral (UEVA)
Módulo 1 de Química Geral (UEVA)Módulo 1 de Química Geral (UEVA)
Módulo 1 de Química Geral (UEVA)
 
Estudo do átomo
Estudo do átomoEstudo do átomo
Estudo do átomo
 

Mais de alessandraoliveira324

Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologiaEcologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
alessandraoliveira324
 
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
alessandraoliveira324
 
reproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimais
reproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimaisreproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimais
reproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimais
alessandraoliveira324
 
9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx
9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx
9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx
alessandraoliveira324
 
operaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptx
operaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptxoperaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptx
operaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptx
alessandraoliveira324
 
2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx
2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx
2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx
alessandraoliveira324
 
eletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptx
eletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptxeletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptx
eletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptx
alessandraoliveira324
 
12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...
12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...
12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...
alessandraoliveira324
 
01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf
01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf
01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf
alessandraoliveira324
 
05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf
05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf
05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf
alessandraoliveira324
 
regra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simple
regra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simpleregra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simple
regra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simple
alessandraoliveira324
 
PolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonos
PolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonosPolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonos
PolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonos
alessandraoliveira324
 
introduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoati
introduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoatiintroduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoati
introduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoati
alessandraoliveira324
 
_PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.
_PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO._PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.
_PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.
alessandraoliveira324
 
anlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatria
anlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatriaanlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatria
anlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatria
alessandraoliveira324
 
princpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtrica
princpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtricaprincpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtrica
princpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtrica
alessandraoliveira324
 
Grandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas Proporcionaispptx
Grandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas ProporcionaispptxGrandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas Proporcionaispptx
Grandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas Proporcionaispptx
alessandraoliveira324
 
anlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptx
anlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptxanlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptx
anlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptx
alessandraoliveira324
 
angulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptx
angulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptxangulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptx
angulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptx
alessandraoliveira324
 
Aula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula
Aula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula
Aula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula
alessandraoliveira324
 

Mais de alessandraoliveira324 (20)

Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologiaEcologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
 
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
 
reproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimais
reproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimaisreproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimais
reproduoanimais c.n 8º ano.pdfreproduoanimais
 
9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx
9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx
9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx 9-ano-ondas.pptx
 
operaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptx
operaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptxoperaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptx
operaescomnmerospositivosenegativos- 7º ano).pptx
 
2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx
2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx
2-classificaodamatria- quimica 1ª série.pptx
 
eletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptx
eletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptxeletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptx
eletricidade-160923012658-220818134913-677763c7.pptx
 
12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...
12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...
12-ciencias-7o-ano-fenomenos-naturais-tsunamis-terremotos-e-vulcoes-2023-11-2...
 
01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf
01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf
01-ciencias-7o-ano-formas-de-transmissao-de-calor-2023-11-16-15-52-52.pdf
 
05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf
05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf
05-ciencias-8o-ano-reproducao-2023-11-16-15-56-27.pdf
 
regra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simple
regra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simpleregra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simple
regra de tres simples.pptx regra de tres simple regra de tres simple
 
PolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonos
PolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonosPolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonos
PolígonosPolígonos-.pptxPolígonosPolígonos
 
introduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoati
introduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoatiintroduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoati
introduoati.pptxintroduoatiintroduoatiintroduoati
 
_PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.
_PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO._PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.
_PERMUTACAO.pptxPERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.PERMUTACAO.
 
anlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatria
anlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatriaanlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatria
anlisecombinatria.pptxanlisecombinatriaanlisecombinatria
 
princpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtrica
princpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtricaprincpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtrica
princpiosdapticageomtrica-.pptxprincpiosdapticageomtrica
 
Grandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas Proporcionaispptx
Grandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas ProporcionaispptxGrandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas Proporcionaispptx
Grandezas Proporcionais –1ª SÉRIE.Grandezas Proporcionaispptx
 
anlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptx
anlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptxanlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptx
anlisecombinatria-ebep2015-151028024443-lva1-app6891.pptx
 
angulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptx
angulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptxangulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptx
angulos-notaveis-v1-121025165118-phpapp02 1.pptx
 
Aula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula
Aula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula
Aula09.pptAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAulaAula
 

Último

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

QUIMICA (1).pdfQUIMICAQUIMICAQUIMICAQUIMICA

  • 2. E.E.ESTADUAL EWALDO MEYER RODERJAN ALUNOS; THALLITA,YASMIM,WILHA 1ª SÉRIE ENSINO MÉDIO MATÉRIA; QUIMICA PROFESSORA;ALESSANDRA DE OLIVEIRA
  • 3. ÍNDICE  O QUE E DESTILAÇÃO SIMPLES.  O QUE DESTILAÇÃO FRACIONADA.  O QUE E UM ÁTOMO.  O QUE SÃO ELEMENTOS FÍSICOS E QUÍMICOS.  ATIVIDADES PARA EXERCITAR A MEMÓRIA
  • 4. DESTILAÇÃO SIMPLES A destilação simples nada mais é do que um método de separação de misturas, utilizado especificamente quando temos uma mistura homogênea formada por um sólido dissolvido em um líquido, como o cloreto de sódio (NaCl) em água.
  • 5. "Bico de Bunsen ou chapa de aquecimento (1): equipamento que é utilizado para realizar o aquecimento da mistura. Balão de destilação (2): recipiente onde a mistura é acondicionada para receber o aquecimento. Suporte universal (3): equipamento utilizado para prender a garra. Garra (4): equipamento utilizado para segurar o balão de destilação Termômetro (5): equipamento utilizado para aferir a temperatura durante o experimento. "Saída de água (6): caminho por onde sai a água aquecida. Entrada de água (7): caminho por onde entra a água fria. Condensador(8): equipamento onde ocorre a condensação durante o experimento. Erlenmeyer ou béquer(9): recipiente onde o líquido destilado será recolhido.
  • 6. DESTILAÇÃO FRACIONADA Destilação fracionada é o processo de separação onde se utiliza uma coluna de fracionamento na qual é possível realizar a separação de diferentes componentes que apresentam propriedades físicas distintas, como o ponto de ebulição.
  • 7. "Coluna de fracionamento: tubo de vidro recheado de bolinhas de vidro ou de porcelana. "Condensador: equipamento onde o vapor é transformado em líquido. "Erlenmeyer ou qualquer outro tubo coletor: equipamento de vidro que recebe o líquido que foi condensado no condensador. "Termômetro: equipamento que permite o acompanhamento da temperatura durante o processo de destilação. "Balão de vidro: equipamento de vidro que recebe a mistura homogênea composta por líquidos. "Tripé de ferro: serve de apoio para a tela de amianto e balão de vidro. Bico de bunsen: equipamento que realiza o aquecimento da mistura. "Tela de amianto: equipamento que é posicionado no tripé para que absorva parte do calor vindo do bico de bunsen, evitando que o balão de destilação estoure.
  • 8. ÁTOMOS O átomo é a partícula fundamental que compõe a matéria. Possui duas estruturas: o núcleo, no qual ficam os prótons e nêutrons, e a eletrosfera, na qual estão os elétrons. Os átomos são as partículas constituintes da matéria.
  • 9. ELEMENTOS QUÍMICOS Elemento químico é o conjunto dos átomos que possuem o mesmo número de prótons no núcleo atômico. Sendo assim, cada elemento químico é diferenciado de acordo com o número atômico do átomo analisado.
  • 10. FENOMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS. Fenômenos físicos alteram a estrutura da matéria, mas não sua composição química. Fenômenos químicos alteram a composição química da matéria por meio de reações químicas. Fenômenos químicos e físicos apenas se diferem na forma como a matéria se apresenta antes e após o processo. Eles podem ocorrer simultaneamente.
  • 11. EXEMPLO. A queima da madeira é um fenômeno químico, que ocorre por meio de uma reação de combustão enquanto a madeira (combustível) inflama. Portanto, podemos distinguir um fenômeno químico de um fenômeno físico basicamente pela composição.
  • 12. EXEMPLO. o ato de se temperar um alimento, ou de se rasgar uma folha de papel, ou de se dissolver um sal.
  • 13. VAMOS VER, SE PRESTARAM A ATENCÃO MESMO ?
  • 14. ATIVIDADES  1)O QUE E DESTILAÇÃO SIMPLES ?  2)O QUE SÃO ELEMENTOS QUÍMICOS ?  3)COMO E CHAMADO O RECIPIENTE QUE CAI O LÍQUIDO DESTILADO ?  4)COMO E CHANADO O RECIPIENTE QUE CAI DESTILÃO ?  5)CITE UM ELEMENTO DA TABELA PERIÓDICA ?