SlideShare uma empresa Scribd logo
Colégio Dom Bosco Coesão Textual: Pontuação Componente Curricular:  Produção Textual Professora: Socorro Levy
 
Emprega-se a vírgula: para separar termos que exercem a mesma função sintática - s ujeito composto, complementos, adjuntos -,  quando não vêm unidos por  e, ou e nem: para isolar o  aposto: Deu-me  livros, revistas de arte, discos antigos e CDs .   objeto direto O resto,  as louças, os cristais, os talheres,  irá nas caixas menores.
para isolar o  vocativo: para isolar o  adjunto adverbial , quando ele é extenso ou quando se quer destacá-lo: para isolar expressões explicativas como  isto é, por exemplo, ou melhor, a saber, ou seja,  etc. Você ouviu,  Maria , que notícia estranha? À noite,  faço um curso de inglês intensivo. Entregar-lhe os documentos foi , sem dúvida , um erro.
para isolar  o nome de um lugar  anteposto à data: Manaus , 4 de fevereiro de 2010.
Emprega-se a vírgula para separar: As orações  coordenadas assindéticas: As orações  coordenadas sindéticas , com exceção das introduzidas pela conjunção  e: Coordenadas Foi à porta ,  espiou, correu para dentro assutada. Talvez seja engano meu, mas acho-a agora mais serena. OBSERVAÇÃO As orações  coordenadas sindéticas  unidas pela conjunção  e  podem vir separadas por vírgulas: quando têm sujeitos diferentes: Os técnicos virão aqui amanhã,  e  o problema será resolvido.  quando a conjunção é repetida várias vezes: Queria não ver, e abaixava os olhos, e tapava-os com as mãos, e sentia-se fechar em si mesma.
Somente as orações  subordinadas substantivas aposi-tivas  devem ser separadas por vírgula (ou dois-pontos) da oração principal; as demais substantivas, não. Somente as orações  subordinadas adjetivas explicati-vas  devem ser separadas por vírgula da oração principal; as  restritivas , não. Subordinadas substantivas Ele só pensava numa coisa,  que não cederia. Subordinadas adjetivas Até ele,  que é o melhor da turma , não quis participar do torneio de xadrez.
As orações  subordinadas adverbiais  são separadas por vírgula nos seguintes casos: se vierem  após  a oração principal, a vírgula é optativa: se vierem antepostas ou intercaladas à oração principal, a vírgula é obrigatória: Subordinadas adverbiais   or. principal   or. sub. adverbial temporal Ouvia histórias macabras deste lugar,  quando eu era menino. vírgula optativa
quando forem reduzidas de gerúndio, particípio e infinitivo, a vírgula é obrigatória: or. sub. adv. Condicional  or. principal Se tudo der certo, voltarei hoje mesmo.   vírgula obrigatória or. principal or. sub. adv. conformativa Esses fatos, conforme informados no jornal do meio-dia, são falsos. vírgula obrigatória   vírgula obrigatória   or. principal   or. sub. adverbial temporal Agindo impensadamente, jamais conseguirá o apoio de seus pais.   vírgula obrigatória
Emprega-se o ponto-e-vírgula: nas orações sindéticas adversativas e conclusivas, quando apresentarem a conjunção posposta ao verbo. Observe que, nesse caso, a conjunção vem entre vírgulas: para separar orações, desde que a segunda contenha zeugma: Os alunos pretendiam montar um pequeno laboratório de ciências; o dinheiro arrecadado, entretanto, não foi suficiente. Você já recebeu mais de uma carta de seus amigos; deve, portanto, respondê-las imediatamente. Vocês anseiam pela violência; nós, pela paz.
para separar os itens dos enunciados enumerativos: As águas das chuvas provocam sérios problemas à rede de esgotos. Evite problemas, procedendo da seguinte forma: não ligue ralos de fundo de quintais às redes de esgoto; tampe as caixas de inspeção e limpe-as a cada três meses; não jogue nos vasos sanitários fraldas descartáveis, absorventes higiênicos, plásticos, estopas, panos e produtos similares.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Joyce de Oliveira
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
Cynthia Funchal
 
Concordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certoConcordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certo
Ana Paula Dos Santos
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
Thaise Ferro Gomes
 
Concordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominalConcordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominal
Cynthia Funchal
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
Elza Silveira
 
17 divisão silábica
17   divisão silábica17   divisão silábica
17 divisão silábica
marcelocaxias
 
Adjunto adverbial
Adjunto adverbialAdjunto adverbial
Adjunto adverbial
Flávio Ferreira
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
guest7174ad
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
Péricles Penuel
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
Fábio Guimarães
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
Mara Virginia
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
Edson Alves
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
Jorge Henrique
 
Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
Cláudia Heloísa
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Modo subjuntivo
Modo subjuntivoModo subjuntivo
Modo subjuntivo
Daniele Bertollo
 
DenotaçãO E ConotaçãO
DenotaçãO E ConotaçãODenotaçãO E ConotaçãO
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 

Mais procurados (20)

Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Concordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certoConcordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certo
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Concordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominalConcordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominal
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
17 divisão silábica
17   divisão silábica17   divisão silábica
17 divisão silábica
 
Adjunto adverbial
Adjunto adverbialAdjunto adverbial
Adjunto adverbial
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Modo subjuntivo
Modo subjuntivoModo subjuntivo
Modo subjuntivo
 
DenotaçãO E ConotaçãO
DenotaçãO E ConotaçãODenotaçãO E ConotaçãO
DenotaçãO E ConotaçãO
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 

Semelhante a Pontuação

Periodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacaoPeriodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacao
Cassandra Cruz
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
ProfFernandaBraga
 
Slide 02 pontuação
Slide 02 pontuaçãoSlide 02 pontuação
Slide 02 pontuação
Nilberte
 
Aula 11 pontuação
Aula 11   pontuaçãoAula 11   pontuação
Aula 11 pontuação
J M
 
Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1
guest6e3949
 
Pontuação pg30
Pontuação pg30Pontuação pg30
Pontuação pg30
kisb1337
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
ProfFernandaBraga
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Faell Vasconcelos
 
frase simples_complexa_coord_subord.pptx
frase simples_complexa_coord_subord.pptxfrase simples_complexa_coord_subord.pptx
frase simples_complexa_coord_subord.pptx
silviaelisabete
 
Frase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordFrase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subord
juniortaro
 
Blog
BlogBlog
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Luciane Lucyk
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
guest6e3949
 
Frase, oração e período
Frase, oração e período Frase, oração e período
Frase, oração e período
Marcelo de Almeida
 
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticosMódulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
Renally Arruda
 
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticosMódulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
Renally Arruda
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
Edson Alves
 
Aula 8 preposição e conjunção
Aula 8   preposição e conjunçãoAula 8   preposição e conjunção
Aula 8 preposição e conjunção
J M
 
Gramática aula 14 - concordância nominal i
Gramática   aula 14 - concordância nominal iGramática   aula 14 - concordância nominal i
Gramática aula 14 - concordância nominal i
mfmpafatima
 
Frase simple e complexa
Frase simple e complexaFrase simple e complexa
Frase simple e complexa
Iga Almeida
 

Semelhante a Pontuação (20)

Periodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacaoPeriodo composto por_coordenacao
Periodo composto por_coordenacao
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Slide 02 pontuação
Slide 02 pontuaçãoSlide 02 pontuação
Slide 02 pontuação
 
Aula 11 pontuação
Aula 11   pontuaçãoAula 11   pontuação
Aula 11 pontuação
 
Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1Or. Coordenadas1
Or. Coordenadas1
 
Pontuação pg30
Pontuação pg30Pontuação pg30
Pontuação pg30
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
 
frase simples_complexa_coord_subord.pptx
frase simples_complexa_coord_subord.pptxfrase simples_complexa_coord_subord.pptx
frase simples_complexa_coord_subord.pptx
 
Frase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordFrase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subord
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Frase, oração e período
Frase, oração e período Frase, oração e período
Frase, oração e período
 
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticosMódulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
 
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticosMódulo de verbos e gêneros humorísticos
Módulo de verbos e gêneros humorísticos
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 
Aula 8 preposição e conjunção
Aula 8   preposição e conjunçãoAula 8   preposição e conjunção
Aula 8 preposição e conjunção
 
Gramática aula 14 - concordância nominal i
Gramática   aula 14 - concordância nominal iGramática   aula 14 - concordância nominal i
Gramática aula 14 - concordância nominal i
 
Frase simple e complexa
Frase simple e complexaFrase simple e complexa
Frase simple e complexa
 

Último

apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 

Último (20)

apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 

Pontuação

  • 1. Colégio Dom Bosco Coesão Textual: Pontuação Componente Curricular: Produção Textual Professora: Socorro Levy
  • 2.  
  • 3. Emprega-se a vírgula: para separar termos que exercem a mesma função sintática - s ujeito composto, complementos, adjuntos -, quando não vêm unidos por e, ou e nem: para isolar o aposto: Deu-me livros, revistas de arte, discos antigos e CDs . objeto direto O resto, as louças, os cristais, os talheres, irá nas caixas menores.
  • 4. para isolar o vocativo: para isolar o adjunto adverbial , quando ele é extenso ou quando se quer destacá-lo: para isolar expressões explicativas como isto é, por exemplo, ou melhor, a saber, ou seja, etc. Você ouviu, Maria , que notícia estranha? À noite, faço um curso de inglês intensivo. Entregar-lhe os documentos foi , sem dúvida , um erro.
  • 5. para isolar o nome de um lugar anteposto à data: Manaus , 4 de fevereiro de 2010.
  • 6. Emprega-se a vírgula para separar: As orações coordenadas assindéticas: As orações coordenadas sindéticas , com exceção das introduzidas pela conjunção e: Coordenadas Foi à porta , espiou, correu para dentro assutada. Talvez seja engano meu, mas acho-a agora mais serena. OBSERVAÇÃO As orações coordenadas sindéticas unidas pela conjunção e podem vir separadas por vírgulas: quando têm sujeitos diferentes: Os técnicos virão aqui amanhã, e o problema será resolvido. quando a conjunção é repetida várias vezes: Queria não ver, e abaixava os olhos, e tapava-os com as mãos, e sentia-se fechar em si mesma.
  • 7. Somente as orações subordinadas substantivas aposi-tivas devem ser separadas por vírgula (ou dois-pontos) da oração principal; as demais substantivas, não. Somente as orações subordinadas adjetivas explicati-vas devem ser separadas por vírgula da oração principal; as restritivas , não. Subordinadas substantivas Ele só pensava numa coisa, que não cederia. Subordinadas adjetivas Até ele, que é o melhor da turma , não quis participar do torneio de xadrez.
  • 8. As orações subordinadas adverbiais são separadas por vírgula nos seguintes casos: se vierem após a oração principal, a vírgula é optativa: se vierem antepostas ou intercaladas à oração principal, a vírgula é obrigatória: Subordinadas adverbiais or. principal or. sub. adverbial temporal Ouvia histórias macabras deste lugar, quando eu era menino. vírgula optativa
  • 9. quando forem reduzidas de gerúndio, particípio e infinitivo, a vírgula é obrigatória: or. sub. adv. Condicional or. principal Se tudo der certo, voltarei hoje mesmo. vírgula obrigatória or. principal or. sub. adv. conformativa Esses fatos, conforme informados no jornal do meio-dia, são falsos. vírgula obrigatória vírgula obrigatória or. principal or. sub. adverbial temporal Agindo impensadamente, jamais conseguirá o apoio de seus pais. vírgula obrigatória
  • 10. Emprega-se o ponto-e-vírgula: nas orações sindéticas adversativas e conclusivas, quando apresentarem a conjunção posposta ao verbo. Observe que, nesse caso, a conjunção vem entre vírgulas: para separar orações, desde que a segunda contenha zeugma: Os alunos pretendiam montar um pequeno laboratório de ciências; o dinheiro arrecadado, entretanto, não foi suficiente. Você já recebeu mais de uma carta de seus amigos; deve, portanto, respondê-las imediatamente. Vocês anseiam pela violência; nós, pela paz.
  • 11. para separar os itens dos enunciados enumerativos: As águas das chuvas provocam sérios problemas à rede de esgotos. Evite problemas, procedendo da seguinte forma: não ligue ralos de fundo de quintais às redes de esgoto; tampe as caixas de inspeção e limpe-as a cada três meses; não jogue nos vasos sanitários fraldas descartáveis, absorventes higiênicos, plásticos, estopas, panos e produtos similares.