SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Paciente Sem Limite no Cartão de
Crédito? Venda Por Assinatura!
O seu paciente não tem limite no cartão de crédito?
Faça como a Netflix, venda por assinatura, também
chamado de pagamento recorrente.
Solução Inteligente: Pagamento Recorrente para Clientes Sem Crédito
Em um cenário onde a saúde bucal e física são prioridades, é comum encontrar
pacientes que buscam parcelar procedimentos médicos e odontológicos de valor mais
elevado.
No entanto, uma barreira comum que muitos enfrentam é a falta de limite de crédito
necessário em seus cartões para efetuar esses pagamentos parcelados. Essa situação
pode levar a frustrações tanto para os pacientes quanto para as clínicas médicas e
odontológicas que desejam oferecer opções de pagamento flexíveis.
Modalidades de Pagamento Parcelado e Recorrente: Diferenças e
Benefícios
Existem duas modalidades principais para facilitar o pagamento de serviços de saúde: o
pagamento parcelado no cartão e o pagamento recorrente no cartão de crédito.
Enquanto o pagamento parcelado tradicional permite que o paciente divida o valor total
do procedimento em várias parcelas fixas, o pagamento recorrente oferece uma
abordagem mais flexível e conveniente.
Para ilustrar a diferença entre pagamento parcelado e pagamento recorrente, vamos
considerar o cenário hipotético de um tratamento médico no valor de R$ 2.000,00, que o
paciente deseja parcelar em 10 vezes.
Pagamento Parcelado:
No pagamento parcelado tradicional, o paciente realiza a transação inicial no valor total
do tratamento, ou seja, R$ 2.000,00. Em seguida, o valor é dividido em 10 parcelas
fixas de R$ 200,00 cada. Cada parcela é cobrada mensalmente ao longo de 10 meses,
totalizando os R$ 2.000,00.
Por exemplo:
• Mês 1: R$ 200,00
• Mês 2: R$ 200,00
• ...
• Mês 10: R$ 200,00
É preciso que o cliente tenha no mínimo R$ 2.000,00 de limite disponível no seu cartão
de crédito para que a operação seja autorizada pela operadora.
Pagamento Recorrente:
No pagamento recorrente, o paciente autoriza a clínica a debitar automaticamente o
valor de cada parcela diretamente de seu cartão de crédito em datas específicas, sem a
necessidade de efetuar uma transação inicial de R$ 2.000,00.
Por exemplo:
• Todo mês, no mesmo dia, a clínica debita R$ 200,00 diretamente do cartão de
crédito do paciente, sem a necessidade de uma transação individual para cada
parcela.
Essa diferença é significativa, pois no pagamento parcelado tradicional, o paciente
precisa ter um limite de crédito disponível no valor total do tratamento no momento da
primeira transação, o que pode ser um obstáculo para muitas pessoas. Já no pagamento
recorrente, não é necessário um limite de crédito tão elevado, pois as transações são
processadas mensalmente, facilitando o acesso aos tratamentos médicos e
odontológicos.
No pagamento recorrente, o paciente autoriza a clínica a debitar automaticamente o
valor das parcelas diretamente de seu cartão de crédito em datas específicas, sem a
necessidade de um limite de crédito disponível no momento da transação. Essa
modalidade oferece maior conveniência e previsibilidade financeira para ambas as
partes, eliminando a necessidade de autorizações adicionais a cada pagamento.
Empresas que Oferecem Pagamento Recorrente: Vantagens e
Implementação
Diversas empresas têm adotado o modelo de pagamento recorrente para atender às
necessidades de seus clientes e facilitar a gestão financeira.
Empresas como Vindi e a Iugu (NÃO SOMOS PARCEIROS OU FORNECEDORES,
PROCURE MAIS INFORMAÇÕES COM AS PRÓPRIAS PLATAFORMAS) oferecem
soluções completas para implementar o pagamento recorrente em clínicas médicas e
odontológicas.
As vantagens para os pacientes incluem a conveniência de não precisar se preocupar
com a disponibilidade de crédito em seus cartões a cada transação, além da
possibilidade de gerenciar melhor seus gastos através de pagamentos programados. Para
as clínicas, a automatização da cobrança reduz o risco de inadimplência e garante uma
previsibilidade de caixa mais precisa.
A implementação do pagamento recorrente em uma clínica médica ou odontológica
pode ser realizada de forma simples e eficiente. As empresas especializadas oferecem
integrações com sistemas de gestão financeira e de atendimento ao paciente, facilitando
o processo de cobrança e gerenciamento de pagamentos.
As taxas aplicáveis geralmente são transparentes e baseadas no volume de transações,
proporcionando uma solução financeiramente viável para as clínicas.
Em resumo, o pagamento recorrente surge como uma solução inteligente para clientes
sem crédito disponível, oferecendo benefícios tanto para os pacientes quanto para as
clínicas.
Ao adotar essa modalidade de pagamento, as clínicas médicas e odontológicas podem
melhorar a experiência do cliente, garantir um fluxo de caixa mais estável e fortalecer
seu relacionamento com os pacientes.
Quando o pagamento recorrente é uma boa alternativa
para sua clínica?
Direto ao ponto: Para tratamentos de longo prazo e em que a entrega do serviço pode
demandar um período prolongado como tratamentos ortodônticos na área de
odontologia, ou procedimentos estéticos e recorrentes na área de medicina.
ATENÇÃO: É necessário fazer uma boa análise de crédito do paciente antes de
iniciar essa modalidade. Uma consulta no SERASA com o CPF do cliente, e um
bom cronograma de entrega do serviço contratado minimizam chances de
cancelamento por parte do cliente antes da entrega total do serviço. E claro,
sempre, sempre tenha um contrato de prestação de serviços assinado pelo cliente
reconhecedo o compromisso financeiro assumido.
Para mais informações sobre nosso trabalho e como
podemos ajudar sua clínica ou consultório, entre em
contato!
Senior Consulting
Referência em gestão de empresas do setor de saúde
+55 11 3254-7451
atendimento@seniorconsulting.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura

[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo
[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo
[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivoE-Commerce Brasil
 
Saiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do crédito
Saiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do créditoSaiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do crédito
Saiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do créditoSPC Brasil
 
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BCBoletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BCMinistério da Justiça
 
Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...
Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...
Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Fórum 2021 Edição - Grand Connection |
Fórum 2021 Edição - Grand Connection | Fórum 2021 Edição - Grand Connection |
Fórum 2021 Edição - Grand Connection | E-Commerce Brasil
 
Cartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de crédito
Cartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de créditoCartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de crédito
Cartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de créditoO Economista .
 
Informação sobre fundos de investimento
Informação sobre fundos de investimentoInformação sobre fundos de investimento
Informação sobre fundos de investimentopracticasscmarketing
 
Cartão pré pago, vantagens para o estado
Cartão pré pago, vantagens para o estadoCartão pré pago, vantagens para o estado
Cartão pré pago, vantagens para o estadoRui Proença
 
Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...
Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...
Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!Xana Abreu
 
Monofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclaysMonofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclaysMZenida
 

Semelhante a Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura (20)

[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo
[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo
[Auto E-Commerce Show] Pagamentos mais inteligentes para o setor automotivo
 
Como captar pacientes em tempos de crise
Como captar pacientes em tempos de criseComo captar pacientes em tempos de crise
Como captar pacientes em tempos de crise
 
Cobrança a clientes
Cobrança a clientesCobrança a clientes
Cobrança a clientes
 
Como captar pacientes por indicacoes em clinicas odontologicas
Como captar pacientes por indicacoes em clinicas odontologicasComo captar pacientes por indicacoes em clinicas odontologicas
Como captar pacientes por indicacoes em clinicas odontologicas
 
Saiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do crédito
Saiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do créditoSaiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do crédito
Saiba como baratear seu financiamento com a portabilidade do crédito
 
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BCBoletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BC
 
Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...
Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...
Os 2 principais problemas e soluções de gestão consultórios e clínicas odonto...
 
Diz Jornal - Edição 239
Diz Jornal - Edição 239Diz Jornal - Edição 239
Diz Jornal - Edição 239
 
Fórum 2021 Edição - Grand Connection |
Fórum 2021 Edição - Grand Connection | Fórum 2021 Edição - Grand Connection |
Fórum 2021 Edição - Grand Connection |
 
O dinheiro do seu consultório não é seu doutor
O dinheiro do seu consultório não é seu doutorO dinheiro do seu consultório não é seu doutor
O dinheiro do seu consultório não é seu doutor
 
Cartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de crédito
Cartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de créditoCartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de crédito
Cartilha com orientações sobre as novas regras do cartão de crédito
 
Cartilha
CartilhaCartilha
Cartilha
 
Informação sobre fundos de investimento
Informação sobre fundos de investimentoInformação sobre fundos de investimento
Informação sobre fundos de investimento
 
INDC - Apresentação
INDC - ApresentaçãoINDC - Apresentação
INDC - Apresentação
 
Cartão pré pago, vantagens para o estado
Cartão pré pago, vantagens para o estadoCartão pré pago, vantagens para o estado
Cartão pré pago, vantagens para o estado
 
Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...
Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...
Quais as formas de contratar um dentista para trabalhar na sua clínica odonto...
 
Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!
 
Consumidor
ConsumidorConsumidor
Consumidor
 
O tripé do consultório odontológico de sucesso
O tripé do consultório odontológico de sucessoO tripé do consultório odontológico de sucesso
O tripé do consultório odontológico de sucesso
 
Monofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclaysMonofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclays
 

Mais de Senior Consultoria em Gestão e Marketing

4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...
4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...
4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Distinção Essencial - CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e Odontológicas
Distinção Essencial -  CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e OdontológicasDistinção Essencial -  CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e Odontológicas
Distinção Essencial - CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e OdontológicasSenior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...
Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...
Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.
Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.
Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...
Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...
Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
E-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas Medicas
E-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas MedicasE-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas Medicas
E-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas MedicasSenior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...
Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...
Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 

Mais de Senior Consultoria em Gestão e Marketing (20)

Os Segredo do Sucesso Médico - Relacionamento Interpessoal
Os Segredo do Sucesso Médico - Relacionamento InterpessoalOs Segredo do Sucesso Médico - Relacionamento Interpessoal
Os Segredo do Sucesso Médico - Relacionamento Interpessoal
 
Quando o Preço é um Problema para o Paciente?
Quando o Preço é um Problema para o Paciente?Quando o Preço é um Problema para o Paciente?
Quando o Preço é um Problema para o Paciente?
 
CRC Interno ou Externo em Clínicas Odontológicas
CRC Interno ou Externo em Clínicas OdontológicasCRC Interno ou Externo em Clínicas Odontológicas
CRC Interno ou Externo em Clínicas Odontológicas
 
Como Atingir 500k de Faturamento Mensal em Uma Clínica Odontológica
Como Atingir 500k de Faturamento Mensal em Uma Clínica OdontológicaComo Atingir 500k de Faturamento Mensal em Uma Clínica Odontológica
Como Atingir 500k de Faturamento Mensal em Uma Clínica Odontológica
 
Desafio da Conversão de Leads - Engajando Pacientes Não Preparados
Desafio da Conversão de Leads - Engajando Pacientes Não PreparadosDesafio da Conversão de Leads - Engajando Pacientes Não Preparados
Desafio da Conversão de Leads - Engajando Pacientes Não Preparados
 
4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...
4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...
4 fatores que aumentam o valor de venda de uma clínica médica ou odontológica...
 
Consultoria de Vendas Para Clínicas Odontológicas
Consultoria de Vendas Para Clínicas OdontológicasConsultoria de Vendas Para Clínicas Odontológicas
Consultoria de Vendas Para Clínicas Odontológicas
 
Distinção Essencial - CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e Odontológicas
Distinção Essencial -  CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e OdontológicasDistinção Essencial -  CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e Odontológicas
Distinção Essencial - CRC e Setor Comercial em Clínicas Médicas e Odontológicas
 
Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...
Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...
Pagamento de Dentistas - Comissionamento sobre Produção ou Valor Fixo por Pro...
 
Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.
Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.
Desenvolvendo um Sistema de Vendas Eficiente para Clínicas de Cirurgia Plástica.
 
Por Que o Marketing da Sua Clínica Médica Não Traz Resultados
Por Que o Marketing da Sua Clínica Médica Não Traz ResultadosPor Que o Marketing da Sua Clínica Médica Não Traz Resultados
Por Que o Marketing da Sua Clínica Médica Não Traz Resultados
 
Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...
Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...
Guia Completo para Criar um Protocolo de Primeira Consulta de Alta Taxa de Co...
 
Planejamento de Campanhas de Marketing Para Clínicas Odontológicas
Planejamento de Campanhas de Marketing Para Clínicas OdontológicasPlanejamento de Campanhas de Marketing Para Clínicas Odontológicas
Planejamento de Campanhas de Marketing Para Clínicas Odontológicas
 
5 Modelos de Mensagem de Cobrança para Pacientes Inadimplentes.pdf
5 Modelos de Mensagem de Cobrança para Pacientes Inadimplentes.pdf5 Modelos de Mensagem de Cobrança para Pacientes Inadimplentes.pdf
5 Modelos de Mensagem de Cobrança para Pacientes Inadimplentes.pdf
 
Procedimento Operacional Padrão- POP de Primeira Consulta.pdf
Procedimento Operacional Padrão-  POP de Primeira Consulta.pdfProcedimento Operacional Padrão-  POP de Primeira Consulta.pdf
Procedimento Operacional Padrão- POP de Primeira Consulta.pdf
 
E-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas Medicas
E-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas MedicasE-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas Medicas
E-Book Construindo uma Marca Medica de Sucesso Estrategias para Clinicas Medicas
 
Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...
Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...
Procedimento Operacional Padrão (POP) - Recebimento de Paciente na Primeira C...
 
Mito - Pacientes de alta renda não se importam com o preço.pdf
Mito - Pacientes de alta renda não se importam com o preço.pdfMito - Pacientes de alta renda não se importam com o preço.pdf
Mito - Pacientes de alta renda não se importam com o preço.pdf
 
E-Book 21 Scripts Essencias Para Clinicas Odontologicas.pdf
E-Book 21 Scripts Essencias Para Clinicas Odontologicas.pdfE-Book 21 Scripts Essencias Para Clinicas Odontologicas.pdf
E-Book 21 Scripts Essencias Para Clinicas Odontologicas.pdf
 
Roteiro Profissional para a Primeira Consulta Odontológica.pdf
Roteiro Profissional para a Primeira Consulta Odontológica.pdfRoteiro Profissional para a Primeira Consulta Odontológica.pdf
Roteiro Profissional para a Primeira Consulta Odontológica.pdf
 

Último

AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfAULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdfAULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoDjalmadeAndrade2
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfRodrigoSimonato2
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAndersonMoreira538200
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOPROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOvilcielepazebem
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxEnfaVivianeCampos
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfGiza Carla Nitz
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfEduardoSilva185439
 
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdfAULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfamaroalmeida74
 
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....TharykBatatinha
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdfGiza Carla Nitz
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfThiagoAlmeida458596
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfmarrudo64
 

Último (17)

AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfAULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
 
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdfAULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalho
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOPROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
 
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdfAULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
 
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
 

Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito - Venda Por Assinatura

  • 1. Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito? Venda Por Assinatura! O seu paciente não tem limite no cartão de crédito? Faça como a Netflix, venda por assinatura, também chamado de pagamento recorrente. Solução Inteligente: Pagamento Recorrente para Clientes Sem Crédito Em um cenário onde a saúde bucal e física são prioridades, é comum encontrar pacientes que buscam parcelar procedimentos médicos e odontológicos de valor mais elevado. No entanto, uma barreira comum que muitos enfrentam é a falta de limite de crédito necessário em seus cartões para efetuar esses pagamentos parcelados. Essa situação pode levar a frustrações tanto para os pacientes quanto para as clínicas médicas e odontológicas que desejam oferecer opções de pagamento flexíveis. Modalidades de Pagamento Parcelado e Recorrente: Diferenças e Benefícios Existem duas modalidades principais para facilitar o pagamento de serviços de saúde: o pagamento parcelado no cartão e o pagamento recorrente no cartão de crédito. Enquanto o pagamento parcelado tradicional permite que o paciente divida o valor total
  • 2. do procedimento em várias parcelas fixas, o pagamento recorrente oferece uma abordagem mais flexível e conveniente. Para ilustrar a diferença entre pagamento parcelado e pagamento recorrente, vamos considerar o cenário hipotético de um tratamento médico no valor de R$ 2.000,00, que o paciente deseja parcelar em 10 vezes. Pagamento Parcelado: No pagamento parcelado tradicional, o paciente realiza a transação inicial no valor total do tratamento, ou seja, R$ 2.000,00. Em seguida, o valor é dividido em 10 parcelas fixas de R$ 200,00 cada. Cada parcela é cobrada mensalmente ao longo de 10 meses, totalizando os R$ 2.000,00. Por exemplo: • Mês 1: R$ 200,00 • Mês 2: R$ 200,00 • ... • Mês 10: R$ 200,00 É preciso que o cliente tenha no mínimo R$ 2.000,00 de limite disponível no seu cartão de crédito para que a operação seja autorizada pela operadora. Pagamento Recorrente: No pagamento recorrente, o paciente autoriza a clínica a debitar automaticamente o valor de cada parcela diretamente de seu cartão de crédito em datas específicas, sem a necessidade de efetuar uma transação inicial de R$ 2.000,00. Por exemplo: • Todo mês, no mesmo dia, a clínica debita R$ 200,00 diretamente do cartão de crédito do paciente, sem a necessidade de uma transação individual para cada parcela. Essa diferença é significativa, pois no pagamento parcelado tradicional, o paciente precisa ter um limite de crédito disponível no valor total do tratamento no momento da primeira transação, o que pode ser um obstáculo para muitas pessoas. Já no pagamento recorrente, não é necessário um limite de crédito tão elevado, pois as transações são processadas mensalmente, facilitando o acesso aos tratamentos médicos e odontológicos. No pagamento recorrente, o paciente autoriza a clínica a debitar automaticamente o valor das parcelas diretamente de seu cartão de crédito em datas específicas, sem a necessidade de um limite de crédito disponível no momento da transação. Essa modalidade oferece maior conveniência e previsibilidade financeira para ambas as partes, eliminando a necessidade de autorizações adicionais a cada pagamento.
  • 3. Empresas que Oferecem Pagamento Recorrente: Vantagens e Implementação Diversas empresas têm adotado o modelo de pagamento recorrente para atender às necessidades de seus clientes e facilitar a gestão financeira. Empresas como Vindi e a Iugu (NÃO SOMOS PARCEIROS OU FORNECEDORES, PROCURE MAIS INFORMAÇÕES COM AS PRÓPRIAS PLATAFORMAS) oferecem soluções completas para implementar o pagamento recorrente em clínicas médicas e odontológicas. As vantagens para os pacientes incluem a conveniência de não precisar se preocupar com a disponibilidade de crédito em seus cartões a cada transação, além da possibilidade de gerenciar melhor seus gastos através de pagamentos programados. Para as clínicas, a automatização da cobrança reduz o risco de inadimplência e garante uma previsibilidade de caixa mais precisa. A implementação do pagamento recorrente em uma clínica médica ou odontológica pode ser realizada de forma simples e eficiente. As empresas especializadas oferecem integrações com sistemas de gestão financeira e de atendimento ao paciente, facilitando o processo de cobrança e gerenciamento de pagamentos. As taxas aplicáveis geralmente são transparentes e baseadas no volume de transações, proporcionando uma solução financeiramente viável para as clínicas. Em resumo, o pagamento recorrente surge como uma solução inteligente para clientes sem crédito disponível, oferecendo benefícios tanto para os pacientes quanto para as clínicas. Ao adotar essa modalidade de pagamento, as clínicas médicas e odontológicas podem melhorar a experiência do cliente, garantir um fluxo de caixa mais estável e fortalecer seu relacionamento com os pacientes. Quando o pagamento recorrente é uma boa alternativa para sua clínica? Direto ao ponto: Para tratamentos de longo prazo e em que a entrega do serviço pode demandar um período prolongado como tratamentos ortodônticos na área de odontologia, ou procedimentos estéticos e recorrentes na área de medicina. ATENÇÃO: É necessário fazer uma boa análise de crédito do paciente antes de iniciar essa modalidade. Uma consulta no SERASA com o CPF do cliente, e um bom cronograma de entrega do serviço contratado minimizam chances de cancelamento por parte do cliente antes da entrega total do serviço. E claro, sempre, sempre tenha um contrato de prestação de serviços assinado pelo cliente reconhecedo o compromisso financeiro assumido.
  • 4. Para mais informações sobre nosso trabalho e como podemos ajudar sua clínica ou consultório, entre em contato! Senior Consulting Referência em gestão de empresas do setor de saúde +55 11 3254-7451 atendimento@seniorconsulting.com.br