SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Baixar para ler offline
Oceania
Descobrimento, Nativos, Cultura, Território, Demografia, Desenvolvimento,
IDH, Política, Economia, Turismo, Relevo, Hidrografia, Clima, Vegetação,
Fauna e Flora.
Descobrimento
• O navegador Fernão de Magalhães foi o primeiro não-nativo a
aportar em terras da atual Oceania
•Até que, em 1770, o inglês James Cook tomou posse da Austrália.
• Dezoito anos depois, os ingleses enviaram 1,5 mil
• O termo Oceania só surgiu em 1812, criado pelo geógrafo
dinamarquês Conrad Malte-Brun.
Nativos
• Até o século XVIII, o continente era povoado por centenas
de tribos indígenas. A partir desse século, teve início
a colonização britânica. Grande parte das terras dos nativos
foi tomada pelos colonizadores. Como resultado deste
domínio, a população indígena começou a diminuir. Os
britânicos, aos poucos, foram impondo sua cultura e seus
modos de vida. Hoje, os nativos são a minoria no continente.
Cultura
• Costumes: Curtir um final de semana na praia ou acompanhar
uma partida de rúgbi
•Artesanato: Na Austrália tem as pinturas e peças de artesanato
realizadas pelos aborígenes.
Território
• A Oceania possui uma área de 8,4 milhões de km²
•O maior país do continente, a Austrália, é considerado uma ilha-
continente, 90%
•O conjunto de ilhas dispersas pelo Pacífico é dividido em três: a
Micronésia (ilhas pequenas), a Melanésia (ilhas negras) e a Polinésia
(muitas ilhas)
População
• Com cerca de 37,1 milhões de habitantes, a população da Oceania é
a segunda menor entre os continentes (a Antártida)
• A densidade demográfica, obtida por meio da divisão da população
total pela área, é de aproximadamente 4,3 hab/Km², portanto, o
continente é pouco povoado.
•Papua Nova Guiné e Nova Zelândia são outros países populosos do
continente, com 6,8 milhões e 4,3
Desenvolvimento e IDH
• Outro contraste
detectado na população
da Oceania é com relação
ao nível de
desenvolvimento
socioeconômico. Austrália
e Nova Zelândia
desfrutam de elevado
padrão, fato constatado
nos altos Índices de
Desenvolvimento
Humano (IDH) dessas
nações, sendo que a
Austrália ocupa o 2ºlugar
no ranking mundial; e a
Nova Zelândia, a 7º
posição. Já os outros
países, com exceção de
Tonga, detêm médio ou
baixo IDH.
Política
• A divisão política da Oceania é complexa. Junto com Estados
independentes convivem territórios coloniais e em processo de
emancipação.
• Depois da Segunda Guerra Mundial, a ONU concedeu aos Estados Unidos
todas as ilhas situadas a 13 mil km das costas estadunidenses
• A Austrália exerce um papel de tutora sobre as pequenas repúblicas
insulares, com uma política tipicamente neocolonial
• A Nova Zelândia e a Austrália são democracias parlamentares
independentes e as ilhas Fiji são uma república.
CasadoParlamentodaAustrália,EdifícioemCamberra,Austrália
Economia
•A economia da Oceania está centrada basicamente na Austrália e na Nova
Zelândia
• Pequenos países, concentram suas atividades econômicas no turismo
• a Austrália e a Nova Zelândia são grandes produtoras de alimentos,
constituindo uma agropecuária avançada e extremamente mecanizada
•No território australiano, destaca-se o cultivo de tabaco, vinho e trigo,
contando também com reservas de gás natural, carvão, urânio, minério de
ferro, ouro, cobre e muitos outros.
•Outro destaque para a economia da Oceania é a existência da APEC
Taiti, Polinésia Francesa, Oceania
Turismo
Ilha de Páscoa
Sidney-Austrália
Taiti, Polinésia Francesa
Monte Uluru
Prédio sustentável Austrália
Recife de Corais, Austrália
Relevo
O relevo australiano pode ser dividido em três partes:
Cadeias montanhosas no leste (cordilheira Australiana ou Grande
Cadeia Divisória), com o ponto mais alto do país, o Monte Kociusko
(2.391 m).
Planalto Ocidental: terrenos cristalinos de baixas altitudes (600 m).
Planícies e depressões centrais, compostas ao norte pela Grande
Bacia Artesiana, onde está o lago Eyre, e atravessadas pelos rios
Murray e Darling, os mais importantes da Austrália.
Cordilheira australiana
Hidrografia
A Oceania tem poucos rios importantes o que se deve em boa
parte à pequena superfície das ilhas.
A Austrália é pobre em rios, consequência do terreno árido.
Murray e Darling são perenes e os mais importantes, que por
serem de planície, são navegáveis em grande parte de seus cursos.
RioMurray,Austrália,Oceania
Clima e Vegetação
Cordilheira Australiana
Floresta equatorial em Tonga
Floresta tropical na Austrália
Floresta temperada na Nova Zelândia
Estepes na Austrália
Uluru Rock - no Deserto Australiano
A fauna da Oceania é caracterizada por uma
grande variedade de espécies animais,
porém os marsupiais se destacam. Na
Austrália, por exemplo, há uma grande
quantidade de Cangurus. Inclusivo este
animal é o símbolo do país. Outros animais
típicos da Oceania: coala, dingo, cacatua,
diabo da tasmânia, ornitorrinco, Kivi, cisne
negro, elefante marinho, kaluta e kowari.
Na flora da Oceania, exceto na região
desértica da Austrália, destacam-se a
presença de florestas tropicais.
Fauna e Flora
Marsupial
Canguru Australiano
Kiwi
Dingo
Cacatua
Diabo da Tasmânia
Ornitorrinco
Cisne-Negro
Elefante Marinho
Kowari
Papua Nova Guiné
possui de 15.000 a
21.000 plantas, 3.000
espécies de orquídeas,
800 espécies de corais,
600 espécies de peixes,
250 espécies de
mamíferos, 760
espécies de pássaros e 8
espécies de
dendrolagus, 84
espécies de animais são
endêmicas.
EREM – Professor Trajano de Mendonça
Disciplina: Geografia
Professor: Georgos Assunção
Ano: 2º Turma: E
Alunos: Marcílio Beijamim
Matheus Vínicus
Matheus Wallace
Gabriel Vínicius
Wesley Victor
Arthur Lorron

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Oriente Médio
Oriente MédioOriente Médio
Oriente Médio
 
Continente asiático
Continente asiáticoContinente asiático
Continente asiático
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiatico
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Asia - aspectos naturais
Asia - aspectos naturaisAsia - aspectos naturais
Asia - aspectos naturais
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Ásia
ÁsiaÁsia
Ásia
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
 
Eua aula 1
Eua   aula 1Eua   aula 1
Eua aula 1
 
Cei e rússia
Cei e rússiaCei e rússia
Cei e rússia
 
Continente Asiático
Continente AsiáticoContinente Asiático
Continente Asiático
 
Conflitos mundiais
Conflitos mundiaisConflitos mundiais
Conflitos mundiais
 
Antártida
AntártidaAntártida
Antártida
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
América anglo saxônica
América anglo saxônicaAmérica anglo saxônica
América anglo saxônica
 
Europa aspectos gerais
Europa aspectos geraisEuropa aspectos gerais
Europa aspectos gerais
 
Unidade 7 8º ano- América do Sul
Unidade 7 8º ano- América do SulUnidade 7 8º ano- América do Sul
Unidade 7 8º ano- América do Sul
 
Unidade 8 - África
Unidade 8  - ÁfricaUnidade 8  - África
Unidade 8 - África
 
A população européia
A população européiaA população européia
A população européia
 
América Anglo - Saxônica
América Anglo - SaxônicaAmérica Anglo - Saxônica
América Anglo - Saxônica
 

Destaque (7)

Geography: Oceania
Geography: OceaniaGeography: Oceania
Geography: Oceania
 
Oceanía
Oceanía Oceanía
Oceanía
 
OCEANIA
OCEANIAOCEANIA
OCEANIA
 
Oceanía, continente insular
Oceanía, continente insularOceanía, continente insular
Oceanía, continente insular
 
Continente de oceania
Continente de oceaniaContinente de oceania
Continente de oceania
 
Continente de oceania
Continente de oceaniaContinente de oceania
Continente de oceania
 
Oceania trabajo.correcto.pptx
Oceania trabajo.correcto.pptxOceania trabajo.correcto.pptx
Oceania trabajo.correcto.pptx
 

Semelhante a Oceania em

Semelhante a Oceania em (20)

Oceania características gerais
Oceania características geraisOceania características gerais
Oceania características gerais
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
capitulo-11-oceania-o-novissimo-mundo.pptx
capitulo-11-oceania-o-novissimo-mundo.pptxcapitulo-11-oceania-o-novissimo-mundo.pptx
capitulo-11-oceania-o-novissimo-mundo.pptx
 
Slide/Seminário sobre os continente base geografia
Slide/Seminário sobre os continente base geografiaSlide/Seminário sobre os continente base geografia
Slide/Seminário sobre os continente base geografia
 
Oceania E Antartida
Oceania E AntartidaOceania E Antartida
Oceania E Antartida
 
OCEANIA
OCEANIA OCEANIA
OCEANIA
 
Oceania EFAN (1).pptx
Oceania EFAN (1).pptxOceania EFAN (1).pptx
Oceania EFAN (1).pptx
 
OCEANIA.pdf
OCEANIA.pdfOCEANIA.pdf
OCEANIA.pdf
 
oceania-unidade-9.pdf
oceania-unidade-9.pdfoceania-unidade-9.pdf
oceania-unidade-9.pdf
 
Japão e oceania
Japão e oceaniaJapão e oceania
Japão e oceania
 
Japão e oceania
Japão e oceaniaJapão e oceania
Japão e oceania
 
Slides_Oceania.pptx
Slides_Oceania.pptxSlides_Oceania.pptx
Slides_Oceania.pptx
 
O relevo da oceania
O relevo da oceaniaO relevo da oceania
O relevo da oceania
 
Aula 24 oceania
Aula 24   oceaniaAula 24   oceania
Aula 24 oceania
 
Oceania colonização e natureza.
Oceania  colonização e natureza.Oceania  colonização e natureza.
Oceania colonização e natureza.
 
Terras emersas
Terras emersasTerras emersas
Terras emersas
 
Australia e nova zelandia apresentação
Australia e nova zelandia apresentaçãoAustralia e nova zelandia apresentação
Australia e nova zelandia apresentação
 
Trabalhos Oceania - Aspectos Gerais - 9º ano
Trabalhos Oceania - Aspectos Gerais - 9º anoTrabalhos Oceania - Aspectos Gerais - 9º ano
Trabalhos Oceania - Aspectos Gerais - 9º ano
 

Mais de Ninho Cristo

Geografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes EnergéticasGeografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes EnergéticasNinho Cristo
 
Síndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e AspergerSíndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e AspergerNinho Cristo
 
Esportes Aquáticos
Esportes AquáticosEsportes Aquáticos
Esportes AquáticosNinho Cristo
 
Cores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordesteCores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordesteNinho Cristo
 
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...Ninho Cristo
 
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de PernambucoImpactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de PernambucoNinho Cristo
 
Vegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordesteVegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordesteNinho Cristo
 
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain BarréPapel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain BarréNinho Cristo
 
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
10 QUESTÕES DE VESTIBULARESNinho Cristo
 
Exercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição AnimalExercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição AnimalNinho Cristo
 
Zoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: AvesZoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: AvesNinho Cristo
 
Aedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controleAedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controleNinho Cristo
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRANinho Cristo
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRANinho Cristo
 
Em busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vidaEm busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vidaNinho Cristo
 
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESAMEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESANinho Cristo
 
Fermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e lácteaFermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e lácteaNinho Cristo
 

Mais de Ninho Cristo (20)

Geografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes EnergéticasGeografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
 
Síndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e AspergerSíndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e Asperger
 
Esportes Aquáticos
Esportes AquáticosEsportes Aquáticos
Esportes Aquáticos
 
Trabalho Escravo
Trabalho EscravoTrabalho Escravo
Trabalho Escravo
 
Cores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordesteCores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordeste
 
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
 
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de PernambucoImpactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
 
Vegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordesteVegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordeste
 
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain BarréPapel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
 
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
 
Exercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição AnimalExercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição Animal
 
Zoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: AvesZoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: Aves
 
Aedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controleAedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controle
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
 
Em busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vidaEm busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vida
 
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESAMEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
 
Fermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e lácteaFermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e láctea
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 

Último

PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 

Último (20)

PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 

Oceania em

  • 1. Oceania Descobrimento, Nativos, Cultura, Território, Demografia, Desenvolvimento, IDH, Política, Economia, Turismo, Relevo, Hidrografia, Clima, Vegetação, Fauna e Flora.
  • 2. Descobrimento • O navegador Fernão de Magalhães foi o primeiro não-nativo a aportar em terras da atual Oceania •Até que, em 1770, o inglês James Cook tomou posse da Austrália. • Dezoito anos depois, os ingleses enviaram 1,5 mil • O termo Oceania só surgiu em 1812, criado pelo geógrafo dinamarquês Conrad Malte-Brun.
  • 3. Nativos • Até o século XVIII, o continente era povoado por centenas de tribos indígenas. A partir desse século, teve início a colonização britânica. Grande parte das terras dos nativos foi tomada pelos colonizadores. Como resultado deste domínio, a população indígena começou a diminuir. Os britânicos, aos poucos, foram impondo sua cultura e seus modos de vida. Hoje, os nativos são a minoria no continente.
  • 4. Cultura • Costumes: Curtir um final de semana na praia ou acompanhar uma partida de rúgbi •Artesanato: Na Austrália tem as pinturas e peças de artesanato realizadas pelos aborígenes.
  • 5. Território • A Oceania possui uma área de 8,4 milhões de km² •O maior país do continente, a Austrália, é considerado uma ilha- continente, 90% •O conjunto de ilhas dispersas pelo Pacífico é dividido em três: a Micronésia (ilhas pequenas), a Melanésia (ilhas negras) e a Polinésia (muitas ilhas)
  • 6. População • Com cerca de 37,1 milhões de habitantes, a população da Oceania é a segunda menor entre os continentes (a Antártida) • A densidade demográfica, obtida por meio da divisão da população total pela área, é de aproximadamente 4,3 hab/Km², portanto, o continente é pouco povoado. •Papua Nova Guiné e Nova Zelândia são outros países populosos do continente, com 6,8 milhões e 4,3
  • 7. Desenvolvimento e IDH • Outro contraste detectado na população da Oceania é com relação ao nível de desenvolvimento socioeconômico. Austrália e Nova Zelândia desfrutam de elevado padrão, fato constatado nos altos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) dessas nações, sendo que a Austrália ocupa o 2ºlugar no ranking mundial; e a Nova Zelândia, a 7º posição. Já os outros países, com exceção de Tonga, detêm médio ou baixo IDH.
  • 8. Política • A divisão política da Oceania é complexa. Junto com Estados independentes convivem territórios coloniais e em processo de emancipação. • Depois da Segunda Guerra Mundial, a ONU concedeu aos Estados Unidos todas as ilhas situadas a 13 mil km das costas estadunidenses • A Austrália exerce um papel de tutora sobre as pequenas repúblicas insulares, com uma política tipicamente neocolonial • A Nova Zelândia e a Austrália são democracias parlamentares independentes e as ilhas Fiji são uma república. CasadoParlamentodaAustrália,EdifícioemCamberra,Austrália
  • 9. Economia •A economia da Oceania está centrada basicamente na Austrália e na Nova Zelândia • Pequenos países, concentram suas atividades econômicas no turismo • a Austrália e a Nova Zelândia são grandes produtoras de alimentos, constituindo uma agropecuária avançada e extremamente mecanizada •No território australiano, destaca-se o cultivo de tabaco, vinho e trigo, contando também com reservas de gás natural, carvão, urânio, minério de ferro, ouro, cobre e muitos outros. •Outro destaque para a economia da Oceania é a existência da APEC Taiti, Polinésia Francesa, Oceania
  • 10. Turismo Ilha de Páscoa Sidney-Austrália Taiti, Polinésia Francesa Monte Uluru Prédio sustentável Austrália Recife de Corais, Austrália
  • 11. Relevo O relevo australiano pode ser dividido em três partes: Cadeias montanhosas no leste (cordilheira Australiana ou Grande Cadeia Divisória), com o ponto mais alto do país, o Monte Kociusko (2.391 m). Planalto Ocidental: terrenos cristalinos de baixas altitudes (600 m). Planícies e depressões centrais, compostas ao norte pela Grande Bacia Artesiana, onde está o lago Eyre, e atravessadas pelos rios Murray e Darling, os mais importantes da Austrália. Cordilheira australiana
  • 12. Hidrografia A Oceania tem poucos rios importantes o que se deve em boa parte à pequena superfície das ilhas. A Austrália é pobre em rios, consequência do terreno árido. Murray e Darling são perenes e os mais importantes, que por serem de planície, são navegáveis em grande parte de seus cursos. RioMurray,Austrália,Oceania
  • 13. Clima e Vegetação Cordilheira Australiana Floresta equatorial em Tonga Floresta tropical na Austrália Floresta temperada na Nova Zelândia Estepes na Austrália Uluru Rock - no Deserto Australiano
  • 14. A fauna da Oceania é caracterizada por uma grande variedade de espécies animais, porém os marsupiais se destacam. Na Austrália, por exemplo, há uma grande quantidade de Cangurus. Inclusivo este animal é o símbolo do país. Outros animais típicos da Oceania: coala, dingo, cacatua, diabo da tasmânia, ornitorrinco, Kivi, cisne negro, elefante marinho, kaluta e kowari. Na flora da Oceania, exceto na região desértica da Austrália, destacam-se a presença de florestas tropicais. Fauna e Flora Marsupial Canguru Australiano Kiwi Dingo Cacatua Diabo da Tasmânia Ornitorrinco Cisne-Negro Elefante Marinho Kowari Papua Nova Guiné possui de 15.000 a 21.000 plantas, 3.000 espécies de orquídeas, 800 espécies de corais, 600 espécies de peixes, 250 espécies de mamíferos, 760 espécies de pássaros e 8 espécies de dendrolagus, 84 espécies de animais são endêmicas.
  • 15. EREM – Professor Trajano de Mendonça Disciplina: Geografia Professor: Georgos Assunção Ano: 2º Turma: E Alunos: Marcílio Beijamim Matheus Vínicus Matheus Wallace Gabriel Vínicius Wesley Victor Arthur Lorron