SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
“ O Romance da Redenção”  Parte I A História de RUTE Adaptação Prof. Homerzatt O Romance da Redenção - Parte I Mesmo que a história é muito bonita, é por trás da história que se oculta uma mensagem de suma importância. Na verdade o livro de Ruth é uma das belas imagens do Velho testamento, e ela foi desenhada por Deus para servir de exemplo das verdades dramáticas da fé cristã expostas no Novo testamento. Em outras palavras, é uma revelação à maneira do Velho testamento, que ilustra a verdade escrita no Novo testamento. São figuras da realidade. Veja o que nos diz o apóstolo Paulo: “ Estas cousas lhes sobrevieram como exemplos e foram  escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado.” I Cor. 10:11 -  Versão VARA Isto é “para servir de exemplo.... Para nossa instrução...”-  Versão Bíblia de Jerusalém.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sim, é um livro que desperta  a nossa imaginação, porque através da leitura achamos entrelaçados os temas do amor e o romance.  Mesmo que a história é muito bonita,  é por trás da história que se oculta uma mensagem de suma importância. O que é muito mais fascinante!!!!!!  Na verdade o livro de Rute é uma das belas imagens do Velho testamento, e ela foi desenhada por Deus para servir de exemplo das verdades dramáticas da fé cristã expostas no Novo testamento. Em outras palavras, é uma revelação à maneira do Velho testamento, que ilustra a verdade escrita no Novo testamento. Veja o que nos diz o apóstolo Paulo:  “ Estas cousas lhes sobrevieram como exemplos e foram  escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado.” I Cor. 10:11 Isto é, como símbolo.... “ Estas coisas lhes aconteceram para servir de exemplo e foram escritas para nossa instrução, nós que fomos atingidos pelo fim dos tempos.” - Versão Bíblia de Jerusalém “ ... Foram escritas para advertir a nós, ...” – Versão Luís Stadelmann. Ed.Vozes. É a história do Romance da Redenção .   1 2
Conta a história de uma família comum.  s4  -  À primeira vista, parece ser uma história bastante triste e cruel, e podemos perguntar onde Deus estava no meio de todas essas aflições.  s5  -  Mas precisamos voltar para o texto a fim de compreender melhor a sucessão dos acontecimentos.  Lemos, eram  ''os dias em que julgavam os juízes, houve fome na terra''.  Rute 1:1 s6 -  A compreensão desse texto é sumamente importante para o entendimento dos fatos posteriores.  No tempo dos juízes o povo de Israel recebeu um cuidado bastante específico de Deus.  s7  - Ao ler o livro de juízes percebemos que em todo o tempo Deus estava buscando ensinar ao seu povo a vida de santidade.  Ele não queria apenas que o seu povo carregasse o seu nome, mas queria que o seu povo fosse exclusivamente seu.  s8 - Por isso, quando percebia que o povo começava a se desviar, Ele intervinha permitindo:  Que inimigos atacassem a Israel ou fechando os céus para que não chovesse na terra.  S9  - O capítulo 3 do livro de Juízes fornece informações adequadas para a compreensão de todo esse período. Chegamos à conclusão de que esse período de fome foi resultado da disciplina de Deus sobre Israel.  s10  - Assim é muito provável que a rebelião de Elimeleque contra a disciplina de Deus tenha sido a causa da sua morte na terra de Moabe. S11 -  Por trás desta Historia se oculta uma mensagem de suma importância, para todos os tempos.  Podemos dividir claramente em três partes este livro.  E é desta maneira que tentaremos fazer para uma melhor compreensão. Tema I S13  - Uma bela alegoria.  Que aponta para o plano da salvação. Assim temos a apresentação dos personagens. Deus ocultou detrás destes, grandes verdades.  S15  - A história  começa com esse homem, chamado Elimeleque, que significa em hebraico: “ Meu Deus é rei” Esse nome abarca, de por si, toda a doutrina do homem, “Meu Deus é Rei”; é uma confissão. 3 4 S12 -   Qual é a chave para entender esta Revelação? S14  - Aprendemos que uma das chaves para compreender o Velho testamento e os escritos se tornem um livro vivo, é aprender o significado dos nomes dos protagonistas.  Em Rute 1: 1 a 5; 3:13  e 4:17 Elimeleque “ Meu Deus é Rei” Noemi “ Prazer” Mailom “ enfermo” Quiliom “ fraco”, “consumido” ou “esgotado” Orfa “ Obstinação” ou “rebeldia” Rute “ Amizade” ou “Beleza” Boaz “ Fortaleza, um homem forte e rico ” Obede.  “ Louvor”
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],“ Somente aqueles que foram educados além de sua inteligência acabam por convencer-se de que não há Deus.”  Isto me lembra Salomão em Eclesiastes, quando volta para Deus arrependido! 2ª fase do homem no Princípio  Falamos de um Deus que é, e este é meu:  Reconhecê-lo como: “meu Deus” É por isso que o apóstolo Paulo continua dizendo em: Heb. 11:6 “ ... que o que se aproxima de Deus creia que Ele existe  e que é galardoador dos que o buscam. ” “… Ele recompensa quem o procura.”   Versão Ed. Vozes   O Deus que existe, que criou o universo está totalmente ao alcance do homem.  É um Deus presente que abençoa seus filhos. Jesus mesmo afirmou:  “ ...buscai e achareis..”  Mat. 7:7 Se alguém ainda não o encontrou, é muito simples, é porque não se deu o trabalho de busca-lho, se quiser conhecer Deus é só começar a procura-lho. E quando o encontramos, Este se converte em  “meu Deus”  e essa era a relação que existia entre o homem e Deus, na sua inocência, no princípio. 5 6 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
No Salmo 8, lemos declarações assombrosas de Davi: Leitura: Sal. 8:3 e 4 “ ... Que é o homem, que dele te lembres ....”  v.4 A continuação o salmista responde a sua própria pergunta: " ...de glória e de honra o coroaste.”  v.5 “ ... Deste-lhe domínio sobre as obras de tuas mãos e sob seus pés tudo lhe puseste ; ...”   Salmos 8:5 e 6 3ª fase do homem no Princípio Aqui encontramos a terceira fase do homem no começo, a  de “Meu Deus é Rei”, foi-lhe dado por Deus todo o domínio sobre a criação.  Enquanto dizia no seu coração “Meu Deus é rei” , estava tudo debaixo do seu domínio .  >  Gên. 1:26 Isto significa que enquanto se submete ao domínio de  Deus que o criou. tudo estava a sua disposição.  Enquanto se submeteu ao domínio, foi-lhe dado domínio. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],“ Meu Deus é rei” 7 8
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],9 10
Noemi 1- O nome: “Meus Deus é Rei”, representa a humanidade. Tanto Adão como Eva sem pecado. 2 – O nome: “Prazer” ou “deleite”, representa as escolhas do homem para satisfazer a si mesmo, exercendo independência. Elimeleque 11 12 s20
Satanás ofereceu ao homem o prazer, “como Deus”, seria independente! Tornar-se em  “deus sem Deus”.   S21  - Quando “Meus Deus é Rei” se casou com “Prazer” foram transgredidos os limites que Deus o criador havia colocado, buscaram seu próprio prazer antes de que buscar o seu próprio Deus. >>>>>  Em outras palavras, Deus já não foi mais Rei na vida deles . Isto significa a mesma coisa que aceitar Jesus Cristo como salvador e não como Senhor. Reiteramos: S22  - No Novo testamento lemos que assim são todos os que amam o prazer em lugar de amar a Deus. Esse é o espírito da época e continua sendo em nossos dias.  “ ... Nos últimos tempos haverá homens ... antes amigos dos prazeres do que amigos de Deus” Ex. II Tim. 3:1 a 4  No matrimônio de Elimeleque e Noemi temos uma imagem, uma figura,  do homem caído. 13 14 O plano de salvação quer restaurar e voltar ao relacionamento do princípio quando o homem reconhecia: “Meu Deus é rei”. Não deixe de ver  “O Romance da Redenção” Parte II Adaptação Prof. Homerzatt

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Escatologia aula 5
Escatologia   aula 5Escatologia   aula 5
Escatologia aula 5
Jose Ventura
 
Passos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fimPassos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fim
abimaelfilho
 
00 Introducao Plano Divino
00 Introducao Plano Divino00 Introducao Plano Divino
00 Introducao Plano Divino
bxxp
 
14 compreendendo os sete selos. apoc. 6
14   compreendendo os sete selos. apoc. 614   compreendendo os sete selos. apoc. 6
14 compreendendo os sete selos. apoc. 6
Diego Fortunatto
 
02 profecia clássica e profecia apocalíptica
02   profecia clássica e profecia apocalíptica02   profecia clássica e profecia apocalíptica
02 profecia clássica e profecia apocalíptica
Diego Fortunatto
 
11 as últimas mensagens de deus e a ceifa
11   as últimas mensagens de deus e a ceifa11   as últimas mensagens de deus e a ceifa
11 as últimas mensagens de deus e a ceifa
Diego Fortunatto
 
01 terra original_caos_restaurada
01 terra original_caos_restaurada01 terra original_caos_restaurada
01 terra original_caos_restaurada
psico25182321
 

Mais procurados (20)

Apocalipse 8 a 10
Apocalipse 8 a 10Apocalipse 8 a 10
Apocalipse 8 a 10
 
Escatologia aula 5
Escatologia   aula 5Escatologia   aula 5
Escatologia aula 5
 
Apocalipse 11 e 12
Apocalipse 11 e 12Apocalipse 11 e 12
Apocalipse 11 e 12
 
Passos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fimPassos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fim
 
00 Introducao Plano Divino
00 Introducao Plano Divino00 Introducao Plano Divino
00 Introducao Plano Divino
 
Apocalipse 12 e 13 e a besta 666 especial
Apocalipse 12 e 13 e a besta 666 especialApocalipse 12 e 13 e a besta 666 especial
Apocalipse 12 e 13 e a besta 666 especial
 
ESCATOLOGIA - ANTICRISTO
ESCATOLOGIA - ANTICRISTOESCATOLOGIA - ANTICRISTO
ESCATOLOGIA - ANTICRISTO
 
UII - 5 Principios Biblicos 2009
UII - 5 Principios Biblicos 2009UII - 5 Principios Biblicos 2009
UII - 5 Principios Biblicos 2009
 
14 compreendendo os sete selos. apoc. 6
14   compreendendo os sete selos. apoc. 614   compreendendo os sete selos. apoc. 6
14 compreendendo os sete selos. apoc. 6
 
Os sete selos do apocalípse
Os sete selos do apocalípseOs sete selos do apocalípse
Os sete selos do apocalípse
 
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slideibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
 
Apocalipse 10 - Visão do Livrinho
Apocalipse 10 - Visão do LivrinhoApocalipse 10 - Visão do Livrinho
Apocalipse 10 - Visão do Livrinho
 
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
 
Fornalha de Deus
Fornalha de DeusFornalha de Deus
Fornalha de Deus
 
Apocalipse escatologia
Apocalipse   escatologiaApocalipse   escatologia
Apocalipse escatologia
 
Apocalipse 10 e 11
Apocalipse 10 e 11Apocalipse 10 e 11
Apocalipse 10 e 11
 
02 profecia clássica e profecia apocalíptica
02   profecia clássica e profecia apocalíptica02   profecia clássica e profecia apocalíptica
02 profecia clássica e profecia apocalíptica
 
11 as últimas mensagens de deus e a ceifa
11   as últimas mensagens de deus e a ceifa11   as últimas mensagens de deus e a ceifa
11 as últimas mensagens de deus e a ceifa
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
01 terra original_caos_restaurada
01 terra original_caos_restaurada01 terra original_caos_restaurada
01 terra original_caos_restaurada
 

Destaque

Conceito De Salvacao No Antigo E Novo Testamento
Conceito De Salvacao No Antigo E Novo TestamentoConceito De Salvacao No Antigo E Novo Testamento
Conceito De Salvacao No Antigo E Novo Testamento
JNR
 
O livro de rute
O livro de ruteO livro de rute
O livro de rute
mbrandao7
 

Destaque (20)

U.VI - O Princípio Da Humanidade 2 - 2009
U.VI - O Princípio Da Humanidade 2 - 2009U.VI - O Princípio Da Humanidade 2 - 2009
U.VI - O Princípio Da Humanidade 2 - 2009
 
Um espelho chamado cristão.
Um espelho chamado cristão.Um espelho chamado cristão.
Um espelho chamado cristão.
 
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
 
"Lança o teu pão sobre as águas..."
"Lança o teu pão sobre as águas...""Lança o teu pão sobre as águas..."
"Lança o teu pão sobre as águas..."
 
abuso profecía
abuso profecíaabuso profecía
abuso profecía
 
LBA Lição 8 - Israel no plano da redenção
LBA Lição 8 - Israel no plano da redençãoLBA Lição 8 - Israel no plano da redenção
LBA Lição 8 - Israel no plano da redenção
 
U.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria FinalU.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria Final
 
U.XII - Salvação em Cristo - Parte II
U.XII - Salvação em Cristo - Parte IIU.XII - Salvação em Cristo - Parte II
U.XII - Salvação em Cristo - Parte II
 
Conceito De Salvacao No Antigo E Novo Testamento
Conceito De Salvacao No Antigo E Novo TestamentoConceito De Salvacao No Antigo E Novo Testamento
Conceito De Salvacao No Antigo E Novo Testamento
 
Redenção
RedençãoRedenção
Redenção
 
2016 3 TRI LIÇÃO 12 - PROFECIAS DE SALVAÇÃO E ESPERANÇA
2016 3 TRI LIÇÃO 12 - PROFECIAS DE SALVAÇÃO E ESPERANÇA2016 3 TRI LIÇÃO 12 - PROFECIAS DE SALVAÇÃO E ESPERANÇA
2016 3 TRI LIÇÃO 12 - PROFECIAS DE SALVAÇÃO E ESPERANÇA
 
UI - A Biblia - Curso novocbic 2012
UI - A Biblia - Curso novocbic 2012UI - A Biblia - Curso novocbic 2012
UI - A Biblia - Curso novocbic 2012
 
46 Estudo Panorâmico da Bíblia (Rute)
46   Estudo Panorâmico da Bíblia (Rute)46   Estudo Panorâmico da Bíblia (Rute)
46 Estudo Panorâmico da Bíblia (Rute)
 
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca""Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
"Ao vencedor... lhe darei uma pedrinha branca"
 
A história da salvação
A história da salvaçãoA história da salvação
A história da salvação
 
A caminho de Emaús
A caminho de EmaúsA caminho de Emaús
A caminho de Emaús
 
O livro de rute
O livro de ruteO livro de rute
O livro de rute
 
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
 
Israel no Plano da Redenção
Israel no Plano da RedençãoIsrael no Plano da Redenção
Israel no Plano da Redenção
 
Vasos ou cacos?
Vasos ou cacos?Vasos ou cacos?
Vasos ou cacos?
 

Semelhante a O Romance Da Redenção -Tema I

41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf
41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf
41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf
DavidSamison
 
O estranho livro de apocalipse 5
O estranho livro de apocalipse 5O estranho livro de apocalipse 5
O estranho livro de apocalipse 5
Diego Fortunatto
 

Semelhante a O Romance Da Redenção -Tema I (20)

O Romance Da Redenção - Tema II
O Romance Da Redenção - Tema IIO Romance Da Redenção - Tema II
O Romance Da Redenção - Tema II
 
Jovem
JovemJovem
Jovem
 
O Romance Da Redenção -Tema III
O Romance Da Redenção -Tema IIIO Romance Da Redenção -Tema III
O Romance Da Redenção -Tema III
 
Bibliologia 2
Bibliologia 2Bibliologia 2
Bibliologia 2
 
Amostra apocalipse
Amostra apocalipseAmostra apocalipse
Amostra apocalipse
 
pdf-um-profeta-visita-africa.pdf
pdf-um-profeta-visita-africa.pdfpdf-um-profeta-visita-africa.pdf
pdf-um-profeta-visita-africa.pdf
 
Lição 04 artigo
Lição 04   artigoLição 04   artigo
Lição 04 artigo
 
Lição 11 Livro Apocalipse
Lição 11 Livro Apocalipse Lição 11 Livro Apocalipse
Lição 11 Livro Apocalipse
 
Os 5 princípios biblicos para a leitura da Biblia.
Os 5 princípios biblicos para a leitura da Biblia.Os 5 princípios biblicos para a leitura da Biblia.
Os 5 princípios biblicos para a leitura da Biblia.
 
O_plano_divino_atraves_dos_seculos_-_N._Lawrence_Olson_by_Levita.pdf
O_plano_divino_atraves_dos_seculos_-_N._Lawrence_Olson_by_Levita.pdfO_plano_divino_atraves_dos_seculos_-_N._Lawrence_Olson_by_Levita.pdf
O_plano_divino_atraves_dos_seculos_-_N._Lawrence_Olson_by_Levita.pdf
 
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de JesusConheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
 
Lição 5 Hebreus
Lição 5   Hebreus Lição 5   Hebreus
Lição 5 Hebreus
 
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADEApocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
Apocalipse 14: 6-12: O ALERTA FINAL DE DEUS A HUMANIDADE
 
As Revelações Do apocalipse!!
As Revelações Do apocalipse!! As Revelações Do apocalipse!!
As Revelações Do apocalipse!!
 
Unidade 2 - Descobrindo um Método para Estudar a Bíblia - versão 2018
Unidade 2 - Descobrindo um Método para Estudar a Bíblia - versão 2018Unidade 2 - Descobrindo um Método para Estudar a Bíblia - versão 2018
Unidade 2 - Descobrindo um Método para Estudar a Bíblia - versão 2018
 
41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf
41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf
41 Filemom - Bíblia de Esboços e Sermões NVI.pdf
 
O estranho livro de apocalipse 5
O estranho livro de apocalipse 5O estranho livro de apocalipse 5
O estranho livro de apocalipse 5
 
Manual para novos convertidos2
Manual para novos convertidos2Manual para novos convertidos2
Manual para novos convertidos2
 
Tabernáculo da fé e a maçonaria
Tabernáculo da fé e a maçonariaTabernáculo da fé e a maçonaria
Tabernáculo da fé e a maçonaria
 
1 - BIBLIOLOGIA.doc
1 -  BIBLIOLOGIA.doc1 -  BIBLIOLOGIA.doc
1 - BIBLIOLOGIA.doc
 

Mais de Ramón Zazatt

Mais de Ramón Zazatt (20)

Unidade 15 - O fim das Nações
Unidade 15 -  O fim das NaçõesUnidade 15 -  O fim das Nações
Unidade 15 - O fim das Nações
 
Unidade 13 - O Plano da Salvação 3 - Salvação Plena
Unidade 13  - O Plano da Salvação 3 - Salvação PlenaUnidade 13  - O Plano da Salvação 3 - Salvação Plena
Unidade 13 - O Plano da Salvação 3 - Salvação Plena
 
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
 
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
 
Bem-aventurados os Mansos e os Humildes
Bem-aventurados os Mansos e os HumildesBem-aventurados os Mansos e os Humildes
Bem-aventurados os Mansos e os Humildes
 
Unidade 10 - O Centro do Evangelho
Unidade 10 - O Centro do EvangelhoUnidade 10 - O Centro do Evangelho
Unidade 10 - O Centro do Evangelho
 
Unidade 9 - O Principio do Evangelho
Unidade 9 -  O Principio do EvangelhoUnidade 9 -  O Principio do Evangelho
Unidade 9 - O Principio do Evangelho
 
Unidade 8 - A Dura Realidade da Morte
Unidade 8 - A Dura Realidade da MorteUnidade 8 - A Dura Realidade da Morte
Unidade 8 - A Dura Realidade da Morte
 
Unidade 7 - A Natureza da Tentacão e do Pecado
Unidade 7 - A Natureza da Tentacão e do PecadoUnidade 7 - A Natureza da Tentacão e do Pecado
Unidade 7 - A Natureza da Tentacão e do Pecado
 
Unidade 6 - A natureza do Homem criado 2 - V2018
Unidade 6 -  A natureza do Homem criado 2 - V2018Unidade 6 -  A natureza do Homem criado 2 - V2018
Unidade 6 - A natureza do Homem criado 2 - V2018
 
Unidade 5 - A Natureza do Homem criado 1 - V2018
Unidade 5 - A Natureza do Homem criado 1 - V2018Unidade 5 - A Natureza do Homem criado 1 - V2018
Unidade 5 - A Natureza do Homem criado 1 - V2018
 
Unidade 4 - Descobrindo em parte "O Mistério da Trindade" - versão 2018.
 Unidade 4 - Descobrindo em parte "O Mistério da Trindade" - versão 2018. Unidade 4 - Descobrindo em parte "O Mistério da Trindade" - versão 2018.
Unidade 4 - Descobrindo em parte "O Mistério da Trindade" - versão 2018.
 
Unidade 3 - Deus no Relato da Criação - versão 2018
Unidade 3 - Deus no Relato da Criação - versão 2018Unidade 3 - Deus no Relato da Criação - versão 2018
Unidade 3 - Deus no Relato da Criação - versão 2018
 
Unidade 1 - Descobrindo a Bíblia- Introdução - versão 2018
Unidade 1 -  Descobrindo a Bíblia-  Introdução - versão 2018Unidade 1 -  Descobrindo a Bíblia-  Introdução - versão 2018
Unidade 1 - Descobrindo a Bíblia- Introdução - versão 2018
 
Viver para glória de Deus
Viver para glória de DeusViver para glória de Deus
Viver para glória de Deus
 
"Descendo à casa do oleiro"
"Descendo à casa do oleiro""Descendo à casa do oleiro"
"Descendo à casa do oleiro"
 
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 3
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 3Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 3
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 3
 
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 2
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 2Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 2
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 2
 
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 1
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 1Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 1
Uma Visão do Discipulado Cristão - Parte 1
 
Tomate, molho e a saúde
Tomate, molho e a saúdeTomate, molho e a saúde
Tomate, molho e a saúde
 

O Romance Da Redenção -Tema I

  • 1. “ O Romance da Redenção” Parte I A História de RUTE Adaptação Prof. Homerzatt O Romance da Redenção - Parte I Mesmo que a história é muito bonita, é por trás da história que se oculta uma mensagem de suma importância. Na verdade o livro de Ruth é uma das belas imagens do Velho testamento, e ela foi desenhada por Deus para servir de exemplo das verdades dramáticas da fé cristã expostas no Novo testamento. Em outras palavras, é uma revelação à maneira do Velho testamento, que ilustra a verdade escrita no Novo testamento. São figuras da realidade. Veja o que nos diz o apóstolo Paulo: “ Estas cousas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado.” I Cor. 10:11 - Versão VARA Isto é “para servir de exemplo.... Para nossa instrução...”- Versão Bíblia de Jerusalém.
  • 2.
  • 3. Conta a história de uma família comum. s4 - À primeira vista, parece ser uma história bastante triste e cruel, e podemos perguntar onde Deus estava no meio de todas essas aflições. s5 - Mas precisamos voltar para o texto a fim de compreender melhor a sucessão dos acontecimentos. Lemos, eram ''os dias em que julgavam os juízes, houve fome na terra''. Rute 1:1 s6 - A compreensão desse texto é sumamente importante para o entendimento dos fatos posteriores. No tempo dos juízes o povo de Israel recebeu um cuidado bastante específico de Deus. s7 - Ao ler o livro de juízes percebemos que em todo o tempo Deus estava buscando ensinar ao seu povo a vida de santidade. Ele não queria apenas que o seu povo carregasse o seu nome, mas queria que o seu povo fosse exclusivamente seu. s8 - Por isso, quando percebia que o povo começava a se desviar, Ele intervinha permitindo: Que inimigos atacassem a Israel ou fechando os céus para que não chovesse na terra. S9 - O capítulo 3 do livro de Juízes fornece informações adequadas para a compreensão de todo esse período. Chegamos à conclusão de que esse período de fome foi resultado da disciplina de Deus sobre Israel. s10 - Assim é muito provável que a rebelião de Elimeleque contra a disciplina de Deus tenha sido a causa da sua morte na terra de Moabe. S11 - Por trás desta Historia se oculta uma mensagem de suma importância, para todos os tempos. Podemos dividir claramente em três partes este livro. E é desta maneira que tentaremos fazer para uma melhor compreensão. Tema I S13 - Uma bela alegoria. Que aponta para o plano da salvação. Assim temos a apresentação dos personagens. Deus ocultou detrás destes, grandes verdades. S15 - A história começa com esse homem, chamado Elimeleque, que significa em hebraico: “ Meu Deus é rei” Esse nome abarca, de por si, toda a doutrina do homem, “Meu Deus é Rei”; é uma confissão. 3 4 S12 - Qual é a chave para entender esta Revelação? S14 - Aprendemos que uma das chaves para compreender o Velho testamento e os escritos se tornem um livro vivo, é aprender o significado dos nomes dos protagonistas. Em Rute 1: 1 a 5; 3:13 e 4:17 Elimeleque “ Meu Deus é Rei” Noemi “ Prazer” Mailom “ enfermo” Quiliom “ fraco”, “consumido” ou “esgotado” Orfa “ Obstinação” ou “rebeldia” Rute “ Amizade” ou “Beleza” Boaz “ Fortaleza, um homem forte e rico ” Obede. “ Louvor”
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. Noemi 1- O nome: “Meus Deus é Rei”, representa a humanidade. Tanto Adão como Eva sem pecado. 2 – O nome: “Prazer” ou “deleite”, representa as escolhas do homem para satisfazer a si mesmo, exercendo independência. Elimeleque 11 12 s20
  • 8. Satanás ofereceu ao homem o prazer, “como Deus”, seria independente! Tornar-se em “deus sem Deus”. S21 - Quando “Meus Deus é Rei” se casou com “Prazer” foram transgredidos os limites que Deus o criador havia colocado, buscaram seu próprio prazer antes de que buscar o seu próprio Deus. >>>>> Em outras palavras, Deus já não foi mais Rei na vida deles . Isto significa a mesma coisa que aceitar Jesus Cristo como salvador e não como Senhor. Reiteramos: S22 - No Novo testamento lemos que assim são todos os que amam o prazer em lugar de amar a Deus. Esse é o espírito da época e continua sendo em nossos dias. “ ... Nos últimos tempos haverá homens ... antes amigos dos prazeres do que amigos de Deus” Ex. II Tim. 3:1 a 4 No matrimônio de Elimeleque e Noemi temos uma imagem, uma figura, do homem caído. 13 14 O plano de salvação quer restaurar e voltar ao relacionamento do princípio quando o homem reconhecia: “Meu Deus é rei”. Não deixe de ver “O Romance da Redenção” Parte II Adaptação Prof. Homerzatt