SlideShare uma empresa Scribd logo
O FASCISMO ITALIANO   Como se compreende o aparecimento desta
                      doutrina na Itália dos anos 20?

                       SITUAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL

                      - Mais de 1 milhão de mortos e feridos da 1ª Guerra

                      - Graves dificuldades económicas que a Guerra agravou
                      com as destruições, a subida de preços, a miséria

                      - Desmobilização de milhões de soldados que vieram
                      engrossar a já elevada taxa de desemprego

                      - Problemas sociais graves com sucessivas greves,
                      manifestações, ocupação de fábricas e campos

                       FALTA DE CONFIANÇA NA DEOMOCRACIA E
                      NOS PARTIDOS DEMOCRÁTICOS

                      - Desesperança, a desilusão, leva muitos italianos,
                      principalmente industriais e proprietários a apoiar
                      pequenos partidos ou grupos extremistas de direita

                       USO DA PROPAGANDA E DA VIOLÊNCIA

                      - Muitos destes grupos vão usar de forma intensa a
                      propganda e usar da violência para criar um clima de
                      medo , de terror nas populações.
COMO NASCEU O FASCISMO ?
                        •   Aparecem em várias cidades grupos espontâneos, nacionalistas
                            formados por desempregados, ex-combatentes, burguesia
                            descontente que se designam por “FASCIOS” devido ao símbolo
                            que adoptam – o feixe de varas. Em 1919, Mussolini cria o Fascio de
                            Milão e ganha cada vez mais importância como teórico e orador.
O Símbolo do Fascismo

                        •   Em 1921, em Congresso, nasce o PNF – Partido Nacional Fascista,
                            no qual Mussolini passa a ser líder indiscutível. Ainda com pouco
                            apoio na sociedade italiana, nas eleições desse ano só consegue 35
                            deputados para o Parlamento.

                        •   Início de uma campanha muito forte de propaganda, agitação e
                            sobretudo violência (ataques a sedes de sindicatos, partidos
                            políticos, espancamentos, assassínios mesmo) muita dela realizada
    Camisas Negras          pela “tropa de choque” do PNF, os Camisas Negras.

                        •   Em 1922 os fascistas organizam a “Marcha sobre Roma” , e o rei
                            Vítor Emanuel III, com medo de uma guerra civil, convida Mussolini
                            a formar governo.

                        •   Começa então a perseguição, o medo o terror sobre a oposição, o
                            controle dos meios de comunicação, e nas eleições de 1924, o PNF
                            consegue através de fraude a maioria absoluta dos votos.
    Marcha sobre Roma
CARACTERÍSTICAS DO FASCISMO




    TOTALITARISMO /AUTORITARISMO
   - Controlo absoluto da vida dos cidadãos com desprezo absoluto pela liberdade
   individual ou de grupos. Tudo devia submeter-se ao Estado: Tudo no Estado,
   Nada fora do Estado, Nada contra o Estado. Tudo era permitido ao Estado-
   Chege-Partido para assegurar o seu domínio: a censura, a prisão, o assassínio.
   Crer, Obedecer e Combater era o lema do estado fascista. Ao Chefe, ao “Duce”
   devia-se obediência cega, pois ele era o guia, o salvador da pátria.

    MONOPARTIDARISMO
   - Só era admitido um partido político, o do Chefe, sendo todos os outros
   proíbidos.

   CORPORATIVISMO
   - Como eram recusados interesses de grupos ou classes, , foram criadas no
   mundo do trabalho as CORPORAÇÕES, organismos dominados pelo estado e
   que agrupavam trabalhadores e patrões. As greves foram proíbidas, os
   salários controlados.

    ULTRANACIONALISMO e MILITARISMO
   - Exagero na glorificação do passado, criação da ideia de superioridade da
   nação, do povo, educação desde tenra idade em valores como o militarismo, a
   obediência cega, o morrer pela pátria.
O Fascismo em Imagens
HITLER E A ASCENSÃO DO NAZISMO NA ALEMANHA
               No final da 1ª Guerra a Alemanha tornou-se uma democracia, a
               “República de Weimar (1919-1933). Apesar de todos os esforços
               de recuperação , a Alemanha apresentava várias dificuldades:

                O pagamento das indeminazões estabelecidas no Tratado de
               Versalhes, aos países aliados

               A ocupação da rica zona do Ruhr pela França, como forma de
               obrigar ao pagamento das indeminizações

                As consequências terríveis da “Grande Depressão” na
               economia, que fez com que os americanos retirassem capitais,
               que no comércio baixassem drasticamente as exportações, que
               as falências de empresas se tornassem frequentes, que a taxa
               de desemprego disparasse para números elevados ( 6 milhões
               em 1931) que a miséria, e a fome começassem a surgir.

               A instabilidade política, as manifestações, as greves, a
               violência, tornaram a Alemanha praticamente ingovernável.



               É neste contexto que pequenos partidos de extrema-direita e
               extrema-esquerda , aproveitam para aparecer e procurar
               afirmar-se na sociedade alemã, entre eles o Partido Nacional
               Socialista dos Trabalhadores Alemães (Partido Nazi), dirigido
               desde 1921 por Adolfo Hitler
HITLER E A ASCENSÃO DO NAZISMO NA ALEMANHA 2
                                                                   •   Em 1923, no estado da Baviera Hitler e os
                                                                       Nazis tentam tomar o poder pela força, mas
         Comício Nazi
                                                                       não consegue. É preso. Na prisão escreve o
                                                                       livro “ Mein Kampf”, onde escreve exprime
                                                                       das suas ideias, entre elas, o desejo de
                                                                       tornar a Alemanha na “Grande Alemanha”,
                                                                       ou seja, o sonho do antigo Império Alemão, a
                                                                       pureza da raça ariana e o ódio aos Judeus
                                                                       que acusa de todos os males da Alemanha.

                                                                   •   Sai da prisão e através de intensa
                                                                       propaganda       (desfiles,  manifestações,
                                                                       cartazes ), da intimidação e violência
                                                                       realizada pelas mílicias armadas nazis “Os
                                  Mein Kampf – A minha Luta
                                                                       camisas castanhas”, mas sobretudo das
                                                                       promessas de acabar com o desemprego, de
                                                                       acabar com as cláusulas do humilhante
                                                                       Tratado de Versalhes, de terminar com o
                                                                       poder dos Judeus, Hitler consegue a pouco e
                                                                       pouco o apoio dos desempregados , dos
                                                                       agricultores, da pequena e média burguesia e
 Cartaz de propaganda eleitoral                                        sobretudo de alguns grandes industriais que
                                                                       com medo do Comunismo, vão apoiar com
                                                                       dinheiro o Partido Nazi.

                                                                   •   Em 1932 nas eleições, o Partido Nazi vence
                                                                       com maioria e em 1933, Hitler é nomeado
                                                                       Chanceler. Em 1934, com a morte do
                                                                       Presidente Hindenburgo, Hitler torna-se o
                                                                       “FUHRER”, o chefe absoluto.

                                    Os Judeus – A peste do Mundo
Grande parada e desfile nazi
HITLER E A ASCENSÃO DO NAZISMO NA ALEMANHA 3
                                                            Começa a ditadura nazi na Alemanha.
                                                            •  Os partidos políticos e sindicatos são
                                                               proíbidos.
                                                            •  As raças conside
                                                            •  radas inferiores como os Judeus ou
                                                               Ciganos começam a ser perseguidas.
                                                            •  O regime nazi começa uma intensa
                                                               campanha de propaganda : “ UM
                                                               POVO, UM IMPÉRIO, UM CHEFE” .
                                                            •  O desemprego é atacado, obrigando
      As SS             As S A                                 as mulheres alemãs a regressar ao lar,
                                                               ao rearmamento da Alemanha e como
  © Prof. Arlindo                                              tal    ao   emprego     na    indústria,
  Vieira                                                       principalmente de armamento,         de
                                                               milhões de desempregados, ao grande
                                          A Gestapo
                                                               aumento de elementos da polícia e
O Anti-Semitismo    A família alemã
                                      A “Grande Alemanha”      serviços nazis, ao serviço militar
                                                               obrigatório e à construção da
                                                               poderosa máquina de guerra que vai
                                                               ser o exército alemão.
                                                            •  Para impor a sua autoridade, o
                                                               totalitarismo de estado, Hitler assenta
                                                               o seu poder nas:
                                                            •  SS (Secções de Segurança)
                                                            •  SA (Secções de assalto)
                                                            •  GESTAPO (a polícia política do
                                                               regime).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano slide - da crise à guerra
3ºano   slide - da crise à guerra3ºano   slide - da crise à guerra
3ºano slide - da crise à guerra
Daniel Alves Bronstrup
 
Surgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do FascismoSurgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do Fascismo
Lorena Lara
 
Nazismo
NazismoNazismo
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
Elton Zanoni
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
A Era Vargas (1930-1945)
A Era Vargas (1930-1945)A Era Vargas (1930-1945)
A Era Vargas (1930-1945)
resumovisual
 
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
patriciacaralo
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
Edenilson Morais
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
Professor de História
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Fatima Freitas
 
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira ParteRepública Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
Valéria Shoujofan
 
Guerra civil espanhola
Guerra civil espanholaGuerra civil espanhola
Guerra civil espanhola
Luiz Antonio Souza
 
O Fascismo
O FascismoO Fascismo
O Fascismo
Sérgio Bernardo
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
Rodolpho Martins
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
Maria Gomes
 
URSS
URSSURSS
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
Rodrigo Luiz
 
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militarPortugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
AnaM187
 

Mais procurados (20)

3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
 
3ºano slide - da crise à guerra
3ºano   slide - da crise à guerra3ºano   slide - da crise à guerra
3ºano slide - da crise à guerra
 
Surgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do FascismoSurgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do Fascismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
A Era Vargas (1930-1945)
A Era Vargas (1930-1945)A Era Vargas (1930-1945)
A Era Vargas (1930-1945)
 
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
Revoluções inglesas
Revoluções inglesasRevoluções inglesas
Revoluções inglesas
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira ParteRepública Velha (1889-1930) - Primeira Parte
República Velha (1889-1930) - Primeira Parte
 
Guerra civil espanhola
Guerra civil espanholaGuerra civil espanhola
Guerra civil espanhola
 
O Fascismo
O FascismoO Fascismo
O Fascismo
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
 
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militarPortugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
 

Destaque

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
Carlos Vieira
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
Rui Neto
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Lucas Farias
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
Susana Simões
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
Susana Simões
 
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
Sílvia Mendonça
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
Jorge Almeida
 
Mitologia egipcia
Mitologia egipciaMitologia egipcia
Mitologia egipcia
leidyq
 
Fascismo e Nazismo
Fascismo e NazismoFascismo e Nazismo
Fascismo e Nazismo
Paulo Alexandre
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
Bruno Motta
 
Mitologia Egípcia
Mitologia EgípciaMitologia Egípcia
Mitologia Egípcia
Sônia Marques
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
Jornal O Diário
 
OpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズ
OpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズOpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズ
OpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズ
mmer547
 
Mitologia egípcia
Mitologia egípciaMitologia egípcia
Mitologia egípcia
Marcela Marangon Ribeiro
 
Tableauが魅せる Data Visualization の世界
Tableauが魅せる Data Visualization の世界Tableauが魅せる Data Visualization の世界
Tableauが魅せる Data Visualization の世界Takahiro Inoue
 
Os nazistas para fazer das olimpíadas
Os nazistas para fazer das olimpíadasOs nazistas para fazer das olimpíadas
Os nazistas para fazer das olimpíadas
Rubinho da Guarda
 
A suástica em são paulo antes dos nazistas
A suástica em são paulo antes dos nazistasA suástica em são paulo antes dos nazistas
A suástica em são paulo antes dos nazistas
Fernando Luiz Faria
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
1933, grande queima de livros pelos nazistas otto busch
1933, grande queima de livros pelos nazistas   otto busch1933, grande queima de livros pelos nazistas   otto busch
1933, grande queima de livros pelos nazistas otto busch
Carlos Manuel
 

Destaque (20)

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
 
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
 
Mitologia egipcia
Mitologia egipciaMitologia egipcia
Mitologia egipcia
 
Fascismo e Nazismo
Fascismo e NazismoFascismo e Nazismo
Fascismo e Nazismo
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
 
Mitologia Egípcia
Mitologia EgípciaMitologia Egípcia
Mitologia Egípcia
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
 
OpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズ
OpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズOpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズ
OpenFOAM LES乱流モデルカスタマイズ
 
Mitologia egípcia
Mitologia egípciaMitologia egípcia
Mitologia egípcia
 
Tableauが魅せる Data Visualization の世界
Tableauが魅せる Data Visualization の世界Tableauが魅せる Data Visualization の世界
Tableauが魅せる Data Visualization の世界
 
Os nazistas para fazer das olimpíadas
Os nazistas para fazer das olimpíadasOs nazistas para fazer das olimpíadas
Os nazistas para fazer das olimpíadas
 
A suástica em são paulo antes dos nazistas
A suástica em são paulo antes dos nazistasA suástica em são paulo antes dos nazistas
A suástica em são paulo antes dos nazistas
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
1933, grande queima de livros pelos nazistas otto busch
1933, grande queima de livros pelos nazistas   otto busch1933, grande queima de livros pelos nazistas   otto busch
1933, grande queima de livros pelos nazistas otto busch
 

Semelhante a O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO

Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Braulio Santos Pereira
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazi fascismo a
Nazi fascismo aNazi fascismo a
Nazi fascismo a
Rodrigo Moysés
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
MargarethFranklim
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
MargarethFranklim
 
1293455968 regimes totalitarios_europa
1293455968 regimes totalitarios_europa1293455968 regimes totalitarios_europa
1293455968 regimes totalitarios_europa
Pelo Siro
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Jean Carlos Nunes Paixão
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Joana Melazzo
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
AprendendoHistoriacomNemeis
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
aygres
 
Fascismo e Nazismo: violência e medo
Fascismo e Nazismo: violência e medoFascismo e Nazismo: violência e medo
Fascismo e Nazismo: violência e medo
Francisco Cougo Jr
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
em casa
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
jbmaxdesigner
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptxA Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
DenisonDjonhson1
 
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptxA Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
AndersonLoz1
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Íris Ferreira
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Rita Quaresma Avellar
 

Semelhante a O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO (20)

Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazi fascismo a
Nazi fascismo aNazi fascismo a
Nazi fascismo a
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
1293455968 regimes totalitarios_europa
1293455968 regimes totalitarios_europa1293455968 regimes totalitarios_europa
1293455968 regimes totalitarios_europa
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Fascismo e Nazismo: violência e medo
Fascismo e Nazismo: violência e medoFascismo e Nazismo: violência e medo
Fascismo e Nazismo: violência e medo
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptxA Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
 
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptxA Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
A Crise de 1929 e o nazifascismo.pptx
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 

Mais de Arlindo Rodrigues Vieira

Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014
Arlindo Rodrigues Vieira
 
O holocausto def
O holocausto   defO holocausto   def
O holocausto def
Arlindo Rodrigues Vieira
 
Do autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democraciaDo autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democracia
Arlindo Rodrigues Vieira
 
O Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do impérioO Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do império
Arlindo Rodrigues Vieira
 
Grécia antig apps
Grécia antig appsGrécia antig apps
Grécia antig apps
Arlindo Rodrigues Vieira
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
Arlindo Rodrigues Vieira
 

Mais de Arlindo Rodrigues Vieira (6)

Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014
 
O holocausto def
O holocausto   defO holocausto   def
O holocausto def
 
Do autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democraciaDo autoritarismo à democracia
Do autoritarismo à democracia
 
O Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do impérioO Império Romano no apogeu do império
O Império Romano no apogeu do império
 
Grécia antig apps
Grécia antig appsGrécia antig apps
Grécia antig apps
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
 

Último

Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 

Último (20)

Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 

O FASCISMO ITALIANO - O NAZISMO

  • 1.
  • 2. O FASCISMO ITALIANO Como se compreende o aparecimento desta doutrina na Itália dos anos 20?  SITUAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL - Mais de 1 milhão de mortos e feridos da 1ª Guerra - Graves dificuldades económicas que a Guerra agravou com as destruições, a subida de preços, a miséria - Desmobilização de milhões de soldados que vieram engrossar a já elevada taxa de desemprego - Problemas sociais graves com sucessivas greves, manifestações, ocupação de fábricas e campos  FALTA DE CONFIANÇA NA DEOMOCRACIA E NOS PARTIDOS DEMOCRÁTICOS - Desesperança, a desilusão, leva muitos italianos, principalmente industriais e proprietários a apoiar pequenos partidos ou grupos extremistas de direita  USO DA PROPAGANDA E DA VIOLÊNCIA - Muitos destes grupos vão usar de forma intensa a propganda e usar da violência para criar um clima de medo , de terror nas populações.
  • 3. COMO NASCEU O FASCISMO ? • Aparecem em várias cidades grupos espontâneos, nacionalistas formados por desempregados, ex-combatentes, burguesia descontente que se designam por “FASCIOS” devido ao símbolo que adoptam – o feixe de varas. Em 1919, Mussolini cria o Fascio de Milão e ganha cada vez mais importância como teórico e orador. O Símbolo do Fascismo • Em 1921, em Congresso, nasce o PNF – Partido Nacional Fascista, no qual Mussolini passa a ser líder indiscutível. Ainda com pouco apoio na sociedade italiana, nas eleições desse ano só consegue 35 deputados para o Parlamento. • Início de uma campanha muito forte de propaganda, agitação e sobretudo violência (ataques a sedes de sindicatos, partidos políticos, espancamentos, assassínios mesmo) muita dela realizada Camisas Negras pela “tropa de choque” do PNF, os Camisas Negras. • Em 1922 os fascistas organizam a “Marcha sobre Roma” , e o rei Vítor Emanuel III, com medo de uma guerra civil, convida Mussolini a formar governo. • Começa então a perseguição, o medo o terror sobre a oposição, o controle dos meios de comunicação, e nas eleições de 1924, o PNF consegue através de fraude a maioria absoluta dos votos. Marcha sobre Roma
  • 4. CARACTERÍSTICAS DO FASCISMO  TOTALITARISMO /AUTORITARISMO - Controlo absoluto da vida dos cidadãos com desprezo absoluto pela liberdade individual ou de grupos. Tudo devia submeter-se ao Estado: Tudo no Estado, Nada fora do Estado, Nada contra o Estado. Tudo era permitido ao Estado- Chege-Partido para assegurar o seu domínio: a censura, a prisão, o assassínio. Crer, Obedecer e Combater era o lema do estado fascista. Ao Chefe, ao “Duce” devia-se obediência cega, pois ele era o guia, o salvador da pátria.  MONOPARTIDARISMO - Só era admitido um partido político, o do Chefe, sendo todos os outros proíbidos. CORPORATIVISMO - Como eram recusados interesses de grupos ou classes, , foram criadas no mundo do trabalho as CORPORAÇÕES, organismos dominados pelo estado e que agrupavam trabalhadores e patrões. As greves foram proíbidas, os salários controlados.  ULTRANACIONALISMO e MILITARISMO - Exagero na glorificação do passado, criação da ideia de superioridade da nação, do povo, educação desde tenra idade em valores como o militarismo, a obediência cega, o morrer pela pátria.
  • 5. O Fascismo em Imagens
  • 6.
  • 7. HITLER E A ASCENSÃO DO NAZISMO NA ALEMANHA No final da 1ª Guerra a Alemanha tornou-se uma democracia, a “República de Weimar (1919-1933). Apesar de todos os esforços de recuperação , a Alemanha apresentava várias dificuldades:  O pagamento das indeminazões estabelecidas no Tratado de Versalhes, aos países aliados A ocupação da rica zona do Ruhr pela França, como forma de obrigar ao pagamento das indeminizações  As consequências terríveis da “Grande Depressão” na economia, que fez com que os americanos retirassem capitais, que no comércio baixassem drasticamente as exportações, que as falências de empresas se tornassem frequentes, que a taxa de desemprego disparasse para números elevados ( 6 milhões em 1931) que a miséria, e a fome começassem a surgir. A instabilidade política, as manifestações, as greves, a violência, tornaram a Alemanha praticamente ingovernável. É neste contexto que pequenos partidos de extrema-direita e extrema-esquerda , aproveitam para aparecer e procurar afirmar-se na sociedade alemã, entre eles o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (Partido Nazi), dirigido desde 1921 por Adolfo Hitler
  • 8. HITLER E A ASCENSÃO DO NAZISMO NA ALEMANHA 2 • Em 1923, no estado da Baviera Hitler e os Nazis tentam tomar o poder pela força, mas Comício Nazi não consegue. É preso. Na prisão escreve o livro “ Mein Kampf”, onde escreve exprime das suas ideias, entre elas, o desejo de tornar a Alemanha na “Grande Alemanha”, ou seja, o sonho do antigo Império Alemão, a pureza da raça ariana e o ódio aos Judeus que acusa de todos os males da Alemanha. • Sai da prisão e através de intensa propaganda (desfiles, manifestações, cartazes ), da intimidação e violência realizada pelas mílicias armadas nazis “Os Mein Kampf – A minha Luta camisas castanhas”, mas sobretudo das promessas de acabar com o desemprego, de acabar com as cláusulas do humilhante Tratado de Versalhes, de terminar com o poder dos Judeus, Hitler consegue a pouco e pouco o apoio dos desempregados , dos agricultores, da pequena e média burguesia e Cartaz de propaganda eleitoral sobretudo de alguns grandes industriais que com medo do Comunismo, vão apoiar com dinheiro o Partido Nazi. • Em 1932 nas eleições, o Partido Nazi vence com maioria e em 1933, Hitler é nomeado Chanceler. Em 1934, com a morte do Presidente Hindenburgo, Hitler torna-se o “FUHRER”, o chefe absoluto. Os Judeus – A peste do Mundo Grande parada e desfile nazi
  • 9. HITLER E A ASCENSÃO DO NAZISMO NA ALEMANHA 3 Começa a ditadura nazi na Alemanha. • Os partidos políticos e sindicatos são proíbidos. • As raças conside • radas inferiores como os Judeus ou Ciganos começam a ser perseguidas. • O regime nazi começa uma intensa campanha de propaganda : “ UM POVO, UM IMPÉRIO, UM CHEFE” . • O desemprego é atacado, obrigando As SS As S A as mulheres alemãs a regressar ao lar, ao rearmamento da Alemanha e como © Prof. Arlindo tal ao emprego na indústria, Vieira principalmente de armamento, de milhões de desempregados, ao grande A Gestapo aumento de elementos da polícia e O Anti-Semitismo A família alemã A “Grande Alemanha” serviços nazis, ao serviço militar obrigatório e à construção da poderosa máquina de guerra que vai ser o exército alemão. • Para impor a sua autoridade, o totalitarismo de estado, Hitler assenta o seu poder nas: • SS (Secções de Segurança) • SA (Secções de assalto) • GESTAPO (a polícia política do regime).