SlideShare uma empresa Scribd logo
MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE
BRÁS CUBAS (MACHADO DE ASSIS)
Capítulo XIV/ O PRIMEIRO BEIJO
SEQUÊNCIA DIDÁTICA
 Num primeiro momento lançaríamos o tema do
“primeiro beijo” que para todas as pessoas, é uma
grande expectativa, porque todos já fomos
adolescentes.
 A partir das discussões que serão suscitadas, das
experiências que, com certeza surgirão, está dado
o pontapé inicial para a posterior leitura do texto
eleito.
 (ativação de conhecimentos de mundo;
antecipação ou predição; checagem de hipóteses)
HABILIDADE D1 – LOCALIZAR INFORMAÇÕES
EXPLÍCITAS NO TEXTO
1) A partir da leitura do texto é possível traçar o
perfil físico e psicológico do narrador. Descreva-
os:
. Brás Cubas, o clássico adolescente, senhor de si,
julgando-se quase um Dom Juan (bonito,
charmoso e com as mulheres as seus pés),
porém toda sua sensualidade e segurança cai
por terra ao se deparar com uma jovem mais
velha e mais experiente. Paixão imediata
HABILIDADE H16 – ESTABELECER RELAÇÃO DE
CAUSA E CONSEQUÊNCIA ENTRE INFORMAÇÕES
SUBENTENDIDAS OU PRESSUPOSTAS E
DISTRIBUÍDAS AO LONGO DO TEXTO.
2) Levando-se em conta o contexto de produção do
romance:
a) Por que o jovem narrador se rende aos encantos
de Marcela?
 Marcela difere das jovens casadoiras da
sociedade da época por seu jeito despojado, a
sensualidade característica das mulheres
espanholas e o tom quase vulgar com o qual
seleciona um para entre seus muitos
pretendentes.
b) Considerando a descrição feita sobre moça e o
momento vivido por Brás Cubas, que tipo de
relação poderá ser estabelecida entre eles?
(trecho do filme em que aparece a forma como
Marcela seleciona os rapazes de seu interesse).
 Marcela só demonstrará interesse por Brás se
vislumbrar a possibilidade de tirar vantagem
financeira dessa relação e o jovem, por sua vez,
assim que estiverem satisfeitas suas
expectativas, e o romance cair na rotina,
perceberá que foi apenas usado por ela.
HABILIDADE H12 – INFERIR OPINIÕES
OU CONCEITOS PRESSUPOSTOS OU
SUBENTENDIDOS EM UM TEXTO
 Faríamos um momento de discussão para
perceber os conceitos que a sociedade da época
tinha sobre esse tipo de moça e a comparação com
a atualidade
 Talvez a apresentação de imagens com
“Ronaldinho Gaúcho” e suas “namoradas”
 nathybuenorosa2@hotmail.com
 elianampcosta@yahoo.com.br
 Marinalva.narducci@hotmail.com
 Prof.susie@gmail.com
 zerreira@yahoo.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás Cubas
Slides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás CubasSlides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás Cubas
Slides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás Cubas
Kalyne Saadh
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
Igorabelardo1997
 
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Memórias Póstumas de Brás CubasMemórias Póstumas de Brás Cubas
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Rita Ribeiro
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
Andre Guerra
 
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)
Edenilson Morais
 
Memórias póstumas de brás cubas (1)hugo
Memórias póstumas de brás cubas (1)hugoMemórias póstumas de brás cubas (1)hugo
Memórias póstumas de brás cubas (1)hugo
teresakashino
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
Gabriel Alves
 
Memórias póstulas de brás cubas
Memórias póstulas de brás cubasMemórias póstulas de brás cubas
Memórias póstulas de brás cubas
kaahfiore
 
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Memórias Póstumas de Brás  Cubas Memórias Póstumas de Brás  Cubas
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Cláudia Heloísa
 
Livros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubas
Livros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubasLivros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubas
Livros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubas
Anna Vaz Boechat
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
Gabriela Rovani
 
Memorias postumas de_bras_cubas - ok
Memorias postumas de_bras_cubas - okMemorias postumas de_bras_cubas - ok
Memorias postumas de_bras_cubas - ok
Claudia Lazarini
 
Memórias postumas joao e gabriel 2 (2)
Memórias postumas joao  e gabriel 2 (2)Memórias postumas joao  e gabriel 2 (2)
Memórias postumas joao e gabriel 2 (2)
teresakashino
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
Marcelo Andrade Santos
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
Seduc/AM
 
Morangos mofados
Morangos mofadosMorangos mofados
Morangos mofados
Andre Guerra
 
Memórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubasMemórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubas
VIVIAN TROMBINI
 
Slide Dom Casmurro
Slide Dom CasmurroSlide Dom Casmurro
Slide Dom Casmurro
clemildapetrolina
 
Aula memórias póstumas de brás cubas machado de assis
Aula memórias póstumas de brás cubas   machado de assisAula memórias póstumas de brás cubas   machado de assis
Aula memórias póstumas de brás cubas machado de assis
B Vidal
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
Silvia Fontoura
 

Mais procurados (20)

Slides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás Cubas
Slides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás CubasSlides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás Cubas
Slides Seminário de Literatura Brasileira_ Memorias Póstumas de Brás Cubas
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
 
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Memórias Póstumas de Brás CubasMemórias Póstumas de Brás Cubas
Memórias Póstumas de Brás Cubas
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
 
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis (slides)
 
Memórias póstumas de brás cubas (1)hugo
Memórias póstumas de brás cubas (1)hugoMemórias póstumas de brás cubas (1)hugo
Memórias póstumas de brás cubas (1)hugo
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
 
Memórias póstulas de brás cubas
Memórias póstulas de brás cubasMemórias póstulas de brás cubas
Memórias póstulas de brás cubas
 
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Memórias Póstumas de Brás  Cubas Memórias Póstumas de Brás  Cubas
Memórias Póstumas de Brás Cubas
 
Livros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubas
Livros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubasLivros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubas
Livros fuvest 2013apresentação memórias póstumas de brás cubas
 
Memórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás CubasMemórias póstumas de Brás Cubas
Memórias póstumas de Brás Cubas
 
Memorias postumas de_bras_cubas - ok
Memorias postumas de_bras_cubas - okMemorias postumas de_bras_cubas - ok
Memorias postumas de_bras_cubas - ok
 
Memórias postumas joao e gabriel 2 (2)
Memórias postumas joao  e gabriel 2 (2)Memórias postumas joao  e gabriel 2 (2)
Memórias postumas joao e gabriel 2 (2)
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
 
Memórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubasMemórias póstumas de brás cubas
Memórias póstumas de brás cubas
 
Morangos mofados
Morangos mofadosMorangos mofados
Morangos mofados
 
Memórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubasMemórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubas
 
Slide Dom Casmurro
Slide Dom CasmurroSlide Dom Casmurro
Slide Dom Casmurro
 
Aula memórias póstumas de brás cubas machado de assis
Aula memórias póstumas de brás cubas   machado de assisAula memórias póstumas de brás cubas   machado de assis
Aula memórias póstumas de brás cubas machado de assis
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 

Semelhante a Memórias póstumas de brás cubas (machado de

Sandra maria pastro
Sandra maria pastroSandra maria pastro
Sandra maria pastro
Lucas Magalhães
 
Aula 16 machado de assis
Aula 16   machado de assisAula 16   machado de assis
Aula 16 machado de assis
Jonatas Carlos
 
realismo-e-naturalismo-resumoparaaprovax
realismo-e-naturalismo-resumoparaaprovaxrealismo-e-naturalismo-resumoparaaprovax
realismo-e-naturalismo-resumoparaaprovax
FernandaRibeiro419723
 
Portal Prof. Jorge - Realismo brasileiro
Portal Prof. Jorge - Realismo brasileiroPortal Prof. Jorge - Realismo brasileiro
Portal Prof. Jorge - Realismo brasileiro
Jonathan Azevedo
 
Aula 11 conto e fábula
Aula 11  conto e fábulaAula 11  conto e fábula
Aula 11 conto e fábula
Sonia Maria Martins Cassiolato
 
Missa do galo - Maísa Franco
Missa do galo - Maísa FrancoMissa do galo - Maísa Franco
Missa do galo - Maísa Franco
Maisa Franco
 
Análise de "Infância", de graciliano ramos
Análise de "Infância", de graciliano ramosAnálise de "Infância", de graciliano ramos
Análise de "Infância", de graciliano ramos
ma.no.el.ne.ves
 
Idelvania slides
Idelvania slidesIdelvania slides
Idelvania slides
rosemari dunck
 
SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
anaclarabalelo
 
Slide e..(1)
Slide   e..(1)Slide   e..(1)
Slide e..(1)
Martielly Cavalcanti
 
Sequência as várias faces do amor
Sequência   as várias faces do amorSequência   as várias faces do amor
Sequência as várias faces do amor
Monalisa Barboza
 
Sequência - As várias faces do amor
Sequência - As várias faces do amorSequência - As várias faces do amor
Sequência - As várias faces do amor
Pibid-Letras Córdula
 
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologiasLinguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
jullyvi
 
Apresentação3 guilherme e rafaela
Apresentação3 guilherme e rafaelaApresentação3 guilherme e rafaela
Apresentação3 guilherme e rafaela
teresakashino
 
Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia bruna - professora...
Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia   bruna - professora...Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia   bruna - professora...
Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia bruna - professora...
Isabella Silva
 
Meu primeiro-beijo
Meu primeiro-beijoMeu primeiro-beijo
Meu primeiro-beijo
auxiliadoraarlete
 

Semelhante a Memórias póstumas de brás cubas (machado de (16)

Sandra maria pastro
Sandra maria pastroSandra maria pastro
Sandra maria pastro
 
Aula 16 machado de assis
Aula 16   machado de assisAula 16   machado de assis
Aula 16 machado de assis
 
realismo-e-naturalismo-resumoparaaprovax
realismo-e-naturalismo-resumoparaaprovaxrealismo-e-naturalismo-resumoparaaprovax
realismo-e-naturalismo-resumoparaaprovax
 
Portal Prof. Jorge - Realismo brasileiro
Portal Prof. Jorge - Realismo brasileiroPortal Prof. Jorge - Realismo brasileiro
Portal Prof. Jorge - Realismo brasileiro
 
Aula 11 conto e fábula
Aula 11  conto e fábulaAula 11  conto e fábula
Aula 11 conto e fábula
 
Missa do galo - Maísa Franco
Missa do galo - Maísa FrancoMissa do galo - Maísa Franco
Missa do galo - Maísa Franco
 
Análise de "Infância", de graciliano ramos
Análise de "Infância", de graciliano ramosAnálise de "Infância", de graciliano ramos
Análise de "Infância", de graciliano ramos
 
Idelvania slides
Idelvania slidesIdelvania slides
Idelvania slides
 
SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
SLIDE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
 
Slide e..(1)
Slide   e..(1)Slide   e..(1)
Slide e..(1)
 
Sequência as várias faces do amor
Sequência   as várias faces do amorSequência   as várias faces do amor
Sequência as várias faces do amor
 
Sequência - As várias faces do amor
Sequência - As várias faces do amorSequência - As várias faces do amor
Sequência - As várias faces do amor
 
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologiasLinguagens, c¢digos e suas tecnologias
Linguagens, c¢digos e suas tecnologias
 
Apresentação3 guilherme e rafaela
Apresentação3 guilherme e rafaelaApresentação3 guilherme e rafaela
Apresentação3 guilherme e rafaela
 
Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia bruna - professora...
Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia   bruna - professora...Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia   bruna - professora...
Do legado de nossa miséria ao espólio de depurada ironia bruna - professora...
 
Meu primeiro-beijo
Meu primeiro-beijoMeu primeiro-beijo
Meu primeiro-beijo
 

Memórias póstumas de brás cubas (machado de

  • 1. MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS (MACHADO DE ASSIS) Capítulo XIV/ O PRIMEIRO BEIJO
  • 2. SEQUÊNCIA DIDÁTICA  Num primeiro momento lançaríamos o tema do “primeiro beijo” que para todas as pessoas, é uma grande expectativa, porque todos já fomos adolescentes.  A partir das discussões que serão suscitadas, das experiências que, com certeza surgirão, está dado o pontapé inicial para a posterior leitura do texto eleito.  (ativação de conhecimentos de mundo; antecipação ou predição; checagem de hipóteses)
  • 3. HABILIDADE D1 – LOCALIZAR INFORMAÇÕES EXPLÍCITAS NO TEXTO 1) A partir da leitura do texto é possível traçar o perfil físico e psicológico do narrador. Descreva- os: . Brás Cubas, o clássico adolescente, senhor de si, julgando-se quase um Dom Juan (bonito, charmoso e com as mulheres as seus pés), porém toda sua sensualidade e segurança cai por terra ao se deparar com uma jovem mais velha e mais experiente. Paixão imediata
  • 4. HABILIDADE H16 – ESTABELECER RELAÇÃO DE CAUSA E CONSEQUÊNCIA ENTRE INFORMAÇÕES SUBENTENDIDAS OU PRESSUPOSTAS E DISTRIBUÍDAS AO LONGO DO TEXTO. 2) Levando-se em conta o contexto de produção do romance: a) Por que o jovem narrador se rende aos encantos de Marcela?
  • 5.  Marcela difere das jovens casadoiras da sociedade da época por seu jeito despojado, a sensualidade característica das mulheres espanholas e o tom quase vulgar com o qual seleciona um para entre seus muitos pretendentes.
  • 6. b) Considerando a descrição feita sobre moça e o momento vivido por Brás Cubas, que tipo de relação poderá ser estabelecida entre eles? (trecho do filme em que aparece a forma como Marcela seleciona os rapazes de seu interesse).
  • 7.  Marcela só demonstrará interesse por Brás se vislumbrar a possibilidade de tirar vantagem financeira dessa relação e o jovem, por sua vez, assim que estiverem satisfeitas suas expectativas, e o romance cair na rotina, perceberá que foi apenas usado por ela.
  • 8. HABILIDADE H12 – INFERIR OPINIÕES OU CONCEITOS PRESSUPOSTOS OU SUBENTENDIDOS EM UM TEXTO  Faríamos um momento de discussão para perceber os conceitos que a sociedade da época tinha sobre esse tipo de moça e a comparação com a atualidade
  • 9.  Talvez a apresentação de imagens com “Ronaldinho Gaúcho” e suas “namoradas”
  • 10.  nathybuenorosa2@hotmail.com  elianampcosta@yahoo.com.br  Marinalva.narducci@hotmail.com  Prof.susie@gmail.com  zerreira@yahoo.com.br