SlideShare uma empresa Scribd logo
KXH 30 FS - Manual de instalação
Características
01- Conectando fios do motor
W-V-U-FiosdoMotor
Omotorpossui3fios.
O comum (conferir etiqueta no motor) normalmente o de
coramareladeveserconectadonasaídaU.
AssaídasVeWdeterminamosentidoderotaçãodomotor
(direita-esquerda).
Observarqueo1ºcomandodacentraldeveabriroportão.
Casoo1ºcomandofecheoportãoinvertaosfiosVeW.
OBS.: Lembrando que este 1º comando é um padrão de
teste da fábrica, caso esta central já tenha sido ligada, ela
vai ficar armazenada o último fim de curso acionado
(abertooufechado)
Para fazer este teste, deixe o portão aberto pela metade e
acione.
02- Conectando rede e capacitor
N/F-Entrada90-240V~ac
Fonteautomática
Entrada de tensão já interceptada por
um disjuntor bipolar de 10A ou, e
providenciar o aterramento do
equipamento.
CAP-CapacitordePartida
Capacitor de acordo com a potência do
motor verifique na etiqueta do motor,
osfiosnãopossuempolaridade.
Novo imã sensor hall
03-Fim de curso Hall
SENSOR HALL
FimdecursoSENSORHALL
O sensor hall identifica a polaridade dos
imãs, norte e sul. Antes de fixar os imãs,
identifique o FA e o FF, para isso movimente
o imã sobre a cremalheira até passar em
frente ao sensor hall que irá acender o led
verde "FA" ou vermelho "FF". (Caso os dois
imãs acenda o mesmo led escolha um dos
imãsparainverterapolaridade.)
04- Acessórios - 12v/GND
Saída GND-12V
Sáida para alimentação das placas
acessórios ROSSI, placa luz de garagem,
placa driver, placa fechadura, Fotocélula
SIA30.
SaídaFCH-Fechadura
para interligar placa acessório fechadura,
éobrigatóriohabilitaro Dip2
05 - Botoeira externa - Sinaleira e Luz de Garagem
SIN- Sinaleira
consiste em interligar uma sinaleira com
a central do portão utilizando os bornes
SIN-GNDe12Vcc.
SaídaSIN-Luzdegaragem.
para interligar placa acessório LUZ de
Garagem,utilizeosbornes
SIN-GNDe12Vcc.
BOT/GND
• A Botoeira consiste em instalar um botão de pulso (tipo
campainha) no borne (BOT) da central ou interligar uma
Receptora.
“ABotoeiraéutilizadaparaacionamentomanualemguaritas,
acionamento pelo interfone ou eventual necessidade de
acionamentoádistânciaporbotãoexterno.”
GND/ANT
Cabocoaxial
2ou3M
07- Antena
16cm
• Antena de recepção de freqüências, conecte a parte
descascadadofiode16cmnoborner- ANT
• Caso necessite de um alcance maior, conecte um cabo
coaxialde2ou3mnaentradadaantena:
- Na parte superior do cabo você deve descobrir o núcleo
em16cm.
Na parte de conexão com a central você deve colocar o
núcleo no borne ANT e a malha no GND, como no
desenhodacentral.
06 - Ajuste de Embreagem
EMB-Ajustedeembreagem
• Ajusteotrimpotnomínimo;
• Acioneomotorpelocontroleremoto;
• Aumente gradativamente a força do acionador até
quemovaoportão;
• Ajuste o trimpot pouco acima do necessário para
moveroportão.
Central Microprocessada
FREIO-Ajustedeníveis
Acentralpossui5níveisdefreioeletrônico.
Pressione e solte o botão AJUSTE, com intervalos menores de
1seg.deacordocomoníveldesejado.
Nível1= 25%defreio-Pressione1vez
Nível2= 50%defreio-Pressione2vezes
Nível3= 75%defreio-Pressione3vezes
Nível4= 100%defreio-Pressione4vezes
Nível5= semfreio-Pressione5vezes
OBS.: Ao termino de cada ajuste espere 2seg. e o LED ST
piscaráindicadoemquenívelestáprogramado.
Ajuste de Freio Eletrônico
Versão 1.2 ano 2014
FUNÇÃO
FAIL SAFESensor Hall e Fonte Automática
Antena
Botoeira
GND Comum
12VccSaída 12Vcc
Neutro
Entrada
100 - 220V~ ac
Fase
Capacitor de Partida
Fios do Motor
Entrada Fotocélula - SIA30
Saída Para Placa Fechadura
Comum fio amarelo
GND
Luz de garagem / Sinaleira
Ajuste de Embreagem
Botão Aprender / Apagar
Led - ST
Sensor Hall
Parada Suave - 1
Habilitar Fechadura - 2
Pausa (fechamento automático) - 3
Predial / Residencial - 4
Negativo(-) TX da fotocélula
Botão de Ajuste
- Freio
- Parada suave
Obs: Para compatibilidade com
as versões anteriores fechar o Jumper
Jumper-
Led Verde - FA
(Fim de Curso Aberto)
Led Vermelho - FF
(Fim de Curso Fechado)
- Fonte automática 90V - 240V ~ ac
- Fim de curso sensor HALL
- Memória interna para 30 botões
- Sistema de recepção HCS, anti-clonagem
- Frequência de recepção 433 Mhz
- Função residencial e predial
- Fechamento automático regulável (Pausa)
- Partida suave
- Parada suave programável
- Botoeira
- Embreagem eletrônica regulável
- Apaga botão invidual da chave de acesso
- Saída para sinaleira
- Entrada para fotocélula FS
- Saída fechadura (FHC)
- Saída para luz de garagem
- Freio eletrônico programável
1
2
3
4
1 - Parada Suave
2 - Fechadura
3 - Pausal
4 - Predial
•1-Paradasuave
Diminui a velocidade do portão pouco antes de chegar ao fim de curso, com dois níveis de
intensidade,portãoleveoupesado.
parahabilitarcoloqueoDIP1emONeaperteobotãoAJUSTE
(6vezes-portãoleve)ou(7vezesparavoltaraonívelnorma).
Obs:saidefábricanonível7.
•2-Fechadura
A programação fechadura quando habilitada faz com que a central, após receber um
comando de abertura, primeiramente mande um pulso para abrir a fechadura e logo após
algunssegundoscomeçaabriroportão.
•3-Fechamentoautomático(pausa)
coloque a chave da pausa na posição ON e dê o comando de abertura.Ao atingir o fim de
curso aberto (FA ) o led ST começará a piscar em intervalos de 1 segundo, deixe
transcorrer o tempo desejado para o valor de pausa e dê o comando novamente. Cada
piscada indica 1 segundo decorrido até 12h (Ex.: Se o led piscar 20 vezes, significa que o
tempo de pausa será de 20 segundos. Após realizada esta operação, a pausa estará
programada, toda abertura que ocorrer e decorrer no tempo programado será fechado
automaticamenteoportão.)
Para desabilitar esse recurso, basta colocar a chave da pausa na posição OFF. No
próximo comando a pausa será desabilitada. (para este tipo de configuração, é de extrema
importância,paraasegurançadousuário,utilizarsensoresdebarreira‘SIA30'.)
•4- Predial
Predial - coloque a chave da pausa na posição ON - Todo comando abre o portão, que só
fecha por fechamento automático, o qual só irá parar no fim de curso aberto, se houver
outrocomandoduranteaabertura,acentralignorará.Apósoportãochegaraofimdecurso
aberto será iniciado a contagem de tempo de fechamento automático, o portão só irá
fechar após decorrido o tempo programado. Se houver comando do controle remoto ou de
botoeira, será zerado o tempo, iniciando a contagem novamente. Se o portão estiver
fechando, qualquer comando fará o portão para e torna abrir. (Obs.: No modo predial o
fechamento automático é habilitado automáticamente, basta regular o tempo no 1º
comando.) Residencial - Aceita todos os comandos do controle e botoeira (1º - comando
abre,2º-para,3º-fecha
Desabilitado
08 - Programação do Dip
1
2
3
4
ON
Habilitado
OFF
1º - O instalador deve seguir todas as instruções contidas neste manual.
2º- Mantenha os comandos do equipamento automático (botões de comando, controle remoto
etc.)foradoalcancedecrianças.
3º-Efetueasoperaçõesdecomandoapartirdepontosondeoportãoautomáticosejavisível.
4º-Utilizeoscontrolesremotossomentesepuderavistaroportãoautomático.
5º - Advertência: A ROSSI não assume nenhuma responsabilidade por eventuais danos
provocados pela não observância, na ocasião da instalação, das normas de segurança e das leis
atualmenteemvigor.NBR5410:1997-ABNT-AssociaçãoBrasileiradeNormasTécnicas.
6º - Este manual é dirigido exclusivamente a pessoal especializado que tenha conhecimento dos
critériosdefabricaçãoedosdispositivosdeproteçãocontraacidentesrelativosàportõeseportas
motorizadas.
7ºSenãoforprevistonoquadroelétrico,instaleantesdessaum interruptor do tipo
disjunto bipolar com abertura mínima dos contatos igual a 3mm, de uma marca que esteja em
conformidadecomasnormasinternacionaiseprovidenciaroaterramentodoequipamento.
8º Para a seção dos cabos a ROSSI recomenda utilizar uma seção mínima de 2,5mm e
observandoaindaasleivigentesnopaís.
9°Guardarestemanualparaeventualconsultafutura
10ºEste aparelho não se destina à utilização por pessoas (inclusive crianças) com capacidades
físicas, sensoriais ou mentais reduzida. ou por pessoas com falta de experiência e
conhecimento, a menos que tenha recebido instruções referente à utilização do aparelho ou
estejasobasupervisãodeumapessoaresponsávelpelasuasegurança.
11º Recomenda-se que crianças sejam vigiadas para assegurar que elas não estejam brincado
comoaparelho.
12° O instalador deve informar todas as informações relativas ao funcionamento automático,
destravamentodeemergênciaeentregaromanualdousuáriocomasdevidasinformações.
13º É obrigatório o uso do sensor infravermelhoAtivo - SIA30 , para ativar o sistema de proteção
anti aprisionamento e permitir o funcionamento da central KXH 30FS, evitando colisão com
obstáculoseacidentescompessoasoubensmateriais.
14º Não usar equipamento se este necessitar de ajuste ou manutenção.
15ºDesconectaroequipamentodaenergiaquandoforfazerlimpezaoumanutenção.
16ºChecarseatemperaturadoequipamentoeindicadoaolocalondeseráusado.
11 - Fixação da Central
09 - Gravar chave de acesso digital
LED ST
APRENDER
03
Central fixada com parafuso
02
fixação da central
01
encaixe da central
fixação da central
KXH 30FS
Central Microprocessada
V1.2 - 14
Indústrias Rossi Eletromecânica S/A - ADE cj. 05 Lts 29/30
Águas Claras-DF Brasil
CEP.: 71987-180 - CNPJ: 00.736.546/0001-05Cod. 6329 V 1.2 -14
• Freio
• Sensor Hall
• Fonte Automática
Apagarbotõesindividuais:
Este recurso permite apagar da memória da central a codificação,
de maneira independente a do código do TX, sem que os demais
sejam afetados. Para isso o TX deve está em mãos para executar
esse procedimento. Mantenha pressionado o aprender enquanto
apertaobotãodoTXquedesejaapagar.
Obs.:Otempodevesermenorqueparaapagaramemória.
Apagar a memória: Pressione o botão APRENDER e mantenha
pressionado até o LED ST apagar, com esse procedimento você
apagaoscódigosgravados.
LEDST-APRENDER/MEMÓRIA
Gravaçãodachavedeacesso:
•Pressioneesolteobotãoaprendernacentral;
• Com o led acesso, pressione um dos botões da chave ao final da gravação o mesmo piscará indicando
queaprogramaçãofoiaceita
•Repetiroprocessoparagravaroutrosbotões.
10 - Ligação fotocélula - FAIL SAFE
FotocélulafunçãoFAILSAFE.
- AfotocéluladeveserligadaemmodoNormalmenteFechado(NF)
Obs:Paracompatibilidadecomasversõesanteriores fecharoJumper
(usarentradaNA)
-OsensordebarreiraSIA30paraportãodeveserinstaladocomoTransmissoreo Receptor.
-Deveestánamesmaalturaenomesmoalinhamento,alturaidealparainstalaçãoemportõeséde50cm.
-Ainstalaçãodeveserfeitaomaispróximopossíveldoportão.
-Paraalterarasfunçõesdesligueacentral
-AcertificaçãosóéválidacomousodefotocélulasROSSIhomologadas:SIA30/SIA30WS
12vGND
NF CM 12VGND
CM NF
TX-
12vTX-
SIA 30WS.
- ligar o comum da
alimentação da fotocélula
no TX-
Rev. 2 (11/2014)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-up
Mitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-upMitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-up
Mitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-up
jkmsme ekdmm
 
Brasil a nova defesa
Brasil   a nova defesaBrasil   a nova defesa
Brasil a nova defesa
Ricardo Montedo
 
API STD 521-pdf
API STD 521-pdfAPI STD 521-pdf
API STD 521-pdf
Hafiz Akhtar
 
Sew instrucciones de montaje y mtto
Sew instrucciones de montaje y mttoSew instrucciones de montaje y mtto
Sew instrucciones de montaje y mtto
Francisco Javier Estrada
 
Bope
BopeBope
ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1
ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1
ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1
Falcão Brasil
 
Laudo Técnico ( Gasolina )
Laudo Técnico ( Gasolina ) Laudo Técnico ( Gasolina )
Laudo Técnico ( Gasolina )
Lowrrayny Franchesca
 
manual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdf
manual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdfmanual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdf
manual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdf
AntonioDuarte100
 
Mitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-up
Mitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-upMitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-up
Mitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-up
fjkskekkemmmd
 
Equipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações Táticas
Equipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações TáticasEquipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações Táticas
Equipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações Táticas
Falcão Brasil
 
5 rolos alimentadores
5   rolos alimentadores5   rolos alimentadores
5 rolos alimentadores
JEFERSONPIRES2012
 
Q-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhh
Q-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhhQ-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhh
Q-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhh
Levy932163
 
PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...
PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...
PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...
jknmms ekdms
 
Laudo avaliatório 5
Laudo avaliatório 5Laudo avaliatório 5
Laudo avaliatório 5
Marcelo Gandra Falcone
 
Massey ferguson mf 1250 compact tractor ( e50100) parts catalogue manual
Massey ferguson mf 1250 compact tractor (  e50100) parts catalogue manualMassey ferguson mf 1250 compact tractor (  e50100) parts catalogue manual
Massey ferguson mf 1250 compact tractor ( e50100) parts catalogue manual
fjjskekdm
 
Sistemas de Protección Catódica (día 3)
Sistemas de Protección Catódica (día 3)Sistemas de Protección Catódica (día 3)
Sistemas de Protección Catódica (día 3)
Carmelo Sanchez
 
JOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair Manual
JOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair ManualJOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair Manual
JOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair Manual
jkdmuy
 
How to make a vag com cable – obd2 support
How to make a vag com cable – obd2 supportHow to make a vag com cable – obd2 support
How to make a vag com cable – obd2 support
car-diagnostic
 
2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual
2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual
2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual
jhsefnn kjsfem
 
Planilha dos profissionais da atenção básica
Planilha dos profissionais da atenção básicaPlanilha dos profissionais da atenção básica
Planilha dos profissionais da atenção básica
Secom Ilhéus
 

Mais procurados (20)

Mitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-up
Mitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-upMitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-up
Mitsubishi fg25 k forklift trucks service repair manual sn:ef17b 65001-up
 
Brasil a nova defesa
Brasil   a nova defesaBrasil   a nova defesa
Brasil a nova defesa
 
API STD 521-pdf
API STD 521-pdfAPI STD 521-pdf
API STD 521-pdf
 
Sew instrucciones de montaje y mtto
Sew instrucciones de montaje y mttoSew instrucciones de montaje y mtto
Sew instrucciones de montaje y mtto
 
Bope
BopeBope
Bope
 
ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1
ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1
ESTÁGIO BÁSICO DO COMBATENTE DE MONTANHA PPE 08/1
 
Laudo Técnico ( Gasolina )
Laudo Técnico ( Gasolina ) Laudo Técnico ( Gasolina )
Laudo Técnico ( Gasolina )
 
manual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdf
manual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdfmanual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdf
manual- completo-de-operaçao-jlg-800-aj.pdf
 
Mitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-up
Mitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-upMitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-up
Mitsubishi fd40 n forklift trucks service repair manual sn ef12b 00011-up
 
Equipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações Táticas
Equipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações TáticasEquipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações Táticas
Equipamentos Táticos para Técnicas Verticais do Comando de Operações Táticas
 
5 rolos alimentadores
5   rolos alimentadores5   rolos alimentadores
5 rolos alimentadores
 
Q-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhh
Q-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhhQ-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhh
Q-403 - radios Vhf (Falcon III).pptx hhhh
 
PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...
PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...
PERKINS 1106C-E70TA AND 1106D-E70TA INDUSTRIAL ENGINE (Model PV)Service Repai...
 
Laudo avaliatório 5
Laudo avaliatório 5Laudo avaliatório 5
Laudo avaliatório 5
 
Massey ferguson mf 1250 compact tractor ( e50100) parts catalogue manual
Massey ferguson mf 1250 compact tractor (  e50100) parts catalogue manualMassey ferguson mf 1250 compact tractor (  e50100) parts catalogue manual
Massey ferguson mf 1250 compact tractor ( e50100) parts catalogue manual
 
Sistemas de Protección Catódica (día 3)
Sistemas de Protección Catódica (día 3)Sistemas de Protección Catódica (día 3)
Sistemas de Protección Catódica (día 3)
 
JOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair Manual
JOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair ManualJOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair Manual
JOHN DEERE 410B BACKHOE LOADER Service Repair Manual
 
How to make a vag com cable – obd2 support
How to make a vag com cable – obd2 supportHow to make a vag com cable – obd2 support
How to make a vag com cable – obd2 support
 
2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual
2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual
2008 FORD ESCAPE HYBRID Service Repair Manual
 
Planilha dos profissionais da atenção básica
Planilha dos profissionais da atenção básicaPlanilha dos profissionais da atenção básica
Planilha dos profissionais da atenção básica
 

Semelhante a Manual Nano 36 turbo ''Central kxh-30-fs-v-12-14''

P04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdf
P04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdfP04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdf
P04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdf
AlessandroJnior5
 
PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2
PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2
PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2
Nome Sobrenome
 
In 014-rev-2.01
In 014-rev-2.01In 014-rev-2.01
In 014-rev-2.01
Luiz Cruz
 
Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"
Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"
Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"
Luiz Avelar
 
Altivar 31
Altivar 31Altivar 31
Altivar 31
Danilo Magalhães
 
Manual positron1
Manual positron1Manual positron1
Manual positron1
Leandro Concatto
 
C216560 manual-alard-max1
C216560 manual-alard-max1C216560 manual-alard-max1
C216560 manual-alard-max1
Fagner Martins
 
Manual alarme aw-201
Manual   alarme   aw-201Manual   alarme   aw-201
Manual alarme aw-201
paulo cesar pacheco
 
Manual anm 2004_2008_mf_01_12_site
Manual anm 2004_2008_mf_01_12_siteManual anm 2004_2008_mf_01_12_site
Manual anm 2004_2008_mf_01_12_site
euromaxsecurity
 
Apostila informativos técnicos s15
Apostila informativos técnicos   s15Apostila informativos técnicos   s15
Apostila informativos técnicos s15
confidencial
 
Manual centrais_de_comando
 Manual centrais_de_comando Manual centrais_de_comando
Manual centrais_de_comando
Ronaldo Ostermann
 
Manual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CE
Manual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CEManual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CE
Manual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CE
Nome Sobrenome
 
MANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORES
MANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORESMANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORES
MANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORES
9kmw48dx9k
 
Manual turnigy9x
Manual turnigy9xManual turnigy9x
Manual turnigy9x
Joao Cordeiro
 
Manualturnigy9x 161031030043
Manualturnigy9x 161031030043Manualturnigy9x 161031030043
Manualturnigy9x 161031030043
ShirlenPaulino
 
WEG W MAGNET quick-guide
WEG W MAGNET quick-guideWEG W MAGNET quick-guide
WEG W MAGNET quick-guide
Daniel García
 
Chiller
ChillerChiller
Dicas gerais
Dicas geraisDicas gerais
Dicas gerais
Sergio Favaro
 
Apostila informativos técnicos ps1-as1
Apostila informativos técnicos   ps1-as1Apostila informativos técnicos   ps1-as1
Apostila informativos técnicos ps1-as1
confidencial
 
167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf
167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf
167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf
AndersonBombista1
 

Semelhante a Manual Nano 36 turbo ''Central kxh-30-fs-v-12-14'' (20)

P04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdf
P04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdfP04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdf
P04973_Central_TriflexConnectBrushless_REV2_1687452479211.pdf
 
PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2
PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2
PPA - MANUAL TRIFLEX CONNECT P04722 rev2
 
In 014-rev-2.01
In 014-rev-2.01In 014-rev-2.01
In 014-rev-2.01
 
Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"
Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"
Manual da Central Placa para Portão Automático Modelo AC-4 "acton"
 
Altivar 31
Altivar 31Altivar 31
Altivar 31
 
Manual positron1
Manual positron1Manual positron1
Manual positron1
 
C216560 manual-alard-max1
C216560 manual-alard-max1C216560 manual-alard-max1
C216560 manual-alard-max1
 
Manual alarme aw-201
Manual   alarme   aw-201Manual   alarme   aw-201
Manual alarme aw-201
 
Manual anm 2004_2008_mf_01_12_site
Manual anm 2004_2008_mf_01_12_siteManual anm 2004_2008_mf_01_12_site
Manual anm 2004_2008_mf_01_12_site
 
Apostila informativos técnicos s15
Apostila informativos técnicos   s15Apostila informativos técnicos   s15
Apostila informativos técnicos s15
 
Manual centrais_de_comando
 Manual centrais_de_comando Manual centrais_de_comando
Manual centrais_de_comando
 
Manual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CE
Manual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CEManual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CE
Manual PPA - P16261 - automatizadores deslizantes CE
 
MANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORES
MANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORESMANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORES
MANUAL CENTRAL GAREN TSI PRO AUTOMOTIZADORES
 
Manual turnigy9x
Manual turnigy9xManual turnigy9x
Manual turnigy9x
 
Manualturnigy9x 161031030043
Manualturnigy9x 161031030043Manualturnigy9x 161031030043
Manualturnigy9x 161031030043
 
WEG W MAGNET quick-guide
WEG W MAGNET quick-guideWEG W MAGNET quick-guide
WEG W MAGNET quick-guide
 
Chiller
ChillerChiller
Chiller
 
Dicas gerais
Dicas geraisDicas gerais
Dicas gerais
 
Apostila informativos técnicos ps1-as1
Apostila informativos técnicos   ps1-as1Apostila informativos técnicos   ps1-as1
Apostila informativos técnicos ps1-as1
 
167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf
167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf
167464917-Treinamento-Do-Modulo-FR-Cabine.pdf
 

Mais de Luiz Avelar

14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf
14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf
14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf
Luiz Avelar
 
13 - DRE.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
13 - DRE.pdf  FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.13 - DRE.pdf  FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
13 - DRE.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf FONTE TRILLIO lá vc compra...
5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf  FONTE TRILLIO lá vc compra...5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf  FONTE TRILLIO lá vc compra...
5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf FONTE TRILLIO lá vc compra...
Luiz Avelar
 
4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
Luiz Avelar
 
Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.
Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.
Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.
Luiz Avelar
 
Sistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdf
Sistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdfSistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdf
Sistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdf
Luiz Avelar
 
Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...
Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...
Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...
Luiz Avelar
 
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Luiz Avelar
 
Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...
Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...
Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...
Luiz Avelar
 
Revisão Matemática financeira, sistema de amortização constante, razão, porc...
Revisão Matemática financeira,  sistema de amortização constante, razão, porc...Revisão Matemática financeira,  sistema de amortização constante, razão, porc...
Revisão Matemática financeira, sistema de amortização constante, razão, porc...
Luiz Avelar
 
Introdução à Matemática Financeira_un1.pdf
Introdução à Matemática  Financeira_un1.pdfIntrodução à Matemática  Financeira_un1.pdf
Introdução à Matemática Financeira_un1.pdf
Luiz Avelar
 
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdfDescontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Luiz Avelar
 
Série de Pagamentos==MFN_un3.pdf
Série de Pagamentos==MFN_un3.pdfSérie de Pagamentos==MFN_un3.pdf
Série de Pagamentos==MFN_un3.pdf
Luiz Avelar
 
Equivalência de Capitais e Planos de Pagamento==MFN_un4.pdf
Equivalência de Capitais e  Planos de Pagamento==MFN_un4.pdfEquivalência de Capitais e  Planos de Pagamento==MFN_un4.pdf
Equivalência de Capitais e Planos de Pagamento==MFN_un4.pdf
Luiz Avelar
 

Mais de Luiz Avelar (20)

14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf
14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf
14 - Sistema de amortização de financiamento.pdf
 
13 - DRE.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
13 - DRE.pdf  FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.13 - DRE.pdf  FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
13 - DRE.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
12 - Perpetuidade.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
11 - Séries uniformes.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
7 - Indexador + Spread.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
8 - TJLP.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
6 - Taxa de mercado + DI.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf FONTE TRILLIO lá vc compra...
5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf  FONTE TRILLIO lá vc compra...5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf  FONTE TRILLIO lá vc compra...
5 - Comparação entre juros simples e composto.pdf FONTE TRILLIO lá vc compra...
 
4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
4 - Juros compostos.pdf FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
3 - Juros simples.pdf. FONTE TRILLIO la vc compra esse curso top e outros.
 
Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.
Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.
Matemática Financeira.pdf. Dinheiro no tempo.
 
Sistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdf
Sistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdfSistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdf
Sistema de Amortização Misto (SAM)-MFN_un7Edit(2).pdf
 
Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...
Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...
Elementos básicos de matemática financeira e respostas dos exercicios. Profes...
 
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
 
Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...
Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...
Sistema de amortização constante e exercicios Matemática financeira . Profess...
 
Revisão Matemática financeira, sistema de amortização constante, razão, porc...
Revisão Matemática financeira,  sistema de amortização constante, razão, porc...Revisão Matemática financeira,  sistema de amortização constante, razão, porc...
Revisão Matemática financeira, sistema de amortização constante, razão, porc...
 
Introdução à Matemática Financeira_un1.pdf
Introdução à Matemática  Financeira_un1.pdfIntrodução à Matemática  Financeira_un1.pdf
Introdução à Matemática Financeira_un1.pdf
 
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdfDescontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
 
Série de Pagamentos==MFN_un3.pdf
Série de Pagamentos==MFN_un3.pdfSérie de Pagamentos==MFN_un3.pdf
Série de Pagamentos==MFN_un3.pdf
 
Equivalência de Capitais e Planos de Pagamento==MFN_un4.pdf
Equivalência de Capitais e  Planos de Pagamento==MFN_un4.pdfEquivalência de Capitais e  Planos de Pagamento==MFN_un4.pdf
Equivalência de Capitais e Planos de Pagamento==MFN_un4.pdf
 

Último

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 

Último (20)

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 

Manual Nano 36 turbo ''Central kxh-30-fs-v-12-14''

  • 1. KXH 30 FS - Manual de instalação Características 01- Conectando fios do motor W-V-U-FiosdoMotor Omotorpossui3fios. O comum (conferir etiqueta no motor) normalmente o de coramareladeveserconectadonasaídaU. AssaídasVeWdeterminamosentidoderotaçãodomotor (direita-esquerda). Observarqueo1ºcomandodacentraldeveabriroportão. Casoo1ºcomandofecheoportãoinvertaosfiosVeW. OBS.: Lembrando que este 1º comando é um padrão de teste da fábrica, caso esta central já tenha sido ligada, ela vai ficar armazenada o último fim de curso acionado (abertooufechado) Para fazer este teste, deixe o portão aberto pela metade e acione. 02- Conectando rede e capacitor N/F-Entrada90-240V~ac Fonteautomática Entrada de tensão já interceptada por um disjuntor bipolar de 10A ou, e providenciar o aterramento do equipamento. CAP-CapacitordePartida Capacitor de acordo com a potência do motor verifique na etiqueta do motor, osfiosnãopossuempolaridade. Novo imã sensor hall 03-Fim de curso Hall SENSOR HALL FimdecursoSENSORHALL O sensor hall identifica a polaridade dos imãs, norte e sul. Antes de fixar os imãs, identifique o FA e o FF, para isso movimente o imã sobre a cremalheira até passar em frente ao sensor hall que irá acender o led verde "FA" ou vermelho "FF". (Caso os dois imãs acenda o mesmo led escolha um dos imãsparainverterapolaridade.) 04- Acessórios - 12v/GND Saída GND-12V Sáida para alimentação das placas acessórios ROSSI, placa luz de garagem, placa driver, placa fechadura, Fotocélula SIA30. SaídaFCH-Fechadura para interligar placa acessório fechadura, éobrigatóriohabilitaro Dip2 05 - Botoeira externa - Sinaleira e Luz de Garagem SIN- Sinaleira consiste em interligar uma sinaleira com a central do portão utilizando os bornes SIN-GNDe12Vcc. SaídaSIN-Luzdegaragem. para interligar placa acessório LUZ de Garagem,utilizeosbornes SIN-GNDe12Vcc. BOT/GND • A Botoeira consiste em instalar um botão de pulso (tipo campainha) no borne (BOT) da central ou interligar uma Receptora. “ABotoeiraéutilizadaparaacionamentomanualemguaritas, acionamento pelo interfone ou eventual necessidade de acionamentoádistânciaporbotãoexterno.” GND/ANT Cabocoaxial 2ou3M 07- Antena 16cm • Antena de recepção de freqüências, conecte a parte descascadadofiode16cmnoborner- ANT • Caso necessite de um alcance maior, conecte um cabo coaxialde2ou3mnaentradadaantena: - Na parte superior do cabo você deve descobrir o núcleo em16cm. Na parte de conexão com a central você deve colocar o núcleo no borne ANT e a malha no GND, como no desenhodacentral. 06 - Ajuste de Embreagem EMB-Ajustedeembreagem • Ajusteotrimpotnomínimo; • Acioneomotorpelocontroleremoto; • Aumente gradativamente a força do acionador até quemovaoportão; • Ajuste o trimpot pouco acima do necessário para moveroportão. Central Microprocessada FREIO-Ajustedeníveis Acentralpossui5níveisdefreioeletrônico. Pressione e solte o botão AJUSTE, com intervalos menores de 1seg.deacordocomoníveldesejado. Nível1= 25%defreio-Pressione1vez Nível2= 50%defreio-Pressione2vezes Nível3= 75%defreio-Pressione3vezes Nível4= 100%defreio-Pressione4vezes Nível5= semfreio-Pressione5vezes OBS.: Ao termino de cada ajuste espere 2seg. e o LED ST piscaráindicadoemquenívelestáprogramado. Ajuste de Freio Eletrônico Versão 1.2 ano 2014 FUNÇÃO FAIL SAFESensor Hall e Fonte Automática Antena Botoeira GND Comum 12VccSaída 12Vcc Neutro Entrada 100 - 220V~ ac Fase Capacitor de Partida Fios do Motor Entrada Fotocélula - SIA30 Saída Para Placa Fechadura Comum fio amarelo GND Luz de garagem / Sinaleira Ajuste de Embreagem Botão Aprender / Apagar Led - ST Sensor Hall Parada Suave - 1 Habilitar Fechadura - 2 Pausa (fechamento automático) - 3 Predial / Residencial - 4 Negativo(-) TX da fotocélula Botão de Ajuste - Freio - Parada suave Obs: Para compatibilidade com as versões anteriores fechar o Jumper Jumper- Led Verde - FA (Fim de Curso Aberto) Led Vermelho - FF (Fim de Curso Fechado) - Fonte automática 90V - 240V ~ ac - Fim de curso sensor HALL - Memória interna para 30 botões - Sistema de recepção HCS, anti-clonagem - Frequência de recepção 433 Mhz - Função residencial e predial - Fechamento automático regulável (Pausa) - Partida suave - Parada suave programável - Botoeira - Embreagem eletrônica regulável - Apaga botão invidual da chave de acesso - Saída para sinaleira - Entrada para fotocélula FS - Saída fechadura (FHC) - Saída para luz de garagem - Freio eletrônico programável
  • 2. 1 2 3 4 1 - Parada Suave 2 - Fechadura 3 - Pausal 4 - Predial •1-Paradasuave Diminui a velocidade do portão pouco antes de chegar ao fim de curso, com dois níveis de intensidade,portãoleveoupesado. parahabilitarcoloqueoDIP1emONeaperteobotãoAJUSTE (6vezes-portãoleve)ou(7vezesparavoltaraonívelnorma). Obs:saidefábricanonível7. •2-Fechadura A programação fechadura quando habilitada faz com que a central, após receber um comando de abertura, primeiramente mande um pulso para abrir a fechadura e logo após algunssegundoscomeçaabriroportão. •3-Fechamentoautomático(pausa) coloque a chave da pausa na posição ON e dê o comando de abertura.Ao atingir o fim de curso aberto (FA ) o led ST começará a piscar em intervalos de 1 segundo, deixe transcorrer o tempo desejado para o valor de pausa e dê o comando novamente. Cada piscada indica 1 segundo decorrido até 12h (Ex.: Se o led piscar 20 vezes, significa que o tempo de pausa será de 20 segundos. Após realizada esta operação, a pausa estará programada, toda abertura que ocorrer e decorrer no tempo programado será fechado automaticamenteoportão.) Para desabilitar esse recurso, basta colocar a chave da pausa na posição OFF. No próximo comando a pausa será desabilitada. (para este tipo de configuração, é de extrema importância,paraasegurançadousuário,utilizarsensoresdebarreira‘SIA30'.) •4- Predial Predial - coloque a chave da pausa na posição ON - Todo comando abre o portão, que só fecha por fechamento automático, o qual só irá parar no fim de curso aberto, se houver outrocomandoduranteaabertura,acentralignorará.Apósoportãochegaraofimdecurso aberto será iniciado a contagem de tempo de fechamento automático, o portão só irá fechar após decorrido o tempo programado. Se houver comando do controle remoto ou de botoeira, será zerado o tempo, iniciando a contagem novamente. Se o portão estiver fechando, qualquer comando fará o portão para e torna abrir. (Obs.: No modo predial o fechamento automático é habilitado automáticamente, basta regular o tempo no 1º comando.) Residencial - Aceita todos os comandos do controle e botoeira (1º - comando abre,2º-para,3º-fecha Desabilitado 08 - Programação do Dip 1 2 3 4 ON Habilitado OFF 1º - O instalador deve seguir todas as instruções contidas neste manual. 2º- Mantenha os comandos do equipamento automático (botões de comando, controle remoto etc.)foradoalcancedecrianças. 3º-Efetueasoperaçõesdecomandoapartirdepontosondeoportãoautomáticosejavisível. 4º-Utilizeoscontrolesremotossomentesepuderavistaroportãoautomático. 5º - Advertência: A ROSSI não assume nenhuma responsabilidade por eventuais danos provocados pela não observância, na ocasião da instalação, das normas de segurança e das leis atualmenteemvigor.NBR5410:1997-ABNT-AssociaçãoBrasileiradeNormasTécnicas. 6º - Este manual é dirigido exclusivamente a pessoal especializado que tenha conhecimento dos critériosdefabricaçãoedosdispositivosdeproteçãocontraacidentesrelativosàportõeseportas motorizadas. 7ºSenãoforprevistonoquadroelétrico,instaleantesdessaum interruptor do tipo disjunto bipolar com abertura mínima dos contatos igual a 3mm, de uma marca que esteja em conformidadecomasnormasinternacionaiseprovidenciaroaterramentodoequipamento. 8º Para a seção dos cabos a ROSSI recomenda utilizar uma seção mínima de 2,5mm e observandoaindaasleivigentesnopaís. 9°Guardarestemanualparaeventualconsultafutura 10ºEste aparelho não se destina à utilização por pessoas (inclusive crianças) com capacidades físicas, sensoriais ou mentais reduzida. ou por pessoas com falta de experiência e conhecimento, a menos que tenha recebido instruções referente à utilização do aparelho ou estejasobasupervisãodeumapessoaresponsávelpelasuasegurança. 11º Recomenda-se que crianças sejam vigiadas para assegurar que elas não estejam brincado comoaparelho. 12° O instalador deve informar todas as informações relativas ao funcionamento automático, destravamentodeemergênciaeentregaromanualdousuáriocomasdevidasinformações. 13º É obrigatório o uso do sensor infravermelhoAtivo - SIA30 , para ativar o sistema de proteção anti aprisionamento e permitir o funcionamento da central KXH 30FS, evitando colisão com obstáculoseacidentescompessoasoubensmateriais. 14º Não usar equipamento se este necessitar de ajuste ou manutenção. 15ºDesconectaroequipamentodaenergiaquandoforfazerlimpezaoumanutenção. 16ºChecarseatemperaturadoequipamentoeindicadoaolocalondeseráusado. 11 - Fixação da Central 09 - Gravar chave de acesso digital LED ST APRENDER 03 Central fixada com parafuso 02 fixação da central 01 encaixe da central fixação da central KXH 30FS Central Microprocessada V1.2 - 14 Indústrias Rossi Eletromecânica S/A - ADE cj. 05 Lts 29/30 Águas Claras-DF Brasil CEP.: 71987-180 - CNPJ: 00.736.546/0001-05Cod. 6329 V 1.2 -14 • Freio • Sensor Hall • Fonte Automática Apagarbotõesindividuais: Este recurso permite apagar da memória da central a codificação, de maneira independente a do código do TX, sem que os demais sejam afetados. Para isso o TX deve está em mãos para executar esse procedimento. Mantenha pressionado o aprender enquanto apertaobotãodoTXquedesejaapagar. Obs.:Otempodevesermenorqueparaapagaramemória. Apagar a memória: Pressione o botão APRENDER e mantenha pressionado até o LED ST apagar, com esse procedimento você apagaoscódigosgravados. LEDST-APRENDER/MEMÓRIA Gravaçãodachavedeacesso: •Pressioneesolteobotãoaprendernacentral; • Com o led acesso, pressione um dos botões da chave ao final da gravação o mesmo piscará indicando queaprogramaçãofoiaceita •Repetiroprocessoparagravaroutrosbotões. 10 - Ligação fotocélula - FAIL SAFE FotocélulafunçãoFAILSAFE. - AfotocéluladeveserligadaemmodoNormalmenteFechado(NF) Obs:Paracompatibilidadecomasversõesanteriores fecharoJumper (usarentradaNA) -OsensordebarreiraSIA30paraportãodeveserinstaladocomoTransmissoreo Receptor. -Deveestánamesmaalturaenomesmoalinhamento,alturaidealparainstalaçãoemportõeséde50cm. -Ainstalaçãodeveserfeitaomaispróximopossíveldoportão. -Paraalterarasfunçõesdesligueacentral -AcertificaçãosóéválidacomousodefotocélulasROSSIhomologadas:SIA30/SIA30WS 12vGND NF CM 12VGND CM NF TX- 12vTX- SIA 30WS. - ligar o comum da alimentação da fotocélula no TX- Rev. 2 (11/2014)