SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
SOCIOLOGIA - Conceito de Trabalho 
Cursistas:_______________________________________________________________________ 
1) Trabalho é uma categoria fundamental do pensamento sociológico. Considerando esse conceito, assinale 
"C" o que for correto e "E" para o errado. 
. 
( ) É pelo trabalho que o homem constrói o mundo e, nesse processo, constrói a si mesmo. 
( ) O conceito de trabalho está associado a uma classe que manda e outra que obedece. 
( ) Na sociedade capitalista, o trabalho deixa de ser fonte de riquezas, portanto não é capaz de gerar lucros. 
( ) A força de trabalho não pode ser considerada uma mercadoria. 
( ) O trabalho tem como meta produzir os bens e serviços necessários à manutenção da vida e atender às 
necessidades criadas pelos homens. 
2) “O operário pode ser simplesmente aquele que produz qualquer obra, um indivíduo que trabalha sob as ordens 
de outros e, mediante um salário, exerce um trabalho, que pode ser manual ou mecânico. Se esse conceito for 
ainda mais estudado, pode-se encontrar ‘um indivíduo empreendedor, que se dedica à realização de idéias, 
projetos, promove campanhas, participa de missões e contribui para o bem-estar social’. Há cerca de vinte anos, 
esta poderia ser uma concepção visionária, presente nos dicionários, do trabalhador das indústrias, mas, hoje, um 
novo profissional se destaca, mostrando a nova face do operariado.” (ABREU, Cathia. Novos Operários. Revista de 
Sociologia , Ano I, número 08, p. 58). 
Considerando o texto acima e seus conhecimentos sobre as transformações recentes no mundo do trabalho, 
assinale "C" o que for correto e "E" o que for errado. 
. 
( ) A partir do momento em que o operário passou a executar seus serviços seguindo as ordens de alguém, ele 
perdeu a capacidade de planejar suas ações. 
( ) De acordo com o texto, as transformações recentes no mundo do trabalho passaram a exigir um indivíduo que 
elabore e execute projetos. 
( ) O trabalho repetitivo no processo de produção facilitou a comunicação entre os trabalhadores. Eles passaram, 
então, a participar dos processos produtivos. 
( ) As transformações no mundo do trabalho, nesses últimos vinte anos, exigiram maior qualificação e formação 
profissional para os operários. 
3) (UNICAMP) O trabalho do proletário (operário) está diretamente relacionado ao trabalho assalariado, 
durante o processo de urbanização e industrialização a partir do século XVIII. Sobre o tema, está correto: 
a) O trabalho assalariado está diretamente relacionado ao mundo do capital e não mantém relação com as 
desigualdades sociais da modernidade. 
b) O trabalho do proletário caracteriza-se pela venda da força de trabalho, sua propriedade, ao capitalista. 
c) O proletariado consegue reunir em torno de si, no trabalho assalariado o que ele necessita para garantir sua 
sobrevivência, ainda recebendo parte dos lucros do seu empregador. 
d) O capitalista, dono dos meios de produção, paga ao proletariado o que ele merece pela dedicação ao trabalho 
regular. 
e) Na relação capitalista, o trabalhador, dono dos meios de produção, vende a sua força de trabalho para o capitalista. 
4) (UERJ) "O trabalho deve ser identificado como uma realização humana, capaz de proporcionar ao homem 
o que ele necessita. (Émille Durkheim). Sobre o conceito de trabalho está correto afirmar que: 
a) É a possibilidade do indivíduo proporcionar riqueza apenas com sua criatividade pessoal. 
b) É um meio através do qual o ser humano relaciona-se com a natureza e com a tecnologia para produzir riqueza 
para si e para os empresários em partes iguais. 
c) É a possibilidade de desenvolvimento de uma determinada sociedade democrática, onde todos são iguais perante a 
lei. 
d) É tudo o que pode ser transformado em riqueza financeira, para desenvolver qualquer atividade econômica, 
levando em consideração uma divisão desigual dos lucros.
5) (UEL – 2008) No capitalismo, os trabalhadores produzem todos os objetos existentes no mercado, isto é, todas 
as mercadorias; após havê-las produzido, entregam-nas aos proprietários dos meios de produção, mediante um 
salário; os proprietários dos meios de produção vendem as mercadorias aos comerciantes, que as colocam no 
mercado de consumo; e os trabalhadores ou produtores dessas mercadorias, quando vão ao mercado de consumo, 
não conseguem comprá-las. [...] Embora os diferentes trabalhadores saibam que produziram as diferentes 
mercadorias, não percebem que, como classe social, produziram todas elas, isto é, que os produtores de tecidos, 
roupas, alimentos [...] são membros da mesma classe social. Os trabalhadores se vêem como indivíduos isolados 
[...], não se reconhecem como produtores da riqueza e das coisas. 
(CHAUÍ, M. Convite à Filosofia. 13 ed. São Paulo: Ática, 2004. p. 387.) 
Com base no texto e nos conhecimentos , considere as afirmativas a seguir e marque a CORRETA: 
a) Os trabalhadores(as) não formam uma classe social. 
b) No capitalismo, tanto os donos dos meios de produção (empresários,donos de comércio e etc.) quanto os 
trabalhadores(as) mantém uma relação harmoniosa, afinal as duas partes participam dos lucros das vendas das 
mercadorias. 
c) No capitalismo, não existe desigualdades sociais, pois todos podem comprar quaisquer mercadorias bastando ser 
trabalhador(a). 
d) Mesmo sendo produtores das mercadorias, os trabalhadores(as) não se reconhecem como produtores dessas 
riquezas. 
6) (UEL – 2006) A mercadoria reflete aos homens as características sociais do seu próprio trabalho, e ao mesmo 
tempo, mantém uma relação social entre os produtores e os objetos. (Adaptado: MARX, Karl. O Capital. São 
Paulo: Nova Cultural, 1988. p. 71.) 
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que: 
a) As mercadorias, por serem objetos, não mantém qualquer vinculação com os seus produtores. 
b) As mercadorias são resultados da desigualdade social , onde os trabalhadores(as) vendem a sua força de trabalho 
bem barata enquanto os donos dos meios de produção( empresários, donos de fábricas, comerciantes e tc.) ficam com 
a maior parte dos lucros. 
c) Os trabalhadores produzem as mercadorias, e sempre participam da divisão social dos lucros. 
d) Não há conflito entre trabalhadores(as) e donos dos meios de produção, afinal nas relações de trabalho , um manda 
e outro obedece. 
7) No sistema capitalista, a sociedade é marcada pela "tensão" entre duas classes sociais : os donos dos meios de 
produção (empresários, donos de fábricas, comerciantes e etc.) e o proletariado( trabalhadores(as). Marque a 
alternativa correta . 
a) Os donos dos meios de produção tem máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras, necessários à produção de 
bens e mercadorias. Já o proletariado (os trabalhadores), por não possuir os meios de produção, vende sua força de 
trabalho. 
b) O proletariado tem os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à 
produção de bens e mercadorias. Já os donos dos meios de produção, não possuir as máquionas, equipamentos e etc. 
vende sua força de trabalho. 
c) O proletariado é tem os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à 
produção de bens e mercadorias. Já os donos dos meios de produção, prende a sua força de trabalho no lucro. 
d) Os donos dos meios de produção são subordinados ao proletariado que é dono dos meios de produção (máquinas e 
equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. 
8) O trabalho pode ser dividido em trabalho qualificado e trabalho não qualificado. Qual é a diferença 
fundamental entre o trabalho qualificado e o trabalho não qualificado? 
a) O trabalho qualificado é exercido por qualquer pessoa, já o trabalho não qualificado exige uma especialização. 
b) Não existe diferença entre o trabalho qualificado e o trabalho não qualificado. 
c) O trabalho qualificado exige uma especialização e conhecimento técnico e o trabalho não qualificado não exige tal 
formação. 
d) O trabalho qualificado na maioria das vezes se relaciona aos salários menores enquanto o trabalho não qualificado 
os trabalhadores(as) são melhores remunerados. 
BOA SORTE!!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Atividades de Reflexão - Sociologia 1
Atividades de Reflexão - Sociologia 1Atividades de Reflexão - Sociologia 1
Atividades de Reflexão - Sociologia 1Miro Santos
 
Banco de questões de sociologia
Banco de questões de sociologiaBanco de questões de sociologia
Banco de questões de sociologiaJosé Luiz Costa
 
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia - Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia - Miro Santos
 
Exercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - AntropologiaExercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - AntropologiaPsicologia_2015
 
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014Mary Alvarenga
 
Avaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Avaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAvaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Avaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Atividade Sociologia
Atividade Sociologia Atividade Sociologia
Atividade Sociologia Maira Conde
 
Política, poder e Estado
Política, poder e EstadoPolítica, poder e Estado
Política, poder e EstadoMary Alvarenga
 
Texto de sociologia 3 ano
Texto de sociologia 3 anoTexto de sociologia 3 ano
Texto de sociologia 3 anoHelan Couto
 
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaDarlan Campos
 
Apostila de filosofia 3º ano
Apostila de filosofia 3º anoApostila de filosofia 3º ano
Apostila de filosofia 3º anoDuzg
 
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...Prof. Noe Assunção
 

Mais procurados (20)

Atividades senso cumum topico 1 e 2 sociologia
Atividades senso cumum   topico 1 e 2 sociologiaAtividades senso cumum   topico 1 e 2 sociologia
Atividades senso cumum topico 1 e 2 sociologia
 
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
 
Atividades de Reflexão - Sociologia 1
Atividades de Reflexão - Sociologia 1Atividades de Reflexão - Sociologia 1
Atividades de Reflexão - Sociologia 1
 
Banco de questões de sociologia
Banco de questões de sociologiaBanco de questões de sociologia
Banco de questões de sociologia
 
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia - Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
Atividade de Reflexão 2 - Sociologia -
 
Exercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - AntropologiaExercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - Antropologia
 
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
Atividades de Filosofia - III bimestre - 2014
 
Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)
 
Tópico 3 cidadania e direitos sociais
Tópico 3 cidadania e direitos sociaisTópico 3 cidadania e direitos sociais
Tópico 3 cidadania e direitos sociais
 
Avaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Avaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAvaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Avaliação democracia e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 
Atividade Sociologia
Atividade Sociologia Atividade Sociologia
Atividade Sociologia
 
Avaliação 6o ano cidadania
Avaliação 6o ano cidadaniaAvaliação 6o ano cidadania
Avaliação 6o ano cidadania
 
Política, poder e Estado
Política, poder e EstadoPolítica, poder e Estado
Política, poder e Estado
 
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
 
Atividades filosofia mito
Atividades filosofia mitoAtividades filosofia mito
Atividades filosofia mito
 
Texto de sociologia 3 ano
Texto de sociologia 3 anoTexto de sociologia 3 ano
Texto de sociologia 3 ano
 
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Sociologia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
Apostila de filosofia 3º ano
Apostila de filosofia 3º anoApostila de filosofia 3º ano
Apostila de filosofia 3º ano
 
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
 

Destaque

Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)
Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)
Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)Edenilson Morais
 
Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017Diogo Santos
 
Aula 7 – navegações brasil portugues i
Aula 7 –  navegações brasil portugues iAula 7 –  navegações brasil portugues i
Aula 7 – navegações brasil portugues isenhorp
 
Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017Diogo Santos
 
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017Diogo Santos
 
Aula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosAula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosProfMario De Mori
 
Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017Diogo Santos
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017Diogo Santos
 
Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017Diogo Santos
 
Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017Diogo Santos
 
Sociologia 3 s_em_volume_1_professor
Sociologia 3 s_em_volume_1_professorSociologia 3 s_em_volume_1_professor
Sociologia 3 s_em_volume_1_professorValdeavare
 
Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)
Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)
Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)Eduardo Oliveira
 

Destaque (15)

Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)
Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)
Prova de sociologia (P1 - Primeiro Bimestre)
 
Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 1 ano vol 1 2014-2017
 
Aula 7 – navegações brasil portugues i
Aula 7 –  navegações brasil portugues iAula 7 –  navegações brasil portugues i
Aula 7 – navegações brasil portugues i
 
Trabalho de historia brasil colonia e imperio
Trabalho de historia brasil colonia e imperioTrabalho de historia brasil colonia e imperio
Trabalho de historia brasil colonia e imperio
 
Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 2 ano vol 1 2014-2017
 
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
 
Aula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosAula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anos
 
Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 7 série vol 1 2014-2017
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
 
Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 5 série vol 2 2014-2017
 
Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 6 série vol 1 2014-2017
 
Atividades Brasil Império
Atividades Brasil ImpérioAtividades Brasil Império
Atividades Brasil Império
 
Spfe prof 2014_vol1_filosofia_em_2_s
Spfe prof 2014_vol1_filosofia_em_2_sSpfe prof 2014_vol1_filosofia_em_2_s
Spfe prof 2014_vol1_filosofia_em_2_s
 
Sociologia 3 s_em_volume_1_professor
Sociologia 3 s_em_volume_1_professorSociologia 3 s_em_volume_1_professor
Sociologia 3 s_em_volume_1_professor
 
Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)
Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)
Sociologia 1 s_em_volume_1_(2014)
 

Semelhante a Conceito de Trabalho na Sociologia

Sociologia do trabalho aula 02 em 11 agosto 2010
Sociologia do trabalho   aula 02 em 11 agosto 2010Sociologia do trabalho   aula 02 em 11 agosto 2010
Sociologia do trabalho aula 02 em 11 agosto 2010Carmem Rocha
 
Aula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptx
Aula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptxAula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptx
Aula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptxLeandroMelo308032
 
SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...
SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...
SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...GoisBemnoEnem
 
Modos de Produção
Modos de ProduçãoModos de Produção
Modos de ProduçãoPedro Lazari
 
MARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.ppt
MARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.pptMARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.ppt
MARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.pptjoaopedrosantos91
 
KARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptx
KARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptxKARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptx
KARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptxRodrigo Cardoso
 
Aula o que é trabalho - Prof. Noe Assunção
Aula  o que é trabalho - Prof. Noe AssunçãoAula  o que é trabalho - Prof. Noe Assunção
Aula o que é trabalho - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioSociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioMatheus Rodrigues
 
Fes clássicos da sociologia
Fes   clássicos da sociologiaFes   clássicos da sociologia
Fes clássicos da sociologiaprofcacocardozo
 
Trabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no OcidenteTrabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no OcidenteJorge Barbosa
 
Século xix ideologias
Século xix ideologiasSéculo xix ideologias
Século xix ideologiasDaniele Lino
 
Exercicios de Sociologia e Filosofia
Exercicios de Sociologia e FilosofiaExercicios de Sociologia e Filosofia
Exercicios de Sociologia e FilosofiaEstude Mais
 

Semelhante a Conceito de Trabalho na Sociologia (20)

Sociologia do trabalho aula 02 em 11 agosto 2010
Sociologia do trabalho   aula 02 em 11 agosto 2010Sociologia do trabalho   aula 02 em 11 agosto 2010
Sociologia do trabalho aula 02 em 11 agosto 2010
 
Sociologia karl marx
Sociologia   karl marxSociologia   karl marx
Sociologia karl marx
 
Aula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptx
Aula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptxAula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptx
Aula 04 - Karl Marx e Friedrich Engels.pptx
 
SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...
SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...
SOCIOLOGIA | SEMANA 24 | 1ª SÉRIE | KARL MARX E A CRÍTICA DA SOCIEDADE CAPITA...
 
Modos de Produção
Modos de ProduçãoModos de Produção
Modos de Produção
 
Prova avaliativa sociologia final
Prova avaliativa sociologia finalProva avaliativa sociologia final
Prova avaliativa sociologia final
 
MARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.ppt
MARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.pptMARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.ppt
MARX-O-materialismo-histórico-e-dialético.ppt
 
KARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptx
KARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptxKARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptx
KARL MARX E AS RELAÇÕES DE TRABALHO.pptx
 
Aula o que é trabalho - Prof. Noe Assunção
Aula  o que é trabalho - Prof. Noe AssunçãoAula  o que é trabalho - Prof. Noe Assunção
Aula o que é trabalho - Prof. Noe Assunção
 
Atividades fordismo (1)
Atividades fordismo (1)Atividades fordismo (1)
Atividades fordismo (1)
 
Mundo do Trabalho.pptx
Mundo do Trabalho.pptxMundo do Trabalho.pptx
Mundo do Trabalho.pptx
 
Capítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Capítulo 7 - O Mundo do TrabalhoCapítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Capítulo 7 - O Mundo do Trabalho
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
 
Superultra.pdf
Superultra.pdfSuperultra.pdf
Superultra.pdf
 
Sociologia jullia
Sociologia julliaSociologia jullia
Sociologia jullia
 
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioSociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino Médio
 
Fes clássicos da sociologia
Fes   clássicos da sociologiaFes   clássicos da sociologia
Fes clássicos da sociologia
 
Trabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no OcidenteTrabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
 
Século xix ideologias
Século xix ideologiasSéculo xix ideologias
Século xix ideologias
 
Exercicios de Sociologia e Filosofia
Exercicios de Sociologia e FilosofiaExercicios de Sociologia e Filosofia
Exercicios de Sociologia e Filosofia
 

Mais de Prof. Noe Assunção

ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxProf. Noe Assunção
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxProf. Noe Assunção
 
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxAVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxProf. Noe Assunção
 
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoQueimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.Prof. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoAtividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoDocumentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 

Mais de Prof. Noe Assunção (20)

ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
 
AULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docxAULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docx
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
 
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxAVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
 
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docxAVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
 
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoQueimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
 
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
 
Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1
 
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoAtividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
 
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoDocumentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
 

Último

CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonRosiniaGonalves
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 

Último (20)

“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 

Conceito de Trabalho na Sociologia

  • 1. SOCIOLOGIA - Conceito de Trabalho Cursistas:_______________________________________________________________________ 1) Trabalho é uma categoria fundamental do pensamento sociológico. Considerando esse conceito, assinale "C" o que for correto e "E" para o errado. . ( ) É pelo trabalho que o homem constrói o mundo e, nesse processo, constrói a si mesmo. ( ) O conceito de trabalho está associado a uma classe que manda e outra que obedece. ( ) Na sociedade capitalista, o trabalho deixa de ser fonte de riquezas, portanto não é capaz de gerar lucros. ( ) A força de trabalho não pode ser considerada uma mercadoria. ( ) O trabalho tem como meta produzir os bens e serviços necessários à manutenção da vida e atender às necessidades criadas pelos homens. 2) “O operário pode ser simplesmente aquele que produz qualquer obra, um indivíduo que trabalha sob as ordens de outros e, mediante um salário, exerce um trabalho, que pode ser manual ou mecânico. Se esse conceito for ainda mais estudado, pode-se encontrar ‘um indivíduo empreendedor, que se dedica à realização de idéias, projetos, promove campanhas, participa de missões e contribui para o bem-estar social’. Há cerca de vinte anos, esta poderia ser uma concepção visionária, presente nos dicionários, do trabalhador das indústrias, mas, hoje, um novo profissional se destaca, mostrando a nova face do operariado.” (ABREU, Cathia. Novos Operários. Revista de Sociologia , Ano I, número 08, p. 58). Considerando o texto acima e seus conhecimentos sobre as transformações recentes no mundo do trabalho, assinale "C" o que for correto e "E" o que for errado. . ( ) A partir do momento em que o operário passou a executar seus serviços seguindo as ordens de alguém, ele perdeu a capacidade de planejar suas ações. ( ) De acordo com o texto, as transformações recentes no mundo do trabalho passaram a exigir um indivíduo que elabore e execute projetos. ( ) O trabalho repetitivo no processo de produção facilitou a comunicação entre os trabalhadores. Eles passaram, então, a participar dos processos produtivos. ( ) As transformações no mundo do trabalho, nesses últimos vinte anos, exigiram maior qualificação e formação profissional para os operários. 3) (UNICAMP) O trabalho do proletário (operário) está diretamente relacionado ao trabalho assalariado, durante o processo de urbanização e industrialização a partir do século XVIII. Sobre o tema, está correto: a) O trabalho assalariado está diretamente relacionado ao mundo do capital e não mantém relação com as desigualdades sociais da modernidade. b) O trabalho do proletário caracteriza-se pela venda da força de trabalho, sua propriedade, ao capitalista. c) O proletariado consegue reunir em torno de si, no trabalho assalariado o que ele necessita para garantir sua sobrevivência, ainda recebendo parte dos lucros do seu empregador. d) O capitalista, dono dos meios de produção, paga ao proletariado o que ele merece pela dedicação ao trabalho regular. e) Na relação capitalista, o trabalhador, dono dos meios de produção, vende a sua força de trabalho para o capitalista. 4) (UERJ) "O trabalho deve ser identificado como uma realização humana, capaz de proporcionar ao homem o que ele necessita. (Émille Durkheim). Sobre o conceito de trabalho está correto afirmar que: a) É a possibilidade do indivíduo proporcionar riqueza apenas com sua criatividade pessoal. b) É um meio através do qual o ser humano relaciona-se com a natureza e com a tecnologia para produzir riqueza para si e para os empresários em partes iguais. c) É a possibilidade de desenvolvimento de uma determinada sociedade democrática, onde todos são iguais perante a lei. d) É tudo o que pode ser transformado em riqueza financeira, para desenvolver qualquer atividade econômica, levando em consideração uma divisão desigual dos lucros.
  • 2. 5) (UEL – 2008) No capitalismo, os trabalhadores produzem todos os objetos existentes no mercado, isto é, todas as mercadorias; após havê-las produzido, entregam-nas aos proprietários dos meios de produção, mediante um salário; os proprietários dos meios de produção vendem as mercadorias aos comerciantes, que as colocam no mercado de consumo; e os trabalhadores ou produtores dessas mercadorias, quando vão ao mercado de consumo, não conseguem comprá-las. [...] Embora os diferentes trabalhadores saibam que produziram as diferentes mercadorias, não percebem que, como classe social, produziram todas elas, isto é, que os produtores de tecidos, roupas, alimentos [...] são membros da mesma classe social. Os trabalhadores se vêem como indivíduos isolados [...], não se reconhecem como produtores da riqueza e das coisas. (CHAUÍ, M. Convite à Filosofia. 13 ed. São Paulo: Ática, 2004. p. 387.) Com base no texto e nos conhecimentos , considere as afirmativas a seguir e marque a CORRETA: a) Os trabalhadores(as) não formam uma classe social. b) No capitalismo, tanto os donos dos meios de produção (empresários,donos de comércio e etc.) quanto os trabalhadores(as) mantém uma relação harmoniosa, afinal as duas partes participam dos lucros das vendas das mercadorias. c) No capitalismo, não existe desigualdades sociais, pois todos podem comprar quaisquer mercadorias bastando ser trabalhador(a). d) Mesmo sendo produtores das mercadorias, os trabalhadores(as) não se reconhecem como produtores dessas riquezas. 6) (UEL – 2006) A mercadoria reflete aos homens as características sociais do seu próprio trabalho, e ao mesmo tempo, mantém uma relação social entre os produtores e os objetos. (Adaptado: MARX, Karl. O Capital. São Paulo: Nova Cultural, 1988. p. 71.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que: a) As mercadorias, por serem objetos, não mantém qualquer vinculação com os seus produtores. b) As mercadorias são resultados da desigualdade social , onde os trabalhadores(as) vendem a sua força de trabalho bem barata enquanto os donos dos meios de produção( empresários, donos de fábricas, comerciantes e tc.) ficam com a maior parte dos lucros. c) Os trabalhadores produzem as mercadorias, e sempre participam da divisão social dos lucros. d) Não há conflito entre trabalhadores(as) e donos dos meios de produção, afinal nas relações de trabalho , um manda e outro obedece. 7) No sistema capitalista, a sociedade é marcada pela "tensão" entre duas classes sociais : os donos dos meios de produção (empresários, donos de fábricas, comerciantes e etc.) e o proletariado( trabalhadores(as). Marque a alternativa correta . a) Os donos dos meios de produção tem máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras, necessários à produção de bens e mercadorias. Já o proletariado (os trabalhadores), por não possuir os meios de produção, vende sua força de trabalho. b) O proletariado tem os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. Já os donos dos meios de produção, não possuir as máquionas, equipamentos e etc. vende sua força de trabalho. c) O proletariado é tem os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. Já os donos dos meios de produção, prende a sua força de trabalho no lucro. d) Os donos dos meios de produção são subordinados ao proletariado que é dono dos meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. 8) O trabalho pode ser dividido em trabalho qualificado e trabalho não qualificado. Qual é a diferença fundamental entre o trabalho qualificado e o trabalho não qualificado? a) O trabalho qualificado é exercido por qualquer pessoa, já o trabalho não qualificado exige uma especialização. b) Não existe diferença entre o trabalho qualificado e o trabalho não qualificado. c) O trabalho qualificado exige uma especialização e conhecimento técnico e o trabalho não qualificado não exige tal formação. d) O trabalho qualificado na maioria das vezes se relaciona aos salários menores enquanto o trabalho não qualificado os trabalhadores(as) são melhores remunerados. BOA SORTE!!!!