SlideShare uma empresa Scribd logo
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 10.07.2016 às 17h.Lição 22
Escola Bíblica Dominical
Terceira idade
“Na velhice ainda darão frutos; serão
viçosos e florescentes” (Sl 92.14).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
A terceira idade é um tempo especial da
parte de Deus para que os idosos colham
com alegria os frutos das sementes
plantadas na juventude.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
 I. Descrever as características da terceira idade.
 II. Explicar o Salmo 92.12-15.
 III. Planejar no presente para obter um futuro feliz.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
I. A TERCEIRA IDADE - TEMPO DE FRUTIFICAÇÃO
1. Tempo da maturidade
2. Tempo da colheita
3. Tempo de compartilhar
II – A TERCEIRA IDADE - TEMPO DE RENOVAÇÃO ESPIRITUAL
1. Renovação pela comunhão com Deus
2. Renovação pelo senso do serviço cristão
III – A TERCEIRA IDADE - TEMPO DE CUIDAR DA HERANÇA
1. A herança do exemplo
2. A herança da fé
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Velhice: Fase de maturidade e
transformações psicológicas e físicas
que acompanham o processo da vida
humana.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Segunda - Gn 21.1-7
Terça - 1 Cr 29.27,28
Quarta – Sl 92.12-15
Quinta – Is 46.4
Sexta - Lc 2.25-30
Sábado - Lc 2.36-38
Salmos 92.12-15
Isaías 40.28-31.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
A velhice, também chamada terceira idade, ainda é vista
com bastante preconceito pela sociedade, como se fosse
uma época somente de desalento, inatividade e frustração.
Infelizmente, muitas pessoas nessa faixa etária sofrem
abusos e desrespeito, enquanto outras de maneira
equivocada assumem que já nada podem oferecer. Em
razão disso sentem-se inadequadas e inferiorizadas
socialmente. Mas a Bíblia, ao contrário do mundo, ensina
que os justos na “velhice ainda darão frutos; serão viçosos e
florescentes” (Sl 92.14).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Tempo da maturidade
2. Tempo da colheita
3. Tempo de compartilhar
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
A primeira grande bênção do
período da velhice é a
maturidade, sobretudo
quando se floresce plantado na
Casa do Senhor (Sl 92.13,14).
Duas figuras de linguagem dão
a dimensão exata do que isso
representa: a palmeira e o
cedro.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Tempo da maturidade
Em ambas vemos a lição de
utilidade, perenidade, firmeza e
robustez. São assim os que
envelhecem seguindo os
princípios ditados por Deus:
têm raízes profundas, que
suportam os ventos da
tempestade, são longevos,
robustos e de presença
acolhedora.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Tempo da maturidade
É verdade que, como exceção à
regra, alguns idosos não
amadurecem, por não saberem
aplicar os princípios de vida tão
claros nas Escrituras. Os
princípios de vida ensinados na
Bíblia levam à maturidade, à
prudência, à sabedoria para o
ser humano viver acertando e
errar o mínimo.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Tempo da maturidade
Como diz a Bíblia, a maturidade
com o seu modo de ser e de
agir não cabe na infância, mas
na vida daqueles que já são
experimentados nos embates
da vida material e espiritual (1
Co 13.11; Hb 5.13,14).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Tempo da maturidade
A terceira idade é, também, um
tempo de colheita. Esse fato,
decorrente de semeadura no
passado, implica que a semente
plantada cumpra, pelo menos,
três fases distintas: brotar,
crescer e frutificar.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Tempo da colheita
Esta última só ocorre quando a
planta chega à fase adulta. A
terceira idade é a época em
que os frutos são colhidos como
resultado daquilo que se
plantou na infância, na
juventude e nos primeiros
ciclos da vida adulta (Ec 12.1).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Tempo da colheita
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Temos, aqui, duas importantes lições: a) saber
plantar, isto é, fazer boas escolhas sob a direção de
Deus nos verdes anos da juventude é condição
essencial para que se faça uma boa colheita no
período da terceira idade; e b) aquilo que
colhemos na terceira idade, inclusive certas
doenças, é o resultado direto das escolhas que
fizemos no tempo da semeadura (Gl 6.7-9).
2. Tempo da colheita
A Bíblia é o livro de Deus que
nos ensina como andar diante
de Deus em santidade, e diante
dos homens em justiça e
retidão.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Tempo da colheita
Mas não fica só por aí a
frutificação na terceira idade.
Esta é também uma época de
compartilhamento. Não é
bom reter somente para nós,
em nossos celeiros, aquilo que
Deus amorosamente nos
concedeu durante toda a nossa
vida.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
3. Tempo de compartilhar
A menção aos frutos, no Pentateuco, sempre traz implícita
essa ideia (Dt 26.1-11 cf. 16.11). O que Deus pôs em
nossas mãos, como fruto da nossa colheita, é para
também abençoar àqueles que nos cercam e, sobretudo,
contribuir com a expansão do seu Reino na Terra.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
3. Tempo de compartilhar
Alguém que chegou à terceira
idade após uma boa
semeadura ainda tem muito a
contribuir nos átrios da casa de
Deus e a compartilhar com os
que o cercam.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
3. Tempo de compartilhar
RESUMO DO TÓPICO (1)
A terceira idade é um período de maturidade,
colheita e compartilhamento da graça e bondade
de Deus.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Renovação pela comunhão com Deus
2. Renovação pelo senso do serviço cristão
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Mas a terceira idade é, ainda, um
tempo de renovação espiritual
pela comunhão íntima com Deus.
O texto de Isaías, na Leitura
Bíblica em Classe, fala que até os
jovens se cansam (v.30).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Renovação pela comunhão com Deus
Isso acontece por ser a juventude
uma época de bastante ativismo,
nem sempre com bons
resultados. No entanto, aos que
esperam firmemente no Senhor
há uma promessa de renovação
espiritual e de alçar voos como
os da águia, mesmo na terceira
idade, sem cansaço, nem fadiga
(v.31).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Renovação pela comunhão com Deus
Conquanto nossa comunhão com
Deus seja algo para ser buscado
e mantido em toda a dimensão
do nosso tempo e circunstâncias,
a Bíblia deixa claro que devemos
em todos os momentos
aprofundar esse relacionamento,
com a provisão do Espírito Santo,
fundamentados na fé em Cristo e
na Palavra de Deus.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Renovação pela comunhão com Deus
A velhice enseja essa
oportunidade, pois nessa faixa
etária as pessoas geralmente
dispõem de mais tempo diário
para a oração e à leitura da
Bíblia. Vale lembrar, inclusive,
que a nossa boa saúde espiritual
contribui diretamente para a
saúde física.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. Renovação pela comunhão com Deus
Outra área que traz renovação
espiritual no tempo da velhice
é a do serviço cristão.
Existem muitas áreas de
trabalho nas igrejas
apropriadas para as pessoas
da terceira idade.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Renovação pelo senso do serviço cristão
É óbvio que elas não correrão
como as pessoas mais jovens,
não terão o mesmo ativismo,
mas poderão ter o
conhecimento e experiência
necessárias para realizarem
certas atividades que
requerem a maturidade que só
os idosos possuem.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Renovação pelo senso do serviço cristão
O povo de Deus necessita da
energia dos crentes mais
jovens, mas não pode jamais
abrir mão da experiência dos
santos mais idosos.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Renovação pelo senso do serviço cristão
Lembremo-nos de que
devemos cumprir todo o
propósito dado por Deus à
nossa existência até que ele
nos chame ao lar celestial (Ec
9.10; Is 46.4; At 20.24).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. Renovação pelo senso do serviço cristão
RESUMO DO TÓPICO (2)
A comunhão com Deus e o senso do
serviço cristão possibilitam a
renovação espiritual na terceira idade.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. A herança do exemplo
2. A herança da fé
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
A terceira idade, queiramos ou
não, traz também a perspectiva
sobre que tipo de herança
espiritual e ética será deixada
para as próximas gerações.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. A herança do exemplo
Acima de qualquer bem material,
uma de nossas grandes heranças
será o exemplo de fé, serviço e
testemunho legados aos que nos
sucederem (Sl 71.5-9; Pv 13.22).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. A herança do exemplo
Ainda hoje muitos personagens
da história cristã são referenciais
como modelo de vida temente a
Deus, honesta, altruísta,
patriótica, por serem
compromissados com Deus e sua
Palavra.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
1. A herança do exemplo
Cuidar da herança da fé é
também outra grande
responsabilidade da terceira
idade. Que contribuição
estaremos deixando nessa área
vital de nossas relações com
Deus?
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. A herança da fé
Que perspectivas nossos filhos e
netos terão da fé ao olharem a
nossa história? Eles nos verão
como pessoas que sempre
souberam confiar em Deus e
viverem inteiramente para Ele,
ou como incrédulos, sem nenhum
legado espiritual, cristão e
humano?
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. A herança da fé
A fé é o maior patrimônio que
podemos passar às gerações
seguintes. Veja que o apóstolo
Paulo, ao final da carreira, fez
menção dela como algo
zelosamente guardado no
coração. Era a sua preciosa
herança para os que viriam
depois (2 Tm 4.7).
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
2. A herança da fé
RESUMO DO TÓPICO (3)
A terceira idade é um tempo de cuidar
da herança da fé e do exemplo.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Conclusão:
Para concluir, Abraão e Sara cumpriram o propósito
de Deus na sua velhice (Gn 22.1,2), Moisés
começou a liderar o povo de Israel com a idade de
80 anos (Dt 29.5; At 7.23,30,36) e Davi, o grande rei
de Israel, morreu em boa velhice, “tendo desfrutado
vida longa, riqueza e glória” (1 Cr 29.27,28 - NVI).
De igual modo, você e eu, se nos submetermos e
permanecermos nos princípios da Palavra de Deus,
podemos desfrutar de uma velhice feliz e igualmente
viver em segurança em mundo inseguro.
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
Estudo disponível no
www.facebook.com/EBDFrutosparaVida
Necessário baixar o aplicativo
slideshare para visualização
em smartphones e tablets
Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1051 – São Paulo - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Joanilson França Garcia
 

Mais procurados (20)

estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
 
O COMPORTAMENTO DOS SALVOS EM CRISTO – Lição 03
O COMPORTAMENTO DOS SALVOS EM CRISTO – Lição 03O COMPORTAMENTO DOS SALVOS EM CRISTO – Lição 03
O COMPORTAMENTO DOS SALVOS EM CRISTO – Lição 03
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Lição 1 - O que é Mordomia Cristã
Lição 1 - O que é Mordomia Cristã Lição 1 - O que é Mordomia Cristã
Lição 1 - O que é Mordomia Cristã
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Lição 13 - Seja um Mordomo Fiel
Lição 13 - Seja um Mordomo FielLição 13 - Seja um Mordomo Fiel
Lição 13 - Seja um Mordomo Fiel
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
 
Pecado e suas consequencias
Pecado e suas consequenciasPecado e suas consequencias
Pecado e suas consequencias
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
A armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completaA armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completa
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
 
Lição 1 - Família: Um Projeto Elaborado por Deus
Lição 1 - Família: Um Projeto Elaborado por DeusLição 1 - Família: Um Projeto Elaborado por Deus
Lição 1 - Família: Um Projeto Elaborado por Deus
 
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e OfertasLição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
 

Destaque

Analisis Kebijakan Internasional
Analisis Kebijakan InternasionalAnalisis Kebijakan Internasional
Analisis Kebijakan Internasional
Novia Anwar
 

Destaque (20)

從台灣輸入公民軟體的香港經驗
從台灣輸入公民軟體的香港經驗從台灣輸入公民軟體的香港經驗
從台灣輸入公民軟體的香港經驗
 
S4 tarea4 golom
S4 tarea4 golomS4 tarea4 golom
S4 tarea4 golom
 
sand_filter
sand_filtersand_filter
sand_filter
 
Perspectiva a lo largo del tiempo de nuestra cooperativa y del movimiento aso...
Perspectiva a lo largo del tiempo de nuestra cooperativa y del movimiento aso...Perspectiva a lo largo del tiempo de nuestra cooperativa y del movimiento aso...
Perspectiva a lo largo del tiempo de nuestra cooperativa y del movimiento aso...
 
Applying
Applying Applying
Applying
 
Lição 5 Os Dons Espirituais
Lição 5   Os Dons EspirituaisLição 5   Os Dons Espirituais
Lição 5 Os Dons Espirituais
 
Thanksgiving
ThanksgivingThanksgiving
Thanksgiving
 
Presentación1REDES SOCIALES
Presentación1REDES SOCIALESPresentación1REDES SOCIALES
Presentación1REDES SOCIALES
 
Introduction to Creating Websites
Introduction to Creating WebsitesIntroduction to Creating Websites
Introduction to Creating Websites
 
arthimatic progressions
arthimatic progressionsarthimatic progressions
arthimatic progressions
 
Analisis Kebijakan Internasional
Analisis Kebijakan InternasionalAnalisis Kebijakan Internasional
Analisis Kebijakan Internasional
 
Кружок "Рукодельница"
Кружок "Рукодельница"Кружок "Рукодельница"
Кружок "Рукодельница"
 
skydrive_ppt_doc
skydrive_ppt_docskydrive_ppt_doc
skydrive_ppt_doc
 
New Housing New York: Built Project South Bronx (Bloomberg + EPA + AIA Propos...
New Housing New York: Built Project South Bronx (Bloomberg + EPA + AIA Propos...New Housing New York: Built Project South Bronx (Bloomberg + EPA + AIA Propos...
New Housing New York: Built Project South Bronx (Bloomberg + EPA + AIA Propos...
 
Lição 35 o cuidado com a língua
Lição 35   o cuidado com a línguaLição 35   o cuidado com a língua
Lição 35 o cuidado com a língua
 
exchang server 2007
exchang server 2007exchang server 2007
exchang server 2007
 
Lição 24 Desafios de um Casamento
Lição 24   Desafios de um CasamentoLição 24   Desafios de um Casamento
Lição 24 Desafios de um Casamento
 
Meteor Day Talk
Meteor Day TalkMeteor Day Talk
Meteor Day Talk
 
Implementing innovation and commercialisation - Stuart Abbott, Zoë Prytherch ...
Implementing innovation and commercialisation - Stuart Abbott, Zoë Prytherch ...Implementing innovation and commercialisation - Stuart Abbott, Zoë Prytherch ...
Implementing innovation and commercialisation - Stuart Abbott, Zoë Prytherch ...
 
Let go
Let goLet go
Let go
 

Semelhante a Lição 22 Terceira idade

Informativo216
Informativo216Informativo216
Informativo216
a c
 

Semelhante a Lição 22 Terceira idade (20)

Lição 1 A beleza do testemunho cristão
Lição 1   A beleza do testemunho cristãoLição 1   A beleza do testemunho cristão
Lição 1 A beleza do testemunho cristão
 
Lição 27 Jesus e a felicidade
Lição 27   Jesus e a felicidadeLição 27   Jesus e a felicidade
Lição 27 Jesus e a felicidade
 
Boletim 518 - 15/01/17
Boletim 518 - 15/01/17Boletim 518 - 15/01/17
Boletim 518 - 15/01/17
 
9 biblia do_discipulado_-_1_e_2_ts
9 biblia do_discipulado_-_1_e_2_ts9 biblia do_discipulado_-_1_e_2_ts
9 biblia do_discipulado_-_1_e_2_ts
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
 
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014 Aula 6: A razão da segurança dos salvos
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014 Aula 6: A razão da segurança dos salvosEBD Revista Palavra e Vida 4T2014 Aula 6: A razão da segurança dos salvos
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014 Aula 6: A razão da segurança dos salvos
 
1 l1 cresc e maturidade do cristao
1 l1   cresc e maturidade do cristao1 l1   cresc e maturidade do cristao
1 l1 cresc e maturidade do cristao
 
Lição 2 aluno
Lição 2 alunoLição 2 aluno
Lição 2 aluno
 
Pastoral Familiar - Setor Pós-Matrimonial.doc
Pastoral Familiar - Setor Pós-Matrimonial.docPastoral Familiar - Setor Pós-Matrimonial.doc
Pastoral Familiar - Setor Pós-Matrimonial.doc
 
Aulas 01 04-cristao_frutifero2013
Aulas 01 04-cristao_frutifero2013Aulas 01 04-cristao_frutifero2013
Aulas 01 04-cristao_frutifero2013
 
Livrinho encontros de preparação batismo
Livrinho encontros de preparação batismoLivrinho encontros de preparação batismo
Livrinho encontros de preparação batismo
 
EBD Palavra e vida 2T2015.Aula 3: Como surgiu o povo de Deus?
EBD Palavra e vida 2T2015.Aula 3: Como surgiu o povo de Deus?EBD Palavra e vida 2T2015.Aula 3: Como surgiu o povo de Deus?
EBD Palavra e vida 2T2015.Aula 3: Como surgiu o povo de Deus?
 
Boletim 136
Boletim 136Boletim 136
Boletim 136
 
Amadurecimento cristão
Amadurecimento cristãoAmadurecimento cristão
Amadurecimento cristão
 
Lição 10: O Avivamento na vida pessoal.pptx
Lição 10: O Avivamento na vida pessoal.pptxLição 10: O Avivamento na vida pessoal.pptx
Lição 10: O Avivamento na vida pessoal.pptx
 
Sinais de esperanca (portuguese)
Sinais de esperanca (portuguese)Sinais de esperanca (portuguese)
Sinais de esperanca (portuguese)
 
Boletim 452 - 11/10/15
Boletim 452 - 11/10/15Boletim 452 - 11/10/15
Boletim 452 - 11/10/15
 
Lição 12 Confiando firmemente em Deus
Lição 12   Confiando firmemente em DeusLição 12   Confiando firmemente em Deus
Lição 12 Confiando firmemente em Deus
 
Informativo216
Informativo216Informativo216
Informativo216
 
Seminário - A Escola Dominical e a Família
Seminário - A Escola Dominical e a FamíliaSeminário - A Escola Dominical e a Família
Seminário - A Escola Dominical e a Família
 

Mais de Wander Sousa

Mais de Wander Sousa (20)

Lição 40 O perigo das obras da carne
Lição 40   O perigo das obras da carneLição 40   O perigo das obras da carne
Lição 40 O perigo das obras da carne
 
Lição 39 Integridade em tempos de crise
Lição 39   Integridade em tempos de criseLição 39   Integridade em tempos de crise
Lição 39 Integridade em tempos de crise
 
Lição 38 Ídolos
Lição 38   ÍdolosLição 38   Ídolos
Lição 38 Ídolos
 
Lição 37 O fruto do Espírito — a plenitude de Cristo na vida do crente
Lição 37   O fruto do Espírito — a plenitude de Cristo na vida do crenteLição 37   O fruto do Espírito — a plenitude de Cristo na vida do crente
Lição 37 O fruto do Espírito — a plenitude de Cristo na vida do crente
 
Lição 36 as limitações dos discípulos
Lição 36   as limitações dos discípulosLição 36   as limitações dos discípulos
Lição 36 as limitações dos discípulos
 
Lição 34 O propósito da tentação
Lição 34   O propósito da tentaçãoLição 34   O propósito da tentação
Lição 34 O propósito da tentação
 
Lição 33 Desafios de um casamento
Lição 33   Desafios de um casamentoLição 33   Desafios de um casamento
Lição 33 Desafios de um casamento
 
Lição 32 Fé em meio às injustiças
Lição 32   Fé em meio às injustiçasLição 32   Fé em meio às injustiças
Lição 32 Fé em meio às injustiças
 
Lição 31 As consequências das escolhas precipitadas
Lição 31   As consequências das escolhas precipitadasLição 31   As consequências das escolhas precipitadas
Lição 31 As consequências das escolhas precipitadas
 
Dons Ministeriais | Três aulas
Dons Ministeriais | Três aulasDons Ministeriais | Três aulas
Dons Ministeriais | Três aulas
 
Lição 29 Os dons espirituais
Lição 29   Os dons espirituaisLição 29   Os dons espirituais
Lição 29 Os dons espirituais
 
Lição 28 O poder da evangelização na família
Lição 28   O poder da evangelização na famíliaLição 28   O poder da evangelização na família
Lição 28 O poder da evangelização na família
 
Lição 26 Os falsos profetas
Lição 26   Os falsos profetasLição 26   Os falsos profetas
Lição 26 Os falsos profetas
 
Lição 25 Cuidado com as pequenas coisas
Lição 25   Cuidado com as pequenas coisasLição 25   Cuidado com as pequenas coisas
Lição 25 Cuidado com as pequenas coisas
 
Lição 23 Depressão, a doença da alma
Lição 23   Depressão, a doença da almaLição 23   Depressão, a doença da alma
Lição 23 Depressão, a doença da alma
 
Lição 21 Rebelião
Lição 21   RebeliãoLição 21   Rebelião
Lição 21 Rebelião
 
Lição 20 Renúncia
Lição 20   RenúnciaLição 20   Renúncia
Lição 20 Renúncia
 
Lição 19 Imoralidade
Lição 19   ImoralidadeLição 19   Imoralidade
Lição 19 Imoralidade
 
Lição 17 Os efeitos do mundanismo na família
Lição 17   Os efeitos do mundanismo na famíliaLição 17   Os efeitos do mundanismo na família
Lição 17 Os efeitos do mundanismo na família
 
Lição 16 A sedução das drogas
Lição 16   A sedução das drogasLição 16   A sedução das drogas
Lição 16 A sedução das drogas
 

Último

Último (10)

Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 

Lição 22 Terceira idade

  • 1. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 10.07.2016 às 17h.Lição 22 Escola Bíblica Dominical Terceira idade
  • 2. “Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e florescentes” (Sl 92.14). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 3. A terceira idade é um tempo especial da parte de Deus para que os idosos colham com alegria os frutos das sementes plantadas na juventude. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 4. Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:  I. Descrever as características da terceira idade.  II. Explicar o Salmo 92.12-15.  III. Planejar no presente para obter um futuro feliz. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 5. I. A TERCEIRA IDADE - TEMPO DE FRUTIFICAÇÃO 1. Tempo da maturidade 2. Tempo da colheita 3. Tempo de compartilhar II – A TERCEIRA IDADE - TEMPO DE RENOVAÇÃO ESPIRITUAL 1. Renovação pela comunhão com Deus 2. Renovação pelo senso do serviço cristão III – A TERCEIRA IDADE - TEMPO DE CUIDAR DA HERANÇA 1. A herança do exemplo 2. A herança da fé Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 6. Velhice: Fase de maturidade e transformações psicológicas e físicas que acompanham o processo da vida humana. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 7. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP Segunda - Gn 21.1-7 Terça - 1 Cr 29.27,28 Quarta – Sl 92.12-15 Quinta – Is 46.4 Sexta - Lc 2.25-30 Sábado - Lc 2.36-38
  • 8. Salmos 92.12-15 Isaías 40.28-31. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 9. A velhice, também chamada terceira idade, ainda é vista com bastante preconceito pela sociedade, como se fosse uma época somente de desalento, inatividade e frustração. Infelizmente, muitas pessoas nessa faixa etária sofrem abusos e desrespeito, enquanto outras de maneira equivocada assumem que já nada podem oferecer. Em razão disso sentem-se inadequadas e inferiorizadas socialmente. Mas a Bíblia, ao contrário do mundo, ensina que os justos na “velhice ainda darão frutos; serão viçosos e florescentes” (Sl 92.14). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 10. 1. Tempo da maturidade 2. Tempo da colheita 3. Tempo de compartilhar Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 11. A primeira grande bênção do período da velhice é a maturidade, sobretudo quando se floresce plantado na Casa do Senhor (Sl 92.13,14). Duas figuras de linguagem dão a dimensão exata do que isso representa: a palmeira e o cedro. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Tempo da maturidade
  • 12. Em ambas vemos a lição de utilidade, perenidade, firmeza e robustez. São assim os que envelhecem seguindo os princípios ditados por Deus: têm raízes profundas, que suportam os ventos da tempestade, são longevos, robustos e de presença acolhedora. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Tempo da maturidade
  • 13. É verdade que, como exceção à regra, alguns idosos não amadurecem, por não saberem aplicar os princípios de vida tão claros nas Escrituras. Os princípios de vida ensinados na Bíblia levam à maturidade, à prudência, à sabedoria para o ser humano viver acertando e errar o mínimo. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Tempo da maturidade
  • 14. Como diz a Bíblia, a maturidade com o seu modo de ser e de agir não cabe na infância, mas na vida daqueles que já são experimentados nos embates da vida material e espiritual (1 Co 13.11; Hb 5.13,14). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Tempo da maturidade
  • 15. A terceira idade é, também, um tempo de colheita. Esse fato, decorrente de semeadura no passado, implica que a semente plantada cumpra, pelo menos, três fases distintas: brotar, crescer e frutificar. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Tempo da colheita
  • 16. Esta última só ocorre quando a planta chega à fase adulta. A terceira idade é a época em que os frutos são colhidos como resultado daquilo que se plantou na infância, na juventude e nos primeiros ciclos da vida adulta (Ec 12.1). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Tempo da colheita
  • 17. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP Temos, aqui, duas importantes lições: a) saber plantar, isto é, fazer boas escolhas sob a direção de Deus nos verdes anos da juventude é condição essencial para que se faça uma boa colheita no período da terceira idade; e b) aquilo que colhemos na terceira idade, inclusive certas doenças, é o resultado direto das escolhas que fizemos no tempo da semeadura (Gl 6.7-9). 2. Tempo da colheita
  • 18. A Bíblia é o livro de Deus que nos ensina como andar diante de Deus em santidade, e diante dos homens em justiça e retidão. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Tempo da colheita
  • 19. Mas não fica só por aí a frutificação na terceira idade. Esta é também uma época de compartilhamento. Não é bom reter somente para nós, em nossos celeiros, aquilo que Deus amorosamente nos concedeu durante toda a nossa vida. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 3. Tempo de compartilhar
  • 20. A menção aos frutos, no Pentateuco, sempre traz implícita essa ideia (Dt 26.1-11 cf. 16.11). O que Deus pôs em nossas mãos, como fruto da nossa colheita, é para também abençoar àqueles que nos cercam e, sobretudo, contribuir com a expansão do seu Reino na Terra. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 3. Tempo de compartilhar
  • 21. Alguém que chegou à terceira idade após uma boa semeadura ainda tem muito a contribuir nos átrios da casa de Deus e a compartilhar com os que o cercam. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 3. Tempo de compartilhar
  • 22. RESUMO DO TÓPICO (1) A terceira idade é um período de maturidade, colheita e compartilhamento da graça e bondade de Deus. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 23. 1. Renovação pela comunhão com Deus 2. Renovação pelo senso do serviço cristão Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 24. Mas a terceira idade é, ainda, um tempo de renovação espiritual pela comunhão íntima com Deus. O texto de Isaías, na Leitura Bíblica em Classe, fala que até os jovens se cansam (v.30). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Renovação pela comunhão com Deus
  • 25. Isso acontece por ser a juventude uma época de bastante ativismo, nem sempre com bons resultados. No entanto, aos que esperam firmemente no Senhor há uma promessa de renovação espiritual e de alçar voos como os da águia, mesmo na terceira idade, sem cansaço, nem fadiga (v.31). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Renovação pela comunhão com Deus
  • 26. Conquanto nossa comunhão com Deus seja algo para ser buscado e mantido em toda a dimensão do nosso tempo e circunstâncias, a Bíblia deixa claro que devemos em todos os momentos aprofundar esse relacionamento, com a provisão do Espírito Santo, fundamentados na fé em Cristo e na Palavra de Deus. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Renovação pela comunhão com Deus
  • 27. A velhice enseja essa oportunidade, pois nessa faixa etária as pessoas geralmente dispõem de mais tempo diário para a oração e à leitura da Bíblia. Vale lembrar, inclusive, que a nossa boa saúde espiritual contribui diretamente para a saúde física. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. Renovação pela comunhão com Deus
  • 28. Outra área que traz renovação espiritual no tempo da velhice é a do serviço cristão. Existem muitas áreas de trabalho nas igrejas apropriadas para as pessoas da terceira idade. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Renovação pelo senso do serviço cristão
  • 29. É óbvio que elas não correrão como as pessoas mais jovens, não terão o mesmo ativismo, mas poderão ter o conhecimento e experiência necessárias para realizarem certas atividades que requerem a maturidade que só os idosos possuem. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Renovação pelo senso do serviço cristão
  • 30. O povo de Deus necessita da energia dos crentes mais jovens, mas não pode jamais abrir mão da experiência dos santos mais idosos. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Renovação pelo senso do serviço cristão
  • 31. Lembremo-nos de que devemos cumprir todo o propósito dado por Deus à nossa existência até que ele nos chame ao lar celestial (Ec 9.10; Is 46.4; At 20.24). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. Renovação pelo senso do serviço cristão
  • 32. RESUMO DO TÓPICO (2) A comunhão com Deus e o senso do serviço cristão possibilitam a renovação espiritual na terceira idade. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 33. 1. A herança do exemplo 2. A herança da fé Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 34. A terceira idade, queiramos ou não, traz também a perspectiva sobre que tipo de herança espiritual e ética será deixada para as próximas gerações. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. A herança do exemplo
  • 35. Acima de qualquer bem material, uma de nossas grandes heranças será o exemplo de fé, serviço e testemunho legados aos que nos sucederem (Sl 71.5-9; Pv 13.22). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. A herança do exemplo
  • 36. Ainda hoje muitos personagens da história cristã são referenciais como modelo de vida temente a Deus, honesta, altruísta, patriótica, por serem compromissados com Deus e sua Palavra. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 1. A herança do exemplo
  • 37. Cuidar da herança da fé é também outra grande responsabilidade da terceira idade. Que contribuição estaremos deixando nessa área vital de nossas relações com Deus? Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. A herança da fé
  • 38. Que perspectivas nossos filhos e netos terão da fé ao olharem a nossa história? Eles nos verão como pessoas que sempre souberam confiar em Deus e viverem inteiramente para Ele, ou como incrédulos, sem nenhum legado espiritual, cristão e humano? Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. A herança da fé
  • 39. A fé é o maior patrimônio que podemos passar às gerações seguintes. Veja que o apóstolo Paulo, ao final da carreira, fez menção dela como algo zelosamente guardado no coração. Era a sua preciosa herança para os que viriam depois (2 Tm 4.7). Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP 2. A herança da fé
  • 40. RESUMO DO TÓPICO (3) A terceira idade é um tempo de cuidar da herança da fé e do exemplo. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 41. Conclusão: Para concluir, Abraão e Sara cumpriram o propósito de Deus na sua velhice (Gn 22.1,2), Moisés começou a liderar o povo de Israel com a idade de 80 anos (Dt 29.5; At 7.23,30,36) e Davi, o grande rei de Israel, morreu em boa velhice, “tendo desfrutado vida longa, riqueza e glória” (1 Cr 29.27,28 - NVI). De igual modo, você e eu, se nos submetermos e permanecermos nos princípios da Palavra de Deus, podemos desfrutar de uma velhice feliz e igualmente viver em segurança em mundo inseguro. Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1139 – São Paulo - SP
  • 42. Estudo disponível no www.facebook.com/EBDFrutosparaVida Necessário baixar o aplicativo slideshare para visualização em smartphones e tablets Av. Mariana Caligiori Ronchetti, 1051 – São Paulo - SP