SlideShare uma empresa Scribd logo
Workshop AC/UFP

                     f




Infografia
Multimédia

Eduardo Zilles Borba – ezb@ezb.com.br
    Universidade Fernando Pessoa
    Agência de Comunicação da UFP
        Porto, Portugal - 25/05/2010
Roteiro do workshop

1. A evolução da infografia
2. Conceitos de infografia multimédia
3. Casos de sucesso
4. Projecto prático
      - briefing, brainstorm, produção criativa, aprovação, publicação
      - exemplos prácticos de metodologia
      - dicas de links para web


Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   2
1. Introdução
                                 Infografia multimédia

  Introdução

 O ser humano recebe informação através
 dos sentidos (Cairo, 2008):

               80,0%         Visão
               14,0%         Audição
                3,5%         Olfacto
                1,5%         Tacto
                1,0%         Gosto/Paladar



     Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   3
1. Evolução da infografia
Dos primatas aos cibernautas



Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
1. Evolução da infografia
                       Dos primatas aos cibernautas

Sobre a infografia…


“A infografia não somente mostra e descreve feitos, mas sim
descobre conexões, padrões não evidentes na primeira vista
que, se não fossem representados, permaneceriam
desconhecidos para o leitor…

… a visualização da informação/infografia facilita a análise. A
dimensão estética deve ser relegada a um segundo plano, e
é uma consequência (um afeto secundário) da qualidade da
informação”. (Cairo, 2008, p.29).



   Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   5
1. Evolução da infografia
                            Dos primatas aos cibernautas

                    3000 a.C. até               Séc.XV               Séc.XVI ao XX              Anos 80
                      394 d.C


  Pré-
  Pré-                                        Rev.                  Esquemas,
                                                                                               Info
História             Egípcios                                        Dados e
                                            Imprensa                                        Jornalismo
                                                                     Gráficos


- Pinturas             - Sinais        - Prensa de Gutemberg      - Da Vinci (esquemas)        - USA Today
 - Formas            - Símbolos          - Impressão de texto       - Playfair (gráficos)   (complementares,
- Objectos             - Signos           em Grande escala.            - Beck (metro)        meteorologia…)
                                             (Ex: Bíblia).




        Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)                        6
1. Evolução da infografia
                           Dos primatas aos cibernautas

Era Digital

1995 – Surge a Internet (web) com novas características para
              a mensagem (Schultz, 1999). A comunicação desperta
              para um novo paradigma - da massa e do átomo para
              o indivíduo e o digital (Negroponte, 1995; Levy, 1999).
                         Multimedialidade
                         Interactividade
                         Hipertextualidade
                         Ubiquidade
                         Velocidade de actualização
                         Memória
                         Personalização


       Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   7
1. Evolução da infografia
                    Dos primatas aos cibernautas




Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   8
2. Infografia Multimédia
Principais conceitos da infografia na cibercultura



Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
2. Infografia Multimédia
      Principais conceitos da infografia na cibercultura


Infografia online é…

      uma unidade informativa, na maioria dos casos
   apresentada em sequência sucessiva, que se elabora
   para publicações digitais não estritamente linguísticas,
   realizada mediante elementos icônicos (estáticos ou
   dinâmicos) com apoio de diversas unidades sensoriais:
   vídeo, áudio, texto, foto/imagem, ilustração, animação.
   (Valero Sancho, 2004)




    Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   10
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura




             Características
        da infografia na Internet



Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   11
2. Infografia Multimédia
   Principais conceitos da infografia na cibercultura




               1 - MULTIMÉDIA
É a combinação, controlada por computador, de textos, gráficos,
      imagens, vídeos, áudios, animações e qualquer outro meio
    pelo qual a informação possa ser representada, armazenada,
     transmitida e processada sob a forma digital, em que existe
     pelo menos um tipo de media estática (texto, gráfico, imagem) e
   um media dinâmico (vídeo, áudio, animação). (Gouveia, 2009)



 Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   12
2. Infografia Multimédia
               Principais conceitos da infografia na cibercultura
MULTIMÉDIA




             Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   13
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura




     2 - INTERACTIVIDADE
   É a característica do sistema multimédia que permite ao
   utilizador final controlar como e quando os elementos de
          informação são apresentados. (Gouveia, 2009)


  Interacção entre Homem/Humano e máquina/computador




Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   14
2. Infografia Multimédia
                    Principais conceitos da infografia na cibercultura
INTERACTIVIDADE




                  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   15
2. Infografia Multimédia
     Principais conceitos da infografia na cibercultura



             3 - HIPERTEXTUAL
É o texto em formato digital ao qual agrega-se outros conjuntos de
                                     agrega-
      informação na forma de blocos cujo acesso se dá através de
   referências específicas denominadas hiperlinks. (Wikipedia.com, 2010)

  No caso dos infográficos feitos para a web, ao passo que cada
   elemento – vídeo, foto, áudio, texto… - deve ser compreensível
    de maneira isolada, todos têm de manter coerência entre si e
      contribuir para uma unidade comunicativa. (Salaverría, 2001)



   Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   16
2. Infografia Multimédia
                 Principais conceitos da infografia na cibercultura
HIPERTEXTUAL




               Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   17
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura



    4 – UBÍQUA / GLOBAL
Capacidade da informação estar disponível em qualquer local
      e a qualquer momento (sentido de omnipresença).
                            (sentido    omnipresença).

             “A Internet se entranha na pele da cultura”.
                                        (Kerckhove, 1995)




Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   18
2. Infografia Multimédia
                  Principais conceitos da infografia na cibercultura
UBÍQUA/GLOBAL




                Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   19
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura




5 – VELOCIDADE DE ACTUALIZAÇÃO
      Uma das principais características da mensagem na
         Internet é a sua velocidade e simplicidade para
             actualização de conteúdos (tempo real).
                                         (tempo real).
                                           (Virilio, 1995)




Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   20
2. Infografia Multimédia
               Principais conceitos da infografia na cibercultura
TEMPO REAL




             Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   21
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura




                       6 – MEMÓRIA
      A capacidade de armazenar a informação abre um
         novo horizonte para a criação de base de dados
        extensas – até mesmo “infinitas”. (Negroponte, 1995)
                             “infinitas”.




Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   22
2. Infografia Multimédia
            Principais conceitos da infografia na cibercultura
MEMÓRIA




                                                             x




          Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   23
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura



             7 – PERSONALIZAÇÃO
           A mensagem é centralizada no indivíduo.
                                        indivíduo.
      Igualmente, é personalizada a EXPERIÊNCIA da pessoa
                 com uma interface multimédia.

         A informação não é apenas emitida e recebida.
               Existe um elevado grau de feedback que
                     prolonga o fim da mensagem.



Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   24
2. Infografia Multimédia
                   Principais conceitos da infografia na cibercultura
PERSONALIZAÇÃO




                 Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   25
2. Infografia Multimédia
  Principais conceitos da infografia na cibercultura


Narrativas

   Linear / Sequencial                                     Não-
                                                           Não-linear / Relacional
   - narrativa com início, meio e                          - narrativa livre e construída
   fim. O indivíduo intervem para                          pelo indivíduo através de
   “avançar” a peça.                                       hiperligações



   Autónomo                                                Complemento
   - infográfico independente de                           - actua como um elemento para
   qualquer notícia. Apresenta                             aprofundar a informação de uma
   toda a informação necessária.                           peça principal.



Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)             26
3. Exemplos de infografias multimédia

Casos de Sucesso



 Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
3. Exemplos de infografia multimédia
                                            Casos de sucesso


Estadão (Brasil)
- Alta interactividade
- Boa multimedialidade


- Relacional e espacial
- Não-linear
  Não-
- Cartografia (ambiental, real)


Link:
http://www.estadao.com.br/brasilia50.shtm




        Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   28
3. Exemplos de infografia multimédia
                                          Casos de sucesso


Veja (Brasil)
- Alta interactividade
- Boa multimedialidade


- Relacional
- Não-linear
  Não-
- Cartografia (simbólica/mapa)
- Acção “antes e depois”

Link:
http://veja.abril.com.br/complementos-
materias/mapa-flora-sp/info-popup.shtml




        Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   29
3. Exemplos de infografia multimédia
                                          Casos de sucesso


JN (Portugal)
- Boa interactividade
- Baixa multimedialidade


-   Relacional
-   Não-linear
    Não-
-   Mini-site (hiperlink para pg’s)
    Mini-
-   Informativo

Link:
http://veja.abril.com.br/complementos-
materias/mapa-flora-sp/info-popup.shtml




        Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   30
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais




  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
4. Dicas para criar uma infografia
      Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


                                                                  Alterações




Pedido               Brainstorm                    Produção
                                                                              Aprovação              Publicação
Briefing              Esboços                       Criativa




                                                                  Publicar quando não há cliente.
                                                                          Exemplos: projecto pessoal,
                                                                      jornal online(infog.coordenada pelo
                                                                       editor de arte e/ou editor-chefe)
                                                                                           editor-


           Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)                  32
4. Dicas para criar uma infografia
 Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


1. Pedido do cliente / Briefing

    CLIENTE                                                   EDITOR / DIR.CRIATIVO
    - o que quer?                                             - lead (quem, onde, quando,
    - qual o objectivo?                                       porque, quando, como…)
    - público-alvo?
      público-                                                - texto ou briefing da
    - qual a verba?                                           história, facto, notícia.
    - deadline                                                - deadline (dia, semana…)

    QUEM PRODUZ O CONTEÚDO                                    EQUIPE MULTIDISCIPLINAR NA
  (TEXTO/FOTO)? CLIENTE,EQUIPA                              REDACÇÃO DO JORNAL (REPÓRTER,
DA AGÊNCIA, DESIGNER FREELANCER                                ILUSTRADOR, FOTÓGRAFO…)


   Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)          33
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


2. Brainstorm & Esboços

          Brainstorm multidisciplinar (equipa) / pesquisa e estudo

          Estipular conceito do infográfico (ideia central)

          Desenhar esboços do projecto:
                - arquitectura dos conteúdos
                - plano de navegação e usabilidade




  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   34
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


3. Produção criativa

          Conteúdo (redacção, dados, índices, números…)

          Design Gráfico (ilustração, ícones, símbolos, signos…)

          Design de Interacção (hiperlinks, menu, animação, programação-
                                                            programação-
          action script, testes do produto digital…)




  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   35
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


4. Aprovação

          Reunião com cliente para apresentar a peça.

          Sugestões, alterações, acréscimos de conteúdos.

          Algumas vezes, em casos de logotipos, pode-se
                                                 pode-
          apresentar mais que uma proposta. Contudo, na
          infografia isto não ocorre regularmente pelo elevado
          grau de pormenores.



  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   36
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


5. Publicação

          Após aprovado, publicar a peça multimédia
          (integrar ao site, gravar em CD/DVD, servidor ASP/PHP)

          Testes de publicação, já na versão beta, com o cliente ou
          indivíduos neutros.




  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   37
4. Dicas para criar uma infografia
      Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


                                                                  Alterações




Pedido               Brainstorm                    Produção
                                                                              Aprovação              Publicação
Briefing              Esboços                       Criativa




                                                                  Publicar quando não há cliente.
                                                                          Exemplos: projecto pessoal,
                                                                      jornal online(infog.coordenada pelo
                                                                       editor de arte e/ou editor-chefe)
                                                                                           editor-


           Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)                  38
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


   Exercício 1

          Cliente: 1970 Viagens (Agência de Viagens e Turismo)

          O que precisava: um incentivo para divulgar promoções
          no site de uma forma visual e interactiva

          Peça: infográfico – Mundo Interactivo

          Meio: animação flash integrada na página inicial do site
          da 1970 Viagens através de um banner destacado com
          hiperlink para aceder ao infográfico.


  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   39
4. Dicas para criar uma infografia
         Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais
ESBOÇO




           Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   40
4. Dicas para criar uma infografia
         Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais
ESBOÇO




           Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   41
4. Dicas para criar uma infografia
         Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais
ESBOÇO




           Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   42
4. Dicas para criar uma infografia
                    Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais
PRODUÇÃO CRIATIVA




                      Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   43
4. Dicas para criar uma infografia
                     Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais
APROVADO/PUBLICADO




                       Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   44
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


   Exercício 2 (com os participantes)

          Cliente: jornal diário

          O que precisava: um infográfico especial sobre o Estoril
          Open de Ténis. Dados a ressaltar: história, tenistas
          participantes e os vencedores das últimas edições.

          Peça: infográfico – Estoril Open de Ténis

          Meio: animação flash para actuar como um complemento
          da reportagem principal no site do jornal.


  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   45
4. Dicas para criar uma infografia
Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais


   Dicas de links na web
          www.coolinfographics.com

          www.albertocairo.com

          www.flowingdata.com

          www.datavis.tumblr.com

          http://infographics.apa.at

          http://homer.uc3m.es/audiovisuales/miscelanea/conferenci
          as/20071217_VC_Leganes.wmv (workshop A.Cairo)

  Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)   46
Muito obrigado
                             pela participação!


                                      Eduardo Zilles Borba
                                            ezb@ezb.com.br
                                            www.ezb.com.br
                                        twitter.com/ezillesborba




                                                                                 f
Workshop AC/UFP - Universidade Fernando Pessoa - Porto, Portugal – 25/05/2010.


                                                                                     47

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Infografia: Rapidez na apresentação de informações
Infografia: Rapidez na apresentação de informaçõesInfografia: Rapidez na apresentação de informações
Infografia: Rapidez na apresentação de informações
Beatriz Blanco
 
Infografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz Blanco
Infografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz BlancoInfografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz Blanco
Infografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz Blanco
Media Education
 
Arquitetura de informação para infografia estática
Arquitetura de informação para infografia estáticaArquitetura de informação para infografia estática
Arquitetura de informação para infografia estática
Patricia Prado
 
Aula de infograficos 2014.1
Aula de infograficos 2014.1Aula de infograficos 2014.1
Aula de infograficos 2014.1
diogomaduell
 
Infografia aula 1
Infografia   aula 1Infografia   aula 1
Infografia aula 1
aulasdejornalismo
 
Power infografias
Power infografiasPower infografias
Power infografias
Jimena Soledad Meroni
 
Workshop de Design para Iniciantes
Workshop de Design para IniciantesWorkshop de Design para Iniciantes
Workshop de Design para Iniciantes
Atlas Media Lab
 
Workshop de Infografia
Workshop de InfografiaWorkshop de Infografia
Workshop de Infografia
Atlas Media Lab
 
Tipos de infografía
Tipos de infografíaTipos de infografía
Tipos de infografía
Bel Allendes
 
Tipos de infografía
Tipos de infografíaTipos de infografía
Tipos de infografía
MarinaColaut
 
Assessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digitalAssessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digital
Marcelo Ribeiro
 
Jornalismo digital e infografia
Jornalismo digital e infografiaJornalismo digital e infografia
Jornalismo digital e infografia
Universidade Federal Fluminense
 
Apresentação infográfico
Apresentação infográficoApresentação infográfico
Infográfico
InfográficoInfográfico
Infográfico
Cíntia Dal Bello
 
Um revolução na web com HTML 5
Um revolução na web com HTML 5Um revolução na web com HTML 5
Um revolução na web com HTML 5
Otávio Santana
 
Conceitos básicos de multimédia
Conceitos básicos de multimédiaConceitos básicos de multimédia
Conceitos básicos de multimédia
Brunopduarte
 
Apresentação 2 TPSI - ISEC
Apresentação 2 TPSI - ISECApresentação 2 TPSI - ISEC
Apresentação 2 TPSI - ISEC
João Leal
 
Horario2ºb
Horario2ºbHorario2ºb
Projecto multimédia
Projecto multimédiaProjecto multimédia
Projecto multimédia
Nuno Cardoso
 
O HTML 5 e o futuro da web
O HTML 5 e o futuro da webO HTML 5 e o futuro da web
O HTML 5 e o futuro da web
Campus Party Brasil
 

Destaque (20)

Infografia: Rapidez na apresentação de informações
Infografia: Rapidez na apresentação de informaçõesInfografia: Rapidez na apresentação de informações
Infografia: Rapidez na apresentação de informações
 
Infografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz Blanco
Infografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz BlancoInfografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz Blanco
Infografia: rapidez na apresentação de informações - Beatriz Blanco
 
Arquitetura de informação para infografia estática
Arquitetura de informação para infografia estáticaArquitetura de informação para infografia estática
Arquitetura de informação para infografia estática
 
Aula de infograficos 2014.1
Aula de infograficos 2014.1Aula de infograficos 2014.1
Aula de infograficos 2014.1
 
Infografia aula 1
Infografia   aula 1Infografia   aula 1
Infografia aula 1
 
Power infografias
Power infografiasPower infografias
Power infografias
 
Workshop de Design para Iniciantes
Workshop de Design para IniciantesWorkshop de Design para Iniciantes
Workshop de Design para Iniciantes
 
Workshop de Infografia
Workshop de InfografiaWorkshop de Infografia
Workshop de Infografia
 
Tipos de infografía
Tipos de infografíaTipos de infografía
Tipos de infografía
 
Tipos de infografía
Tipos de infografíaTipos de infografía
Tipos de infografía
 
Assessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digitalAssessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digital
 
Jornalismo digital e infografia
Jornalismo digital e infografiaJornalismo digital e infografia
Jornalismo digital e infografia
 
Apresentação infográfico
Apresentação infográficoApresentação infográfico
Apresentação infográfico
 
Infográfico
InfográficoInfográfico
Infográfico
 
Um revolução na web com HTML 5
Um revolução na web com HTML 5Um revolução na web com HTML 5
Um revolução na web com HTML 5
 
Conceitos básicos de multimédia
Conceitos básicos de multimédiaConceitos básicos de multimédia
Conceitos básicos de multimédia
 
Apresentação 2 TPSI - ISEC
Apresentação 2 TPSI - ISECApresentação 2 TPSI - ISEC
Apresentação 2 TPSI - ISEC
 
Horario2ºb
Horario2ºbHorario2ºb
Horario2ºb
 
Projecto multimédia
Projecto multimédiaProjecto multimédia
Projecto multimédia
 
O HTML 5 e o futuro da web
O HTML 5 e o futuro da webO HTML 5 e o futuro da web
O HTML 5 e o futuro da web
 

Semelhante a Infografia Multimédia/Multimídia

Comunicação virtual
Comunicação virtualComunicação virtual
Comunicação virtual
Rosane Taruhn
 
Multimédia
MultimédiaMultimédia
Multimédia
Cátia Candy
 
Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...
Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...
Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...
Eduardo Zilles Borba
 
A Transposição Físico-Virtual do Cartaz
A Transposição Físico-Virtual do CartazA Transposição Físico-Virtual do Cartaz
A Transposição Físico-Virtual do Cartaz
Eduardo Zilles Borba
 
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentosPpcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Marcus Vinicius Santos Kucharski
 
Novas Tecnologias e Mídia Digital
Novas Tecnologias e Mídia DigitalNovas Tecnologias e Mídia Digital
Novas Tecnologias e Mídia Digital
Esdras Marchezan Sales
 
História e Principios das tics
História e Principios das ticsHistória e Principios das tics
História e Principios das tics
joaocarvalhoprof
 
Concurso do Senado
Concurso do SenadoConcurso do Senado
Concurso do Senado
Alberto Marques
 
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMOAULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
aulasdejornalismo
 
Spm 23 ago
Spm 23 agoSpm 23 ago
Spm 23 ago
lutimielniczuk
 
Trabalho Introdução à Multimédia - Carolina Cerejo
Trabalho Introdução à Multimédia - Carolina CerejoTrabalho Introdução à Multimédia - Carolina Cerejo
Trabalho Introdução à Multimédia - Carolina Cerejo
carolinacerejo
 
Sociedade Informação
Sociedade InformaçãoSociedade Informação
Sociedade Informação
Amorim Albert
 
Possibilidades das TIC na educação
Possibilidades das TIC na educação Possibilidades das TIC na educação
Possibilidades das TIC na educação
Mirna Tonus
 
Intro Multimedia
Intro MultimediaIntro Multimedia
Intro Multimedia
dribas
 
Modamercado2
Modamercado2Modamercado2
Modamercado2
Izabel Meister
 
O Ciberespaço e suas Oportunidades
O Ciberespaço e suas OportunidadesO Ciberespaço e suas Oportunidades
O Ciberespaço e suas Oportunidades
João Paulo Lacerda
 
Aula inaugural
Aula inauguralAula inaugural
Aula inaugural
Cláudio Amaral
 
Media Lab 1 aula Teórica 01
Media Lab 1 aula Teórica 01Media Lab 1 aula Teórica 01
Media Lab 1 aula Teórica 01
Domingos Andrade
 
Convergência Tecnológica
Convergência TecnológicaConvergência Tecnológica
Convergência Tecnológica
Vinícius M. Kern
 
Cw 30nov burbujasdeocio
Cw 30nov burbujasdeocioCw 30nov burbujasdeocio
Cw 30nov burbujasdeocio
lutimielniczuk
 

Semelhante a Infografia Multimédia/Multimídia (20)

Comunicação virtual
Comunicação virtualComunicação virtual
Comunicação virtual
 
Multimédia
MultimédiaMultimédia
Multimédia
 
Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...
Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...
Publicidade em Espacos Virtuais: a computacao grafica como recurso criativo e...
 
A Transposição Físico-Virtual do Cartaz
A Transposição Físico-Virtual do CartazA Transposição Físico-Virtual do Cartaz
A Transposição Físico-Virtual do Cartaz
 
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentosPpcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
Ppcyb2 t1 alunos_apresentacao_e_fundamentos
 
Novas Tecnologias e Mídia Digital
Novas Tecnologias e Mídia DigitalNovas Tecnologias e Mídia Digital
Novas Tecnologias e Mídia Digital
 
História e Principios das tics
História e Principios das ticsHistória e Principios das tics
História e Principios das tics
 
Concurso do Senado
Concurso do SenadoConcurso do Senado
Concurso do Senado
 
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMOAULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
 
Spm 23 ago
Spm 23 agoSpm 23 ago
Spm 23 ago
 
Trabalho Introdução à Multimédia - Carolina Cerejo
Trabalho Introdução à Multimédia - Carolina CerejoTrabalho Introdução à Multimédia - Carolina Cerejo
Trabalho Introdução à Multimédia - Carolina Cerejo
 
Sociedade Informação
Sociedade InformaçãoSociedade Informação
Sociedade Informação
 
Possibilidades das TIC na educação
Possibilidades das TIC na educação Possibilidades das TIC na educação
Possibilidades das TIC na educação
 
Intro Multimedia
Intro MultimediaIntro Multimedia
Intro Multimedia
 
Modamercado2
Modamercado2Modamercado2
Modamercado2
 
O Ciberespaço e suas Oportunidades
O Ciberespaço e suas OportunidadesO Ciberespaço e suas Oportunidades
O Ciberespaço e suas Oportunidades
 
Aula inaugural
Aula inauguralAula inaugural
Aula inaugural
 
Media Lab 1 aula Teórica 01
Media Lab 1 aula Teórica 01Media Lab 1 aula Teórica 01
Media Lab 1 aula Teórica 01
 
Convergência Tecnológica
Convergência TecnológicaConvergência Tecnológica
Convergência Tecnológica
 
Cw 30nov burbujasdeocio
Cw 30nov burbujasdeocioCw 30nov burbujasdeocio
Cw 30nov burbujasdeocio
 

Mais de Eduardo Zilles Borba

Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades Tecnoculturais em Dis...
Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades  Tecnoculturais em Dis...Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades  Tecnoculturais em Dis...
Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades Tecnoculturais em Dis...
Eduardo Zilles Borba
 
Replay! When past experiences are reassembled through virtual reality
Replay! When past experiences are reassembled through virtual realityReplay! When past experiences are reassembled through virtual reality
Replay! When past experiences are reassembled through virtual reality
Eduardo Zilles Borba
 
Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...
Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...
Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...
Eduardo Zilles Borba
 
Do monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtual
Do monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtualDo monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtual
Do monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtual
Eduardo Zilles Borba
 
Do Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfaces
Do Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfacesDo Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfaces
Do Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfaces
Eduardo Zilles Borba
 
Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...
Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...
Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...
Eduardo Zilles Borba
 
A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.
A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.
A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.
Eduardo Zilles Borba
 
Uma exploracao empirica ao outdoor personalizado
Uma exploracao empirica ao outdoor personalizadoUma exploracao empirica ao outdoor personalizado
Uma exploracao empirica ao outdoor personalizado
Eduardo Zilles Borba
 
Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.
Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.
Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.
Eduardo Zilles Borba
 
Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...
Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...
Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...
Eduardo Zilles Borba
 
Bola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebol
Bola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebolBola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebol
Bola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebol
Eduardo Zilles Borba
 
Cibermarketing na English Premiere League
Cibermarketing na English Premiere LeagueCibermarketing na English Premiere League
Cibermarketing na English Premiere League
Eduardo Zilles Borba
 

Mais de Eduardo Zilles Borba (12)

Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades Tecnoculturais em Dis...
Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades  Tecnoculturais em Dis...Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades  Tecnoculturais em Dis...
Materialidades, Sociabilidades e Outras Possibilidades Tecnoculturais em Dis...
 
Replay! When past experiences are reassembled through virtual reality
Replay! When past experiences are reassembled through virtual realityReplay! When past experiences are reassembled through virtual reality
Replay! When past experiences are reassembled through virtual reality
 
Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...
Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...
Realidade Virtual Imersiva: fundamentos, características e perspectivas de ap...
 
Do monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtual
Do monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtualDo monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtual
Do monitor à caverna digital: experiências de imersão no contexto virtual
 
Do Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfaces
Do Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfacesDo Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfaces
Do Modus Operandi ao Modus Vivendi: uma nova percepção de interfaces
 
Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...
Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...
Urban space design in virtual worlds. An analyses to the aesthetic-spatial an...
 
A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.
A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.
A comunicação da marca através dos advergames. O caso da Coca-Cola Zero.
 
Uma exploracao empirica ao outdoor personalizado
Uma exploracao empirica ao outdoor personalizadoUma exploracao empirica ao outdoor personalizado
Uma exploracao empirica ao outdoor personalizado
 
Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.
Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.
Visual percetion in metaverses. Consuming advertising through the avatar's eyes.
 
Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...
Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...
Outdoor personalizado: uma nomenclatura para a mídia exterior adaptada aos es...
 
Bola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebol
Bola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebolBola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebol
Bola na Rede: uma metodologia para investigação de websites de clubes de futebol
 
Cibermarketing na English Premiere League
Cibermarketing na English Premiere LeagueCibermarketing na English Premiere League
Cibermarketing na English Premiere League
 

Último

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 

Último (20)

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 

Infografia Multimédia/Multimídia

  • 1. Workshop AC/UFP f Infografia Multimédia Eduardo Zilles Borba – ezb@ezb.com.br Universidade Fernando Pessoa Agência de Comunicação da UFP Porto, Portugal - 25/05/2010
  • 2. Roteiro do workshop 1. A evolução da infografia 2. Conceitos de infografia multimédia 3. Casos de sucesso 4. Projecto prático - briefing, brainstorm, produção criativa, aprovação, publicação - exemplos prácticos de metodologia - dicas de links para web Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 2
  • 3. 1. Introdução Infografia multimédia Introdução O ser humano recebe informação através dos sentidos (Cairo, 2008): 80,0% Visão 14,0% Audição 3,5% Olfacto 1,5% Tacto 1,0% Gosto/Paladar Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 3
  • 4. 1. Evolução da infografia Dos primatas aos cibernautas Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
  • 5. 1. Evolução da infografia Dos primatas aos cibernautas Sobre a infografia… “A infografia não somente mostra e descreve feitos, mas sim descobre conexões, padrões não evidentes na primeira vista que, se não fossem representados, permaneceriam desconhecidos para o leitor… … a visualização da informação/infografia facilita a análise. A dimensão estética deve ser relegada a um segundo plano, e é uma consequência (um afeto secundário) da qualidade da informação”. (Cairo, 2008, p.29). Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 5
  • 6. 1. Evolução da infografia Dos primatas aos cibernautas 3000 a.C. até Séc.XV Séc.XVI ao XX Anos 80 394 d.C Pré- Pré- Rev. Esquemas, Info História Egípcios Dados e Imprensa Jornalismo Gráficos - Pinturas - Sinais - Prensa de Gutemberg - Da Vinci (esquemas) - USA Today - Formas - Símbolos - Impressão de texto - Playfair (gráficos) (complementares, - Objectos - Signos em Grande escala. - Beck (metro) meteorologia…) (Ex: Bíblia). Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 6
  • 7. 1. Evolução da infografia Dos primatas aos cibernautas Era Digital 1995 – Surge a Internet (web) com novas características para a mensagem (Schultz, 1999). A comunicação desperta para um novo paradigma - da massa e do átomo para o indivíduo e o digital (Negroponte, 1995; Levy, 1999). Multimedialidade Interactividade Hipertextualidade Ubiquidade Velocidade de actualização Memória Personalização Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 7
  • 8. 1. Evolução da infografia Dos primatas aos cibernautas Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 8
  • 9. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
  • 10. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura Infografia online é… uma unidade informativa, na maioria dos casos apresentada em sequência sucessiva, que se elabora para publicações digitais não estritamente linguísticas, realizada mediante elementos icônicos (estáticos ou dinâmicos) com apoio de diversas unidades sensoriais: vídeo, áudio, texto, foto/imagem, ilustração, animação. (Valero Sancho, 2004) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 10
  • 11. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura Características da infografia na Internet Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 11
  • 12. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 1 - MULTIMÉDIA É a combinação, controlada por computador, de textos, gráficos, imagens, vídeos, áudios, animações e qualquer outro meio pelo qual a informação possa ser representada, armazenada, transmitida e processada sob a forma digital, em que existe pelo menos um tipo de media estática (texto, gráfico, imagem) e um media dinâmico (vídeo, áudio, animação). (Gouveia, 2009) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 12
  • 13. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura MULTIMÉDIA Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 13
  • 14. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 2 - INTERACTIVIDADE É a característica do sistema multimédia que permite ao utilizador final controlar como e quando os elementos de informação são apresentados. (Gouveia, 2009) Interacção entre Homem/Humano e máquina/computador Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 14
  • 15. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura INTERACTIVIDADE Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 15
  • 16. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 3 - HIPERTEXTUAL É o texto em formato digital ao qual agrega-se outros conjuntos de agrega- informação na forma de blocos cujo acesso se dá através de referências específicas denominadas hiperlinks. (Wikipedia.com, 2010) No caso dos infográficos feitos para a web, ao passo que cada elemento – vídeo, foto, áudio, texto… - deve ser compreensível de maneira isolada, todos têm de manter coerência entre si e contribuir para uma unidade comunicativa. (Salaverría, 2001) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 16
  • 17. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura HIPERTEXTUAL Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 17
  • 18. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 4 – UBÍQUA / GLOBAL Capacidade da informação estar disponível em qualquer local e a qualquer momento (sentido de omnipresença). (sentido omnipresença). “A Internet se entranha na pele da cultura”. (Kerckhove, 1995) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 18
  • 19. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura UBÍQUA/GLOBAL Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 19
  • 20. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 5 – VELOCIDADE DE ACTUALIZAÇÃO Uma das principais características da mensagem na Internet é a sua velocidade e simplicidade para actualização de conteúdos (tempo real). (tempo real). (Virilio, 1995) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 20
  • 21. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura TEMPO REAL Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 21
  • 22. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 6 – MEMÓRIA A capacidade de armazenar a informação abre um novo horizonte para a criação de base de dados extensas – até mesmo “infinitas”. (Negroponte, 1995) “infinitas”. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 22
  • 23. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura MEMÓRIA x Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 23
  • 24. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura 7 – PERSONALIZAÇÃO A mensagem é centralizada no indivíduo. indivíduo. Igualmente, é personalizada a EXPERIÊNCIA da pessoa com uma interface multimédia. A informação não é apenas emitida e recebida. Existe um elevado grau de feedback que prolonga o fim da mensagem. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 24
  • 25. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura PERSONALIZAÇÃO Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 25
  • 26. 2. Infografia Multimédia Principais conceitos da infografia na cibercultura Narrativas Linear / Sequencial Não- Não-linear / Relacional - narrativa com início, meio e - narrativa livre e construída fim. O indivíduo intervem para pelo indivíduo através de “avançar” a peça. hiperligações Autónomo Complemento - infográfico independente de - actua como um elemento para qualquer notícia. Apresenta aprofundar a informação de uma toda a informação necessária. peça principal. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 26
  • 27. 3. Exemplos de infografias multimédia Casos de Sucesso Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
  • 28. 3. Exemplos de infografia multimédia Casos de sucesso Estadão (Brasil) - Alta interactividade - Boa multimedialidade - Relacional e espacial - Não-linear Não- - Cartografia (ambiental, real) Link: http://www.estadao.com.br/brasilia50.shtm Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 28
  • 29. 3. Exemplos de infografia multimédia Casos de sucesso Veja (Brasil) - Alta interactividade - Boa multimedialidade - Relacional - Não-linear Não- - Cartografia (simbólica/mapa) - Acção “antes e depois” Link: http://veja.abril.com.br/complementos- materias/mapa-flora-sp/info-popup.shtml Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 29
  • 30. 3. Exemplos de infografia multimédia Casos de sucesso JN (Portugal) - Boa interactividade - Baixa multimedialidade - Relacional - Não-linear Não- - Mini-site (hiperlink para pg’s) Mini- - Informativo Link: http://veja.abril.com.br/complementos- materias/mapa-flora-sp/info-popup.shtml Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 30
  • 31. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br)
  • 32. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais Alterações Pedido Brainstorm Produção Aprovação Publicação Briefing Esboços Criativa Publicar quando não há cliente. Exemplos: projecto pessoal, jornal online(infog.coordenada pelo editor de arte e/ou editor-chefe) editor- Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 32
  • 33. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais 1. Pedido do cliente / Briefing CLIENTE EDITOR / DIR.CRIATIVO - o que quer? - lead (quem, onde, quando, - qual o objectivo? porque, quando, como…) - público-alvo? público- - texto ou briefing da - qual a verba? história, facto, notícia. - deadline - deadline (dia, semana…) QUEM PRODUZ O CONTEÚDO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR NA (TEXTO/FOTO)? CLIENTE,EQUIPA REDACÇÃO DO JORNAL (REPÓRTER, DA AGÊNCIA, DESIGNER FREELANCER ILUSTRADOR, FOTÓGRAFO…) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 33
  • 34. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais 2. Brainstorm & Esboços Brainstorm multidisciplinar (equipa) / pesquisa e estudo Estipular conceito do infográfico (ideia central) Desenhar esboços do projecto: - arquitectura dos conteúdos - plano de navegação e usabilidade Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 34
  • 35. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais 3. Produção criativa Conteúdo (redacção, dados, índices, números…) Design Gráfico (ilustração, ícones, símbolos, signos…) Design de Interacção (hiperlinks, menu, animação, programação- programação- action script, testes do produto digital…) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 35
  • 36. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais 4. Aprovação Reunião com cliente para apresentar a peça. Sugestões, alterações, acréscimos de conteúdos. Algumas vezes, em casos de logotipos, pode-se pode- apresentar mais que uma proposta. Contudo, na infografia isto não ocorre regularmente pelo elevado grau de pormenores. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 36
  • 37. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais 5. Publicação Após aprovado, publicar a peça multimédia (integrar ao site, gravar em CD/DVD, servidor ASP/PHP) Testes de publicação, já na versão beta, com o cliente ou indivíduos neutros. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 37
  • 38. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais Alterações Pedido Brainstorm Produção Aprovação Publicação Briefing Esboços Criativa Publicar quando não há cliente. Exemplos: projecto pessoal, jornal online(infog.coordenada pelo editor de arte e/ou editor-chefe) editor- Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 38
  • 39. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais Exercício 1 Cliente: 1970 Viagens (Agência de Viagens e Turismo) O que precisava: um incentivo para divulgar promoções no site de uma forma visual e interactiva Peça: infográfico – Mundo Interactivo Meio: animação flash integrada na página inicial do site da 1970 Viagens através de um banner destacado com hiperlink para aceder ao infográfico. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 39
  • 40. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais ESBOÇO Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 40
  • 41. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais ESBOÇO Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 41
  • 42. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais ESBOÇO Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 42
  • 43. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais PRODUÇÃO CRIATIVA Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 43
  • 44. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais APROVADO/PUBLICADO Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 44
  • 45. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais Exercício 2 (com os participantes) Cliente: jornal diário O que precisava: um infográfico especial sobre o Estoril Open de Ténis. Dados a ressaltar: história, tenistas participantes e os vencedores das últimas edições. Peça: infográfico – Estoril Open de Ténis Meio: animação flash para actuar como um complemento da reportagem principal no site do jornal. Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 45
  • 46. 4. Dicas para criar uma infografia Uma metodologia para desenvolver infográficos digitais Dicas de links na web www.coolinfographics.com www.albertocairo.com www.flowingdata.com www.datavis.tumblr.com http://infographics.apa.at http://homer.uc3m.es/audiovisuales/miscelanea/conferenci as/20071217_VC_Leganes.wmv (workshop A.Cairo) Workshop AC/UFP – Infografia Multimédia - Eduardo Zilles Borba (ezb@ezb.com.br) 46
  • 47. Muito obrigado pela participação! Eduardo Zilles Borba ezb@ezb.com.br www.ezb.com.br twitter.com/ezillesborba f Workshop AC/UFP - Universidade Fernando Pessoa - Porto, Portugal – 25/05/2010. 47