SlideShare uma empresa Scribd logo
Funcoes da linguagem.pptx
 Linguagem é qualquer e todo sistema de signos que
serve de meio de comunicação de ideias ou
sentimentos por meio de signos convencionais,
sonoros, gráficos, gestuais etc.
 A linguagem pode ser percebida pelos diversos órgãos
dos sentidos, o que leva a distinguirem-se várias
espécies de linguagem: visual, auditiva, tátil, etc., ou,
ainda, outras mais complexas, constituídas, ao mesmo
tempo, de elementos diversos.
Para melhor compreensão das funções de linguagem, torna-se necessário o
estudo dos elementos da comunicação:
Emissor - emite, codifica a mensagem;
Receptor - recebe, decodifica a mensagem;
Mensagem - conteúdo transmitido pelo emissor;
Código - conjunto de signos usado na transmissão e recepção da mensagem;
Referente - contexto relacionado a emissor e receptor;
Canal - meio pelo qual circula a mensagem.
Observação: as atitudes e reações dos comunicantes são também
referentes e exercem influência sobre a comunicação
emissor receptor
mensagem
código
referente canal
FUNÇÕES DA LINGUAGEM
São recursos de ênfase que atuam segundo a intenção do produtor da
mensagem, cada qual abordando um diferente elemento da
comunicação.
Um texto pode apresentar mais de uma função enfatizada. O modelo a
seguir foi proposto por Roman Jakobson no livro Linguística e
Comunicação (1970).
 1 - Função emotiva ou expressiva
 2 - Função referencial ou denotativa
 3 - Função apelativa ou conativa
 4 - Função fática
 5 - Função poética ou estética
 6 - Função metalinguística
Função emotiva ou expressiva
A mensagem é centrada nas opiniões e
emoções do emissor. Geralmente usa-se a 1ª
pessoa do singular, interjeições e exclamações.
O texto é pessoal, subjetivo. Exemplos:
autobiografias, memórias, poesia lírica e cartas
de amor.
Função referencial ou denotativa
A mensagem é centrada no referente (contexto
relacionado a emissor e receptor).
O emissor procura fornecer informações da realidade,
sem a opinião pessoal, de forma objetiva, direta,
denotativa.
A ênfase é dada ao conteúdo, às informações.
Geralmente usa-se a 3ª pessoa do singular.
Exemplos: textos jornalísticos, científicos etc.
Função apelativa ou conativa
A mensagem é centrada no receptor e organiza-se de
forma a influenciá-lo.
Geralmente usa-se 2ª ou 3ª pessoa, como também
vocativo e imperativo. Exemplos: discursos, sermões,
textos de publicidade e propaganda.
FUNÇÃO FÁTICA
O canal é posto em destaque. O interesse do
emissor é emitir e simplesmente testar ou chamar
a atenção para o canal.
Exemplos típicos da função fática são: "alô",
"pronto", "oi", "tudo bem?" "boa tarde", "sentem-se"
etc. Ou na propaganda, de forma a chamar a
atenção pela tipografia, layout, etc.
Função poética ou estética
É aquela que põe em evidência a forma da mensagem, ou seja, que
se preocupa mais em "como dizer" do que com "o que dizer".
A mensagem é posta em destaque, chamando a atenção para o
modo como foi organizada. É afetiva, sugestiva, conotativa,
metafórica.
Valorizam-se as palavras e suas combinações. Exemplos:
linguagem figurada apresentada em obras literárias, letras de
música, em algumas propagandas. Características: subjetividade ,
figuras de linguagem Brincadeiras com o código
Função metalinguística
O código linguístico é posto em destaque.
Usa-se o código para falar dele mesmo.
Exemplos: dicionários, gramáticas, textos que
analisam textos, poemas que abordam o
assunto da poesia.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
CIPRO, NETO PASQUALE E INFANTE, ULISSES. GRAMÁTICA DA
LÍNGUA PORTUGUESA. SÃO PAULO: SCIPIONE. 2008.
CEREJA, WILLIAM ROBERTO E MAGALHÃES, THEREZA COCHAR.
TEXTO E INTERAÇÃO: UMA PROPOSTA DE PRODUÇÃO TEXTUAL A
PARTIR DE GÊNEROS E PROJETOS. SÃO PAULO: ATUAL. 2005.
SARMENTO, LEILA LAUAR E TUFANO, DOUGLAS. PORTUGUÊS:
LITERATURA, GRAMÁTICA, PRODUÇÃO DE TEXTO. SÃO PAULO:
MODERNA. 2004.
IMAGENS : WWW.GOOGLE.COM/IMAGES

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Funcoes da-linguagem
Funcoes da-linguagemFuncoes da-linguagem
Funcoes da-linguagem
Jose Arnaldo Silva
 
Fling
FlingFling
Claudia pre alfa
Claudia pre alfaClaudia pre alfa
Claudia pre alfa
Abner Silvio
 
Elementos da comunicacão
Elementos da comunicacãoElementos da comunicacão
Elementos da comunicacão
Susana Cardoso
 
Exercício de revisão comunicação empresarial
Exercício de revisão comunicação empresarialExercício de revisão comunicação empresarial
Exercício de revisão comunicação empresarial
Marcelo Lieuthier
 
Apresentação1 funções da linguagem2
Apresentação1  funções da linguagem2Apresentação1  funções da linguagem2
Apresentação1 funções da linguagem2
Vera Pinho
 
Teste teca 1º ano 1º periodo
Teste teca 1º ano   1º periodoTeste teca 1º ano   1º periodo
Teste teca 1º ano 1º periodo
Leonor Alves
 
Funcões da linguagem
Funcões da linguagemFuncões da linguagem
Funcões da linguagem
Aguinaldo Do Carmo
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
O que é comunicar
O que é comunicarO que é comunicar
O que é comunicar
Saul Marques da Silva
 
Comunicar 8 a
Comunicar 8 aComunicar 8 a
Comunicar 8 a
Paula Oliveira Cruz
 
O que é comunicação?
O que é comunicação?O que é comunicação?
O que é comunicação?
comunicacaonee
 
Elementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação textoElementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação texto
Tina Lima
 
Aula sobre teorias da informação e da comunicação
Aula sobre teorias da informação e da comunicaçãoAula sobre teorias da informação e da comunicação
Aula sobre teorias da informação e da comunicação
Jonathas Carvalho
 
Slides comunicação
Slides comunicaçãoSlides comunicação
Slides comunicação
ciro79
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
Claudio Toldo
 
Processo de raciocínio e processo de comunicação
Processo de raciocínio e processo de comunicaçãoProcesso de raciocínio e processo de comunicação
Processo de raciocínio e processo de comunicação
Camila Paulino
 
Barreiras a comunicação
Barreiras a comunicaçãoBarreiras a comunicação
Barreiras a comunicação
Martinha Vilaça
 
CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.
CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.
CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.
Pedro De Souza Santos
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação

Mais procurados (20)

Funcoes da-linguagem
Funcoes da-linguagemFuncoes da-linguagem
Funcoes da-linguagem
 
Fling
FlingFling
Fling
 
Claudia pre alfa
Claudia pre alfaClaudia pre alfa
Claudia pre alfa
 
Elementos da comunicacão
Elementos da comunicacãoElementos da comunicacão
Elementos da comunicacão
 
Exercício de revisão comunicação empresarial
Exercício de revisão comunicação empresarialExercício de revisão comunicação empresarial
Exercício de revisão comunicação empresarial
 
Apresentação1 funções da linguagem2
Apresentação1  funções da linguagem2Apresentação1  funções da linguagem2
Apresentação1 funções da linguagem2
 
Teste teca 1º ano 1º periodo
Teste teca 1º ano   1º periodoTeste teca 1º ano   1º periodo
Teste teca 1º ano 1º periodo
 
Funcões da linguagem
Funcões da linguagemFuncões da linguagem
Funcões da linguagem
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
O que é comunicar
O que é comunicarO que é comunicar
O que é comunicar
 
Comunicar 8 a
Comunicar 8 aComunicar 8 a
Comunicar 8 a
 
O que é comunicação?
O que é comunicação?O que é comunicação?
O que é comunicação?
 
Elementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação textoElementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação texto
 
Aula sobre teorias da informação e da comunicação
Aula sobre teorias da informação e da comunicaçãoAula sobre teorias da informação e da comunicação
Aula sobre teorias da informação e da comunicação
 
Slides comunicação
Slides comunicaçãoSlides comunicação
Slides comunicação
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
Processo de raciocínio e processo de comunicação
Processo de raciocínio e processo de comunicaçãoProcesso de raciocínio e processo de comunicação
Processo de raciocínio e processo de comunicação
 
Barreiras a comunicação
Barreiras a comunicaçãoBarreiras a comunicação
Barreiras a comunicação
 
CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.
CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.
CONCEITO DE COMUNICAÇÃO.
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 

Destaque

Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1
jesus rodriguez garcia
 
3Com 10/100BASE-TX
3Com 10/100BASE-TX3Com 10/100BASE-TX
3Com 10/100BASE-TX
savomir
 
Ecosistemas eii
Ecosistemas eiiEcosistemas eii
Ecosistemas eii
26844369
 
La evolución
La evoluciónLa evolución
Business is a game & the best team wins
Business is a game & the best team winsBusiness is a game & the best team wins
Business is a game & the best team wins
Growthwise
 
Mau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 nam
Mau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 namMau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 nam
Mau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 nam
Noithat_hcm
 
Guia extraescolares 17-18
Guia extraescolares 17-18Guia extraescolares 17-18
Guia extraescolares 17-18
Educo Servicios y Proyectos Educativos
 
Boletim 2017
Boletim 2017Boletim 2017
Laboratorio di Internazionalizzazione d’Impresa
Laboratorio di Internazionalizzazione d’ImpresaLaboratorio di Internazionalizzazione d’Impresa
Laboratorio di Internazionalizzazione d’Impresa
Octagona Srl
 
Tech talent hunting
Tech talent huntingTech talent hunting
Tech talent hunting
Thibault Genaitay
 
Luz
LuzLuz
Aula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia Antiga
Aula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia AntigaAula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia Antiga
Aula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia Antiga
flamr_
 
Los videojuegos
Los videojuegosLos videojuegos
Los videojuegos
Carlos Pineda
 

Destaque (13)

Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1
 
3Com 10/100BASE-TX
3Com 10/100BASE-TX3Com 10/100BASE-TX
3Com 10/100BASE-TX
 
Ecosistemas eii
Ecosistemas eiiEcosistemas eii
Ecosistemas eii
 
La evolución
La evoluciónLa evolución
La evolución
 
Business is a game & the best team wins
Business is a game & the best team winsBusiness is a game & the best team wins
Business is a game & the best team wins
 
Mau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 nam
Mau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 namMau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 nam
Mau ghe nail 2017 dep gia re bao hanh 5 nam
 
Guia extraescolares 17-18
Guia extraescolares 17-18Guia extraescolares 17-18
Guia extraescolares 17-18
 
Boletim 2017
Boletim 2017Boletim 2017
Boletim 2017
 
Laboratorio di Internazionalizzazione d’Impresa
Laboratorio di Internazionalizzazione d’ImpresaLaboratorio di Internazionalizzazione d’Impresa
Laboratorio di Internazionalizzazione d’Impresa
 
Tech talent hunting
Tech talent huntingTech talent hunting
Tech talent hunting
 
Luz
LuzLuz
Luz
 
Aula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia Antiga
Aula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia AntigaAula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia Antiga
Aula 1 - Filosofia e Literatura na Grécia Antiga
 
Los videojuegos
Los videojuegosLos videojuegos
Los videojuegos
 

Semelhante a Funcoes da linguagem.pptx

C:\Fakepath\ComunicaçãO
C:\Fakepath\ComunicaçãOC:\Fakepath\ComunicaçãO
C:\Fakepath\ComunicaçãO
Crys Bastos
 
Linguagem e comunicação I
Linguagem e comunicação ILinguagem e comunicação I
Linguagem e comunicação I
Jose Arnaldo Silva
 
LINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdf
LINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdfLINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdf
LINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdf
IgorMarquez3
 
Funções da Linguagem
Funções da LinguagemFunções da Linguagem
Funções da Linguagem
José Ferreira
 
Aulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptx
Aulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptxAulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptx
Aulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptx
Christiane Miranda Buthers
 
Elementos da comunicacao
Elementos da comunicacaoElementos da comunicacao
Elementos da comunicacao
Sandra Paula
 
O Processo de Comunicação
O Processo de ComunicaçãoO Processo de Comunicação
Mdi comunicação e expressão-atualização-2015
Mdi   comunicação e expressão-atualização-2015Mdi   comunicação e expressão-atualização-2015
Mdi comunicação e expressão-atualização-2015
Marcelo Fonseca
 
Linguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais Pompeu
Linguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais PompeuLinguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais Pompeu
Linguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais Pompeu
Alexandre Cavalcanti
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Verônica Carvalho
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
Renato Oliveira
 
Leitura e produção
Leitura e produçãoLeitura e produção
Leitura e produção
Kelly Ariane Buás Bráz
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Verônica Carvalho
 
func3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsx
func3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsxfunc3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsx
func3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsx
AlineTreib
 
Língua e linguagem, código linguístico, funções da linguagem
Língua e linguagem, código linguístico, funções da linguagemLíngua e linguagem, código linguístico, funções da linguagem
Língua e linguagem, código linguístico, funções da linguagem
Éric Santos
 
Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1
Ernandes Rodrigues Do Nascimento
 
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptxFUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
CAMILACRISTINASILVAB
 
Funções da linguagem 1º.pptx
Funções da linguagem 1º.pptxFunções da linguagem 1º.pptx
Funções da linguagem 1º.pptx
Luana Lopes Martins
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Nicolle Souza
 
A comunicação
A comunicaçãoA comunicação
A comunicação
Casimiro Coelho
 

Semelhante a Funcoes da linguagem.pptx (20)

C:\Fakepath\ComunicaçãO
C:\Fakepath\ComunicaçãOC:\Fakepath\ComunicaçãO
C:\Fakepath\ComunicaçãO
 
Linguagem e comunicação I
Linguagem e comunicação ILinguagem e comunicação I
Linguagem e comunicação I
 
LINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdf
LINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdfLINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdf
LINGUAGEM e COMUNICAÇÃO.pdf
 
Funções da Linguagem
Funções da LinguagemFunções da Linguagem
Funções da Linguagem
 
Aulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptx
Aulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptxAulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptx
Aulas 1, 2 - LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS28-07 - UNIDADE 1.pptx
 
Elementos da comunicacao
Elementos da comunicacaoElementos da comunicacao
Elementos da comunicacao
 
O Processo de Comunicação
O Processo de ComunicaçãoO Processo de Comunicação
O Processo de Comunicação
 
Mdi comunicação e expressão-atualização-2015
Mdi   comunicação e expressão-atualização-2015Mdi   comunicação e expressão-atualização-2015
Mdi comunicação e expressão-atualização-2015
 
Linguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais Pompeu
Linguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais PompeuLinguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais Pompeu
Linguagem e teoria da comunicação gestão.-Thais Pompeu
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
 
Leitura e produção
Leitura e produçãoLeitura e produção
Leitura e produção
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
func3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsx
func3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsxfunc3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsx
func3a7c3b5es-da-linguagem-slides.ppsx
 
Língua e linguagem, código linguístico, funções da linguagem
Língua e linguagem, código linguístico, funções da linguagemLíngua e linguagem, código linguístico, funções da linguagem
Língua e linguagem, código linguístico, funções da linguagem
 
Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1
 
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptxFUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
 
Funções da linguagem 1º.pptx
Funções da linguagem 1º.pptxFunções da linguagem 1º.pptx
Funções da linguagem 1º.pptx
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
A comunicação
A comunicaçãoA comunicação
A comunicação
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 

Funcoes da linguagem.pptx

  • 2.  Linguagem é qualquer e todo sistema de signos que serve de meio de comunicação de ideias ou sentimentos por meio de signos convencionais, sonoros, gráficos, gestuais etc.  A linguagem pode ser percebida pelos diversos órgãos dos sentidos, o que leva a distinguirem-se várias espécies de linguagem: visual, auditiva, tátil, etc., ou, ainda, outras mais complexas, constituídas, ao mesmo tempo, de elementos diversos.
  • 3. Para melhor compreensão das funções de linguagem, torna-se necessário o estudo dos elementos da comunicação: Emissor - emite, codifica a mensagem; Receptor - recebe, decodifica a mensagem; Mensagem - conteúdo transmitido pelo emissor; Código - conjunto de signos usado na transmissão e recepção da mensagem; Referente - contexto relacionado a emissor e receptor; Canal - meio pelo qual circula a mensagem. Observação: as atitudes e reações dos comunicantes são também referentes e exercem influência sobre a comunicação emissor receptor mensagem código referente canal
  • 4. FUNÇÕES DA LINGUAGEM São recursos de ênfase que atuam segundo a intenção do produtor da mensagem, cada qual abordando um diferente elemento da comunicação. Um texto pode apresentar mais de uma função enfatizada. O modelo a seguir foi proposto por Roman Jakobson no livro Linguística e Comunicação (1970).
  • 5.  1 - Função emotiva ou expressiva  2 - Função referencial ou denotativa  3 - Função apelativa ou conativa  4 - Função fática  5 - Função poética ou estética  6 - Função metalinguística
  • 6. Função emotiva ou expressiva A mensagem é centrada nas opiniões e emoções do emissor. Geralmente usa-se a 1ª pessoa do singular, interjeições e exclamações. O texto é pessoal, subjetivo. Exemplos: autobiografias, memórias, poesia lírica e cartas de amor.
  • 7. Função referencial ou denotativa A mensagem é centrada no referente (contexto relacionado a emissor e receptor). O emissor procura fornecer informações da realidade, sem a opinião pessoal, de forma objetiva, direta, denotativa. A ênfase é dada ao conteúdo, às informações. Geralmente usa-se a 3ª pessoa do singular. Exemplos: textos jornalísticos, científicos etc.
  • 8. Função apelativa ou conativa A mensagem é centrada no receptor e organiza-se de forma a influenciá-lo. Geralmente usa-se 2ª ou 3ª pessoa, como também vocativo e imperativo. Exemplos: discursos, sermões, textos de publicidade e propaganda.
  • 9. FUNÇÃO FÁTICA O canal é posto em destaque. O interesse do emissor é emitir e simplesmente testar ou chamar a atenção para o canal. Exemplos típicos da função fática são: "alô", "pronto", "oi", "tudo bem?" "boa tarde", "sentem-se" etc. Ou na propaganda, de forma a chamar a atenção pela tipografia, layout, etc.
  • 10. Função poética ou estética É aquela que põe em evidência a forma da mensagem, ou seja, que se preocupa mais em "como dizer" do que com "o que dizer". A mensagem é posta em destaque, chamando a atenção para o modo como foi organizada. É afetiva, sugestiva, conotativa, metafórica. Valorizam-se as palavras e suas combinações. Exemplos: linguagem figurada apresentada em obras literárias, letras de música, em algumas propagandas. Características: subjetividade , figuras de linguagem Brincadeiras com o código
  • 11. Função metalinguística O código linguístico é posto em destaque. Usa-se o código para falar dele mesmo. Exemplos: dicionários, gramáticas, textos que analisam textos, poemas que abordam o assunto da poesia.
  • 12. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CIPRO, NETO PASQUALE E INFANTE, ULISSES. GRAMÁTICA DA LÍNGUA PORTUGUESA. SÃO PAULO: SCIPIONE. 2008. CEREJA, WILLIAM ROBERTO E MAGALHÃES, THEREZA COCHAR. TEXTO E INTERAÇÃO: UMA PROPOSTA DE PRODUÇÃO TEXTUAL A PARTIR DE GÊNEROS E PROJETOS. SÃO PAULO: ATUAL. 2005. SARMENTO, LEILA LAUAR E TUFANO, DOUGLAS. PORTUGUÊS: LITERATURA, GRAMÁTICA, PRODUÇÃO DE TEXTO. SÃO PAULO: MODERNA. 2004. IMAGENS : WWW.GOOGLE.COM/IMAGES