SlideShare uma empresa Scribd logo
Livros infantis sobre os bairros do Rio de
Janeiro: Quando o aluno de pedagogia se
torna o autor
FLN-A
Equipe:
Carla Cristina Alves
Carla Patricia da Rosa Silva
Dayana Franciely Paz de Souza
Diékson Siderlei Torcatto de Oliveira
Trata-se de uma experiência desen-
volvida com alunos de Pedagogia da
Universidade Federal do Estado do
Rio de Janeiro (UNIRIO) que, ao
cursarem a disciplina do oitavo perí-
odo, “Literatura na Escola”, com
duração de um semestre letivo, são
desafiados à produção artesanal de
livros infantis sobre os bairros da
cidade do Rio de Janeiro, aliando a
linguagem verbal da narrativa à lin-
guagem visual das ilustrações, a fim
de propiciarem a seus leitores a
consciência do caráter estético de
ambas as linguagens trabalhadas na
confecção dos livros e, sobretudo, o
conhecimento das particularidades
dos bairros da cidade.
RESUMO
A R T I G O D E A L B E R T O R O I P H E
A L U N OS
O curso de Pedagogia da UNIRIO
 Criado em 1988
 Localizado na Urca, bairro da zona sul da
cidade do Rio de Janeiro
 Atende a dois turnos, vespertino e noturno.
 Em sua maioria, os professores que atuam no
curso são mestres e doutores.
 Os alunos são, em sua maioria, trabalhado-
res.
 Alunos residem na área metropolitana do Rio
de Janeiro (zona sul, na zona norte e zona
oeste da cidade) e alguns deles na baixada
fluminense.
 A faixa etária desses alunos é, em média, de
22 anos de idade.
 Turma pesquisada: do período noturno, ca-
racterizada por trabalhadores, alguns deles,
inclusive, professores dos Anos Iniciais do
Ensino Fundamental.
Terminália, uma árvore para quem man-
da um recado via pombo correio e por quem
passa a ter seu amor correspondido.
No caso desse segundo livro, as ilustra-
ções são fundamentais, já que, a cada cartão
postal, o texto vai tomando direções diferen-
tes, o que faz com que o leitor não encontre
uma história previsível, mas pare a todo
tempo para pensar sobre novas reações do
personagem poste.
E, é nesse ponto que o conceito de texto-
leitura, de Barthes, se revela, na medida em
que o afluxo de ideias, excitações e associa-
ções faz com que olhares se levantem, junto
com o personagem, durante a leitura desse
livro, e também do outro, ambos pensados
em todos os seus pormenores.
Livros artesanais: o aluno como autor
Jesuíno em: sonho de um menino
O livro conta a história de um menino
que sonhava ser jogador de futebol.O livro-
bola trata-se, na verdade, de uma bola de iso-
por que se abre na metade.E, embora coberta
por uma máscara, a bola é, ao mesmo tempo,
a cara de Jesuíno que, fanaticamente, dá o
tom ao livro. Vale lembrar que o corpo do
personagem tem continuidade em EVA.
Dentro dessa bola, dentro do personagem,
unindo suas duas partes, há um papel cartão
vermelho em forma de sanfona, como possí-
vel alusão a um dos instrumentos do forró, no
qual se encontram os versos que narram a sua
história. Essa sanfona também não está ali
por acaso. Jesuíno era nordestino. O texto em
versos, colado em toda a extensão da sanfona,
lembrando, em alguns momentos, a estrutura
de folhetos de cordel nordestinos.
História Postal
O livro é um conjunto de folhas presas
somente por uma argola de metal, na parte
superior esquerda, e que, individualmente, na
verdade, são cartões postais da Lapa, bairro
boêmio e central da cidade do Rio de Janeiro.
O enredo, aparentemente simples, se
constrói de maneira curiosa, ao se notar que o
personagem que narra a história é um poste.
Parece claro, portanto, que a perspecti-
va se dá de cima para baixo, tanto nas pala-
vras como nas imagens dos cartões postais.
E ainda que o bairro vire somente um
pretexto para o início da história, ele desenca-
deia a ação narrativa.
Nesse caso, o bairro caracteriza de for-
ma extremamente competente a sua ambien-
tação, demonstrando a constante circulação
de personagens um local bastante movimen-
tado da capital carioca.
Construída em quadras, essa narrativa
tem inicialmente como personagem uma mu-
lher, de nome Alzira, que se encosta em um
Poste. O Poste, por sua vez, se apaixona por
ela.
Essa mulher, entretanto, arruma um
namorado. O Poste, que tem em seu corpo
um cartaz colado, em que se encontra o tele-
fone de Dona Lara, uma vidente que promete
trazer seu amor de volta em três dias, não crê
em tal solução e, ao passar a olhar para o la-
do, encontra seu grande amor:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livro-José Luis Peixoto
Livro-José Luis PeixotoLivro-José Luis Peixoto
Livro-José Luis Peixoto
Catalin Danu
 
Comparação entre Til e Memórias Póstumas
Comparação entre Til e Memórias PóstumasComparação entre Til e Memórias Póstumas
Comparação entre Til e Memórias Póstumas
Evandro Moraes
 
biografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoabiografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoa
fcarrola
 
Poesia na sala de aula
Poesia na sala de aulaPoesia na sala de aula
Poesia na sala de aula
Shirley Lauria
 
Uma Casa na Escuridão
Uma Casa na EscuridãoUma Casa na Escuridão
Uma Casa na Escuridão
Ana Tapadas
 
Poema olimpiada de língua portuguesa
Poema   olimpiada de língua portuguesaPoema   olimpiada de língua portuguesa
Poema olimpiada de língua portuguesa
marllacristtina
 
Literatura de cordel
Literatura de cordelLiteratura de cordel
Literatura de cordel
Lidiane Lima
 
Boletim Informativo Maio 2011
Boletim Informativo Maio 2011Boletim Informativo Maio 2011
Boletim Informativo Maio 2011
Biblioteca Marcelo R. Sousa
 
Um minuto de Leitura- Pré e 1º CEB
Um minuto de Leitura- Pré e 1º CEBUm minuto de Leitura- Pré e 1º CEB
Um minuto de Leitura- Pré e 1º CEB
AELPB
 
Projeto encantos do cordel
Projeto encantos do cordelProjeto encantos do cordel
Projeto encantos do cordel
Andrea Nogueira
 
O que é um livro?
O que é um livro?O que é um livro?
O que é um livro?
Paula Morgado
 
Grupo 02 Primeiro Fundamental
Grupo 02 Primeiro FundamentalGrupo 02 Primeiro Fundamental
Grupo 02 Primeiro Fundamental
lugarbuio
 
Se eu fosse um livro
Se eu fosse um livroSe eu fosse um livro
Se eu fosse um livro
Biblioteca Escolar
 
Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...
Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...
Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...
Francisco de Assis Rodrigues
 
Feliz aniversário, clarice
Feliz aniversário, clariceFeliz aniversário, clarice
Feliz aniversário, clarice
Paula Soncela
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Lia Mattos
 
Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"
Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"
Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"
guest5761d7
 
Trabalho sobre Fernado Pessoa
Trabalho sobre Fernado PessoaTrabalho sobre Fernado Pessoa
Trabalho sobre Fernado Pessoa
OscarSimao
 
Os sonhadores lourenço
Os sonhadores   lourençoOs sonhadores   lourenço
Os sonhadores lourenço
fantas45
 
Til e mpdbc em contrução
Til e mpdbc em contruçãoTil e mpdbc em contrução
Til e mpdbc em contrução
Evandro Moraes
 

Mais procurados (20)

Livro-José Luis Peixoto
Livro-José Luis PeixotoLivro-José Luis Peixoto
Livro-José Luis Peixoto
 
Comparação entre Til e Memórias Póstumas
Comparação entre Til e Memórias PóstumasComparação entre Til e Memórias Póstumas
Comparação entre Til e Memórias Póstumas
 
biografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoabiografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoa
 
Poesia na sala de aula
Poesia na sala de aulaPoesia na sala de aula
Poesia na sala de aula
 
Uma Casa na Escuridão
Uma Casa na EscuridãoUma Casa na Escuridão
Uma Casa na Escuridão
 
Poema olimpiada de língua portuguesa
Poema   olimpiada de língua portuguesaPoema   olimpiada de língua portuguesa
Poema olimpiada de língua portuguesa
 
Literatura de cordel
Literatura de cordelLiteratura de cordel
Literatura de cordel
 
Boletim Informativo Maio 2011
Boletim Informativo Maio 2011Boletim Informativo Maio 2011
Boletim Informativo Maio 2011
 
Um minuto de Leitura- Pré e 1º CEB
Um minuto de Leitura- Pré e 1º CEBUm minuto de Leitura- Pré e 1º CEB
Um minuto de Leitura- Pré e 1º CEB
 
Projeto encantos do cordel
Projeto encantos do cordelProjeto encantos do cordel
Projeto encantos do cordel
 
O que é um livro?
O que é um livro?O que é um livro?
O que é um livro?
 
Grupo 02 Primeiro Fundamental
Grupo 02 Primeiro FundamentalGrupo 02 Primeiro Fundamental
Grupo 02 Primeiro Fundamental
 
Se eu fosse um livro
Se eu fosse um livroSe eu fosse um livro
Se eu fosse um livro
 
Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...
Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...
Adaptação do pequeno livro de hai kais do menino maluquinho para o ensino fun...
 
Feliz aniversário, clarice
Feliz aniversário, clariceFeliz aniversário, clarice
Feliz aniversário, clarice
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"
Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"
Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"
 
Trabalho sobre Fernado Pessoa
Trabalho sobre Fernado PessoaTrabalho sobre Fernado Pessoa
Trabalho sobre Fernado Pessoa
 
Os sonhadores lourenço
Os sonhadores   lourençoOs sonhadores   lourenço
Os sonhadores lourenço
 
Til e mpdbc em contrução
Til e mpdbc em contruçãoTil e mpdbc em contrução
Til e mpdbc em contrução
 

Semelhante a Folheto Handout - Livros Infantis sobre os Bairros do Rio de Janeiro

Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da HistóriaApresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Ana Souza
 
Desterritorialização
DesterritorializaçãoDesterritorialização
Desterritorialização
mjosele
 
Laboratório de Contação de Histórias
Laboratório de Contação de HistóriasLaboratório de Contação de Histórias
Laboratório de Contação de Histórias
Evany Nascimento
 
A moreninha
A moreninhaA moreninha
A moreninha
Sarah Delgado
 
Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...
Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...
Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...
Pedro Lima
 
O Ensino de Literatura Contemporânea
O Ensino de Literatura ContemporâneaO Ensino de Literatura Contemporânea
O Ensino de Literatura Contemporânea
Juliane Liberato
 
Atos de Leitura
Atos de Leitura Atos de Leitura
Atos de Leitura
Escola Andre Zenere
 
Poema Escola de Nuno Júdice
Poema Escola de Nuno JúdicePoema Escola de Nuno Júdice
Poema Escola de Nuno Júdice
InsCastanheira5
 
Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)
Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)
Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)
12º A Golegã
 
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
Mara Virginia
 
Cyro na feira do livro de itapé
Cyro na feira do livro de itapéCyro na feira do livro de itapé
Cyro na feira do livro de itapé
Roberto Rabat Chame
 
Boletim Informativo 1
Boletim Informativo 1Boletim Informativo 1
Boletim Informativo 1
Gracinda Maria Pinto
 
Modernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães Rosa
Modernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães RosaModernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães Rosa
Modernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães Rosa
Tamara Amaral
 
Trabalhando com quadrinhos em sala de aula
Trabalhando com quadrinhos em sala de aulaTrabalhando com quadrinhos em sala de aula
Trabalhando com quadrinhos em sala de aula
Rosane Sá
 
Contacto março 2014
Contacto   março 2014Contacto   março 2014
Contacto março 2014
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Contacto março 2014
Contacto  março 2014Contacto  março 2014
Contacto março 2014
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
BRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdf
BRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdfBRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdf
BRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdf
CARLOSHENRIQUECARDOS21
 
Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...
Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...
Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...
Gustavo Araújo
 
DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...
DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...
DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...
Gustavo Araújo
 
Universidade estadual da paraíba pibid1
Universidade estadual da paraíba   pibid1Universidade estadual da paraíba   pibid1
Universidade estadual da paraíba pibid1
Maria das Dores Justo
 

Semelhante a Folheto Handout - Livros Infantis sobre os Bairros do Rio de Janeiro (20)

Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da HistóriaApresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
Apresentação UFMG projeto Literatura Caminhos da História
 
Desterritorialização
DesterritorializaçãoDesterritorialização
Desterritorialização
 
Laboratório de Contação de Histórias
Laboratório de Contação de HistóriasLaboratório de Contação de Histórias
Laboratório de Contação de Histórias
 
A moreninha
A moreninhaA moreninha
A moreninha
 
Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...
Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...
Monografia: A constituição do espaço em "Vastas emoções e pensamentos imperfe...
 
O Ensino de Literatura Contemporânea
O Ensino de Literatura ContemporâneaO Ensino de Literatura Contemporânea
O Ensino de Literatura Contemporânea
 
Atos de Leitura
Atos de Leitura Atos de Leitura
Atos de Leitura
 
Poema Escola de Nuno Júdice
Poema Escola de Nuno JúdicePoema Escola de Nuno Júdice
Poema Escola de Nuno Júdice
 
Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)
Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)
Fichas de leitura do 2º Período (12º ano)
 
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
 
Cyro na feira do livro de itapé
Cyro na feira do livro de itapéCyro na feira do livro de itapé
Cyro na feira do livro de itapé
 
Boletim Informativo 1
Boletim Informativo 1Boletim Informativo 1
Boletim Informativo 1
 
Modernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães Rosa
Modernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães RosaModernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães Rosa
Modernismo geração de 45: Clarice Lispector e Guimarães Rosa
 
Trabalhando com quadrinhos em sala de aula
Trabalhando com quadrinhos em sala de aulaTrabalhando com quadrinhos em sala de aula
Trabalhando com quadrinhos em sala de aula
 
Contacto março 2014
Contacto   março 2014Contacto   março 2014
Contacto março 2014
 
Contacto março 2014
Contacto  março 2014Contacto  março 2014
Contacto março 2014
 
BRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdf
BRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdfBRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdf
BRANDAO_C._R._Um_Homem_Chamado_Leao_e_Um_Menino_Chamado_Homero.pdf
 
Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...
Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...
Dialogando com a linguagem visual das historias em quadrinhos em sala de aula...
 
DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...
DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...
DIALOGANDO COM A LINGUAGEM VISUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA...
 
Universidade estadual da paraíba pibid1
Universidade estadual da paraíba   pibid1Universidade estadual da paraíba   pibid1
Universidade estadual da paraíba pibid1
 

Mais de Carla Cristina Alves

Curriculo para Estágio Carla Cristina Alves
Curriculo para Estágio Carla Cristina AlvesCurriculo para Estágio Carla Cristina Alves
Curriculo para Estágio Carla Cristina Alves
Carla Cristina Alves
 
Tutorial para porta bloquinho de notas no pen no gain
Tutorial  para porta bloquinho de notas no pen no gainTutorial  para porta bloquinho de notas no pen no gain
Tutorial para porta bloquinho de notas no pen no gain
Carla Cristina Alves
 
Brandbook Sex Shop Sublingual
Brandbook Sex Shop SublingualBrandbook Sex Shop Sublingual
Brandbook Sex Shop Sublingual
Carla Cristina Alves
 
Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018
Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018
Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018
Carla Cristina Alves
 
Album Project life 2017
Album Project life 2017Album Project life 2017
Album Project life 2017
Carla Cristina Alves
 
Saladas de Pote Blog Tudo Junto e Misturado
Saladas de Pote Blog Tudo Junto e MisturadoSaladas de Pote Blog Tudo Junto e Misturado
Saladas de Pote Blog Tudo Junto e Misturado
Carla Cristina Alves
 
Printables para Cozinha Blog Tudo Junto e Misturado
Printables para Cozinha Blog Tudo Junto e MisturadoPrintables para Cozinha Blog Tudo Junto e Misturado
Printables para Cozinha Blog Tudo Junto e Misturado
Carla Cristina Alves
 
Convite Formatura UDESC
Convite Formatura UDESCConvite Formatura UDESC
Convite Formatura UDESC
Carla Cristina Alves
 
To-Do - Printable para agenda Tilifax
To-Do - Printable para agenda TilifaxTo-Do - Printable para agenda Tilifax
To-Do - Printable para agenda Tilifax
Carla Cristina Alves
 
To do completo - Printable para agenda Tilifax
To do completo - Printable para agenda TilifaxTo do completo - Printable para agenda Tilifax
To do completo - Printable para agenda Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Rotinas Printable para agenda Tilifax
Rotinas Printable para agenda TilifaxRotinas Printable para agenda Tilifax
Rotinas Printable para agenda Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Planer weekly - Printable para agenda Tilifax
Planer weekly - Printable para agenda TilifaxPlaner weekly - Printable para agenda Tilifax
Planer weekly - Printable para agenda Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Pedidos - Printable para agenda Tilifax
Pedidos - Printable para agenda TilifaxPedidos - Printable para agenda Tilifax
Pedidos - Printable para agenda Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Menu semanal - Printable para agenda Tilifax
Menu semanal - Printable para agenda TilifaxMenu semanal - Printable para agenda Tilifax
Menu semanal - Printable para agenda Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Finanças - Printable para Tilifax
Finanças - Printable para TilifaxFinanças - Printable para Tilifax
Finanças - Printable para Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Dieta - Printable para Tilifax
Dieta - Printable para TilifaxDieta - Printable para Tilifax
Dieta - Printable para Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Divisórias - Printable para Tilifax
Divisórias - Printable para TilifaxDivisórias - Printable para Tilifax
Divisórias - Printable para Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Anotações com pauta - Printable para Tilifax
Anotações com pauta - Printable para TilifaxAnotações com pauta - Printable para Tilifax
Anotações com pauta - Printable para Tilifax
Carla Cristina Alves
 
Apostila Redação Técnica CFS
Apostila Redação Técnica CFSApostila Redação Técnica CFS
Apostila Redação Técnica CFS
Carla Cristina Alves
 
Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles
Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles
Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles
Carla Cristina Alves
 

Mais de Carla Cristina Alves (20)

Curriculo para Estágio Carla Cristina Alves
Curriculo para Estágio Carla Cristina AlvesCurriculo para Estágio Carla Cristina Alves
Curriculo para Estágio Carla Cristina Alves
 
Tutorial para porta bloquinho de notas no pen no gain
Tutorial  para porta bloquinho de notas no pen no gainTutorial  para porta bloquinho de notas no pen no gain
Tutorial para porta bloquinho de notas no pen no gain
 
Brandbook Sex Shop Sublingual
Brandbook Sex Shop SublingualBrandbook Sex Shop Sublingual
Brandbook Sex Shop Sublingual
 
Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018
Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018
Media kit Blog Tudo Junto e Misturado 2018
 
Album Project life 2017
Album Project life 2017Album Project life 2017
Album Project life 2017
 
Saladas de Pote Blog Tudo Junto e Misturado
Saladas de Pote Blog Tudo Junto e MisturadoSaladas de Pote Blog Tudo Junto e Misturado
Saladas de Pote Blog Tudo Junto e Misturado
 
Printables para Cozinha Blog Tudo Junto e Misturado
Printables para Cozinha Blog Tudo Junto e MisturadoPrintables para Cozinha Blog Tudo Junto e Misturado
Printables para Cozinha Blog Tudo Junto e Misturado
 
Convite Formatura UDESC
Convite Formatura UDESCConvite Formatura UDESC
Convite Formatura UDESC
 
To-Do - Printable para agenda Tilifax
To-Do - Printable para agenda TilifaxTo-Do - Printable para agenda Tilifax
To-Do - Printable para agenda Tilifax
 
To do completo - Printable para agenda Tilifax
To do completo - Printable para agenda TilifaxTo do completo - Printable para agenda Tilifax
To do completo - Printable para agenda Tilifax
 
Rotinas Printable para agenda Tilifax
Rotinas Printable para agenda TilifaxRotinas Printable para agenda Tilifax
Rotinas Printable para agenda Tilifax
 
Planer weekly - Printable para agenda Tilifax
Planer weekly - Printable para agenda TilifaxPlaner weekly - Printable para agenda Tilifax
Planer weekly - Printable para agenda Tilifax
 
Pedidos - Printable para agenda Tilifax
Pedidos - Printable para agenda TilifaxPedidos - Printable para agenda Tilifax
Pedidos - Printable para agenda Tilifax
 
Menu semanal - Printable para agenda Tilifax
Menu semanal - Printable para agenda TilifaxMenu semanal - Printable para agenda Tilifax
Menu semanal - Printable para agenda Tilifax
 
Finanças - Printable para Tilifax
Finanças - Printable para TilifaxFinanças - Printable para Tilifax
Finanças - Printable para Tilifax
 
Dieta - Printable para Tilifax
Dieta - Printable para TilifaxDieta - Printable para Tilifax
Dieta - Printable para Tilifax
 
Divisórias - Printable para Tilifax
Divisórias - Printable para TilifaxDivisórias - Printable para Tilifax
Divisórias - Printable para Tilifax
 
Anotações com pauta - Printable para Tilifax
Anotações com pauta - Printable para TilifaxAnotações com pauta - Printable para Tilifax
Anotações com pauta - Printable para Tilifax
 
Apostila Redação Técnica CFS
Apostila Redação Técnica CFSApostila Redação Técnica CFS
Apostila Redação Técnica CFS
 
Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles
Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles
Relatório e Texto Dissertativo sobre o Museu Vitor Meirelles
 

Último

Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 

Folheto Handout - Livros Infantis sobre os Bairros do Rio de Janeiro

  • 1. Livros infantis sobre os bairros do Rio de Janeiro: Quando o aluno de pedagogia se torna o autor FLN-A Equipe: Carla Cristina Alves Carla Patricia da Rosa Silva Dayana Franciely Paz de Souza Diékson Siderlei Torcatto de Oliveira Trata-se de uma experiência desen- volvida com alunos de Pedagogia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) que, ao cursarem a disciplina do oitavo perí- odo, “Literatura na Escola”, com duração de um semestre letivo, são desafiados à produção artesanal de livros infantis sobre os bairros da cidade do Rio de Janeiro, aliando a linguagem verbal da narrativa à lin- guagem visual das ilustrações, a fim de propiciarem a seus leitores a consciência do caráter estético de ambas as linguagens trabalhadas na confecção dos livros e, sobretudo, o conhecimento das particularidades dos bairros da cidade. RESUMO A R T I G O D E A L B E R T O R O I P H E A L U N OS O curso de Pedagogia da UNIRIO  Criado em 1988  Localizado na Urca, bairro da zona sul da cidade do Rio de Janeiro  Atende a dois turnos, vespertino e noturno.  Em sua maioria, os professores que atuam no curso são mestres e doutores.  Os alunos são, em sua maioria, trabalhado- res.  Alunos residem na área metropolitana do Rio de Janeiro (zona sul, na zona norte e zona oeste da cidade) e alguns deles na baixada fluminense.  A faixa etária desses alunos é, em média, de 22 anos de idade.  Turma pesquisada: do período noturno, ca- racterizada por trabalhadores, alguns deles, inclusive, professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental.
  • 2. Terminália, uma árvore para quem man- da um recado via pombo correio e por quem passa a ter seu amor correspondido. No caso desse segundo livro, as ilustra- ções são fundamentais, já que, a cada cartão postal, o texto vai tomando direções diferen- tes, o que faz com que o leitor não encontre uma história previsível, mas pare a todo tempo para pensar sobre novas reações do personagem poste. E, é nesse ponto que o conceito de texto- leitura, de Barthes, se revela, na medida em que o afluxo de ideias, excitações e associa- ções faz com que olhares se levantem, junto com o personagem, durante a leitura desse livro, e também do outro, ambos pensados em todos os seus pormenores. Livros artesanais: o aluno como autor Jesuíno em: sonho de um menino O livro conta a história de um menino que sonhava ser jogador de futebol.O livro- bola trata-se, na verdade, de uma bola de iso- por que se abre na metade.E, embora coberta por uma máscara, a bola é, ao mesmo tempo, a cara de Jesuíno que, fanaticamente, dá o tom ao livro. Vale lembrar que o corpo do personagem tem continuidade em EVA. Dentro dessa bola, dentro do personagem, unindo suas duas partes, há um papel cartão vermelho em forma de sanfona, como possí- vel alusão a um dos instrumentos do forró, no qual se encontram os versos que narram a sua história. Essa sanfona também não está ali por acaso. Jesuíno era nordestino. O texto em versos, colado em toda a extensão da sanfona, lembrando, em alguns momentos, a estrutura de folhetos de cordel nordestinos. História Postal O livro é um conjunto de folhas presas somente por uma argola de metal, na parte superior esquerda, e que, individualmente, na verdade, são cartões postais da Lapa, bairro boêmio e central da cidade do Rio de Janeiro. O enredo, aparentemente simples, se constrói de maneira curiosa, ao se notar que o personagem que narra a história é um poste. Parece claro, portanto, que a perspecti- va se dá de cima para baixo, tanto nas pala- vras como nas imagens dos cartões postais. E ainda que o bairro vire somente um pretexto para o início da história, ele desenca- deia a ação narrativa. Nesse caso, o bairro caracteriza de for- ma extremamente competente a sua ambien- tação, demonstrando a constante circulação de personagens um local bastante movimen- tado da capital carioca. Construída em quadras, essa narrativa tem inicialmente como personagem uma mu- lher, de nome Alzira, que se encosta em um Poste. O Poste, por sua vez, se apaixona por ela. Essa mulher, entretanto, arruma um namorado. O Poste, que tem em seu corpo um cartaz colado, em que se encontra o tele- fone de Dona Lara, uma vidente que promete trazer seu amor de volta em três dias, não crê em tal solução e, ao passar a olhar para o la- do, encontra seu grande amor: