SlideShare uma empresa Scribd logo
Fábulas - Alunos do 5º ano GECPS
A mosca e o sapo
Era uma vez, num lindo dia de sol, uma mosca estava procurando comida, passou o
tempo e começou a escurecer.
Quando a mosca percebeu já estava muito escuro, e ela começou a ficar com medo.
Como já estava muito tarde, então foi a procura de um abrigo quando encontrou uma toca.
Lá havia um sapo dormindo, com o barulho da mosca o sapo acordou assustado e
falou:
- O que você quer aqui?
A mosca respondeu:
- Só quero um abrigo para passar a noite, já está muito escuro e lá fora tem muitos
perigos.
O sapo pensou e resolveu deixar a mosca passar a noite ali.
Durante a noite os dois conversaram bastante e a partir daquele dia, se tornaram
grandes amigos.
Moral da história: É nas grandes dificuldades que nascem os grandes amigos.
Autor: Adrian Lusindo Dionizio
A raposa e os caçadores
Era uma vez uma raposa que morava numa floresta.
Numa tarde ensolarada ela estava correndo, mas caçadores fizeram uma
armadilha com uma
corda e conseguiram pegar a raposa. Amarraram a raposa e ela ficou desesperada.
A raposa se mexeu muito, mas não conseguiu fugir.
Um esquilo que passava por ali, resolveu ajudar a raposa, roendo as cordas.
O esquilo conseguiu libertar raposa que ficou muito agradecida.
Moral:Os pequenos amigos podem ser os melhores aliados.
Autor Carlos José Luiz Rocha Pereira
O tubarão e o peixinho
Numa praia distante, havia um tubarão muito bonito e charmoso e um peixinho
muito pequeno.
Um dia o tubarão estava nadando por ai e encontrou o peixinho e disse:
-Peixinho eu vou te comer e a minha sobremesa vai ser os seus amigos.
E quando o tubarão foi para cima do peixinho, apareceu uma grande baleia,
amiga dos peixinhos e espantou o tubarão para bem longe.
Desde este dia os peixinhos puderam nadar tranquilamente pela praia.
Moral: É muito bom ter um grande amigo por perto.
Autora: Ester Mylene de Abreu Vieira.
O sapo e a abelha
Era uma vez um sapo que estava na lagoa descansando, quando de repente viu
uma abelha voando e rapidamente comeu-a.
A abelha muito esperta, logo pegou o seu ferrão e deu uma baita picada na
língua do sapo.
O sapo acabou ficando com a língua toda inchada e começou a chorar. Com
isso o sapo aprendeu que com abelha não se pode lanchar.
Moral:
Autora: Gabriela
A raposa e a gaivota
Era uma vez, uma raposa que estava passeando pela floresta quando viu um
suculento osso.
A raposa correu para pegá-lo, mas a gaivota rápida pegou primeiro.
A raposa tentou correr atrás da gaivota para pegar o osso, pois ela estava com
muita fome,
mas a gaivota já tinha voado para bem longe.
Depois de algum tempo, a gaivota pensou melhor e resolveu voltar e dividir o
osso com a raposa. A raposa ficou muito feliz, porque ela já estava muito fraca de
tanta fome .
A partir deste dia a gaivota e a raposa ficaram muito amigas.
Moral : É importante pensar nos outros.
Autora :Gabrieli Rocha Pereira
O macaco e a formiga
Era uma vez um macaco muito bagunceiro que vivia pulando de galho em
galho. Sua amiga formiga vivia avisando ao macaco que se continuasse assim iria se
machucar.
Mas o macaco muito teimoso nem deu bola e assim foram passando os dias.
O macaco continuava a fazer suas artes.
Num outro dia o macaco foi pular na árvore, quando ele pulou no galho, o
galho se quebrou e ele quebrou o braço.
E a formiga disse:
– Eu bem que te avisei e você não me ouviu, está vendo no que dá não ouvir as
pessoas.
Moral da história: Quem avisa amigo é.
Autora: Isabela lima dos Santos.
O leão e o papagaio
Era uma vez um leão muito bonito. Ele passeava pelo bairro de bicicleta quando o
seu amigo
papagaio disse:
-Olha pra frente!
E o leão não acreditou no amigo, então o leão bateu no carro e foi parar no hospital.
Ele levou alguns pontos no braço e a enfermeira falou:
- Você tem visita, o seu amigo papagaio.
O leão perguntou:
- O que você faz aqui?
O papagaio respondeu:
- Vim fazer uma visita e te ajudar.
O leão respondeu:
- Que legal, você é um grande amigo.
Moral: É importante escutar seus amigo.
Autor: Isaias Carlos de Souza
O elefante e o rato
Era uma vez um elefante que viu um rato desmaiado e foi ficando nervoso,
começou a gritar bem alto com a sua tromba para todo mundo ouvir,pedindo ajuda.
De repente um gato de longe ouviu os berros do elefante e saiu em disparada
para comer o pobre do ratinho.
Quando o gato ia dar uma baita bocada, o elefante com sua tromba cheia de
água fria, lança o gato para longe salvando o ratinho.
Um pouco de água fria caiu em cima da cabeça do rato, fazendo ele acordar.
Agradecido o rato deu para o elefante toda a sua bondade e amizade.
Moral :A desgraça põe a prova a sinceridade e a amizade.
Autor: Israel M. da Graça.
O gato e a lã
Um dia, um gato estava brincando com uma lã, quando de repente viu que
estava chegando um cachorro triste e ele convidou o cachorro para brincar. O
cachorro muito feliz aceitou o convite do gato.
Quando eles iniciaram a brincadeira com a lã, veio uma chuva e os dois
rapidamente correram para dentro da casa e tomaram um leite quentinho e
continuaram a brincar com lã.
Moral:Um amigo deve ajudar o outro.
Autor: João Vitor Rodrigues
O cachorro e o gato
Era uma vez um cachorro que estava brincando com um gato no parque. De
repente o gato saiu correndo para pegar a bola e não viu o carro que estava vindo em
sua direção, quando o carro ia quase bater no gato, o cachorro saiu em disparada
para ajudar, e chegando a tempo puxou o gato para a calçada conseguindo salvá-lo.
E os dois, com cuidado saíram brincando pelo parque de bola e viveram felizes
para sempre.
Moral da história: Como é bom ter um grande amigo por perto.
Autora: kauana
As amigas
Era uma vez, numa tarde ensolarada em uma escola, tinha uma gata, uma
formiga e uma tartaruga. As três eram amigas, mas tiveram uma discussão, pois a
tartaruga pisou no pé da gata
e ela brava falou:
-Sua lerda, não visse o meu pé?
E a tartaruga respondeu:
-Me desculpe, foi sem querer.
A formiga olhando de longe, tentou parar com a briga. Mas não deu certo, pois
as duas estavam muito chateadas.
Então a formiga teve uma ideia. Fez um piquenique e convidou suas amigas, a
tartaruga e a gata.
Quando elas chegaram, a formiga começou a falar :
-Eu chamei vocês aqui para fazerem as pazes, pois vocês não podem brigar,
vocês são as melhores amigas.
E elas chorando se abraçaram fizeram as pazes e nunca mais brigaram.
Moral da história:O amor sempre vence.
Autora: kevillin kamille Vieira dos Santos
O macaco e o lagarto
Era uma vez, um macaco que vivia numa floresta, e ele gostava muito de pular de
galho em galho.
Um dia, um lagarto viu ele pulando de galho em galho e falou:
-Senhor macaco, você vai se machucar um dia pulando de galho em galho.
Mas o macaco não deu ouvidos a ele.
Um dia, ele foi brincar e não viu que o galho estava um pouco rachado, caiu e deu de
cara no chão.
O lagarto que estava lá, foi ajudar o macaco e disse:
-Eu avisei que um dia você iria se machucar.
E o macaco respondeu:
-Desculpe senhor lagarto, por não ter escutado o senhor.
E os dois amigos foram passear juntos.
Moral da história:Amigo que não escuta sempre acaba sofrendo.
Autora: Larissa Ap. De Souza
A formiga e a barata
A formiga estava andando bem distraída até que esbarrou em uma barata.
A barata falou para a formiga:
-Você está cega formiga?
-Eu não estou cega, porque você está falando isso? Disse a formiga.
-Eu falei isso porque você esbarrou em mim.
A formiga percebeu que havia esbarrando na barata, e não tinha pedido desculpa,
então falou:
-Me desculpe, foi sem querer. Não vamos briga por este motivo, vamos ser
amigos.
A barata viu que a formiga estava sendo sincera e resolveu ficar amiga dela.
Moral :O amor constrói
Autor: Leandro Coninck de Freitas
A Raposa e a águia
Era uma vez uma raposa que vivia com fome. Um dia a raposa estava na
floresta procurando comida, quando viu um pedaço de carne.
Ela começou a falar:
-Eu quero esse pedaço de carne.
Quando ela percebeu, a águia muito rápida que pegou o pedaço de carne e saiu
voando.
A raposa ficou lá sentada sem fazer nada, só minutos depois que foi perceber,
que havia perdido o pedaço de carne.
Ela ficou com tanta raiva que saiu correndo tentando recuperar o pedaço de
carne, porém não conseguiu mais.
Moral: O seguro morreu de velho.
Autora: Maria Luiza Muller Dionizio
O esquilo e o elefante
Era uma vez, um esquilo que ficava pulando de galho em galho.
Certo dia, o esquilo estava em um galho e perto dele tinha um elefante que
disse:
-Olha lá, um monte de nozes.
O esquilo muito guloso foi pegar e então caiu de cara no chão e quebrou o
nariz.
O esquilo pediu ajuda, e o elefante foi até lá para ajudá-lo e ficou tão
preocupado que até desmaiou.
Quando voltaram do hospital o esquilo pediu desculpa por não ter ouvido o
elefante.
Então o esquilo convidou o elefante para assistir televisão e tomar refrigerante.
O elefante aceitou e agradeceu o convite .
Deste dia em diante os dois ficaram amigos para sempre.
Moral: Errar é humano.
Autor Maurício M. Carvalho de Jesus
Os grandes amigos
Numa noite chuvosa, uma jiboia estava saindo de casa para procurar comida
para o jantar, quando viu um sapo e pensou “esse sapo não me escapa, vou fazer uma
armadilha para pegá-lo”.
O sapo que estava atento saiu correndo para se esconder.
A jiboia começou então a seguir os passos do sapo, mas de repente ele viu um
franguinho e falou:
-Meu jantar vai ser delicioso um sapo e um franguinho.
Mas o sapo que tinha se escondido, avisou para o frango que estava distraído.
Então a jiboia ficou procurando por horas e não encontrou nada, e foi para
casa com fome.
O sapo e o frango a partir daquele se tornaram grandes amigos.
Moral: A desgraça põe a prova a sinceridade e a amizade.
Autora: Michelle dos Santos Nunes
O pato e o passarinho
Era uma vez, um passarinho que estava voando no céu todo despreocupado,
quando percebeu que havia um caçador de pássaros, naquela floresta.
De repente o passarinho foi pego por uma rede e ficou preso.
Passava por ali um pato, e então o passarinho resolveu pedir ajuda.
-Você pode me ajudar seu pato?
-Com certeza,espera um pouco. Disse o pato.
O pato muito esperto deu uma bicada no pé do caçador que deixou a rede cair,
e então o passarinho conseguiu fugir.
A partir daquele dia os dois se tornaram grandes amigos.
Moral da história: Um amigo leal, vale mais do que um tesouro.
Autor: Nathan Pierre Venturini de Oliveira
A raposa e o rato
Numa noite chuvosa, ali perto de um castelo havia uma pantera que dava medo. Nenhum
outro animal chegava perto.
Um dia, um ratinho passou por ali e de repente quando ele olhou para trás viu a pantera com
a boca aberta pronta para abocanhá-lo. Então o ratinho disse:
-Por favor, não me coma eu vim buscar comida.
Então ela responde:
-Aqui a comida é só minha.
Então o rato disse:
-Mais se acabar, eu te ajudo.
-Você me ajudar? Você não passa de um rato de esgoto.
O rato foi para a casa bem triste.
No dia seguinte os caçadores foram caçar e a pantera foi passear. Os caçadores botaram uma
corda para pendurar o bicho que passasse por ali, a pantera que passava por ali distraída foi pega.
Então começou a pedir socorro.
O ratinho que passava por ali ajudou e então a pantera agradeceu e pediu desculpas.
Os dois então ficaram amigos .
Moral da história:Não se ache melhor que os outros, pois todos somos iguais
Autora: Pamela Patricia Mendonça
O porco e o macaco
Era uma vez, um porco que estava indo para a casa e de repente ele viu um
macaco pedindo
ajuda.
O macaco havia caído no rio, e não conseguia sair.
O porquinho falou:
-Espere ai macaco, eu já vou te ajudar, não saia daí.
O porquinho foi correndo para a casa e pegou a corda do pai dele e jogou para
o macaco e falou:
-Segura firme que eu vou te puxar .
O porco ajudou o macaco que ficou muito agradecido.
Os dois se tornaram grandes amigos e viveram felizes para sempre.
Moral: Um amigo leal vale mais que um tesouro.
Autor Tiago da Luz Cândido
O peixe e o caracol
Em um dia ensolarado, o peixe e o caracol foram passear numa cascata.
Chegando lá os dois foram nadar, mas o caracol não sabia nadar direito.
Em um certo momento, o caracol se distraiu e começou a se afogar. O peixe
que nadava muito bem, nadou rápido para salvar seu amigo.
O caracol que estava muito assustado, agradeceu muito o seu amigo por tê-lo
salvo.
E os dois viveram felizes, pois ter um amigo é ter um irmão.
Moral: Um amigo leal, vale mais que um tesouro.
Autor: Vivan Gia da Silva Junior

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

D7 (por descritores port 5º ano)
D7  (por descritores port  5º ano)D7  (por descritores port  5º ano)
D7 (por descritores port 5º ano)
Cidinha Paulo
 
A onça e o macaco
A onça e o macacoA onça e o macaco
A onça e o macaco
Rose Tavares
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
Mary Alvarenga
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
Marisa Seara
 
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos errosAtividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Mary Alvarenga
 
Texto " A amizade"
Texto " A amizade"Texto " A amizade"
Texto " A amizade"
Ana Paula Santos
 
O dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escolaO dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escola
Mafalda Souto
 
D14 (5º ano l.p.)
D14 (5º ano   l.p.)D14 (5º ano   l.p.)
D14 (5º ano l.p.)
Cidinha Paulo
 
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das CrônicasProjeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Necy
 
Texto A coisa de Ruth Rocha
Texto A coisa de Ruth RochaTexto A coisa de Ruth Rocha
Texto A coisa de Ruth Rocha
Rose Tavares
 
CONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdf
CONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdfCONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdf
CONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdf
ElianaGoncalvesDosSa
 
Estados fisicos da agua
Estados fisicos da aguaEstados fisicos da agua
Estados fisicos da agua
lveiga
 
O papagaio especial
O papagaio especialO papagaio especial
O papagaio especial
Maria Angelica Campos Furtado
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilhaSequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Roseli Aparecida Tavares
 
D2 (5º ano l.p.)
D2 (5º ano   l.p.)D2 (5º ano   l.p.)
D2 (5º ano l.p.)
Cidinha Paulo
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
Sequência didática piada
Sequência didática piadaSequência didática piada
Sequência didática piada
Professora Cida
 
Cartaz fabrica de histórias
Cartaz fabrica de históriasCartaz fabrica de histórias
Cartaz fabrica de histórias
Sandra Costa
 
Alice no país das maravilhas resumo (2)
Alice no país das maravilhas resumo (2)Alice no país das maravilhas resumo (2)
Alice no país das maravilhas resumo (2)
1324bia
 

Mais procurados (20)

D7 (por descritores port 5º ano)
D7  (por descritores port  5º ano)D7  (por descritores port  5º ano)
D7 (por descritores port 5º ano)
 
A onça e o macaco
A onça e o macacoA onça e o macaco
A onça e o macaco
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
 
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos errosAtividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
 
Texto " A amizade"
Texto " A amizade"Texto " A amizade"
Texto " A amizade"
 
O dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escolaO dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escola
 
D14 (5º ano l.p.)
D14 (5º ano   l.p.)D14 (5º ano   l.p.)
D14 (5º ano l.p.)
 
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das CrônicasProjeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
 
Texto A coisa de Ruth Rocha
Texto A coisa de Ruth RochaTexto A coisa de Ruth Rocha
Texto A coisa de Ruth Rocha
 
CONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdf
CONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdfCONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdf
CONTO AFRICANO - INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Estados fisicos da agua
Estados fisicos da aguaEstados fisicos da agua
Estados fisicos da agua
 
O papagaio especial
O papagaio especialO papagaio especial
O papagaio especial
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
 
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilhaSequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
 
D2 (5º ano l.p.)
D2 (5º ano   l.p.)D2 (5º ano   l.p.)
D2 (5º ano l.p.)
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
Adivinhas
 
Sequência didática piada
Sequência didática piadaSequência didática piada
Sequência didática piada
 
Cartaz fabrica de histórias
Cartaz fabrica de históriasCartaz fabrica de histórias
Cartaz fabrica de histórias
 
Alice no país das maravilhas resumo (2)
Alice no país das maravilhas resumo (2)Alice no país das maravilhas resumo (2)
Alice no país das maravilhas resumo (2)
 

Semelhante a Fábulas - Alunos do 5º ano GECPS

Livro fábulas
Livro fábulasLivro fábulas
Livro fábulas
nacirbertini
 
Livro eletrônico
Livro eletrônicoLivro eletrônico
Livro eletrônico
Claudia Lotufo
 
Livro fábulas
Livro fábulasLivro fábulas
Livro fábulas
nacirbertini
 
Recontando em português as fábulas de la fontaine
Recontando em português as fábulas de la fontaineRecontando em português as fábulas de la fontaine
Recontando em português as fábulas de la fontaine
Isabel DA COSTA
 
4A
4A4A
4B
4B4B
4C
4C4C
Textos de alunos
Textos de alunosTextos de alunos
Textos de alunos
mfilomenac
 
História - O coelho esperto
História -  O coelho espertoHistória -  O coelho esperto
História - O coelho esperto
Joaquina Rafael Barbosa
 
Fábuals do 5º ano E
Fábuals do 5º ano EFábuals do 5º ano E
Fábuals do 5º ano E
Colégio Catarinense
 
Aprendendo
 Aprendendo Aprendendo
Aprendendo
Marcela Cappele
 
Fábulas
FábulasFábulas
Fábulas
Marilda Mendes
 
Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2
fatuchacoelho29
 
Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2
fatuchacoelho29
 
Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"
bibdjosei
 
Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa
Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa
Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa
MLURBANO
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
Fábula 5 d
Fábula 5 dFábula 5 d
02.19 a pantera e o leão
02.19   a pantera e o leão02.19   a pantera e o leão
02.19 a pantera e o leão
Masterliduina Moreira
 
A Borboleta e o Cavalinho
A Borboleta e o CavalinhoA Borboleta e o Cavalinho
A Borboleta e o Cavalinho
Andre Lenz
 

Semelhante a Fábulas - Alunos do 5º ano GECPS (20)

Livro fábulas
Livro fábulasLivro fábulas
Livro fábulas
 
Livro eletrônico
Livro eletrônicoLivro eletrônico
Livro eletrônico
 
Livro fábulas
Livro fábulasLivro fábulas
Livro fábulas
 
Recontando em português as fábulas de la fontaine
Recontando em português as fábulas de la fontaineRecontando em português as fábulas de la fontaine
Recontando em português as fábulas de la fontaine
 
4A
4A4A
4A
 
4B
4B4B
4B
 
4C
4C4C
4C
 
Textos de alunos
Textos de alunosTextos de alunos
Textos de alunos
 
História - O coelho esperto
História -  O coelho espertoHistória -  O coelho esperto
História - O coelho esperto
 
Fábuals do 5º ano E
Fábuals do 5º ano EFábuals do 5º ano E
Fábuals do 5º ano E
 
Aprendendo
 Aprendendo Aprendendo
Aprendendo
 
Fábulas
FábulasFábulas
Fábulas
 
Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2
 
Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2
 
Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"Historia " Os nossos amigos animais"
Historia " Os nossos amigos animais"
 
Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa
Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa
Trabalho do Gestar II de Língua Portuguesa
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
Fábula 5 d
Fábula 5 dFábula 5 d
Fábula 5 d
 
02.19 a pantera e o leão
02.19   a pantera e o leão02.19   a pantera e o leão
02.19 a pantera e o leão
 
A Borboleta e o Cavalinho
A Borboleta e o CavalinhoA Borboleta e o Cavalinho
A Borboleta e o Cavalinho
 

Mais de Grupo Escolar Carlos de Paula Seára

Aula características dos vegetais
Aula características dos vegetaisAula características dos vegetais
Aula características dos vegetais
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 
Mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres
Mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheresMobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres
Mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 
Bibi e sua turma
Bibi e sua turmaBibi e sua turma
Historia do pedrinho e o chicletinho
Historia do pedrinho e o chicletinhoHistoria do pedrinho e o chicletinho
Historia do pedrinho e o chicletinho
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 
Gincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPSGincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPS
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 
Gincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPSGincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPS
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 
Livro de Poesias
Livro de PoesiasLivro de Poesias
Biblioteca Pública Municipal e Escolar de Itajaí
Biblioteca Pública Municipal e Escolar de ItajaíBiblioteca Pública Municipal e Escolar de Itajaí
Biblioteca Pública Municipal e Escolar de Itajaí
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 
Piolho
PiolhoPiolho
Mérito Educacional de 2012
Mérito Educacional de 2012Mérito Educacional de 2012
Mérito Educacional de 2012
Grupo Escolar Carlos de Paula Seára
 

Mais de Grupo Escolar Carlos de Paula Seára (20)

Aula características dos vegetais
Aula características dos vegetaisAula características dos vegetais
Aula características dos vegetais
 
Mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres
Mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheresMobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres
Mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres
 
Bibi e sua turma
Bibi e sua turmaBibi e sua turma
Bibi e sua turma
 
Historia do pedrinho e o chicletinho
Historia do pedrinho e o chicletinhoHistoria do pedrinho e o chicletinho
Historia do pedrinho e o chicletinho
 
Gincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPSGincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPS
 
Gincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPSGincana do dia das crianças no GECPS
Gincana do dia das crianças no GECPS
 
Livro de Poesias
Livro de PoesiasLivro de Poesias
Livro de Poesias
 
Biblioteca Pública Municipal e Escolar de Itajaí
Biblioteca Pública Municipal e Escolar de ItajaíBiblioteca Pública Municipal e Escolar de Itajaí
Biblioteca Pública Municipal e Escolar de Itajaí
 
Piolho
PiolhoPiolho
Piolho
 
Mérito Educacional de 2012
Mérito Educacional de 2012Mérito Educacional de 2012
Mérito Educacional de 2012
 
Uma tartaruga a mil por hora
Uma tartaruga a mil por horaUma tartaruga a mil por hora
Uma tartaruga a mil por hora
 
Uma formiga especial
Uma formiga especialUma formiga especial
Uma formiga especial
 
Uma amiga diferente
Uma amiga diferenteUma amiga diferente
Uma amiga diferente
 
A escola da Tia Maristela
A escola da Tia MaristelaA escola da Tia Maristela
A escola da Tia Maristela
 
A família sol, la, si
A família sol, la, siA família sol, la, si
A família sol, la, si
 
Nem todas as girafas são iguais
Nem todas as girafas são iguaisNem todas as girafas são iguais
Nem todas as girafas são iguais
 
O canto de bento
O canto de bentoO canto de bento
O canto de bento
 
O Charme de Tuca
O Charme de TucaO Charme de Tuca
O Charme de Tuca
 
O Problema da Centopéia Zilá
O Problema da Centopéia ZiláO Problema da Centopéia Zilá
O Problema da Centopéia Zilá
 
Mic 2 ano
Mic   2 anoMic   2 ano
Mic 2 ano
 

Fábulas - Alunos do 5º ano GECPS

  • 2. A mosca e o sapo Era uma vez, num lindo dia de sol, uma mosca estava procurando comida, passou o tempo e começou a escurecer. Quando a mosca percebeu já estava muito escuro, e ela começou a ficar com medo. Como já estava muito tarde, então foi a procura de um abrigo quando encontrou uma toca. Lá havia um sapo dormindo, com o barulho da mosca o sapo acordou assustado e falou: - O que você quer aqui? A mosca respondeu: - Só quero um abrigo para passar a noite, já está muito escuro e lá fora tem muitos perigos. O sapo pensou e resolveu deixar a mosca passar a noite ali. Durante a noite os dois conversaram bastante e a partir daquele dia, se tornaram grandes amigos. Moral da história: É nas grandes dificuldades que nascem os grandes amigos. Autor: Adrian Lusindo Dionizio
  • 3. A raposa e os caçadores Era uma vez uma raposa que morava numa floresta. Numa tarde ensolarada ela estava correndo, mas caçadores fizeram uma armadilha com uma corda e conseguiram pegar a raposa. Amarraram a raposa e ela ficou desesperada. A raposa se mexeu muito, mas não conseguiu fugir. Um esquilo que passava por ali, resolveu ajudar a raposa, roendo as cordas. O esquilo conseguiu libertar raposa que ficou muito agradecida. Moral:Os pequenos amigos podem ser os melhores aliados. Autor Carlos José Luiz Rocha Pereira
  • 4. O tubarão e o peixinho Numa praia distante, havia um tubarão muito bonito e charmoso e um peixinho muito pequeno. Um dia o tubarão estava nadando por ai e encontrou o peixinho e disse: -Peixinho eu vou te comer e a minha sobremesa vai ser os seus amigos. E quando o tubarão foi para cima do peixinho, apareceu uma grande baleia, amiga dos peixinhos e espantou o tubarão para bem longe. Desde este dia os peixinhos puderam nadar tranquilamente pela praia. Moral: É muito bom ter um grande amigo por perto. Autora: Ester Mylene de Abreu Vieira.
  • 5. O sapo e a abelha Era uma vez um sapo que estava na lagoa descansando, quando de repente viu uma abelha voando e rapidamente comeu-a. A abelha muito esperta, logo pegou o seu ferrão e deu uma baita picada na língua do sapo. O sapo acabou ficando com a língua toda inchada e começou a chorar. Com isso o sapo aprendeu que com abelha não se pode lanchar. Moral: Autora: Gabriela
  • 6. A raposa e a gaivota Era uma vez, uma raposa que estava passeando pela floresta quando viu um suculento osso. A raposa correu para pegá-lo, mas a gaivota rápida pegou primeiro. A raposa tentou correr atrás da gaivota para pegar o osso, pois ela estava com muita fome, mas a gaivota já tinha voado para bem longe. Depois de algum tempo, a gaivota pensou melhor e resolveu voltar e dividir o osso com a raposa. A raposa ficou muito feliz, porque ela já estava muito fraca de tanta fome . A partir deste dia a gaivota e a raposa ficaram muito amigas. Moral : É importante pensar nos outros. Autora :Gabrieli Rocha Pereira
  • 7. O macaco e a formiga Era uma vez um macaco muito bagunceiro que vivia pulando de galho em galho. Sua amiga formiga vivia avisando ao macaco que se continuasse assim iria se machucar. Mas o macaco muito teimoso nem deu bola e assim foram passando os dias. O macaco continuava a fazer suas artes. Num outro dia o macaco foi pular na árvore, quando ele pulou no galho, o galho se quebrou e ele quebrou o braço. E a formiga disse: – Eu bem que te avisei e você não me ouviu, está vendo no que dá não ouvir as pessoas. Moral da história: Quem avisa amigo é. Autora: Isabela lima dos Santos.
  • 8. O leão e o papagaio Era uma vez um leão muito bonito. Ele passeava pelo bairro de bicicleta quando o seu amigo papagaio disse: -Olha pra frente! E o leão não acreditou no amigo, então o leão bateu no carro e foi parar no hospital. Ele levou alguns pontos no braço e a enfermeira falou: - Você tem visita, o seu amigo papagaio. O leão perguntou: - O que você faz aqui? O papagaio respondeu: - Vim fazer uma visita e te ajudar. O leão respondeu: - Que legal, você é um grande amigo. Moral: É importante escutar seus amigo. Autor: Isaias Carlos de Souza
  • 9. O elefante e o rato Era uma vez um elefante que viu um rato desmaiado e foi ficando nervoso, começou a gritar bem alto com a sua tromba para todo mundo ouvir,pedindo ajuda. De repente um gato de longe ouviu os berros do elefante e saiu em disparada para comer o pobre do ratinho. Quando o gato ia dar uma baita bocada, o elefante com sua tromba cheia de água fria, lança o gato para longe salvando o ratinho. Um pouco de água fria caiu em cima da cabeça do rato, fazendo ele acordar. Agradecido o rato deu para o elefante toda a sua bondade e amizade. Moral :A desgraça põe a prova a sinceridade e a amizade. Autor: Israel M. da Graça.
  • 10. O gato e a lã Um dia, um gato estava brincando com uma lã, quando de repente viu que estava chegando um cachorro triste e ele convidou o cachorro para brincar. O cachorro muito feliz aceitou o convite do gato. Quando eles iniciaram a brincadeira com a lã, veio uma chuva e os dois rapidamente correram para dentro da casa e tomaram um leite quentinho e continuaram a brincar com lã. Moral:Um amigo deve ajudar o outro. Autor: João Vitor Rodrigues
  • 11. O cachorro e o gato Era uma vez um cachorro que estava brincando com um gato no parque. De repente o gato saiu correndo para pegar a bola e não viu o carro que estava vindo em sua direção, quando o carro ia quase bater no gato, o cachorro saiu em disparada para ajudar, e chegando a tempo puxou o gato para a calçada conseguindo salvá-lo. E os dois, com cuidado saíram brincando pelo parque de bola e viveram felizes para sempre. Moral da história: Como é bom ter um grande amigo por perto. Autora: kauana
  • 12. As amigas Era uma vez, numa tarde ensolarada em uma escola, tinha uma gata, uma formiga e uma tartaruga. As três eram amigas, mas tiveram uma discussão, pois a tartaruga pisou no pé da gata e ela brava falou: -Sua lerda, não visse o meu pé? E a tartaruga respondeu: -Me desculpe, foi sem querer. A formiga olhando de longe, tentou parar com a briga. Mas não deu certo, pois as duas estavam muito chateadas. Então a formiga teve uma ideia. Fez um piquenique e convidou suas amigas, a tartaruga e a gata. Quando elas chegaram, a formiga começou a falar : -Eu chamei vocês aqui para fazerem as pazes, pois vocês não podem brigar, vocês são as melhores amigas. E elas chorando se abraçaram fizeram as pazes e nunca mais brigaram. Moral da história:O amor sempre vence. Autora: kevillin kamille Vieira dos Santos
  • 13. O macaco e o lagarto Era uma vez, um macaco que vivia numa floresta, e ele gostava muito de pular de galho em galho. Um dia, um lagarto viu ele pulando de galho em galho e falou: -Senhor macaco, você vai se machucar um dia pulando de galho em galho. Mas o macaco não deu ouvidos a ele. Um dia, ele foi brincar e não viu que o galho estava um pouco rachado, caiu e deu de cara no chão. O lagarto que estava lá, foi ajudar o macaco e disse: -Eu avisei que um dia você iria se machucar. E o macaco respondeu: -Desculpe senhor lagarto, por não ter escutado o senhor. E os dois amigos foram passear juntos. Moral da história:Amigo que não escuta sempre acaba sofrendo. Autora: Larissa Ap. De Souza
  • 14. A formiga e a barata A formiga estava andando bem distraída até que esbarrou em uma barata. A barata falou para a formiga: -Você está cega formiga? -Eu não estou cega, porque você está falando isso? Disse a formiga. -Eu falei isso porque você esbarrou em mim. A formiga percebeu que havia esbarrando na barata, e não tinha pedido desculpa, então falou: -Me desculpe, foi sem querer. Não vamos briga por este motivo, vamos ser amigos. A barata viu que a formiga estava sendo sincera e resolveu ficar amiga dela. Moral :O amor constrói Autor: Leandro Coninck de Freitas
  • 15. A Raposa e a águia Era uma vez uma raposa que vivia com fome. Um dia a raposa estava na floresta procurando comida, quando viu um pedaço de carne. Ela começou a falar: -Eu quero esse pedaço de carne. Quando ela percebeu, a águia muito rápida que pegou o pedaço de carne e saiu voando. A raposa ficou lá sentada sem fazer nada, só minutos depois que foi perceber, que havia perdido o pedaço de carne. Ela ficou com tanta raiva que saiu correndo tentando recuperar o pedaço de carne, porém não conseguiu mais. Moral: O seguro morreu de velho. Autora: Maria Luiza Muller Dionizio
  • 16. O esquilo e o elefante Era uma vez, um esquilo que ficava pulando de galho em galho. Certo dia, o esquilo estava em um galho e perto dele tinha um elefante que disse: -Olha lá, um monte de nozes. O esquilo muito guloso foi pegar e então caiu de cara no chão e quebrou o nariz. O esquilo pediu ajuda, e o elefante foi até lá para ajudá-lo e ficou tão preocupado que até desmaiou. Quando voltaram do hospital o esquilo pediu desculpa por não ter ouvido o elefante. Então o esquilo convidou o elefante para assistir televisão e tomar refrigerante. O elefante aceitou e agradeceu o convite . Deste dia em diante os dois ficaram amigos para sempre. Moral: Errar é humano. Autor Maurício M. Carvalho de Jesus
  • 17. Os grandes amigos Numa noite chuvosa, uma jiboia estava saindo de casa para procurar comida para o jantar, quando viu um sapo e pensou “esse sapo não me escapa, vou fazer uma armadilha para pegá-lo”. O sapo que estava atento saiu correndo para se esconder. A jiboia começou então a seguir os passos do sapo, mas de repente ele viu um franguinho e falou: -Meu jantar vai ser delicioso um sapo e um franguinho. Mas o sapo que tinha se escondido, avisou para o frango que estava distraído. Então a jiboia ficou procurando por horas e não encontrou nada, e foi para casa com fome. O sapo e o frango a partir daquele se tornaram grandes amigos. Moral: A desgraça põe a prova a sinceridade e a amizade. Autora: Michelle dos Santos Nunes
  • 18. O pato e o passarinho Era uma vez, um passarinho que estava voando no céu todo despreocupado, quando percebeu que havia um caçador de pássaros, naquela floresta. De repente o passarinho foi pego por uma rede e ficou preso. Passava por ali um pato, e então o passarinho resolveu pedir ajuda. -Você pode me ajudar seu pato? -Com certeza,espera um pouco. Disse o pato. O pato muito esperto deu uma bicada no pé do caçador que deixou a rede cair, e então o passarinho conseguiu fugir. A partir daquele dia os dois se tornaram grandes amigos. Moral da história: Um amigo leal, vale mais do que um tesouro. Autor: Nathan Pierre Venturini de Oliveira
  • 19. A raposa e o rato Numa noite chuvosa, ali perto de um castelo havia uma pantera que dava medo. Nenhum outro animal chegava perto. Um dia, um ratinho passou por ali e de repente quando ele olhou para trás viu a pantera com a boca aberta pronta para abocanhá-lo. Então o ratinho disse: -Por favor, não me coma eu vim buscar comida. Então ela responde: -Aqui a comida é só minha. Então o rato disse: -Mais se acabar, eu te ajudo. -Você me ajudar? Você não passa de um rato de esgoto. O rato foi para a casa bem triste. No dia seguinte os caçadores foram caçar e a pantera foi passear. Os caçadores botaram uma corda para pendurar o bicho que passasse por ali, a pantera que passava por ali distraída foi pega. Então começou a pedir socorro. O ratinho que passava por ali ajudou e então a pantera agradeceu e pediu desculpas. Os dois então ficaram amigos . Moral da história:Não se ache melhor que os outros, pois todos somos iguais Autora: Pamela Patricia Mendonça
  • 20. O porco e o macaco Era uma vez, um porco que estava indo para a casa e de repente ele viu um macaco pedindo ajuda. O macaco havia caído no rio, e não conseguia sair. O porquinho falou: -Espere ai macaco, eu já vou te ajudar, não saia daí. O porquinho foi correndo para a casa e pegou a corda do pai dele e jogou para o macaco e falou: -Segura firme que eu vou te puxar . O porco ajudou o macaco que ficou muito agradecido. Os dois se tornaram grandes amigos e viveram felizes para sempre. Moral: Um amigo leal vale mais que um tesouro. Autor Tiago da Luz Cândido
  • 21. O peixe e o caracol Em um dia ensolarado, o peixe e o caracol foram passear numa cascata. Chegando lá os dois foram nadar, mas o caracol não sabia nadar direito. Em um certo momento, o caracol se distraiu e começou a se afogar. O peixe que nadava muito bem, nadou rápido para salvar seu amigo. O caracol que estava muito assustado, agradeceu muito o seu amigo por tê-lo salvo. E os dois viveram felizes, pois ter um amigo é ter um irmão. Moral: Um amigo leal, vale mais que um tesouro. Autor: Vivan Gia da Silva Junior