SlideShare uma empresa Scribd logo
Exercício de coordenadas absolutas
Calcular as coordenadas dos pontos indicados na figura abaixo
CORDENAS ABSOLUTAS
PONTOS X Z
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
1
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
Exercício de coordenadas incrementais
Calcular as coordenadas dos pontos indicados na figura abaixo
CORDENAS INCREMENTAIS
PONTOS X Z
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
2
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
Exercício 01 de programação com coordenadas lineares
Utilizar somente uma ferramenta para desbaste e acabamento
Pastilha : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm
Operações: Facear, desbastar e acabar, com a mesma ferramenta.
Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por
passada.
3
4
Exercício 02 de programação com coordenadas lineares, circulares e
compensação de raio de corte da ferramenta G00 G01 G40 G42.
Utilizar uma ferramenta para desbaste e outra para acabamento
Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm
DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm
Operações: Facear, desbastar deixando 1mm de sobre metal no diâmetro e 0,2mm
para acabamento
Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por
passada.
5
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
6
Exercício 03 de programação com Ciclo de desbaste longitudinal G71 e ciclo de
acabamento G70.
Utilizar uma ferramenta para desbaste e outra para acabamento
Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm
DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm
Operações: Facear, desbastar deixando 1mm de sobre metal no diâmetro e 0,2mm
nas faces para acabamento.
Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por
passada.
7
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
8
Exercício 03 de programação com Ciclo de desbaste e acabamento longitudinal
CYCLE 95.
Utilizar uma ferramenta para desbaste e outra para acabamento
Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm
DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm
Operações: Facear, desbastar deixando 1mm de sobre metal no diâmetro e 0,2mm
para acabamento
Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por
passada.
9
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
10
Exercício 04 de programação com Tempo de permanência G04.
Utilizar uma ferramenta para canal externo
11
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
Pastilha : N151.2–300 -5E VC : 200 m/min Av : 0.10 mm/rpm
Operações: Executar os canais externos.
12
13
Exercício 05 programação com Ciclo automático de roscamento G76.
Utilizar uma ferramenta para desbaste, acabamento, canal e rosca
Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm
DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm
N151.2–300 -5E VC : 200 m/min Av : 0.10 mm/rpm
R166 0G-16 MM01 – 250
Operações: Desbastar e acabar diâmetro de 35mm ; fazer canal e executar rosca
M35 x 1,5mm ( 2 entradas) utilizar 12 passadas e 500 RPM.
14
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
15
Exercício 05 programação com Ciclo automático de roscamento CYCLE 97.
Utilizar uma ferramenta para desbaste, acabamento, canal e rosca
Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm
DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm
N151.2–300 -5E VC : 200 m/min Av : 0.10 mm/rpm
R166 0G-16 MM01 – 250
Operações: Desbastar e acabar diâmetro de 35mm ; fazer canal e executar rosca
M35 x 1,5mm ( 2 entradas) utilizar 12 passadas e 500 RPM.
16
CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________
TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________
ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
17
18

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - Cosa
CATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - CosaCATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - Cosa
CATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - Cosa
André Sá
 
Rugosidade
RugosidadeRugosidade
Rugosidade
alexcavichiolli
 
Linguagem de programacao de CNC Torno e Centro de Usinagem
Linguagem de programacao de CNC Torno e Centro de UsinagemLinguagem de programacao de CNC Torno e Centro de Usinagem
Linguagem de programacao de CNC Torno e Centro de Usinagem
Sergio Barrios
 
Apostila Romi Centur 30-D
Apostila Romi Centur 30-DApostila Romi Centur 30-D
Apostila Romi Centur 30-D
Rogerio Fernando
 
02 -torneiro_mecanico - senai
02  -torneiro_mecanico - senai02  -torneiro_mecanico - senai
02 -torneiro_mecanico - senai
Hudson Cavalcante Dos Santos
 
Apr paquimetro
Apr paquimetroApr paquimetro
Apr paquimetro
Jose Galdino da Silva
 
Metrologia - Aula 3
Metrologia - Aula 3Metrologia - Aula 3
Metrologia - Aula 3
IBEST ESCOLA
 
Treinamento Mastercam
Treinamento MastercamTreinamento Mastercam
Treinamento Mastercam
Rogerio Fernando
 
Desenho de máquinas
Desenho de máquinasDesenho de máquinas
Desenho de máquinas
Diego Santos
 
Apostila cnc
Apostila cncApostila cnc
Apostila cnc
Cremilson Silva
 
Torneamento mecânico
Torneamento mecânicoTorneamento mecânico
Torneamento mecânico
Pedro Veiga
 
APOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEM
APOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEMAPOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEM
APOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEM
ordenaelbass
 
Produção mecânica
Produção mecânicaProdução mecânica
Produção mecânica
3r1clu12
 
Exercícios pneumática solução
Exercícios pneumática    soluçãoExercícios pneumática    solução
Exercícios pneumática solução
Cynthia Janei
 
DESENHO TÉCNICO COTAGEM
DESENHO TÉCNICO COTAGEMDESENHO TÉCNICO COTAGEM
DESENHO TÉCNICO COTAGEM
ordenaelbass
 
Torno Mecânico- Acessórios
Torno Mecânico- Acessórios Torno Mecânico- Acessórios
Torno Mecânico- Acessórios
Juan Carlos Garcia Urrutia
 
Metrologia senai
Metrologia senaiMetrologia senai
Metrologia senai
Ederronio Mederos
 
Mecanismos
MecanismosMecanismos
Mecanismos
Carlos Valenzuela
 
Cnc apostila de programação
Cnc   apostila de programaçãoCnc   apostila de programação
Cnc apostila de programação
Luiz Claudio Ventura
 
Manual de programação romi
Manual de programação romiManual de programação romi
Manual de programação romi
Renan Pimentel
 

Mais procurados (20)

CATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - Cosa
CATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - CosaCATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - Cosa
CATALOGO TORNO CNC TREINAMENTO - Cosa
 
Rugosidade
RugosidadeRugosidade
Rugosidade
 
Linguagem de programacao de CNC Torno e Centro de Usinagem
Linguagem de programacao de CNC Torno e Centro de UsinagemLinguagem de programacao de CNC Torno e Centro de Usinagem
Linguagem de programacao de CNC Torno e Centro de Usinagem
 
Apostila Romi Centur 30-D
Apostila Romi Centur 30-DApostila Romi Centur 30-D
Apostila Romi Centur 30-D
 
02 -torneiro_mecanico - senai
02  -torneiro_mecanico - senai02  -torneiro_mecanico - senai
02 -torneiro_mecanico - senai
 
Apr paquimetro
Apr paquimetroApr paquimetro
Apr paquimetro
 
Metrologia - Aula 3
Metrologia - Aula 3Metrologia - Aula 3
Metrologia - Aula 3
 
Treinamento Mastercam
Treinamento MastercamTreinamento Mastercam
Treinamento Mastercam
 
Desenho de máquinas
Desenho de máquinasDesenho de máquinas
Desenho de máquinas
 
Apostila cnc
Apostila cncApostila cnc
Apostila cnc
 
Torneamento mecânico
Torneamento mecânicoTorneamento mecânico
Torneamento mecânico
 
APOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEM
APOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEMAPOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEM
APOSTILA SENAI 3 AJUSTAGEM USINAGEM
 
Produção mecânica
Produção mecânicaProdução mecânica
Produção mecânica
 
Exercícios pneumática solução
Exercícios pneumática    soluçãoExercícios pneumática    solução
Exercícios pneumática solução
 
DESENHO TÉCNICO COTAGEM
DESENHO TÉCNICO COTAGEMDESENHO TÉCNICO COTAGEM
DESENHO TÉCNICO COTAGEM
 
Torno Mecânico- Acessórios
Torno Mecânico- Acessórios Torno Mecânico- Acessórios
Torno Mecânico- Acessórios
 
Metrologia senai
Metrologia senaiMetrologia senai
Metrologia senai
 
Mecanismos
MecanismosMecanismos
Mecanismos
 
Cnc apostila de programação
Cnc   apostila de programaçãoCnc   apostila de programação
Cnc apostila de programação
 
Manual de programação romi
Manual de programação romiManual de programação romi
Manual de programação romi
 

Semelhante a Exercícios de Coordenadas Torno à C.N.C

Ferramentas e materiais
Ferramentas e materiaisFerramentas e materiais
Ferramentas e materiais
Wigand R. dos Santos Jr.
 
11 ferramentas pdf
11   ferramentas pdf11   ferramentas pdf
11 ferramentas pdf
paulojpsp
 
Iom 30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)
Iom   30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)Iom   30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)
Iom 30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)
Fernando Franzo
 
Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico mecanico
Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico  mecanico Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico  mecanico
Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico mecanico
Paulo Henrique
 
Denny daniel collina apostila de sitemas microprocessados
Denny daniel collina   apostila de sitemas microprocessadosDenny daniel collina   apostila de sitemas microprocessados
Denny daniel collina apostila de sitemas microprocessados
Lorena Barreto
 
Modelo de ppra 1
Modelo de ppra   1Modelo de ppra   1
Modelo de ppra 1
Regis Antonio De Campos
 
Ferramentas e acessórios
Ferramentas e acessóriosFerramentas e acessórios
Ferramentas e acessórios
Renaldo Adriano
 
Metrologia
MetrologiaMetrologia
Metrologia
ITD
 
Ppra.marcenaria.doc
Ppra.marcenaria.docPpra.marcenaria.doc
Ppra.marcenaria.doc
Luis Araujo
 
Mecânica - Processo Soldagem 02
Mecânica - Processo Soldagem 02Mecânica - Processo Soldagem 02
Mecânica - Processo Soldagem 02
Jean Brito
 
Guia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-edição
Guia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-ediçãoGuia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-edição
Guia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-edição
Diego Rodrigo do Prado
 
NSK - Manual de treinamento sobre rolamentos
NSK - Manual de treinamento sobre rolamentosNSK - Manual de treinamento sobre rolamentos
NSK - Manual de treinamento sobre rolamentos
Sandro Marques Solidario
 
Analise de risco frente e verso
Analise de risco frente e versoAnalise de risco frente e verso
Analise de risco frente e verso
Devanir Miranda
 
Monografia estudos eletricos
Monografia estudos eletricosMonografia estudos eletricos
Monografia estudos eletricos
deividmarins
 
7335391 modelo-de-ppra
7335391 modelo-de-ppra7335391 modelo-de-ppra
7335391 modelo-de-ppra
Iolanda Soares
 
Desenhos eletricos
Desenhos eletricosDesenhos eletricos
Desenhos eletricos
Renaldo Adriano
 
Desenhos eletricos
Desenhos eletricosDesenhos eletricos
Desenhos eletricos
Renaldo Adriano
 
Elétrica desenhos eletricos
Elétrica desenhos eletricosElétrica desenhos eletricos
Elétrica desenhos eletricos
Cleuber Martins
 
Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)
Reginaldo Steinhardt
 
Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)
Reginaldo Steinhardt
 

Semelhante a Exercícios de Coordenadas Torno à C.N.C (20)

Ferramentas e materiais
Ferramentas e materiaisFerramentas e materiais
Ferramentas e materiais
 
11 ferramentas pdf
11   ferramentas pdf11   ferramentas pdf
11 ferramentas pdf
 
Iom 30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)
Iom   30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)Iom   30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)
Iom 30 hks 20 a 60 tr -d- 04.08 (194.01.011)
 
Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico mecanico
Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico  mecanico Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico  mecanico
Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico mecanico
 
Denny daniel collina apostila de sitemas microprocessados
Denny daniel collina   apostila de sitemas microprocessadosDenny daniel collina   apostila de sitemas microprocessados
Denny daniel collina apostila de sitemas microprocessados
 
Modelo de ppra 1
Modelo de ppra   1Modelo de ppra   1
Modelo de ppra 1
 
Ferramentas e acessórios
Ferramentas e acessóriosFerramentas e acessórios
Ferramentas e acessórios
 
Metrologia
MetrologiaMetrologia
Metrologia
 
Ppra.marcenaria.doc
Ppra.marcenaria.docPpra.marcenaria.doc
Ppra.marcenaria.doc
 
Mecânica - Processo Soldagem 02
Mecânica - Processo Soldagem 02Mecânica - Processo Soldagem 02
Mecânica - Processo Soldagem 02
 
Guia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-edição
Guia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-ediçãoGuia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-edição
Guia de-aplicação-de-inversores-de-frequência-weg-3ª-edição
 
NSK - Manual de treinamento sobre rolamentos
NSK - Manual de treinamento sobre rolamentosNSK - Manual de treinamento sobre rolamentos
NSK - Manual de treinamento sobre rolamentos
 
Analise de risco frente e verso
Analise de risco frente e versoAnalise de risco frente e verso
Analise de risco frente e verso
 
Monografia estudos eletricos
Monografia estudos eletricosMonografia estudos eletricos
Monografia estudos eletricos
 
7335391 modelo-de-ppra
7335391 modelo-de-ppra7335391 modelo-de-ppra
7335391 modelo-de-ppra
 
Desenhos eletricos
Desenhos eletricosDesenhos eletricos
Desenhos eletricos
 
Desenhos eletricos
Desenhos eletricosDesenhos eletricos
Desenhos eletricos
 
Elétrica desenhos eletricos
Elétrica desenhos eletricosElétrica desenhos eletricos
Elétrica desenhos eletricos
 
Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)
 
Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)Desenhos eletricos senai (ng)
Desenhos eletricos senai (ng)
 

Último

P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 

Último (20)

P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 

Exercícios de Coordenadas Torno à C.N.C

  • 1. Exercício de coordenadas absolutas Calcular as coordenadas dos pontos indicados na figura abaixo CORDENAS ABSOLUTAS PONTOS X Z 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 1 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___ CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 2. Exercício de coordenadas incrementais Calcular as coordenadas dos pontos indicados na figura abaixo CORDENAS INCREMENTAIS PONTOS X Z 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 2 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 3. Exercício 01 de programação com coordenadas lineares Utilizar somente uma ferramenta para desbaste e acabamento Pastilha : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm Operações: Facear, desbastar e acabar, com a mesma ferramenta. Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por passada. 3
  • 4. 4
  • 5. Exercício 02 de programação com coordenadas lineares, circulares e compensação de raio de corte da ferramenta G00 G01 G40 G42. Utilizar uma ferramenta para desbaste e outra para acabamento Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm Operações: Facear, desbastar deixando 1mm de sobre metal no diâmetro e 0,2mm para acabamento Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por passada. 5 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 6. 6
  • 7. Exercício 03 de programação com Ciclo de desbaste longitudinal G71 e ciclo de acabamento G70. Utilizar uma ferramenta para desbaste e outra para acabamento Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm Operações: Facear, desbastar deixando 1mm de sobre metal no diâmetro e 0,2mm nas faces para acabamento. Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por passada. 7 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 8. 8
  • 9. Exercício 03 de programação com Ciclo de desbaste e acabamento longitudinal CYCLE 95. Utilizar uma ferramenta para desbaste e outra para acabamento Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm Operações: Facear, desbastar deixando 1mm de sobre metal no diâmetro e 0,2mm para acabamento Obs.: Para facear utilizar 1mm por passada e no desbaste no máximo 4mm por passada. 9 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 10. 10
  • 11. Exercício 04 de programação com Tempo de permanência G04. Utilizar uma ferramenta para canal externo 11 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 12. Pastilha : N151.2–300 -5E VC : 200 m/min Av : 0.10 mm/rpm Operações: Executar os canais externos. 12
  • 13. 13
  • 14. Exercício 05 programação com Ciclo automático de roscamento G76. Utilizar uma ferramenta para desbaste, acabamento, canal e rosca Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm N151.2–300 -5E VC : 200 m/min Av : 0.10 mm/rpm R166 0G-16 MM01 – 250 Operações: Desbastar e acabar diâmetro de 35mm ; fazer canal e executar rosca M35 x 1,5mm ( 2 entradas) utilizar 12 passadas e 500 RPM. 14 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 15. 15
  • 16. Exercício 05 programação com Ciclo automático de roscamento CYCLE 97. Utilizar uma ferramenta para desbaste, acabamento, canal e rosca Pastilhas : CNMG 12 04 08 VC : 400 m/min Av : 0.25 mm/rpm DNMG 15 04 04 VC : 500 m/min Av : 0.18 mm/rpm N151.2–300 -5E VC : 200 m/min Av : 0.10 mm/rpm R166 0G-16 MM01 – 250 Operações: Desbastar e acabar diâmetro de 35mm ; fazer canal e executar rosca M35 x 1,5mm ( 2 entradas) utilizar 12 passadas e 500 RPM. 16 CURSO: ____________________________UNIDADE CURRICULAR_____________________________ TURMA: ___________________________ DOCENTE: _________________________________________ ALUNO: ____________________________________________________________DATA: ____/____/___
  • 17. 17
  • 18. 18