SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Secundária da Sertã
AS INICIATIVAS CULTURAIS E A EDUCAÇÃO
AMBIENTAL
Ana Farinha, João Miranda
Leonor Carvalho, Pedro Simões
Vânia Farinha
Turma 10ºA
Professor: Jorge Correia
Introdução
● Para o nosso projeto de cidadania, desenvolvido no âmbito
do projeto Nós Propomos!, uma iniciativa do IGOT,
escolhemos o tema As iniciativas culturais e a educação
ambiental.
● Para desenvolvermos o nosso projeto procurámos saber:
○ O que é uma iniciativa cultural;
○ Qual o impacto que o ambiente tem na comunidade;
○ Como promover a educação ambiental através de
atividades culturais.
Fundamentação
● Nós escolhemos este tema visto que,
atualmente, as alterações climáticas e
todos os problemas relacionados com o
ambiente têm um grande impacto no nosso
quotidiano.
● Outra razão é o facto de um dos objetivos
da ONU para o Desenvolvimento
Sustentável, 13 - Ação Climática, passar por
melhorar a educação, aumentar a
consciencialização e a capacidade humana
e institucional sobre medidas de mitigação,
adaptação, redução de impacto e alerta
precoce no que respeita às alterações
climáticas.
● O concelho da Sertã apresenta biocapacidade, ou seja, as emissões
de dióxido de carbono, produzidas principalmente na zona
industrial, são menores em relação ao oxigénio libertado pela
grande área florestal.
● Apesar desta, não conseguimos atingir uma biocapacidade
perfeita, visto que no verão somos bastantes afetados por
incêndios.
Incêndios
florestais no
concelho da
Sertã
Fundamentação
● Consideramos que as iniciativas culturais são uma das
formas mais viáveis para motivar a população a ter
responsabilidade ambiental e qualidade de vida que
ajudará a reverter os problemas de cariz ambiental.
● Além disso, as iniciativas culturais permitem uma melhor
interação no seio sociedade, proporcionam o contacto
direto com a natureza incentivando as pessoas à reflexão.
Fundamentação
Localização do concelho da Sertã
● Região Centro
● Distrito Castelo Branco
● Beira Baixa
● Médio Tejo (Zona Pinhal Interior Sul)
O que é uma iniciativa cultural?
● É uma iniciativa organizada por uma entidade pública ou
privada, ou por particulares, com o intuito de contribuir para o
desenvolvimento cultural de uma região, dirigida a uma
população, que visando um determinado assunto é também
uma forma de entretenimento e aprendizagem.
● É uma atividade que permite a descoberta da cultura de uma
determinada região através da exploração.
● A educação ambiental viabiliza
a participação da sociedade em
atividades relacionadas com o
meio ambiente, gerando uma
ligação mais profunda com a
Natureza, o que leva a uma
reflexão da comunidade e à
adoção de novos
comportamentos.
Fig.4 - Caminhada ambiental na Sertã
O que é uma iniciativa cultural?
● O meio ambiente sustenta a nossa existência e é dele que
retiramos os recursos de que precisamos para viver e existir.
● O processo de degradação do meio ambiente, se não for parado,
poderá pôr em causa o nosso modo de vida.
O impacto do meio ambiente
na comunidade
Fig.5 e 6 - Poluição do solo e atmosférica Fig.7 - Poluição urbana
Mudança de atitudes Reversão da
Utilização de transportes públicos Poluição atmosférica
Não depositar resíduos nas redes
hidrográficas, perto delas e/ou no solo
Poluição hídrica e do solo
Reflorestação Desflorestação causada pelos incêndios
Reciclagem Acumulação e desperdício de resíduos
Poupar água Escassez de água potável
● Divulgação das iniciativas culturais:
○ Comunicação social local
○ Outdoors
○ Faixas publicitárias nos edifícios do município
○ Panfletos
○ Agenda cultural
Promoção da educação ambiental
através de iniciativas culturais
Fig.1 - Outdoor
Fig.3 - Agenda cultural
Fig.4 - Faixa
publicitária
Fig.2 - Panfletos
Promoção da educação ambiental
através de iniciativas culturais
● Exemplos de iniciativas culturais:
○ Caminhadas guiadas por zonas de valor
ambiental do concelho
○ Concurso de fotografia de paisagem e natureza
○ Concurso de pintura de paisagem e natureza
○ Curso de fotografia, desenho ou pintura de
paisagem e natureza
○ Exposição de fotografia ou pintura de paisagem
e natureza
Promoção da educação ambiental
através de iniciativas culturais
Fig.5 e 6 - Concurso e curso de fotografia,
desenho ou pintura de paisagem e natureza
Promoção da educação ambiental
através de iniciativas culturais
Exemplos
Fig.7 - Exposição de fotografia ou
pintura de paisagem e natureza
Fig.8 - Caminhada sobre pontos ambientais e
turísticos na Sertã
Resultado do inquérito à
população
Principais problemas de cariz ambiental
existentes na Sertã identificados pela
população:
● poluição das ribeiras
● poluição atmosférica - cheiro da Zona
Industrial e da pecuária
● poluição do solo - lixo no chão
● incêndios
● falta de limpeza das matas
● reciclagem - insuficiência e não limpeza
dos ecopontos
Resultado do inquérito à
população
Principais razões por que a qualidade do
meio ambiente na Zona do Pinhal constitui
uma grande preocupação:
● qualidade de vida
● preservação do ambiente para as
gerações futuras
● saúde e bem-estar
● segurança quanto aos incêndios
● equilíbrio dos ecossistemas
● paisagens
Resultado do inquérito à
população
Principais razões por que as iniciativas culturais são
importantes para a qualidade de vida de uma comunidade:
● enriquecimento cultural
● bem-estar
● lazer, convívio e distração
● sensibilização
● pontos de vistas diferentes
Resultado do inquérito à
população
Resultado do inquérito à
população
Iniciativas culturais indicadas pela população através das quais se
poderá promover a educação ambiental:
● caminhadas pelo ambiente ou por locais históricos
● recolha de lixo
● reflorestação
● visita aos locais com maior impacto
● visita a reservas naturais
● workshops
● atividades junto à ribeira
● teatros
● cinema
● leitura
● fotografia
● exposições artísticas
● cursos
Resultado do inquérito à
população
Resultado do inquérito à
população
Conclusões
• Na Sertã podemos encontrar diversos problemas de cariz
ambiental: poluição da ribeira, cheiro na Zona Industrial e
incêndios;
• Assim, a população quer revertê-los e está disposta a ajudar para
melhorar a qualidade de vida e preservar o meio ambiente;
• A sociedade considera importante as atividades culturais e
acredita que a partir da educação as podemos promover;
• A agenda cultural do concelho não é devidamente divulgada a
toda a população.
Agora, Nós Propomos!
• Criar iniciativas que sejam atrativas e interativas para
que haja vontade e motivos que levem à participação
da população;
• Fazer com que as iniciativas sejam apelativas para
diferentes grupos etários;
• Apontar, sempre que possível, referências a problemas
e soluções relacionadas com o ambiente;
• Através dos meios de divulgação anteriormente
referidos, promover as atividades culturais bem como
a agenda cultural da Sertã.
ESS - "Atividades culturais e a educação ambiental"

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade
Rogerio Almeida
 
Sustentabilidade consumismo
Sustentabilidade  consumismoSustentabilidade  consumismo
Sustentabilidade consumismo
emefbompastor
 
Atividades De Lazer - Meio para Educacao Ambiental
Atividades De Lazer   - Meio para Educacao AmbientalAtividades De Lazer   - Meio para Educacao Ambiental
Atividades De Lazer - Meio para Educacao Ambiental
Aristides Faria
 
Agricultura urbana na prática
Agricultura urbana na práticaAgricultura urbana na prática
Agricultura urbana na prática
John Herbert Badi Zappala
 
Plano de ação lauro barreira
Plano de ação   lauro barreiraPlano de ação   lauro barreira
Plano de ação lauro barreira
flaviaescola
 
Sustentabilidade 6ªD
Sustentabilidade 6ªDSustentabilidade 6ªD
Sustentabilidade 6ªD
sylviampires
 
Rmrocha ativ3
Rmrocha ativ3Rmrocha ativ3
Cartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixaCartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixa
Alexandre Panerai
 
ReflexãO
ReflexãOReflexãO
ReflexãO
mega
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
pipcbc
 
Atividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidadeAtividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidade
Giselda morais rodrigues do
 
9
99
Sustentabilidade 8c Lucas - 2009
Sustentabilidade 8c Lucas - 2009Sustentabilidade 8c Lucas - 2009
Sustentabilidade 8c Lucas - 2009
Valeria POIE
 
Curso Educação Ambiental - Trabalho Final
Curso Educação Ambiental - Trabalho Final Curso Educação Ambiental - Trabalho Final
Curso Educação Ambiental - Trabalho Final
Belister
 
Pegada ecologica
Pegada ecologicaPegada ecologica
Pegada ecologica
bibliteca.macieira
 
Aula sobre educação ambiental
Aula sobre educação ambientalAula sobre educação ambiental
Aula sobre educação ambiental
Sonho Decriança
 

Mais procurados (16)

Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade Ambiente sustentabilidade e cidade
Ambiente sustentabilidade e cidade
 
Sustentabilidade consumismo
Sustentabilidade  consumismoSustentabilidade  consumismo
Sustentabilidade consumismo
 
Atividades De Lazer - Meio para Educacao Ambiental
Atividades De Lazer   - Meio para Educacao AmbientalAtividades De Lazer   - Meio para Educacao Ambiental
Atividades De Lazer - Meio para Educacao Ambiental
 
Agricultura urbana na prática
Agricultura urbana na práticaAgricultura urbana na prática
Agricultura urbana na prática
 
Plano de ação lauro barreira
Plano de ação   lauro barreiraPlano de ação   lauro barreira
Plano de ação lauro barreira
 
Sustentabilidade 6ªD
Sustentabilidade 6ªDSustentabilidade 6ªD
Sustentabilidade 6ªD
 
Rmrocha ativ3
Rmrocha ativ3Rmrocha ativ3
Rmrocha ativ3
 
Cartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixaCartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixa
 
ReflexãO
ReflexãOReflexãO
ReflexãO
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
 
Atividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidadeAtividades sobre sustentabilidade
Atividades sobre sustentabilidade
 
9
99
9
 
Sustentabilidade 8c Lucas - 2009
Sustentabilidade 8c Lucas - 2009Sustentabilidade 8c Lucas - 2009
Sustentabilidade 8c Lucas - 2009
 
Curso Educação Ambiental - Trabalho Final
Curso Educação Ambiental - Trabalho Final Curso Educação Ambiental - Trabalho Final
Curso Educação Ambiental - Trabalho Final
 
Pegada ecologica
Pegada ecologicaPegada ecologica
Pegada ecologica
 
Aula sobre educação ambiental
Aula sobre educação ambientalAula sobre educação ambiental
Aula sobre educação ambiental
 

Semelhante a ESS - "Atividades culturais e a educação ambiental"

Mecenato
MecenatoMecenato
Mecenato
totosalvia18
 
Apresentação Chico Mendes - Resumo de Atividades
Apresentação Chico Mendes - Resumo de AtividadesApresentação Chico Mendes - Resumo de Atividades
Apresentação Chico Mendes - Resumo de Atividades
chicomendescabucu
 
LIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃO
LIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃOLIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃO
LIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃO
johnbasadila
 
Painel1 1.anibal moreno
Painel1 1.anibal morenoPainel1 1.anibal moreno
Painel1 1.anibal moreno
CIDAADS
 
Trabalho escrito sobre associação
Trabalho escrito sobre associaçãoTrabalho escrito sobre associação
Trabalho escrito sobre associação
Gonçalo Giríssimo
 
Jornal inteiro
Jornal inteiroJornal inteiro
Jornal inteiro
BOLETIM
 
Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015
Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015
Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015
Meio & Mensagem
 
Peri festival final
Peri festival finalPeri festival final
Peri festival final
holgebeier
 
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ilda Bicacro
 
A Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro - a paisagem cultural
A Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro  -  a paisagem culturalA Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro  -  a paisagem cultural
A Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro - a paisagem cultural
Ilda Bicacro
 
12.2.8. #1 maria piedade brandão
12.2.8. #1 maria piedade brandão12.2.8. #1 maria piedade brandão
12.2.8. #1 maria piedade brandão
Mestrado em Planeamento Regional e Urbano (UA)
 
Projeto Residencial Beija-flor
Projeto Residencial Beija-florProjeto Residencial Beija-flor
sustentabilidade.pdf
sustentabilidade.pdfsustentabilidade.pdf
sustentabilidade.pdf
LeonardoPeres36
 
Cartilha de reciclagem
Cartilha  de reciclagemCartilha  de reciclagem
Cartilha de reciclagem
Layara Malvestio
 
Projeto Instituto Solví
Projeto Instituto SolvíProjeto Instituto Solví
Projeto Instituto Solví
tana bassi
 
Apresentação potfolio chico mendes pdf
Apresentação potfolio chico mendes pdfApresentação potfolio chico mendes pdf
Apresentação potfolio chico mendes pdf
chicomendescabucu
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação
guest1df22b
 
Minha análise comparativa
Minha análise comparativaMinha análise comparativa
Minha análise comparativa
Joana Esteves
 
Apresentação oca
Apresentação ocaApresentação oca
Apresentação oca
Fernando Pondé
 
ESS - "A pegada de Celinda"
ESS - "A pegada de Celinda"ESS - "A pegada de Celinda"
ESS - "A pegada de Celinda"
Ilda Bicacro
 

Semelhante a ESS - "Atividades culturais e a educação ambiental" (20)

Mecenato
MecenatoMecenato
Mecenato
 
Apresentação Chico Mendes - Resumo de Atividades
Apresentação Chico Mendes - Resumo de AtividadesApresentação Chico Mendes - Resumo de Atividades
Apresentação Chico Mendes - Resumo de Atividades
 
LIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃO
LIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃOLIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃO
LIXO NO BAIRRO PILOTO, DISSERTAÇÃO
 
Painel1 1.anibal moreno
Painel1 1.anibal morenoPainel1 1.anibal moreno
Painel1 1.anibal moreno
 
Trabalho escrito sobre associação
Trabalho escrito sobre associaçãoTrabalho escrito sobre associação
Trabalho escrito sobre associação
 
Jornal inteiro
Jornal inteiroJornal inteiro
Jornal inteiro
 
Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015
Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015
Midiakit.verdesmares gestao ambiental-2015
 
Peri festival final
Peri festival finalPeri festival final
Peri festival final
 
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
 
A Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro - a paisagem cultural
A Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro  -  a paisagem culturalA Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro  -  a paisagem cultural
A Sertã, ontem, hoje e os desafios do futuro - a paisagem cultural
 
12.2.8. #1 maria piedade brandão
12.2.8. #1 maria piedade brandão12.2.8. #1 maria piedade brandão
12.2.8. #1 maria piedade brandão
 
Projeto Residencial Beija-flor
Projeto Residencial Beija-florProjeto Residencial Beija-flor
Projeto Residencial Beija-flor
 
sustentabilidade.pdf
sustentabilidade.pdfsustentabilidade.pdf
sustentabilidade.pdf
 
Cartilha de reciclagem
Cartilha  de reciclagemCartilha  de reciclagem
Cartilha de reciclagem
 
Projeto Instituto Solví
Projeto Instituto SolvíProjeto Instituto Solví
Projeto Instituto Solví
 
Apresentação potfolio chico mendes pdf
Apresentação potfolio chico mendes pdfApresentação potfolio chico mendes pdf
Apresentação potfolio chico mendes pdf
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação
 
Minha análise comparativa
Minha análise comparativaMinha análise comparativa
Minha análise comparativa
 
Apresentação oca
Apresentação ocaApresentação oca
Apresentação oca
 
ESS - "A pegada de Celinda"
ESS - "A pegada de Celinda"ESS - "A pegada de Celinda"
ESS - "A pegada de Celinda"
 

Mais de Ilda Bicacro

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Ilda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Ilda Bicacro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
Ilda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
Ilda Bicacro
 
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptxProjeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Ilda Bicacro
 
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Ilda Bicacro
 
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptxESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
Ilda Bicacro
 
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! SertãConstrução (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Ilda Bicacro
 
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
Ilda Bicacro
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
Ilda Bicacro
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
Ilda Bicacro
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
Ilda Bicacro
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Ilda Bicacro
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Ilda Bicacro
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das crianças
Ilda Bicacro
 

Mais de Ilda Bicacro (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptxProjeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
 
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
 
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
 
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
 
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptxESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
 
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! SertãConstrução (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
 
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das crianças
 

Último

planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 

Último (20)

planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 

ESS - "Atividades culturais e a educação ambiental"

  • 1. Escola Secundária da Sertã AS INICIATIVAS CULTURAIS E A EDUCAÇÃO AMBIENTAL Ana Farinha, João Miranda Leonor Carvalho, Pedro Simões Vânia Farinha Turma 10ºA Professor: Jorge Correia
  • 2. Introdução ● Para o nosso projeto de cidadania, desenvolvido no âmbito do projeto Nós Propomos!, uma iniciativa do IGOT, escolhemos o tema As iniciativas culturais e a educação ambiental. ● Para desenvolvermos o nosso projeto procurámos saber: ○ O que é uma iniciativa cultural; ○ Qual o impacto que o ambiente tem na comunidade; ○ Como promover a educação ambiental através de atividades culturais.
  • 3. Fundamentação ● Nós escolhemos este tema visto que, atualmente, as alterações climáticas e todos os problemas relacionados com o ambiente têm um grande impacto no nosso quotidiano. ● Outra razão é o facto de um dos objetivos da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, 13 - Ação Climática, passar por melhorar a educação, aumentar a consciencialização e a capacidade humana e institucional sobre medidas de mitigação, adaptação, redução de impacto e alerta precoce no que respeita às alterações climáticas.
  • 4. ● O concelho da Sertã apresenta biocapacidade, ou seja, as emissões de dióxido de carbono, produzidas principalmente na zona industrial, são menores em relação ao oxigénio libertado pela grande área florestal. ● Apesar desta, não conseguimos atingir uma biocapacidade perfeita, visto que no verão somos bastantes afetados por incêndios. Incêndios florestais no concelho da Sertã Fundamentação
  • 5. ● Consideramos que as iniciativas culturais são uma das formas mais viáveis para motivar a população a ter responsabilidade ambiental e qualidade de vida que ajudará a reverter os problemas de cariz ambiental. ● Além disso, as iniciativas culturais permitem uma melhor interação no seio sociedade, proporcionam o contacto direto com a natureza incentivando as pessoas à reflexão. Fundamentação
  • 6. Localização do concelho da Sertã ● Região Centro ● Distrito Castelo Branco ● Beira Baixa ● Médio Tejo (Zona Pinhal Interior Sul)
  • 7. O que é uma iniciativa cultural? ● É uma iniciativa organizada por uma entidade pública ou privada, ou por particulares, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento cultural de uma região, dirigida a uma população, que visando um determinado assunto é também uma forma de entretenimento e aprendizagem. ● É uma atividade que permite a descoberta da cultura de uma determinada região através da exploração.
  • 8. ● A educação ambiental viabiliza a participação da sociedade em atividades relacionadas com o meio ambiente, gerando uma ligação mais profunda com a Natureza, o que leva a uma reflexão da comunidade e à adoção de novos comportamentos. Fig.4 - Caminhada ambiental na Sertã O que é uma iniciativa cultural?
  • 9. ● O meio ambiente sustenta a nossa existência e é dele que retiramos os recursos de que precisamos para viver e existir. ● O processo de degradação do meio ambiente, se não for parado, poderá pôr em causa o nosso modo de vida. O impacto do meio ambiente na comunidade Fig.5 e 6 - Poluição do solo e atmosférica Fig.7 - Poluição urbana
  • 10. Mudança de atitudes Reversão da Utilização de transportes públicos Poluição atmosférica Não depositar resíduos nas redes hidrográficas, perto delas e/ou no solo Poluição hídrica e do solo Reflorestação Desflorestação causada pelos incêndios Reciclagem Acumulação e desperdício de resíduos Poupar água Escassez de água potável
  • 11. ● Divulgação das iniciativas culturais: ○ Comunicação social local ○ Outdoors ○ Faixas publicitárias nos edifícios do município ○ Panfletos ○ Agenda cultural Promoção da educação ambiental através de iniciativas culturais
  • 12. Fig.1 - Outdoor Fig.3 - Agenda cultural Fig.4 - Faixa publicitária Fig.2 - Panfletos Promoção da educação ambiental através de iniciativas culturais
  • 13. ● Exemplos de iniciativas culturais: ○ Caminhadas guiadas por zonas de valor ambiental do concelho ○ Concurso de fotografia de paisagem e natureza ○ Concurso de pintura de paisagem e natureza ○ Curso de fotografia, desenho ou pintura de paisagem e natureza ○ Exposição de fotografia ou pintura de paisagem e natureza Promoção da educação ambiental através de iniciativas culturais
  • 14. Fig.5 e 6 - Concurso e curso de fotografia, desenho ou pintura de paisagem e natureza Promoção da educação ambiental através de iniciativas culturais
  • 15. Exemplos Fig.7 - Exposição de fotografia ou pintura de paisagem e natureza Fig.8 - Caminhada sobre pontos ambientais e turísticos na Sertã
  • 16. Resultado do inquérito à população Principais problemas de cariz ambiental existentes na Sertã identificados pela população: ● poluição das ribeiras ● poluição atmosférica - cheiro da Zona Industrial e da pecuária ● poluição do solo - lixo no chão ● incêndios ● falta de limpeza das matas ● reciclagem - insuficiência e não limpeza dos ecopontos
  • 17. Resultado do inquérito à população Principais razões por que a qualidade do meio ambiente na Zona do Pinhal constitui uma grande preocupação: ● qualidade de vida ● preservação do ambiente para as gerações futuras ● saúde e bem-estar ● segurança quanto aos incêndios ● equilíbrio dos ecossistemas ● paisagens
  • 18. Resultado do inquérito à população Principais razões por que as iniciativas culturais são importantes para a qualidade de vida de uma comunidade: ● enriquecimento cultural ● bem-estar ● lazer, convívio e distração ● sensibilização ● pontos de vistas diferentes
  • 19. Resultado do inquérito à população
  • 20. Resultado do inquérito à população Iniciativas culturais indicadas pela população através das quais se poderá promover a educação ambiental: ● caminhadas pelo ambiente ou por locais históricos ● recolha de lixo ● reflorestação ● visita aos locais com maior impacto ● visita a reservas naturais ● workshops ● atividades junto à ribeira ● teatros ● cinema ● leitura ● fotografia ● exposições artísticas ● cursos
  • 21. Resultado do inquérito à população
  • 22. Resultado do inquérito à população
  • 23. Conclusões • Na Sertã podemos encontrar diversos problemas de cariz ambiental: poluição da ribeira, cheiro na Zona Industrial e incêndios; • Assim, a população quer revertê-los e está disposta a ajudar para melhorar a qualidade de vida e preservar o meio ambiente; • A sociedade considera importante as atividades culturais e acredita que a partir da educação as podemos promover; • A agenda cultural do concelho não é devidamente divulgada a toda a população.
  • 24. Agora, Nós Propomos! • Criar iniciativas que sejam atrativas e interativas para que haja vontade e motivos que levem à participação da população; • Fazer com que as iniciativas sejam apelativas para diferentes grupos etários; • Apontar, sempre que possível, referências a problemas e soluções relacionadas com o ambiente; • Através dos meios de divulgação anteriormente referidos, promover as atividades culturais bem como a agenda cultural da Sertã.