SlideShare uma empresa Scribd logo
Engenharia
 EThICS                Tecnologia, Inteligência
 ENGINEERING           Consultoria & Sistemas

  EThICS 907.F03.00




                      METEOROLOGIA RADAR
                      - Usos e Aplicações de Radares -




                                     Antonio Sallum Librelato
                                    Diretor – EThICS Engineering
                                             Maio - 2008




27/5/2008                             Propriedade Intelectual de EThICS Engineering   1
EThICS ENGINEERING                        METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                              USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Uso de Radares em Meteorologia: Vantagens
      As vantagens que levam ao uso de radares meteorológicos
      estão associadas principalmente aos seguintes fatores:
             O radar meteorológico permite executar observações de fenômenos
             atmosféricos de forma volumétrica, dentro de ampla área no entorno do
             radar, sem que seja necessário o deslocamento do instrumento.
             O volume a ser sondado pode ser selecionado com grande precisão,
             agilidade e de forma objetiva.
             As observações podem ser feitas com resolução e continuidade espaço-
             temporais satisfatórias para as numerosas aplicações, sem perturbação
             do meio no qual são feitas.
             Os dados sobre cada elemento do volume abrangido ficam disponíveis
             imediatamente (em tempo “quase-real”), simultaneamente e
             concentrados num único ponto, de forma síncrona com as medições. Tais
             dados podem ficar disponíveis remotamente ao sensor, sendo
             armazenáveis e processáveis a qualquer tempo.



 27/5/2008                      Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       2
EThICS ENGINEERING                         METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                               USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Uso de Radares em Meteorologia: Vantagens
      Continuação:
             É possível a observação e o cálculo da distribuição espaço-temporal dos
             campos tridimensionais de refletividade radar, velocidade e índice de
             refração dos alvos.
             As observações podem ser feitas tanto de dia quanto de noite, com
             quaisquer níveis de visibilidade ou de cobertura de nuvens.
             O período de renovação dos dados e das imagens é menor que o ciclo de
             vida da maioria dos fenômenos de interesse.
             É possível, graças à digitalização dos dados, difundi-los através de meios
             de comunicação velozes, bem como sua memorização em meios
             magnéticos e eletrônicos e o seu processamento e reprodução através de
             computadores.
             O uso de técnicas avançadas de processamento de dados e de imagens
             permite a apresentação visual das informações segundo vários formatos,
             contendo diferentes aspectos de interesse do usuário, na forma de
             “produtos meteorológicos”.

 27/5/2008                       Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       3
EThICS ENGINEERING                        METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                              USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Uso de Radares em Meteorologia: Vantagens
      Continuação:
             Através de uma rede integrada de radares, é possível a análise e o
             acompanhamento da distribuição e da movimentação de grandes
             sistemas meteorológicos, permitindo melhor predição de suas
             intensidades com maior antecipação.
             Permite detectar precipitações que se formam em níveis elevados mas
             que se evaporam nas camadas inferiores de ar seco.
             Permite detectar e analisar ampla gama de estruturas meteorológicas,
             tais como: turbulências, tornados, mesociclones, tempestades, células
             convectivas e supercélulas, precipitações estratiformes, ondas de
             gravidade, linhas de instabilidade, frentes e furacões.




 27/5/2008                      Propriedade Intelectual de EThICS Engineering        4
EThICS ENGINEERING                       METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                             USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


   Uso de Radares em Meteorologia: Desvantagens e Restrições
      O uso de radares como instrumento de apoio à meteorologia
      tem algumas desvantagens e restrições, sendo as principais:
             Erros inerentes ao sistema.
             Ambigüidade de algumas medidas.
             Limites de resolução.
             Custo dos equipamentos.
             Influência da curvatura terrestre.
             Contaminação do sinal por ecos indesejáveis (“clutter”).
             Limitações do conhecimento ora disponível para a interpretação dos
             dados e correlação dos mesmos com os fenômenos e estruturas que os
             originaram.




 27/5/2008                     Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       5
EThICS ENGINEERING                         METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                               USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                 Principais Finalidades do Sistema Radar Doppler
      Teledetecção radar ativa de alvos meteorológicos.
      Exploração de ocorrência de precipitações e ventos.
      Mapeamento da distribuição espaço-temporal e dinâmica dos ecos
      detectados, caracterizados quanto a:
             taxa de refletividade radar [Z]
             velocidade (Doppler) radial média [V]
             largura espectral de velocidade [W]
             taxa de refletividade diferencial [ZDR]
             taxa de despolarização linear [LDR]
             fase diferencial de propagação [φDP]
             rotação de fase diferencial específica [KDP]
             coeficiente de correlação coerente co-polar [ρHV]




 27/5/2008                       Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       6
EThICS ENGINEERING                      METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                            USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                 Principais Finalidades do Sistema Radar Doppler
      Exame de estruturas de tempestades.
      Estimativas de taxas de precipitação de chuvas e nevascas.
      Geração de produtos de radar meteorológico, em função dos
      parâmetros de caracterização dos alvos e dos ecos.
      Telecontrole e teleoperação do sistema, a partir de centros de
      operação remota.
      Distribuição de imagens radar aos usuários, através de rede de
      comunicações e computacional.




 27/5/2008                    Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       7
EThICS ENGINEERING                         METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                               USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Algumas Aplicações de Radares Meteorológicos
      Pesquisa e previsão meteorológicas.
      Pesquisa climática.
      Pesquisa e previsão hidrológicas.
      Apoio às operações agrícolas.
      Apoio à defesa civil.
      Transportes terrestre, marítimo e aéreo.
      Produção e distribuição de energia.
      Logística de eventos esportivos, cívicos, artísticos, etc.
      Logística da construção civil.
      Logística da manutenção de infra-estruturas.
      Modificação de precipitações.




 27/5/2008                       Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       8
EThICS ENGINEERING                METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                      USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                        Aplicações Científicas
      No âmbito das pesquisas científicas, o radar meteorológico
      destina-se principalmente à aquisição de novos
      conhecimentos sobre os fenômenos e as estruturas
      atmosféricas.
      Auxilia na concepção de modelos funcionais dessas
      estruturas, permitindo a construção e o controle de modelos
      numéricos (algoritmos) que levam à simulação de seus
      comportamentos em sistemas computacionais, mediante a
      aplicação dos conhecimentos da hidrodinâmica e da
      microfísica da atmosfera.




 27/5/2008              Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       9
EThICS ENGINEERING                        METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                              USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                               Aplicações Científicas
      Pesquisa da atmosfera:
             Estudos sobre os campos de ventos e de flutuações de índice de
             refração.
             Pesquisas sobre a microfísica da atmosfera.
             Pesquisas sobre gênese e evolução de estruturas atmosféricas e de suas
             relações com a meteorologia radar.
             Acompanhamento das séries temporais dos fenômenos, com vistas à
             pesquisa climatológica.
             Pesquisas aplicadas ao controle da poluição ambiental em função das
             condições meteorológicas.
      Pesquisa de tecnologias de radares:
             Estudos sobre novas tecnologias de radares meteorológicos para
             ampliação da capacidade de medir e discernir os elementos
             hidrometeorológicos.
      Pesquisa de propagação de rádio-freqüências:
             Pesquisa sobre os fenômenos associados à propagação de ondas
             eletromagnéticas na atmosfera.

 27/5/2008                      Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       10
EThICS ENGINEERING                        METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                              USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Meteorologia
      No âmbito da meteorologia aplicada, os radares
      meteorológicos são utilizados principalmente para a melhoria
      da habilidade previsional, nos campos espacial, temporal e
      fenomenológico, dentro das manifestações climáticas de
      mesoescala.
      O sistema radar permite o exercício da vigilância
      meteorológica, destinada principalmente ao alerta avançado
      sobre fenômenos meteorológicos de interesse, e a medição
      quantitativa das precipitações, destinada às avaliações
      pluviométricas.
      Os principais fenômenos de interesse são:
             as precipitações atmosféricas, tais como chuvas, granizo e neve, em
             especial aquelas associadas ao tempo severo;
             os ventos;
             as turbulências de ar claro.

 27/5/2008                      Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       11
EThICS ENGINEERING                      METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                            USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Meteorologia
      Através do uso das imagens geradas pelo sistema radar, é
      possível o acompanhamento dos fenômenos por ele
      detectados e a elaboração de previsões de muito curto prazo
      (“nowcasting”). Os dados gerados podem ser armazenados e
      tratados para uso na elaboração de previsões de curto e
      médio prazos (“forecasting”).
      O sistema radar meteorológico pode integrar um sistema
      mais amplo de previsões meteorológicas, complementando
      as informações advindas de redes de estações de superfície,
      estações de altitude e de imagens de satélites
      meteorológicos. Dessa forma, permite a geração de cartas
      sinóticas e cartas de previsão meteorológicas com melhor
      índice de qualidade previsional.




 27/5/2008                    Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       12
EThICS ENGINEERING                      METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                            USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Meteorologia
      Além disso, o uso de uma rede de radares meteorológicos, de
      forma integrada e coordenada, permite a construção de
      mosaicos de dados abrangendo áreas de grandes dimensões
      e previsões com alguns dias de antecipação.
      As informações geradas pelo sistema radar são úteis para
      diversos campos de atividades humanas, para a proteção de
      vidas e de propriedades, tais como as dos exemplos a seguir.




 27/5/2008                    Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       13
EThICS ENGINEERING                         METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                               USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Meteorologia
      Previsão do Tempo:
             Auxílio à elaboração de cartas sinóticas e cartas previsionais, à previsão
             do tempo de curtíssimo prazo (“nowcasting”) e à divulgação pública
             pelos meios de comunicação, inclusive para o tempo presente.
      Defesa Civil:
             Auxílio aos serviços de prevenção e assistência nas situações decorrentes
             de alagamentos e inundações, permitindo alertas para equipes de
             salvamento e auxílio, controle de tráfego urbano, no acompanhamento
             de tempo severo e na previsão de curtíssimo prazo.
      Planejamento Agrícola:
             Auxílio, através da previsão do tempo a curtíssimo prazo, às ações de
             preparação e tratamento do solo, semeadura e plantio, irrigação,
             colheita, transporte de pessoal e de produtos e outras atividades afins
             que dependem das condições climáticas para a sua execução segura e
             econômica.


 27/5/2008                       Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       14
EThICS ENGINEERING                        METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                              USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Meteorologia
      Combate ao Granizo:
             Detecção antecipada das formações geradoras de granizos e, associado a
             um sistema de aspersão de sais, a precipitação forçada em forma de
             chuva ou granizo de menor tamanho, protegendo assim uma área
             determinada dos danos provocados pelo granizo.
      Monitoração da Poluição do Ar:
             Melhoria da confiabilidade das predições sobre a dispersão de poluentes
             do ar e a avaliação do transporte dos poluentes na atmosfera.
      Segurança do Tráfego Aéreo:
             Orientação aos operadores de aeronaves e controladores de tráfego
             aéreo quanto ao tempo presente e quanto às previsões de muito curto
             prazo, para navegação em rota, aproximação, pouso e decolagem de
             aeronaves.




 27/5/2008                      Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       15
EThICS ENGINEERING                     METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                           USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Hidrologia
      O radar meteorológico é um instrumento eficaz e econômico
      para as medições de quantidades associadas aos
      hidrometeoros e destinadas às ações de controle.
      Com base nos valores de taxas de precipitação instantâneas
      e elementares obtidos através do radar, é possível o cálculo
      de precipitações acumuladas em áreas determinadas, tais
      como em bacias hidrográficas, servindo tais dados como
      entradas para modelos de vazão, destinados, entre outras, às
      aplicações a seguir.




 27/5/2008                   Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       16
EThICS ENGINEERING                         METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                               USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                     Aplicações Operacionais em Hidrologia
      Defesa Civil:
             Auxílio às previsões de enchentes, alagamentos, inundações e
             deslizamentos.
      Controle de Recursos Hídricos:
             Auxílio ao controle de níveis e de vazão de barragens e de reservatórios,
             prevenção de inundações, erosão e poluição das águas e economia de
             recursos para irrigação.
      Semeadura Dinâmica de Nuvens:
             Suporte nas avaliações hidro-meteorológicas nos programas de
             semeadura dinâmica das nuvens, objetivando a precipitação forçada de
             chuvas e de granizo ou o aumento da probabilidade de chuvas.
      Previsão Hidrológica:
             Auxílo à elaboração de sistemas de previsão de níveis de rios para uso na
             captação de água, navegação fluvial, pesca e outros.



 27/5/2008                       Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       17
EThICS ENGINEERING                     METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS
                                           USOS E APLICAÇÕES DE RADARES

 EThICS 907.F03.00


                 Esforços Atuais em Pesquisa e Desenvolvimento
      Projeto de hardware de novos radares.
      Estudos de propagação e espalhamento de ondas
      eletromagnéticas.
      Processamento de sinais radar.
      Desenvolvimento de algoritmos de análise de dados.
      Pesquisa meteorológica.
      Desenvolvimento de novas aplicações.




 27/5/2008                   Propriedade Intelectual de EThICS Engineering       18

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Radar 2009 a 19 electronic counter measures
Radar 2009 a 19 electronic counter measuresRadar 2009 a 19 electronic counter measures
Radar 2009 a 19 electronic counter measures
Forward2025
 
Sistemas de Informações Geográficas
Sistemas de Informações GeográficasSistemas de Informações Geográficas
Synthetic aperture radar (sar) 20150930
Synthetic aperture radar (sar) 20150930Synthetic aperture radar (sar) 20150930
Synthetic aperture radar (sar) 20150930
JiyaE
 
Radar 2009 a 14 airborne pulse doppler radar
Radar 2009 a 14 airborne pulse doppler radarRadar 2009 a 14 airborne pulse doppler radar
Radar 2009 a 14 airborne pulse doppler radar
Forward2025
 
GPS
GPS  GPS
Introdução à Modelagem Ambiental
Introdução à Modelagem AmbientalIntrodução à Modelagem Ambiental
Introdução à Modelagem Ambiental
Rodolfo Almeida
 
Introducão ao arcgis
Introducão ao arcgisIntroducão ao arcgis
Introducão ao arcgis
gfcoutobrito
 
Radar 2009 a 12 clutter rejection basics and mti
Radar 2009 a 12 clutter rejection   basics and mtiRadar 2009 a 12 clutter rejection   basics and mti
Radar 2009 a 12 clutter rejection basics and mti
Forward2025
 
Lidar
LidarLidar
Lidar
aksh rana
 
Synthetic aperture radar
Synthetic aperture radar Synthetic aperture radar
Synthetic aperture radar
Cigi Cletus
 
Cap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto
Cap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento RemotoCap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto
Cap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto
UFPR
 
Dados espaciais
Dados espaciaisDados espaciais
Dados espaciais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
Carlamspc
 
Apresentação da estação meteorológica
Apresentação da estação meteorológicaApresentação da estação meteorológica
Apresentação da estação meteorológica
Felipe Jacob
 
Geoprocessamento
GeoprocessamentoGeoprocessamento
Geoprocessamento
Nilton Goulart
 
Introdução ao SIG
Introdução ao SIGIntrodução ao SIG
Introdução ao SIG
guest72086
 
Mestrado em Radioterapia
Mestrado em RadioterapiaMestrado em Radioterapia
Mestrado em Radioterapia
Rui P Rodrigues
 
Introdução ao geoprocessamento
Introdução ao geoprocessamento Introdução ao geoprocessamento
Introdução ao geoprocessamento
Pedro Nelson
 
Aula07 geo pg_sens_remoto_pdi
Aula07 geo pg_sens_remoto_pdiAula07 geo pg_sens_remoto_pdi
Aula07 geo pg_sens_remoto_pdi
railano
 
Chapter 6 – propagation path loss models
Chapter 6 – propagation path loss modelsChapter 6 – propagation path loss models
Chapter 6 – propagation path loss models
Nguyen Minh Thu
 

Mais procurados (20)

Radar 2009 a 19 electronic counter measures
Radar 2009 a 19 electronic counter measuresRadar 2009 a 19 electronic counter measures
Radar 2009 a 19 electronic counter measures
 
Sistemas de Informações Geográficas
Sistemas de Informações GeográficasSistemas de Informações Geográficas
Sistemas de Informações Geográficas
 
Synthetic aperture radar (sar) 20150930
Synthetic aperture radar (sar) 20150930Synthetic aperture radar (sar) 20150930
Synthetic aperture radar (sar) 20150930
 
Radar 2009 a 14 airborne pulse doppler radar
Radar 2009 a 14 airborne pulse doppler radarRadar 2009 a 14 airborne pulse doppler radar
Radar 2009 a 14 airborne pulse doppler radar
 
GPS
GPS  GPS
GPS
 
Introdução à Modelagem Ambiental
Introdução à Modelagem AmbientalIntrodução à Modelagem Ambiental
Introdução à Modelagem Ambiental
 
Introducão ao arcgis
Introducão ao arcgisIntroducão ao arcgis
Introducão ao arcgis
 
Radar 2009 a 12 clutter rejection basics and mti
Radar 2009 a 12 clutter rejection   basics and mtiRadar 2009 a 12 clutter rejection   basics and mti
Radar 2009 a 12 clutter rejection basics and mti
 
Lidar
LidarLidar
Lidar
 
Synthetic aperture radar
Synthetic aperture radar Synthetic aperture radar
Synthetic aperture radar
 
Cap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto
Cap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento RemotoCap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto
Cap. I - Elementos de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto
 
Dados espaciais
Dados espaciaisDados espaciais
Dados espaciais
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
Apresentação da estação meteorológica
Apresentação da estação meteorológicaApresentação da estação meteorológica
Apresentação da estação meteorológica
 
Geoprocessamento
GeoprocessamentoGeoprocessamento
Geoprocessamento
 
Introdução ao SIG
Introdução ao SIGIntrodução ao SIG
Introdução ao SIG
 
Mestrado em Radioterapia
Mestrado em RadioterapiaMestrado em Radioterapia
Mestrado em Radioterapia
 
Introdução ao geoprocessamento
Introdução ao geoprocessamento Introdução ao geoprocessamento
Introdução ao geoprocessamento
 
Aula07 geo pg_sens_remoto_pdi
Aula07 geo pg_sens_remoto_pdiAula07 geo pg_sens_remoto_pdi
Aula07 geo pg_sens_remoto_pdi
 
Chapter 6 – propagation path loss models
Chapter 6 – propagation path loss modelsChapter 6 – propagation path loss models
Chapter 6 – propagation path loss models
 

Destaque

SPA - Systems and Products Assurance: Systemic View
SPA - Systems and Products Assurance: Systemic ViewSPA - Systems and Products Assurance: Systemic View
SPA - Systems and Products Assurance: Systemic View
Antonio Sallum Librelato
 
A experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severas
A experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severasA experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severas
A experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severas
Dafmet Ufpel
 
Visão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores Meteorológicos
Visão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores MeteorológicosVisão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores Meteorológicos
Visão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores Meteorológicos
Antonio Sallum Librelato
 
Manual2 negociocerto
Manual2 negociocertoManual2 negociocerto
Manual2 negociocerto
Donisetti Cosma
 
Observações de Algumas Estruturas Meteorológicas por Radar
Observações de Algumas Estruturas Meteorológicas por RadarObservações de Algumas Estruturas Meteorológicas por Radar
Observações de Algumas Estruturas Meteorológicas por Radar
Antonio Sallum Librelato
 
General Mário Antônio Ramos Antunes
General Mário Antônio Ramos AntunesGeneral Mário Antônio Ramos Antunes
General Mário Antônio Ramos Antunes
Luana Copini
 

Destaque (6)

SPA - Systems and Products Assurance: Systemic View
SPA - Systems and Products Assurance: Systemic ViewSPA - Systems and Products Assurance: Systemic View
SPA - Systems and Products Assurance: Systemic View
 
A experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severas
A experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severasA experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severas
A experiência do SIMEPAR no monitoramento de tempestades severas
 
Visão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores Meteorológicos
Visão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores MeteorológicosVisão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores Meteorológicos
Visão Sistêmica sobre o Uso de Radares e outros Sensores Meteorológicos
 
Manual2 negociocerto
Manual2 negociocertoManual2 negociocerto
Manual2 negociocerto
 
Observações de Algumas Estruturas Meteorológicas por Radar
Observações de Algumas Estruturas Meteorológicas por RadarObservações de Algumas Estruturas Meteorológicas por Radar
Observações de Algumas Estruturas Meteorológicas por Radar
 
General Mário Antônio Ramos Antunes
General Mário Antônio Ramos AntunesGeneral Mário Antônio Ramos Antunes
General Mário Antônio Ramos Antunes
 

Semelhante a Usos e Aplicações de Radares Meteorológicos

Sensoriamento remoto
Sensoriamento remotoSensoriamento remoto
Sensoriamento remoto
Aldemy
 
Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...
Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...
Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
Tcc carlos-ra31415006-rev21
Tcc carlos-ra31415006-rev21Tcc carlos-ra31415006-rev21
Tcc carlos-ra31415006-rev21
MCM Tecnologia Industrial
 
aula meio ambiente com geoprocessam.pptx
aula meio ambiente com geoprocessam.pptxaula meio ambiente com geoprocessam.pptx
aula meio ambiente com geoprocessam.pptx
AnaBack1
 
Radar Tech cursos e serviços de inspeção
Radar Tech cursos e serviços de inspeçãoRadar Tech cursos e serviços de inspeção
Radar Tech cursos e serviços de inspeção
Oswaldo Marcelo Deeke
 
Palestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - Ecorodovias
Palestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - EcorodoviasPalestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - Ecorodovias
Palestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - Ecorodovias
Instituto de Pesquisas Ambientais
 
ITUR
ITURITUR
Debate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasilDebate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasil
Amauri - ESTEIO S.A.
 
modelo laudo.pdf
modelo laudo.pdfmodelo laudo.pdf
modelo laudo.pdf
JoseIgnacioSalamanca3
 
A temperatura e os dias de hoje
A temperatura e os dias de hojeA temperatura e os dias de hoje
A temperatura e os dias de hoje
newtonzefilho
 
FAPESP PROJECT
FAPESP PROJECTFAPESP PROJECT
FAPESP PROJECT
Thiago Osses
 
Sensoriamento Remoto
Sensoriamento RemotoSensoriamento Remoto
Sensoriamento Remoto
naiararohling
 
6180
61806180
18.ago topázio 14.45_392_aeselpa
18.ago topázio 14.45_392_aeselpa18.ago topázio 14.45_392_aeselpa
18.ago topázio 14.45_392_aeselpa
itgfiles
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Segunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorial
Segunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorialSegunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorial
Segunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorial
Mafalda Cardeira
 
Características da propagação em fibras ópticas
Características da propagação em fibras ópticasCaracterísticas da propagação em fibras ópticas
Características da propagação em fibras ópticas
Maitsudá Matos
 
erog
erogerog
Introdução à meteorologia aeronáutica
Introdução à meteorologia aeronáuticaIntrodução à meteorologia aeronáutica
Introdução à meteorologia aeronáutica
lrferreira1
 
0027178 3
0027178 30027178 3

Semelhante a Usos e Aplicações de Radares Meteorológicos (20)

Sensoriamento remoto
Sensoriamento remotoSensoriamento remoto
Sensoriamento remoto
 
Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...
Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...
Sistemas remotos para monitoramento e alerta e sua importância para a redução...
 
Tcc carlos-ra31415006-rev21
Tcc carlos-ra31415006-rev21Tcc carlos-ra31415006-rev21
Tcc carlos-ra31415006-rev21
 
aula meio ambiente com geoprocessam.pptx
aula meio ambiente com geoprocessam.pptxaula meio ambiente com geoprocessam.pptx
aula meio ambiente com geoprocessam.pptx
 
Radar Tech cursos e serviços de inspeção
Radar Tech cursos e serviços de inspeçãoRadar Tech cursos e serviços de inspeção
Radar Tech cursos e serviços de inspeção
 
Palestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - Ecorodovias
Palestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - EcorodoviasPalestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - Ecorodovias
Palestrante Ronaldo Tanaka Bernardi - Ecorodovias
 
ITUR
ITURITUR
ITUR
 
Debate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasilDebate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasil
 
modelo laudo.pdf
modelo laudo.pdfmodelo laudo.pdf
modelo laudo.pdf
 
A temperatura e os dias de hoje
A temperatura e os dias de hojeA temperatura e os dias de hoje
A temperatura e os dias de hoje
 
FAPESP PROJECT
FAPESP PROJECTFAPESP PROJECT
FAPESP PROJECT
 
Sensoriamento Remoto
Sensoriamento RemotoSensoriamento Remoto
Sensoriamento Remoto
 
6180
61806180
6180
 
18.ago topázio 14.45_392_aeselpa
18.ago topázio 14.45_392_aeselpa18.ago topázio 14.45_392_aeselpa
18.ago topázio 14.45_392_aeselpa
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
 
Segunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorial
Segunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorialSegunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorial
Segunda aula de introdução aos métodos de exame e análise laboratorial
 
Características da propagação em fibras ópticas
Características da propagação em fibras ópticasCaracterísticas da propagação em fibras ópticas
Características da propagação em fibras ópticas
 
erog
erogerog
erog
 
Introdução à meteorologia aeronáutica
Introdução à meteorologia aeronáuticaIntrodução à meteorologia aeronáutica
Introdução à meteorologia aeronáutica
 
0027178 3
0027178 30027178 3
0027178 3
 

Mais de Antonio Sallum Librelato

My SlideShare - Guide to Viewers
My SlideShare - Guide to ViewersMy SlideShare - Guide to Viewers
My SlideShare - Guide to Viewers
Antonio Sallum Librelato
 
Pesquisa e Conceituação de Sistemas - Metodologia
Pesquisa e Conceituação de Sistemas - MetodologiaPesquisa e Conceituação de Sistemas - Metodologia
Pesquisa e Conceituação de Sistemas - Metodologia
Antonio Sallum Librelato
 
Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...
Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...
Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...
Antonio Sallum Librelato
 
Competências em Centros de Informação
Competências em Centros de InformaçãoCompetências em Centros de Informação
Competências em Centros de Informação
Antonio Sallum Librelato
 
Dynamics of Meetings - Workgroups
Dynamics of Meetings - WorkgroupsDynamics of Meetings - Workgroups
Dynamics of Meetings - Workgroups
Antonio Sallum Librelato
 
Concepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and Effectiveness
Concepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and EffectivenessConcepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and Effectiveness
Concepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and Effectiveness
Antonio Sallum Librelato
 
General and Systemic View of Life Cycle of Projects and Products
General and Systemic View of Life Cycle of Projects and ProductsGeneral and Systemic View of Life Cycle of Projects and Products
General and Systemic View of Life Cycle of Projects and Products
Antonio Sallum Librelato
 
Dinâmica de Reuniões - Grupos de Trabalho
Dinâmica de Reuniões - Grupos de TrabalhoDinâmica de Reuniões - Grupos de Trabalho
Dinâmica de Reuniões - Grupos de Trabalho
Antonio Sallum Librelato
 
Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXIAprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
Antonio Sallum Librelato
 
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Acrônimos
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): AcrônimosPesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Acrônimos
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Acrônimos
Antonio Sallum Librelato
 
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref Bibliog
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref BibliogPesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref Bibliog
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref Bibliog
Antonio Sallum Librelato
 
Custo do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e Princípios
Custo do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e PrincípiosCusto do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e Princípios
Custo do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e Princípios
Antonio Sallum Librelato
 
Planejamento, Conhecimento & Capacitação
Planejamento, Conhecimento & CapacitaçãoPlanejamento, Conhecimento & Capacitação
Planejamento, Conhecimento & Capacitação
Antonio Sallum Librelato
 
Systems Concepts Research Applied to Radar Design
Systems Concepts Research Applied to Radar DesignSystems Concepts Research Applied to Radar Design
Systems Concepts Research Applied to Radar Design
Antonio Sallum Librelato
 
A Methodology Proposal to Design Radars - Systems Approach
A Methodology Proposal to Design Radars - Systems ApproachA Methodology Proposal to Design Radars - Systems Approach
A Methodology Proposal to Design Radars - Systems Approach
Antonio Sallum Librelato
 
Methodology of Systems Concepts Research (SCR)
Methodology of Systems Concepts Research (SCR)Methodology of Systems Concepts Research (SCR)
Methodology of Systems Concepts Research (SCR)
Antonio Sallum Librelato
 
Mentoreação para o Planejamento Estratégico de Vida
Mentoreação para o Planejamento Estratégico de VidaMentoreação para o Planejamento Estratégico de Vida
Mentoreação para o Planejamento Estratégico de Vida
Antonio Sallum Librelato
 
Táticas, Métodos e Processos para a Gestão do Conhecimento
Táticas, Métodos e Processos para a Gestão do ConhecimentoTáticas, Métodos e Processos para a Gestão do Conhecimento
Táticas, Métodos e Processos para a Gestão do Conhecimento
Antonio Sallum Librelato
 
Motivações Estratégicas para a Gestão do Conhecimento
Motivações Estratégicas para a Gestão do ConhecimentoMotivações Estratégicas para a Gestão do Conhecimento
Motivações Estratégicas para a Gestão do Conhecimento
Antonio Sallum Librelato
 
Conceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e Produtos
Conceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e ProdutosConceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e Produtos
Conceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e Produtos
Antonio Sallum Librelato
 

Mais de Antonio Sallum Librelato (20)

My SlideShare - Guide to Viewers
My SlideShare - Guide to ViewersMy SlideShare - Guide to Viewers
My SlideShare - Guide to Viewers
 
Pesquisa e Conceituação de Sistemas - Metodologia
Pesquisa e Conceituação de Sistemas - MetodologiaPesquisa e Conceituação de Sistemas - Metodologia
Pesquisa e Conceituação de Sistemas - Metodologia
 
Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...
Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...
Planejamento Estratégico - Conceitos, Princípios e Métodos - Faça download pa...
 
Competências em Centros de Informação
Competências em Centros de InformaçãoCompetências em Centros de Informação
Competências em Centros de Informação
 
Dynamics of Meetings - Workgroups
Dynamics of Meetings - WorkgroupsDynamics of Meetings - Workgroups
Dynamics of Meetings - Workgroups
 
Concepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and Effectiveness
Concepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and EffectivenessConcepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and Effectiveness
Concepts and Principles of Life Cycle Cost (LCC) and Effectiveness
 
General and Systemic View of Life Cycle of Projects and Products
General and Systemic View of Life Cycle of Projects and ProductsGeneral and Systemic View of Life Cycle of Projects and Products
General and Systemic View of Life Cycle of Projects and Products
 
Dinâmica de Reuniões - Grupos de Trabalho
Dinâmica de Reuniões - Grupos de TrabalhoDinâmica de Reuniões - Grupos de Trabalho
Dinâmica de Reuniões - Grupos de Trabalho
 
Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXIAprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
 
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Acrônimos
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): AcrônimosPesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Acrônimos
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Acrônimos
 
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref Bibliog
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref BibliogPesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref Bibliog
Pesq, Desenv e Inov (PDI) e Garantia de Sist e Prod (GSP): Ref Bibliog
 
Custo do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e Princípios
Custo do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e PrincípiosCusto do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e Princípios
Custo do Ciclo de Vida (LCC) e Efetividade: Conceitos e Princípios
 
Planejamento, Conhecimento & Capacitação
Planejamento, Conhecimento & CapacitaçãoPlanejamento, Conhecimento & Capacitação
Planejamento, Conhecimento & Capacitação
 
Systems Concepts Research Applied to Radar Design
Systems Concepts Research Applied to Radar DesignSystems Concepts Research Applied to Radar Design
Systems Concepts Research Applied to Radar Design
 
A Methodology Proposal to Design Radars - Systems Approach
A Methodology Proposal to Design Radars - Systems ApproachA Methodology Proposal to Design Radars - Systems Approach
A Methodology Proposal to Design Radars - Systems Approach
 
Methodology of Systems Concepts Research (SCR)
Methodology of Systems Concepts Research (SCR)Methodology of Systems Concepts Research (SCR)
Methodology of Systems Concepts Research (SCR)
 
Mentoreação para o Planejamento Estratégico de Vida
Mentoreação para o Planejamento Estratégico de VidaMentoreação para o Planejamento Estratégico de Vida
Mentoreação para o Planejamento Estratégico de Vida
 
Táticas, Métodos e Processos para a Gestão do Conhecimento
Táticas, Métodos e Processos para a Gestão do ConhecimentoTáticas, Métodos e Processos para a Gestão do Conhecimento
Táticas, Métodos e Processos para a Gestão do Conhecimento
 
Motivações Estratégicas para a Gestão do Conhecimento
Motivações Estratégicas para a Gestão do ConhecimentoMotivações Estratégicas para a Gestão do Conhecimento
Motivações Estratégicas para a Gestão do Conhecimento
 
Conceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e Produtos
Conceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e ProdutosConceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e Produtos
Conceitos e Princípios de Garantia de Sistemas e Produtos
 

Último

Apresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimizaçãoApresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimização
snerdct
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ismael Ash
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
Faga1939
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
ronaldos10
 
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústriaAula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
zetec10
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Ismael Ash
 

Último (6)

Apresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimizaçãoApresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimização
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
 
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústriaAula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
 

Usos e Aplicações de Radares Meteorológicos

  • 1. Engenharia EThICS Tecnologia, Inteligência ENGINEERING Consultoria & Sistemas EThICS 907.F03.00 METEOROLOGIA RADAR - Usos e Aplicações de Radares - Antonio Sallum Librelato Diretor – EThICS Engineering Maio - 2008 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 1
  • 2. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Uso de Radares em Meteorologia: Vantagens As vantagens que levam ao uso de radares meteorológicos estão associadas principalmente aos seguintes fatores: O radar meteorológico permite executar observações de fenômenos atmosféricos de forma volumétrica, dentro de ampla área no entorno do radar, sem que seja necessário o deslocamento do instrumento. O volume a ser sondado pode ser selecionado com grande precisão, agilidade e de forma objetiva. As observações podem ser feitas com resolução e continuidade espaço- temporais satisfatórias para as numerosas aplicações, sem perturbação do meio no qual são feitas. Os dados sobre cada elemento do volume abrangido ficam disponíveis imediatamente (em tempo “quase-real”), simultaneamente e concentrados num único ponto, de forma síncrona com as medições. Tais dados podem ficar disponíveis remotamente ao sensor, sendo armazenáveis e processáveis a qualquer tempo. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 2
  • 3. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Uso de Radares em Meteorologia: Vantagens Continuação: É possível a observação e o cálculo da distribuição espaço-temporal dos campos tridimensionais de refletividade radar, velocidade e índice de refração dos alvos. As observações podem ser feitas tanto de dia quanto de noite, com quaisquer níveis de visibilidade ou de cobertura de nuvens. O período de renovação dos dados e das imagens é menor que o ciclo de vida da maioria dos fenômenos de interesse. É possível, graças à digitalização dos dados, difundi-los através de meios de comunicação velozes, bem como sua memorização em meios magnéticos e eletrônicos e o seu processamento e reprodução através de computadores. O uso de técnicas avançadas de processamento de dados e de imagens permite a apresentação visual das informações segundo vários formatos, contendo diferentes aspectos de interesse do usuário, na forma de “produtos meteorológicos”. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 3
  • 4. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Uso de Radares em Meteorologia: Vantagens Continuação: Através de uma rede integrada de radares, é possível a análise e o acompanhamento da distribuição e da movimentação de grandes sistemas meteorológicos, permitindo melhor predição de suas intensidades com maior antecipação. Permite detectar precipitações que se formam em níveis elevados mas que se evaporam nas camadas inferiores de ar seco. Permite detectar e analisar ampla gama de estruturas meteorológicas, tais como: turbulências, tornados, mesociclones, tempestades, células convectivas e supercélulas, precipitações estratiformes, ondas de gravidade, linhas de instabilidade, frentes e furacões. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 4
  • 5. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Uso de Radares em Meteorologia: Desvantagens e Restrições O uso de radares como instrumento de apoio à meteorologia tem algumas desvantagens e restrições, sendo as principais: Erros inerentes ao sistema. Ambigüidade de algumas medidas. Limites de resolução. Custo dos equipamentos. Influência da curvatura terrestre. Contaminação do sinal por ecos indesejáveis (“clutter”). Limitações do conhecimento ora disponível para a interpretação dos dados e correlação dos mesmos com os fenômenos e estruturas que os originaram. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 5
  • 6. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Principais Finalidades do Sistema Radar Doppler Teledetecção radar ativa de alvos meteorológicos. Exploração de ocorrência de precipitações e ventos. Mapeamento da distribuição espaço-temporal e dinâmica dos ecos detectados, caracterizados quanto a: taxa de refletividade radar [Z] velocidade (Doppler) radial média [V] largura espectral de velocidade [W] taxa de refletividade diferencial [ZDR] taxa de despolarização linear [LDR] fase diferencial de propagação [φDP] rotação de fase diferencial específica [KDP] coeficiente de correlação coerente co-polar [ρHV] 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 6
  • 7. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Principais Finalidades do Sistema Radar Doppler Exame de estruturas de tempestades. Estimativas de taxas de precipitação de chuvas e nevascas. Geração de produtos de radar meteorológico, em função dos parâmetros de caracterização dos alvos e dos ecos. Telecontrole e teleoperação do sistema, a partir de centros de operação remota. Distribuição de imagens radar aos usuários, através de rede de comunicações e computacional. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 7
  • 8. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Algumas Aplicações de Radares Meteorológicos Pesquisa e previsão meteorológicas. Pesquisa climática. Pesquisa e previsão hidrológicas. Apoio às operações agrícolas. Apoio à defesa civil. Transportes terrestre, marítimo e aéreo. Produção e distribuição de energia. Logística de eventos esportivos, cívicos, artísticos, etc. Logística da construção civil. Logística da manutenção de infra-estruturas. Modificação de precipitações. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 8
  • 9. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Científicas No âmbito das pesquisas científicas, o radar meteorológico destina-se principalmente à aquisição de novos conhecimentos sobre os fenômenos e as estruturas atmosféricas. Auxilia na concepção de modelos funcionais dessas estruturas, permitindo a construção e o controle de modelos numéricos (algoritmos) que levam à simulação de seus comportamentos em sistemas computacionais, mediante a aplicação dos conhecimentos da hidrodinâmica e da microfísica da atmosfera. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 9
  • 10. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Científicas Pesquisa da atmosfera: Estudos sobre os campos de ventos e de flutuações de índice de refração. Pesquisas sobre a microfísica da atmosfera. Pesquisas sobre gênese e evolução de estruturas atmosféricas e de suas relações com a meteorologia radar. Acompanhamento das séries temporais dos fenômenos, com vistas à pesquisa climatológica. Pesquisas aplicadas ao controle da poluição ambiental em função das condições meteorológicas. Pesquisa de tecnologias de radares: Estudos sobre novas tecnologias de radares meteorológicos para ampliação da capacidade de medir e discernir os elementos hidrometeorológicos. Pesquisa de propagação de rádio-freqüências: Pesquisa sobre os fenômenos associados à propagação de ondas eletromagnéticas na atmosfera. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 10
  • 11. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Meteorologia No âmbito da meteorologia aplicada, os radares meteorológicos são utilizados principalmente para a melhoria da habilidade previsional, nos campos espacial, temporal e fenomenológico, dentro das manifestações climáticas de mesoescala. O sistema radar permite o exercício da vigilância meteorológica, destinada principalmente ao alerta avançado sobre fenômenos meteorológicos de interesse, e a medição quantitativa das precipitações, destinada às avaliações pluviométricas. Os principais fenômenos de interesse são: as precipitações atmosféricas, tais como chuvas, granizo e neve, em especial aquelas associadas ao tempo severo; os ventos; as turbulências de ar claro. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 11
  • 12. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Meteorologia Através do uso das imagens geradas pelo sistema radar, é possível o acompanhamento dos fenômenos por ele detectados e a elaboração de previsões de muito curto prazo (“nowcasting”). Os dados gerados podem ser armazenados e tratados para uso na elaboração de previsões de curto e médio prazos (“forecasting”). O sistema radar meteorológico pode integrar um sistema mais amplo de previsões meteorológicas, complementando as informações advindas de redes de estações de superfície, estações de altitude e de imagens de satélites meteorológicos. Dessa forma, permite a geração de cartas sinóticas e cartas de previsão meteorológicas com melhor índice de qualidade previsional. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 12
  • 13. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Meteorologia Além disso, o uso de uma rede de radares meteorológicos, de forma integrada e coordenada, permite a construção de mosaicos de dados abrangendo áreas de grandes dimensões e previsões com alguns dias de antecipação. As informações geradas pelo sistema radar são úteis para diversos campos de atividades humanas, para a proteção de vidas e de propriedades, tais como as dos exemplos a seguir. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 13
  • 14. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Meteorologia Previsão do Tempo: Auxílio à elaboração de cartas sinóticas e cartas previsionais, à previsão do tempo de curtíssimo prazo (“nowcasting”) e à divulgação pública pelos meios de comunicação, inclusive para o tempo presente. Defesa Civil: Auxílio aos serviços de prevenção e assistência nas situações decorrentes de alagamentos e inundações, permitindo alertas para equipes de salvamento e auxílio, controle de tráfego urbano, no acompanhamento de tempo severo e na previsão de curtíssimo prazo. Planejamento Agrícola: Auxílio, através da previsão do tempo a curtíssimo prazo, às ações de preparação e tratamento do solo, semeadura e plantio, irrigação, colheita, transporte de pessoal e de produtos e outras atividades afins que dependem das condições climáticas para a sua execução segura e econômica. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 14
  • 15. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Meteorologia Combate ao Granizo: Detecção antecipada das formações geradoras de granizos e, associado a um sistema de aspersão de sais, a precipitação forçada em forma de chuva ou granizo de menor tamanho, protegendo assim uma área determinada dos danos provocados pelo granizo. Monitoração da Poluição do Ar: Melhoria da confiabilidade das predições sobre a dispersão de poluentes do ar e a avaliação do transporte dos poluentes na atmosfera. Segurança do Tráfego Aéreo: Orientação aos operadores de aeronaves e controladores de tráfego aéreo quanto ao tempo presente e quanto às previsões de muito curto prazo, para navegação em rota, aproximação, pouso e decolagem de aeronaves. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 15
  • 16. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Hidrologia O radar meteorológico é um instrumento eficaz e econômico para as medições de quantidades associadas aos hidrometeoros e destinadas às ações de controle. Com base nos valores de taxas de precipitação instantâneas e elementares obtidos através do radar, é possível o cálculo de precipitações acumuladas em áreas determinadas, tais como em bacias hidrográficas, servindo tais dados como entradas para modelos de vazão, destinados, entre outras, às aplicações a seguir. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 16
  • 17. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Aplicações Operacionais em Hidrologia Defesa Civil: Auxílio às previsões de enchentes, alagamentos, inundações e deslizamentos. Controle de Recursos Hídricos: Auxílio ao controle de níveis e de vazão de barragens e de reservatórios, prevenção de inundações, erosão e poluição das águas e economia de recursos para irrigação. Semeadura Dinâmica de Nuvens: Suporte nas avaliações hidro-meteorológicas nos programas de semeadura dinâmica das nuvens, objetivando a precipitação forçada de chuvas e de granizo ou o aumento da probabilidade de chuvas. Previsão Hidrológica: Auxílo à elaboração de sistemas de previsão de níveis de rios para uso na captação de água, navegação fluvial, pesca e outros. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 17
  • 18. EThICS ENGINEERING METEOROLOGIA RADAR – FUNDAMENTOS GERAIS USOS E APLICAÇÕES DE RADARES EThICS 907.F03.00 Esforços Atuais em Pesquisa e Desenvolvimento Projeto de hardware de novos radares. Estudos de propagação e espalhamento de ondas eletromagnéticas. Processamento de sinais radar. Desenvolvimento de algoritmos de análise de dados. Pesquisa meteorológica. Desenvolvimento de novas aplicações. 27/5/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 18