SlideShare uma empresa Scribd logo
QUAL A POSIÇÃO DA DOUTRINA ESPIRITA
ENTRE AS DEMAIS FILOSOFIAS E
RELIGIÕES EXISTENTES?
CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO – 2016
Roselí Lemes
roselilemes1@hotmail.com
Capitulo 4
Princípios Fundamentais
A existência do Espírito e sua
sobrevivência após o desencarne.
As reencarnações
sucessivas;
Experiências sucessivas,
em corpos distintos e
épocas diferentes.
Princípios Fundamentais
A comunicabilidade
e relacionamento
entre Espíritos
encarnados e
desencarnados;
Pluralidade dos mundos habitados;
Leis enunciadas às claras.
Princípios Fundamentais
Lei de Causa e Efeito
Lei de Ação e Reação
Sentir em nós as
dores que infligimos
a outrem.
"A semeadura é livre,
mas a colheita é obrigatória";
Princípios Fundamentais
Descendentes de nós mesmos,
somos nosso futuro.
Lei da Evolução
Consiste na soma
de experiências
vividas em
múltiplas
encarnações.
Deus, causa primária
de todas as coisas.
Princípios Fundamentais
Jesus, modelo definitivo e único
para todos os homens.
Espírita é o cristão redivivo,
envolvido na obrigação inadiável
de socorro ao mundo.
Princípios Fundamentais
O Espiritismo é a revivescência do Evangelho.
O Consolador prometido, atuando novamente entre
os homens, com toda a pureza de sua origem.
A Universalidade do Ensino dos Espíritos
A verdade só é admitida quando tem em seu abono o
consenso geral.
Revelações trazidas por médiuns estranhos uns aos
outros, em diversas regiões.
A Universalidade do Ensino dos Espíritos
A concordância entre várias comunicações é uma
arma eficaz contra as alterações tendenciosas que
tentassem introduzir nos fundamentos doutrinários.
sem garantia de origem
ou da elevação do Espírito
comunicante
ou do recebedor.
Apenas um médium =
apenas garantia daqueles
que a conceberam.
Revelações humanas =
As Transformações Históricas do Cristianismo
Origens do Cristianismo = pescadores humildes,
grosseiros e quase analfabetos, abnegados, com
atos heroicos.
Perseguidos.
As Transformações Históricas do Cristianismo
Saulo de Tarso
a
Paulo de Tarso
De perseguidor a
perseguido.
De inimigo de Jesus,
transforma-se em maior
defensor
As Transformações Históricas do Cristianismo
Levam a doutrina de
Jesus em sua forma
pura e simples, mas
aos poucos se
transforma num
edifício de pomposas
exterioridades.
Instituem o culto dos
santos, surgindo
altares e paramentos;
autoridades
eclesiásticas levam ao
fanatismo do povo que
tudo aceitava sem
indagar.
As Transformações Históricas do Cristianismo
Consideram Jesus o próprio Deus (Trindade) e os
Anjos e Santos como seres criados perfeitos,
desobrigando o homem a evoluir, levando ao
atraso moral da
humanidade.
Brama, Brahma ou Bramá
é o primeiro deus da
Trimúrti, a trindade do
hinduísmo.
As Transformações Históricas do Cristianismo
Criaram o culto das imagens, o latim nos rituais, a
canonização, a confissão auricular, a adoração da
hóstia e o celibato sacerdotal.
“Toda força da
igreja vem de
sua organização
política.”
Emmanuel - Emmanuel
O Espiritismo
O Espiritismo face às diversas filosofias e religiões
do mundo:
adoração de
objetos, animais,
plantas e elementos
da Natureza.
O Espiritismo
Fo-Hi, imperador – 3468 a.C.
Lao-tsé – 3468 a.C.
Kongtzeu (Confúcio) – 478 a.C.
Trilogia chinesa:
O fundamento de
sua religião nacional
está nas obras de
três sábios:
O Espiritismo
Fo-Hi, imperador – 3468 a.C.
Lao-tsé – 3468 a.C. – Taoísmo
Kongtzeu (Confúcio) – 478 a.C. – Confuncionismo
Sidarta Gautama – (424 a.C.) – Budismo
Religiões da China
Fundamentos diferentes, mas os chineses mantém
práticas para o intercâmbio com antepassados.
Trilogia chinesa:
O fundamento de
sua religião nacional
está nas obras de
três sábios:
O Espiritismo
Budismo:
Pontos de contato:
Fraternidade
Caridade
Pontos divergentes:
Pode o homem viver
sem Deus.
Evolui pela renúncia e
desapego das coisas
do mundo, que são
usadas para
experiências
evolutivas.
O Espiritismo
Bramanismo: Rigidez impiedosa, limitações
desesperadoras e conceito da metempsicose
(Espírito reencarna como vegetal, animal ou homem).
O Espiritismo
Masdeísmo ou Zoroastrismo: Dualidade entre o
bem versus o mal; o mal tem existência própria e
independente.
Espiritismo: O mal é a ausência do bem; ação
praticada por Espíritos ignorantes.
O Espiritismo
Judaísmo: Organização sacerdotal, exclusivista e
com aval de predestinação racista.
Espiritismo: Manifestações de espiritualidade;
intercâmbio com entidades superiores,
Religião monoteísta e matriz do Cristianismo.
Memorá
candelabro com 7 braços.
O Espiritismo
Islamismo: Fatalismo fanático, não reconhece a
importância do livre-arbítrio na evolução.
Interpretam literalmente as escrituras visando
seus interesses.
Espiritismo: Religião monoteísta e imortalista.
Matriz do Cristianismo;
Lua crescente e estrela. Lua é uma promessa
de devoção para Allah.
O Espiritismo
Espiritismo
1) Colocou as verdades essenciais ao alcance de
toda a humanidade;
O Espiritismo
Espiritismo
1) Colocou as verdades essenciais ao alcance de
toda a humanidade;
2) Completou o quadro dos conhecimentos
espirituais, transmitindo esclarecimentos ainda
não revelados até o presente.
O Espiritismo
3) Eliminou a necessidade de iniciações secretas e
popularizou o intercâmbio entre os mundos, pela
mediunidade.
O Espiritismo
3) Eliminou a necessidade de iniciações secretas e
popularizou o intercâmbio entre os mundos, pela
mediunidade.
4) Demonstrou que o progresso espiritual
só pode ser realizado em boas condições
mediante o desenvolvimento, equilibrado e
recíproco, do sentimento e da inteligência.
O Espiritismo
5) Revelou Cristo, o arquiteto da estruturação
e da organização da vida neste planeta,
medianeiro entre Deus e os homens,
e seu Evangelho é cartilha da conduta moral.
O Espiritismo
5) Revelou Cristo, o arquiteto da estruturação
e da organização da vida neste planeta,
medianeiro entre Deus e os homens,
e seu Evangelho é cartilha da conduta moral.
6) Evidenciou que o conhecimento das
coisas de Deus não deve nem pode ser
adquirido por métodos contemplativos, pois
a vida fornece experiência, sabedoria e
elementos de aperfeiçoamento.
O Espiritismo
7) Libertou o homem da escravização religiosa
e do esforço, ofertando-lhe conhecimentos
reais, concludentes, lógicos e completos.
O Espiritismo
7) Libertou o homem da escravização religiosa
e do esforço, ofertando-lhe conhecimentos
reais, concludentes, lógicos e completos.
O Espiritismo está no âmago de todas as
doutrinas, conquanto não dependa nem
descenda de nenhuma delas.
O Espiritismo é a
doutrina que nos
auxilia a nos
conhecermos, nos
melhorarmos e que
nos leva de volta a
Deus.
A Caminho da Luz, Emmanuel / Francisco Cândido Xavier, Caps. XV e
XVI, FEB.
Religiões e Filosofias, Edgard Armond, Editora Aliança.
Entendendo o Espiritismo, Autores Diversos, Editora Aliança, Cap. 4.
Bibliografia:
O Livro dos Espíritos, Allan Kardec,
Introdução.
O Evangelho segundo o Espiritismo,
Allan Kardec, Introdução.
Emmanuel, Emmanuel / Francisco
Cândido Xavier, Capo III, FEB.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
Power Point
 
A realeza de jesus
A realeza de jesusA realeza de jesus
A realeza de jesus
Edemilson G Souza
 
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoIntroducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
CEVP - Divulgação
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Rosimeire Alves
 
Livre arbítrio na ótica espírita
Livre arbítrio na ótica espíritaLivre arbítrio na ótica espírita
Livre arbítrio na ótica espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
A caminho da luz
A caminho da luzA caminho da luz
A caminho da luz
Gustavo Soares
 
Curso Básico de Espiritismo
Curso Básico de EspiritismoCurso Básico de Espiritismo
Curso Básico de Espiritismo
ADEP Portugal
 
curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14
Roseli Lemes
 
Temor da Morte
Temor da MorteTemor da Morte
Temor da Morte
igmateus
 
Slide perispírito
Slide  perispíritoSlide  perispírito
Slide perispírito
bonattinho
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
paikachambi
 
A educacao do espirito
A educacao do espiritoA educacao do espirito
A educacao do espirito
Leonardo Pereira
 
Cb 10 descrição do mundo espiritual e mediunidade
Cb 10   descrição do mundo espiritual e mediunidadeCb 10   descrição do mundo espiritual e mediunidade
Cb 10 descrição do mundo espiritual e mediunidade
Norberto Scavone Augusto
 
Evolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismoEvolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismo
Ailton Guimaraes
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
Marilice Passos
 
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetária
feetins
 
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
Daniel de Melo
 
AULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMA
AULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMAAULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMA
AULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMA
Daniel de Melo
 
091028 conclusão de o livro dos espíritos
091028 conclusão de o livro dos espíritos091028 conclusão de o livro dos espíritos
091028 conclusão de o livro dos espíritos
Carlos Alberto Freire De Souza
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
Jorge Luiz dos Santos
 

Mais procurados (20)

Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
 
A realeza de jesus
A realeza de jesusA realeza de jesus
A realeza de jesus
 
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoIntroducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
 
Livre arbítrio na ótica espírita
Livre arbítrio na ótica espíritaLivre arbítrio na ótica espírita
Livre arbítrio na ótica espírita
 
A caminho da luz
A caminho da luzA caminho da luz
A caminho da luz
 
Curso Básico de Espiritismo
Curso Básico de EspiritismoCurso Básico de Espiritismo
Curso Básico de Espiritismo
 
curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14
 
Temor da Morte
Temor da MorteTemor da Morte
Temor da Morte
 
Slide perispírito
Slide  perispíritoSlide  perispírito
Slide perispírito
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
 
A educacao do espirito
A educacao do espiritoA educacao do espirito
A educacao do espirito
 
Cb 10 descrição do mundo espiritual e mediunidade
Cb 10   descrição do mundo espiritual e mediunidadeCb 10   descrição do mundo espiritual e mediunidade
Cb 10 descrição do mundo espiritual e mediunidade
 
Evolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismoEvolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismo
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetária
 
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
 
AULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMA
AULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMAAULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMA
AULA 008 EAE DM - INTRODUÇÃO AO PROCESSO DE REFORMA ÍNTIMA
 
091028 conclusão de o livro dos espíritos
091028 conclusão de o livro dos espíritos091028 conclusão de o livro dos espíritos
091028 conclusão de o livro dos espíritos
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
 

Destaque

Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo aula inaugural
Curso Básico de Espiritismo aula inauguralCurso Básico de Espiritismo aula inaugural
Curso Básico de Espiritismo aula inaugural
Roseli Lemes
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo 6
Curso Básico de Espiritismo 6Curso Básico de Espiritismo 6
Curso Básico de Espiritismo 6
Roseli Lemes
 
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de EspiritismoApresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
Flávio Darin Buongermino
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08
ADEP Portugal
 
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
ADEP Portugal
 

Destaque (9)

Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 04
 
Curso Básico de Espiritismo aula inaugural
Curso Básico de Espiritismo aula inauguralCurso Básico de Espiritismo aula inaugural
Curso Básico de Espiritismo aula inaugural
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 03
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 01
 
Curso Básico de Espiritismo 6
Curso Básico de Espiritismo 6Curso Básico de Espiritismo 6
Curso Básico de Espiritismo 6
 
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de EspiritismoApresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 08
 
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
Curso Básico de Espiritismo - Caderno 0
 

Semelhante a Curso Básico de Espiritismo 4

Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
paikachambi
 
O que é uma Cosmovisão - Atos29.pptx
O que é uma Cosmovisão - Atos29.pptxO que é uma Cosmovisão - Atos29.pptx
O que é uma Cosmovisão - Atos29.pptx
Cleiton Melo
 
Introducao apometria4
Introducao apometria4Introducao apometria4
Perfil do espiritismo
Perfil do espiritismoPerfil do espiritismo
Perfil do espiritismo
lucrislopes
 
Seitas e heresias i
Seitas e heresias iSeitas e heresias i
Seitas e heresias i
Cleidiane Sousa Oliveira
 
Ere capa
Ere capaEre capa
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
Alessandru2
 
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamentoIntroducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
jeconiaseandreia
 
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamentoIntroducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
jeconiaseandreia
 
Seitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdfSeitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdf
FabioCarvalho854599
 
Materialismo e Espiritismo
Materialismo e EspiritismoMaterialismo e Espiritismo
Materialismo e Espiritismo
Helio Cruz
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
Vi Meirim
 
Mofra cartilha
Mofra cartilhaMofra cartilha
( Espiritismo) # - augusto oliveira - conheca o espiritismo
( Espiritismo)   # - augusto oliveira - conheca o espiritismo( Espiritismo)   # - augusto oliveira - conheca o espiritismo
( Espiritismo) # - augusto oliveira - conheca o espiritismo
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Fé e razão, uma conversa entre a ciência e a religião
Fé e razão, uma conversa entre a ciência e a religiãoFé e razão, uma conversa entre a ciência e a religião
Fé e razão, uma conversa entre a ciência e a religião
Leandro Nazareth Souto
 
Da alma humana antónio j. freire - feb
Da alma humana   antónio j. freire - febDa alma humana   antónio j. freire - feb
Da alma humana antónio j. freire - feb
Helio Cruz
 
Seitas e heresias
Seitas e heresiasSeitas e heresias
Seitas e heresias
Taciano Cassimiro Cassimiro
 
Da alma humana
Da alma humanaDa alma humana
Da alma humana
robsonbar
 
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
Daniel de Melo
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo

Semelhante a Curso Básico de Espiritismo 4 (20)

Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 
O que é uma Cosmovisão - Atos29.pptx
O que é uma Cosmovisão - Atos29.pptxO que é uma Cosmovisão - Atos29.pptx
O que é uma Cosmovisão - Atos29.pptx
 
Introducao apometria4
Introducao apometria4Introducao apometria4
Introducao apometria4
 
Perfil do espiritismo
Perfil do espiritismoPerfil do espiritismo
Perfil do espiritismo
 
Seitas e heresias i
Seitas e heresias iSeitas e heresias i
Seitas e heresias i
 
Ere capa
Ere capaEre capa
Ere capa
 
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
 
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamentoIntroducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
 
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamentoIntroducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
Introducao a exegese_e_hermeneutica_-_filosofias_e_heresias_do_novo_testamento
 
Seitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdfSeitas e heresias.pdf
Seitas e heresias.pdf
 
Materialismo e Espiritismo
Materialismo e EspiritismoMaterialismo e Espiritismo
Materialismo e Espiritismo
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
 
Mofra cartilha
Mofra cartilhaMofra cartilha
Mofra cartilha
 
( Espiritismo) # - augusto oliveira - conheca o espiritismo
( Espiritismo)   # - augusto oliveira - conheca o espiritismo( Espiritismo)   # - augusto oliveira - conheca o espiritismo
( Espiritismo) # - augusto oliveira - conheca o espiritismo
 
Fé e razão, uma conversa entre a ciência e a religião
Fé e razão, uma conversa entre a ciência e a religiãoFé e razão, uma conversa entre a ciência e a religião
Fé e razão, uma conversa entre a ciência e a religião
 
Da alma humana antónio j. freire - feb
Da alma humana   antónio j. freire - febDa alma humana   antónio j. freire - feb
Da alma humana antónio j. freire - feb
 
Seitas e heresias
Seitas e heresiasSeitas e heresias
Seitas e heresias
 
Da alma humana
Da alma humanaDa alma humana
Da alma humana
 
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 

Mais de Roseli Lemes

Obras póstumas Allan Kardec FEESP
Obras póstumas Allan Kardec FEESPObras póstumas Allan Kardec FEESP
Obras póstumas Allan Kardec FEESP
Roseli Lemes
 
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoCB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
Roseli Lemes
 
EAE 111
EAE 111EAE 111
EAE 111
Roseli Lemes
 
EAE 2 a criação
EAE 2 a criaçãoEAE 2 a criação
EAE 2 a criação
Roseli Lemes
 
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º anoCurso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Roseli Lemes
 
Escola de Aprendizes do Evangelho 1b
Escola de Aprendizes do Evangelho 1bEscola de Aprendizes do Evangelho 1b
Escola de Aprendizes do Evangelho 1b
Roseli Lemes
 
Escola de Aprendizes do Evangelho - 1a
Escola de Aprendizes do Evangelho - 1aEscola de Aprendizes do Evangelho - 1a
Escola de Aprendizes do Evangelho - 1a
Roseli Lemes
 
curso básico de espiritismo 12
curso básico de espiritismo 12curso básico de espiritismo 12
curso básico de espiritismo 12
Roseli Lemes
 
Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13
Roseli Lemes
 
Curso Básico de Espiritismo 7
Curso Básico de Espiritismo 7Curso Básico de Espiritismo 7
Curso Básico de Espiritismo 7
Roseli Lemes
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
Roseli Lemes
 
O povo judeu sua organização social política e religiosa
O povo judeu sua organização social política e religiosaO povo judeu sua organização social política e religiosa
O povo judeu sua organização social política e religiosa
Roseli Lemes
 
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º anoBem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Roseli Lemes
 

Mais de Roseli Lemes (13)

Obras póstumas Allan Kardec FEESP
Obras póstumas Allan Kardec FEESPObras póstumas Allan Kardec FEESP
Obras póstumas Allan Kardec FEESP
 
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoCB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
 
EAE 111
EAE 111EAE 111
EAE 111
 
EAE 2 a criação
EAE 2 a criaçãoEAE 2 a criação
EAE 2 a criação
 
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º anoCurso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
Curso Básico de Espiritismo FEESP 1º ano
 
Escola de Aprendizes do Evangelho 1b
Escola de Aprendizes do Evangelho 1bEscola de Aprendizes do Evangelho 1b
Escola de Aprendizes do Evangelho 1b
 
Escola de Aprendizes do Evangelho - 1a
Escola de Aprendizes do Evangelho - 1aEscola de Aprendizes do Evangelho - 1a
Escola de Aprendizes do Evangelho - 1a
 
curso básico de espiritismo 12
curso básico de espiritismo 12curso básico de espiritismo 12
curso básico de espiritismo 12
 
Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13
 
Curso Básico de Espiritismo 7
Curso Básico de Espiritismo 7Curso Básico de Espiritismo 7
Curso Básico de Espiritismo 7
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
 
O povo judeu sua organização social política e religiosa
O povo judeu sua organização social política e religiosaO povo judeu sua organização social política e religiosa
O povo judeu sua organização social política e religiosa
 
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º anoBem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
 

Último

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 

Último (14)

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 

Curso Básico de Espiritismo 4

  • 1. QUAL A POSIÇÃO DA DOUTRINA ESPIRITA ENTRE AS DEMAIS FILOSOFIAS E RELIGIÕES EXISTENTES? CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO – 2016 Roselí Lemes roselilemes1@hotmail.com Capitulo 4
  • 2. Princípios Fundamentais A existência do Espírito e sua sobrevivência após o desencarne. As reencarnações sucessivas; Experiências sucessivas, em corpos distintos e épocas diferentes.
  • 3. Princípios Fundamentais A comunicabilidade e relacionamento entre Espíritos encarnados e desencarnados; Pluralidade dos mundos habitados; Leis enunciadas às claras.
  • 4. Princípios Fundamentais Lei de Causa e Efeito Lei de Ação e Reação Sentir em nós as dores que infligimos a outrem. "A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória";
  • 5. Princípios Fundamentais Descendentes de nós mesmos, somos nosso futuro. Lei da Evolução Consiste na soma de experiências vividas em múltiplas encarnações.
  • 6. Deus, causa primária de todas as coisas. Princípios Fundamentais Jesus, modelo definitivo e único para todos os homens.
  • 7. Espírita é o cristão redivivo, envolvido na obrigação inadiável de socorro ao mundo. Princípios Fundamentais O Espiritismo é a revivescência do Evangelho. O Consolador prometido, atuando novamente entre os homens, com toda a pureza de sua origem.
  • 8. A Universalidade do Ensino dos Espíritos A verdade só é admitida quando tem em seu abono o consenso geral. Revelações trazidas por médiuns estranhos uns aos outros, em diversas regiões.
  • 9. A Universalidade do Ensino dos Espíritos A concordância entre várias comunicações é uma arma eficaz contra as alterações tendenciosas que tentassem introduzir nos fundamentos doutrinários. sem garantia de origem ou da elevação do Espírito comunicante ou do recebedor. Apenas um médium = apenas garantia daqueles que a conceberam. Revelações humanas =
  • 10. As Transformações Históricas do Cristianismo Origens do Cristianismo = pescadores humildes, grosseiros e quase analfabetos, abnegados, com atos heroicos. Perseguidos.
  • 11. As Transformações Históricas do Cristianismo Saulo de Tarso a Paulo de Tarso De perseguidor a perseguido. De inimigo de Jesus, transforma-se em maior defensor
  • 12. As Transformações Históricas do Cristianismo Levam a doutrina de Jesus em sua forma pura e simples, mas aos poucos se transforma num edifício de pomposas exterioridades. Instituem o culto dos santos, surgindo altares e paramentos; autoridades eclesiásticas levam ao fanatismo do povo que tudo aceitava sem indagar.
  • 13. As Transformações Históricas do Cristianismo Consideram Jesus o próprio Deus (Trindade) e os Anjos e Santos como seres criados perfeitos, desobrigando o homem a evoluir, levando ao atraso moral da humanidade. Brama, Brahma ou Bramá é o primeiro deus da Trimúrti, a trindade do hinduísmo.
  • 14. As Transformações Históricas do Cristianismo Criaram o culto das imagens, o latim nos rituais, a canonização, a confissão auricular, a adoração da hóstia e o celibato sacerdotal. “Toda força da igreja vem de sua organização política.” Emmanuel - Emmanuel
  • 15. O Espiritismo O Espiritismo face às diversas filosofias e religiões do mundo: adoração de objetos, animais, plantas e elementos da Natureza.
  • 16. O Espiritismo Fo-Hi, imperador – 3468 a.C. Lao-tsé – 3468 a.C. Kongtzeu (Confúcio) – 478 a.C. Trilogia chinesa: O fundamento de sua religião nacional está nas obras de três sábios:
  • 17. O Espiritismo Fo-Hi, imperador – 3468 a.C. Lao-tsé – 3468 a.C. – Taoísmo Kongtzeu (Confúcio) – 478 a.C. – Confuncionismo Sidarta Gautama – (424 a.C.) – Budismo Religiões da China Fundamentos diferentes, mas os chineses mantém práticas para o intercâmbio com antepassados. Trilogia chinesa: O fundamento de sua religião nacional está nas obras de três sábios:
  • 18. O Espiritismo Budismo: Pontos de contato: Fraternidade Caridade Pontos divergentes: Pode o homem viver sem Deus. Evolui pela renúncia e desapego das coisas do mundo, que são usadas para experiências evolutivas.
  • 19. O Espiritismo Bramanismo: Rigidez impiedosa, limitações desesperadoras e conceito da metempsicose (Espírito reencarna como vegetal, animal ou homem).
  • 20. O Espiritismo Masdeísmo ou Zoroastrismo: Dualidade entre o bem versus o mal; o mal tem existência própria e independente. Espiritismo: O mal é a ausência do bem; ação praticada por Espíritos ignorantes.
  • 21. O Espiritismo Judaísmo: Organização sacerdotal, exclusivista e com aval de predestinação racista. Espiritismo: Manifestações de espiritualidade; intercâmbio com entidades superiores, Religião monoteísta e matriz do Cristianismo. Memorá candelabro com 7 braços.
  • 22. O Espiritismo Islamismo: Fatalismo fanático, não reconhece a importância do livre-arbítrio na evolução. Interpretam literalmente as escrituras visando seus interesses. Espiritismo: Religião monoteísta e imortalista. Matriz do Cristianismo; Lua crescente e estrela. Lua é uma promessa de devoção para Allah.
  • 23. O Espiritismo Espiritismo 1) Colocou as verdades essenciais ao alcance de toda a humanidade;
  • 24. O Espiritismo Espiritismo 1) Colocou as verdades essenciais ao alcance de toda a humanidade; 2) Completou o quadro dos conhecimentos espirituais, transmitindo esclarecimentos ainda não revelados até o presente.
  • 25. O Espiritismo 3) Eliminou a necessidade de iniciações secretas e popularizou o intercâmbio entre os mundos, pela mediunidade.
  • 26. O Espiritismo 3) Eliminou a necessidade de iniciações secretas e popularizou o intercâmbio entre os mundos, pela mediunidade. 4) Demonstrou que o progresso espiritual só pode ser realizado em boas condições mediante o desenvolvimento, equilibrado e recíproco, do sentimento e da inteligência.
  • 27. O Espiritismo 5) Revelou Cristo, o arquiteto da estruturação e da organização da vida neste planeta, medianeiro entre Deus e os homens, e seu Evangelho é cartilha da conduta moral.
  • 28. O Espiritismo 5) Revelou Cristo, o arquiteto da estruturação e da organização da vida neste planeta, medianeiro entre Deus e os homens, e seu Evangelho é cartilha da conduta moral. 6) Evidenciou que o conhecimento das coisas de Deus não deve nem pode ser adquirido por métodos contemplativos, pois a vida fornece experiência, sabedoria e elementos de aperfeiçoamento.
  • 29. O Espiritismo 7) Libertou o homem da escravização religiosa e do esforço, ofertando-lhe conhecimentos reais, concludentes, lógicos e completos.
  • 30. O Espiritismo 7) Libertou o homem da escravização religiosa e do esforço, ofertando-lhe conhecimentos reais, concludentes, lógicos e completos. O Espiritismo está no âmago de todas as doutrinas, conquanto não dependa nem descenda de nenhuma delas.
  • 31. O Espiritismo é a doutrina que nos auxilia a nos conhecermos, nos melhorarmos e que nos leva de volta a Deus.
  • 32. A Caminho da Luz, Emmanuel / Francisco Cândido Xavier, Caps. XV e XVI, FEB. Religiões e Filosofias, Edgard Armond, Editora Aliança. Entendendo o Espiritismo, Autores Diversos, Editora Aliança, Cap. 4. Bibliografia: O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, Introdução. O Evangelho segundo o Espiritismo, Allan Kardec, Introdução. Emmanuel, Emmanuel / Francisco Cândido Xavier, Capo III, FEB.