SlideShare uma empresa Scribd logo
Conto Popular
Objetivo: Desenvolver o gosto pela 
leitura e escrita, conhecer e aprofundar 
as características do gênero textual: 
conto popular. 
Público Alvo: 3º ano
Características do Conto Popular 
Estas são algumas das características que a ele pertencem, mas há 
outras que também precisamos conhecer. Para isso, logo abaixo segue 
um exemplo, e por meio dele estudaremos todas as partes que serão 
discutidas. Então, vamos à análise: 
* Introdução (ou apresentação) – Constitui o início da história a ser 
narrada. Neste momento, o narrador apresenta os fatos iniciais, os 
personagens e, na maioria das vezes, o tempo e o espaço. 
* Complicação (ou desenvolvimento) – Representa a parte em que 
se desenvolve o conflito. O conflito é o momento em que algo começa a 
acontecer, e nós, como leitores, ficamos surpresos à espera do que 
está por vir . 
* Clímax – É o momento mais tenso da narrativa, pois tudo pode 
acontecer, podendo ser aquilo que esperávamos ou não. 
* Desfecho (ou conclusão) – Revela o final da história, a solução para 
o conflito, sendo que este fim poderá ser de vários modos: triste, alegre, 
surpreendente, engraçado, e até mesmo... trágico!!!
O menino e o padre 
Um padre andava pelo sertão a cumprir o seu magistério, ou 
seja, a catequese, e como estava com muita sede, aproximou-se 
duma cabana e chamou por alguém de dentro. 
Veio então lhe atender um menino muito mirrado. 
- Bom dia meu filho, você não tem por aí uma aguinha aqui pro 
padre? 
- Água tem não senhor, aqui só tem um pote cheio de garapa 
de açúcar! Se o senhor quiser... - disse o menino. 
- Serve, vá buscar. - pediu-lhe o padre. 
E o menino trouxe a garapa dentro de uma cabaça. O padre 
bebeu bastante e o menino ofereceu mais. Meio desconfiado, 
mas como estava com muita sede o padre aceitou. 
Depois de beber, o padre, curioso, perguntou ao menino: 
- Me diga uma coisa, sua mãe não vai brigar com você por 
causa dessa garapa?
Conto Popular
- Briga não senhor. Ela não quer mais essa garapa, ia jogar 
fora, porque tinha uma barata morta dentro do pote. 
Surpreso e revoltado, o padre atira a cabaça no chão e esta se 
quebra em mil pedaços. E furioso ele exclama. 
- Moleque danado, por que não me avisou antes? 
O menino olhou desesperado para o padre, e então disse em 
tom de lamento: 
- Agora sim eu vou levar uma surra das grandes; o senhor 
acaba de quebrar a cabacinha de vovó fazer xixi dentro... 
Nota: Conto regional do nordeste, muito conhecido em quase 
todas as cidades do interior, de Pernambuco ao Maranhão. 
Origem desconhecida.
Conto Popular
Como Malasartes fez o urubu falar 
Dona Baratinha 
Festa no céu 
O Jabuti e a raposa 
A onça e o coelho 
O menino e a vó gulosa
Referência bibliográfica 
http://eaaliteratura.blogspot.com.br/ 
http://www.trasosmontes.com/alexandre 
parafita/content/view/14/31/ 
http://www.escolakids.com/conhecendo-as- 
caracteristicas-do-conto.htm 
http://sitededicas.ne10.uol.com.br/ct04b. 
htm 
http://jangadabrasil.com.br/revista/setem 
bro82/links.asp

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação figuras de linguagem
Avaliação figuras de linguagem Avaliação figuras de linguagem
Avaliação figuras de linguagem
Isa ...
 
Atividade adjetivo - 6 ano
Atividade   adjetivo - 6 anoAtividade   adjetivo - 6 ano
Atividade adjetivo - 6 ano
Fabiola Cerqueira
 
Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio
Mary Alvarenga
 
Gênero bilhete e convite na alfabetização
Gênero bilhete e convite na alfabetizaçãoGênero bilhete e convite na alfabetização
Gênero bilhete e convite na alfabetização
Lorena Lopes
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Atividades de português sobre variação linguística
Atividades de português sobre variação linguísticaAtividades de português sobre variação linguística
Atividades de português sobre variação linguística
Nivea Neves
 
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Mary Alvarenga
 
Prova português para o 2º ano
Prova português para o 2º anoProva português para o 2º ano
Prova português para o 2º ano
Eliete Soares E Soares
 
Gênero textual: Cordel
Gênero textual: CordelGênero textual: Cordel
Gênero textual: Cordel
Mary Alvarenga
 
Avaliação frase oração periodo oitavo ano
Avaliação frase oração periodo  oitavo anoAvaliação frase oração periodo  oitavo ano
Avaliação frase oração periodo oitavo ano
Cris Hoffmann
 
Que Bom Que Você Chegou de Bruna Karla - Análise e entendimento da música
Que Bom Que Você Chegou  de Bruna Karla - Análise e entendimento da música Que Bom Que Você Chegou  de Bruna Karla - Análise e entendimento da música
Que Bom Que Você Chegou de Bruna Karla - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
VERBOS 6 ANO !!!!
VERBOS 6 ANO !!!!VERBOS 6 ANO !!!!
VERBOS 6 ANO !!!!
Edmara Costa
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESAAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas
Mary Alvarenga
 
O príncipe das emojis
O príncipe das emojisO príncipe das emojis
O príncipe das emojis
Letras Mágicas
 
Atividades período simple e composto
Atividades período simple e compostoAtividades período simple e composto
Atividades período simple e composto
Deusa Mara
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
Cláudia Borges
 
Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.
Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.
Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.
João Medeiros
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
Mary Alvarenga
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANOCOLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
Mara Sueli
 

Mais procurados (20)

Avaliação figuras de linguagem
Avaliação figuras de linguagem Avaliação figuras de linguagem
Avaliação figuras de linguagem
 
Atividade adjetivo - 6 ano
Atividade   adjetivo - 6 anoAtividade   adjetivo - 6 ano
Atividade adjetivo - 6 ano
 
Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio
 
Gênero bilhete e convite na alfabetização
Gênero bilhete e convite na alfabetizaçãoGênero bilhete e convite na alfabetização
Gênero bilhete e convite na alfabetização
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
 
Atividades de português sobre variação linguística
Atividades de português sobre variação linguísticaAtividades de português sobre variação linguística
Atividades de português sobre variação linguística
 
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
 
Prova português para o 2º ano
Prova português para o 2º anoProva português para o 2º ano
Prova português para o 2º ano
 
Gênero textual: Cordel
Gênero textual: CordelGênero textual: Cordel
Gênero textual: Cordel
 
Avaliação frase oração periodo oitavo ano
Avaliação frase oração periodo  oitavo anoAvaliação frase oração periodo  oitavo ano
Avaliação frase oração periodo oitavo ano
 
Que Bom Que Você Chegou de Bruna Karla - Análise e entendimento da música
Que Bom Que Você Chegou  de Bruna Karla - Análise e entendimento da música Que Bom Que Você Chegou  de Bruna Karla - Análise e entendimento da música
Que Bom Que Você Chegou de Bruna Karla - Análise e entendimento da música
 
VERBOS 6 ANO !!!!
VERBOS 6 ANO !!!!VERBOS 6 ANO !!!!
VERBOS 6 ANO !!!!
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESAAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
 
Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas
 
O príncipe das emojis
O príncipe das emojisO príncipe das emojis
O príncipe das emojis
 
Atividades período simple e composto
Atividades período simple e compostoAtividades período simple e composto
Atividades período simple e composto
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
 
Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.
Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.
Atividades de Português: Uso dos Porquês - Numeral - Interjeição.
 
Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos Gênero textual: Fabulas e contos
Gênero textual: Fabulas e contos
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANOCOLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
 

Destaque

conto tradicional-popular
 conto tradicional-popular conto tradicional-popular
conto tradicional-popular
sesal
 
Avaliação diagnóstica 7ª série 8º ano
Avaliação diagnóstica 7ª série 8º anoAvaliação diagnóstica 7ª série 8º ano
Avaliação diagnóstica 7ª série 8º ano
SHEILA MONTEIRO
 
Conto
ContoConto
Gênero Textual: Conto
Gênero Textual: ContoGênero Textual: Conto
Gênero Textual: Conto
Myllenne Abreu
 
Gênero de texto conto
Gênero de texto contoGênero de texto conto
Gênero de texto conto
guestd9a4ef3c
 
Atividades complementares 7 série
Atividades complementares 7 sérieAtividades complementares 7 série
Atividades complementares 7 série
SHEILA MONTEIRO
 
1.conto, características
1.conto, características1.conto, características
1.conto, características
Helena Coutinho
 
O texto publicitário Sandra Costa
O texto publicitário Sandra CostaO texto publicitário Sandra Costa
O texto publicitário Sandra Costa
jaciraribeiro
 
Graus dos adjetivos
Graus dos adjetivosGraus dos adjetivos
Graus dos adjetivos
Vanda Marques
 

Destaque (9)

conto tradicional-popular
 conto tradicional-popular conto tradicional-popular
conto tradicional-popular
 
Avaliação diagnóstica 7ª série 8º ano
Avaliação diagnóstica 7ª série 8º anoAvaliação diagnóstica 7ª série 8º ano
Avaliação diagnóstica 7ª série 8º ano
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Gênero Textual: Conto
Gênero Textual: ContoGênero Textual: Conto
Gênero Textual: Conto
 
Gênero de texto conto
Gênero de texto contoGênero de texto conto
Gênero de texto conto
 
Atividades complementares 7 série
Atividades complementares 7 sérieAtividades complementares 7 série
Atividades complementares 7 série
 
1.conto, características
1.conto, características1.conto, características
1.conto, características
 
O texto publicitário Sandra Costa
O texto publicitário Sandra CostaO texto publicitário Sandra Costa
O texto publicitário Sandra Costa
 
Graus dos adjetivos
Graus dos adjetivosGraus dos adjetivos
Graus dos adjetivos
 

Semelhante a Conto Popular

Português - Conto de mistério
Português - Conto de mistérioPortuguês - Conto de mistério
Português - Conto de mistério
Dorinha Matias
 
textos gêneros 7 ano caderno de atividades
textos gêneros 7 ano caderno de atividadestextos gêneros 7 ano caderno de atividades
textos gêneros 7 ano caderno de atividades
DodySantos
 
Hilda hilst o caderno rosa de lori lamby
Hilda hilst   o caderno rosa de lori lambyHilda hilst   o caderno rosa de lori lamby
Hilda hilst o caderno rosa de lori lamby
Rafael Silva
 
Resumo, Síntese vs Reconto
Resumo, Síntese vs RecontoResumo, Síntese vs Reconto
Resumo, Síntese vs Reconto
Lurdes Augusto
 
Resumo
ResumoResumo
Avaliacao 7tl 1bim
Avaliacao 7tl 1bimAvaliacao 7tl 1bim
Avaliacao 7tl 1bim
Kezia Maciel
 
Carijó e as Esmeraldas
Carijó e as EsmeraldasCarijó e as Esmeraldas
Carijó e as Esmeraldas
Nevas_Amaral
 

Semelhante a Conto Popular (7)

Português - Conto de mistério
Português - Conto de mistérioPortuguês - Conto de mistério
Português - Conto de mistério
 
textos gêneros 7 ano caderno de atividades
textos gêneros 7 ano caderno de atividadestextos gêneros 7 ano caderno de atividades
textos gêneros 7 ano caderno de atividades
 
Hilda hilst o caderno rosa de lori lamby
Hilda hilst   o caderno rosa de lori lambyHilda hilst   o caderno rosa de lori lamby
Hilda hilst o caderno rosa de lori lamby
 
Resumo, Síntese vs Reconto
Resumo, Síntese vs RecontoResumo, Síntese vs Reconto
Resumo, Síntese vs Reconto
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
Avaliacao 7tl 1bim
Avaliacao 7tl 1bimAvaliacao 7tl 1bim
Avaliacao 7tl 1bim
 
Carijó e as Esmeraldas
Carijó e as EsmeraldasCarijó e as Esmeraldas
Carijó e as Esmeraldas
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 

Conto Popular

  • 2. Objetivo: Desenvolver o gosto pela leitura e escrita, conhecer e aprofundar as características do gênero textual: conto popular. Público Alvo: 3º ano
  • 3. Características do Conto Popular Estas são algumas das características que a ele pertencem, mas há outras que também precisamos conhecer. Para isso, logo abaixo segue um exemplo, e por meio dele estudaremos todas as partes que serão discutidas. Então, vamos à análise: * Introdução (ou apresentação) – Constitui o início da história a ser narrada. Neste momento, o narrador apresenta os fatos iniciais, os personagens e, na maioria das vezes, o tempo e o espaço. * Complicação (ou desenvolvimento) – Representa a parte em que se desenvolve o conflito. O conflito é o momento em que algo começa a acontecer, e nós, como leitores, ficamos surpresos à espera do que está por vir . * Clímax – É o momento mais tenso da narrativa, pois tudo pode acontecer, podendo ser aquilo que esperávamos ou não. * Desfecho (ou conclusão) – Revela o final da história, a solução para o conflito, sendo que este fim poderá ser de vários modos: triste, alegre, surpreendente, engraçado, e até mesmo... trágico!!!
  • 4. O menino e o padre Um padre andava pelo sertão a cumprir o seu magistério, ou seja, a catequese, e como estava com muita sede, aproximou-se duma cabana e chamou por alguém de dentro. Veio então lhe atender um menino muito mirrado. - Bom dia meu filho, você não tem por aí uma aguinha aqui pro padre? - Água tem não senhor, aqui só tem um pote cheio de garapa de açúcar! Se o senhor quiser... - disse o menino. - Serve, vá buscar. - pediu-lhe o padre. E o menino trouxe a garapa dentro de uma cabaça. O padre bebeu bastante e o menino ofereceu mais. Meio desconfiado, mas como estava com muita sede o padre aceitou. Depois de beber, o padre, curioso, perguntou ao menino: - Me diga uma coisa, sua mãe não vai brigar com você por causa dessa garapa?
  • 6. - Briga não senhor. Ela não quer mais essa garapa, ia jogar fora, porque tinha uma barata morta dentro do pote. Surpreso e revoltado, o padre atira a cabaça no chão e esta se quebra em mil pedaços. E furioso ele exclama. - Moleque danado, por que não me avisou antes? O menino olhou desesperado para o padre, e então disse em tom de lamento: - Agora sim eu vou levar uma surra das grandes; o senhor acaba de quebrar a cabacinha de vovó fazer xixi dentro... Nota: Conto regional do nordeste, muito conhecido em quase todas as cidades do interior, de Pernambuco ao Maranhão. Origem desconhecida.
  • 8. Como Malasartes fez o urubu falar Dona Baratinha Festa no céu O Jabuti e a raposa A onça e o coelho O menino e a vó gulosa
  • 9. Referência bibliográfica http://eaaliteratura.blogspot.com.br/ http://www.trasosmontes.com/alexandre parafita/content/view/14/31/ http://www.escolakids.com/conhecendo-as- caracteristicas-do-conto.htm http://sitededicas.ne10.uol.com.br/ct04b. htm http://jangadabrasil.com.br/revista/setem bro82/links.asp