SlideShare uma empresa Scribd logo
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 1
PONTO 01- CONCEITOS, OBJETIVOS E FINALIDADES DA CONTABILIDADE.
AULA – 01
1. CONCEITUAÇÃO, OBJETIVOS, CAMPO DE ATUAÇÃO E
USUÁRIOS DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL.
1.1 Conceito de contabilidade
É a ciência social que estuda os fenômenos ocorridos no
patrimônio das entidades, mediante o registro, a
classificação, a demonstração expositiva, a análise e a
interpretação desses fatos, com o fim de oferecer
informações e orientação – necessárias à tomada de
decisões – sobre a composição do patrimônio, suas
variações e o resultado econômico decorrente da
gestão da riqueza patrimonial (FRANCO, 1997, p. 210).
Contabilidade: é um instrumento da função
administrativa e econômica, que tem por finalidade
controlar o patrimônio, apurar o resultado e prestar
informações sobre o patrimônio das entidades
econômico-administrativa.
1.2 Objeto da contabilidade. O objeto da contabilidade
é o patrimônio das entidades, pois a contabilidade
registra, controla, mensura, classifica, interpreta os fatos
que afetam esse patrimônio.
O Conselho Federal de Contabilidade (CFC), no
documento Resolução CFC nº 750/93, em seu artigo 5º.
assim confirma: “ O Princípio da Entidade reconhece o
Patrimônio como objeto da Contabilidade [...]”.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 2
1.3 Campo de atuação: todas pessoas físicas ou
jurídicas, com ou sem fins lucrativos, ou seja as entidades
econômico-administrativas.
1.4 Objetivo ou finalidade geral da contabilidade
Com base no conceito mencionado a finalidade é
fornecer informações econômicas e financeiras sobre o
patrimônio das entidades úteis para a tomada de
decisões.
1.5 Função da contabilidade. São duas as funções da
contabilidade:
1.5.1 Função administrativa: controlar o patrimônio de
uma entidade, tanto no aspecto estático quanto
dinâmico.
1.5.2 Função econômica: que consiste em apuração de
lucro ou prejuízo, nas empresas com fins lucrativos, ou
seja, calcular o resultado econômico (rédito).
1.6 Técnicas contábeis. Para atingir sua finalidade, a
contabilidade se utiliza das seguintes técnicas contábeis:
1.6.1 Escrituração contábil – registro dos fatos que
ocorrem no patrimônio.
1.6.2 Demonstrações contábeis (demonstrações
expositivas) – são a exposição dos componentes
patrimoniais, do resultado, das mutações do patrimônio e
dos fluxos de recursos. As demonstrações contábeis são:
Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 3
Exercício (DRE), Demonstração das Mutações do
Patrimônio Líquido (DMPL), Demonstração dos Lucros ou
Prejuízos Acumulados (DLPA), Demonstração das Origens
e Aplicações dos Recursos método direto ou indireto
(DOAR), Demonstração dos Fluxos de Caixa direto ou
indireto (DFC), Demonstração do Valor Adicionado (DVA)
e Balanço Social (BS), Demonstração do Resultado
Abrangente (DRA).
1.6.3 Auditoria contábil – verificação da confirmação da
adequação dos registros e das demonstrações contábeis
aos Princípios de Contabilidade às Normas de
Contabilidade e as legislações pertinentes.
1.6.4 Análise de balanços – analisar, interpretar, comparar
a situação econômica e financeira da entidade.
1.7Usuários da informação contábil
A finalidade da contabilidade é fornecer informações
econômicas e financeiras sobre o patrimônio das
entidades. As informações são dirigidas às pessoas, sejam
físicas ou jurídicas. Portanto, os usuários da informação
contábil.
contábil.
1.8.1 Premissa subjacente: Continuidade. As
demonstrações contábeis normalmente são elaboradas
tendo como premissa que a entidade está em atividade
(going concern assumption) e irá manter-se em
operação por um futuro previsível. Desse modo, parte-se
do pressuposto de que a entidade não tem a intenção,
nem tampouco a necessidade, de entrar em processo de
liquidação ou de reduzir materialmente a escala de suas
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 4
operações. Por outro lado, se essa intenção ou
necessidade existir, as demonstrações contábeis podem
ter que ser elaboradas em bases diferentes e, nesse caso,
a base de elaboração utilizada deve ser divulgada.
1.8.2 Bandeira contábil: essência prevalece sobre a
forma. A característica essência sobre a forma foi
formalmente retirada da condição de componente
separado da representação fidedigna, por ser
considerado isso uma redundância. A representação
pela forma legal que difira da substância econômica
não pode resultar em representação fidedigna,
conforme citam as Bases para Conclusões. Assim,
essência sobre a forma continua, na realidade, bandeira
insubstituível nas normas do IASB.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 5
Figura 01: Conceitos de contabilidade
Fonte: Os Autores
Contabilidade como
ciência social.
Função ou
finalidade meio.
Finalidade ou
objetivo
principal.
Técnicas ou
meios.
Administrativa.: controlar, gerir,
administrar o patrimônio;
Econômica: apurar o resultado,
desempenho, performance.
Escrituração;
Demonstrações;
Auditoria;
Análise de balanço.
Fornecer
informações
sobre o
patrimônio.
Aos usuários
Objeto
de estudo
O Patrimônio
das Entidades.
Campo de
atuação.
0
20
40
60
80
100
1° Trim 2° Trim 3° Trim 4° Trim
Entidade Ecônomico-
Administrativa
Para tomada de
decisões.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 6
1.9 Exercícios de fixação
1.9.1 Preencha a lacuna:
Contabilidade: é ciência _______________________________
que estuda o patrimônio das entidades.
1.9.2 Finalidade ou objetivo geral da contabilidade
Com base no conceito mencionado a finalidade é
fornecer ______________________econômicas e financeiras
sobre o patrimônio das entidades úteis para a tomada de
decisões.
1.9.3 Objeto da contabilidade
O objeto da contabilidade é o ______________________ das
entidades, pois a contabilidade registra, controla,
mensura, classifica, interpreta os fatos.
1.9.4 Técnicas contábeis
Para atingir sua finalidade, a contabilidade se utiliza das
seguintes TÉCNICAS: ______________________,
__________________________, ______________________,
__________________________ contábeis.
1.9.5 ____________________: registro dos fatos
que ocorrem no patrimônio das entidades.
1.9.6 _____________________: é a exposição dos
componentes patrimoniais, do resultado, das
mutações do patrimônio e dos fluxos de recursos, em
determinado período ou exercício social.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 7
1.9.7 _______________________: processo de
verificação ou confirmação da adequação dos
registros e das demonstrações contábeis aos
princípios de contabilidade, normas de contabilidade
e legislação pertinentes a atividade da entidade.
1.9.8 ___________________________: interpretar,
comparar, decompor ou analisar a situação
econômica e financeira da entidade.
1.9.9 Função da contabilidade:
São duas as funções da
contabilidade:____________________________________ .
1.9.10 Função: ___________________ controlar o patrimônio
da entidade.
1.9.11 Função:__________________: que consiste em
apuração de lucro ou prejuízo, nas empresas com fins
lucrativos, ou seja, calcular o resultado econômico
(rédito).
1.9.12 Da informação contábil
A finalidade da contabilidade é fornecer informações
econômicas e financeiras sobre o patrimônio das
entidades. As informações são dirigidas às pessoas, sejam
físicas ou jurídicas. Portanto, com relação aos usuários da
informação contábil:
Tanto USUÁRIOS ______________, que recebem informações
dinâmicas e permanentes e _______________, que
recebem informações estáticas e periódicas.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 8
1.9.13 Aziendas: são entidades econômico-
administrativas, cuja existência é reconhecida a partir da
união de três elementos essenciais, os quais são:
____________, ___________________, _________________ .
1.9.14 Premissa subjacente: _________________.
1.9.15 Bandeira contábil: essência prevalece sobre a:
_______________.
JÁ CAIO NA PROVA:
01. [Téc. Contabilidade-(C19)-(NI)-(T)-FUB/2014-UnB] Com
relação a conceitos, objetivos e finalidades da
contabilidade, julgue os itens que se seguem.
1) (I.51) Auxiliar um governo no processo de fiscalização
tributária é uma das finalidades da contabilidade.
2) (I.52) A contabilidade consiste em um sistema de
informações financeiras destinado a identificar, registrar e
comunicar os eventos econômicos de uma organização.
3) (I.53) As finalidades da contabilidade incluem auxiliar os
gestores de uma organização a exercer seu papel na
gestão de negócios.
02. [Téc. Contabilidade-(C23)-(NI)-(T)-FUB/2008-UnB]
Quanto aos conceitos, objetivos e finalidade da
contabilidade, julgue os itens a seguir, “C” para Certo e “E”
quando Errado os itens abaixo:
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 9
1) (I.51) O principal objetivo da contabilidade é fornecer
informações para auxiliar o processo decisório dos usuários.
2) (I.52) A contabilidade é uma ciência social porque tem
objeto próprio.
3) (I.53) A finalidade da contabilidade é registrar os fatos e
produzir informações que possibilitem ao titular do
patrimônio o planejamento e o controle de suas ações.
4) (I.54) O objeto de estudo da contabilidade é o
patrimônio, constituído pelo conjunto de ativo e passivo.
5) (I.55) O patrimônio das entidades constitui a matéria de
estudo da contabilidade.
03 (Contador-STM-2010-Cespe)
Com relação à Ciência Contábil e suas características,
julgue os itens que se seguem.
1) O objeto da contabilidade é o patrimônio, constituído
pelo conjunto de bens, direitos e obrigações próprios de
determinado ente.
04 (Analista de Saneamento- Ciências Contábeis-Embasa-
2009-Cespe)
1) O principal objetivo da contabilidade é fornecer
informações úteis para auxiliar o processo decisório dos
usuários.
05 (Assistente de Saneamento-Técnico Contábil-Embasa-
2009-Cespe)
1) O objeto da contabilidade é o patrimônio das
entidades.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 10
2) A principal finalidade da contabilidade é prover
informações para auxiliar a tomada de decisões.
06 (Auditor-FUB-2009-Cespe)
1) As funções da contabilidade incluem a orientação dos
usuários, assim entendida a prestação de informações
úteis que possam evidenciar as mutações patrimoniais,
tanto qualitativas quanto quantitativas.
07 (Técnico de Atividades do Meio Ambiente-Ténico em
Contabilidade-IBAM-2009-Cespe)
1) A contabilidade tem como objeto o patrimônio e como
um de seus objetivos prover seus usuários de informações
úteis para a tomada de decisão.
2) A contabilidade busca entender as mutações sofridas
pelo patrimônio, tendo como alvo, entre outras, uma visão
prospectiva de possíveis variações.
As mutações tanto podem decorrer da ação do homem
como da natureza.
08 (Contador-Município do Ipojuca-2009-Cespe)
1) O objetivo científico da contabilidade manifesta-se na
correta apresentação do patrimônio e na apreensão
e análise das causas das suas mutações.
AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI
WWW.NEONONLINE.COM.BR 11
G A B A R I T O
GABARITO DOS EXERCÍCIOS:
AULA 01
EXERCÍCIOS PROPOSTOS:
Preenche corretamente a lacuna os termos:
1.9.1 social;
1.9.2 informações;
1.9.3 patrimônio;
1.9.4 técnicas;
1.9.5 escrituração;
1.9.6 demonstrações contábeis;
1.9.7 auditoria;
1.9.8 análise de balanço;
1.9.9 administrativa e econômica;
1.9.10 administrativa;
1.9.11 econômica;
1.9.12 Usuários;
1.9.13 patrimônio, administração e trabalho;
1.9.14 continuidade;
1.9.15 forma.
EXERCÍCIOS CESPE UNB
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
ECC CCCCC C C CC C CC C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Noções de contabilidade 2014 agente-pf
Noções de contabilidade 2014   agente-pfNoções de contabilidade 2014   agente-pf
Noções de contabilidade 2014 agente-pf
Neon Online
 
Os usuários da informação contábil
Os usuários da informação contábilOs usuários da informação contábil
Os usuários da informação contábil
alir franco
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
Silvano Oliveira
 
Noções de contabilidade
Noções de contabilidadeNoções de contabilidade
Noções de contabilidade
Ana
 
Marcondes contabilidade-basica-001-introducao
Marcondes contabilidade-basica-001-introducaoMarcondes contabilidade-basica-001-introducao
Marcondes contabilidade-basica-001-introducao
Colégio Adventista de Vila Yara
 
Contabilidade geral
Contabilidade geralContabilidade geral
Contabilidade geral
Jonata Souza
 
Apostila contabilidade mod.i
Apostila contabilidade mod.iApostila contabilidade mod.i
Apostila contabilidade mod.i
simuladocontabil
 
Módulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação ContabilísticaMódulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação Contabilística
Eva Gomes
 
Contabilidade i 08 - unidade viii – demonstrações contábeis
Contabilidade i   08 - unidade viii – demonstrações contábeisContabilidade i   08 - unidade viii – demonstrações contábeis
Contabilidade i 08 - unidade viii – demonstrações contábeis
geral contabil
 
Cap 05 plano de contas
Cap 05 plano de contasCap 05 plano de contas
Cap 05 plano de contas
capitulocontabil
 
Plano de contas
Plano de contasPlano de contas
Plano de contas
Felipe Leo
 
Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.
Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.
Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.
Fábio Rodrigues
 
Objetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da ContabilidadeObjetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da Contabilidade
Wandick Rocha de Aquino
 
Contabilidade pública - Demonstrações Contábeis
Contabilidade pública - Demonstrações ContábeisContabilidade pública - Demonstrações Contábeis
Contabilidade pública - Demonstrações Contábeis
Universidade Federal da Paraíba
 
Contabilidade publica
Contabilidade publicaContabilidade publica
Contabilidade publica
Felipe Fortuna Gomes Corrêa
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
albumina
 
Apostila teoria contabil
Apostila teoria contabilApostila teoria contabil
Apostila teoria contabil
profcontabil
 

Mais procurados (17)

Noções de contabilidade 2014 agente-pf
Noções de contabilidade 2014   agente-pfNoções de contabilidade 2014   agente-pf
Noções de contabilidade 2014 agente-pf
 
Os usuários da informação contábil
Os usuários da informação contábilOs usuários da informação contábil
Os usuários da informação contábil
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
 
Noções de contabilidade
Noções de contabilidadeNoções de contabilidade
Noções de contabilidade
 
Marcondes contabilidade-basica-001-introducao
Marcondes contabilidade-basica-001-introducaoMarcondes contabilidade-basica-001-introducao
Marcondes contabilidade-basica-001-introducao
 
Contabilidade geral
Contabilidade geralContabilidade geral
Contabilidade geral
 
Apostila contabilidade mod.i
Apostila contabilidade mod.iApostila contabilidade mod.i
Apostila contabilidade mod.i
 
Módulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação ContabilísticaMódulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação Contabilística
 
Contabilidade i 08 - unidade viii – demonstrações contábeis
Contabilidade i   08 - unidade viii – demonstrações contábeisContabilidade i   08 - unidade viii – demonstrações contábeis
Contabilidade i 08 - unidade viii – demonstrações contábeis
 
Cap 05 plano de contas
Cap 05 plano de contasCap 05 plano de contas
Cap 05 plano de contas
 
Plano de contas
Plano de contasPlano de contas
Plano de contas
 
Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.
Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.
Contabilidade pública. Plano de contas e sistemas da Contabilidade Pública.
 
Objetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da ContabilidadeObjetivos e Funções da Contabilidade
Objetivos e Funções da Contabilidade
 
Contabilidade pública - Demonstrações Contábeis
Contabilidade pública - Demonstrações ContábeisContabilidade pública - Demonstrações Contábeis
Contabilidade pública - Demonstrações Contábeis
 
Contabilidade publica
Contabilidade publicaContabilidade publica
Contabilidade publica
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
 
Apostila teoria contabil
Apostila teoria contabilApostila teoria contabil
Apostila teoria contabil
 

Semelhante a Contabilidade agente pf - aula 01-------

Fundamentos de contabilidade 2
Fundamentos de contabilidade 2Fundamentos de contabilidade 2
Fundamentos de contabilidade 2
lucasjatem
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
apostilacontabil
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
apostilacontabil
 
Apostila contabilidade concursos - teoria
Apostila contabilidade   concursos - teoriaApostila contabilidade   concursos - teoria
Apostila contabilidade concursos - teoria
apostilacontabil
 
Teoria
TeoriaTeoria
Apostila teoria contabil
Apostila teoria contabilApostila teoria contabil
Apostila teoria contabil
zeramento contabil
 
Apostila contabilidade concursos - teoria
Apostila contabilidade   concursos - teoriaApostila contabilidade   concursos - teoria
Apostila contabilidade concursos - teoria
apostilacontabil
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
Nelio019
 
Apostila aidc 2010_2
Apostila aidc 2010_2Apostila aidc 2010_2
Apostila aidc 2010_2
Ailton Menezes Cunha Junior
 
Estrutura patrimonial e plano de contas
Estrutura patrimonial e plano de contasEstrutura patrimonial e plano de contas
Estrutura patrimonial e plano de contas
Concurseiro Antenado
 
Contabilidade geral livro
Contabilidade geral livroContabilidade geral livro
Contabilidade geral livro
Mikathews
 
Apostila contabilidade geral prudente
Apostila contabilidade geral prudenteApostila contabilidade geral prudente
Apostila contabilidade geral prudente
simuladocontabil
 
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_bAula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
zeramento contabil
 
Contabilidade Basica
Contabilidade BasicaContabilidade Basica
Contabilidade Basica
Cristiano Rodrigues Barcellos
 
Administracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILAAdministracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILA
Roger Guimarães
 
Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01
Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01
Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01
Vanderson Mota
 
Php cggyz11779
Php cggyz11779Php cggyz11779
Php cggyz11779
HermesAbraoscarsaacN
 
1000 exercicios de contabilidade comgabarito
1000 exercicios de contabilidade comgabarito1000 exercicios de contabilidade comgabarito
1000 exercicios de contabilidade comgabarito
Hiro Yasunaka
 
1029
10291029
1029
10291029

Semelhante a Contabilidade agente pf - aula 01------- (20)

Fundamentos de contabilidade 2
Fundamentos de contabilidade 2Fundamentos de contabilidade 2
Fundamentos de contabilidade 2
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
 
Apostila contabilidade concursos - teoria
Apostila contabilidade   concursos - teoriaApostila contabilidade   concursos - teoria
Apostila contabilidade concursos - teoria
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
 
Apostila teoria contabil
Apostila teoria contabilApostila teoria contabil
Apostila teoria contabil
 
Apostila contabilidade concursos - teoria
Apostila contabilidade   concursos - teoriaApostila contabilidade   concursos - teoria
Apostila contabilidade concursos - teoria
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
 
Apostila aidc 2010_2
Apostila aidc 2010_2Apostila aidc 2010_2
Apostila aidc 2010_2
 
Estrutura patrimonial e plano de contas
Estrutura patrimonial e plano de contasEstrutura patrimonial e plano de contas
Estrutura patrimonial e plano de contas
 
Contabilidade geral livro
Contabilidade geral livroContabilidade geral livro
Contabilidade geral livro
 
Apostila contabilidade geral prudente
Apostila contabilidade geral prudenteApostila contabilidade geral prudente
Apostila contabilidade geral prudente
 
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_bAula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
 
Contabilidade Basica
Contabilidade BasicaContabilidade Basica
Contabilidade Basica
 
Administracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILAAdministracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILA
 
Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01
Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01
Introducaoacontabilidade 100802120229-phpapp01
 
Php cggyz11779
Php cggyz11779Php cggyz11779
Php cggyz11779
 
1000 exercicios de contabilidade comgabarito
1000 exercicios de contabilidade comgabarito1000 exercicios de contabilidade comgabarito
1000 exercicios de contabilidade comgabarito
 
1029
10291029
1029
 
1029
10291029
1029
 

Mais de Neon Online

Informatica ufms daniel
Informatica ufms danielInformatica ufms daniel
Informatica ufms daniel
Neon Online
 
Pc 2017 processo penal aula 06
Pc 2017 processo penal aula 06Pc 2017 processo penal aula 06
Pc 2017 processo penal aula 06
Neon Online
 
Pc exercicios (penal) aula 15
Pc exercicios (penal)   aula 15Pc exercicios (penal)   aula 15
Pc exercicios (penal) aula 15
Neon Online
 
Pc exercicios (constitucional) aula 14
Pc exercicios (constitucional)   aula 14Pc exercicios (constitucional)   aula 14
Pc exercicios (constitucional) aula 14
Neon Online
 
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 05
Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 05Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 05
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 05
Neon Online
 
Processo penal aula 05
Processo penal aula 05Processo penal aula 05
Processo penal aula 05
Neon Online
 
Pc exercicios leis especiais aula 13
Pc exercicios leis especiais aula 13Pc exercicios leis especiais aula 13
Pc exercicios leis especiais aula 13
Neon Online
 
Pc exercicios constitucional aula 12
Pc exercicios constitucional aula 12Pc exercicios constitucional aula 12
Pc exercicios constitucional aula 12
Neon Online
 
Apostila completa direito administrativo pc 2017
Apostila completa direito administrativo pc 2017Apostila completa direito administrativo pc 2017
Apostila completa direito administrativo pc 2017
Neon Online
 
Pc 2017 processo penal aula 03
Pc 2017 processo penal aula 03Pc 2017 processo penal aula 03
Pc 2017 processo penal aula 03
Neon Online
 
Crimes contra a pessoa 22- 07 - 2017
Crimes contra a pessoa   22- 07 - 2017Crimes contra a pessoa   22- 07 - 2017
Crimes contra a pessoa 22- 07 - 2017
Neon Online
 
Complemento rodrigo f ormatado
Complemento rodrigo f ormatadoComplemento rodrigo f ormatado
Complemento rodrigo f ormatado
Neon Online
 
Crimes contra a pessoa 15 - 07 - 2017
Crimes contra a pessoa   15 - 07 - 2017Crimes contra a pessoa   15 - 07 - 2017
Crimes contra a pessoa 15 - 07 - 2017
Neon Online
 
Pc 2017 processo penal aula 01
Pc 2017 processo penal aula 01Pc 2017 processo penal aula 01
Pc 2017 processo penal aula 01
Neon Online
 
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 01
Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 01Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 01
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 01
Neon Online
 
Rac. lógico
Rac. lógicoRac. lógico
Rac. lógico
Neon Online
 
Roteiro lc 114
Roteiro lc 114Roteiro lc 114
Roteiro lc 114
Neon Online
 
Crimes em espécie
Crimes em espécieCrimes em espécie
Crimes em espécie
Neon Online
 
Questões diversas jhony
Questões diversas   jhonyQuestões diversas   jhony
Questões diversas jhony
Neon Online
 
Processo penal jhony - 27 - 05 - 2017
Processo penal   jhony - 27 - 05 - 2017Processo penal   jhony - 27 - 05 - 2017
Processo penal jhony - 27 - 05 - 2017
Neon Online
 

Mais de Neon Online (20)

Informatica ufms daniel
Informatica ufms danielInformatica ufms daniel
Informatica ufms daniel
 
Pc 2017 processo penal aula 06
Pc 2017 processo penal aula 06Pc 2017 processo penal aula 06
Pc 2017 processo penal aula 06
 
Pc exercicios (penal) aula 15
Pc exercicios (penal)   aula 15Pc exercicios (penal)   aula 15
Pc exercicios (penal) aula 15
 
Pc exercicios (constitucional) aula 14
Pc exercicios (constitucional)   aula 14Pc exercicios (constitucional)   aula 14
Pc exercicios (constitucional) aula 14
 
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 05
Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 05Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 05
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 05
 
Processo penal aula 05
Processo penal aula 05Processo penal aula 05
Processo penal aula 05
 
Pc exercicios leis especiais aula 13
Pc exercicios leis especiais aula 13Pc exercicios leis especiais aula 13
Pc exercicios leis especiais aula 13
 
Pc exercicios constitucional aula 12
Pc exercicios constitucional aula 12Pc exercicios constitucional aula 12
Pc exercicios constitucional aula 12
 
Apostila completa direito administrativo pc 2017
Apostila completa direito administrativo pc 2017Apostila completa direito administrativo pc 2017
Apostila completa direito administrativo pc 2017
 
Pc 2017 processo penal aula 03
Pc 2017 processo penal aula 03Pc 2017 processo penal aula 03
Pc 2017 processo penal aula 03
 
Crimes contra a pessoa 22- 07 - 2017
Crimes contra a pessoa   22- 07 - 2017Crimes contra a pessoa   22- 07 - 2017
Crimes contra a pessoa 22- 07 - 2017
 
Complemento rodrigo f ormatado
Complemento rodrigo f ormatadoComplemento rodrigo f ormatado
Complemento rodrigo f ormatado
 
Crimes contra a pessoa 15 - 07 - 2017
Crimes contra a pessoa   15 - 07 - 2017Crimes contra a pessoa   15 - 07 - 2017
Crimes contra a pessoa 15 - 07 - 2017
 
Pc 2017 processo penal aula 01
Pc 2017 processo penal aula 01Pc 2017 processo penal aula 01
Pc 2017 processo penal aula 01
 
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 01
Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 01Pc 2017 direito penal   conceito de crime aula 01
Pc 2017 direito penal conceito de crime aula 01
 
Rac. lógico
Rac. lógicoRac. lógico
Rac. lógico
 
Roteiro lc 114
Roteiro lc 114Roteiro lc 114
Roteiro lc 114
 
Crimes em espécie
Crimes em espécieCrimes em espécie
Crimes em espécie
 
Questões diversas jhony
Questões diversas   jhonyQuestões diversas   jhony
Questões diversas jhony
 
Processo penal jhony - 27 - 05 - 2017
Processo penal   jhony - 27 - 05 - 2017Processo penal   jhony - 27 - 05 - 2017
Processo penal jhony - 27 - 05 - 2017
 

Último

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: CronologiaOs Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Renato Henriques
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: CronologiaOs Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

Contabilidade agente pf - aula 01-------

  • 1. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 1 PONTO 01- CONCEITOS, OBJETIVOS E FINALIDADES DA CONTABILIDADE. AULA – 01 1. CONCEITUAÇÃO, OBJETIVOS, CAMPO DE ATUAÇÃO E USUÁRIOS DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL. 1.1 Conceito de contabilidade É a ciência social que estuda os fenômenos ocorridos no patrimônio das entidades, mediante o registro, a classificação, a demonstração expositiva, a análise e a interpretação desses fatos, com o fim de oferecer informações e orientação – necessárias à tomada de decisões – sobre a composição do patrimônio, suas variações e o resultado econômico decorrente da gestão da riqueza patrimonial (FRANCO, 1997, p. 210). Contabilidade: é um instrumento da função administrativa e econômica, que tem por finalidade controlar o patrimônio, apurar o resultado e prestar informações sobre o patrimônio das entidades econômico-administrativa. 1.2 Objeto da contabilidade. O objeto da contabilidade é o patrimônio das entidades, pois a contabilidade registra, controla, mensura, classifica, interpreta os fatos que afetam esse patrimônio. O Conselho Federal de Contabilidade (CFC), no documento Resolução CFC nº 750/93, em seu artigo 5º. assim confirma: “ O Princípio da Entidade reconhece o Patrimônio como objeto da Contabilidade [...]”.
  • 2. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 2 1.3 Campo de atuação: todas pessoas físicas ou jurídicas, com ou sem fins lucrativos, ou seja as entidades econômico-administrativas. 1.4 Objetivo ou finalidade geral da contabilidade Com base no conceito mencionado a finalidade é fornecer informações econômicas e financeiras sobre o patrimônio das entidades úteis para a tomada de decisões. 1.5 Função da contabilidade. São duas as funções da contabilidade: 1.5.1 Função administrativa: controlar o patrimônio de uma entidade, tanto no aspecto estático quanto dinâmico. 1.5.2 Função econômica: que consiste em apuração de lucro ou prejuízo, nas empresas com fins lucrativos, ou seja, calcular o resultado econômico (rédito). 1.6 Técnicas contábeis. Para atingir sua finalidade, a contabilidade se utiliza das seguintes técnicas contábeis: 1.6.1 Escrituração contábil – registro dos fatos que ocorrem no patrimônio. 1.6.2 Demonstrações contábeis (demonstrações expositivas) – são a exposição dos componentes patrimoniais, do resultado, das mutações do patrimônio e dos fluxos de recursos. As demonstrações contábeis são: Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do
  • 3. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 3 Exercício (DRE), Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL), Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA), Demonstração das Origens e Aplicações dos Recursos método direto ou indireto (DOAR), Demonstração dos Fluxos de Caixa direto ou indireto (DFC), Demonstração do Valor Adicionado (DVA) e Balanço Social (BS), Demonstração do Resultado Abrangente (DRA). 1.6.3 Auditoria contábil – verificação da confirmação da adequação dos registros e das demonstrações contábeis aos Princípios de Contabilidade às Normas de Contabilidade e as legislações pertinentes. 1.6.4 Análise de balanços – analisar, interpretar, comparar a situação econômica e financeira da entidade. 1.7Usuários da informação contábil A finalidade da contabilidade é fornecer informações econômicas e financeiras sobre o patrimônio das entidades. As informações são dirigidas às pessoas, sejam físicas ou jurídicas. Portanto, os usuários da informação contábil. contábil. 1.8.1 Premissa subjacente: Continuidade. As demonstrações contábeis normalmente são elaboradas tendo como premissa que a entidade está em atividade (going concern assumption) e irá manter-se em operação por um futuro previsível. Desse modo, parte-se do pressuposto de que a entidade não tem a intenção, nem tampouco a necessidade, de entrar em processo de liquidação ou de reduzir materialmente a escala de suas
  • 4. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 4 operações. Por outro lado, se essa intenção ou necessidade existir, as demonstrações contábeis podem ter que ser elaboradas em bases diferentes e, nesse caso, a base de elaboração utilizada deve ser divulgada. 1.8.2 Bandeira contábil: essência prevalece sobre a forma. A característica essência sobre a forma foi formalmente retirada da condição de componente separado da representação fidedigna, por ser considerado isso uma redundância. A representação pela forma legal que difira da substância econômica não pode resultar em representação fidedigna, conforme citam as Bases para Conclusões. Assim, essência sobre a forma continua, na realidade, bandeira insubstituível nas normas do IASB.
  • 5. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 5 Figura 01: Conceitos de contabilidade Fonte: Os Autores Contabilidade como ciência social. Função ou finalidade meio. Finalidade ou objetivo principal. Técnicas ou meios. Administrativa.: controlar, gerir, administrar o patrimônio; Econômica: apurar o resultado, desempenho, performance. Escrituração; Demonstrações; Auditoria; Análise de balanço. Fornecer informações sobre o patrimônio. Aos usuários Objeto de estudo O Patrimônio das Entidades. Campo de atuação. 0 20 40 60 80 100 1° Trim 2° Trim 3° Trim 4° Trim Entidade Ecônomico- Administrativa Para tomada de decisões.
  • 6. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 6 1.9 Exercícios de fixação 1.9.1 Preencha a lacuna: Contabilidade: é ciência _______________________________ que estuda o patrimônio das entidades. 1.9.2 Finalidade ou objetivo geral da contabilidade Com base no conceito mencionado a finalidade é fornecer ______________________econômicas e financeiras sobre o patrimônio das entidades úteis para a tomada de decisões. 1.9.3 Objeto da contabilidade O objeto da contabilidade é o ______________________ das entidades, pois a contabilidade registra, controla, mensura, classifica, interpreta os fatos. 1.9.4 Técnicas contábeis Para atingir sua finalidade, a contabilidade se utiliza das seguintes TÉCNICAS: ______________________, __________________________, ______________________, __________________________ contábeis. 1.9.5 ____________________: registro dos fatos que ocorrem no patrimônio das entidades. 1.9.6 _____________________: é a exposição dos componentes patrimoniais, do resultado, das mutações do patrimônio e dos fluxos de recursos, em determinado período ou exercício social.
  • 7. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 7 1.9.7 _______________________: processo de verificação ou confirmação da adequação dos registros e das demonstrações contábeis aos princípios de contabilidade, normas de contabilidade e legislação pertinentes a atividade da entidade. 1.9.8 ___________________________: interpretar, comparar, decompor ou analisar a situação econômica e financeira da entidade. 1.9.9 Função da contabilidade: São duas as funções da contabilidade:____________________________________ . 1.9.10 Função: ___________________ controlar o patrimônio da entidade. 1.9.11 Função:__________________: que consiste em apuração de lucro ou prejuízo, nas empresas com fins lucrativos, ou seja, calcular o resultado econômico (rédito). 1.9.12 Da informação contábil A finalidade da contabilidade é fornecer informações econômicas e financeiras sobre o patrimônio das entidades. As informações são dirigidas às pessoas, sejam físicas ou jurídicas. Portanto, com relação aos usuários da informação contábil: Tanto USUÁRIOS ______________, que recebem informações dinâmicas e permanentes e _______________, que recebem informações estáticas e periódicas.
  • 8. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 8 1.9.13 Aziendas: são entidades econômico- administrativas, cuja existência é reconhecida a partir da união de três elementos essenciais, os quais são: ____________, ___________________, _________________ . 1.9.14 Premissa subjacente: _________________. 1.9.15 Bandeira contábil: essência prevalece sobre a: _______________. JÁ CAIO NA PROVA: 01. [Téc. Contabilidade-(C19)-(NI)-(T)-FUB/2014-UnB] Com relação a conceitos, objetivos e finalidades da contabilidade, julgue os itens que se seguem. 1) (I.51) Auxiliar um governo no processo de fiscalização tributária é uma das finalidades da contabilidade. 2) (I.52) A contabilidade consiste em um sistema de informações financeiras destinado a identificar, registrar e comunicar os eventos econômicos de uma organização. 3) (I.53) As finalidades da contabilidade incluem auxiliar os gestores de uma organização a exercer seu papel na gestão de negócios. 02. [Téc. Contabilidade-(C23)-(NI)-(T)-FUB/2008-UnB] Quanto aos conceitos, objetivos e finalidade da contabilidade, julgue os itens a seguir, “C” para Certo e “E” quando Errado os itens abaixo:
  • 9. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 9 1) (I.51) O principal objetivo da contabilidade é fornecer informações para auxiliar o processo decisório dos usuários. 2) (I.52) A contabilidade é uma ciência social porque tem objeto próprio. 3) (I.53) A finalidade da contabilidade é registrar os fatos e produzir informações que possibilitem ao titular do patrimônio o planejamento e o controle de suas ações. 4) (I.54) O objeto de estudo da contabilidade é o patrimônio, constituído pelo conjunto de ativo e passivo. 5) (I.55) O patrimônio das entidades constitui a matéria de estudo da contabilidade. 03 (Contador-STM-2010-Cespe) Com relação à Ciência Contábil e suas características, julgue os itens que se seguem. 1) O objeto da contabilidade é o patrimônio, constituído pelo conjunto de bens, direitos e obrigações próprios de determinado ente. 04 (Analista de Saneamento- Ciências Contábeis-Embasa- 2009-Cespe) 1) O principal objetivo da contabilidade é fornecer informações úteis para auxiliar o processo decisório dos usuários. 05 (Assistente de Saneamento-Técnico Contábil-Embasa- 2009-Cespe) 1) O objeto da contabilidade é o patrimônio das entidades.
  • 10. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 10 2) A principal finalidade da contabilidade é prover informações para auxiliar a tomada de decisões. 06 (Auditor-FUB-2009-Cespe) 1) As funções da contabilidade incluem a orientação dos usuários, assim entendida a prestação de informações úteis que possam evidenciar as mutações patrimoniais, tanto qualitativas quanto quantitativas. 07 (Técnico de Atividades do Meio Ambiente-Ténico em Contabilidade-IBAM-2009-Cespe) 1) A contabilidade tem como objeto o patrimônio e como um de seus objetivos prover seus usuários de informações úteis para a tomada de decisão. 2) A contabilidade busca entender as mutações sofridas pelo patrimônio, tendo como alvo, entre outras, uma visão prospectiva de possíveis variações. As mutações tanto podem decorrer da ação do homem como da natureza. 08 (Contador-Município do Ipojuca-2009-Cespe) 1) O objetivo científico da contabilidade manifesta-se na correta apresentação do patrimônio e na apreensão e análise das causas das suas mutações.
  • 11. AGENTE  PF CONTABILIDADE GERAL PROFS. WILLIAN V. XAVIER / ONEI F. SAVIOLI WWW.NEONONLINE.COM.BR 11 G A B A R I T O GABARITO DOS EXERCÍCIOS: AULA 01 EXERCÍCIOS PROPOSTOS: Preenche corretamente a lacuna os termos: 1.9.1 social; 1.9.2 informações; 1.9.3 patrimônio; 1.9.4 técnicas; 1.9.5 escrituração; 1.9.6 demonstrações contábeis; 1.9.7 auditoria; 1.9.8 análise de balanço; 1.9.9 administrativa e econômica; 1.9.10 administrativa; 1.9.11 econômica; 1.9.12 Usuários; 1.9.13 patrimônio, administração e trabalho; 1.9.14 continuidade; 1.9.15 forma. EXERCÍCIOS CESPE UNB 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 ECC CCCCC C C CC C CC C