SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
Como lidar com o
sofrimento
série: problemas existenciais
 A religião tem sido buscada por muitos
como um paliativo para amenizar o
sofrimento.
 Pregação da autoajuda.
 Quebra de maldição.
1. Por que o ser humano sofre?
1. Por que o ser humano sofre?
A resposta cristã a essa pergunta está contida
na doutrina da queda.
“Por que, pois, se queixa o homem vivente?
Queixe-se cada um dos seus próprios
pecados.” (Lm 3.39)
1. Por que o ser humano sofre?
A resposta cristã a essa pergunta está contida
na doutrina da queda.
Sofremos e fazemos sofrer em consequência
do pecado.
Mais também:
“Por que, pois, se queixa o homem vivente?
Queixe-se cada um dos seus próprios
pecados.” (Lm 3.39)
1. Por que o ser humano sofre?
João 15
18 Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro
do que a vós outros, me odiou a mim.
19 Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o
que era seu; como, todavia, não sois do
mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por
isso, o mundo vos odeia.
1. Por que o ser humano sofre?
João 15
20 Lembrai-vos da palavra que eu vos disse:
não é o servo maior do que seu senhor. Se me
perseguiram a mim, também perseguirão a vós
outros; se guardaram a minha palavra, também
guardarão a vossa
1. Por que o ser humano sofre?
Hebreus 12
6 porque o Senhor corrige a quem ama e açoita
a todo filho a quem recebe.
10 Pois eles nos corrigiam por pouco tempo,
segundo melhor lhes parecia; Deus, porém,
nos disciplina para aproveitamento, a fim de
sermos participantes da sua santidade.
1. Por que o ser humano sofre?
1 Pedro 4
12 Amados, não estranheis o fogo ardente que
surge no meio de vós, destinado a provar-vos,
como se alguma coisa extraordinária vos
estivesse acontecendo;
1. Por que o ser humano sofre?
Romanos 8
28 Sabemos que todas as coisas cooperam
para o bem daqueles que amam a Deus,
daqueles que são chamados segundo o seu
propósito.
2. Como lidar com o sofrimento?
 Somos sujeitos a aflições
 As aflições passam
 São diversas e variadas
2. Como lidar com o sofrimento?
 Causa, propósito
 Sofrer por Cristo é uma benção
Atos 5
41 E eles se retiraram do Sinédrio regozijando-
se por terem sido considerados dignos de
sofrer afrontas por esse Nome.
2. Como lidar com o sofrimento?
2 Timóteo 3
12 Ora, todos quantos querem viver
piedosamente em Cristo Jesus serão
perseguidos.
3. Você deve buscar a paz em Cristo
A paz de Jesus é a tranquilidade
espiritual para enfrentar a guerra da
vida. Ela é intima, pessoal e
necessária
“
”
4. Você deve ter bom ânimo
[Razão teológica]
1 João 5.4 porque todo o que é nascido de
Deus vence o mundo; e esta é a vitória que
vence o mundo: a nossa fé.
4. Você deve ter bom ânimo
[Razão teológica]
1 João 5.4 porque todo o que é nascido de
Deus vence o mundo; e esta é a vitória que
vence o mundo: a nossa fé.
[Razão escatológica]
Romanos 8.18 Porque para mim tenho por
certo que os sofrimentos do tempo presente
não podem ser comparados com a glória a ser
revelada em nós.
5. Você deve sofrer à semelhança de
Cristo
1 Pedro 2
21 Porquanto para isto mesmo fostes
chamados, pois que também Cristo sofreu em
vosso lugar, deixando-vos exemplo para
seguirdes os seus passos
Conclusão
Jó 14.1 (NVI)
“O homem nascido de
mulher vive pouco tempo
e passa por muitas
dificuldades”
Conclusão
John MacArthur Jr.
Jó 14.1 (NVI)
“O homem nascido de
mulher vive pouco tempo
e passa por muitas
dificuldades”
1) Produz uma nova compreensão de
Deus (Jó 42.2-6)
Conclusão [John MacArthur Jr.]
1) Produz uma nova compreensão de
Deus (Jó 42.2-6)
2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7)
Conclusão [John MacArthur Jr.]
1) Produz uma nova compreensão de
Deus (Jó 42.2-6)
3) Intensifica a glória futura (Tg 1.2-4)
2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7)
Conclusão [John MacArthur Jr.]
1) Produz uma nova compreensão de
Deus (Jó 42.2-6)
4) Traz real consolo (2 Co 1.3-4)
3) Intensifica a glória futura (Tg 1.2-4)
2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7)
Conclusão [John MacArthur Jr.]
1) Produz uma nova compreensão de
Deus (Jó 42.2-6)
5) Origina a verdadeira humildade
(Tg 1.9-11)
4) Traz real consolo (2 Co 1.3-4)
3) Intensifica a glória futura (Tg 1.2-4)
2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7)
Conclusão [John MacArthur Jr.]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014 O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
Pr. Andre Luiz
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
Moisés Sampaio
 
Slides reflexão bíblica
Slides   reflexão bíblicaSlides   reflexão bíblica
Slides reflexão bíblica
eschappy
 

Mais procurados (20)

Viver Para Perdoar
Viver Para PerdoarViver Para Perdoar
Viver Para Perdoar
 
Aula o3
Aula o3Aula o3
Aula o3
 
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014 O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
 
O Coração do Profeta - Jonas 4
O Coração do Profeta - Jonas 4O Coração do Profeta - Jonas 4
O Coração do Profeta - Jonas 4
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
 
Tentação
TentaçãoTentação
Tentação
 
Dinâmicas do sofrimento 6
Dinâmicas do sofrimento 6Dinâmicas do sofrimento 6
Dinâmicas do sofrimento 6
 
2. o propósito da tentação
2. o propósito da tentação2. o propósito da tentação
2. o propósito da tentação
 
A Necessidade de Orar Sempre e Não Esmorecer - Thomas Boston
A Necessidade de Orar Sempre e Não Esmorecer - Thomas BostonA Necessidade de Orar Sempre e Não Esmorecer - Thomas Boston
A Necessidade de Orar Sempre e Não Esmorecer - Thomas Boston
 
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
 
Razao Da Vida
Razao Da VidaRazao Da Vida
Razao Da Vida
 
Lição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesusLição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesus
 
Slides reflexão bíblica
Slides   reflexão bíblicaSlides   reflexão bíblica
Slides reflexão bíblica
 
Lição 5 - A maravilhosa graça
Lição 5 - A maravilhosa graçaLição 5 - A maravilhosa graça
Lição 5 - A maravilhosa graça
 
Estudo da Semana - Vencendo a tristeza e o desânimo
Estudo da Semana - Vencendo a tristeza e o desânimoEstudo da Semana - Vencendo a tristeza e o desânimo
Estudo da Semana - Vencendo a tristeza e o desânimo
 
Tentação e provação
Tentação e provaçãoTentação e provação
Tentação e provação
 
Lição 3 - O perigo das obras da carne
Lição 3 - O perigo das obras da carneLição 3 - O perigo das obras da carne
Lição 3 - O perigo das obras da carne
 
Estudo da Semana - Saindo da Derrota Para Vitória
Estudo da Semana - Saindo da Derrota Para VitóriaEstudo da Semana - Saindo da Derrota Para Vitória
Estudo da Semana - Saindo da Derrota Para Vitória
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
 
Ebd 1 trimestre 2017 lição 3 O perigo das obras da carne.
Ebd 1 trimestre 2017 lição 3  O perigo das obras da carne.Ebd 1 trimestre 2017 lição 3  O perigo das obras da carne.
Ebd 1 trimestre 2017 lição 3 O perigo das obras da carne.
 

Destaque

agonia e sofrimento
agonia e sofrimentoagonia e sofrimento
agonia e sofrimento
Marta Lopes
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Robson Santana
 
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Robson Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Robson Santana
 
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O QuartoMeu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Robson Santana
 
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
Robson Santana
 

Destaque (20)

agonia e sofrimento
agonia e sofrimentoagonia e sofrimento
agonia e sofrimento
 
Dinâmicas do Sofrimento 5 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 5 de 8Dinâmicas do Sofrimento 5 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 5 de 8
 
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deusUma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
 
Lidando com as áreas escuras da liderança
Lidando com as áreas escuras da liderançaLidando com as áreas escuras da liderança
Lidando com as áreas escuras da liderança
 
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa SantanaA Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
 
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
 
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O QuartoMeu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
 
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
 
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
 
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e IdolatriaMundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
 
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
 
Disciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igrejaDisciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igreja
 
Casamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de Westminster
Casamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de WestminsterCasamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de Westminster
Casamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de Westminster
 
Homossexualismo à luz da biblia
Homossexualismo à luz da bibliaHomossexualismo à luz da biblia
Homossexualismo à luz da biblia
 
Introdução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de IsaíasIntrodução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de Isaías
 
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael GoheenComo Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
 
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus - Mt 3.13-4.11
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus -  Mt 3.13-4.11Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus -  Mt 3.13-4.11
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus - Mt 3.13-4.11
 
Milênio e suas doutrinas
Milênio e suas doutrinasMilênio e suas doutrinas
Milênio e suas doutrinas
 

Semelhante a Como lidar com o sofrimento

Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Antonio Filho
 
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014 O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
Pr. Andre Luiz
 

Semelhante a Como lidar com o sofrimento (20)

Aprendendo a sofrer por amor a deus e sua obra
Aprendendo a sofrer por amor a deus e sua obraAprendendo a sofrer por amor a deus e sua obra
Aprendendo a sofrer por amor a deus e sua obra
 
Passado, presente e futuro
Passado, presente e futuroPassado, presente e futuro
Passado, presente e futuro
 
Lição 3 No mundo tereis aflições
Lição 3   No mundo tereis afliçõesLição 3   No mundo tereis aflições
Lição 3 No mundo tereis aflições
 
Lição 10 Vencendo as Tentações
Lição 10   Vencendo as TentaçõesLição 10   Vencendo as Tentações
Lição 10 Vencendo as Tentações
 
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
 
Conhecendo o amor de deus lições 1 a 3
Conhecendo o amor de deus lições 1 a 3Conhecendo o amor de deus lições 1 a 3
Conhecendo o amor de deus lições 1 a 3
 
Estudos do evangelho - Continuação - Bem aventurados os Aflitos 4
Estudos do evangelho - Continuação - Bem aventurados os Aflitos 4Estudos do evangelho - Continuação - Bem aventurados os Aflitos 4
Estudos do evangelho - Continuação - Bem aventurados os Aflitos 4
 
Vença o Sofrimento
Vença o SofrimentoVença o Sofrimento
Vença o Sofrimento
 
CBG Boletim 4 de agosto 2013
CBG Boletim 4 de agosto 2013CBG Boletim 4 de agosto 2013
CBG Boletim 4 de agosto 2013
 
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 6 - A Razão da Nossa EsperançaLição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
 
Dinâmicas do Sofrimento 2 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 2 de 8Dinâmicas do Sofrimento 2 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 2 de 8
 
Aula 4 - Teologia Sistemática IV
Aula 4 - Teologia Sistemática IVAula 4 - Teologia Sistemática IV
Aula 4 - Teologia Sistemática IV
 
Lição 2 - O propósito da tentação
Lição 2 - O propósito da tentaçãoLição 2 - O propósito da tentação
Lição 2 - O propósito da tentação
 
O porque do sofrimento
O porque do sofrimentoO porque do sofrimento
O porque do sofrimento
 
Escola sabatina 04
Escola sabatina 04Escola sabatina 04
Escola sabatina 04
 
Um catecismo puritano pdf
Um catecismo puritano pdfUm catecismo puritano pdf
Um catecismo puritano pdf
 
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014 O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - LIÇÃO 02 - 3°TRI.2014
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
 
Apostila do-g.e
Apostila do-g.eApostila do-g.e
Apostila do-g.e
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
 

Mais de Robson Santana

Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Robson Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Robson Santana
 

Mais de Robson Santana (10)

Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
 
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igrejaComo Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
 
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagaçãoIslamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
 
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
 
O que é livre arbitrio?
O que é livre arbitrio?O que é livre arbitrio?
O que é livre arbitrio?
 
A Questão dos Livros Apócrifos
A Questão dos Livros ApócrifosA Questão dos Livros Apócrifos
A Questão dos Livros Apócrifos
 
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey MalphursCurso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
 
Confissão de Fé de Westminster
Confissão de Fé de WestminsterConfissão de Fé de Westminster
Confissão de Fé de Westminster
 

Como lidar com o sofrimento

  • 1. Como lidar com o sofrimento série: problemas existenciais
  • 2.  A religião tem sido buscada por muitos como um paliativo para amenizar o sofrimento.  Pregação da autoajuda.  Quebra de maldição.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. 1. Por que o ser humano sofre?
  • 8. 1. Por que o ser humano sofre? A resposta cristã a essa pergunta está contida na doutrina da queda. “Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados.” (Lm 3.39)
  • 9. 1. Por que o ser humano sofre? A resposta cristã a essa pergunta está contida na doutrina da queda. Sofremos e fazemos sofrer em consequência do pecado. Mais também: “Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados.” (Lm 3.39)
  • 10. 1. Por que o ser humano sofre? João 15 18 Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim. 19 Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.
  • 11. 1. Por que o ser humano sofre? João 15 20 Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: não é o servo maior do que seu senhor. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa
  • 12. 1. Por que o ser humano sofre? Hebreus 12 6 porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe. 10 Pois eles nos corrigiam por pouco tempo, segundo melhor lhes parecia; Deus, porém, nos disciplina para aproveitamento, a fim de sermos participantes da sua santidade.
  • 13. 1. Por que o ser humano sofre? 1 Pedro 4 12 Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós, destinado a provar-vos, como se alguma coisa extraordinária vos estivesse acontecendo;
  • 14. 1. Por que o ser humano sofre? Romanos 8 28 Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
  • 15. 2. Como lidar com o sofrimento?  Somos sujeitos a aflições  As aflições passam  São diversas e variadas
  • 16. 2. Como lidar com o sofrimento?  Causa, propósito  Sofrer por Cristo é uma benção Atos 5 41 E eles se retiraram do Sinédrio regozijando- se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por esse Nome.
  • 17. 2. Como lidar com o sofrimento? 2 Timóteo 3 12 Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.
  • 18. 3. Você deve buscar a paz em Cristo A paz de Jesus é a tranquilidade espiritual para enfrentar a guerra da vida. Ela é intima, pessoal e necessária “ ”
  • 19. 4. Você deve ter bom ânimo [Razão teológica] 1 João 5.4 porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
  • 20. 4. Você deve ter bom ânimo [Razão teológica] 1 João 5.4 porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. [Razão escatológica] Romanos 8.18 Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.
  • 21. 5. Você deve sofrer à semelhança de Cristo 1 Pedro 2 21 Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos
  • 22. Conclusão Jó 14.1 (NVI) “O homem nascido de mulher vive pouco tempo e passa por muitas dificuldades”
  • 23. Conclusão John MacArthur Jr. Jó 14.1 (NVI) “O homem nascido de mulher vive pouco tempo e passa por muitas dificuldades”
  • 24. 1) Produz uma nova compreensão de Deus (Jó 42.2-6) Conclusão [John MacArthur Jr.]
  • 25. 1) Produz uma nova compreensão de Deus (Jó 42.2-6) 2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7) Conclusão [John MacArthur Jr.]
  • 26. 1) Produz uma nova compreensão de Deus (Jó 42.2-6) 3) Intensifica a glória futura (Tg 1.2-4) 2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7) Conclusão [John MacArthur Jr.]
  • 27. 1) Produz uma nova compreensão de Deus (Jó 42.2-6) 4) Traz real consolo (2 Co 1.3-4) 3) Intensifica a glória futura (Tg 1.2-4) 2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7) Conclusão [John MacArthur Jr.]
  • 28. 1) Produz uma nova compreensão de Deus (Jó 42.2-6) 5) Origina a verdadeira humildade (Tg 1.9-11) 4) Traz real consolo (2 Co 1.3-4) 3) Intensifica a glória futura (Tg 1.2-4) 2) Produz uma nova alegria (1 Pe 1.3-7) Conclusão [John MacArthur Jr.]