SlideShare uma empresa Scribd logo
Casamento e Divórcio
Cap. XXIV - CFW
Por que as pessoas
se casam?
Por que separam?
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
1. O IDEAL DIVINO PARA O CASAMENTO (§ 1, 4)
1.1. O casamento deve ser entre um homem e uma mulher
(Gn 1.27-28; Lv 18.22; Mc 10.6-9; Rm 1.26-27)
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
1. O IDEAL DIVINO PARA O CASAMENTO (§ 1, 4)
1.2. Ao homem não é lícito ter mais de uma esposa, nem à
mulher mais de um marido, ao mesmo (1 Co 7.2-3; 39).
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
1. O IDEAL DIVINO PARA O CASAMENTO (§ 1, 4)
1.3. O casamento deve ser uma união sublime e
indissolúvel (Gn 2.24; Mt 19.3-6; Ef 5.31-33).
Mt 19 “3 Vieram a ele alguns fariseus e o experimentavam,
perguntando: É lícito ao marido repudiar a sua mulher por qualquer
motivo? 4 Então, respondeu ele: Não tendes lido que o Criador,
desde o princípio, os fez homem e mulher 5 e que disse: Por esta
causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher,
tornando-se os dois uma só carne? 6 De modo que já não são
mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não
o separe o homem.”
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
2. O PROPÓSITO DIVINO NO CASAMENTO (§ 1, 2)
2.1. A propagação da raça humana por uma sucessão
legítima e responsável (Gn 1.27-28; 9.1; Ml 2.10-16).
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
2. O PROPÓSITO DIVINO NO CASAMENTO (§ 1, 2)
2.2. A felicidade humana através do compartilhamento e o
auxílio muito de marido e mulher (Gn 2.18; Pv 5.15-19)
Pv.5 “15 Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do teu
poço. 16 Derramar-se-iam por fora as tuas fontes, e, pelas praças,
os ribeiros de águas? 17 Sejam para ti somente e não para os
estranhos contigo. 18 Seja bendito o teu manancial, e alegra-te
com a mulher da tua mocidade, 19 corça de amores e gazela
graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te
sempre com as suas carícias.”
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§
3, 4, 1, 6)
3.1. O casamento deve ser tratado com toda honra e
respeito (Lc 16.18; Hb 13.4)
Hb 13.4 “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como
o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros.”
3.2. O casamento do cristão deve dar-se somente no
Senhor (1 Co 7.39)
1 Co 7.39 “A mulher está ligada enquanto vive o marido; contudo,
se falecer o marido, fica livre para casar com quem quiser, mas
somente no Senhor.”
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§
3, 4, 1, 6)
• Evitar casamento com pessoas que professam religião
pagã (Ex 34.14-16; 1Rs 11.1-8)
• Evitar casamento com pessoas notoriamente ímpias (2
Co 6.14-18)
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§
3, 4, 1, 6)
3.3. O casamento incestuoso é proibido (1 Co 5.1)
3.4. O casamento pode ser dissolvido nos seguintes casos:
• Relações sexuais ilícitas (Mt 5.31-32; 19.9)
• Deserção irremediável
• Abandono por parte do cônjuge não crente (1 Co 7.15)
• A separação por outro motivo que não os apresentados
acima, tem por base a dureza do coração humano, e
não o ideal de Deus (Mt 19.3-8); Mc 10.2-9)
• Para a dissolução do casamento é necessário haver
processo público e regular
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§
3, 4, 1, 6)
3.5. O casamento deve ser visto como benção de Deus (Pv
18.22; 19.14; 1Tm 4.3)
Pv 18.22 “O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a
benevolência do SENHOR
Pv 19.14 “A casa e os bens vêm como herança dos pais; mas do
SENHOR, a esposa prudente”
3.6. O casamento é uma instituição que requer respeito,
reciprocidade e fidelidade (Pv 5; Ml 2.14-16; 1Co 7.3-5;
Ef 5.22-33; Hb 13.4).
DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO
QUESTÕES PARA DISCUSSÃO
1. Qual a sua concepção de “casamento
misto”, e qual a sua posição em relação
a esta questão?
2. Como você analisa o divórcio e o novo
casamento?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoasLição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoas
Erberson Pinheiro
 
Alicerces para um casamento feliz(1)
Alicerces para um casamento feliz(1)Alicerces para um casamento feliz(1)
Alicerces para um casamento feliz(1)
antonio ferreira
 
LIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCAS
LIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCASLIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCAS
LIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCAS
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblicaDivórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
ASD Remanescentes
 
Lição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulaçãoLição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulação
Celso Napoleon
 
Estudo sobre evangelismo
Estudo sobre evangelismoEstudo sobre evangelismo
Estudo sobre evangelismo
rodrigocristao84
 
Deus se revela a Moisés
Deus se revela a MoisésDeus se revela a Moisés
Deus se revela a Moisés
Tiago Silveira
 
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosPanorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Respirando Deus
 
A Verdadeira Adoração
A Verdadeira AdoraçãoA Verdadeira Adoração
A Verdadeira Adoração
guest3e2535
 
Projeto Casados Para Sempre
Projeto Casados Para SempreProjeto Casados Para Sempre
Projeto Casados Para Sempre
Solinftec
 
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3  As Bases do Casamento Cristão- professoresLição 3  As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
João Paulo Silva Mendes
 
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTOCRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
Wemerson Silva Mendes
 
O que eu posso fazer por missões
O que eu posso fazer por missõesO que eu posso fazer por missões
O que eu posso fazer por missões
Eid Marques
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de Deus
Moisés Sampaio
 
Casados p sempre
Casados p sempreCasados p sempre
Casados p sempre
iceanapolis
 
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do larMito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Térbia Leal
 
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoLição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Éder Tomé
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Éder Tomé
 
Livro de Salmos
Livro de SalmosLivro de Salmos
Livro de Salmos
profsempre
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
Pastor Wanderley
 

Mais procurados (20)

Lição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoasLição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A santíssima trindade - um só Deus em três pessoas
 
Alicerces para um casamento feliz(1)
Alicerces para um casamento feliz(1)Alicerces para um casamento feliz(1)
Alicerces para um casamento feliz(1)
 
LIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCAS
LIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCASLIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCAS
LIÇÃO 01 - O EVANGELHO SEGUNDO LUCAS
 
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblicaDivórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
 
Lição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulaçãoLição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulação
 
Estudo sobre evangelismo
Estudo sobre evangelismoEstudo sobre evangelismo
Estudo sobre evangelismo
 
Deus se revela a Moisés
Deus se revela a MoisésDeus se revela a Moisés
Deus se revela a Moisés
 
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosPanorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
 
A Verdadeira Adoração
A Verdadeira AdoraçãoA Verdadeira Adoração
A Verdadeira Adoração
 
Projeto Casados Para Sempre
Projeto Casados Para SempreProjeto Casados Para Sempre
Projeto Casados Para Sempre
 
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3  As Bases do Casamento Cristão- professoresLição 3  As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
 
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTOCRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
 
O que eu posso fazer por missões
O que eu posso fazer por missõesO que eu posso fazer por missões
O que eu posso fazer por missões
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de Deus
 
Casados p sempre
Casados p sempreCasados p sempre
Casados p sempre
 
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do larMito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
 
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoLição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 
Livro de Salmos
Livro de SalmosLivro de Salmos
Livro de Salmos
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
 

Destaque

O divórcio
O divórcioO divórcio
O divórcio
Moisés Sampaio
 
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Robson Santana
 
Divórcio
DivórcioDivórcio
Divórcio
IPB706Sul
 
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael GoheenComo Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Robson Santana
 
O casamento bíblico
O casamento bíblicoO casamento bíblico
O casamento bíblico
Moisés Sampaio
 
Casamento cristão
Casamento cristãoCasamento cristão
Casamento cristão
Janilson lima da silva
 
Lidando com as áreas escuras da liderança
Lidando com as áreas escuras da liderançaLidando com as áreas escuras da liderança
Lidando com as áreas escuras da liderança
Robson Santana
 
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deusUma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Robson Santana
 
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa SantanaA Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
Robson Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Robson Santana
 
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Robson Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Robson Santana
 
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O QuartoMeu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Robson Santana
 
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
Robson Santana
 
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e IdolatriaMundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Robson Santana
 
Como lidar com o sofrimento
Como lidar com o sofrimentoComo lidar com o sofrimento
Como lidar com o sofrimento
Robson Santana
 
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
Robson Santana
 
Casamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAIS
Casamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAISCasamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAIS
Casamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAIS
André Nunes E Clarisa
 
Casamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisadoCasamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisado
Eduardo Sousa Gomes
 
Disciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igrejaDisciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igreja
Robson Santana
 

Destaque (20)

O divórcio
O divórcioO divórcio
O divórcio
 
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
Mundanismo - Parte 1 - Dinheiro (dízimos e ofertas)
 
Divórcio
DivórcioDivórcio
Divórcio
 
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael GoheenComo Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
Como Seria uma Igreja Missional Hoje? Michael Goheen
 
O casamento bíblico
O casamento bíblicoO casamento bíblico
O casamento bíblico
 
Casamento cristão
Casamento cristãoCasamento cristão
Casamento cristão
 
Lidando com as áreas escuras da liderança
Lidando com as áreas escuras da liderançaLidando com as áreas escuras da liderança
Lidando com as áreas escuras da liderança
 
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deusUma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
Uma benção chamada sexo - do pondo de vista de deus
 
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa SantanaA Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
A Bíblia e a Copa do Mundo - Robson Rosa Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 2 - a sala de jantar
 
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...Série pertencer   a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
Série pertencer a multidão errada - estudo 5 - aproximando-se - 2 coríntios...
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estarSérie compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 3 - a sala de estar
 
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O QuartoMeu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
Meu Coração, o Lar de Cristo - Estudo 5 - O Quarto
 
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
1 Ts 5.12 13 - Como tratar os líderes da igreja
 
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e IdolatriaMundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
Mundanismo - Parte 2 - Imoralidade e Idolatria
 
Como lidar com o sofrimento
Como lidar com o sofrimentoComo lidar com o sofrimento
Como lidar com o sofrimento
 
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
50 razões por que Jesus veio morrer | John Piper
 
Casamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAIS
Casamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAISCasamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAIS
Casamento uma obra prima MINISTÉRIO DE CASAIS
 
Casamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisadoCasamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisado
 
Disciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igrejaDisciplina: a terceira marca da igreja
Disciplina: a terceira marca da igreja
 

Semelhante a Casamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de Westminster

LIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptx
LIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptxLIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptx
LIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptx
NathanaelLacerda1
 
CASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptx
CASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptxCASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptx
CASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptx
NivaldoCortes
 
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRILição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Gérson Fagundes da Cunha
 
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Luzirlei Azevedo
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
Pastor Natalino Das Neves
 
I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdf
I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdfI. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdf
I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdf
FreiSauloSilva
 
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADELBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
Natalino das Neves Neves
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
PIB Penha
 
lição 7
lição 7lição 7
lição 7
Ailton da Silva
 
03 lider-e-seu-lar
03 lider-e-seu-lar03 lider-e-seu-lar
03 lider-e-seu-lar
Éber Magalhães Lenz César
 
Lição 13- Sobre a Família e a sua Natureza
Lição 13- Sobre a Família e a sua NaturezaLição 13- Sobre a Família e a sua Natureza
Lição 13- Sobre a Família e a sua Natureza
Éder Tomé
 
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espíritoA família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
Vilmar Nascimento
 
Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015
Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015
Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015
Frederico Fonseca
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11
Joel Silva
 
Pregação Pr. Coty - Casamento
Pregação Pr. Coty - CasamentoPregação Pr. Coty - Casamento
Pregação Pr. Coty - Casamento
mendoncakarine
 
Tríduo da família 1º dia dsd_matrimônio
Tríduo da família 1º dia dsd_matrimônioTríduo da família 1º dia dsd_matrimônio
Tríduo da família 1º dia dsd_matrimônio
José Neto de França
 
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
Natalino das Neves Neves
 
Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013
Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013
Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013
João Paulo Silva Mendes
 
Decisões importantes para o seu casamento ppt
Decisões importantes para o seu casamento pptDecisões importantes para o seu casamento ppt
Decisões importantes para o seu casamento ppt
Ministerio de Casais Amovc
 

Semelhante a Casamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de Westminster (20)

LIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptx
LIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptxLIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptx
LIÇÃO 4 - A SUTILEZA DA NORMALIZAÇÃO DO DIVÓRCIO.pptx
 
CASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptx
CASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptxCASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptx
CASAMENTO, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO.pptx
 
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRILição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
Lição - nº2 - Casamento uma união vitálicia (13 de abril de 2013) - 2º TRI
 
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
Licao 2 -_casamento_uma_uniao_vitalicia_-_13_de_abril_de_2013_(pd_fcom_versos)
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdf
I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdfI. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdf
I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus.pdf
 
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADELBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
LBA LIÇÃO 8 - ÉTICA CRISTA E SEXUALIDADE
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
 
lição 7
lição 7lição 7
lição 7
 
03 lider-e-seu-lar
03 lider-e-seu-lar03 lider-e-seu-lar
03 lider-e-seu-lar
 
Lição 13- Sobre a Família e a sua Natureza
Lição 13- Sobre a Família e a sua NaturezaLição 13- Sobre a Família e a sua Natureza
Lição 13- Sobre a Família e a sua Natureza
 
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espíritoA família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
 
Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015
Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015
Ebd Licao6-1_semestre 2015 | CPAD | Eu Creio no Casamento_08/02/2015
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11
 
Pregação Pr. Coty - Casamento
Pregação Pr. Coty - CasamentoPregação Pr. Coty - Casamento
Pregação Pr. Coty - Casamento
 
Tríduo da família 1º dia dsd_matrimônio
Tríduo da família 1º dia dsd_matrimônioTríduo da família 1º dia dsd_matrimônio
Tríduo da família 1º dia dsd_matrimônio
 
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
 
Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013
Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013
Lição 02 O casamento bíblico- 2º Trimestre de 2.013
 
Decisões importantes para o seu casamento ppt
Decisões importantes para o seu casamento pptDecisões importantes para o seu casamento ppt
Decisões importantes para o seu casamento ppt
 

Mais de Robson Santana

Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Robson Santana
 
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igrejaComo Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Robson Santana
 
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagaçãoIslamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Robson Santana
 
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Robson Santana
 
Homossexualismo à luz da biblia
Homossexualismo à luz da bibliaHomossexualismo à luz da biblia
Homossexualismo à luz da biblia
Robson Santana
 
O que é livre arbitrio?
O que é livre arbitrio?O que é livre arbitrio?
O que é livre arbitrio?
Robson Santana
 
A Questão dos Livros Apócrifos
A Questão dos Livros ApócrifosA Questão dos Livros Apócrifos
A Questão dos Livros Apócrifos
Robson Santana
 
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey MalphursCurso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Robson Santana
 
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus - Mt 3.13-4.11
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus -  Mt 3.13-4.11Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus -  Mt 3.13-4.11
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus - Mt 3.13-4.11
Robson Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Robson Santana
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Robson Santana
 
Milênio e suas doutrinas
Milênio e suas doutrinasMilênio e suas doutrinas
Milênio e suas doutrinas
Robson Santana
 
Introdução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de IsaíasIntrodução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de Isaías
Robson Santana
 
Confissão de Fé de Westminster
Confissão de Fé de WestminsterConfissão de Fé de Westminster
Confissão de Fé de Westminster
Robson Santana
 

Mais de Robson Santana (14)

Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
 
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igrejaComo Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
 
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagaçãoIslamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
Islamismo: origem, divisões, expansão, pilares e meios de propagação
 
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
Estilos de paternidade: pais permissivos, negligentes, autoritários e com aut...
 
Homossexualismo à luz da biblia
Homossexualismo à luz da bibliaHomossexualismo à luz da biblia
Homossexualismo à luz da biblia
 
O que é livre arbitrio?
O que é livre arbitrio?O que é livre arbitrio?
O que é livre arbitrio?
 
A Questão dos Livros Apócrifos
A Questão dos Livros ApócrifosA Questão dos Livros Apócrifos
A Questão dos Livros Apócrifos
 
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey MalphursCurso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
Curso Fazendo Discípulos Estrategicamente - Adaptado de Aubrey Malphurs
 
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus - Mt 3.13-4.11
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus -  Mt 3.13-4.11Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus -  Mt 3.13-4.11
Série QUESTOES DIFICEIS - Estudo 1 - Batismo e Tentação de Jesus - Mt 3.13-4.11
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 1 - o escritório - ...
 
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...Série compromisso   meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
Série compromisso meu coração, o lar de cristo - estudo 4 - a sala de recre...
 
Milênio e suas doutrinas
Milênio e suas doutrinasMilênio e suas doutrinas
Milênio e suas doutrinas
 
Introdução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de IsaíasIntrodução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de Isaías
 
Confissão de Fé de Westminster
Confissão de Fé de WestminsterConfissão de Fé de Westminster
Confissão de Fé de Westminster
 

Último

Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 

Casamento e Divórcio - Adaptado do Cap. 24 da Confissão de Fé de Westminster

  • 2. Por que as pessoas se casam? Por que separam?
  • 3. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 1. O IDEAL DIVINO PARA O CASAMENTO (§ 1, 4) 1.1. O casamento deve ser entre um homem e uma mulher (Gn 1.27-28; Lv 18.22; Mc 10.6-9; Rm 1.26-27)
  • 4. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 1. O IDEAL DIVINO PARA O CASAMENTO (§ 1, 4) 1.2. Ao homem não é lícito ter mais de uma esposa, nem à mulher mais de um marido, ao mesmo (1 Co 7.2-3; 39).
  • 5. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 1. O IDEAL DIVINO PARA O CASAMENTO (§ 1, 4) 1.3. O casamento deve ser uma união sublime e indissolúvel (Gn 2.24; Mt 19.3-6; Ef 5.31-33). Mt 19 “3 Vieram a ele alguns fariseus e o experimentavam, perguntando: É lícito ao marido repudiar a sua mulher por qualquer motivo? 4 Então, respondeu ele: Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher 5 e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne? 6 De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.”
  • 6. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 2. O PROPÓSITO DIVINO NO CASAMENTO (§ 1, 2) 2.1. A propagação da raça humana por uma sucessão legítima e responsável (Gn 1.27-28; 9.1; Ml 2.10-16).
  • 7. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 2. O PROPÓSITO DIVINO NO CASAMENTO (§ 1, 2) 2.2. A felicidade humana através do compartilhamento e o auxílio muito de marido e mulher (Gn 2.18; Pv 5.15-19) Pv.5 “15 Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do teu poço. 16 Derramar-se-iam por fora as tuas fontes, e, pelas praças, os ribeiros de águas? 17 Sejam para ti somente e não para os estranhos contigo. 18 Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, 19 corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias.”
  • 8. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§ 3, 4, 1, 6) 3.1. O casamento deve ser tratado com toda honra e respeito (Lc 16.18; Hb 13.4) Hb 13.4 “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros.” 3.2. O casamento do cristão deve dar-se somente no Senhor (1 Co 7.39) 1 Co 7.39 “A mulher está ligada enquanto vive o marido; contudo, se falecer o marido, fica livre para casar com quem quiser, mas somente no Senhor.”
  • 9. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§ 3, 4, 1, 6) • Evitar casamento com pessoas que professam religião pagã (Ex 34.14-16; 1Rs 11.1-8) • Evitar casamento com pessoas notoriamente ímpias (2 Co 6.14-18)
  • 10. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§ 3, 4, 1, 6) 3.3. O casamento incestuoso é proibido (1 Co 5.1) 3.4. O casamento pode ser dissolvido nos seguintes casos: • Relações sexuais ilícitas (Mt 5.31-32; 19.9) • Deserção irremediável • Abandono por parte do cônjuge não crente (1 Co 7.15) • A separação por outro motivo que não os apresentados acima, tem por base a dureza do coração humano, e não o ideal de Deus (Mt 19.3-8); Mc 10.2-9) • Para a dissolução do casamento é necessário haver processo público e regular
  • 11. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO 3. ORIETAÇÕES BIBLICAS PARA O CASAMENTO (§ 3, 4, 1, 6) 3.5. O casamento deve ser visto como benção de Deus (Pv 18.22; 19.14; 1Tm 4.3) Pv 18.22 “O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a benevolência do SENHOR Pv 19.14 “A casa e os bens vêm como herança dos pais; mas do SENHOR, a esposa prudente” 3.6. O casamento é uma instituição que requer respeito, reciprocidade e fidelidade (Pv 5; Ml 2.14-16; 1Co 7.3-5; Ef 5.22-33; Hb 13.4).
  • 12. DO CASAMENTO E DO DIVÓRCIO QUESTÕES PARA DISCUSSÃO 1. Qual a sua concepção de “casamento misto”, e qual a sua posição em relação a esta questão? 2. Como você analisa o divórcio e o novo casamento?